Post da Comunidade do Wrestling.PT

Canto New Japan #2 – Análise New Japan Cup

O Canto New Japan regressa para a sua 2ª Edição e depois de ter iniciado este espaço com a Antevisão da New Japan Cup, só faria sentido que agora fosse feita uma análise e rescaldo ao que aconteceu ao longo do torneio.

Na antevisão feita anteriormente tinha apontado como favoritos o recém-contratado Michael Elgin e o líder dos “Los Ingobernables de Japón”, Tetsuya Naito. A previsão acabou por estar correcta, dada a vitória conquistada por Naito. Mas mais importante que dar como confirmada a minha previsão, é importante explorar como Naito chegou a esta vitória e o que ela significará para o futuro próximo do vencedor da New Japan Cup de 2016.

Percurso de Tetsuya Naito na NJ Cup 2016

O líder dos “Los Ingobernables de Japón” começou a sua caminhada rumo à vitória vencendo YOSHI-HASHI da facção CHAOS na 1ª Ronda da NJ Cup. Neste combate, apesar de parecer inevitável uma vitória de Naito, YOSHI-HASHI deu uma boa réplica e teve um desempenho bastante sólido, embora a vitória acabasse por sorrir a Naito por via do seu finisher, Destino.

Após vencer YOSHI-HASHI, no segundo dia da NJ Cup, Naito teve pela frente o ROH TV Champion, Tomohiro Ishii, que tinha eliminado na 1ª Ronda o aliado de Naito nos Ingobernables, EVIL. Havia então uma conta a ajustar, bem como um passaporte para seguir em frente no torneio em jogo. Era um combate que prometia ser interessante dado os talentos de Naito e Ishii e na verdade correspondeu às expectativas, sendo um dos melhores combates de toda a NJ Cup deste ano. Ishii e Naito tiveram um embate bastante cativante e a porção final do combate foi particularmente emocionante e poderia ter dado vitória a qualquer um dos envolvidos, embora tenha sido Naito uma vez mais o vencedor e a assegurar o seu lugar nas semi-finais do torneio.

Uma vez ultrapassado o obstáculo enorme que era Ishii, Naito entrou no último dia da New Japan Cup a enfrentar uma figura improvável nesta fase do torneio, Toru Yano. Yano é facilmente subestimável mas isso é algo com que este já conta para surpreender os seus adversários com vitórias por roll-up. Na verdade, Naito quase foi derrotado por Yano em 2 ou 3 ocasiões neste combate das semi-finais da NJ Cup, embora tenha acabado por uma vez mais sair vencedor, no que foi um combate rápido mas emocionante, quanto mais não fosse pela expectativa de uma surpresa de uma vitória de Toru Yano. Nota para o facto de Naito ter combatido ainda de fato e ter acabado por virar a arma predilecta de Yano contra si para obter a vitória.

Depois de ter passado por YOSHI-HASHI, Tomohiro Ishii e Toru Yano, Naito tinha apenas mais um adversário a separá-lo da conquista da NJ Cup, Hirooki Goto.
Goto vinha de um esforço inglório para tentar vencer Okada pelo IWGP Heavyweight Championship no New Beginning e uma vitória na NJ Cup voltava a abrir a porta a mais uma chance de desafiar Okada, portanto motivação não faltava a Goto, que para além disso tinha levado a melhor sobre Naito no Wrestle Kingdom 10. Tudo parecia favorecer Goto mas Naito tinha do seu lado não apenas o seu talento mas também a preciosa “ajuda” dos seus aliados, EVIL e BUSHI. Naito acabaria por vingar a derrota sofrida em Janeiro e assim conquistar a New Japan Cup de 2016.

Após o combate, Naito declarou a sua vontade enfrentar Okada pelo IWGP Heavyweight Championship, só que não pretendia cobrar a sua oportunidade no Invasion Attack, próximo evento da New Japan Pro Wrestling e que desafiaria Okada quando bem entendesse. Depois desta declaração, Naito juntamente com EVIL e BUSHI atacariam Goto até que Okada apareceu para fazer o “save”. Okada acabaria por lançar uma provocação a Naito perguntando se este estaria com medo de o enfrentar no Invasion Attack pelo IWGP Heavyweight Championship, ao que Naito respondeu com um riso e aceitando o desafio de Okada, sem no entanto fazer uso da sua oportunidade ganha através da vitória da New Japan Cup, uma vez que foi Okada a desafiar Naito e a disponibilizar-se para colocar o título em jogo.

Outras notas dos 3 dias de NJ Cup:

  • Satoshi Kojima desafiará Shibata pelo NEVER Openweight Championship na “Road To Invasion Attack”, dia 19 de Março;
  • Will Ospreay foi apresentado como novo membro dos CHAOS e desafiará KUSHIDA pelo IWGP Heavyweight Championship no Invasion Attack;
  • Hirooki Goto após o “save” protagonizado por Okada depois da Final da NJ Cup, finalmente apertou a mão ao líder dos CHAOS. Convite de adesão aceite?;
  • Tama Tonga anuncia o novo membro do Bullet Club, o seu irmão Tanga Roa, anteriormente conhecido como Camacho na WWE. Tonga e Roa desafiarão Honma e Makabe pelos IWGP Heavyweight Tag Team Titles no Invasion Attack;
  • EVIL desafiará Tomohiro Ishii pelo ROH TV Championship na “Road To Invasion Attack”, dia 20 de Março;
  • O evento Invasion Attack realiza-se a 10 de Abril;

Surpresas do Torneio:

  • Bad Luck Fale: A vitória do “Under Boss” sobre Tanahashi na 1ª Ronda apanhou muita gente desprevenida e mostra que o “Ás” da New Japan não está a passar de facto uma boa fase. É também mais um tónico de credibilidade que é dado a Bad Luck Fale;
  • Toru Yano: De forma rápida, simples e eficaz, Yano conseguiu ir de vitória em vitória até às semi-finais da NJ Cup, surpreendendo Yujiro Takahashi e Satoshi Kojima;
  • YOSHI-HASHI: Apesar da derrota logo à primeira ronda contra Naito, YOSHI-HASHI teve um dos seus melhores combates a solo dos últimos tempos, num desempenho bastante competente;

Menções Honrosas:

  • Michael Elgin: Apresentava-se como candidato forte dado o sucesso que tem tido junto do público e pelo contrato assinado por 2 anos com a New Japan e não desiludiu. Caiu apenas nas semi-finais perante Goto e deu boa conta de si em todos os combates que disputou no torneio;
  • Hirooki Goto: Uma vez mais ficou a faltar qualquer coisa a Goto na hora das conquistas. Mesmo sendo o recordista de vitórias na New Japan Cup (3), Hirooki Goto perdeu na Final para Naito. Já no ano passado Goto caiu frente a Kota Ibushi na Final igualmente. Ainda assim, Goto não desiludiu em termos de qualidade nas suas performances e parece agarrar bem as oportunidades que tem para conseguir mais apoio por parte do público e da NJPW;
  • Jay White: O “Young Lion” da Nova Zelândia está lançado e voltou a derrotar David Finlay. White mostra-se sólido e capaz de dar bons combates. Merece mais e melhores oportunidades futuramente;

3 Melhores combates da NJ Cup:

  • Tomohiro Ishii vs. Tetsuya Naito (NJ Cup Dia 2)
  • Tomohiro Ishii vs. EVIL (NJ Cup Dia 1)
  • Tetsuya Naito vs. Hirooki Goto (Final NJ Cup)

O que achaste do artigo? Concordas com a análise feita? Deixa nos comentários a tua opinião!

Obrigado por estarem desse lado e até uma próxima edição do Canto New Japan!

Sobre o Autor

Foto de perfil de Facebook
- Autor do Canto New Japan e Membro da Página Fãs da WWE em Portugal.

12 Comentários

  1. RFBM - há 9 meses

    Bom artigo, gostei da New Japan Cup deste ano, muito pelo facto do factor surpresa estar presente em quase todos os combates. A vitória do torneio foi atribuída ao Naito, que já merecia uma vitória desde que virou heel. O seu adversário na final, Goto, tem perdido nos momentos importantes e com isto gostava que a NJPW usa-se o Goto com uma atitude mais heel.

    Quanto aos melhores combates da NJ Cup, o meu top 3 é:
    1.Goto vs. Naito;
    2. Ishii vs. Naito;
    3. Bad Luck Fale vs. Tanahashi.

    • Obrigado pelo comentário, RFBM :)

      O Naito merecia e pelo que parece esta situação entre o Okada e o Naito vai manter a title picture do IWGP Heavyweight Championship ocupada pelos próximos 2-3 meses.
      Quanto ao que dizes relativamente ao Goto, não o vejo mudar a sua atitude para algo mais heel, até porque mostrou no mínimo um “agradecimento” ao Okada, que é claramente babyface e sinceramente não o vejo a estar a ser falso com o Okada nesta fase, até porque o Okada já tem o Naito como oponente.

      Não coloquei o combate do Bad Luck Fale e do Tanahashi no Top3 apenas porque não o considerei como um dos 3 melhores combates e também porque já vi o Tanahashi e o Fale terem combates mais interessantes no passado relativamente a este.

      • RFBM - há 9 meses

        Relativamente ao Goto, disse que gostava de o ver ter uma atitude mais heel, mas tal como tu, penso que não acontecerá nos próximos tempos. Sim, é verdade que o Bad Luck Fale e o Tanahashi já nos proporcionaram combates mais interessante do que este último, ainda assim, a meu ver, este consegue integrar o top 3 de combates da NJ Cup 2016.

      • São opiniões :)
        Tal como há pessoas que gostam mais de Lucha e outras de Puroresu.

      • RFBM - há 9 meses

        Exacto. Mas por acaso até gosto mais de Puroresu do que Lucha.

  2. Vitor Oliveira - há 9 meses

    Excelente artigo, ótima visão

  3. Brock Lesnar - há 9 meses

    Quanto à qualidade dos combates, fiquei um pouco desiludido – mas isso talvez se deva ao facto de ter altas expectativas. Ishii vs. Naito foi seguramente o combate do torneio. Acho que foi bem sacado, colocar o Goto apenas a perder na final – visto que ele estava “deprimido” por ser incapaz de vencer nos grandes combates. Estava à espera que isto culminasse num heel turn no qual o Goto mais tarde desafiaria o seu brotha Shibata, então fiquei surpreendido por o Goto ter-se juntado aos CHAOS.

    Sabia que Will Ospreay iria para a NJPW, mas esperava que ele não estivesse ligado a nenhuma stable – portanto isto foi uma surpresa agradável saber que ele faria parte da CHAOS. Acho que vão apostar nele. O combate no Invasion será giro e qualquer um poderá sair com os títulos. Estou muito dividido, mas acho que KUSHIDA deverá reter, uma vez que há rumores que ele poderá estar no G1 CLimax 26 e se tal acontecer é importante que ele esteja visto como um gajo claramente acima dos restantes júniores.

    Tama Tonga a desafiar os Great Bash Heel é triste, mas saber que será Camacho & Tama Tonga a dupla desafiante é mais deprimento. Espero que o Honma e o Makabe vençam e avancem para outro.

    Tanahashi tá lesionado, portanto ajuda sempre a vender esta fase menos boa – mas penso que irá recuperar esta vitória frente a Bad Luck Fale e gostaria que continuasse a estar em feud com o Omega. Mas saíram também rumores que ele poderá estar atrás do ROH World Championship…

    Não vejo combates de young lions, vou acreditar que o Jay White é bom

    • Pessoalmente vejo um bom potencial no Jay White, tal como no David Finlay. Eles têm tido uma série de combates ultimamente e têm ambos desempenhos que me fazem acreditar que assim que puderem , estarão preparados para dar o salto.

  4. Cyrille - há 9 meses

    bom artigo, é sempre bom o site ter artigos sobre wrestling que não seja da wwe mas sim de outras “alternativas” (TNA, NJPW, ROH, Lucha, etc)
    Continua assim ;)

    • Obrigado :)

      E a ideia era mesmo essa, levar alternativas à WWE para o site. A juntar a isso, há muito pouco de NJPW por aqui, o que se tornou uma oportunidade a ser explorada.
      Pessoalmente o que gosto mais de acompanhar é mesmo NXT e NJPW, portanto posso dizer que é um assunto sobre o qual escrevo com gosto.

  5. TNA Best Wrestling - há 9 meses

    Bom artigo e sempre bom artigos que não seja da WWE acho que o pessoal do site fica muito preso a WWE e perde o bom wrestling seja na TNA , lucha underground , NJPW , ROH e PWG.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador