Bammer: “Depois do Sonho”

Chegaste ao último capítulo, jovem aprendiz. Se leste todas as palavras que redigi neste espaço, parabéns… e obrigado!

Poderia ficar por aqui a contar muitas outras histórias, mas ao mesmo tempo sinto que o futuro já não está nas minhas mãos – só depende de vocês.

Se estivéssemos na academia do WP, este seria aquele dia em que ias para o ringue e fazias combates até te fartares. É como o último dia de aulas – a matéria está dada e agora podes ir brincar.

Quando comecei este espaço, em Outubro do ano passado, falei-te como era importante passar à acção se não te chegasse ser apenas mais um fã. E sempre disse a mim próprio que se inspirasse uma pessoa que fosse em fazê-lo, em grande ou pequena escala, já teria valido a pena esta iniciativa.

Este é o passo mais importante que podes dar neste mundo. O passo em que queres marcar a diferença, o primeiro dia do resto da tua vida. Aquele momento em que percebes que é isto que queres ser, que é isto que VAIS ser e que só depende de ti para lá chegar.

Claro que estar no ringue não é para todos, mas se praticares bons hábitos e gostares verdadeiramente disto, com um pouco de inteligência e de criatividade acabarás por lá chegar (mesmo se o objectivo for a WWE).

Comecei também este projecto para partilhar convosco um pouco da minha experiência no mundo do Wrestling, não só enquanto lutador mas também enquanto treinador. Sempre gostei de ensinar e quando olho para o que fiz no Wrestling, nada me dá mais orgulho do que ter ajudado a formar aquela que é a geração de ouro do Wrestling nacional.

Alguns dos elementos do WP

Alguns dos elementos do WP

Mas o meu trabalho ainda não terminou. Vou continuar a estar envolvido no Wrestling de todas as maneiras que encontrar, seja em Portugal, na Suíça ou onde o destino me levar a seguir. Seja no ringue, na bancada ou num site como o Wrestling.PT. E espero, pelo caminho, continuar a ajudar aqueles que querem levar a sua paixão pelo Wrestling mais longe.

E assim entramos na última lição deste manual. Este é o meu último conselho para ti:

Retribui todos os dias.

É só isto que te peço. O mundo do Wrestling é fantástico e, como ele, não há igual. Tem os melhores amigos, os maiores adeptos e dá as melhores sensações. Nem todos conseguem alcançar o sucesso no Wrestling a nível financeiro, mas um ponto é indiscutível: todos os que pisam o ringue vivem o seu sonho e experienciam a vida de uma forma que muitos outros não conseguem imaginar.

Os outros não arriscaram. Mas tu arriscaste… e colheste os frutos. E é por isso que tens de te mostrar agradecido, ajudando não só os que aí vêm, como os que estão prestes a ir.

O meu grande sonho era treinar no estrangeiro. Tudo o que veio a seguir foi bónus – e quando me perguntam porque é que não quis ir mais longe, a minha resposta é simples: não queria esta vida para mim. Não queria a vida na estrada nem impingir o meu trabalho a toda a hora.

Mas adoro isto. E por isso contribuí de todas as maneiras que consegui e a verdade é que acabei por alcançar muito mais do que esperava. Fui treinador, fui comentador, participei em acções de Marketing (fosse spots televisivos ou festivais de música) e até colaborei (com muito orgulho) com a Terra dos Sonhos. Representei a minha marca, o Wrestling Portugal, de norte a sul, onde fui com imenso orgulho campeão.

A receber um moonsault do Cougar no arranque do Optimus Alive 2009

A receber um moonsault do Cougar no arranque do Optimus Alive 2009

Tudo isto foi bónus. Tudo isto não precisava de ter acontecido. As oportunidades foram surgindo e ninguém no seu perfeito juízo diria que não.

Mas sinto que só surgiram porque continuei a tentar retribuir da forma que podia as alegrias que o Wrestling me dava – e como entretanto surgiam mais, mais tinha de dar em troca. Acabou por ser um círculo vicioso… que prevalece até nos dias de hoje, como o simples fã que sou, que chega a casa do trabalho e está contente porque tem o Raw para ver e depois abre o editor de texto para escrever este artigo.

Por isso já sabes. Se começares a ter algum tipo de satisfação com o Wrestling… retribui. Vai aos espectáculos da tua cidade. Treina. Apresenta Wrestling aos amigos. Abre uma escola. Faz vídeos. Compra a WWE Network. Escreve para um site. Agradece no Twitter aos lutadores que te inspiram (ou quando os vês ao vivo). Entra no ringue e torna-te também tu uma fonte de inspiração!

Faz o que conseguires para passar a mensagem. Este mundo é demasiado bonito para permanecer um segredo.

E se queres colocar Portugal (ou o Brasil) no mapa, força. Só depende de ti. Segue em frente com a aventura – e se precisares de mim, já sabes onde me encontrar.


Na próxima 3ª feira 17/06, falarei do projecto Wrestling.PT aqui!

Na próxima 3ª feira 17/06, falarei do projecto Wrestling.PT no meu blog pessoal, brunobrito.pt!


Muito obrigado a todos vocês, que acompanharam este espaço e tornaram este projecto ainda mais interessante do que já esperava. Obrigado também a todos os que interagiram, fosse através de comentários, mensagens no Facebook ou no Twitter, que foi sempre muito bem-vindo. E claro, obrigado ao meu amigo (e rival no ringue) Luís Salvador por ter tornado isto possível.

Diverti-me à grande e espero que vocês também. Vemo-nos num futuro Google Hangouts, no meu blog pessoal ou no WP 10!

Sobre o Autor

- Bruno “Bammer” Brito é português, treinou em Calgary, Alberta, Canadá e foi durante 6 anos treinador principal da academia do WrestlingPortugal. Durante esse período, foi responsável por formar alguns dos mais conhecidos e talentosos lutadores nacionais da actualidade e está agora a partilhar as suas experiências com a comunidade do Wrestling PT.

36 Comentários

  1. John_3:16 - há 2 anos

    Otimo artigo e obrigado por todas as lições que deste
    Até mais :-)

  2. Flávio - há 2 anos

    Excelente Artigo , é pena ser o ultimo mas como disse o John , obrigado por todas as lições que nos deste !! Abraço e tudo a correr bem

  3. Darth Mordred - há 2 anos

    Obrigado, Bammer.
    Seus artigos me mostraram que não sei nada a respeito de Wrestling. Foi uma enormidade sem tamanho para mim. Aprendi muito. Abras.

  4. David Tiago - há 2 anos

    Obrigado pela partilha!
    Tudo de bom!

  5. Dantlast - há 2 anos

    Bom, ja que disseste pra agradecer as fontes de inspiração, lhe agradeço imensamente Bammer! A coragem e informação que necessitava para seguir em frente com meu sonho, boa parte foi você que impulsionou por meio dos posts e agora estou seguro do que quero e de como fazer para alcançar todos meus objetivos. Muito obrigado por tudo, tudo de melhor pra ti.

  6. Miguel Costa - há 2 anos

    Acho que para o pessoal que quer entrar neste mundo não podia ter pedido mais nada ao longo destes 9 meses.
    Fiquei a conhecer muito do wrestling e tenho que te agradecer por isso.
    Obrigado pela tua contribuição para o desenvolvimento do wrestling em Portugal através do WP, que certamente facilitou muito este “caminho” para muitos wrestlers ;)

  7. Obrigado pelas palavras, fico feliz em saber que foram úteis para ti! Abraço!

  8. Muito obrigado pelas palavras, fico muito contente em saber que os artigos te inspiraram. Vai em frente e boa sorte! Espero que sejas feliz no Wrestling e fora dele! ;)

  9. RVD_77 - há 2 anos

    Obrigado por tudo grande Bruno !!! Apesar de não ter conseguido ler todos os teus artigos aprendi imensa coisa. Mostráste-me que o Wrestling não é só o da TV e que ainda é um mundo por explorar. Obrigado, e quem sabe talvez no voltemos a encontrar um dia !

  10. RatedR - há 2 anos

    Obrigado por tudo Bruno, fiquei emocionado e motivado pelos teus artigos, desde pequeno que a wwe tem sido um sonho para mim…. A pergunta que te quero fazer é, se eu começar a praticar wrestling com 19 anos ainda poderei um dia chegar á wwe?

    • Claro que sim! Eu diria que só começo a ficar complicado quem começa numa escola, sem nada, lá para os 30. A melhor idade para começar, a meu ver, é depois de acabar a universidade ;)

      • RatedR - há 2 anos

        Agradeço a resposta :) Vou então começar a treinar no WP no inicio do próximo mês. Mais uma vez obrigado por me inspirares com os teus artigos Bammer ;)

      • Boa! Quando depois for a Lisboa já verei o que és capaz ;)

  11. Allweneedislove - há 2 anos

    Obrigado mais uma vez Bruno pois trazes sempre artigos fantásticos para os fãs que querem saber mais como funciona o Wrestling e é com pena que vejo este espaço acabar, continua a representar bem Portugal! :D

  12. José Alberto - há 2 anos

    Eu adorei o artigo :)

  13. Hildo - há 2 anos

    Excelente artigo, e obrigado.

  14. PMB - há 2 anos

    Grande artigo e obrigado por estas lições , abraço e tudo de bom! :D

  15. JCFC - há 2 anos

    não sei se alguém já disse, mas talvez agora seja a altura de juntares tudo e fazeres um livro…sim a primeira ideia é ninguém vai pagar para ler o que pode ler grátis num blogue mas talvez tenhas uns fãs entusiastas e não saibas, talvez estejas a mostrar a alguém que esteja “perdido” descobrir uma nova vocação. e quem sabe talvez o wrestling em Portugal tivesse um novo boom, que dizes em te tornar o CR do wrestling xD….
    parvoeira a parte excelente e muito obrigado só faltava era ter aqui uma escola ao pé de mim para começar a tentar fazer a pratica xD

  16. ivan albuquerque - há 2 anos

    Muito obrigado por todo seu tempo dedicado em escrever e principalmente ensinar sobre Wrestling.

  17. Hehe é engraçado falares nisso, porque sim, o livro está nos planos! Amanhã no meu blog pessoal vou falar um pouco sobre isso ;)

  18. PANK JAMAICA - há 2 anos

    Novamente muito bom artigo, infelizmente estás chegando ao seu final… obrigado pelos ensinamentos que nos deste! Abraço e até um dia, só que nos ringues Hahaha

  19. Lá te espero! Obrigado e um abraço ;)

  20. Miguel Silva - há 2 anos

    Com que idade mais ou menos devemos começara fazer musculaçao?

  21. Eu comecei a brincar com pesos aos 15, entrei no ginásio aos 17. Acho que antes dessas idades não seria de todo recomendável.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador