Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Beyond The Mat #40 – Obrigado

“Este artigo, para além de contar wrestling, conta vida, e acho que conseguiste transformar aquilo que é algo trágico e triste, numa história bonita de se contar.”

“…essa é sem dúvida uma das coisas que mais admiro em ti, consegues colocar sempre a alma no papel.”

“”Artigo extraordinário. Arrebatador. Algo me diz que o “Beyond The Mat” se pode vir a tornar no melhor espaço deste site.””

“Uma obra de arte sob a forma de artigo, à semelhança exatamente da promo de despedida do Henry. Dou especial mérito a este tipo de artigos, porque não são artigos comuns: dão realmente vontade de ler e são originais, algo que é cada vez mais complicado de se atingir.”

“”Palavras profundas, a verdadeira “carta de amor” a esta indústria que todos nós apreciamos, mereces uma ovação de todos nós, parabéns por este belo trabalho.””

“”Foi incrível, Daniel, você realmente é o “The Great One”.””

“Meu Deus, o que é isto?!! Um dos melhores artigos que já passaram aqui pelo WPT. Muitos parabéns, e, principalmente, muito obrigado!”

“Daniel deixaste-me de lágrimas nos olhos… Excelente! Perfeito!”

“Brilhante, brilhante, brilhante! Sublime!”

Estamos numa altura especial do ano. Faz agora dois anos que eu enviei um mail que, indirectamente, me ajudou a dar rumo à minha vida. Demasiado exagerado? É capaz… Ou talvez não. Faz agora dois anos que eu enviei um mail a um senhor que dava pelo nome de Kapitas e que era responsável pelo Universo Wrestling, parceiro directo do WrestlingPT. Nesse mail seguia o meu primeiro texto sobre wrestling que iria ser avaliado pelos júris do concurso ao qual me candidatava: “Cronista Universo Wrestling”. Mal eu sabia que acabaria por entrar no concurso e vencê-lo. Mas, de qualquer forma, também não sabia o quanto isto ia ser importante na minha vida.

Hoje, sou um estudante de linguística, com intenções de ser jornalista. Hoje eu amo escrever e amo ler, coisa que saiu muito reforçada da minha experiência neste site. O caminho percorrido não foi fácil, tive alguns altos e baixos, artigos bons, artigos maus, críticas, mas também muitos elogios. Tive períodos ausente, talvez até demais, e é por isso mesmo que me encontro aqui hoje.

Beyond The Mat foi o meu projecto pessoal do qual me orgulho mais. Transcendi-me em vários aspectos enquanto o escrevia, muito graças a vocês que todas as semanas o liam e comentavam. Por isso, nunca conseguirei expressar o quanto estou grato. No entanto, sinto que fui algo egoísta nestes últimos tempos. Fui egoísta no sentido em que estive ausente sem avisar, deixei o espaço que tanto prezava “ao abandono” e todos vocês, que tão fieis me foram, na expectativa de um regresso iminente que não chegou. Essa é a razão por que hoje vos escrevo.

De há uns tempos para cá que tenho vindo a falar com o “chefão” aqui do sítio relativamente à minha posição no site, e discutimos a minha disponibilidade de regressar, ou não, a tempo inteiro. Depois de muito pensar, cheguei à conclusão de que está na hora de abandonar o espaço. Não de abandonar o site, pois vou continuar a acompanhar tudo o que se passa, mas de deixar de fazer parte da equipa actual do site. Infelizmente não tenho disponibilidade para prosseguir com este projecto, e achei que seria digno para mim e para vocês de o acabar com um artigo, e não apenas com a ausência do espaço como tem vindo a acontecer. Senti que estava na hora de pôr um ponto final nesta aventura, e de apostar à séria na minha educação e na batalha pelo meu sonho.

Adorei tudo. Adorei o tempo que passei a escrever os artigos que ainda hoje me orgulham tanto, adorei a convivência com os meus colegas do site, adorei a convivência com os leitores que ainda hoje trazem o BTM no coração e adorei tudo aquilo que me foi proporcionado com esta experiência. Com a participação aqui surgiu-me outra oportunidade de projecto pessoal noutra área que eu adoro (futebol) mas que também não consegui seguir, tive o meu nome inscrito em livro numa colectânea de poesia, terminei o secundário e segui aquilo que com o tempo descobri que queria: estar no mundo da comunicação.

Nunca esquecerei a parceria que tive com o akujy, pois apesar de ter acabado precocemente levou a que este espaço se tornasse ainda maior do que já era. Nunca me vou esquecer que era parte integrante do que nós gostávamos de chamar “as quartas feiras de ouro”. Nunca me vou esquecer dos comentários agri-doces do DanielLP21 (que agora está à minha mercê para sofrer do mesmo no novo espaço dele!), dos comentários sempre presentes do José Sousa e do André Santos (aka Mr.Perfection), dos devaneios de certos utilizadores com nomes falsos… Eu suma, nunca me esquecerei de nenhum de vocês, porque este espaço era tanto meu, como vosso, e espero que nunca se esqueçam disso. Este artigo tem o especial intuito de fechar este espaço de vez, mas também de agradecer e honrar aqueles que um dia aqui comentaram. Fizeram de mim uma pessoa melhor e, acima de tudo, uma pessoa agradecida. Obrigado!

Despeço-me da equipa, é certo, mas não “chorem” a minha partida, porque o que não falta neste site são espaços de qualidade! Têm o novo espaço do (“outro”) Daniel, têm os hangouts com o Basílio, têm os vlogs do “Joãozinho do Five Count”, entre muitos outros! Todos os espaços neste site têm lugar no mesmo por alguma razão, nenhum está cá por mero acaso. Todos eles têm qualidade e características próprias que, em conjunto, fazem deste o maior site de wrestling a nível português. O resto é apenas o resto. Nós não somos só uma equipa, nós somos amigos, e esse espírito nunca mudará e será para sempre a chave para o sucesso desta grande casa chamada WrestlingPT.

Um grande obrigado a toda a equipa, ao Salvador (e à sua enorme paciência para aceitar os meus artigos todas as quartas de madrugada quando eles deviam estar prontos à terça), mas acima de tudo a todos vocês. Espero que continuem por estas bandas, como eu continuarei, mas apenas de um modo diferente. Termino aqui esta grande viagem na qual tive o melhor acompanhamento possível. Mas, tal como tudo, todas as grandes jornadas têm um fim e este é o meu.

Pela última vez enquanto escritor do Beyond The Mat…
One Half of The World’s Greatest Tag Team Has Left The Building!

Sobre o Autor

Foto de perfil de Facebook
- Vencedor do "Concurso Cronista Universo 2013" e actual co-autor do espaço Beyond The Mat.

9 Comentários

  1. JoãoRkNO - há 2 anos

    Uma pena mesmo . Comprendo tudo o que disseste , e chegaste aquela altura que segues o teu sonho , como me vejo nessas palavras . Um muito obrigado a ti e ao akujy , por tornares este espaço naquele que mais apreciei em todos os aspectos e temas . Um grande abraço e boa sorte para o futuro .

  2. danielLP21 - há 2 anos

    Thank you Daniel! * clap clap clap *

  3. José Sousa - há 2 anos

    Obrigado por tudo Daniel. Nunca me esquecerei daquela que foi uma das edições mais especiais do meu espaço, foi um enorme prazer partilhar o meu pequeno espaço neste site contigo, nem que tivesse sido um Once on a Lifetime ao contrário do Cena vs Rock.

  4. Miguel Carlos - há 2 anos

    Muito obrigado por tudo Daniel, proporcionaste-nos grandes momentos e aprendi algumas coisas contigo, desejo-te o maior sucesso na tua vida.

  5. Tunes9 - há 2 anos

    Muito Obrigado Daniel e boa sorte nos teus projectos e vida pessoal daqui em diante, é merecido. :-)

  6. Diogo Teixeira - há 2 anos

    Muito obrigado por todos os artigos que escreveste, sozinho ou com a companhia do akujy (que também é um excelente cronista), obrigado por nos teres presenteado com excelentes artigos (alguns que geraram alguma controvérsia), por nos teres transmitido a tua sabedoria, e por podermos ter desfrutado do dom da escrita que possuis.
    “Você é realmente o The Great One”
    “Thank you Daniel”

  7. joao - há 2 anos

    thank you daniel

  8. MicaelDuarte - há 2 anos

    Obrigado pelos fantásticos artigos que trouxeste. Aliás, alguns deles, como bem sabes, foram dos melhores que este site alguma vez viu.

    Desejo-te a maior sorte do mundo, Daniel ;)

  9. Rodrigo do Bem - há 2 anos

    Muito obrigado pela entrega e dedicação a nós leitores. O seu sucesso deve-se a uma razão muito simples, que é: para se ser bem sucedido no trabalho, a primeira coisa a fazer é apaixonar-se por ele e não diga adeus porque despedir-se não é dizer adeus, é apoiar e desejar sucesso para uma aventura que está apenas a começar! A melhor sorte do mundo! Obrigado.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador