Cutting Edge #49 – The Showcase of the Immortals

Durante anos, a WrestleMania foi-nos vendida como o “Showcase of the Immortals”, “The Grandest Stage of Them All” ou o “Super Bowl do Wrestling”. As grandes estrelas da WWE marcam sempre presença, os eventos têm lotação esgotada, há fogo de artifício e os comentadores estão vestidos de gala.

Normalmente, a ansiedade pela chegada do início do evento é enorme. Este ano, porém, não me consigo sentir assim.

No ano passado, tínhamos cinco combates que podiam facilmente ser considerados de main-event: Roman Reigns vs Brock Lesnar, Bray Wyatt vs The Undertaker, Triple H vs Sting, John Cena vs Rusev e Seth Rollins vs Randy Orton, sendo que apenas um deles tinha dois veteranos.

Praticamente todos estes combates tiveram uma construção decente/boa/muito boa e na semana anterior ao evento eu encontrava-me ansioso. As expectativas acabaram por se cumprir e tivemos, a meu ver, uma das melhores WrestleManias dos últimos anos, mesmo que a minha primeira impressão sobre alguns resultados não tenha sido positiva.

Um ano depois, quase nada é igual. Temos três main-events, é certo, mas apenas um deles me faz estar em pulgas. No resto do cartaz há combates interessantes, mas o mid-card deste ano está claramente mais fraco do que o do ano passado, muito por culpa das lesões, sim, mas não só.

O booking da WWE está numa fase desastrosa, ainda pior do que aquilo que temos visto nos últimos anos, em termos gerais, e consideravelmente pior do que em 2015, quando nesta altura eu estava bastante satisfeito com aquilo que via.

Vou, neste artigo, fazer a previsão da WrestleMania deste ano, começando pelos combates do kick-off e acabando nos mais importantes.

Há um ano atrás, o Título dos EUA foi disputado num dos principais combates da WrestleMania. Este ano, foi colocado no kick-off. Sintomático.

Há umas semanas, Ryback fez um heel-turn, nos mesmos moldes daquele que fez em 2013: começou a maltratar os lutadores mais pequenos, com um complexo de superioridade baseado no seu tamanho. Ou muito me engano, ou Ryback vai fazer tantos turns ao longo da sua carreira como Big Show. É uma das consequências de não se terem planos para um “big guy”: o passo mais fácil é fazer um turn e dar a ilusão de que alguma coisa vai mudar, apenas para uns meses depois estar tudo na mesma.

Quanto a Kalisto, já vai no segundo reinado como Campeão dos EUA, mas as coisas não estão nada fáceis para ele. O primeiro reinado durou um dia, este leva dois meses mas é quase como se o título não existisse.

Por isso, vou apostar em Ryback para vencedor deste combate, seguindo a lógica de que o reinado de Kalisto já deu o que tinha a dar e, como o “Big Guy” não deverá chegar tão cedo ao main-event, ficará com os dois títulos de mid-card no currículo, o que é sempre de realçar. O próximo candidato ao título poderá ser Cesaro.

Por fim, devo dizer que achei esta espécie de rivalidade fraca em termos de destaque e ridícula em termos lógicos.

Tendo em conta que Kalisto fez o spot do ano no último TLC, não seria melhor dar-lhe a oportunidade de defender o título num Combate de Escadote, de forma a que ele o repetisse e tivesse um “WrestleMania Moment”, colocando neste combate Dolph Ziggler, Zack Ryder, The Miz, Stardust e Sín Cara? Dessa forma, teríamos Kevin Owens e Sami Zayn com um combate de deixar água na boca pelo Título Intercontinental e até podíamos ver alguns problemas entre os Lucha Dragons, visto que estaria um título em disputa e este é o que mais importa.

A realidade vai ser bem diferente: combate no kick-off e sem que alguém se recorde dele no futuro. Eu provavelmente nem o verei, só mesmo por um acaso.

Os únicos motivos de interesse deste combate serão a estreia de Lana em ringue e a despedida de Brie Bella. Acredito que a equipa desta última saia vencedora, dadas as circunstâncias. Acho absurdo, de resto, que Eva Marie e Emma façam parte deste combate, sobretudo se não houver planos para elas no plantel principal. Tendo em conta que está uma em cada equipa, não viria mal ao mundo se o combate fosse de 4 vs 4 e não 5 vs 5 e elas fossem resguardadas, sobretudo Eva, que está longe de estar pronta para ser lutadora de plantel principal.

No que à construção deste combate diz respeito, nem foi má de todo. Os problemas entre Lana e Summer Rae não foram ignorados (embora quanto mais cedo esquecermos essa história em que estiveram envolvidas, melhor para a nossa sanidade mental) e arranjou-se uma forma mais ou menos lógica de colocar todo o plantel feminino disponível no combate. Como este embate não estará no PPV em si, aceito perfeitamente que  elas tenham a oportunidade de lutar em frente a uma grande quantidade de fãs.

É verdade que este combate podia ocorrer num programa semanal, mas a rivalidade, tendo em conta que o combate terá lugar no kick-off , nem foi muito má. Pecou, tal como aconteceu com Ryback e Kalisto, pela falta de destaque ao longo das semanas.

Os Usos estarão pela 3ª ou 4ª vez num pre-show da WrestleMania e, sinceramente, acho que já mereciam um combate no evento principal. Por mim, estas duas equipas estariam num combate com a League of Nations e os New Day pelos Títulos de Tag Team, e podiam depois acabar esta rivalidade num Combate de Mesas na Raw seguinte. A WWE preferiu este caminho e, como o combate terá lugar no kick-off, também não causará grandes danos ao evento.

Fiquei satisfeito por ver este combate adicionado ao card principal. Não por ser algo que me deixe ansioso pelo PPV, mas por dar a oportunidade a alguns lutadores com menos destaque de lutarem no maior evento do ano com algo em jogo, além de que sete combates para quatro horas me parece muito pouco (eu sei que a WrestleMania anterior teve sete combates, mas teve um segmento demasiado longo, com a duração de uma “Battle Royal”, por exemplo).

Os nomes até agora confirmados são os seguintes: Heath Slater, Curtis Axel, Adam Rose, Bo Dallas, Big Show, Kane, Tyler Breeze, Mark Henry, Jack Swagger, Fandango, Damien Sandow, Darren Young, Konnor, Viktor, Goldust e R-Truth.

Tendo em conta que o combate terá vinte lutadores, sobram quatro vagas. O meu desejo é que uma delas seja ocupada por Bray Wyatt e este domine o combate e o vença. No entanto, sei que as probabilidades de isso acontecer são mínimas.

Como Big Show venceu o combate no ano passado, não o estou a ver a repetir a façanha em 2016. Entre os nomes confirmados, vejo Kane (como uma espécie de “prémio carreira”) e Mark Henry (pela mesma razão, com a agravante de ser o seu último combate, pelo que tem sido rumorado) como possíveis vencedores. Os restantes estão ali para fazer número.

Em termos de surpresas, Cesaro pode fazer o tão aguardado regresso neste combate, mas preferia vê-lo a ser o último eliminado por Bray Wyatt.

Quanto a Braun Strowman, continua a ser um forte candidato, mas prefiro acreditar que será outra a pessoa vencer. Como nada me garante que a Wyatt Family vai participar no combate, aposto em Kane.

Não percebo porque é que os New Day não defendem os seus títulos em plena WrestleMania. Julgo que uma defesa bem sucedida era a cereja no topo do bolo deste excelente reinado como Campeões de Tag Team e foi uma falha grave da WWE mudar a estipulação. Ainda por cima, o combate deixou de ser pelos títulos para ter como objetivo mostrar “quem é a melhor equipa”. E como é que se vê quem é a melhor equipa? Vendo quem conquista os Títulos de Tag Team.

Tem-se falado do face-turn dos New Day como uma má decisão. Eu também desconfiei no início, visto que quando eles foram babyfaces não correu nada bem, mas agora as circunstâncias mudaram: eles já provaram o seu talento e já conquistaram os fãs.

Não faz sentido ter um grupo tão ovacionado e fingir que eles são vilões. Quando estavam em rivalidade com os Usos e os Lucha Dragons, foi penoso ver as duas equipas babyfaces a serem apupadas por atacarem os heels. Quando isso acontece, é porque está na hora de mudar. Basicamente aconteceu com os New Day o que deveria ter acontecido com Roman Reigns: um heel-turn, seguido da demonstração do verdadeiro talento e consequente conquista dos fãs, de modo a voltarem a ser faces depois.

Quanto ao resultado do combate, espero uma vitória dos New Day e o surgimento de novos rivais na próxima Raw.

Como já disse, este combate devia ser apenas entre Sami Zayn e Kevin Owens.

Kevin Owens estreou-se no plantel principal derrotando John Cena de forma limpa. A sua rivalidade seguinte devia ter sido com Randy Orton, de forma a chegar ao Royal Rumble como um dos grandes candidatos à vitória. Porém, não foi isso que aconteceu e o seu booking, longe de ser péssimo, podia ter sido muito melhor. Como acontece com a maioria dos lutadores, faltou dar “aquele” passo com Owens.

Quanto a Sami Zayn, estreou-se (vamos fingir que ele não se estreou contra John Cena no ano passado) numa altura do ano em que não era urgente. Se era para estarem envolvidos num combate de sete homens, porque é que Sami Zayn já está no plantel principal? Podia muito bem só se estrear na Raw, confrontando Kevin Owens e resolvendo os problemas pendentes com ele numa rivalidade individual, com ou sem título em jogo.

Isso ainda poderá acontecer na mesma, sim, mas nesta altura Sami Zayn já é “só mais um”, como foi demonstrado ao longo das semanas. Ainda não perdeu? É verdade, mas também não foi retratado como alguém especial.

Quanto àqueles que são verdadeiramente “o resto”, deviam ter lutado pelo Título dos EUA, e não se percebe como Zack Ryder e Stardust estão num combate pelo Título Intercontinental em plena WrestleMania, quando raramente aparecem na Raw ou na SmackDown, quanto mais ganhar combates em televisão. Pode ser um prémio pelo número de anos que têm de casa, mas para isso deviam ter tido, nos últimos meses, uma construção decente que não levasse os fãs a acharem chocante eles estarem a WrestleMania. O facto de eles terem um combate neste PPV e a Wyatt Family não (que se saiba) só mostra que o que é feito durante o ano não interessa quando chega a altura do maior evento do calendário.

O vencedor estará entre Sami Zayn, Kevin Owens e Dolph Ziggler. Em caso de vitória de um dos dois primeiros, a rivalidade entre ambos prosseguirá com o título em jogo; caso seja Ziggler, a rivalidade entre Zayn e Owens será resolvida sem ouro em jogo.

Sem querer criar grandes expectativas, aposto em Dolph Ziggler como vencedor do combate, apenas porque é uma boa forma de tirar o título a Kevin Owens sem que este seja derrotado de forma decisiva, ao mesmo tempo que Ziggler tem um “WrestleMania Moment”. Por outro lado, depois do grande início de carreira na WWE, gostava de ver Owens a vencer na sua primeira WrestleMania.

Aqui está um combate com uma das melhores construções. A meu ver, é daqueles combates que, com o devido tempo, podem fazer desta WrestleMania muito melhor do aquilo que esperamos.

É verdade que já se defrontaram três vezes antes, mas está a contar-se uma história e não é a típica repetição de combates baseada em preguiça por parte da equipa criativa. Chris Jericho está a voltar a mostrar o que vale como vilão, AJ Styles tem sido protegido em termos de exposição ao microfone e este é um dos poucos combates que me deixa em pulgas este ano.

AJ Styles vai vencer na sua primeira WrestleMania, mas espero sobretudo que nos deem um grande combate, aproveitando o facto de já terem “dançado” várias vezes nos últimos meses – talvez a WWE tenha querido que eles se conhecessem melhor em ringue ao invés de irem para a WrestleMania sem nunca se terem defrontado antes e aumentarem o risco de desiludir os fãs.

Mais um combate bem construído e que, com o devido tempo de antena, pode aumentar o nível desta WrestleMania.

Como já falei recentemente deste combate, não vou entrar por grandes pormenores no que toca às últimas semanas de construção. Gostei da história contada, chegam todas com credibilidade ao combate e os fãs querem muito vê-las em ação. E isso chega.

A meu ver, a vencedora está entre Sasha Banks e Charlotte. No caso da atual campeão, a vitória serviria para solidificar o seu reinado, mas ao mesmo tempo a divisão começava a ficar sem rivais para a defrontar de seguida. Por isso, aposto em Sasha Banks, que deverá ter o seu primeiro grande momento na WWE. Quanto a Becky Lynch, continuará a lutar como a desfavorecida que é, até eventualmente chegar “lá”.

Desilusão. É a palavra que me vem à cabeça quando penso neste combate.

Sempre pensei que Shane McMahon fosse anunciar um representante, mas depois veio a confirmação de que isso não iria acontecer. Os segmentos entre Vince, Shane e Undertaker foram globalmente fracos e espero que tenhamos alguma surpresa agradável no domingo, porque isto foi demasiado mau para ser verdade.

Já há algum tempo que não tenho interesse em alguma coisa em que o “Deadman” participe, mas ainda assim julgo que ele só devia ficar com a derrota contra Brock Lesnar no currículo da WrestleMania. No limite, Shane poderia vencer com uma interferência do Bálor Club, mas estes ainda não foram apresentados ao grande público e, por isso, tal podia ser precipitado.

A minha grande esperança é que Undertaker vença e Shane McMahon peça na Raw à sua família que o deixe ficar a tomar conta da SmackDown (já que não pode ficar com a Raw), com o seu próprio plantel, de forma a provar que consegue fazer um melhor trabalho do que eles nessas funções. Mas a esperança não é muita, admito.

Seja como for, espero uma vitória de Undertaker. Era uma falta de respeito pelo plantel que Shane McMahon vencesse.

Este é o combate que mais anseio ver na WrestleMania deste ano. Todos os segmentos em redor desta rivalidade foram de encher o olho, sem que Dean Ambrose e Brock Lesnar precisassem de andar à pancada todas semanas. O único aspeto menos positivo foi o tempo que se perdeu com o Roadblock, mas não é por aí que este combate perde interesse.

As lendas a ofereceram as suas armas a Ambrose como uma passagem de testemunho, o segmento na última Raw em que o “Lunatic Fringe” enche o carro com armas, mostrando que uma ação vale mais do que mil palavras… Enfim, conseguiram deixar-me a salivar por um combate, o que nos dias que correm é de louvar.

Espero que Brock Lesnar vença, visto que é urgente que recupere a sua aura, ao mesmo tempo que têm de garantir que Dean Ambrose sai da WrestleMania como uma estrela.

Por fim, não acredito que Bray Wyatt interfira. Acredito, isso sim, que tenhamos sangue e um combate pouco PG.

Finalmente, o combate pelo qual todos devíamos aguardar ansiosamente, mas que, pelo menos no meu caso, me desperta apenas indiferença.

Não me interpretem mal. Acredito que o combate seja bom, ainda para mais com a estipulação que foi acrescentada ontem (combate sem desqualificações).

Os próprios segmentos nas últimas semanas foram bons. Não me lembro de ouvir Roman Reigns a falar ao microfone, lembro-me dele apenas a dar porrada a Triple H e a ser aquilo que nós queremos que ele seja.

Mas desde o Royal Rumble que ele está condenado. Desta vez, nem o Roman Reigns “versão que todos queremos ver” o conseguirá salvar. O que é pena.

A WWE podia perfeitamente ter seguido um caminho em que a Autoridade custaria o Título da WWE a Roman Reigns e este ia atrás da sua vingança, com a estipulação que, caso Triple H perdesse, a Autoridade deixava de existir. Em vez disso, preferiram que o combate tivesse o título em jogo, decisão com a qual nunca concordei e cuja opinião se foi tornando mais forte ao longo dos tempos.

Reigns foi campeão durante dois meses. Recuperar o título agora não vai fazer dele uma estrela maior do que aquela que já é. Ele não é o injustiçado à procura do seu grande momento; é o homem que teve o seu grande momento em dezembro.

Triple H, por sua vez, é o “pai” do NXT e vai ser imensamente ovacionado. Este combate tem tudo para correr mal, por isso pode ser que a WWE tire uma carta da manga e nos surpreenda.

Espero que não tenhamos interferências neste combate. A menos que seja um heel-turn de John Cena!

Quanto ao papel que a Wyatt Family poderá ter neste evento, gostaria, como já disse, de ver Bray Wyatt a dominar a “Battle Royal”. A ideia de que ele vai intervir nos três combates principais parece-me absurda. A ideia de que vai intervir num deles parece-me forçada. Mas nunca se sabe o que vai na cabeça da equipa criativa e a verdade é que a WWE gosta da Wyatt Family, por isso é sempre possível que lhes deem um destaque que nós, fãs, não estamos a imaginar que eles irão receber.

Em jeito de conclusão, devo dizer que, apesar de tudo, espero uma boa WrestleMania. Nenhuma WrestleMania teve apenas grandes combates e grandes clássicos. A deste ano, caso tenhamos sorte, poderá dar-nos quatro ou cinco combates que recordaremos durante muitos anos.

Além disso, gostaria de ver um momento chocante/histórico, como tivemos nos últimos dois anos. Pese embora a fraca construção, as minhas expectativas para esta WrestleMania estão altas. Simplesmente porque é a WrestleMania e é isso que devemos exigir à WWE.

Desejo-vos então um excelente fim de semana prolongado de Wrestling, começando hoje (madrugada em Portugal) com o NXT Takeover: Dallas e terminando na sempre aguardada Raw pós-WrestleMania.

Sobre o Autor

- Autor do espaço "Cutting Edge".

28 Comentários

  1. BRUNOju - há 8 meses

    Eu não estava sabendo dessa mudança no card. Ficou melhor assim… Talvez seja um indício de que estão guardando uma surpresa, quem sabe Cesaro retorne e vença novamente! Ou talvez querem só dar um grande momento – GRANDE… – para Braun Strownman, que acredito ser cotado para vencer.

    Quanto aos outros combates eu concordo contigo, Brock Lesnar vs Dean Ambrose é o que mais aguardo nesse evento, porém meu palpite é outro: Quero que Dean Ambrose vença. É um combate violento e há várias formas dele vencer sem prejudicar Lesnar, enfim, espero que ocorra bem e que eu não saía decepcionado.

    A Triple Threath, Aj Styles vs Chris Jericho e a Ladder Match são os outros combates que aguardo bastante. Shane vs Undertaker, não sei se será um combate muito bom como várias pessoas esperam, o que mais me interessa é o resultado.

    Ainda bem que hoje há TakeOver! Será brutal, assim como o Raw na segunda.

    • danielLP21 - há 8 meses

      Sinceramente dar a vitória ao Strowman em vez de a dar ao Wyatt… enfim, espero que não avancem com isso.

      De resto, completamente de acordo.

  2. "Awesome" Hater - há 8 meses

    “As lendas a ofereceram as duas armas a Ambrose”

    Pequeno erro que deixou passar, creio eu. Muito bom artigo. Aposto também numa vitória do Ryback, mas para equilibrar, ja que acredito que os smarks ficarão muito felizes com as vitórias da Sasha, AJ e KO.

  3. Tibraco - há 8 meses

    Discordo do teu preâmbulo. Esta RTW, na minha opinião, vem na linha daquilo que têm sido as RTW’s dos últimos 4/5 anos. Não estou super ansioso para o evento mas acho que temos um bom card e os combates principais tiveram, na medida dos possíveis, boas histórias.

    Ryback vs Kalisto. Sem dúvida, deviam ter posto o Kalisto a defender o Título no ladder match. Enfim, acho que o Kalisto retém e espero um combate de qualidade razoável.

    Usos vs Team 3D. Bah, não me aquece nem me arrefece. Não estou a fazer conta de ver, portanto não me incomoda. Aposto nos heels.

    Battle Royal. Concordo contigo. Se não for o Wyatt, dão a vitória a um Kane. Mesmo assim, se fosse para apostar, diria que o Bray entra aqui e domina aquilo tudo. Ele tem que, obrigatoriamente, de ter um papel nesta WM e já acreditei mais que interferisse no Brock vs Dean.

    ND vs LoN. 100% de acordo. Os ND vencem e é bem merecido.

    Ladder Match. Concordo com a análise embora ache que o booking do KO tem caído bastante de qualidade. Acho que ele retém e torço por isso. Não gostava de ver o Ziggler a ter mais um reinado inócuo.

    AJ vs Y2J. Como sabes, gostei muito desta rivalidade. As coisas foram feitas com calma e com lógica. Só pode acabar com uma vitória do AJ e curtia que tivessem um último combate no ER.

    Divas. Eu dava a vitória à Becky mas eles não vão resistir à tentação de dar o Título à Sasha. E no SummerSlam é certinho que temos Sasha vs Bayley.

    Shane vs Taker. Não concordo. Analisar esta história dava pano para mangas porque tem bons e maus aspectos. Seja como for, é um combate que me desperta interesse e, pese embora o quão over está o Shane, o Undertaker tem de vencer. Nem outra coisa me passa pela cabeça.

    Dean vs Brock. Este sim, é para desfrutar. Embora ainda estejamos em Abril, é combate com potencial para ser o melhor do ano. Vence o Brock, sem dúvida, e também não acredito que o Bray interfira aqui.

    Reigns vs HHH. Sem estar ansioso, é um combate que vou gostar de ver. No entanto, dou a mão à palmatória e admito que ter o HHH como campeão foi um fiasco. Acredito que o Vince apareça e o Shane ajude o Reigns a equilibrar as contas. Um heel turn do Cena seria fabuloso mas, infelizmente, não acredito. Em suma, acho que o Reigns vence com a ajuda do Shane, algo que levará a uma rivalidade com o HHH.

    De resto, excelente antevisão como é teu hábito. Estás cada vez melhor neste registo, parabéns!

    • danielLP21 - há 8 meses

      Obrigado.

      Não sei… Só sei que no ano passado estava muito mais em pulgas.

      Esqueceste-te do combate feminino de equipas?

      Era tão bom que o Bray Wyatt participasse e dominasse aquilo… Mas não quero criar expectativas. Tenho um feeling que vai ser mesmo o Kane.

      Ficava chocado se a Becky vencesse.

      Eu entendo quem está empolgado com o Hell In A Cell, mas não me conseguiram vender o combate em condições. Claro que estou curioso para ver o que vai sair daqui e se há continuação. Aliás, esqueci-me de dizer isto no artigo: se o Shane perder e se for embora, é uma chapada nos atletas que fazem parte do roster, no sentido em que o Shane terá sido escolhido porque não viram mais ninguém que pudesse fazer frente ao Undertaker.

      Se o Reigns vencer com ajuda do Shane, não sei se a reação dos fãs será positiva…

  4. Silveira9 - há 8 meses

    Grande artigo Daniel.

    No Pre Show acho que o Ryback,a Team Bad e os Usos saem vencedores.

    O primeiro combate do Main Card deve ser o combate pelo título Intercontinental. Mas agora decidiram fazer um Jeff Hardy Memorial IC Ladder Match? Não tinha sido muito melhor fazerem este combate pelo USA e fazerem Zayn vs Owens? Não podiam ter posto o Tyler Breeze? O que é que o Ryder,o Sin Cara e o Stardust,com todo o respeito, estão lá a fazer? Enfim… espero um bom combate,com grandes spots e uma vitória do Owens.

    Na Battle Royal aposto numa vitória do Bray,já tinha pensado nessa ideia do Cesaro voltar e ser o último eliminado pelo Bray e agrada-me,mas não sei se o Cesaro volta já. Se a Wyatt Family não participar gostava de ver o Breeze ou Sandow a ganhar,mas deve ser entre Kane e Mark Henry.

    Os New Day devem ganhar.

    Espero também uma vitória do AJ,mas não ficaria surpreendido se o Y2J ganhasse, possivelmente vai ser um dos dois combates da noite.

    O combate entre o Brock e o Dean é também o que estou mais ansioso,tem tudo para ser um combate que nos lembremos durante muitos anos. Espero sangue e muita violência.Quanto ao resultado acho que uma vitória do Ambrose não é impossível mas aposto numa vitória do Brock.

    Tenho pena que o Cena se tenha lesionado,este ano era perfeito para fazerem Taker vs Cena.
    O combate do Taker também foi um dos que teve pior construção… então o Taker diz que o sangue do Vince está nas suas mãos mas está a lutar por ele na Wrestlemania? O Vince diz que se o Taker perder esta é a sua última Wrestlemania,mas se ele perder deixa de ter poder,como pode fazer isso?
    O combate vai valer pelos spots e o Shane vai matar se 47 vezes. Vitória do Undertaker.

    Chegando ao Main Event,espero mais um grande combate,com o Reigns a sair campeão. Não vou escrever mais nada porque já disseste tudo.

    Que venha o Takeover!

  5. Reigns one versus all - há 8 meses

    Bom artigo,Daniel.
    Pessoalmente não estou muito entusiasmado para a WrestleMania, o booking em várias rivalidades tem sido horrível,mas enfim,acho que a WWE ainda pode fazer alguma coisa para nos surpreender.

    Kalisto vs Ryback
    Esta feud para mim tem sido “miserável”, não estou minimante interessado em ver este combate.
    Espero que o Kalisto ganhe.
    Já agora,impressionante como em 1 ano a título dos EUA passa de um dos main events da WrestleMania para o kickoff.

    5 vs 5 divas
    A feud não está ma de todo,mas Eva Marie neste combate e como face quando tem um heat enorme?Epa,por favor não brinquem WWE.
    Só estou interessado na estreia da Lana em ringue.

    Battle Royal
    Acho que aqui vamos ter uma vitória para o Mark Henry,pelo que li ele está de saída e se calhar ganha este prémio tipo como um ” título de carreira”
    Mas queria que ganhasse o Cesaro(se lutar) ou o Bray Wyatt.

    Usos vs Dudleys
    Só tenho a dizer que é um combate para encher o card.
    Mas espero um combate minimamente razoavel e acho que os Usos ganhem.

    New Day vs League Of Nations
    Porque é que este combate não é pelo título?
    Quero dizer,fazem 2title matches em 2 Raw’s seguidos entre eles e na WrestleMania é um simples combate.
    Vá se lá perceber a WWE,no entanto,espero que os New Day ganhem.

    IC title Ladder match
    Porquê que não temos Sami Zayn vs Kevin Owens pelo título?Mais um erro de booking na minha opinião.
    É o pior é que há participantes no combate totalmente escolhidos ao calhas.
    Espero um ótimo combate,quanto ao resultado espero que o Owens ou o Zayn ganhem,para continuar a feud deles.

    AJ Styles vs Chris Jericho
    A feud foi bem construída,e apesar de já termos visto este combate 3 vezes,espero que este combate seja melhor que os anteriores e podemos ter aqui um dos melhores combates do show.
    Espero que o AJ Styles ganhe e que terminem a feud na WrestleMania.

    Charlotte vs Becky vs Sasha
    Combate com uma construção com pés e cabeça,nada de espetacular,mas foi decente.
    Espero que saia daqui um grande combate(se lhes derem tempo)e que tenhamos o inicio real da revolução do wrestling feminino.

    Dean Ambrose vs Brock Lesnar
    A feud tem sido muito boa,temos tido ótimos segmentos entre eles e só espero que saia daqui uma autêntica Street Fight entre eles.
    É sim,vamos ter um combate nada PG.
    Mesmo que não ganhe,este combate vai elevar o Ambrose e cimenta-lo como o “Iron Man” na WWE.
    Brock Lesnar não perde,daí a minha aposta vai para o Lesnar.

    Shane Machmaon vs Undertaker
    Feud razoável.O normal quando o combate tem a ver com autoridade e controlo de algo.
    Tenho pena de não ter havido melhor para o Taker,mas agora não há nada a falar.
    Acho que o combate devia terminar de forma a quem perder não sair totalmente derrotado.
    Vou apostar,sem certezas,no Undertaker.

    HHH vs Roman Reigns
    O combate vai ser bom,agora a reaçao dos fãs é que não vai ser agradável,caso não haja um grande final.
    Gostava de ver o Reigns a virar heel durante o combate e ganhar,mas não sei como é que isto vai acontecer.

    Já agora,Daniel,o que esperas do Takeover Dallas,estas “ansioso” para ver?

    Por fim,desejo-te a ti a todos os que frequentam o Wretling pt um bom Takeover e uma boa WrestleMania

    • Eva não está face, até porque pela a expressão das restantes Divas… acho que ela ira se virar contra as TD e custar o combate, a WWE quer ela com um heat insano ( já está).

    • danielLP21 - há 8 meses

      Obrigado.

      Desculpa só responder agora. Estava ansioso pelo Takeover, sim, mas desiludiu-me um pouco. Podes ver o meu comentário no posto do evento.

  6. Lucas - há 8 meses

    Um dos motivos do título das duplas não está em jogo é que está sendo especulado que alguns integrantes da league of nations pode deixar a WWE

  7. RFBM - há 8 meses

    Bom artigo Daniel, discordo apenas com alguns resultados que apontas. No combate pelo título dos Estados Unidos, estou indeciso, mas decidir ir pelo “facto” de que os faces costumas vencer na Mania e por isso aposto no Kalisto. No 6-man Tag, dou a vitória à equipas BAD & Blonde, por ser o primeiro combate de Lana na WWE. Já no combate de Escadote, penso que o Sami poderá vencer, para que a seu feud com o KO continue.

    • danielLP21 - há 8 meses

      Obrigado.

      Como o combate é no kick-off, não está muito presente essa lógica de os faces vencerem, a meu ver. Mas se o Kalisto ganhar também não vou ficar surpreendido, verdade seja dita.

      Fui pela lógica de ser o último combate da Brie, mas de facto a estreia da Lana pode também ser um fator importante para o resultado do combate.

  8. sobrinho do fofinho kevin owens - há 8 meses

    Excelente artigo novamente Daniel.

  9. TNA Best Wrestling - há 8 meses

    Considero VC Daniel dos que faz artigo nesse site o que tem a melhor visão sobre a WWE hj , acho que colocar wrestlers de quase 50 anos nós combates principais com tanta gente talentosa é realmente ter um péssimo booking.
    A sorte é que a concorrência errou mais que a WWE se não poderia estar tudo diferente agora mais quem sabe no futuro alternativas é o que não falta .

    • danielLP21 - há 8 meses

      Muito obrigado.

      A concorrência não erra nem mais nem menos, simplesmente não tem o dinheiro que a WWE tem e, por isso, é complicado manter os seus melhores lutadores.

      Enquanto não aparecer outro Ted Turner, as coisas vão continua assim.

  10. Diogo7 - há 8 meses

    Boa antevisão, lixoso.

    Kalisto vs Ryback (US Title): Rivalidade muito fraca. Combate sem qualquer interesse para a WM. Quem crl quer ver Kalisto vs Ryback numa WM? Tenho pena de ver o US Title a ser defendido no pre-show, mas com combates deste interesse, mais vale. Aposto no Ryback, porque o reinado do Kalisto está muito fraco (ele é mesmo campeão?) e o Ryback fez o turn há pouco tempo.

    Total Divas vs BAD & Blonde: Não tenho o mínimo de interesse por isto. A Eva Marie estar na equipa face é de rir. A Emma é uma excelente aquisição da equipa heel, mas acho que não devia ter subido só por causa deste combate. Aposto na equipa das heels, porque acho que a Eva Marie vai custar o combate à sua equipa.

    Usos vs Dudleyz: Um combate de SD numa WM. Claro que só podia ir para o kickoff. Dudleyz ganham, acho eu.

    Andre The Giant Memorial Battle Royal: Tenho 4 candidatos. Bray Wyatt, Braun Strowman, Cesaro e Kane. Caso nenhum dos três primeiros participe, acredito que o Kane vença.

    New Day vs LON: Vou ter mais interesse na entrada dos New Day, do que no combate. Os New Days já venceram a League duas vezes pelos Títulos. Não sei a razão para dar a vantagem numérica à LoN num combate sem os Títulos em jogo. Preferia que tivessem feito um combate com 4 equipas como fizeram em anos anteriores.

    IC Ladder Match: Isto devia ter sido Owens vs Zayn, mas a WWE preferiu fazer um one-on-one pelo USA, o que é de rir. Só o Owens e o Zayn têm hipóteses de vencer. O resto está lá para fazer número, mesmo o Ziggler que foi a tua aposta. Acho que o Owens vence, e depois tem uma rivalidade com o Zayn, mas eu adorava que vencesse o Ryder como já sabes ahahaha

    AJ vs Jericho: Melhor rivalidade desta WM a par de Lesnar/Ambrose. Com o Jericho a heel é outra coisa. Embora já tivessem combatido 3 vezes, este combate vai ter uma dinâmica bem diferente com o Jericho a vilão. Espero que consigam superar os seus anteriores combates. Vence o Styles, sem dúvida.

    Women’s Triple Threat: Gostei muito desta rivalidade. Estão as três bem credíveis como tu disseste. Acho que vai vencer a Sasha, embora não descarte a Becky. Espero bem que a WWE dê tempo a estas três fantásticas wrestlers para mostrar o que valem no maior palco de todos.

    Shane O’Mac vs Undertaker: Achei esta rivalidade um bocado incoerente. Adorei o regresso do Shane, foi um grande markout moment para mim (e quase todos), mas acho que este combate não faz sentido. A WWE quer que os fãs apoiem o Shane para tirar a Autoridade do poder e metem o Undertaker como seu adversário na WM, em casa e com a sua carreira em jogo?! Como é que os fãs vão apoiar o Shane com unanimidade numa situação destas? Eu acho que o combate deve ser bom, com o Shane a ter uns spots brutais. Acho que o Undertaker ganha.

    Lesnar vs Ambrose: É o combate que estou mais ansioso para ver. Os segmentos entre os dois foram muito bons. Espero o combate da noite. Como expliquei numa noticia, o Brock precisa muito mais da vitória do que o Ambrose. Por isso, aposto nele, mas espero que o Ambrose saía em grande desta WM.

    HHH vs Reigns (WWE WHC Title): A rivalidade não foi má, mas como o Reigns é bastante apupado, parece que se torna demasiado má. Houve dois segmentos que gostei bastante. Também concordo que este combate devia ser com a Autoridade em jogo, e não pelo Título. Os fãs não aceitam o Reigns como a nova cara da companhia, por isso é que o Reigns parece o vilão e o Triple H o herói. O booking dele também tem sido mau. Acredito que com a nova estipulação o combate será bom. O Reigns ganha o Título, obviamente.

  11. Hildo - há 8 meses

    Bom artigo, Daniel.

    Não acho que essa RTWM tenha sido ruim, apenas seguiu o que a wwe vem apresentando há anos.
    A RTWM do ano passado também não foi das melhores, na última Raw antes da WrestleMania, Reigns e Lesnar no único “face to face” que tiveram, puxaram o WWE WHC como se fosse um brinquedo…. A RTWM desse ano talvez tenha o pela falta de surpresas e tal. Mas não acho que tenha sido de toda ruim.

    Kalisto vs Ryback: Não acho que é Ryback vença, e também sou da opinião que o US title deveria ser defendido em uma ladder match, mas enfim… Espero pelo menos um combate agradável.

    Usos vs Dudleyz: Eu juntaria ambas equipes com o New day e os lon e colocaria um TLC como estipulação. Também não acho que tenha sido ruim a construção, mas é um combate que só foi marcado porque sim.

    Total divas vs Team bad: teve uma boa construção, espero um combate razoável e vence as total divas.

    Batle Royal: Gostaria muito que o Bray Wyatt dominasse esse combate e vencesse, mas duvido que ele sequer esteja no combate… Minha aposta foi no Mark Henry, mas não faço ideia de quem vença.

    New Day vs LON: Fiquei decepcionado quando soube que o combate não seria peloes títulos… Depois de praticamente um ano a brilhar, os new day mereciam defender o título om sucesso na WrestleMania. De qualquer forma, espero uma vitória dos new day e quem sabe o Ballor não vá direto para eles na RAW pós WrestleMania.

    Ladder match: Fiquei frustrado por esse combate ter sido marcado pelo título IC, o Zayn foi tratado como qualquer um, o Owens teve um ano passado melhor que a grande maioria do roster e vai ter que ter um combate contra Zack Ryder, Stardust e Sim Cara… Minha aposta vai para o Owens, se o Zayn tivesse sido retratado de outra maneira minha aposta seria nele, mas acredito que o Owens retém e a feud entre eles segue para o Extreme Rules.

    Aj styles vs Chris Jericho: Gostei da construção, finalmente temos o Jericho como heel e deixando a feud ainda mais interessante, espero que vença o Aj, mas não me surpreenderia uma vitória do Jericho.

    Charlotte vs Becky vs Sasha: Pra mim, a surpresa dessa RTWM, combate que foi muito bem construído, e se tiver tempo pode ser um dos combates da noite. Minha aposta é na Sasha, trazendo o Women’s title de volta na noite seguinte.

    Shane vs Taker: Não acho que tenha sido uma desilusão, e também não sei porque esperavam que o Shane fosse anunciar alguém para combater em seu lugar, raramente a WWE muda algum combate que já tenha sido anunciado, ainda mais em uma WrestleMania. Espero uma guerra entre esses dois, acho que vence o Taker, sendo ou não o main event, estou ansioso para esse combate.

    Lesnar vs Ambrose: Provavelmente aqui teremos o combate da noite, talvez do ano, também acredito que tenha sangue, tarraxas e tudo mais. Espero que o Lesnar vence, e torcendo para que seja um combate enorme, o Ambrose sai dele uma estrela maior ainda.

    Reigns vs Triple H: Não achei nada de mais nessa feud, Reigns vence com ou sem estipulação. Eu faria esse combate acabar com um Double turn, com a Stephanie trocando o HHH pelo Reigns, mas isso é impossível, então espero pelo menos um bom combate.

    Não faço ideia do papel do Bray Wyatt nesse WrestleMania, espero que seja mesmo a batle Royal com ele a dominar tudo e todos.

    Espero um bom evento.

    • danielLP21 - há 8 meses

      Obrigado.

      Ahahahahah, a Stephanie a trocar o HHH pelo Reigns?! Que novela :D

      Apesar de tudo, também espero um bom evento.

  12. Previsões Controversas - há 8 meses

    Vamos às Previsões Controversas:

    – Kalisto vs Ryback – Kalisto vence e continua a rei dos Kick Offs

    10 Divas Match – Eva Marie vence e Brie Bella diz Bye Bye entre os apupos à Eva

    Usos vs Dudleyz – Usos vencem para poderem ter uma promo a incentivar o Roman no locker room

    Andre The Giant Battle Royal – Mark Henry vence para ter uma promo a incentivar o Roman no locker room

    New Day vs League of Nations – League of Nations vence porque os títulos não estão em disputa

    7 Man Ladder Match – Zayn anula Owens, Ziggler vence e tem o seu Wrestlemana Moment no meio dos rejeitados

    AJ Styles vs Chirs Jericho – Chris Jericho vence porque Aj Styles precisa de um Wrestlemania Moment ao nível do Ex-TNA, Ex-WCW Sting

    Divas Title – Sasha Banks vence porque Snoop Dogg anula o Flair

    Shane vs Undertaker – Undertaker vence provavelmente com interferências à mistura (Vince, talvez Dudleyz, Shawn Michaels, X-Pac, etc…)

    Dean vs Lesnar – Lesnar vence com interferência da Wyatt Family. Os Wyatts chegam para atacar o Lesnar mas o Dean quer defender para si a sua presa Lesnar e por isso vira-se aos Wyatts. Lesnar aproveita os Wyatts caídos e Dean abatido para o vencer com o F5.

    HHH vs Roman – HHH vence com interferência (possível estreia do Balor Club)

    Raw pós-Wrestlemania:

    Undertaker e Shane desaparecem de TV até sabe Deus quando

    Brock Lesnar desaparece da TV até ao Verão

    Dean vs Wyatts rivalidade: combate Dean e Usos vs Wyatt Family 6-man tag

    Charlotte face turn e Flair desaparece da TV, novo título de Womens revelado

    Triple H, Authority e Balor Club festejam, segmento de abertura da RAW com a autoridade de meia hora.
    John Cena faz o seu regresso e confronta a autoridade, é ajudado por Roman Reigns.
    Feud John Cena vs HHH pelo título
    Main event do RAW: John Cena e Reigns vs Balor Club

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador