Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Cutting Edge #13 – Exagero?

A WWE é, acima de tudo, uma empresa cotada em bolsa. Muitos fãs, devido ao seu amor pelo Wrestling, tendem a esquecer-se ou a minimizar este facto. Como empresa que é, rege-se pelo sistema capitalista, em que o dinheiro fácil é a prioridade.

No último domingo, o combate pelo Título da WWE entre Brock Lesnar e Seth Rollins foi interrompido, como já se esperava, por Undertaker, ficando desde logo claro que este iria defrontar a “Besta” no SummerSlam, como foi confirmado na Raw do dia seguinte.

Será esta uma boa decisão por parte da WWE? As opiniões dividem-se: há quem exalte com este combate, devido à nostalgia que ele nos traz; outros ficam revoltados, visto que, mais uma vez, a WWE volta a dar prioridade a quem não está lá todos os dias numa das duas alturas mais importantes do ano. Estarão estes últimos fãs a exagerar?

Sei que refiro isto muitas vezes, mas volto a repeti-lo neste artigo: nada me tira da cabeça que 2015 está a ser um bom ano para a WWE, que, com erros de booking à mistura, tem construído novas estrelas, com Seth Rollins à cabeça, mas com Rusev, Roman Reigns ou Kevin Owens também em destaque.

Sendo assim, será que este combate entre Brock Lesnar e Undertaker deita por terra tudo aquilo que foi feito ao longo destes sete meses?

Pessoalmente, mais um combate entre a “Besta” e o “Deadman” não me diz rigorosamente nada. Nunca pensei chegar a este ponto, mas a verdade é que, neste momento, cada vez que Undertaker aparece o que eu sinto é, apenas e só, indiferença. Foi assim na última WrestleMania e foi assim desta vez.

O segmento da última Raw, para a esmagadora maioria dos fãs – mesmo para aqueles que são contra a existência deste combate -, foi muito bom. Eu não gostei nem deixei de gostar. Senti apenas indiferença.

Nada do que Undertaker possa fazer me vai interessar. Tal como já disse, o final perfeito para a sua carreira teria sido em 2012, no “End Of An Era”. A partir do momento em que voltou depois desse combate para lutar, em 2013, ficou claro que a WWE tinha desperdiçado a oportunidade para lhe dar esse final perfeito.

Contudo, não acho que este combate seja a pior decisão que a WWE já tomou. Era evitável e não vai acrescentar nada ao futuro da companhia (a não ser dinheiro), é certo, mas o que já foi feito nestes últimos meses em termos de credibilização dos lutadores a full-time dá alguma margem para que o maior evento tenha este combate como cabeça-de-cartaz.

Por isso, considero um exagero dizer que a WWE só se preocupa com as lendas e/ou com os part-timers quando se nota claramente que, ao contrário do que aconteceu noutros anos, em 2015 a WWE não considerou a época entre a WrestleMania e o SummerSlam como algo para encher chouriços, mas sim para criar mais algum Star-Power.

Ainda assim, não é por ter esta opinião que deixo de ter críticas para fazer à WWE.

Ao ver o main-event, fiquei estupefacto pela forma como Brock Lesnar, a besta imparável, a besta invencível, foi dominado por Undertaker, um jovem de cinquenta anos. Não foi um simples “Tombstone”. Foram DOIS “Tombstone’s” e um “Chokeslam”! Inacreditável a forma como basta alguém com o estatuto de Undertaker voltar para fazer o que mais ninguém fez nos últimos anos. Nem John Cena, nem Roman Reigns, nem muito menos Seth Rollins.

Um dos pontos positivos do Battleground foi o facto de o campeão ter mantido o seu título (embora o tempo de duração do combate tenha sido ridículo). Ao contrário de alguns fãs, sou da opinião que Seth Rollins está a ter um reinado sólido. Podia ser melhor? Sem dúvida que sim, mas está muito longe de ser mau.

Há aspetos que, sinceramente, me deixam incrédulo quando leio certos comentários por essa Internet fora. Existem fãs que parecem esquecer-se de que Rollins é um vilão. É perfeitamente normal que ele fuja. Não é por isso acontecer que a WWE não quer apostar nele! Como heel, é perfeitamente aceitável que ele seja cobarde, que vença combates com ajuda, que se sirva de mil e uma formas para escapar a situações de perigo. De certa forma, esta maneira de agir até credibiliza o título, visto que este está na posse de alguém que é capaz de fazer tudo para o manter consigo, isto é, alguém que lhe dá a devida importância.

Compreendo quem seja fã do “Architect” e o queira ver a ter muitas vitórias limpas, mas há que ter em conta que Rollins é um vilão enquadrado numa história.

A início, fiquei chateado por ver que o campeão foi ofuscado pelo regresso de Undertaker, mas depois lembrei-me de que, sempre que o “Deadman” regressa desta forma, a única pessoa que fica no ringue é a sua presa. Mais ninguém é filmado pelas câmeras, seja o árbitro, seja outro interveniente qualquer. Foi o que se passou neste caso e, mais uma vez, não é por aí que Rollins passa a ser um mau campeão.

O que mais me irrita nesta situação é a simples ideia de que a WWE quer dar uma vitória a Undertaker no SummerSlam de forma a que este tenha credibilidade para lutar na WrestleMania do próximo ano, seja com Lesnar ou com outra pessoa qualquer.

Meus amigos, Undertaker tem TODA a credibilidade do mundo! Não é por ter perdido a “Streak” que deixa de ser quem é ou que o seu legado deixa de existir! Como é possível a WWE pensar em desperdiçar a hipótese de criar uma estrela que vencesse Lesnar com uma vitória de um semi-reformado que foi precisamente quem ajudou a restaurar a aura de invencível à volta da “Besta”?

Basicamente, vão trocar vitórias sem que isso traga alguma coisa ao futuro da WWE. Rigorosamente nada. A não ser, claro está, dinheiro.

Sim, porque não ganhavam dinheiro caso Undertaker defrontasse um full-timer e Lesnar enfrentasse outro… E não me venham dizer que ganham muito mais dinheiro por serem duas estrelas estabelecidas a defrontarem-se. Isso é uma ilusão da qual a WWE se serve para enganar os fãs e para se enganar a si própria, de forma a continuar com a sua maneira preguiçosa de fazer as coisas.

A minha esperança seria Lesnar voltar a vencer ‘Taker, mantendo a sua aura e perdendo mais tarde para alguém que realmente beneficiasse com isso, mas conhecendo a WWE como conhecemos, é de prever que Undertaker consiga finalmente vencer o seu rival, o que nunca aconteceu – ainda por cima, têm esta estatística para vender -, e siga para a WrestleMania exatamente com o mesmo estatuto e credibilidade que tinha há cinco anos atrás, enquanto Lesnar volta a ser um “comum mortal” depois do fim da “Streak”, por mais que depois desta derrota continuem a lembrar-nos que foi ele quem derrotou Undertaker na WrestleMania.

Quanto a Seth Rollins, qual será o próximo passo?

Na última Raw, o Campeão da WWE foi confrontado pelo Campeão dos EUA, John Cena. A maior estrela da última década acusou Rollins de não ser um grande campeão e de procurar atalhos, enquanto ele é um exemplo. O discurso do costume, perfeitamente normal.

Quando vi o segmento, pensei que seria apenas uma conversa de veterano para novato. Porém, ao pensar melhor sobre o assunto, apercebi-me de que, de facto, John Cena pode ser o próximo candidato ao Título da WWE.

É perfeitamente possível que Rollins lhe custe o Título dos EUA num “Open Challenge”, levando a um confronto entre ambos no SummerSlam. Além disso, o campeão já derrotou todos os babyfaces de topo ao longo destes meses (Randy Orton, Roman Reigns e Dean Ambrose, sem esquecer que sobreviveu a Brock Lesnar).

Apesar de todos os grandes combates que nos tem proporcionado, não me apetece ver John Cena como campeão principal tão cedo. Até acho que, como está a um título de alcançar Ric Flair, essa 16ª conquista devia ser obtida quando Cena fosse heel, de forma a que esse momento tivesse outra importância. Neste momento, seria “apenas mais uma vitória” por parte de Cena, sem que isso lhe trouxesse algo de novo, enquanto Rollins sairia, desta vez sim, prejudicado.

Na semana passada, escrevi aqui sobre a oportunidade que a WWE tinha de colocar Rollins noutro patamar, caso este vencesse Lesnar (o que nem era impossível, bastando que, depois daquele ataque de Undertaker, o campeão obtivesse o pin no cliente de Paul Heyman) e Triple H em dois PPV’s seguidos.

Agora que esse cenário está descartado e que parece que será Cena o próximo rival, volto a dizer que a WWE tem a oportunidade de ajudar Rollins, dando-lhe uma vitória (que pode, e deve, ser suja) contra a sua maior estrela.

Por mim, o adversário de Rollins seria Kane, até porque o combate pelo título não será o main-event do SummerSlam e esta seria uma forma de “despachar” um combate que estará, em princípio, destinado a acontecer. O meu maior receio é que Cena vença o título e Rollins prossiga a rivalidade com Kane longe do topo. Tenho esperanças de que isso não aconteça.

O caminho para o SummerSlam começou torto (para mim), mas ainda falta um mês para o PPV ter lugar. Até lá, veremos se Cena será mesmo o adversário de Rollins e qual será o restante cartaz do evento, com a certeza de que o combate principal não trará mudanças significativas para o futuro da WWE, que, como qualquer outra empresa, quer fazer dinheiro fácil. E tal como no dia-a-dia, é muito menos complicado fazer dinheiro fácil quando os clientes são “ovelhas” que seguem tudo o que o “pastor” faz, com a agravante de viverem do passado, como se este lhes trouxesse os momentos que já lá vão. “Abrir novas portas? Abrir novos horizontes? Dar oportunidades a outras pessoas? Não, o antigamente é que é bom e é lá que eu vou ficar!”.

Sobre o Autor

- Autor do espaço "Cutting Edge".

64 Comentários

  1. randy orton rko - há 1 ano

    Seus artigos ERAM BONS agr parece q vc n sabe mais nada de wrestling lógico q n e só vc mais acho q n deveria dizer isso em um dos melhores artigos q vc fazia por favor melhore

  2. Fight Owens Fight - há 1 ano

    danielLp21, um bocado de simpatia não fazia mal a ninguém. se ele escreveu com erros deixa escrever, agora se queres que a malta seja assídua na visualização dos teus artigos e do site tal como eu, deverias guardar essas opiniões para ti. uma falta de respeito inacreditável, para um moderador, só opiniao minha mesmo.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Eu não faltei à educação a ninguém. Agradeci o comentário de forma sincera, acredites ou não. Acho um… exagero dizerem que é uma falta de respeito.

      Já agora, que tal dizerem o que está mal no artigo?

      • Fight Owens Fight - há 1 ano

        Na minha opinião o artigo estava muito bom, tal como nos tens habituado, e não vi nenhum erro no que escreveste. Apenas, fiquei surpreendido teres comentado a má escrita de um dos teus leitores. nunca tinha visto isso neste site.

      • danielLP21 - há 1 ano

        Bem, já não é a primeira que critico alguém por escrever mal. Aliás, ele nem deu grandes erros, mas são demasiadas abreviaturas e sem pontuação custa a entender o que ele escreve. Só percebi mesmo a última parte.

        Não me importo que critiquem os artigos, simplesmente agradeço que digam os aspetos em que posso melhorar. É para isso que aqui estou.

      • Fight Owens Fight - há 1 ano

        Sem problemas, visto que os teus artigos são dos que eu mais aprecio, continuarei a ser leitor assíduo.
        Só espero que ele não se tenha sentido ofendido.

  3. Rafa Silva - há 1 ano

    mais um EXCELENTE artigo daniel!
    uma das melhores rubricas do WPT sem duvida!
    concordo com basicamente tudo o q disseste exceto o Cena ganhar o titulo a heel
    se bem te lembras o Ric Flair foi o “jogador mais sujo” de sempre o q daria mais credibilidade ao Cena se ele ganhasse como face (embora ele n precise de mais credibilidade)
    quanto a cena do Taker espero q ele ganhe na WM se bem q no SS e me indiferente, vitoria ou derrota
    continua a subir pro topo cheio de força ;)

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      Eu imaginaria o Cena a ganhar o 16º título como heel e a dizer que é o melhor de sempre porque ninguém tem mais títulos do que ele.

      • Ronaldo EDGE - há 1 ano

        No dia em que o CENA passar a ser Heel vou ser fã dele. Até lá vou odia-lo.

  4. Reigns one versus all - há 1 ano

    Otimo artigo,Daniel.

    Acho que neste momento a WWE deveria apostar em quem é full-timer,quem esta lá durante o ano inteiro (ou quase)num dos maiores eventos do ano no main event.
    Não é necessário colocar Lesnar vs Taker no main event,OK a historia é algo importante,mas se tivesse noutra posição do card não era por ai que o combate valia menos.
    Num grande evento,como é o summerslam,o main event só não é pelo titulo se a historia for suficientemente forte,uma coisa imperdível,tipo Cena vs Rock.

    Em relação ao combate pelo titulo no summerslam,devido as indicaçoes dadas na ultima RAW.
    Acho que o cena pode perder o titulo dos EUA num “Open Challenge”, de preferência que fosse o Cesaro e ai teríamos Rollins vs Cena pelo titulo,mas sinceramente preferia HHH vs Rollins pelo titulo,para dar uma grande vitoria ao Rollins.
    Mas não me admirava se o Cena ganhasse.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      Completamente de acordo. É outro dos aspetos negativos: colocar este combate no main-event, em detrimento do combate pelo título.

      • Anónimo - há 1 ano

        Respeito as opiniões de todos, mas deixem-me fazer uma pergunta: porque é que um Cena vs Rock para main-event era aceitável (mesmo sendo a 3 ou 4a vez, por isso não vejo como criar uma história forte e interessante à volta disto) e um Undertaker vs Brock Lesnar já não é? Este combate tem todos os condimentos de main-event!! De um lado temos o melhor de sempre, a maior lenda da WWE; do outro, o homem que lhe quebrou a streak. É um segundo take épico, e a história, na minha opinião, foi muito bem construída. Vi muita gente a criticar, a dizer que já vem tarde, mas reparem: uma vingança é esperada no calor do momento, imediatamente a seguir. 1 ano e 4 meses foi completamente inesperado, e mostra que foi planeado. Além de que o motivo também é excelente: ele não se vinga por a streak ter acabado… ele vinga-se pelo facto do Lesnar, através do Paul Heyman, se bajular todas as semanas por ter quebrado a streak, é um motivo credível, que prova que não é só uma vingança parva. E respeita a essência daquilo que sempre foi o Undertaker, como Deadman ou como motoqueiro, de atacar e regressar mais forte sempre que é picado, e ele foi picado. Depois, o segundo motivo pelo qual isto não vem fora de horas, para mim, é este: na WM 30 o Taker estava num forma horrível. Voltar a lutar com o Brock causaria novo traumatismo, ou pior. Precisou deste tempo para se preparar fisicamente, e todos vimos que, apesar de algumas limitações, na WM 31 esteve bem. E neste segmento melhor ainda. Na rixa… há algum tempo que eu não via o Taker tão bem, parece que ganhou outra vez a cor, o cabelo cresceu outra vez, voltou a ganhar músculo.. e ainda tem 1 mês para se preparar ainda mais. Quando foi a End of an Era, ele também regressou praticamente 1 ano depois para se desforrar do Triple H… eu estarei de acordo com o que dizes no texto, sobre o dinheiro fácil, se tanto o Brock como o Taker ficarem 1 mês a encher chouriços e aparecerem simplesmente no SummerSlam. Agora, se eles construírem bem a história, com o Taker e o Brock a aparecerem todas as semanas, ou quase todas, e lutarem para mostrar o quão preparados e motivados estão, e ocasionalmente se atacarem um ao outro, então mostra que há sentido, e que não é apenas ganância… eu aqui sou da opinião que o SmackDown pode ser muito importante para a construção da rivalidade, pois é verdade que o Taker ainda pode, e vai melhorar a forma seguramente, e como o SmackDown é um show gravado, apesar de ter público a ver, da para fazer com que certas coisas pareçam ter acontecido, quando na verdade não foi bem assim, se é que me faço entender. Para os que acham que o Taker está mal, o SmackDown pode servir para mostrar que ele está bem, tal como no SummerSlam estará. Além de que iria dar credibilidade ao show, que anda pelas ruas da amargura… o Taker voltar ao seu SmackDown, seria lindo. Aliás, eu depois de ver a forma do Taker, sou da opinião que, se ele quiser, tem condições para continuar a lutar depois da WM 32. Como grande fã dele, espero que continue, e acho que um bom uso para ele seria liderar um movimento, e fazer acontecer uma nova brand split. Acerca do main-ev

  5. Vinícius Nunes - há 1 ano

    Não tenho visto WWE nos últimos tempos, mas concordo contigo… Não acho que a aparição de Undertaker e a feud dele com o Lesnar seja a melhor coisa do mundo, mas está longe de ser a pior, e ainda por cima o Rollins continua sendo o campeão e acho que vai continuar sendo por um bom tempo, pelo menos assim espero.

    Sobre a possível feud entre Rollins e Cena, bem eu acho que o Rollins vai acabar por vencer e só deve perder esse título no cash in do Sheamus, que deve ser o novo homem da Autoridade. Só espero que o Cena perca o título depois que seja declarado o novo desafiante do título principal, pois se ele for atrás do título principal por ter perdido o USA Championship por causa do Rollins, visto que não seria inteligente por parte do Rollins provocar o Cena dessa maneira. Talvez usem o excesso de arrogância do Rollins nisso, o que faria sentido, porém não seria algo que eu acreditaria caso fosse ‘verdade’, digamos assim. O que importa é que eu duvido que o Cena ganhe o título ao Rollins, ele deve perder pro atual campeão de maneira suja.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Espero que estejas certo em relação a uma possível vitória do Rollins sobre o Cena. Eu não estaria assim tão certo de que o Cena não ganha o título.

  6. Miguel Carlos - há 1 ano

    Artigo fantástico!!
    “Como é possível a WWE pensar em desperdiçar a hipótese de criar uma estrela que vencesse Lesnar com uma vitória de um semi-reformado que foi precisamente quem ajudou a restaurar a aura de invencível à volta da “Besta”?” Estou a 1000000000% de acordo. Passei a semana inteira a explicar isso.

  7. "The Architect" - há 1 ano

    Artigo muito bom!

    Concordo com tudo o que disseste à cerca do Undertaker. Ele é uma lenda e não foi uma derrota na Wrestlemania que lhe tirou a credibilidade que ele nunca vai perder. Não é que eu esteja contra este combate(também não estou de acordo, é me apenas indiferente), mas isto não trará nada de novo nem de bom, a não ser dinheiro, para a WWE, já para não falar que estão a “roubar” tempo de antena aos Wrestlers mais jovens num dos maiores eventos da empresa.

    Em relação ao Seth Rollins, também não acho que o seu reinado esteja a ser tão mau, como muitos dizem. Ele é um heel, é perfeitamente normal, que fuja a combates, ganhe de forma “dirty”, ou que se aproveite de determinadas situações para vencer. Quanto ao adversário dele no Summerslam, não me importo nada que seja o Cena, desde que o Kevin Owens lhe tire o título até lá, ou então esta rivalidade entre os dois(que parece já ter terminado) não ajudou em nada o KO. Também ainda não tinha pensado em o Rollins custar o título ao Cena numa das Open Challenges, e até é uma boa forma de construir o combate caso chegue mesmo a acontecer.

  8. Bully - há 1 ano

    Bom artigo, espero bem que Lesnar ganhe no Summerslam,mas dúvido muito,acho que ele só devia perder para um lutador em ascensão,perder para Undertaker de 50 irá ser mau se Undertaker quando ainda era jovem não conseguia vencer muito menos agora mas a Wwe é que sabe,continua com estes bons artigos ou até melhor!

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      Exatamente. Agora que o Undertaker tem 50 anos é que vai conseguir vencer o Lesnar? É difícil achar isso credível.

  9. jobber - há 1 ano

    o wrestling é fantástico por isso daniel. um cara de 50 anos pode vencer uma besta como brock lesnar. cara o combate não vai ter vencedor nesse ppv. simplesmente acho que os dois vão ficar em ko. e taker retornara na wrestlemania 32 buscando sua unica e implacável vitória encima do brock lesnar.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Acabar outro PPV, ainda para mais um dos mais importantes do ano, sem vencedor? Não gosto dessa ideia.

  10. BRUNOju - há 1 ano

    Bom artigo, o que você escreveu ai é o que a maioria de nós pensamos. Compartilho de suas opiniões, principalmente no que toca a termos Kane x Seth Rollins no SummerSlam pelo título principal.

    Espero que aquele segmento do John Cena tenha sido somente para ocupar tempo do Raw. Por mais que Cena x Rollins não é ruim de se ter.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      Sim, em termos de qualidade de combate um Rollins vs Cena seria bastante agradável de se ver. Contudo, se for para o Cena ganhar o título, preferia um Rollins vs Kane.

  11. Tibraco - há 1 ano

    Partilho da tua visão sobre Undertaker e Lesnar. Para mim, qualquer combate onde o vencedor tem menos a ganhar do que o derrotado tem a perder, à partida, uma má escolha. Ou seja, quem perder o combate irá ficar “danificado”. O Lesnar perde a sua aura estupidamente ou então o Undertaker sofre mais uma derrota para o Brock sem necessidade nenhuma. Já para não falar da justificação do Taker. Achei bastante forçada, mais ainda quando ele já tinha regressado para combater com o Wyatt.

    A questão é que tu reclamas, eu reclamo, mas vamos assistir ao combate. E vamos assistir ao NOC. E por aí fora. O Vince sabe que basta manter os “mínimos exigiveis” e, portanto, vai continuado a fazer as cenas à maneira dele, como ele acha que está bem.

    Discordo completamente de Rollins vs Cena. Fiquei, aliás, surpreendido não teres tocado na derrota do KO (visto que és fã dele), que para mim foi o pior momento do PPV. Acho que o Cena tem estado bem como US Champion, muito bem até, e custa-me a perceber qual é o interesse em “estragar” esse reinado por um combate que já vimos no passado TLC.

    Quanto ao reinado do Rollins, eu acho que tem sido morno, devido ao booking, mas cada vez gosto mais dele. É preciso ver como fica agora a situação da Autoridade e , principalmente, ver se lhe pretendem dar o face turn, como parecia que ia acontecer, ou se continua como heel. Não pode é ficar nesta indefinição durante muito mais tempo, pois corre o risco de ficar descaracterizado.

    De resto, gostei do artigo, talvez apenas tivesse preferido que fosse um pouco mais longo e tivesses abordado, como disse anteriormente, a questão do KO e, porque não, a junção do Harper ao Wyatt.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      A explicação do Undertaker não fez grande sentido, de facto. Ainda tentou ali dizer que está de volta “a sério”, mas pareceu muito forçado.

      Caso se confirme que é o ultimo combate do PPV, não o devo ver, admito.

      Sobre o Kevin Owens, falo para a semana. Era para escrever sobre isso neste artigo, mas ficaria muito longo o artigo. Acabei por me estender demasiado nesta questão Lesnar/Taker/Rollins.

  12. Paul Heyman Guy - há 1 ano

    Vi logo que eras tu que tavas a escrever ahahah… Propz

  13. Weverson Silva - há 1 ano

    Ótimo artigo, para mim no Battleground o Seth deveria ao menos pinar o Lesnar, na Próxima Feud em que o Rollins embarcará seria interessante se fosse contra o Kane em busca de sua vingança e não uma Rivalidade contra o cena que já aconteceu várias vezes. Taker vs Lesnar pode até ser um boa feud, mas preferia que dois part-timers não se enfrentassem e sim dessem novas rivalidades.

  14. FrancisDreezPT - há 1 ano

    Artigo MT bom…És um Heyman II
    Em relação ao Taker vs Lesnar.. Percebe-se pois li que está ia ser a última run do Taker,e sim de ve-se dar importância a isso.. Mesmo que MT gente n queira ver o combate,ele ja por si tem a sua história,e a re-match de um combate que ficou para a história,e de um legado que acabou.. Devido a isso concordo que seja o Main-Event
    Em relação ao Rollins Cena,vejo isto como uma aposta ainda maior no Rollins, sendo que tb por agora sem ser o HHH n se tem um nr1 Contender defendido.. Tipo como na RAW o Cena disse que era melhor que o Rollins e que estava a ter um reinado melhor.. No SS fazia-se o tal Champion vs Champion Non Title Match e ganhava o Rollins e no fim do combate o Rollins levantava-se e levantava o título e o Cena e o US Title no chão… Era uma boa imagem de se ver…mas prontos veremos como se desenrola isto…

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      O SummerSlam é o segundo PPV mais importante e o título tem que ser defendido. Seria absurdo o Rollins não defender o título, ainda por cima sendo este o único título de main-event.

      Esse último cenário vimos há pouquíssimo tempo com o Kevin Owens, quando pisou o Título dos EUA. Duvido que voltem a repetir isso tão cedo.

  15. Dolph Ziggler - há 1 ano

    Bom artigo, Daniel. Eu confesso que estava um pouco cético (e ainda estou) quanto à feud entre o Brock e o Taker, mas também devo dizer que fizeram um ótimo trabalho no Raw para cativar o espectador à história. No fim o Taker vai vencer e acabaremos por não tirar nada disto e ninguém sai daqui uma grande estrela, mas vou tentar desfrutar desta última run do Taker na companhia (muito provavelmente).

    Quanto ao Rollins/Cena, eu espero que tenha sido apenas um segmento, mas sinceramente, já começo a achar que não. Também não gostava de um Kane/Rollins, mas sempre era uma vitória para o Rollins, em vez de uma bastante provável perda do título para o Cena no PPV.

    Mas a ver vamos o que acontece no Raw.

    • FrancisDreezPT - há 1 ano

      Se o Cena ganhar, e para o Sheamus fazer cash-in no Cena e n no Rollins..

    • KILL OWENS KILL - há 1 ano

      Se for a última “run” do Taker.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      O Rollins vs Kane era o mal menor, sobretudo porque o título não vai estar no main-event. A minha ideia era o Rollins já ter perdido o título para o Sheamus e lutar agora contra o Triple H, por isso não estava a ver outros oponentes para lutar pelo título sem ser o Kane.

  16. RFBM - há 1 ano

    Bom artigo, concordo contigo, gostava que o Lesnar volta-se a vencer o Taker no SS, porque na minha opinião, a primeira derrota do Lesnar, após ter vencido a streak, deveria ser contra alguém como o Rollins, Cesaro, Rusev, KO, etc, qualquer estrela em ascensão.

    Apesar de tudo, continuo a achar que o Taker vai vencer o Lesnar no SS.

  17. Stone Cold - há 1 ano

    A wwe a meu ver nao tem construido estrelas. Tem construido mini-estrelas que ao minimo erro de booking podem ser lançados novamente para o patamar de todos os outros. O que eu vejo é John Cena, Randy Orton, Brock Lesnar e HHH quando compete claramente um degrau acima de todos os restantes. Roman Reigns é o unico nome que eles querem colocar nesse patamar. Dou o beneficio da duvida a Seth Rollins pois ainda espero ver como o vão tratar como face mas quer Rusev quer Owens começaram com tudo e perderam com o Cena tornando-se apenas mais duas vitimas como tantas outras antes deles. Para mim tornaram-se apenas midcarders de respeito depois disso.

    Concordo plenamente contigo quando referes que o Taker deveria ter acabado a sua carreira em grand no end of an era. Seria a meu ver o final perfeito com um combate fantastico e na sua melhor condiçao. Depois disso a sua forma fisica e capacidade de oferecer a sua melhor versão nunca mais foi a mesma. No entanto a partir do momento em que ele continua a combater as coisas simplesmente nao podem ter um fim imediato só porque sim. Porque é o Undertaker. A derrota com o Lesnar para mim foi um ponto negro no arco-iris, algo que jamais deveria ter acontecido. Nem Edge, nem Batista, nem HHH, nem Orton, nem HBK ninguem deveria ter acabado com a streak na minha opiniao. E, a partir do momento em que está acaba sinceramente a unica esperança que tive por mais remota que fosse foi mesmo a vingança do Taker. Claro que o timming foi absurdo (ano e meio depois!!) mas terminar a carreira contra Bray Wyatt seria vergonhoso para ele e mais do que tudo ele merece vingar a derrota que sofreu. Porque é o Undertaker e porque quer queiras quer nao esta derrota abalou muitos fãs. Nem todos os fãs tem a capacidade para distinguir as coisas e o que lhes foi mostrado foi o Brock Lesnar a destruir o Undertaker em plena wrestlemania pela primeira vez em mais de 20 anos!!!!

    O Undertaker tem um estatuto diria dois degraus acima do roster atual. É uma lenda do negocio e a wwe queria evidenciar isso com o ataque ao Lesnar. Eu achei perfeito mudarem a tendencia e colocarem alguem a bater a serio no Lesnar. Como costumo dizer é revoltante ver a enorme discrepancia que a wwe se esforça em mostrar entre o roster atual e as lendas que retornam. Mas essa evoluçao do roster atual, esse star power nao se ganha de um dia para outro. Exige uma construçao longa, planeada e perfeita que pode até durar anos. E a verdade é essa ninguem no roster atual tinha condições para oferecer uma rivalidade tão empolgante contra Brock Lesnar como o Undertaker. Podiam oferecer melhores combates e até segmentos (porque nao?) mas maior intensidade e interesse ninguém.

    Em relação a Rollins também concordo! Nao tem sido o melhor dos reinados mas tem estado longe de ser mau. Ele faz o papel dele na perfeiçao e tem crescido muito. Tudo faz parte da gimmick. Rollins é o tipico heel covarde e nao vejo qualquer problema nisso. Até acho que encaixa no papel. E se tem funcionado assim para que mudar isso?

    Onde tenho de discordar é no aspeto da feud entre Taker e Lesnar se resumir a dinheiro. Aí nao podia estar em maior desacordo. Claro que vao lucrar imenso mas tens noção que daqui a uns anos isto vai continuar a ser falado? O regresso do deadman em busca de vingança e a sua vitoria sobre a besta imparavel? Agora a wwe tem de tornar-se num ciclo vicioso em que tudo se destina ao futuro e só ao futuro? Porque dois grandes wrestlers nao podem oferecer aos fãs uma rivalidade epica que tanta gente quer ver? Tens noção da quantidade de fanaticos do passado que nem acompanham wrestling atualmente que vão ficar colados ao ecra para ver este embate? Esta rivalidade vai ficar na historia!! Claro que se envolvesse um talento atual tambem poderia ficar mas nao chamaria as massas que vai chamar por si só! Eu até acho coerente permitirem elevar um novo talento derrotando este ultimo o Lesnar em detrimento de Undertaker. Nao tenho nada contra isso! Mas também nao tenho nada contra o fato de ser Undertaker. Porque ele merece e porque ele nao merece essa mancha na carreira de nunca ter vencido o Lesnar. A vitoria sobre ele que torna o Lesnar unico vai sempre la estar!! Essa ninguem lha tira!! Agora é a ver do Undertaker se vingar.

    Rusev vs Cena é um caso totalmente diferente. Essa rivalidade sim roçou o absurdo porque poucos eram os que queriam saber dela e porque o dominante rusev perdeu com o cena depois de uma streak incrivel. A questão aqui nem era ser um part-timmer ou um novo talento a derrota-lo porque sinceramente tanto me fazia. Apenas queria algo original e diferente que valesse a pena e fosse surpreendente. Nao o Cena!! Com Undertaker e Lesnar é totalmente diferente porque muitos querem ver e nao foi algo esperado e cujo final continua a ser uma incognita. Acho que com isso ganham os fãs, o produto e os wrestlers. E isso nao é so dinheiro.

    “E não me venham dizer que ganham muito mais dinheiro por serem duas estrelas estabelecidas a defrontarem-se. Isso é uma ilusão da qual a WWE se serve para enganar os fãs e para se enganar a si própria, de forma a continuar com a sua maneira preguiçosa de fazer as coisas.”

    Tal como disse anteriormente até concordaria contigo se os superstars do roster atual gozassem da credibilidade e da construçao longo e pormenorizada de que falei. Esse não é o caso e esse genero de trabalho nao se faz de um dia para o outro. Nao ias conseguir colocar nenhum superstar à exceção de Cena, Orton e HHH ao nivel do Lesnar e do Taker. Como consequencia a rivalidade passaria claramente a ideia de superioridade deles, nao chamaria a grande porçao de publico mais antigo e nao ofereceria aquela intensidade digna de dois dois melhores de sempre. É pena que nao possamos fazer a experiencia mas nao tenho duvidas que Brock Lesnar vs Undertaker vendera mais que qualquer feud que pudesses arranjar envolvendo um novo talento e estes dois!!

    Neste momento tudo o que eu nao quero é que Kane enfrente Rollins no Summerslam. A imagem de Kane está ridicula e totalmente descredibilizada neste momento e nao seria nada positivo para um Rollins que nem main-event vai ser enfrentar um wrestler deste calibre. Veria mesmo com melhores um combate com Cena ou até uma triple threat com kane à mistura retornando com a mascara e que Rollins vencesse!!

    • danielLP21 - há 1 ano

      E qual é o mal de serem “mid-carders” de respeito? Queres que sejam todos main-eventers ao mesmo tempo? Sobre o Kevin Owens, falarei para a semana.

      Discordo completamente que esta rivalidade vá ser falada daqui a vinte anos. Só se for por ser a última do Undertaker, porque de resto os momentos realmente marcantes do Undertaker e as suas grandes rivalidades estão lá para trás.

      Isto resume-se a dinheiro, quer acreditemos, quer não. Achas que o combate foi marcado porque o Undertaker “merece” a sua vingança e a WWE, no alto da sua bondade, lhe vai dar isso? Não te deixes enganar, é tudo à volta do dinheiro. O resto é secundário.

      Falas da grande diferença entre o roster atual e as lendas. Lembras-te da forma como o Bray Wyatt construiu SOZINHO a feud da WrestleMania? Não mostrou todo o seu talento?

      Achas que o Rusev não teria uma boa feud com o Undertaker? Mas para isso acontecer, é necessários que lhes deem oportunidades! Se nunca os testam, esta ideia de que “atualmente não são tão bons como no passado” nunca vai desaparecer.

  18. Kira - há 1 ano

    Bom artigo

    Só gostaria de referir que este reinado do Seth faz-me lembrar o reinado do JBL, ambos tiveram reinado sólidos e com adversários credíveis e conseguem, de uma forma ou de outra escapar com o titulo ao ombro

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      Também já me lembrei do JBL, tirando a parte de o Rollins ser muito menos irritante :P Mas sim, há bastantes semelhanças.

  19. WrestlingLifePodcast - há 1 ano

    Excelente artigo!

  20. João Paulo - há 1 ano

    Mais um bom artigo

  21. KILL OWENS KILL - há 1 ano

    Bom artigo Daniel, mas vou ser sincero com você, esperava MUITO mais do artigo de hoje. Estava realmente ansioso por ele (talvez esse tenha sido problema, a expectativa). Volto a criticar o que já critiquei num dos teus artigos anteriores: PRA MIM, você está acabando o artigo num mau timming. Está tudo perfeito, escrita, boa análise, só me incomoda mesmo é o timming. Coisa que no artigo anterior você melhorou (não foi perfeito, mas eu notei a diferença) e nesse parece que você “esqueceu”.

    Sobre o conteúdo, vamos lá… Eu nunca achei que eu ia chegar a esse ponto, mas no momento em que vi o Taker no ringue eu o ODIEI. Claro que foi um algo de momento, mas nunca achei que sentiria isso. O Undertaker ROUBOU o momento do Seth Rollins. Literalmente, ele pegou toda a Spotliht pra si e que se dane a estrela em ascensão. Não concordava, mas agora concordo, Undertaker devia ter se aposentado no “End of an Era”. Essa é a verdade.

    Eu acredito que quando os Wrestlers chegam há um certo “patamar”, devem usar o seu “nome” para elevar a próxima geração. E o que houve no BG foi exatamente o oposto. O que era suposto ser um dos grandes momentos do Seth e tornou num capricho de um velho. Isso até agora vem me custando a acreditar.

    Concordo em tudo que você disse, até mesmo sobre o Segmento na Raw, que também me fez indiferença. Outro ponto que concordo 110%, é na parte em que o Rollins DEVERIA ter pinado a Besta. Por que, na minha visão, é certo que o Taker vai vencer no SS, então a aura de dominância do Lesnar vai ser quebrada, foi como você disse, vai voltar a ser um “mortal”. Então que tivesse sido pelo menos o Seth a faze-lo.

    Esperava que você também analisasse mais afundo a situção do Campeão da WWE e também a situação do Owens, principalmente quando chegou na parte sobre o Cena, mas sobre o Owens deve ficar pra um próximo artigo.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Agradeço a sinceridade. Devo confessar que também achei o mesmo, mas esta “versão” final não é tão má como a original. Ainda mudei a parte final, mas também fiquei com a sensação de que o final foi abrupto. Vou tentar evoluir nesse aspeto e espero que continues a comentar e a dar a tua opinião.

      Sobre o Kevin Owens falarei para a semana. Era para escrever também neste artigo, mas resolvi esperar mais uma semana a ver como desenvolvem a situação dele.

  22. BRRM - há 1 ano

    Excelente artigo.

    Como é obvio a WWE não vai estragar tudo o que fez até agora, mas também não vai melhorar e é isso que alguns fãs não percebem. O Lesnar está elevado quase ao nível de um Deus devido à dominância que ele tem mostrado desde que chegou à WWE, e se perder agora para o Undertaker tudo isso vai por água abaixo. E isso porquê? Porque ninguém acredita que alguém que mesmo quando tinha 30 e tal anos não conseguia derrotar o Brock Lesnar, vai consegui-lo fazer agora que tem 50 anos. Isso simplesmente não faz sentido e se acontecer o Lesnar nunca vai voltar a ter tanta credibilidade como agora, e como tal quando for para sair por baixo numa feud com alguém mais novo esse alguém não vai ficar tão over, como tu disseste.

    Outra coisa de que tu falaste (e muito bem) que alguns fãs (e a própria WWE) não percebem é que as lendas não são indispensáveis, muito menos quando aparecem para encher os bolsos da companhia em vez de ajudar a criar novas estrelas.

    Quanto ao Rollins, concordo que o mais acertado neste momento era um combate com o Kane, mas já que não é assim, espero que ele ganhe ao Cena.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      Não podia estar mais de acordo. A ideia de que a aura à volta do Lesnar vai desaparecer esta forma é muito frustrante. O fim da “Streak” acaba por não beneficiar mais ninguém, a não ser o Lesnar, que vai ficar sempre com esse prémio. Podiam ajudar mais alguém – a tal pessoa que venceria o Lesnar -, mas não o vão fazer.

  23. Cronos HHH - há 1 ano

    cara artigo fenomenal muito bom

  24. José Sousa - há 1 ano

    Excelente artigo.

  25. JL Paes - há 1 ano

    Gostei do artigo, você sempre desenvolve argumentos pra defender suas ideias e eu gosto disso(odeio quando alguém justifica uma ideia dizendo “porque sim”), mas eu sou um dos que não aguentam mais ver o Rollins fugindo toda noite.
    Eu sei que ele é um heel e heels podem ser covardes, mas na minha opinião, ele podia pensar em outros meios para ganhar os combates. Sua gimmick ganhou o apelido de arquiteto e por esse nome se subentende que ele é um cara inteligente, que pode utilizar de várias manobras sujas pra manter o cinturão, como na luta contra Dean Ambrose onde ele perdeu por desqualificação, acho melhor variar, só isso, senão tudo se torna muito repetitivo e perde a graça.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      Compreendo o que dizes. Embora não concorde, consigo compreender que nem sempre é agradável ver tantos combates/segmentos acabarem dessa forma. Ainda assim, há uns tempos era pior, com a Authority.

  26. Sorlei Rui Oltramari - há 1 ano

    Bom trabalho, Daniel.

    Está mais do que evidente que o tempo do Undertaker já era. Todo respeito a ele a ao seu legado, mas ninguém vai sair beneficiado dessa feud, muito menos o próprio. Ter uma rivalidade a volta da streak quando é sabido que o Taker perdeu limpo já não é muito bom. Ter essa feud com um atraso de mais de um ano é pior ainda. Não vai acrescentar muito à carreira do Taker, vai desperdiçar a oportunidade de elevar-se um jovem talento, vai tirar boa parte da credibilidade do Lesnar e vai relegar o campeão para segundo plano. Além disso, talvez nem o combate entre eles será bom.

    Quanto ao Rollins,prevejo que será uma repetição do que foi a um tempo atrás, com o título principal sendo posto em segundo plano para deixar o spotlight a, no caso, um part-timer (que novidade) e um semi-aposentado. Quanto ao seu desafiante, temo que tenhamos que levar com o Cena novamente no Main Event, mas, se isso ocorrer, o lado bom será a conquista do US Title por parte do KO, provavelmente em uma Open Challenge. Se não for Cena o desafiante, então não tenho a mínima ideia de quem será, talvez o próprio Triple H (caso ocorra o turn).

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      De acordo.

      Por mim era o Kane. Já que o combate pelo título não será o main-event, ao menos punham esse combate no meio do card, mas deverá ser o Cena.

  27. trouble...trouble....trouble - há 1 ano

    eu também defendo que o rolins passe a vida a fugir, mas as vezes é exagero, também precisa de credibilidade, a authorithy nunca devia duvidar do valor dele, deviam tratarlo como um diamante porque afinal foi ele que os pos no poder novamente, e não esquecer que ele chegou ao ponto de perder com J and J, ele devia fugir mas é dos tipos”grandes, como cena, orton, reigns, ambrose, taker e mais ninguem

    • danielLP21 - há 1 ano

      Eu percebo, mas o facto de ele perder com os J&J não lhe tiram credibilidade. Pelo menos, não aos meus olhos.

  28. WWEdge - há 1 ano

    Acho que o Cesaro também deve ser referido como um lutador que a WWE tem dado algum destaque.

    O que as pessoas dizem sobre o Rollins, não me chateia minimamente. Quando ele se escapa dos combates, ou ganha com ajuda, faz com que eu goste cada vez mais dele. Passo a passo, Seth Rollins será o Edge do futuro. :D

    A ideia de o Cena só conquistar o seu 16º título, só quando for heel agrada-me. No entanto parece-me inalcançável porque a WWE como referiste, tem de ir buscar dinheiro a algum lado, e na visão deles, o Cena é um bom partido apenas se for o “bom”. Na minha opinião se o John Cena virasse heel, acho que iria facturar imenso dinheiro na mesma. Ele até poderia perder o apoio de alguns miúdos mas, certamente que iria ganhar o apoio de outros, que o querem ver “mau”. Falo de crianças só porque são o maior grupo de fãs do Cena mas claro que também incluo os adultos.

    Quando vi o Taker a dar cabo do Lesnar no main-event achei ridículo. Depois de o Rollins ter estado a levar na boca durante a maior parte do combate… Enfim.
    Este combate do Undertaker contra o Lesnar, não nos trará nada de novo. A não ser que o Lesnar saia vitorioso. Como disseste assim reforçariam ainda mais a “besta” que o Lesnar é, e depois poderiam coloca-lo contra alguém que então beneficiasse da vitória.

    Eu vou tentar acreditar que o Lesnar possa vencer :/ É o melhor para o negócio…

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador