Cutting Edge #4 – Signs of a New Day

Nos últimos dois meses, a divisão de Tag Team sofreu várias alterações. Uma mudança de campeões, um double-turn e, sobretudo, um maior destaque dado às equipas que compõem esta divisão, que outrora foi uma atracção da WWE mas nos últimos anos tem estado a um nível bastante medíocre.

Houve excepções, claro. Os Shield, a Team Hell No e a Wyatt Family – embora estes, inexplicavelmente, nunca tenham conseguido vencer os títulos de equipas – conseguiram quebrar a monotonia. Ainda assim, é muito pouco para uma empresa que teve, ao longo de décadas, equipas/grupos que acabaram por se tornar lendas desta indústria.

A divisão actual, porém, não tem nenhuma destas equipas. Não tem, aliás, nenhuma equipa que seja suficientemente credível para um fã pagar o seu bilhete apenas por ela.

Apesar dessa realidade, temos tido, nos últimos tempos, claras melhorias na divisão. Comecemos pelos actuais Campeões de Tag Team.

Os New Day estão a ter, a meu ver, o booking mais consistente que se tem visto. A WWE fez o que tinha a fazer ao ver que, como babyfaces, o trio não ia conseguir construir uma ligação com os fãs – pelo menos, não aquela que a WWE queria.

Ao contrário do que fez, por exemplo, com Dolph Ziggler (que esteve dois anos a ouvir excelentes ovações cada vez que a sua música tocava numa arena e, mesmo assim, continuou como heel), a WWE não hesitou em ouvir os fãs e, em vez de desistir logo deste projecto deixando mais três lutadores sem qualquer rumo, resolveu dar a volta à situação. Se eles estavam a ser apupados e a receber cânticos negativos há bastante tempo, nada melhor do que colocá-los como vilões.

Para que tal acontecesse, era preciso uma equipa adversária que reunisse um mínimo de simpatia por parte dos fãs. Cesaro e Tyson Kidd, mesmo como heels, acabavam todos os seus combates aplaudidos pelo público, devido às performances impressionantes que realizavam dento do ringue. Deste modo, mataram-se dois coelhos de uma cajadada só: os ovacionados tornaram-se oficialmente babyfaces; os detestados ficaram como heels.

Pessoalmente, tenho desfrutado bastante desta rivalidade pelos Títulos de Tag Team. A WWE tem estado a fazer um bom trabalho até nos mais ínfimos pormenores (como os segmentos de bastidores em que o grupo participa ou a forma como venceram no Payback) e isso contribui para que, tal como já disse, os New Day estejam a ter o melhor booking na WWE actualmente, o que, devido ao facto de serem os campeões, ajuda a que se olhe para a divisão com outros olhos.

Há outras equipas que, nos últimos tempos, têm recebido um pouco mais de atenção. Os Prime Time Playes têm feito alguns segmentos nos quais gozam com os seus rivais, segmentos esses que têm recebido boas críticas por parte dos fãs, embora não sejam, obviamente, o grande destaque dos programas em que são mostrados.

Os Lucha Dragons, desde que se estrearam no plantel principal, têm impressionado o público com as suas manobras de high-flying, embora nos últimos tempos tenham perdido algum fulgor no que a aparições na Raw diz respeito. Ainda assim, são credíveis e nota-se que a WWE tem tido algum cuidado em protegê-los, muito mais do que tem sido habitual nos últimos anos.

No entanto, e apesar das melhorias registadas na divisão, realizar um combate com seis equipas numa estipulação que, antigamente, era utilizada para main-eventers ou mid-carders próximos do main-event parece-me um exagero.

O combate tem tudo para ser bom, ou não fosse composto por wrestlers como Cesaro, Tyson Kidd, Kofi Kingston, Kalisto ou Sín Cara. Porém, que interesse terá um fã mais exigente em ver Los Matadores ou os Ascension a lutarem pelos Títulos de Tag Team num combate tão único como este? Quem é que acredita que alguma destas equipas pode sair dali como campeã, assim como os Prime Time Players? Quando temos um combate com seis equipas e apenas três delas são levadas a sério, o ideal seria mudar um pouco a estipulação e, em vez de ter duas equipas a começar o combate e outras quatro nas jaulas à espera da sua vez, colocar um membro de uma equipa a começar o combate com um membro de outra e ter apenas um lutador em cada cela.

Assim, teríamos na mesma espectáculo garantido e os fãs sentiriam que qualquer uma das equipas podia sair dali como campeã – partindo do princípio de que as três equipas seriam Cesaro e Tyson Kidd, Lucha Dragons e, claro, os campeões.

Ainda há, contudo, mais duas equipas que merecem a nossa atenção.

Depois do erro que cometeu ao acabar com esta equipa, a WWE resolveu voltar atrás e juntar Luke Harper e Erick Rowan. Como já disse noutro artigo, é a decisão certa, já que nenhum deles tinha um rumo definido e, desta forma, os fãs têm a oportunidade de rever uma equipa que nos deu grandes combates no passado. Embora um dos membros seja claramente inferior ao outro, é também para isso que servem as equipas e os grupos: esconder as fraquezas dos seus membros. Por isso, Erick Rowan poderá ter uma carreia aceitável caso continue ao lado de Luke Harper e este, por sua vez, não tendo uma personagem que lhe permita chegar ao main-event, está bem na divisão de Tag Team a dar excelentes combates e ter mais relevância do que a solo.

Temos, por fim, a equipa mais recente da WWE.

Muitos fãs têm-se mostrado preocupados com o facto de Damien Sandow continuar com uma personagem cómica depois da rivalidade com The Miz. Dos seus pontos de vista, a WWE olha para ele apenas como uma anedota. Só o tempo dirá se tal é verdade, mas o que é facto é que gostei da decisão de juntá-lo a Curtis Axel.

São dois lutadores que estavam a começar a receber boas reacções do público devido ao seu talento natural para ter piada (ao contrário das piadas forçadas pelas quais a WWE opta muitas vezes) e, deste modo, escusam de ficar perdidos no plantel, a perder e ganhar combates sem relevância. Mostram uma personalidade própria e têm uma capacidade para criar ligação com o público de forma natural. Enquanto não houver outros planos para eles, espero que continuem juntos.

A meu ver, estas duas equipas podiam muito bem substituir os Ascension e Los Matadores no combate pelos títulos, mas a WWE poderá estar a querer proteger Harper e Rowan de uma derrota num combate importante. Se assim for, dou-lhes razão. Quanto a Sandow e Axel, podiam muito bem ter vencido os Ascension no Payback e entrar neste combate no lugar destes dois, mas a WWE, provavelmente, quer ter três equipas faces e outras três heels.

Quanto aos vencedores, a minha aposta recai nos Lucha Dragons. É o combate ideal para dar uma derrota aos New Day sem os descredibilizar e manchar todo o trabalho que tem sido feito com eles, ao mesmo tempo em que se dá uma grande vitória a uma equipa que saiu há pouco tempo do NXT para o main-roster e criou desde o primeiro minuto uma ligação com os fãs. No SummerSlam, gostaria de ver uma Triple Threat entre as únicas três equipas relevantes que a WWE possui de momento, já que tal não será possível no Elimination Chamber: Cesaro e Tyson Kidd vs Lucha Dragons vs New Day.

Depois da lesão de Jey Uso, que provocou a paragem de uma equipa credível e capaz de nos proporcionar excelentes combates, a WWE tem dado tempo de antena às restantes equipas da divisão de Tag Team. Esperemos que o cepticismo dos fãs não tenha razão de ser e que este destaque todo não seja apenas para vender um PPV na WWE Network, com a aposta na divisão a desaparecer logo na Raw do dia seguinte.

Com as equipas que tem actualmente, mais duas ou três que podem vir a ser formadas, outras do NXT e sem esquecer os Usos, a WWE poderá estar a criar condições para aquilo que muitos fãs pedem há bastante tempo: o regresso da Brand Split, com títulos de equipas em cada uma das brands.

Obrigado a quem leu até ao fim. Tenham um excelente fim-de-semana.

Sobre o Autor

- Autor do espaço "Cutting Edge".

65 Comentários

  1. Gonçalo "The best" - há 2 anos

    Bom artigo Daniel. Gostava que fossem maiores mas isso não tira qualidade ao texto.

    New Day tem o melhor booking da WWE neste momento. Os 3 são talentosos e são o que tem de ser: irritantes.
    Para mim no SummerSlam era um Ladder match entre o New Day e os Lucha Dragons porque gostava que quando os New Day perdessem os títulos fosse num 2 vs 2.

    • danielLP21 - há 2 anos

      No caso deste artigo, comecei a escrevê-lo apenas ontem de manhã, visto que esta semana foi caótica. Também gostava que tivesse sido maior, mas acho que acabei por dizer tudo aquilo que queria dizer.

      Essa ideia do Ladder também não está nada mal pensada.

  2. Mr Ambrose - há 2 anos

    Bom artigo daniel,parabéns,continua assim!

  3. Reigns one versus all - há 2 anos

    Antes de mais excelente artigo,Daniel,os meus parabéns.
    Eu,pessoalmente,tenho gostado da divisão de tag team nos últimos tempos,temos tido uma maior aposta nesta divisão e isso é muito bom de ver.
    Este Elimination chamber pelos títulos com 6 tag teams é interessante,apesar de não estarem lá o Harper e Rowan,que gostava de os ver.
    Dos que estão lá presentes:
    New day:tem sido uma grande aposta da WWE e isso reflete-se,ao darem-lhes os títulos.Tem tido uma boa construção e são uns “batoteiros” de primeira.
    Cesaro e kidd:são uma equipa extraordinária,tem uma química enorme,tiveram um bom reinado e gostava de os ver campeões outra vez.
    Lucha dragons: é uma equipa brutal.As ring skils de cada um são brutais,tem grande empatia com os fãs.
    PTP,Matadores:Métodos no mesmo saco porque estão lá para encher,basicamente,gosto dos matadores,mas não são uma tag team que neste momento tenha alguma relevancia.
    Ascencion: São basicamente uma desilusão, de campeoes do NXT a jobbers no main roster.E triste que isto aconteça,o desinteresse que a WWE demonstrou por eles e deu nisto.Se fosse para isto,tinham ficado no NXT.

    Em suma a divisao tag team é suportada por cesaro e kidd,new day,Lucha dragons e,não ainda,mas também no futuro próximo por Harper e Rowan.
    No “mid-card” da divisão esta os PTP, Matadores e ate os Mega powers 2.0.
    Jobbers:ascencion

    • danielLP21 - há 2 anos

      Obrigado.

      Em relação aos Ascension, não me dizem rigorosamente nada. São fracos em todos os requisitos, embora o Viktor não seja tão mau como o Konnor. Gostava muito da formação original, com o Konnor e o Cameron, mas infelizmente este foi despedido. Adorava mesmo vê-los no NXT nessa altura. Agora não me dizem nada e para mim não têm qualidade para ser campeões.

  4. José Sousa - há 2 anos

    Acabo por concordar contigo. Eu não sou fã dos Meta Powers mas faria mais sentido serem eles na chamber do que propriamente os Matadores.

    E concordo quando dizes que teria sido melhor colocar apenas 3 equipas( com um elemento de cada uma nas pods). Porque deste modo será uma confusão gigante em teoria, porque arriscamos a ver 13 pessoas dentro de um Chamber ao mesmo tempo.

    Quanto aos New Day, eu tenho que admitir: New Day Rocks! Tal como dizes o booking deles têm sido brilhante e não posso fazer outra coisa que não elogiar o trabalho dos três. Uma palavra para o Big E que tem estado interessante no ringue, e o Woods está um mestre em irritar os fãs.

    • danielLP21 - há 2 anos

      Os Matadores são talentosos, mas não faz sentido andarem desaparecidos ou a jobbar e de repente lutarem pelos títulos na WrestleMania ou numa Elimination Chamber, sem qualquer preparação.

      Exacto. 13 pessoas ali dentro é quase metade de uma Royal Rumble.

      Sim, o Big E tem estado sólido no ringue, o Kofi tem entretido como sempre fez e o Woods é o que mais se tem revelado, a meu ver.

      • José Sousa - há 2 anos

        Sem dúvida alguma. Eles surpreenderam-me e não me custa nada admitir.

  5. Galloway - há 2 anos

    Os New Day foram bem bookados até agora, a partir do momento em que são alvo do gozo do pessoal, só tinham que virar heel, se bem que nunca foram muito bem faces. A WWE fez bem.

    Cesaro e Tyson Kidd desde o primeiro combate que fizeram juntos mostraram que podiam fazer uma grande Tag Team, e têm sido a melhor equipa desde tal, mereceram vencer os títulos, embora para mim os tivessem perdido um pouco rápido demais.

    É por isso que acho que não devem haver mudanças de campeões de Tag nesta Elimination Chamber, seria pouco tempo para os New Day terem os títulos, ainda para mais com o booking praticamente imaculado que têm vindo a ter, onde contam até com vitórias sobre contenders ao título principal, enquanto as outras equipas foram desmanteladas por main-eventers.

    Os Lucha são awesome, o seu estilo não deixa ninguém indiferente, e deverão ser eles os futuros campeões, pois são os mais faces da divisão de momento, já que os Usos estão fora de jogo para já. Isto se os New Day se mantiverem campeões claro.

    Quanto às restantes equipas, sempre gostei dos Ascension desde a NXT, são a típica equipa heel poderosa, mas foram logo queimados à partida e não deverão ter muito futuro na WWE, infelizmente. Aquelas promos foram ridículas e quem as escreveu para eles as debitarem devia ser chamado à responsabilidade, mas como ficam no gabinete, eles é que se queimaram logo, pouco depois da subida ao main-roster. Tenho pena.

    Os PTP são aquela Tag Team engraçada, os segmentos de bastidores a gozarem com as outras equipas mostra isso mesmo, agora é que estão a ir para o ringue e combater porque interessa para a Chamber, igualmente para os Matadores, que já se sabe como é, desaparecem porque não têm interesse, quando fazem falta contenders, lá vêm eles.

    Creio que como disseste, o foco dado a estas equipas todas deve-se apenas à Chamber. Depois iremos ver algumas a desaparecer dos programas principais e aparecerem apenas no Main Event e no Superstars, se aparecerem sequer, até ao SummerSlam, por aí.

    Tem sido sempre assim e creio que não vá mudar.

    Bom artigo, sobre uma divisão que tem sido algo “esquecida” nos últimos tempos da WWE, ou pelo menos, que não tem sido alvo do interesse de quem manda.

    • Galloway - há 2 anos

      Ah, e nem falei no Harper e no Rowan nem nos “Mega Powers”, porque ainda estão a dar os primeiros passes, uns na nova junção, outros numa nova Tag.

      Veremos nos próximos tempos como será, se entrarão nas contas pelos títulos (os primeiros já deviam ter sido campeões e tudo, anteriormente), ou se vão apenas continuar a entreter (relativamente aos segundos).

    • danielLP21 - há 2 anos

      Em relação aos Ascension, já disse em cima o que penso deles. Dizem-me zero.

      Talvez seja cedo para haver novos campeões, mas é um combate diferente em que os New Day podiam perder os títulos sem serem descredibilizados. Nem sei se vão conseguir usar o 3º elemento no combate.

      Obrigado.

  6. Eugen3 - há 2 anos

    Bom artigo, é um prazer chegar a este espaço e ler um artigo de uma vez, com um tamanho que permita a uma pessoa, com tempo limitado, ler o texto sem correr.
    Quanto às equipas, para mim a melhor do momento é a do Cesaro e do Kidd, eles têm muito boa química juntos, e têm grandes performances.

    Quanto aos Lucha, para mim, aquele hype de início ia acabar rápido, pois de um high-flyer esperamos coisas novas, e agora basicamente são sempre os mesmos ataques.

    Os PTP basicamente só têm tido mais destaque graças ao prémio ganho pelo Titus, senão nem estariam na chamber.

    Deixo aqui uma pegunta, achas\m que o Xavier vai estar dentro da câmara, ou vai ficar de fora a ver?

    • danielLP21 - há 2 anos

      Obrigado.

      Sem duvida que são a equipa que mais gosto dá de ver e espero que não sejam separados em breve. Têm muito para dar a esta divisão.

      Eu continuo a gostar de os ver. O Kalisto é fenomenal.

      Eu só soube desse prémio na última Raw, e acho que até aí ainda não tinham falado nisso, portanto não me parece que seja apenas por causa do prémio. Logo a seguir à WrestleMania já estavam a ter mais tempo de antena.

      Pois, não sei quem serão os dois membros nem se conseguirão usar o terceiro elemento durante o combate.

  7. 434 Days - há 2 anos

    Mais um bom artigo analisando a divisão de Tag Team.

    Os New Day realmente estão a ter um booking fantástico e cada vez irritam mais. Enfim, aqui sim a WWE merece elogios.

    Já não existem palavras para descrever o Cesaro e Kidd, que têm uma química fantástica e proporcionam sempre bons combates.

    Os Lucha Dragons também tiveram uma boa estreia e parece-me a mim que estão a ser guardados por enquanto e aqui não concordo contigo porque penso que eles ainda não vão vencer. Por enquanto acho que os New Day vão continuar campeões e por mim era mesmo o tal Triple Threat (ou até mesmo um Fatal 4-Way com o Harper e Rowan mais reestabelecidos) no SummerSlam e aí ganhavam os Lucha Dragons.

    O resto das equipas não me dizem muito. Espero mesmo que o Harper e o Rowan venham a ter um reinado como campeões e quanto ao Axel e Sandow, só tenho é pena que este último não seja levado mais a sério, mas enfim por enquanto entretém noutra vertente.

    • danielLP21 - há 2 anos

      Obrigado.

      Talvez não vençam. Eu não estou 100% convicto de que vencerão, acho que qualquer uma das três principais equipas pode vencer.

  8. pirikito - há 2 anos

    Discordo em relação aos PTP, eles também tem chances de conquistar o titulo, gracas aos segmentos

  9. BRUNOju - há 2 anos

    Que grande artigo Daniel, meus parabéns.
    Sou (como já disse outras vezes) fã da divisão de duplas e gostei da suq análise.

  10. JL Paes - há 2 anos

    Muito bom artigo cara, você escreve muito bem.

  11. joaop - há 2 anos

    “Esperemos que o cepticismo dos fãs não tenha razão de ser e que este destaque todo não seja apenas para vender um PPV na WWE Network, com a aposta na divisão a desaparecer logo na Raw do dia seguinte.”

    Não duvido nada, mas mesmo nada que isto aconteça. Surpreendente seria se a WWE tivesse trazido de volta o PPV apenas para dar ainda mais destaque à divisão. E assim este cenário que falas era voltado do avesso.

    Excelente. Parabéns!

    • danielLP21 - há 2 anos

      Também não duvido. Tem sido essa a sina nos últimos (largos) anos. O melhor é aproveitar enquanto dura.

      Obrigado.

  12. Dolph Ziggler - há 2 anos

    Grande artigo, Daniel. Concordo contigo, a divisão de tag-team tem vindo a melhorar consideravelmente nos últimos meses e a feud atual entre os New Day e o Cesaro/Kidd está a ser bem interessante. Eu era daqueles que criticava imenso os New Day no inicio mas fui começando a gostar com o tempo e neste momento eles estão bem posicionados no mid-card e têm os fãs investidos. Crédito também, como tu dizes, para a WWE por tê-los tornado heels quando estes começaram a ser odiados enquanto babyfaces.

    Quanto ao combate no EC, eu até acho que os PTP têm chances de ganhar, mas claro que não são favoritos. Os Ascension, infelizmente, estão mortos e enterrados e nada estão ali a fazer.

    A ver vamos, mas sem dúvida que vai ser um combate com qualidade.

    • danielLP21 - há 2 anos

      Obrigado, gooner.

      O problema é se essa melhora não fica pelo Elimination Chamber… Esperemos que não.

      Em relação aos New Day, foi a mesma coisa comigo. Estou a adorá-los como heels.

      Claro, qualidade terá sempre.

  13. MicaelDuarte - há 2 anos

    Bom artigo, Daniel.

  14. TrevorTheNightmare - há 2 anos

    Excelente artigo Daniel. Eu concordo, de um ponto de vista menos “mark” e mais racional, com a triple threat, ate porque e como dizes, nao faz sentido nenhum os matadores e os ascension la estarem na chamber. assim como nao fez estarem na wm. Os prime Time e que ja deviam ter começado a lutar mais cedo para ter alguma credibilidade. ja agora, uma pergunta. Quem consideras com mais potencial vindo da divisao de tag team? Na minha opiniao, as unicas equipas que por la me impressionam sao os SAWFT (especialmente o Enzo no combate do Takeover impressionou-me imenso) e o Blake and Murphy (nao sei porque, mas desde o inicio que gosto bue deles, do estilo de luta).

    Cumprimentos

    • danielLP21 - há 2 anos

      Obrigado.

      Não sou a melhor pessoa para te responder a isso porque não tenho acompanhado muito o NXT. Ainda nem sequer vi o último PPV (vou ver daqui a pouco) e não estou muito por dentro do que está a acontecer na divisão de equipas.

      Também á li que o Enzo Amore surpreendeu muita gente.

  15. Miguel Carlos - há 2 anos

    Excelente artigo!! Também acho que os New Day estão a ter um booking excelente, e por isso mesmo não concordo que eles devam perder no Elimination Chamber. Eu prefiro que eles tenham um longo reinado até perderem para os Lucha Dragons, porque não me faz sentido querer credibilizar os campeões, que sem os títulos não têm o mesmo interesse. As pessoas devem é ficar desejosas de ver os New Day ser derrotados, não que eles sejam credibilizados.

    “a WWE poderá estar a criar condições para aquilo que muitos fãs pedem há bastante tempo: o regresso da Brand Split, com títulos de equipas em cada uma das brands.” É verdade, e eu próprio gostava de ver a Brand Split de volta, mas acho que isso não acontecerá tão cedo, muito menos com todos os títulos unificados, à exeção dos títulos secundários.

    • danielLP21 - há 2 anos

      Obrigado.

      Acabo por concordar com esse primeiro parágrafo.

      Quanto à Brand Split, é fácil desunificar os títulos. Aliás, basta começar a chamar WWE Championship ao actual e trazer o outro de volta, como em 2002.

  16. Stone Cold - há 2 anos

    É exatamente isso que eu temo. A wwe apenas está a dar destaque e credibilidade a divisão de tag por causa do Elimination Chamber e isso irá apenas confirmar-se após o final do PPV.

    Não vejo porque o fato de poderem efetivamente perder possa prejudicar assim tanto o Rowan e o Harper. Partindo do pressuposto que as chambers são de 6 homens de topo, neste caso vão ser 12 superstars, não acho que os 5 derrotados saiam descredibilizados e tal como afirmas se construírem o combate com a qualidade pretendida os New Day podem ser de forma credivel. Não vejo porque nao poderia acontecer o mesmo ao Rowan e ao Harper até porque uma chamber requer nela todo o star power possivel e colocar esses dois em vez dos matadores faria todo o sentido. Em relação ao Axel e Sandow para ser sincero acho bem que nao sejam incluidos porque ninguem os iria levar a sério com este papel exageradamente comico, aliás a vitoria foi muito mais importante para os Ascension a meu ver até porque eles precisavam de algo que nao os enterrasse ainda mais. Nao acho que essa derrota tenha afetado tanto como assim o macho mandow e o axelmania.

    Tendo que eleger um vencedor também apostaria nos lucha dragons algo que queria ver acontecer nos ultimos tempos. No entanto mudei a minha opinião com as ultimas performances dos New Day que definitivamente me conquistaram com esta nova faceta e que estão a fazer um trabalho demasiado bom para perderem já os titulos muito sinceramente. O Kofi dá espetaculo, o Woods tem revelado ser um heel bastante bom e o Big E nunca esteve tão bem como agora no main roster e veria com muito bons olhos um reinado mais longo deles, a irritar cada vez mais as pessoas para quando os Lucha Dragons finalmente ganhassem os titulos fosse algo em grande.

    Uma palavra ainda para os Primetimeplayers que fazem sempre um trabalho excelente, tem bastante talento e tem uma ligação com o publico e poderiam/deveriam ser muito melhor aproveitados da parte da wwe e nao me parecia descabido premia-los com um titulo futuramente porque desde os tempos do AW que andam a merecer a meu ver.

    • danielLP21 - há 2 anos

      O problema é que nem todos os que estão lá são de topo. Mas atenção que eu acho que o Rowan e o Harper deviam lá estar, até pela personagem que têm (são uns animais que podiam usar a jaula como arma), simplesmente tentei imaginar o que a WWE podia querer fazer com eles e a razão pela qual não os colocou no combate.

      Também acho que com mais credibilidade (não se pode, ou não se deve, dar um título assim do nada) os PTP podem ser campeões no futuro.

  17. Cronos HHH - há 2 anos

    otimo artigo sinto falta daqueles tempos que havia DX , BROTHER OF DESTRUCTION mas a wwe esta melhorando essa divisão de tag team, antes eu nem vi aas lutas de tag team mas agora estao muito boas

  18. dean ambrose - há 2 anos

    Vou apostar nos prime time players so pra zuar um pouco,espero que o ney day perca esse titulo logo odeio eles,desperdiçaram o talento do kofi kingston.

    • danielLP21 - há 2 anos

      Pelo contrário. Até acho que o Kofi está a mostrar coisas que nunca tinha mostrado antes. Nunca esteve tão interessante.

  19. dean ambrose - há 2 anos

    acho que com a volta da dupla eric rowan ira se destacar um pouco mais sozinho ele e bem ruim.

  20. Better Than Perfect - há 2 anos

    Boa análise; gostaria de saber o porquê da wwe ter acabado com a brand split e se é mesmo possível que ela retorne, pois hojé é quase uma unanimidade entre os fãs o seu retorno.

    • danielLP21 - há 2 anos

      Porque não havia Star Power suficiente nas duas brands na altura, devido às saídas de nomes como Undertaker, Batista, HBK, Edge, Triple H… Agora, porém, já há qualidade para voltar.

  21. ZigglerPunk - há 2 anos

    Excelente artigo!
    Sem dúvida os New Day têm tido o booking mais consistente, e têm estado muito bem.
    Os Lucha acredito que serão os sucessores mas não no EC.
    Os barbudos obviamente mereciam estar no combate, mas como disseste e bem se a wwe os quer proteger da derrota, também acabo por concordar nessa decisão.
    Os PTP a meu ver também podem ser uma equipa levada “a sério”, devido ao destaque que têm tido.
    Basicamente concordo contigo em muitos aspectos.
    Espero um combate interessante.

  22. FrancisDreezPT - há 2 anos

    Eu acredito que isto que esta a acontecer com a divisao foi mais um sem querer…O Jey saiu lesionado e provavelmente estes estavam a lutar pelos titulos nestes tempos…Os New Day sairam precisamente o contrario do que a wwe queria,sendo que a wwe teve miolos(desta vez)para pensar melhor fazer o belissimo trabalho que estao a fazer..Gostei da tua analise..A wwe podia ter aproveitado mt melhor o Cesaro e o Kidd e dar-lhes 1 reinado ate ao SummerSlam,mas com os New Day tb n esta mal…Em relaçao ao combate no Elimination Chamber so n concordo com a presença dos Los Matadores e trocava-os pelo Harper e pelo Rowan(talvez n os colocaram para os proteger de uma eventual derrota)..
    Os Mega-Powers são..pa nem sei explicar,sao 2 lutadores perdidos provavelmente a imitar os seus idolos.Eu penso que isto em nada vai dar..
    Até pra semana DANI(el)

    • danielLP21 - há 2 anos

      Há muitas coisas que acontecem sem querer, a WWE só tem que dar a volta à situação como fez com os New Day.

      Não me chames isso!

  23. Diogo7 - há 2 anos

    Bom artigo, benfas.

    A divisão até nem está numa das suas piores fases. Claro que não está como em 2012/2013/2014 quando havia os Shield, os Wyatts, Team Hell No, os Real Americans, os Rhodes Scholars, etc, mas depois da WM a divisão tem estado melhor. Kidd/Cesaro, New Day, Lucha Dragons e Usos são equipas bem credíveis até.

    Os New Day têm tido um booking excelente como heels, apesar de não gostar nada deles (não é racismo, como esse palhaço do Ribeiro diz). A WWE fez bem em virá-los heel porque os fãs já estavam com aqueles cânticos desde o Royal Rumble. Deram-lhes os Títulos para aproveitar esse hate dos fãs neles. Gostava que o Kidd e o Cesaro tivessem um reinado maior, mas pronto.

    O Kidd/Cesaro são a melhor equipa da divisão, na minha opinião. Têm grande quimica in-ring, são apoiados pelo público e acho que a Natalya se encaixa perfeitamente na equipa. Enfim, são mesmo a Best Team Ever, como eles se auto-proclamam.

    Os Lucha Dragons estrearam-se em grande na RAW depois da WM, com grande apoio do público, mas depois ficaram apagados. Começaram a aparecer menos nas RAW’s e tudo. No entanto, não deixam de ser uma equipa credível, a meu ver.

    É pena um dos Usos estar lesionado porque também gosto bastante deles como equipa. Quando ele recuperar, já temos aqui 4 equipas para dar espectáculo.

    O resto não é grande coisa. Acho os Ascension uma equipa bastante fraca, ainda pior com um ripoff dos Legion Of Doom. Os Mega Powers 2.0 são para a comédia. Os Matadores são uns jobbers que só lutam pelos Títulos na WM quando é um combate com muitas equipas.

    Sobre o combate na EC, acho que os Matadores e os Ascension não deviam de estar lá. Os Wyatts tinham que estar no combate. Sobre os vencedores, acho que vão ser os actuais campeões, mas gostava que fossem o Cesaro e o Tyson Kidd.

    • danielLP21 - há 2 anos

      Obrigado.

      Os Usos fazem falta, sem dúvida. Quando voltarem deverão ter um grande pop.

      Os Ascension, para mim, são os piores que lá andam.

      Por mim, os vencedores podiam ser qualquer uma das três principais.

  24. MR Perfection André Santos - há 2 anos

    Parabéns pelo artigo.

    A divisão de tag team conseguiu ganhar um novo rumo e, concordo contigo, acerca do booking dado aos new day. Ganharam um novo rumo com uma mudança de objectivo para eles. Quando o publico começou a cantar “new day sucks” ao ritmo da cath phrase, desde logo anunciei o fim desta equipa mas, a wwe, conseguiu inverter esse destino.

    • danielLP21 - há 2 anos

      Obrigado, André.

      Exactamente. A WWE, em vez de fazer o que faz quase sempre, não desistiu deles e deu a volta à situação.

  25. Edgard - há 2 anos

    Você acha os PTP tem chances de conquistar o título?

  26. KO - há 2 anos

    A divisão de duplas apesar de ter melhorado desde a Wrestlemania, está muito inferior em comparação em 2013. O problema disso é a falta de envolvimento dos times no main event ou a falta de main eventers formando algum time. Acho que com a quantidade atual de main eventers ou upper mid carders que a WWE tem é possível juntar alguns e erguerem essa divisão, assim como anda acontecendo com o USA title.

    O booking do New Day vem sendo excelente e deveriam permanecer com os títulos por mais alguns tempos. Concordo que o conceito EC para o título de duplas é estranho pela brutalidade da estipulação, na qual os lutadores só entrariam para conquistar algo maior, e nisso me refiro à um título singular e o título máximo. Mas ao mesmo tempo essas equipes vão entrar para a história como as primeiras a participarem numa Tag Team Elimination Chamber match.

    Este tipo de gimmick semelhante ao Bo Dallas e a New Day é heel automaticamente heel, principalmente hoje em dia que o público da WWE anda ficando cada vez mais exigente por Wrestling sério. O Big E na minha opinião anda mostrando algo a mais, parece a vontade ao desempenhar esse papel, e quando é assim tudo resulta. Kofi se refrescou, e o Woods é muito irritante. É uma stable que não vai sair do mid card, mas que pode trazer muito valor por lá, principalmente para deixar seus oponentes over.

    Excelente artigo.

  27. Vinícius Nunes - há 2 anos

    Bom artigo Benfas.

    Concordo sobre as melhorias do estado da tag team division, isso já foi muito pior, mas ainda tem que melhorar muito mais, os New Day têm o melhor booking e espero que não percam logo de cara o título, acho que essa troca deveria demorar um pouco e depois de uma feud bem construída com os Lucha Dragons, assim o êxtase da conquista dos mascarados seria ainda maior.

    Também acho que deve-se levar em conta a dupla que nunca deveria ter se separado, falo de Luke Harper e Eric Rowan, acho que eles terão oportunidade logo depois que os New Day saírem da rota dos títulos, pelo menos é isso que eu vejo e uma feud entre esses dois contra os LU, se bem construída e com algum tempo de antena, seria algo que eu aguardo até com certo entusiasmo.

    • danielLP21 - há 2 anos

      Obrigado, baiano.

      Também acho que, depois de os próximos faces ganharem os títulos, Harper e Rowan serão os heels que se seguem na contenda.

  28. Sorlei Rui Oltramari - há 2 anos

    Excelente artigo, Daniel.

    A Tag Team Division está muito melhor atualmente. Se fosse há algum tempo atrás, não haveriam nem as seis equipes para completar. E hoje sobraram algumas tags, como os Mega Powers,que juntaram-se recentemente e terão tempo para competir e ter boas storylines, assim como os novamente reunidos Luke Harper e Erick Rowan.

    Espero que esse reinado dos New Day seja apenas para atrair ‘heat’ para eles e depois ir para os Lucha Dragons ou voltar para Cesaro e Kidd, que são uma dupla fenomenal e merecem um reinado consistente.

  29. Silveira9 - há 2 anos

    Grande artigo Daniel.

    Quanto ao combate acho que os Lucha Dragons sairão vencedores,mas se os New Day ganharem não ficaria nada surpreendido.
    Também já pensei na hipótese do Erick Rowan e o Luke Harper atacarem alguma das equipas e entrarem no lugar deles.

    Continua com os excelentes artigos.

    • danielLP21 - há 2 anos

      Obrigado.

      Olha, não tinha pensado nisso, mas é muito bem visto. Podiam atacar os Matadores e entrar no seu lugar.

  30. Brock Lesnar - há 2 anos

    Vá, é perfeitamente justificável a falta de aposta na divisão de tag team e basta pensar um pouco para perceber isso. É que produzir merchandise, dar tempo para o público se investir numa equipa é sempre um pouco mais arriscado do que apostar num só wrestler. Basta um lesionar-se ou algo do genero que tens logo um problema para resolver.
    Ya, claro que gostaria de ver uma aposta mais forte na divisão de tag, mas percebe-se. De qualquer das formas, neste momento. E mesmo assim, não considero que a divisão de tag da WWE seja má, longe disso. New Day são puro entretenimento e têm sido uns grandes heels com um grande booking por trás, Cesaro e Kidd são das melhores equipas do mundo, Lucha Dragons são uma rampa de lançamento para o Kalisto. Eric Rowan e Luke Harper também são mel, pode ser que consigam entrar no combate retirando assim outra equipa. Infelizmente, Ascension sempre foi e sempre será merda. E até acho piada, ao Sandow e ao Axel :P!

    O meu maior medo no Elimination Chamber, é que aquilo é muita gente num combate. Muita mesmo. Não sei bem como vão construir o combate, e por um lado isso é óptimo. Estou curioso.

    • danielLP21 - há 2 anos

      Isso não faz qualquer sentido. Então como explicas os anos em que apostavam bastante na divisão? E por que carga d’água não haveriam de produzir merchandise para equipas?

      • Brock Lesnar - há 2 anos

        Eu não disse, que não deveriam produzir merchandise para equipas. Simplesmente disse, que produzir merchandise para equipas dar tempo televisivo a teams, é sempre arriscado do que apostar num só gajo basta um membro estar abaixo de forma, lesionado e há que repensar aquilo que estava planeado etc etc. Principalmente, quando tens shows televivos em directo, uns quantos tapings por semana, house shows e ainda os PPVs. Basta ver o exemplo dos Usos. O que é que por exemplo agora se faz com o Uso não lesionado?!

        E no que toca à aposta na divisão de tag team, nunca houve assim uma aposta tão mais forte nesta divisão. Pelo menos não de 2000 para cá,tiveste, sempre 2, 3 equipas ( no máximo) que eram o foco da divisão e depois tinhas uns quantos gajos que estavam ali um pouco para encher chouriços. E nessas altura, não tinhas a quantidade absurda de programa.

  31. wwe - há 2 anos

    Belo artigo e notase o empenho em responder a todas as opiniões. parabéns

    eu acho quanto mais tempo os new day mantiverem os títulos, melhor, os próximos campeões vao ser uns grandes heróis, eu sinceramente escolheria o colin cassady e enzo amore do nxt, são uma tag interessante

    o cesaro e o kidd acabarão por se separar pois não sendo campeões é um desperdício telos juntos

    os lucha dragons também são muito bons, o principal nome apontado atualmente para acabar com os new day

    o rowan e o harper, ainda bem que se voltaram a juntar, já tinha dito que era boa ideia juntalos, fiz essa pergunta no perguntas e respostas, mas infelizmente foime respondida com desprezo pelo joaop, mas percebo, se fosse para mandar secas…

    os matadores são ridículos, não há forma de os salvarem a não ser q volterm a ser primo e épico

    os ascension foram enterrados, mas tenh espernaça que saiam do buraco

    os mega powers se a coisa for bem feita, pode sair dali algo bom. mas aquilo e so para palhaçada

    ate estamos numa boa fase no que diz respeito a tag teams

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador