Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Cutting Edge #42 – Nem tudo é o que parece

Está na hora de ligar a televisão para ver Wrestling, apesar de o produto da WWE ultimamente estar uma miséria. O que vale é que o CM Punk fez aquela promo, voltou a colocar esta companhia no mapa e fez com que eu voltasse a acompanhar isto todas as semanas. Desde a reforma do Edge que não tinha interesse nenhum nisto.

Começou o WWE Experience. Lá vem o Mr. Money In The Bank da SmackDown. Credo, que gajo sem sal! Sinceramente, não sei como é que alguém pode gostar de um lutador tão pouco carismático. Espero que não consiga fazer o cash-in com sucesso, não quero ver um tipo destes como Campeão Mundial.

Fiz na semana passada 17 anos. Como presente recebi um portátil e pela primeira vez na vida tenho Internet em casa. Vou pesquisar um site qualquer português em que possa ver notícias sobre esta modalidade com a qual cresci, apesar de os últimos tempos terem sido desastrosos.

Olha, este parece-me porreiro. PTWrestling… Vou ler aqui um ou outro artigo, a ver do que é que se fala. Epá, este Smoke and Mirros ainda vai no início mas já tem uma qualidade assinalável. Acho que vou começar a vir aqui mais vezes.

MEU DEUS! O KANE MASCARADO VOLTOU! Um dos meus lutadores favoritos voltou com a máscara! Sonhava desde miúdo com este momento, obrigado WWE! Agora sei que 2011 vai acabar bem melhor do começou. Só não percebo porque é que há pessoal na Internet a dizer que é o Undertaker… Ou eu não estou a ver o óbvio ou eles são muito estúpidos.

Acabei de ver o PPV TLC 2011. E não é que aquele gajo se tornou mesmo Campeão Mundial? Gostava de saber no que raio a WWE está a pensar! Enfim, ao menos o campeão não é o Big Show…

WOW! Aqueles vídeos misteriosos eram sobre o Chris Jericho! Ele está de volta à WWE! Espetacular. E parece que o pessoal que comenta no PTWrestling também gostou deste regresso. Estou ansioso para ver o que ele vai fazer agora, sobretudo depois de estar dez minutos no ringue a gozar com os fãs, sem dizer uma única palavra.

6 de março de 2012. Fiz hoje o meu primeiro comentário no PTWrestling, logo numa resposta à melhor cronista do site, sobre um “botch” cometido pelo Chris Jericho na Raw, naquele combate de equipas em que não fez o “tag” e acabou por ser o homem legal. Já agora, vou comentar uns artigos.

Bem, comecei agora a ver a minha primeira WrestleMania em direto. Não gosto dele, mas tal como os seus fãs também detestei ver o Daniel Bryan a perder em 18 segundos. No que raio está a WWE a pensar?

Fantástico combate entre o Daniel Bryan e o CM Punk! Isto sim, é um combate pelo Título da WWE. Começo a simpatizar com este Bryan…

A Team Hell No é das melhores coisas que me lembro de ver como fã de Wrestling. De repente, o Daniel Bryan é dos meus favoritos. E claro, o Kane tem muita responsabilidade nisso, visto que o ajudou a brilhar, tal como fez com quase toda a gente ao longo da sua carreira.

Que promo do CM Punk no segmento com o The Rock! A melhor que vi em muitos anos… Pena que vá perder o título para um part-timer no Royal Rumble. Merecia um final melhor para o seu histórico reinado. Parece que o pessoal do Wrestling.PT está satisfeito, também. Cada vez gosto mais deste site.

Junho de 2013. Entrei hoje na equipa do Wrestling.PT. Já há muito tempo que esperava por isto e finalmente confirmou-se.

O Daniel Bryan venceu o John Cena de forma LIMPA pelo Título da WWE! Esperem… vem aí o Orton. “Pedigree”! Bolas! NÃO! Agora sim, estou revoltado. E o Daniel Bryan conquistou-me de vez.

Que nojo. O Daniel Bryan nem no Royal Rumble entrou e foram dar a vitória ao Batista. Esta companhia anda a brincar com os fãs!

A “STREAK” ACABOU! MOMENTO MAIS CHOCANTE DE SEMPRE! ESCANDALOSO!

YES! YES! YES! YES! O Daniel Bryan é o Campeão da WWE, na WrestleMania XXX! As semelhanças com o Chris Benoit são cada vez maiores.

1 de maio de 2015. Primeiro “Cutting Edge” do Wrestling.PT. Sonho tornado realidade.

8 de fevereiro de 2016. O Daniel Bryan reformou-se. Quando ele fechou os olhos para sentir os cânticos dos fãs, comecei a chorar. A WWE vai continuar, sim, mas não vai ser a mesma coisa sem ele. Como não foi a mesma coisa sem as Lendas que se reformaram ou morreram ao longo dos anos.

Confesso: todos estes desabafos estão escritos de forma atabalhoada e desorganizada. Mas o Wrestling também é isto: um vaivém de emoções, desordenadas e amontoadas.

Na última semana, o Wrestling.PT celebrou o seu décimo aniversário. Vou ser sincero: este site mudou a minha vida. Descobri-o numa fase muito difícil e ajudou-me a ocupar a cabeça com coisas novas. Desde novembro de 2011 até hoje, contam-se pelos dedos das mãos os dias que estive sem visitar esta casa.

Penso nisto muitas vezes: é muito curiosa e irónica a forma como pessoas que nunca vimos pessoalmente conseguem ajudar a mudar a nossa vida. A transformar um mau dia num dia razoável.

E o Wrestling também faz isso.

Ao início, não gostava de Daniel Bryan. Tinha noção da sua qualidade como wrestler, mas só. Depois dos 18 segundos, as coisas começaram a mudar. A partir do momento em que se juntou a Kane, conquistou-me, visto que mostrou aquilo que eu nunca tinha visto nele: um carisma enorme e inquestionável.

Festejei como um louco a sua vitória limpa sobre John Cena e fiquei enfurecido com o que aconteceu minutos depois.

Fiquei enfurecido com a sua ausência do Royal Rumble 2014 e festejei como um louco a sua histórica dupla-vitória na WrestleMania.

Ele chorou na última Raw e eu chorei com ele.

Afinal, é esse o espelho da carreira de Daniel Bryan: sintonia com os seus fãs e uma intensa partilha de emoções.

Sem Wrestling, não haveria Wrestling.PT. O Wrestling.PT mudou a minha vida. Daniel Bryan mudou o Wrestling. Por isso, quero acreditar que Daniel Bryan mudou a minha vida, mais que não seja de forma ligeira. Não me digam que isso é um exagero. Deixem-me acreditar nisso.

Sim, é verdade que quando alguém se reforma ou morre, os elogios chegam em catadupa. Mas não me venham dizer que Daniel Bryan foi apenas mais um.

A WWE vai continuar, sim, mas não vai ser a mesma coisa sem ele. Como não foi a mesma coisa sem as Lendas que se reformaram ou morreram ao longo dos anos.

Porque é isso que Daniel Bryan é: uma Lenda. A maior desde a geração John Cena/Batista/Randy Orton/Edge. Para mim, atingiu um estatuto superior ao de CM Punk.

Mas mais do que compará-lo com outros, importa realçar que a história de Daniel Bryan não tem paralelo. Nunca alguém, por mais popular que fosse, passou pelos obstáculos que ele teve de ultrapassar para chegar ao topo. Não esteve lá muito tempo, é certo, mas foi o suficiente para ganhar o estatuto que lhe atribuo e merecer o destaque que teve na Raw (muito bem a WWE, de certa forma, a compensar as ocasiões em que usou o talento de Bryan de forma indevida).

Não será isto uma lição de vida? Não será isto o Wrestling no seu estado mais real? A história de Daniel Bryan faz-me lembrar a tal fase em que me encontrava quando descobri o Wrestling.PT e deixa-me imensamente feliz por não ter desistido.

Daniel Bryan confirmou que “nem tudo é o que parece”. Afinal, o lutador sem carisma tinha um carisma enorme pronto a transbordar cá para fora. Afinal, os momentos mais negros podem dar lugar a dias felizes.

Daniel Bryan confirmou que um lutador pode não estar nas nossas preferências mas que isso não significa que ele não tenha talento ou que não possa chegar ao topo, por mais improvável que isso pareça aos nossos olhos.

Daniel Bryan mostrou que, na maioria das vezes, depende mais da WWE do que dos seus lutadores estes chegarem lá acima e que eles têm muito mais para mostrar do que parece à superfície.

Parabéns a todos aqueles que contribuem para o sucesso do Wrestling.PT, que por sua vez me dá a possibilidade, via artigos, comentários e chat, de dar conta das minhas alegrias e frustrações no que toca a esta indústria. E um muito obrigado a Daniel Bryan por tudo aquilo que representa. Sei que ele nunca lerá isto, tal como não viu as minhas lágrimas durante o seu segmento. Mas eu quero acreditar que, não as tendo visto, ao menos sentiu-as. Porque lá está, o Wrestling também é isto: desconhecidos que partilham os mesmos sentimentos e as mesmas emoções.

Sobre o Autor

- Autor do espaço "Cutting Edge".

54 Comentários

  1. Blappa - há 10 meses

    Excelente artigo Daniel. Eu foi por pouco que não chorei também na despedida do Bryan. Vai deixar muitas saudades e vai fazer uma falta enorme no produto atual. Aliás até regressar o Rollins vai ser uma desgraça em termos de apoio do publico, uma vez que só existe o Dean e não o ajuda nada ser o amiguinho do Reigns (como tem sido retratado várias vezes)

  2. "Awesome" Hater - há 10 meses

    Bom artigo, e bonita homenagem.

  3. Yan_Ribeiro - há 10 meses

    Bom artigo e grande homenagem!

    Realmente Bryan foi uma força sem igual! Única!

  4. Gonçalo "The best" - há 10 meses

    Excelente artigo!

    Um grande obrigado ao Wrestling.pt e ao Bryan! (estiveste muito bem na maneira que juntaste os dois)

  5. Irmão do cara anónimo - há 10 meses

    Excelente artigo Daniel.

  6. Silveira9 - há 10 meses

    Muito bom! Dos melhores artigos que já vi no site! Revejo me com algumas coisas que dizes. Excelente!

  7. Anónimo - há 10 meses

    Excelente trabalho! Parabéns

  8. Anónimo - há 10 meses

    Um dos melhores artigos, parabéns.

  9. leonardo - há 10 meses

    N concordo com o fato de q o Bryan alcançou um estatuto maior do q o cm punk de resto está ótimo! Mais um ótimo artigo seu Daniel Parabéns!

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      Aceito essa opinião. Simplesmente acho que a ascensão do Bryan foi muito mais orgânica mas, claro, o Punk foi mais tempo heel do que face e esteve mais tempo no topo.

  10. ProWrestlingIsReal_PeopleAreFake #TYDanielBryan - há 10 meses

    Eu acho que não vale a pena estar a comparar o CM Punk ao Bryan. Isto porque foram gimnicks diferentes, que levaram a booking diferente.
    O Bryan mais do que ninguém, ele conquistou o apoio dos fãs, com exibições excelentes in-ring.
    Tudo começou com uma injustiça (storyline) de perder em 18 segundos, os combates e rivalidades com o CM Punk e o Kane, a Team Hell que foi de bastante qualidade e divertida e depois claro, a jornada para ser o maior campeão da companhia.
    Eu sempre disse que quem devia acabar com a Authority era o Bryan, porque foi ele que “vendeu” a formação da mesma. Pena que essa ideia esteja completamente fora de questão.
    E, por fim, a WWE deu-lhe a oportunidade de deitar tudo pra fora (o possível, talvez tivesse mais a dizer que não lhe fosse permitido).
    O Taz no Podcast dele disse isto “Não é qualquer Wrestler que tem a oportunidade de fechar os olhos, ouvir os fãs, e despedir-se no ringue”.
    Foi uma grande carreira, e felizmente, ganhou quase tudo o que havia para ganhar lá dentro.

    • danielLP21 - há 10 meses

      O objetivo do artigo não era fazer comparações. Isso foi uma ínfima parte do artigo e aceito perfeitamente que achem que o Punk chegou mais longe.

      Sim, acabou por ser uma carreira muito boa.

  11. Afonso Quintela - há 10 meses

    Bom artigo, mas o CM Punk é….o CM Punk… ;) Não é por nada que continuamos a ouvir canticos de CM Punk em direto, e vamos ouvi los durante mais tempo.

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      Quanto a ti não sei, mas eu oiço mais cânticos “YES!” em qualquer segmento do que cânticos de “CM Punk”, que geralmente só são feitos em combates/segmentos fracos e, além disso, são cada vez mais raros.

      Seja como for, essa questão sobre quem chegou mais longe pouco importa neste momento. Acho que o Bryan é mais popular (até porque tem uma personalidade mais simples) do que o Punk.

      • Afonso Quintela - há 10 meses

        O yes tornou se celebre com o Daniel Bryan, e como sabes os fas muitas vezes gritam “YES!”, sem estarem no entanto a aclamar o Daniel Bryan. E nao te esquecas que o CM Punk saiu faz quase 2 anos…

  12. BRRM - há 10 meses

    Artigo fantástico!

    Aquilo que eu sinto em relação ao Daniel Bryan é praticamente o mesmo que tu. Desde o facto de ter começado a tornar-me fã dele depois da WM 28 até à alegria enorme ao vê-lo tornar-se campeão, passando pela revolta sentida no Royal Rumble 2014 e em outros momentos em que o seu talento não foi devidamente aproveitado. Por tudo isto, a despedida dele também foi algo muito emocionante para mim e, também eu, soltei algumas lágrimas naquele momento. É realmente muito triste vê-lo a retirar-se desta forma mas, infelizmente, é a vida. Só nos resta agradecer-lhe por todos os momentos incríveis que ele nos proporcionou.

    Sobre o Wrestling PT, seja a ler artigos seja a ler comentários de pessoas que eu consideram que percebem mesmo do assunto (já agora, entre os quais, tu), aprendi muito com este site. Portanto, a ti e a todos os outros colaboradores, um muito obrigado!

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado pelos elogios ao artigo e ao site!

      Sem dúvida. Apesar de ter estado pouco tempo no topo, conseguiu protagonizar dos melhores momentos da História.

  13. Silver - há 10 meses

    Meses a consolidar a popularidade e com a WWE a não lhe querer dar o título -> Ganhar o título e receber um dos maiores pops de sempre -> Casar com a namorada menos de uma semana depois -> Morte do pai dez dias depois -> Morte do Connor cinco dias depois -> Lesão pouco tempo depois -> Regresso -> Feuds questionáveis e título Intercontinental -> Lesão -> Reforma. A vida às vezes é mesmo injusta com quem não merece.

    Bom artigo.

  14. leonardo - há 10 meses

    Só n concordo com o fato do Bryan ter um estatuto maior q o punk de resto estar ótimo!

  15. WRasec - há 10 meses

    Belíssimo artigo e homenagem! E vai demorar para aparecer outro como bryan , carismatico e que o publico carregou e apoiou…

    Também sou muito grato a este site, como sou aqui do Brasil, onde este esporte-entreterimento está engatinhando na grande midia daqui e é pouco popular, eu que sou apaixonado por isso desde meus 6 anos (quando joguei wwf atitudade e wwf smack down no ps1 kkk) fiquei louco da vida, mais tarde com o boom da internet e o youtube com todo seu acervo, desde de então não parei mais, porém ainda sim, sentia falta de ficar atualizado como um verdadeiro fã. Desde então ( há uns 4 anos que frenquento este site) voces mi proporcionam isso. Todo santo dia visito e fico sabendo de tudo. Meu muito obrigado a todos da PTW

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado pelos elogios ao artigo e, em nome da equipa, pelos elogios ao site.

      Em Portugal o Wrestling também já foi muito melhor visto do que é hoje.

  16. Marco Túlio - há 10 meses

    Você descreveu exatamente como foi minha relação com Daniel Bryan, chega ser engraçado pela semelhança gigante.

    E eu sei que o foco do artigo não foi comprar Bryan com Punk, mas tenho que falar, que pra mim os dois estão no mesmo nível, cada um com sua grandeza e com sua importância. E também eu adicionaria os dois na pequena lista de wrestlers que você fez no artigo.

    Parabéns!

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      O Bryan teve um main-event da WrestleMania, o Punk não. O Punk teve um reinado histórico, o Bryan não. Acabam por se completar.

  17. Reigns one versus all - há 10 meses

    Ótimo artigo,Daniel.

    O segmento do Bryan no último RAW comoveu-me tanto ao ponto de virem as lágrimas aos olhos,coisa que nunca me tinha acontecido desde que vejo wrestling.
    Não sou nem nunca fui fã dele,mas naquele segmento senti uma sinceridade tão grande que me conseguiu comover,não é que seja um tipo durão,mas e uma coisa muito rara de acontecer

  18. Dan Lannister - há 10 meses

    Um de seus melhores artigos de sempre, parabéns por conseguir expressar em palavras o que Daniel Bryan fez pelo pro-wrestling, sem duvidas ele mudou nossas vidas de alguma forma.

  19. daniel rosa - há 10 meses

    Bom artigo,

  20. Flavio Jr - há 10 meses

    Daniel, comento a pouco tempo aqui, mas acompanho o Wrestling e a WWE desde 2011
    Quando tu começou a fazer aquela retrospectiva resumida até hoje, eu ria nas palavras que eu lia, pois quando Kane e o Jericho regressaram, por um momento até pensei que fosse o Taker mesmo (inocente na época hahahahah) entre outros acontecimentos envolvendo o monstro chamado Daniel Bryan.
    Cara, foi um dos melhores artigos que eu já li e com certeza o mais emocionante, independente da comparação que eu tu fez, não sei se o Bryan chegou ao estatuto Punk, mas que ele se tornou mais popular, isso sim!!!
    #ThakYouDanielBryan
    Parabéns irmão, gostei muito!!!

  21. paige jadbevis - há 10 meses

    Ótimo artigo e boa forma de homenagear o Daniel Bryan.
    “Wrestling.PT salvando vidas desde 2011”

  22. 434 Days - há 10 meses

    Excelente artigo e uma bela homenagem ao Yes Man. Certamente nunca vou esquecer os grandes momentos que ele nos proporcionou. Thank You Daniel Bryan

  23. FinnBálor - há 10 meses

    Bom artigo.

    Só acho que de tudo o Bryan não chegou mais longe que o CM Punk é só olhar para os combates contra a Wyatt Family aonde ambos eram um time o Punk sempre estava a frente do Bryan sempre era o principal ali, lembro-me quando o Punk e Bryan estavam no ringue contra o Shield (Dean Ambrose & Seth Rollins) E a Wyatt Family apareceu Quem atirou o Rollins para cima da Wyatt Family? Punk, quando a Family se enfrentaram por um curto tempo e foram para trás do deles quem foi o primeiro a correr para o ringue? Punk, no Survivor Series quem fez o pin da vitória sobre a Family? Punk…, não se pode esquecer também que o Daniel Bryan não teve 10% do reinado que teve o Punk, Punk foi campeão da ECW, TAG TEAM, ICC, WHC 3X, 2x Mr.Money in the bank WWE2x com o maior reinado dos ultimos 25 anos, era um heel amado ao contrario do Daniel Bryan que só foi amado com o face-turn (Yes Mod) e na chegada da WWE, A Chegada do Punk na WWE foi bem mais conhecida e alvoroçada, O Daniel Bryan chegou se envolvendo com o John Cena e os Nexus? O CM Punk chegou se envolvendo com o DX e o Rated-RKO aonde o Triple H apresentou ele mesmo o CM Punk, não se esqueçam também que se não fosse o CM Punk ter saído da WWE todos sabem que o Daniel Bryan enfrentaria o Sheamus e o CM Punk o Triple H, ou seja se o CM Punk ainda tivesse na WWE acho que o Daniel Bryan ainda continuaria sendo uma sombra do Punk, o amigo ali em cima falou bem tudo bem que vemos mais cânticos de YES!YES! Mas pera la? O Yes virou uma moda na WWE, não é porque eles estão cantando Yes, Yes, que estão se referindo ao Daniel Bryan, e também já se faz 2 anos que o Punk, e a WWE expulsa pessoas de arena, tenta evitar o maior nome possivel do homem e mesmo assim os cânticos continuam não são fortes, mas sim, continuam pense bem se o CM Punk e o Daniel Bryan estivesse os dois hoje dentro da empresa tu acha que o Daniel Bryan estaria a frente dele? Todos sabem que a unica pessoa que ficava a frente do CM Punk era o John Cena e se não fosse a WWE ter feito aquele Hell Turn do CM Punk talvez ele poderia até mesmo ultrapassa-lo, eu via crianças, mulheres, torcerem pelo CM Punk mesmo quando ele era Heel, não se via isso com o Daniel Bryan e nem com outros.
    Enfim, o artigo esta excelente, bem escrito, só que como muitos estão falando só não concordo em relação ao Daniel Bryan ter chegado ao Estatuto do Punk ou até mesmo ultrapassado, e acho que até tu sabe disso, talvez tenha se empolgado enquanto escrevia, Para mim atingiu estatuto superior ao CM Punk, eu te dei argumentos que mostram que o Punk tem um estatuo maior que o Bryan tanto em questão de Gimmick, Mic Skills, Title Shots nem se fala, talvez a unica coisa que o Bryan ganhe do CM Punk seja em Ring Skills e nem é tão coisa é minima, e estou me referindo ao CM Punk da WWE porque se você olhar o Punk da ROH ele também é superior, O Daniel Bryan é um Wrestler Tecnico o melhor no mundo para mim, mas, e de resto? Aonde ele se tornou mais superior?

    • danielLP21 - há 10 meses

      Obrigado.

      São argumentos perfeitamente válidos.

      Não me empolguei, simplesmente tenho outro ponto de vista. O Daniel Bryan é mais popular do que o CM Punk, disso não tenho dúvidas. Tal como não tenho dúvidas de que o Bryan ia ser mais usado no topo depois de ganhar o título, simplesmente vieram as lesões…

  24. RFBM - há 10 meses

    Excelente artigo, bela homenagem do Bryan.

    YES! YES! YES!

  25. Alef - há 10 meses

    excelente artigo daniel e que daniel bryan fez pelo wrestler e’ algo que nunca esqueceremos

  26. Alef - há 10 meses

    obrigado bryan por tudo que vc fez pelo wrestling e sempre lembraremos de vc nos momentos mais dificeis e nos melhores momentos obrigado bryan

  27. Alef - há 10 meses

    MUITO OBRIGADO DANIEL BRYAN PELO QUE VC FEZ PELO WRESTLING NUNCA ESQUECEREMOS VOCES.

  28. Alef - há 10 meses

    Obrigado daniel byan por tudo que fez pelo o wrestling nunca o esqueceremos..

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador