Junta-te ao nosso grupo de Facebook: "Fãs de Wrestling"!

Canto New Japan #20 – Kizuna Road, Cody

Neste episódio do Canto New Japan o assunto principal é a Kizuna Road, uma última paragem no Japão até a New Japan Pro Wrestling se meter a caminho dos Estados Unidos para os G1 Specials a 1 e 2 de Julho. Destaque ainda para os 2 importantes combates que estão pela frente de Cody Rhodes num curto espaço de 8 dias, onde desafiará primeiro pelo ROH World Championship e depois pelo IWGP Heavyweight Championship.

Podes seguir o Canto New Japan através do SmarkDown e através do meu novo projecto, o Espaço Wrestling.

Sabes de alguma notícia que não está publicada no Wrestling PT? Envia-nos!

Sobre o Autor

Foto de perfil de Facebook
- Autor do podcast Canto New Japan.

2 Comentários

  1. nerdbot - há 3 meses

    vi o primeiro show do Kizuna Road…e achei meio boring sem os bullet club…agora nestes 3 shows do Kizuna Road vai-se comprovar que a new japan não é nada sem os bullet club…

    • Foto de perfil de Facebook

      Miguel Ambr0s3 - há 3 meses

      O show nunca seria nada de memorável e isso seria com ou sem os Bullet Club.

      A Kizuna Road é talvez a tour menos interessante do ano da NJPW e se fores ver os main events dos 3 dias que vão passar na NJPW World, tiveste os títulos de trios (rivalidade super batida nos últimos meses), terás o NEVER (defesa óbvia para ser bem sucedida para o Suzuki) e o Jr. Heavyweight (defesa óbvia bem sucedida do KUSHIDA).

      No fundo, a NJPW arranjou challengers para encher a tour e dar algo mais a essas pessoas ou aos próprios campeões.

      O Bullet Club para mim não é algo decisivo, penso que a empresa sobrevive bem sem o Bullet Club, mas sim, o Bullet Club é vital para a expansão para o mercado americano. Se bem que a conversa do BC podia levar dias de comentários, porque hoje em dia o BC está muito à volta das mesmas pessoas.

      Para mim o Bullet Club não representa o que é o espírito da NJPW, portanto mesmo que eles estejam ausentes de uma tour, embora façam falta, não é algo que me afaste de ver os shows ou me impeça de gostar deles.

      Achei este show bastante interessante na perspectiva de ser um show com espaço para os Young Lions se mostrarem um pouco mais e de resto achei o card sólido e deu um bom show mediano, que para mim em nada fica abaixo de muitos Raw’s ou SmackDowns dos últimos tempos.

      Não devia ter deixado isto para último mas, obrigado pelo comentário!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Newsletter Wrestling.PT

Subscreve a nossa Newsletter receberás conteúdos exclusivos no teu email!