Cutting Edge #26 – O fim da linha

É já depois de amanhã que a WWE vai apresentar o PPV anual de outubro, Hell In A Cell. O main-event deverá ser o embate entre Brock Lesnar e Undertaker, mas o combate principal, para mim, é Seth Rollins vs Kane pelo Título da WWE.

O resto do card tem vários combates repetidos, pelo que veremos o final de algumas histórias e, espero eu, o início de outras na próxima segunda-feira.

Primeiro combate repetido da noite. Neste caso, uma desforra da última Raw. Não há, sequer, uma história. É apenas um combate marcado à última da hora com seis lutadores que têm algum estatuto (uns mais que outros) e que não convém que fiquem fora do PPV, mesmo que seja apenas no kick-off. Como teremos um combate entre dois part-timers a ocupar uma boa parte do evento, há que arranjar forma de meter esta gente ali. Gostaria apenas de saber quais seriam os planos para estes seis caso o combate originalmente marcado para o kick-off ocorresse. Ficariam de fora do PPV? Talvez um deles desafiasse John Cena, mas os outros cinco não sei o que fariam.

A minha aposta vai para uma vitória da equipa de Dolph Ziggler, Neville e Cesaro, apenas porque perderam na Raw. Como a mentalidade da WWE se baseia em trocas de vitórias e derrotas no mid-card, será natural que a equipa face vença no domingo. Por mim, a vitória ia para a equipa heel, com Sheamus a obter o pinfall decisivo, mas provavelmente até será ele a sofrê-lo.

Que dizer? A divisão continua a pasmaceira do costume. Não há uma história verdadeiramente desenvolvida, a campeã perde combates, de forma limpa, para uma das lutadoras mais fracas do plantel e que não passa da ajudante da verdadeira líder da sua equipa (gostava de saber a razão, se é que existe alguma, para a continuidade destes grupos, que deviam ter acabado no SummerSlam) e a lutadora mais ovacionada nem direito tem a entrar com a sua música de entrada, dando a entender que é inferior a Naomi.

Aposto em Charlotte, visto que a influência de John Cena nos bastidores não deve ser suficiente para travar a ascensão da filha de Ric Flair. Aliás, com a qualidade que o plantel começa a ter, seria absurdo Nikki Bella (cujas melhorias são evidentes) voltar a ser campeã tão cedo.

Mais um combate que já vimos várias vezes. Ainda assim, é daqueles que mais estou ansioso por ver, muito por causa do booking que os New Day têm tido. Se perdem algum combate, arranjam forma de brilhar. Se saem por baixo em algum segmento, obtêm uma vitória sobre estrelas de topo para compensar. Tem sido estupendo. Além disso, os próprios Dudley Boyz tiveram algumas vitórias sobre outras equipas da divisão ao longo das semanas.

Quanto ao resultado, se a maioria dos fãs quer ver um Combate de Mesas entre estas duas equipas no TLC com os New Day a saírem por cima, os Dudleys não devem continuar a perder todos os embates ou a vencer por desqualificação. Por mim, os irmãos vencem no Hell In A Cell e chegam ao seu décimo reinado na WWE, no Survivor Series ambas as equipas entram no combate tradicional de eliminação (é uma forma de continuarem a rivalizar sem repetir o mesmo combate dos PPV’s anteriores) e no TLC temos o culminar da rivalidade, com os New Day a recuperarem os seus títulos e a saírem por cima de uma Tag Team lendária na especialidade destes.

Infelizmente, estou mais a ver os Dudleys a tornarem-se campeões e a perderem os títulos para dois membros da Wyatt Family. Veremos o que o futuro nos aguarda.

Para não variar, uma desforra. Este deve ser o final desta rivalidade entre dois lutadores que a WWE quer proteger, e ainda bem que assim é. Mesmo não vendo qualquer atributo em Ryback, não gosto de ver a companhia a sabotar um lutador que tem uma sólida base de fãs, ou seja, está “over“. Se me queixo quando tal acontece com um lutador que aprecio, tenho que ser coerente aqui. Eu não gosto do “Big Guy”, mas há muita gente que gosta e, por isso, a WWE só tem que aproveitar essa situação.

Quanto a Kevin Owens, é o campeão de que o Título Intercontinental necessitava para se aproximar do valor do Título dos EUA. Tem tido um booking bastante razoável, com vitórias sobre lutadores que não são prioridades para a WWE de momento, tornando-se num campeão forte e, sobretudo, credível.

Mesmo não tendo sido uma rivalidade memorável, está longe de ser das piores coisas em televisão. Aposto naturalmente numa vitória de Kevin Owens. No futuro próximo, gostava de ver o campeão numa rivalidade mais interessante e Ryback numa Tag Team. Podíamos ter, até, o regresso dos Rybaxel, desta vez como babyfaces.

O “Open Challenge” chegou aos PPV’s da WWE e deixou de ser um exclusivo do seu principal programa semanal. Há uma semana, achava que o adversário de Cena seria Dolph Ziggler. Parece-me, aliás, que era mesmo esse o plano, mas com a lesão de Randy Orton os planos mudaram um pouco.

Com Ziggler no kick-off, aposto num dos lutadores que ia precisamente lutar antes do início do PPV como desafiante de Cena: Dean Ambrose.

Gostaria de ver o “Lunatic Fringe” a derrotar a cara da WWE de forma limpa, de maneira a ganhar um ímpeto sólido e a começar uma carreira mais consistente rumo ao main-event. Não quero que Ambrose seja aquilo que Chris Jericho foi na sua primeira fase na WWE (e que, por exemplo, Dolph Ziggler tem sido até aqui): um lutador com estadias esporádicas no main-event, mas na maioria do tempo no mid-card. Basicamente, o futuro da WWE no que a lutadores de topo diz respeito tem que passar por ele, seja como herói, seja como vilão (até porque tem tempo para explorar ambas as facetas).

Já que não se confirmou (pelo menos, ainda…) a rivalidade com Roman Reigns, gostava de ver Ambrose a ganhar o Título dos EUA.

Outra possibilidade seria Tyler Breeze desafiar o campeão e Dolph Ziggler custar-lhe a vitória. Sim, porque eu não vejo Cena a perder o Título dos EUA no próximo domingo.

É verdade que vai estar ausente nos próximos dois meses, mas não vejo a WWE a tirar-lhe o título ainda assim. E convenhamos: se uma companhia está disposta a não ter o campeão principal nos seus programas durante três meses, não é assim tão improvável ter um campeão de mid-card (mesmo sendo main-eventer) fora durante umas oito/dez semanas.

Por isso, julgo que será Dean Ambrose a responder ao desafio – apenas porque acho improvável que fique fora do PPV -, mas não descarto a hipótese de ser alguém vindo do NXT (mas até que ponto será possível termos duas estreias na mesma semana?), um dos participantes no combate do kick-off ou um regresso. Quanto ao resultado, Cena vence.

Não é uma implicância. Quem acompanha este espaço, sabe a minha opinião sobre esta espécie de rivalidade e o uso frustrante que a WWE dá a Brock Lesnar. Seja como for, mesmo que eu quisesse dizer alguma coisa em relação a este embate, não conseguiria. Simplesmente não houve desenvolvimentos desde o SummerSlam. Em cinco semanas, tiveram um pequeno confronto na última Raw antes do PPV, e ainda por cima foi um confronto apenas verbal. Onde está a coerência? Começam a rivalidade com uma rixa na qual teve que aparecer o plantel todo a separá-los e acabam-na com palavras? Em vez de aumentarem a intensidade, visto que estão a caminho de um Hell In A Cell, baixam-na?

Depois do que aconteceu no SummerSlam, Undertaker não se tenta redimir das acusações de ter desistido e Lesnar não tenta vingar-se de quem o venceu de forma injusta? Mais absurdo ainda, o “Deadman” era o vilão mas agora passou a ser herói sem razão aparente, depois de uma vitória suja? Ou é suposto eu achar que Lesnar é o herói quando foi ele a recuar perante o desafio de ‘Taker na última Raw?

Digam o que disserem, acho que já nem a WWE sabe como construir esta rivalidade, daí eles nem terem aparecido durante dois meses. Talvez estejam com medo de descredibilizar algum deles, mas se é esse o caso, tivessem pensado nisso antes de avançarem com isto.

Quanto ao resultado, não faço ideia. Se a WWE quiser que Brock Lesnar continue a mostrar-se imparável, deverá ser a “Besta” a vencer. Por outro lado, se estes são os últimos meses da carreira de Undertaker, não é descabido que queiram que ele saia por cima e vingue a sua “Streak” perdida. 50% cada lado. E sim, desta vez vou ver o combate.

Um dos combates que mais anseio. Espero que seja o culminar de uma rivalidade que já vai longa, mas que, não sendo perfeita, é das melhores que tivemos este ano.

A WWE podia e devia ter explorado mais os segmentos em que Bray Wyatt falava da filha de Roman Reigns, mas resolveu terminar abruptamente com esse aliciante. De seguida, foram acrescentados lutadores a esta história, de forma a prolongá-la sem a tornar aborrecida (isto, na minha opinião).

Quanto ao resultado de domingo, julgo que a WWE tem aqui uma oportunidade de dar uma grande vitória a Bray Wyatt sem prejudicar Roman Reigns.

Com uma derrota num ambiente destes, Reigns não teria nada de que se envergonhar. Foi ao Inferno lutar contra o Diabo (usando as suas palavras) e perdeu, mas sobreviveu. Não estou com isto a querer dizer que deva reagir à derrota da mesma forma que John Cena: aparecer na noite seguinte com um sorriso nos lábios. Estou apenas a propôr uma reação mais realista e menos de super-herói: “perdi, mas dei tudo o que tinha e saio de cabeça erguida. Agora, quero dar porrada a alguém para provar que continuo a ser temível, simplesmente não fui bom o suficiente dentro da cela”. E seguiria assim para outra rivalidade.

Se a WWE quisesse surpreender e ser arrojada, até podia decidir tornar Reigns num vilão na próxima Raw, com este a atacar Dean Ambrose – caso este vença John Cena. Mas nem vale a pena sonhar com este cenário: não só Cena deve manter o título, como está fora de questão, neste momento e num futuro próximo, Reigns fazer um heel-turn.

Acho mais provável, no entanto, uma interferência de Dean Ambrose neste combate, passando ele a ser o vilão. Consigo imaginar Ambrose, frustrado por perder para Cena, a atacar o seu “irmão”, farto de ser apenas uma muleta dele e querendo provar que é tão bom ou melhor do que Reigns.

Ainda assim, acho que a WWE vai desperdiçar mais uma oportunidade de tornar o produto mais interessante e seguir o caminho mais fácil: neste momento, Bray Wyatt está a vencer 2-1 (no que diz respeito a PPV’s). Logo, Reigns vence no domingo e, partindo do princípio de que será o último embate entre ambos nesta rivalidade, sai por cima desta história.

Nem mesmo o facto de Reigns ter saído por cima mais vezes nos programas semanais me faz acreditar noutro resultado. O que mais me frustra, porém, é que uma vitória de Reigns o prejudica mais a ele do que a Bray Wyatt, que também não sairá muito descredibilizado por perder num Hell In A Cell.

Por fim, o combate pelo Título da WWE. Obviamente que Seth Rollins vence.

Ao contrário de muitos fãs, fiquei satisfeito por ver Kane a desafiar o campeão. Sim, é um veterano e a WWE precisa de sangue novo no topo, mas a verdade é que havia uma história pendente entre eles e convinha acabá-la, algo que a companhia nem sempre se lembra de fazer. Além disso, consegue sempre arranjar forma de dar interesse às suas rivalidades (algo que, por exemplo, Big Show não faz há muitos anos), como se tem visto pelos momentos de comédia que tem protagonizado e os jogos psicológicos que tem realizado. E como este é um PPV em que o título não estará no main-event, não parece assim tão descabido aproveitá-lo para encerrar esta história.

Se Kane é credível? Essa já é outra questão. A meu ver, esteve demasiado tempo como Corporate Kane e temo que a aura de monstro tenha desaparecido de vez, ou que pelo menos já não exista a 100%. Talvez a WWE se tenha apercebido disso e por isso é que fez Kane sair sempre por cima, tentando credibilizá-lo o máximo possível.

O problema é que, ao enveredar por esse caminho, deixou Rollins fragilizado e tornou demasiado óbvia a sua vitória, se bem que esta última parte pode ter sido pensada com outra intenção.

Ao tornar óbvia a vitória de Seth Rollins, a WWE está a afastar a cabeça dos fãs de outro caminho. Será que o atual campeão sairá do PPV com o título?

Sim, Rollins vai vencer Kane. Disso não há muitas dúvidas (a menos que o combate acabe em desqualificação, o que seria absurdo), mas sairá do Hell In A Cell como campeão?

A resposta, para mim, é “não”.

Estou plenamente convicto de que chegou o fim da linha para Seth Rollins. Reparem que já nem há adversários credíveis (ou, como no caso de Kane, que tenha uma história pendente com o campeão) que o possam desafiar pelo título: Cesaro podia ser uma opção nesta altura do campeonato, mas a WWE voltou a cortar-lhe as pernas; Dolph Ziggler é uma opção a ter em conta, mas não sei até quando durará a sua rivalidade com Tyler Breeze (se é que vai mesmo haver uma entre ambos). Quem sobra?

Tendo em conta que nos últimos meses os candidatos ao título têm sido lendas/veteranos, o único nome que me vem à cabeça é Big Show. Escusado será dizer que me recuso a pensar nesta opção.

Roman Reigns? Talvez, até porque na última Raw foi abandonado pelo campeão. Mas isso seria repetir um rival com quem já lutou neste reinado e não me parece que queiram entrar por aí. Também não creio que Undertaker, Brock Lesnar ou The Rock (apesar de alguns rumores que andam por aí a circular) rivalizem com Rollins em breve.

Por isso, aposto mesmo num cash-in de Sheamus. Acho que a WWE, no último PPV, nos quis dar a ideia de que ele ia demorar muito a usar a mala depois de ter sido impedido por Kane de o fazer, mas pareceu-me manifestamente uma tentativa de despistar os fãs. Até porque o irlandês não voltou a tocar no assunto, para que nos esquecêssemos dele, e seguiu a sua vida. Não seria mais normal tentar vingar-se de Kane? Claro que sim, mas quiseram afastá-lo da rota do título para nos dar a entender que ainda demoraria a lá chegar.

E enquanto Kane e Seth Rollins rivalizavam, Sheamus foi somando vitórias. Incrível a diferença de tratamento que recebeu no último mês quando comparado com os meses anteriores. Teve, nas últimas semanas, um booking muito semelhante ao de Kevin Owens.

Quanto a Seth Rollins, mesmo tendo virado as costas a Ambrose e Reigns, parece-me ter começado na Raw um face-turn (num pequeno aparte, foi extraordinário ouvir “This is awesome” antes de o combate sequer começar). Não é óbvio, admito, mas foi com essa ideia que fiquei. Não nos podemos esquecer, também, de que Triple H tem dado sinais de já não o apoiar tanto como apoiava antes.

Talvez esteja enganado, mas a menos que a WWE tenha nos seus planos um adversário que eu não estou a ver qual possa ser, é desta que Rollins perde o Título da WWE. O reinado não foi mau, mas no último mês perdeu bastante ímpeto (aquela derrota com John Cena na Raw foi patética e sem qualquer cabimento). Caso se confirme o fim da linha, fica a certeza de que Rollins fará sempre parte do futuro da empresa de Stanford.

Pedindo desculpas pela extensão do artigo e com votos de um ótimo fim de semana, desejo-vos um excelente Hell In A Cell.

Sobre o Autor

- Autor do espaço "Cutting Edge".

42 Comentários

  1. Rui Dionisio - há 1 ano

    No combate do Reigns vs Bray Whyatt, eu só vejo razões para o Whyatt ganhar, porque se pensarmos bem, no inicio de tudo, o Whyatt queria basicamente impedir Roman de chegar ao titulo de Rollins “everyone but you Roman”, ou seja o Roman com a derrota, tinha que voltar para o fim da linha e teria que pensar “bem perdi, agora tenho de provar a todos que posso ser um contender ao titulo”, e já que estamos numa de opens challenge ele todas as semanas fazia um e ganhava (de preferência sem ser sempre contra jobbers) até a WrestleMania (até podia ser ele a reformar o “homem mais forte do mundo” embora não fosse um combate muito entusiasmante) , quanto ao Whyatt podia iniciar um período de terror e caso o Sheamus ganhasse o titulo como afirmas, o Whyatt tinha razões para ir atrás de Sheamus, pois foi graças a ele que o “celtic Warrior” ganhou a mala em primeiro lugar.

    • Dr.MAnia - há 1 ano

      Mas com isso, um deles teria de fazer um face-turn porque não vão fazer uma rivalidade de Heel para Heel, mas até gostei da ideia.

      • Rui Dionisio - há 1 ano

        Não acho que seria “obrigatório” existir um face turn de um dos dois, no caso de Bray Whyatt, ele estaria simplesmente a perseguir um titulo nas quais nunca lutou, tendo como principal missão agradar á Sister Abigail (não faço a mínima como se escreve) (seria mais ou menos algo que o Undertaker fazia com world heavyweight championship, chamava-lhe o Sant Graal ou que raio era…), e no caso do Sheamus mesmo sendo heel já fez promos de cash-in ao Rollins (também heel), portanto isso de heel vs heel não é algo assim tão descabido e necessário de haver um turn, visto que o titulo e o passado que eles têm dava para fazer uma feud sem um ter que ser o bom da fita.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Isso faz tudo sentido, mas não estou a ver o Roman Reigns a perder. Só mesmo se houver alguma interferência – tirando as óbvias, Harper, Rowan e Braun.

      • Rui Dionisio - há 1 ano

        isso não, já chega todos os PPV têm sempre interferências nos combates, já começa a ser ridículo, o Whyatt tem mesmo de ganhar limpo, estão dentro de uma cela, nem que façam passar a fantochada que a cela é o habitat natural do Whyatt e foi a Sister Abigail (se não for assim que se escreve, corrijam) que lhe deu o poder não sei, mas provavelmente esta ideia não vai passar de fantasy e o Roman vai mesmo ganhar, ou se o Whyatt ganhar vai fazer feud com outro mid-carder e continuar na mesma miséria… PS: estamos os 2 on, se quiseres podíamos continuar no chat XD

  2. Marques - há 1 ano

    Bom artigo mas discordo com algumas partes.
    Eu não concordo quando dizes que o Wyatt não sai prejudicado se perder. Ora vejamos, durante a rivalidade ele saiu por baixo mais vezes do que devia ter saído, perdeu limpo para o Reings num combate e ganhou sujo o outro e não nos podemos esquecer que foi ele a iniciar a rivalidade ou seja se perder vai parecer um fraco que só fala e não consegue fazer aquilo a que se propôs a fazer ( que foi o que aconteceu contra o Cena e o Taker). O Wyatt precisa desta vitória muito mais que o Reings porque se ele só ganhar rivalidades ao Ryback( quando ele ainda nem era campeão) não cria impacto nenhum.
    A própria rivalidade, apesar de ter sido mais ou menos boa, podia ter sido muito melhor. Faltou-lhe a intensidade que uma rivalidade pessoal necessita, não tendo assim nenhum grande momento para recordar sendo algo bastante esquecível ( mas também pode ser que eu esteja a ser demasiado exigente).

    Quanto ao Lesnar vs Taker, não sei porquê, tenho o pressentimento que o Lesnar vai squashar o Taker (como fez com o Cena). Mas seja squash ou não o Lesnar tem que ganhar, se o Taker ganha é um desperdício.

    O combate do Kick-off devia chamar-se o combate dos renegados. Barrett, Cesaro, Ziggler deviam estar no main-event assim não seria necessário recorrer ao Lesnar(menos mal, sempre pode elevar alguém no futuro e de que maneira), ao Taker( espero que não morra durante o combate) e ao Kane ( que apesar de gostar muito dele já não é o mesmo de antigamente).
    O Rusev devia estar a ser preparado para o main event e o Nevile devia estar ocupado com algo melhor. O Sheamus não conta porque acho que vai haver cash-in.

    O resultado do combate das mulheres é bastante previsivel. Se conseguirem fazer um combate melhor que o outro a WWE atualiza já a lista dos melhores combates femininos de sempre e põem este em primeiro. Quem é que precisa se Sasha vs Bayley vs Charlotte vs Bechy Lynch ou de Trish vs Micky James quando podemos ter este clássico…

    Se os Dudleys ganharem aposto contigo que vão ser vaiados.

    Espero que o Owens retenha o titulo. Que tenha uma vitória limpa e que parta para outra rivalidade. O Ryback, como tu disseste, pode ir para a divisão de equipas (que se junte ao Neville, assim temos uma equipa com um High Flyer e um Power House o que pode ser interessante).

    No Kane vs Rollins o Rollins vence mas depois leva o Cash in. Outra opção é o Rollins vencer não levar o cash in e depois entrar em rivalidade com o Lesnar (que não levou o pin quando perdeu o titulo e na desforra aconteceu aquilo que sabemos) mas não me acredito muito nesta segunda opção pois duvido que a WWE lhe dê um reinado como o anterior.
    Este combate ainda vai ser o inicio do face turn do Rollins.

    No open chalenge, como disse o autor do perguntas e respostas desta semana, o mais certo é o Cena reter e no fim dizer que vai estar um tempo fora e que vai deixar o titulo vago porque quer dar oportunidade aos outros blá blá blá, havendo depois um torneio para coroar o novo campeão.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      Visto por esse prisma, dou-te razão. De facto, o Bray Wyatt precisa de uma vitória numa grande rivalidade. Por mim, vencia no domingo e de seguida derrotava o Randy Orton, de preferência na WrestleMania. Pelo meio podia ter uma feud de mid-card como a que teve com o Ryback, saindo por cima.

      Mas como disse, duvido que o Reigns perca. Vamos ver o que têm guardado para o Bray.

      Discordo que o Cesaro devesse estar no main-event. Devia estar, isso sim, muito melhor posicionado no card e no up-mi-card. Quanto ao Barrett e ao Ziggler, a história já é mais que conhecida.

      Não há mal nenhum em ter o Lesnar no plantel. Ele é mais novo do que muitos dos que lá andam (e é da idade do Cena). Simplesmente devia ser usado de outra forma.

      Duvido que os Dudleys sejam vaiados. Os New Day estão over, mas não o suficiente para os seus adversários serem vaiados, muito menos lendas como os Dudleys.

      Quanto ao Cena, isso é o mais provável de acontecer.

  3. 434 Days - há 1 ano

    Bom artigo Daniel.

    Falando do que me interessa aqui, discordo quando dizes que o Cena vai sair como campeão. Penso que este tempo que ele pediu para ele, será sem o titulo, até porque se ele vencesse e simplesmente parasse de o defender semanalmente, como tem feito até agora, iria contra o lema dele e do título. Por isso, vejo o desafiante a vencer (seja quem for) e depois penso que quando regressar ele deverá vencer o título pela sexta vez, igualando o Flair aqui, como eu penso que a WWE quer.

    Estou também com uma certa esperança que o Wyatt vença a fued e o combate, pois penso que da maneira que o Reigns tem sido credibilizado nas últimas semanas, deverá impulsionar a WWE para dar a vitória ao Wyatt, sabendo que não deverá tirar muito ímpeto ao Reigns. Enfim, espero mesmo que seja este o caminho escolhido e que tenhamos também um bom combate aqui.

    Actualmente, também estou um pouco frustrado com a feud do Lesnar e Taker. Já se esticou demasiado o fio e o fim no HIAC beneficiará todos os envolvidos. Espero que o Lesnar vença e que depois o Taker tenha uma vitória final no WrestleMania e que acabe a carreira sendo simultaneamente colocado no Hall Of Fame. Quanto ao Lesnar, vamos lá ver se ele tem um adversário interessante.

    No combate pelo WWE WHC, penso que o Rollins ainda irá sobrevir, mas concordo contigo quando dizes que o reinado está a chegar ao fim. Para mim penso que será no Survior Series com um cash-in do Sheamus. Quanto a este combate, tenho gostado da performance de ambos e espero um combate sólido.

    Que tenhamos um bom PPV e uma vitória do Glorioso no domingo :)

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      Pode ser que ele deixe o título vago. Seja como for, não o vejo a perder limpo. Com uma interferência? Talvez, mas mesmo assim acho que ganha.

      Bem, pelos vistos andam com umas esperanças no Wyatt xD Eu gostava que isso se confirmasse. Aliás, se eles derem um grande combate e o Wyatt vencer, o Reigns só tem a ganhar, visto que vai convencer mais alguns céticos.

      Duvido que o Glorioso ganhe, mas cá estaremos para ver :P

  4. Tibraco - há 1 ano

    Concordo com a maioria das tuas previsões.

    Falando só do Rollins vs Kane, acho que o Rollins vence e o Sheamus faz o cash in. A diferença é que eu aposto que o Rollins consegue vencer esse combate. Não consigo imaginar o Sheamus como campeão e acho que ele terá um destino igual ao do Sandow quando perdeu para o Cena. Para o Survivor, podes ter Rollins vs Reigns (o mais provável) ou, finalmente, HHH vs Rollins. E ainda temos um Bryan que pode aparecer a qualquer altura…

    Em resumo, mesmo que o Sheamus não faça o cash, acredito que o Rollins só perde o Título na WM.

    • danielLP21 - há 1 ano

      O Sheamus sempre foi uma aposta sólida da WWE e um dos favoritos do Triple H. Não vejo onde foste buscar essa ideia de ele ter o destino do Sandow. Mesmo que falhe o cash-in, duvido que tenha uma queda vertiginosa.

      • Tibraco - há 1 ano

        Mesmo destino do Sandow = falhar o cash in. Só nesse ponto. E, atenção, acho que não tem mal nenhum falhar um cash. Desde que a história faça sentido, tudo bem. Embora saiba que a minha aposta não se vai concretizar, não acredito que o Sheamus seja campeão até à WM.

      • danielLP21 - há 1 ano

        Ah, nisso também acredito. Apesar de achar que ele terá sucesso no cash-in, não me chocaria se falhasse. E concordo contigo, não há mal nenhum em falhar, desde que seja tudo explicado.

        Também duvido que seja campeão até à WM, daí achar que faz agora o cash-in e tem um reinado de dois ou três meses. Se chegar à WM como campeão, não acredito que o combate pelo título seja o main-event.

  5. ”Basicamente, o futuro da WWE no que a lutadores de topo diz respeito tem que passar por ele, seja como herói, seja como vilão (até porque tem tempo para explorar ambas as facetas).”Tenho a mesma opinião sobre Ambrose !

  6. Carlos - há 1 ano

    Sobre o combate do Roman vs Bray Wyatt, acho que a wwe vai apostar no Roman, pelo simples fato da WWE não ter quase nenhuma estrela de topo FACE credível, e Roma é um dos poucos atualmente, depois do afastamento do Cena a wwe precisa construir novas caras. Sobre o combate do Cena, concordo em partes, também acho que Ambrose não irá vencer por que estamos muito perto da Royal Rumble, e ter um reinado curto com o USA champion não faz sentido, além do mais ele é um dos fortes candidatos a vence-la. Não faz sentido fazer um hell turn do Ambrose nesse momento, ele é um dos fortes candidatos a vencer o WWE champion na WM, e atualmente o Top FACE da wwe mais adorados por todos.

    • danielLP21 - há 1 ano

      O Cena vai estar ausente por dois meses. Não há uma necessidade assim tão grande de ter um grande babyface. Aliás, o mais provável era esse babyface, quando o Cena voltasse, voltar para onde estava antes. Temos o exemplo do Ziggler no ano passado: sem Reigns e Bryan, foi nele que a WWE apostou. Mal estes voltaram, lá voltou ele para a zona do costume.

  7. GonçaloFerreira77 - há 1 ano

    Não me parece que Sheamus faça o Cash in porque tal como escrevestes penso q no Kick off vai ganhar a equipa face e depois de uma derrota logo no inicio do show fazer o cash in não seria muito plausível… De resto bom artigo ;)

    • Foi exatamente isso que aconteceu com Rollins na WM. Teve uma derrota fantástica nas mãos de Orton (o melhor RKO do ano) e mais tarde fez o cash-in e virou campeão.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      Aconteceu com o Rollins e acho que já houve mais casos assim.

      • Vinícius Nunes - há 1 ano

        Alberto Del Rio mesmo fez o cash depois de perdido um combate de tag.

        A propósito bom artigo Benfas, e tirando o cash que pra mim não acontece, o resto pra mim é plausível e o que eu acho que vai acontecer também…

  8. Victor - há 1 ano

    Excelente artigo Daniel.

    Tenho a sensação que Nikki Bella vai voltar a ser campeã já nesse domingo, a WWE (pra variar) falhou em construí-la de forma decente como campeã, e como resultado, não recebe nenhuma reação do público, nem mesmo os “whoos” funcionam ultimamente; Quando a jobber Brie Bella tem mais reações do que a campeã é porque as coisas vão mal.

    A Paige pode muito bem custar o titulo à Charlotte, já que elas andam com tantos problemas, de modo que a Charlotte não ficaria perdida após perder o titulo.

    Por outro lado, as BAD não vem agindo como heels a algum tempo, além dos cânticos de “We Want Sasha” que até mesmo a Brie usou como distração uma vez, acredito que a WWE vai por o titulo na Nikki para depois passar para a Sasha, esta sendo face, em sua terra natal em Boston no TLC, que pra mim é a decisão acertada.

    • Victor - há 1 ano

      Correção: A WWE falhou em construir a Charlotte como campeã, por isso ela não recebe reação do público.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      A Charlotte vence. Mas gostei dessa ideia de dar o título à Sasha na sua cidade-natal.

      • >Rated-R Superstar - há 1 ano

        Eu tenho um grande respeito pela a evolução da Nikki e ela é uma das chaves principais das Divas hoje, mas não gostaria que ela voltasse a ser campeã, ela já teve o maior reinado das Divas e eu realmente gostaria que dessem o titulo a Naty heel ela virando se contra a Charllote, mas Sasha e Becky também seriam grandes champions principalmente a BOSS, e Charllote não tem carisma não sabe cativar os fans.

  9. Dolph Ziggler - há 1 ano

    Bom artigo, Daniel. Concordo com as tuas previsões, não fogem muito das minhas. Também estou à espera de um cash-in do Sheamus. Acho que é aqui que o Rollins perde o título. Talvez em resposta aos ratings baixos (mudar de campeão principal refresca sempre um pouco), mas de qualquer forma, penso que será aqui que vai fazer o cash-in. Tinha dito o mês passado que se não fosse no NOC, seria neste PPV. Vamos lá ver.

  10. BRUNOju - há 1 ano

    Excelente antevisão Daniel, concordo com a maioria dos resultados. Quanto ao pré-show, acredito na vitória dos Heels após uma interferência do Tyler Breeze, pois seria uma forma dele continuar sua rivalidade com o Ziggler e também de marcar presença no PPV.

    Charlotte tem de vencer a Nikk Bella, apesar de eu ter insegurança quanto a isso, a mesma sensação que tenho quanto ao John Cena. Não estou querendo comparar os dois, mas não é tão improvável que Nikki vença o título por causa de sua popularidade e influência nos bastidores, pode ser que os oficiais não tenham gostado da Charlotte por causa de seus atributos físicos e etc. Espero estar enganado, mas acima de tudo quero ver um bom combate, com desta vez Charlotte tendo liberdade para mostrar o que sabe.

    O poder do NXT continua por aqui… A vitória do Owens é bem evidente, mas creio mais em um resultado de desqualificação (com alguém atacando Ryback).

    Por mais que já tenha acontecido várias vezes, eu continuo com “fome” por esta rivalidade. The New Day Vs Dudleyz Boyz tem tudo para ser ótimo, com os campeões retendo os títulos. E finalizo dizendo que gostei dessa ideia de um combate de eliminações com as duplas e o fim da rivalidade no TLC.

    Quanto ao Open Challenge eu já dei minha opinião, na qual é de que será Dean Ambrose a responder o desafio é ganhará o título, até fazendo alguma malandragem pois com o personagem que ele tem é mais fácil de fazer essas coisas sem fazer um heel turn. Entao eu descarto a ideia de Ambrose virar Vilão nos próximos tempos.

    Seth Rollins Vs Kane é um combate que eu não possuo muitas expectativas. Não quero ver um cash-in, creio que continuarão com essa rivalidade, mas agora com Sheamus no meio.

    Undertaker Vs Brock Lesnar, o principal fator para eu ver este combate é que pode vir a ser mais violento e menos PG. Quanto ao resultado, acredito que a Besta ganhará!

    Roman Reigns Vs Bray Wyatt para mim seria o Main Event, eles vem vindo de uma boa rivalidade cheia de bons momentos. Acho que é o momento de vermos o próximo rival de Reigns, então acredito que neste ano vamos ter mais um vez uma interferência. Ou talvez, Reigns ganha e é atacado depois.

    Resumindo, estou com grandes esperanças para ver este especial. Principalmente pelos rumores de que terá retornos e diversas novidades. Época de cara nova para a empresa!

    Para final, eu estive pensando. Será que não pode ser Chris Jericho o próximo rival de Seth Rollins?

    • FrancisDreezPT - há 1 ano

      O Jericho disse no instagram que iria deixar o Wrestling de lado durante uns tempos, pois ia andar em várias tournés com os Fozzy…

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      Se a Nikki recuperar o título, desisto de vez dessa divisão.

      Kevin Owens tem que vencer limpo ou com alguma batota (como no NOC), mas não quero DQ’s.

      Quanto ao Jericho, seria muito bom, mas não creio. Houve rumores de que ele ia voltar e ficar até à WM 32, mas só voltou por uma noite (NOC). No entanto, com ele nunca se sabe, por isso não direi que é impossível isso acontecer. Depende, também, da sua agenda, como é óbvio.

  11. Reigns one versus all - há 1 ano

    Ótimo artigo,Daniel,em geral concordo contigo.

    No Taker vs Lesnar,acho que a WWE só não pegou mais na história por achar que o que fizeram até ao Summerslam foi suficiente e uns vídeos a promover seria suficiente,quando a caminho do Hell in a Cell,a feud devia estar cada vez mais quente e mais intensa,causando maior interesse para ver o combate.
    Pessoalmente acho que o Taker vai vencer,nada contra o Lesnar aliás até sou fã dele mas o Taker está em fim de carreira e a WWE deve dar-lhe vitória.

    No Rollins vs Kane acho que o Rollins ganha ao Kane limpo mas depois teremos o Sheamus a atacar o Rollins e a fazer o cash in e daí sair um face turn do Rollins,o que seria muito bom de ver.
    Mas caso haja cash-in,espero que o Sheamus não tenha o título muito tempo,porque ele não tem perfil nem credibilidade para ser campeao, mundial.

    Roman Reigns vs Bray Wyatt
    Eu pessoalmente tenho gostado da feud,e acho que o Reigns vai ganhar,talvez por ser o protegido da WWE e o Wyatt não ganhar as rivalidades importantes.

    New Day vs Dudleys
    Espero que os New Day vençam LIMPO,de forma a não repetir constantemente os combates com os Dudleys e não desgastar a feud.

  12. FrancisDreezPT - há 1 ano

    Eu não estou a ver o Rollins a perder o título agora por cash-in… Sim falta gente credível para Lutar com o Rollins,pelo título, mas por exemplo o Neville não lutou já pelo título??não deu grande combate e não levou os fãs à loucura?? Porque não usar este pessoal do mid-card,mesmo que não seja 100% ou nem 70% credível… Vai chegar a alturas que os fãs nem vão ligar…
    Eu penso que o Rollins fique com o título até a RAW pos-WM…
    O Lesnar ou Ambrose ganhavam a Royal Rumble eliminando por último o Reigns, e isso levava a uma triple treat na WrestleMania… O Rollins ganhava, e depois numa rematch na RAW a seguir contra o Ambrose ou o Lesnar e o Sheamus fazia cash-in… Eu n vejo qual o problema da WWE n fazer isso..

    • danielLP21 - há 1 ano

      Quero o Lesnar longe do título.

      Se o Rollins chegar à WM como campeão e houver Triple Threat, seria parvo sair com o título. Esse momento devia ser do Ambrose ou do Reigns (provavelmente do Ambrose, por ser quem os fãs preferem).

      • FrancisDreezPT - há 1 ano

        Tipo, o Lesnar nunca teve uma rematch a serio..
        Mas ia concordo, ficava melhor o Ambrose no lugar e saindo da WrestleMania como campeão..

  13. Miguel Carlos - há 1 ano

    Excelente artigo! Tenho sempre muito pouco a discordar de ti, concordo com a maioria das tuas antevisões, e concordo com todas as tuas análises às feud’s. Concordo que o desafiante vá ser o Dean Ambrose, embora esteja mais confiante que ele irá derrotar o Cena limpo. Acho que o Sheamus quando fizer o cash-in, que não será no Hell in a Cell, irá falhar, e acho que o Roman Reigns vai vencer o Bray Wyatt e vai tornar-se candidato principal ao título mundial, e talvez até tornar-se-á campeão já no Survivor Series, até porque ele ainda não teve nenhuma feud individual com o Seth Rollins pelo título.

    • danielLP21 - há 1 ano

      Obrigado.

      O Reigns, ganhando o título, tem que virar heel. Um double-turn (Rollins face) seria interessante.

  14. WWEdge - há 1 ano

    Comparando com os PPV’s dos últimos meses, este é o que me têm despertado menos interesse. Provavelmente nem o vou ver em direto no domingo.

    Até era bem apostado o Sheamus fazer o cash-in para ver se começa a rivalizar com o Rollins, porque como disseste e bem, começam a ser escassos os adversários credíveis.

    Adorei a “mini-reunião” dos The Shield.

  15. RFBM - há 1 ano

    Bom artigo, Daniel, concordo contigo em quase todos os resultados. No Open Challenge do Cena, acho mesmo que é desta que ele perder o título dos EUA, à umas semanas atrás diria que era o Breeze, mas agora acho que o Ambrose aparece e vence o Cena.

    Quanto ao cash-in, duvido muito, para mim, o próximo adversário do Rollins será o Reigns, porque quase de certeza irá vencer o Wyatt e porque ainda não esteve num combate 1 contra 1 com o Rollins com o título Mundial em jogo, apenas na Quadrilha Fatal no Payback.

  16. Foto de perfil de Facebook

    Rodrigo de Oliveira - há 1 ano

    “A WWE podia e devia ter explorado mais os segmentos em que Bray Wyatt falava da filha de Roman Reigns, mas resolveu terminar abruptamente com esse aliciante. De seguida, foram acrescentados lutadores a esta história, de forma a prolongá-la sem a tornar aborrecida (isto, na minha opinião).”

    Fato.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador