Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Cutting Edge #71 – Hello Backlash, my old friend

É já no próximo domingo que a WWE vai realizar o primeiro PPV exclusivo da SmackDown: o Backlash, que regressa ao fim de mais de sete anos. Trata-se de um PPV com imensa História na WWE e que incluiu clássicos como The Rock vs Triple H (2000), Chris Benoit vs Kurt Angle, Two Men Power Trip vs Brothers of Destruction (ambos em 2001), Goldbeg vs The Rock (2003), Randy Orton vs Cactus Jack, Chris Benoit vs Shawn Michaels vs Triple H (ambos em 2004), Shelton Benjamin vs Chris Jericho (2005), Chris Benoit vs MVP (2007), Shawn Michaels vs Batista (2008) ou Edge vs John Cena (2009).

Este ano, nenhum combate tem o Star Power de alguns desses clássicos e não se prevê que a qualidade dos embates de mid-card sejam tão bons como, por exemplo, Chris Benoit vs Kurt Angle ou Shelton Benjamin vs Chris Jericho.

É um sinal dos tempos atuais. A falta de estrelas criadas nos últimos seis anos está agora a refletir-se nos dias de hoje. Basta olhar para a SmackDown e notar que, na ausência de John Cena, o Star Power desce drasticamente e os poucos lutadores credíveis têm de lutar entre si, visto que, caso contrário, os resultados seriam óbvios.

Se em vez de um Bray Wyatt vs Randy Orton tivéssemos um Bray Wyatt vs Apollo Crews, alguém acredita que o segundo sairia vencedor? Aliás, basta ver o que aconteceu no SummerSlam, quando Dean Ambrose defendeu o Título da WWE contra Dolph Ziggler e ninguém acreditava na vitória do “Show Off”. No Backlash, o resultado do combate pelo título já é mais imprevisível, visto que será disputado entre dois wrestlers que estão ao mesmo nível no que toca ao seu estatuto.

Porém, temos que aceitar o cartaz do evento deste ano e destacar o que há de positivo, mais que não seja o simples facto de ser o primeiro PPV exclusivo de uma brand desde o regresso da Brand Split.

Em princípio, o PPV começará com a meia-final do torneio que coroará os Campeões de Tag Team da SmackDown. Antes de mais nada, acho que o nome do título é uma parvoíce e preguiça pura e dura. Ainda não percebi se o nome dos títulos atualmente na posse dos New Day vai mudar para “Raw Tag Team Titles” ou se continua o mesmo, mas dar o nome de “SmackDown Tag Team Titles” aos títulos de equipas da SmackDown não me agradou minimamente. Agradou-me, sim, a beleza dos títulos. Muito mais bonitos que os W…W…E… World… Tag… Team… Championships (tentativa falhada de ser engraçado).

Quanto ao torneio em si, o heel-turn dos Usos foi uma lufada de ar fresco e o facto de terem feito com que os American Alpha (continuo sem gostar deste nome) tivessem que sair do torneio dá-lhes algum heat.

Heat esse que espero ver aumentado com a conquista dos títulos na final do torneio (presumivelmente, o penúltimo combate da noite), depois de vitórias sobre os Hype Bros e, sobretudo, a equipa de Rhyno e Heath Slater, que irá assim continuar a tentar ganhar um contrato ou, mesmo perdendo, talvez impressione Shane McMahon e Daniel Bryan de tal maneira que estes lhe ofereçam um emprego na mesma.

A minha aposta para segundo combate do Backlash, embora não me surpreenda caso seja o terceiro. Apostar claramente numa vencedora não é muito sensato, visto que não há uma candidata mais destacada do que as outras.

Becky Lynch pode ser a primeira Campeã Feminina da SmackDown (a minha opinião sobre o nome do título é a mesma que a dos Títulos de Tag Team) porque é, entre as Four Horsewomen, aquela que nunca ganhou nada na WWE (contando com o NXT). Já está há mais de um ano no main roster e, tendo em conta que ficou separada de Bayley, Charlotte e Sasha Banks, é de supor que será a cara da Divisão Feminina da SmackDown. Porém, como no caso de Jason Jordan e Chad Gable – claramente a principal equipa da sua divisão -, isso pode não significar que vai ser ela a estrear o novo título.

Nikki Bella é a candidata com mais nome e, por isso, uma forte hipótese para sair como vencedora. Carmella teve um heel-turn há pouco tempo e fez Nikki desistir na última SmackDown, o que lhe confere alguma credibilidade. Naomi voltou de lesão como babyface (o que pode indiciar um push)mas não se tem destacado por aí além. Alexa Bliss, por ser uma novidade no plantel principal, pode ter aspirações e, por fim, Natalya tem a possibilidade de receber um prémio por todos os anos que leva de casa e também porque tem feito um ótimo trabalho como heel (muito melhor neste papel do que como face).

Resumidamente, todas têm hipóteses. Aposto em Becky Lynch, pelas razões que apontei em cima, mas sem qualquer tipo de certeza. Acrescento ainda que, pessoalmente, tenho pena que Eva Marie não participe neste combate. Estava a apreciar bastante os segmentos protagonizados por ela antes da sua suspensão.

O terceiro combate da noite (ou segundo, caso o feminino venha mais tarde) será pelo Título Intercontinental.

Ainda não abordei este assunto aqui no “Cutting Edge”, mas a promo que The Miz fez no Talkin’ Smack há duas semanas foi das coisas mais lindas que vi como fã de Wrestling. E já são catorze anos nestas andanças!

Normalmente, considero exageradas as manifestações de rejubilo excessivo vindas da comunidade online em relação a alguma promo ou combate (Shinsuke Nakamura vs Sami Zayn, por exemplo), mas neste caso não podia estar mais de acordo: estamos mesmo a falar de uma das melhores promos dos últimos (largos) anos. The Miz é simplesmente um dos melhores de sempre (sim, de sempre) com um microfone nas mãos e isso ninguém lhe tira.

Não sei até que ponto estava nos planos da WWE uma mudança de um tom mais cómico para um tom mais sério na personagem de Miz depois daquela promo, mas a verdade é que a partir dali nada seria igual e estou a gostar dessa mudança, mesmo sendo fã da versão “Hollywood” do Campeão Intercontinental.

Por tudo isto, não quero acreditar que lhe vão tirar já o título. E se o fizerem, não duvido que o recupere em breve.

Sim, é verdade que Dolph Ziggler já perdeu no SummerSlam com o Título da WWE em jogo e perder agora seria dizer que ele “nem para o mid-card é bom”, mas a prioridade neste momento é The Miz e a sua recuperação como personagem. Chega do campeão que serve como saco de pancada de Randy Orton durante a feud com Brock Lesnar. Está na hora de Miz voltar a ser protagonista e não apenas um apresentador do MizTV que serve para colocar over as outras histórias.

Além disso, acho que seria um programa engraçado ver Heath Slater e Miz a lutarem pelo Título Intercontinental em breve. E, quem sabe, talvez Slater pudesse ganhar o seu primeiro título individual, caso o apoio dos fãs se mantivesse.

Quanto a Dolph Ziggler, neste momento não há muito que possa fazer. Julgo que um heel-turn (originado pelas derrotas em combates com títulos em jogo) seria a melhor opção, até porque o apoio dos fãs já não é o que era. A partir daí, uma rivalidade com Apollo Crews seria algo que gostava de ver, até porque não há muitas opções (Kalisto, Curt Hawkins, Rhyno…). O mid-card da SmackDown, de facto, perde muito em comparação com o da Raw.

O segundo combate mais importante do ano colocará frente-a-frente Randy Orton e Bray Wyatt. O primeiro vem de uma derrota decisiva contra Brock Lesnar no SummerSlam; o segundo nem nesse PPV teve lugar e necessita de vitórias relevantes como do pão para a boca.

Não sabendo quanto tempo irá durar este PPV, acredito que cheguem a um segundo PPV. Por isso, aposto em Orton como vencedor no Backlash, com Wyatt a sair por cima no final da rivalidade. Contudo, não tenho certezas, mas a rivalidade ainda parece muito início para acabar já.

Uma rivalidade que também ainda parece numa fase muito embrionária é a protagonizada por AJ Styles e Dean Ambrose. Aliás, nem sinto que isto seja uma verdadeira rivalidade. Um segmento em que o candidato ao título fica com as suas partes íntimas nas cordas, como se não conseguisse sair de lá, enquanto o campeão age não como um lunático mas antes como uma criança de dez anos, e um confronto de oito minutos na última SmackDown antes do PPV  não chegam para me convencer.

Quando Dean Ambrose conquistou o Título da WWE, fiquei contente. Quando derrotou os dois ex-parceiros, senti que ele se valorizou. A partir daí, tem vindo em queda livre e, pessoalmente, julgo que este reinado já deu o que tinha a dar. Ambrose era o meu favorito, mas neste momento é-me quase indiferente.

Ainda assim, julgo que vai sobreviver mais um PPV como campeão. Como disse, esta rivalidade ainda está a começar e, por isso, não vejo grande sentido em ter já AJ a conquistar o título; por outro lado, já perdeu alguns combates pelo título e, depois de vencer John Cena de forma limpa, está completamente lançado para ser campeão.

Apesar disso, continuo a apostar em Dean Ambrose, até porque, tendo em conta que AJ Styles anda com acessórios de Cena, calculo que essa rivalidade ainda não tenha acabado e, no fim, sairá Cena por cima. E não me parece que o título vá estar em jogo.

Espero, então, um PPV razoável, talvez com um bom main-event, até porque AJ Styles é neste momento o melhor wrestler da SmackDown, destacando-se até nas promos. É incrível o trabalho que tem feito como heel e na última SmackDown fiquei estupefacto a olhar para ele, tal é a diferença para os seus registos anteriores.

Não será um Backlash como os de outros tempos. Não vejo nenhum clássico a sair deste PPV. Tal como com o PPV, também o campeão já teve melhores dias e necessita de alterações na sua personagem. Está a tornar-se demasiado infantil. Enfim, os tempos mudaram.

Por fim, gostaria que o PPV tivesse menos de três horas, visto que terá apenas seis combates – pelo menos, é o que temos confirmado até agora. Mais do que isso seria arrastar demasiado o evento.

Desejo um bom Backlash a todos, um ótimo fim de semana e cá estaremos na próxima sexta-feira para mais um “Cutting Edge.

Sobre o Autor

- Autor do espaço "Cutting Edge".

24 Comentários

  1. PedroBITW - há 3 meses

    Bom artigo Daniel.
    Estou convencido que o Slater e o Rhyno vão ganhar o torneio e o Slater arranja finalmente contrato xD é estranho para mim ver esta dupla porque nunca me passou pela cabeça eles formarem tag team mas acho que até pode resultar. O Slater é extremamente carismático e merece esta oportunidade e o Rhyno é um veterano da ECW, como tal têm tudo para ser uma boa tag team face (já que têm o apoio do publico).
    E digo face porque já são demasiados os Heels que mais parecem faces pelo apoio do publico (KO, Styles, Rollins).
    Em relação ao Main Event acho que ganha o Styles. O Ambrose não está a ser interessante como campeão e o Styles vem de uma grande vitoria sobre o Cena, pelo que está embalado para ganhar já o titulo.
    De resto concordo com tudo.

    • danielLP21 - há 3 meses

      Obrigado.

      Só vejo os Usos a perderem se houver interferência do Jason Jordan (já que o Gable está “lesionado”), mas sinceramente aposto nos gémeos.

  2. Foto de perfil de Facebook

    flavien69 - há 3 meses

    nem sei se o orton vs wyatt vai ser uma rivalidade. pode ser so um combate . este combate vai servir para fazer o randy orton o proximo candidato ao titulo

  3. Eugen3 - há 3 meses

    Desculpem se perdi alguma coisa, mas com os Hype Bros foram repescados no torneio de tag team?
    Eles não perderam para o Slater e Rhyno? Não deveria ser agora a final entre Usos/Alpha vs Slater e Rhyno?

    • PedroBITW - há 3 meses

      Os Usos fizeram Heel turn nos Alpha e lesionaram o Gable.

    • danielLP21 - há 3 meses

      Os Alpha venceram os Usos (num squash) e os Usos atacaram-nos depois do combate, “lesionando” o Gable. Por isso, a meia-final vai voltar a ter lugar, entre as duas equipas que perderam nas meias-finais “originais”.

  4. 434 Days - há 3 meses

    Bom artigo Daniel.

    As minhas atenções neste PPV estão principalmente no combate pelo título, não fosse este o main event claro. Houve pouco tempo de construção, mas actualmente o AJ Styles está num nível superior aos restantes para mim, não só no SD, como no conjunto das duas brands, pelo que isto só me deixa com boas expectativas para o combate. Pessoalmente torcerei por uma vitória do Styles, mas um cenário que o Ambrose mantém o título é mesmo muito provável e se tal acontecer pode ser que o seu próximo combate tenha mais atrito entre os dois.

    Na questão dos novos títulos, penso que podem influenciar-se a eles próprios. A minha aposta é que os Usos vencem os títulos ganhando grande heat ao travar o objectivo do Slater. Se tal acontecer aposto na Nikki Bella para ser a primeira campeã. Por outro lado se o Slater e o Rhyno conseguirem ganhar os títulos, penso que a heel que devia ganhar era Natalya, que tal como tu, acho que merece um prémio pelos vários anos de casa.

    Espero um PPV razoável em que o main event pode exceder-se se o Styles e o Ambrose demonstrarem boa química e uma eventual vitória do Heath e Rhyno ou a Becky pode ser um momento de felicidade.

  5. SadisticAnarchist - há 3 meses

    Bom artigo. E também a musica do PPV vai ser a mesma do smackdown.,sem dúvida que os tempos mudaram …. e tambem, ver este ppv depois do summerslam é bocado estranho porque isto costumava ser depois da wrestlemania.

    Tag team tournament: Ganham os Usos porque quero ver isto do Heath e do Rhyno a durar mais tempo porque estou a adorar ahahahah

    Six Pack Challenge: Acho que não há nenhuma mulher neste combate nao merece ser campeã…. todas tem uma razão para o ser mas acho que vai ser entre a Becky, Nikki ou Carmella e ganha a Becky pelo simples facto de ser a unica mulher das 4 horsewomen que ainda não ganhou titulos( NXT ou Main Roster) e porque é a cara da divisão ;)

    The Miz vs Dolph Ziggler: Nao sei porque ainda meteram o Dolph heel outra vez…. é pushs como babyface e ele nao faz nada… mas ganha o The Miz e espero que o mantenha antes do final do ano e para depois o perder contra uma grande estrela do NXT que deve subir antes do final do ano… SAMOA JOE.

    Randy Orton Vs Bray Wyatt: É capaz de ser prolongado como bem disseste no teu artigo e o bray ganhar a feud no final mas prontos, gostava que o Bray ganhasse agora :P

    Dean Ambrose vs AJ Styles: Acho que qualquer cenário que nao seja o AJ Styles a ganhar o titulo e desnecessári, ele tem ganhar mesmo porque o este Dean ja não resulta…… Um heel turn depos do combate talvez ? probably not :P mas concerteza que vai ganhar o AJ Styles.

  6. Artur - há 3 meses

    Bom artigo Daniel. Concordo em todos os seus palpites, mas admito que gostava bastante que o Slater e Rhyno ganhassem os títulos de duplas. Slater está tendo o pop da sua vida e o Rhyno pode acumular mais um título pro seu currículo. Entendo que os Usos poderiam conquistar para se fixarem como equipe Heel de topo da divisão, mas eles podem conquistar o título futuramente. Essa era minha vontade.

    Daniel, gostaria de saber sua opinião sobre a saída do Del Rio. O que achaste?

    • danielLP21 - há 3 meses

      Obrigado.

      Previsível… Eu andava a dizer isso ainda os rumores sobre uma possível saída existiam. Bastava ver os combates dele e notar a falta de motivação.

      É um grande talento, mas a WWE conseguiu dar a ideia de que ele não fará falta (mas para mim vai, sobretudo porque o mid-card da SmackDown está com pouco star power).

  7. Anónimo - há 3 meses

    se os usos lesionaram o gabriel pq diabos tem mais uma oportunidade ? coloquem os hype bros de uma vez na final

  8. Rui Ribeiro - há 3 meses

    Bom artigo. Penso que a construção do PPV podia ter sido melhor, mas mesmo assim espero bons combates neste evento, embora também não espere nenhum clássico:

    Tag Team Tournament: Aqui acho que o Slater e o Rhyno têm boas hipóteses de ganhar vencendo os Usos na final com uma interferência do Jason Jordan. E adorava que isso acontecesse (embora também não fosse mau os Usos ganharem agora que têm esta nova atitude). O Heath Slater tem estado impecável nas últimas semanas. É um “entertainer” fantástico e está bastante “over” com os fãs. Era a altura ideal para apostarem nele de vez.

    Six Pack Challenge: Acho que todas as participantes têm boas hipóteses de sair vencedoras. Neste combate estou a torcer para que ganhe a Becky Lynch ou a Natalya.

    The Miz vs Dolph Ziggler: Neste combate, tudo o que não seja o Miz a ganhar deixa-me desiludido. Estou a gostar muito do que têm feito com ele nestas últimas semanas e espero que assim continue. Se for bem usado, este homem é ouro.

    Randy Orton vs Bray Wyatt: Não me importo que o Randy Orton vença este combate, desde que no fim o Bray Wyatt vença a “feud”. Não adianta de nada meterem o Wyatt em confrontos com grandes estrelas como o Cena, o Rock, o Undertaker e agora o Orton se no fim ele sair sempre por baixo.

    Dean Ambrose vs AJ Styles: A par do combate feminino, é o combate mais imprevisível da noite e vou torcer por uma vitória do AJ Styles. Adoro o Dean Ambrose mas este reinado tem sido uma desilusão. Estou à espera de um bom combate.

    • danielLP21 - há 3 meses

      Obrigado.

      Vocês têm mesmo confiança numa vitória do Slater e do Rhyno :P

      “Adoro o Dean Ambrose mas este reinado tem sido uma desilusão. Estou à espera de um bom combate”. Isto resume o que eu sinto.

  9. BreninhoSF10 - há 3 meses

    Ótimo artigo,acho que não dá pra cobrar muito quanto as construções das rivalidade pois tiveram apenas 3 shows para fazê-la. Mesmo assim,creio que todos os combates serão bons.

    Para mim os primeiros campeões de duplas serão Heath Slater e Rhyno,vencendo os The Usos na final. Estou gostando muito do Heath Slater pós-draft,acho que ele merece um título finalmente (Espero que o booking dê destaque para o Bo Dallas no Raw,assim como está acontecendo com Slater no SmackDown).

    Quanto a primeira campeã feminina, Nikki Bella provavelmente. Até para antecipar uma rivalidade por esse título,acredito que eles estejam desenvolvendo essa feud entre ela e a Carmella. Mas gostaria e muito que a Becky ou Alexa vencessem e rivalizassem uma com a outra.

    Pelo título Intercontinental,temos The Miz contra Dolph Ziggler. Levando-se em conta o longo reinado do The Miz,as vitórias recentes,inclusive em PPV,acho que teremos um novo campeão já que Dolph anda a perder algumas lutas e não seria legal vê-lo perdido no card,até mesmo para continuar a rivalidade e realmente,The Miz merece destaque,depois dessa feud caso não saísse por cima podia ser preparado para o ME.

    No combate individual,talvez o Bray Wyatt comece ganhando (porque como sempre,perde suas feuds no fim),mas acredito numa vitória inicial de Randy Orton. Gostaria que o Wyatt vencesse a rivalidade para se credibilizar,pois sempre que ele enfrenta algum superstar de nível maior que ele,ele perde. Seria bem interessante ver ele quebrar essa sequência infeliz.

    No Main-Event,pra mim o Ambrose ganha mas seria épico se AJ Styles ganhasse,talvez fosse o grande momento do PPV.

    Uma observação:Já está anunciado que Curt Hawkins voltará e para o SmackDown, mas creio que ele pode voltar já no Backlash,interrompendo em algum combate. Seria uma grande surpresa.

  10. Eric Cartman - há 3 meses

    Concordo com tudo que vc disse também acho que o personagem do Ambrose já não é mais o mesmo de antes.

  11. Johnny Knoxville - há 3 meses

    Bom artigo,Daniel.

    Concordo com todas as previsões menos no que toca ao combate do AJ Styles com o Ambrose.

    No combate feminino, estão todas num patamar muito idêntico no que toca a nível de credibilidade,mas já que aposto na vitória dos Usos no torneio de tag teams, aposto na vitória de uma face, seja a Nikki, a Naomi ou a Becky, vai tmb depender do que a WWE quererá fazer no futuro com as poucas mulheres que tem nesta divisao.

    Por fim, concordo plenamente com o disseste em relacao aos nomes dos títulos, aliás, a WWE já mudou mesmo o nome dos títulos do Raw para “Raw Womens Championship” e “Raw Tag Team Championship” no seu site oficial, fiquei muito desiludido no que tocou ao design e ao nomes dos 3 novos títulos, mas nao será por aí que se perde o interesse em acompanhar os seus combates e as suas histórias.

  12. HeelVDP - há 3 meses

    “O segundo combate mais importante do ano” percebes tanto disto como eu de dança contemporânea.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador