Clica aqui e junta-te ao nosso grupo de Facebook: "Fãs de Wrestling"!

Cutting Edge #90 – See you down the road

Quando se é fã de Wrestling há mais de 14 anos, é normal que comece a haver algum cansaço, sobretudo quando chegamos a uma idade em que surgem novos interesses e/ou a nossa vida começa a ser preenchida com vários compromissos, sobretudo profissionais, que nos tiram algum tempo para fazer aquilo que mais gostamos.

Entrei para esta equipa em Julho de 2013, com a função única de aprovar comentários e moderar o chat do site em dias de Raw , iMPACT Wrestling e PPV’s. Não fazia parte dos meus planos escrever um artigo pela simples razão de não me sentir motivado a fazê-lo, para além do facto de não saber como iria arranjar temas para escrever todas as semanas. Se não fosse para escrever todas as semanas, mais valia nem começar um espaço de crónicas.

Quase dois anos depois, porém, decidi finalmente dar um passo em frente e começar o “Cutting Edge”, algo que vários visitantes do site já me tinham proposto que fizesse e que, pessoalmente, me dava imenso orgulho, já que tal era sinal de que me tinham em óptima consideração.

Nos primeiros tempos, os meus artigos pecavam pela falta de qualidade. Depois, comecei a evoluir até chegar a um nível bastante aceitável. Nos últimos meses, porém, não tenho ficado satisfeito com os meus artigos, por mais elogiosos que sejam os comentários dos leitores.

Poucos dias depois do Survivor Series, decidi que ia deixar de escrever o “Cutting Edge” depois de chegar às 100 edições, de forma a chegar a um número de três dígitos e a deixar, de certa forma, uma marca neste site. No entanto, não vou conseguir cumprir essa meta.

Este texto que estão a ler é o último “Cutting Edge” de sempre. Apesar de não chegar a um registo centenário, quero acreditar que este espaço garantiu o seu lugar na História do Wrestling.PT, mesmo não tendo atingindo o potencial que se supunha – tenho perfeita noção disso.

Mas a falta de motivação é gritante. Não posso continuar a chegar a Quinta-Feira sem tema para escrever. Vocês não merecem que este espaço seja um fardo para mim e eu não consigo tratá-lo como uma prioridade, como outrora o fiz.

O produto da WWE não está intragável. Tem sido até o melhor em anos. Tendo em conta que não é nada de especial, isto só mostra o quão baixo é o nível de exigência hoje em dia, ao ponto de já nos contentarmos por “não ser mau de todo” em vez de querermos algo mais.

Na semana passada, fiz uma previsão do Royal Rumble demasiado optimista, ao colocar Braun Strowman no rol de favoritos à vitória. Digo “demasiado optimista” porque é o único não-part-timer que pode vencer o combate e não propriamente porque tem mais talento do que os outros.

Sete dias depois, estou perfeitamente convicto de que o vencedor está entre Goldberg e Brock Lesnar. Um deles vence o Rumble, o outro derrota Kevin Owens (que entretanto vence Roman Reigns com auxílio de Chris Jericho) pelo título no Fast Lane e está encontrado o combate por um dos títulos na WrestleMania. A minha aposta passa por Goldberg vencer o Rumble e Lesnar derrotar KO pelo Título Universal, pelo simples facto de que o primeiro nunca venceu o combate de 30 homens e Lesnar já o fez.

Enfim, na essência pouco vai mudar nos próximos tempos. Os part-timers vão continuar a ser uma prioridade na época que mais importa. E eu não me sinto motivado a escrever todas as semanas sobre uma modalidade que a cada alegria me dá vinte desilusões e/ou momentos de exasperação.

Isto, somando os deveres académicos e profissionais que me ocupam a agenda, faz com que o “Cutting Edge” tenha de chegar ao fim. Mas não sou hipócrita: sou da opinião que, quando gostamos mesmo de algo, há sempre tempo para o fazer. Por isso, a principal razão não é a falta de tempo mas sim a falta de motivação.

Cheguei a uma nova fase da minha vida. Continua a apetecer-me escrever (a minha grande paixão), mas sobre outras coisas. Vou continuar a ver Wrestling e a comentar aqui no site, mas aos poucos esta modalidade vai perdendo cada vez mais o encanto que, aos meus olhos, sempre teve.

Está na hora de dar lugar a outras pessoas que, tal como eu fiz aos 20 anos, têm vontade de se chegar à frente e escrever sobre Wrestling. O que é muito importante, porque não se deve deixar esta modalidade morrer.

Pessoalmente, o balanço é francamente positivo. Mesmo com os aspectos menos bons que já mencionei – dificuldade em arranjar temas e falta de motivação a partir de certa altura -, é inegável que o “Cutting Edge” tem um lugar insubstituível no meu coração, o que é extensivo a todos aqueles que leram o artigo, comentassem-no ou não.

Quero, assim, agradecer a todos os leitores que leram o “Cutting Edge”, especialmente àqueles que leram todas ou quase todas as edições, aos meus colegas de equipa (e foram vários com o passar dos anos) e, claro, ao Luís Salvador por me ter dado a hipótese de ter o meu “cantinho” aqui no WPT.

Mas as pessoas vão e vêm e o site continua, por isso é hora de olhar em frente e deixar outros terem a sua oportunidade tal como eu tive a minha. Escolhi uma imagem do segmento em que Edge anunciou a sua retirada dos ringues e, parafraseando uma das partes desse discurso, “espero ter conquistado o vosso respeito”. Acreditem que, com mais ou menos motivação, tentei sempre dar o meu melhor, mesmo que o meu melhor não tenha muitas vezes sido suficiente.

Espero, do fundo do coração, que todos vocês sejam felizes. É um capítulo que se fecha na minha vida, mas vamos continuar a encontrarmo-nos por aí, nos comentários aos PPV’s, à Raw ou à SmackDown, assim como às notícias. Muito, mas mesmo muito obrigado a todos por me terem ajudado e suportado durante toda esta aventura.

58 Comentários

  1. Tibraco - há 5 meses

    Obrigado por tudo. És grande, desejo-te a melhor sorte do mundo!

  2. Silveira9 - há 5 meses

    Uma noticia muito triste,depois de perdermos o Smoke & Mirrors e a Opinião Feminina perdemos também o Cutting Edge,é muito triste e fico com muita pena mas compreendo.
    Acompanho este site há muitos anos e sempre foste uma das pessoas que mais admiro e gosto de ver escrever e quem gostava de trocar ideias no chat,era sempre muito interessante ter uma conversa contigo ou com o José e infelizmente deixamos de ter os vossos artigo,mas compreendo perfeitamente porque o fizeram.
    Espero continuar a ler os teus comentários e as tuas opiniões,sempre muito interessante.

  3. FambroseDxDx - há 5 meses

    Tenho imensa pena que isto tenha de acontecer. Eu esperava todas as sextas para puder ler o teu artigo e quando ele aparecia, não queria saber de mais nada!
    Nos primeiros parágrafos, vi-me ao espelho pois comecei agora com os artigos e já estou a pensar sobre o que vou escrever nas próximas semanas.Mas aqui o que interessa não sou eu mas tu! Só comecei a ler o Cutting Edge a partir da edição 60 e tal mas quando me dá na cabeça, vou lendo até completar a coleção .
    Vou ter saudades deste espaço e, assim que vi a imagem juntamente com o título, percebi que era o fim.
    Acabo com um grande OBRIGADO e espero que te corra tudo bem na vida!

  4. Y2Jean - há 5 meses

    Não existe uma forma de fazer com que a nossa insatisfação com a wwe cheguem até eles? Algo como enquetes ou movimentos nas redes sociais. Pois eles tem material (star power) pra fazer um show de qualidade bem acima do que vem apresentando), custa escutar os “clientes” de vê em quando?

  5. E com imensa pena que vejo isto a acontecer, algo que ira imprescendivel nas minhas sextas depois do trabalho era ler o teu artigo. Vou ter saudades, fizes—te um trabalho fantastico, muito obrigado por tudo 🙂

  6. "Awesome" Hater - há 5 meses

    Caralho, mano… Assim fica difícil, dois dos meus espaços favoritos em um espaço tão curto de tempo. Se o Top Ten fechar, lá se vão minhas leituras semanais.

    Enfim, é compreensível sua razão, e sentirei falta.

    Aproveito para perguntar quando vão incluir os novos espaços na aba “Artigos” e se existe\possibilidade de existir um menu ou índice de espaços que não são mais atualizado. Acho interessante, por mais que sejam textos antigos, não deixam de ser registros do wrestling, .pt ou não.

  7. BRRM - há 5 meses

    Damn, é triste ver todos estes espaços a acabarem mas percebo perfeitamente a razão.

    Só me resta dizer que o Cutting Edge era/é provavelmente o meu espaço preferido e que não me lembro de uma edição que não gostasse. Houve algumas que não foram tão boas como o normal, o que é natural, mas nunca senti necessidade de parar de ler o artigo a meio. Para além disso alguns dos teus artigos foram dos melhores que já li aqui no site, principalmente aquele da “entrevista” com o Eddie que ainda é o meu preferido.

    Enfim, obrigado!

  8. RFBM - há 5 meses

    Obrigado por todos os artigos Daniel. Li todos os artigos e acho que apenas não comentei um ou dois, mesmo não tendo a “beleza” do Opinião Feminina, nem a “imparcialidade” do Smoke and Mirrors, este era o espaço que mais gostava de ler aqui no site, porque era em certa medida mais directo e por isso era fácil chegar aqui à caixa de comentários e dizer “Bom artigo Daniel” ou então discordar e pôr todos os pontos em cima da mesa.

  9. Eric Cartman - há 5 meses

    Era o melhor artigo do site na minha opinião,vai fazer muita falta mas desejo sorte pra vc

  10. Suruba - há 5 meses

    Porra Daniel eu fiquei bastante triste com essa notícia. Meu sincero obrigado por tudo e foda-se

  11. A_Hess - há 5 meses

    Bem, penso que respeito é, dentro dos possíveis, aquilo que quem leu o teu espaço pode oferecer. Compreendo, por experiência própria, o quão difícil é escrever quando os temas não abundam, e o cansaço é normal.
    De qualquer modo, um comprometimento de 90 semanas é significativo e o facto de teres conseguido apresentar sempre artigos com qualidade demonstra a tua capacidade.
    Boa sorte para o futuro!

  12. Daniel, ainda me lembro quando entraste para a Equipa do Wrestling PT, não querias escrever artigos. Com o tempo lá começaste e rapidamente provaste que foste um dos melhores que passou por esta “casa”.

    Costumo dizer que o Wrestling é uma paixão, e como qualquer uma, tem os seus “altos e baixos”. Quem sabe daqui a uns meses não estaremos novamente a falar 😛

    Um abraço e boa sorte a nível pessoal e profissional! 😉

  13. BootyOs - há 5 meses

    Merece o HoF do WPT!

  14. BRUNOju. - há 5 meses

    Que pena Daniel. Seus artigos são um dos melhores que o site oferece, sempre inovadores e interessantes. Ainda me lembro daquele artigo que você fez sobre as theme songs, não sei porque, mas não me esqueci deste haha. Desejo sucesso para você e que tenha muita felicidade!

    O que você falou sobre Goldberg e Brock Lesnar é uma triste realidade. Espero que, não se confirme. Mas tenho o mesmo ponto de vista que o seu, o que não é difícil, quase sempre concordei contigo em seus artigos. Até logo. Abraços!

  15. Dante_Edy - há 5 meses

    É uma pena, mais uma despedida. O teu artigo era obrigatório para mim ler semanalmente, mesmo que depois não pudesse escrever os meus testamentos. Mas a vida é assim. Deixas-te a tua marca e agora é hora de desejar-te muitas felicidades a nível profissional e pessoal. E se algum dia voltares com a paixão de Wrestling, és bem-vindo para completar a CE#100 xD.

    Abraços

  16. Rui Ribeiro - há 5 meses

    É pena. Para mim era o melhor espaço do site. Muito obrigado por todos os artigos fantásticos! Assim de repente lembro-me da entrevista ao Eddie Guerrero, do artigo sobre a reforma do Daniel Bryan, das comparações que fizeste da Attitude Era com a “New Era”, e até conseguiste pegar na eleição do Donald Trump e associar isso com wrestling!!

    Enfim, espero que vás comentado por aqui. Aliás, foi lendo os teus comentários que fui começando a seguir este site assiduamente, por isso também tenho que te agradecer por isso 😀

    Abraço.

  17. Awesome One - há 5 meses

    As tres principais razoes pelas quais aqui vinha todas as semanas deixaram de existir: primeiro o smoke and mirrors logo a opiniao feminina e finalmente o cutting edge quando vi a imagem do edge percebi logo que era uma despedida!

    • danielLP21 - há 5 meses

      O site vai continuar e há mais espaços de qualidade! Obrigado pela consideração e por teres comentado tantas vezes o meu artigo com os teus testamentos 😛

  18. Ryback Rules - há 5 meses

    Apesar das desavenças do passado, sinto-me na obrigação de agradecer o teu contributo no site e desejar-te as melhores felicidades quer a nível pessoal como profissional.

  19. KILL OWENS KILL - há 5 meses

    Porrada e mais porrada, todas as grandes crônicas do site chegaram ao fim. Na hora que vi o título e a imagem eu já saquei e não acreditei, o “Cutting Edge” já tinha se tornado um dos grandes motivos para se acompanhar aqui (toda sexta eu já ficava ansioso, igual aos domingos com o OF) e agora se vai, sem conseguir atingir seu potencial máximo, que tenho certeza que conseguiria. Porra, velho… Sei nem o que falar… Só, obrigado por tudo e, como disse na crônica da Salgado, não vou dizer adeus, pois ainda acredito que você achará motivação para escrever algum artigo de vez em quando, quero acreditar nisso. “See you down the road”.

    • danielLP21 - há 4 meses

      Muito obrigado pelos elogios e pelas críticas construtivas que fizeste ao longo de todo este tempo. Ajudaram-me bastante.

      • KILL OWENS KILL - há 2 meses

        Era o mínimo que podia fazer, mesmo que não sejam os melhores conselhos, a intenção era a melhor 🙂

        Ainda espero ver algum artigo teu por aí hahahaha Pelo menos não sumiste dos comentários, coisa que não tenho conseguido fazer muito ultimamente, exatamente pelo mesmo motivo que você citou nesse artigo. Quando chegamos aos 20 as coisas começam a apertar… Além do fato de uma das coisas que mais amo na vida, estar com um produto que as vezes não me faz querer acompanhar nem os spoilers.

        Enfim, fiz um pequeno desabafo aqui. Acho que você melhor do que muitos, você deve entender. Ah e só pra constar, gosta tanto dos teus artigos e dos da Salgado que vivo relendo os meus favoritos de vez em quando 😀

  20. Bill Rods - há 5 meses

    Lembro-me da altura em que descobri este site (na altura, o PTW), depois de cerca de uns dois meses, começar a reparar num tal danielLP21 que começava a fazer uns comentários por alguns dos tópicos mais frescos do dia. Captaste a minha atenção porque “dizias umas coisas acertadas e com fundamento” que a mim me deslumbravam, porque representavam um universo totalmente novo numa modalidade em que eu começava a seguir na altura “com mais afinco”.

    Todo este parágrafo para fundamentar o facto de pertencer à massa de visitantes assíduos que sempre teve curiosidade em ver-te num registo como este. Aliás, lembro-me de uma altura em que me parecia atroz que nem um convite para fazeres parte da equipa te faziam (pensava eu), dada a qualidade dos teus comentários e o “estatuto” que foste ganhando por estas bandas. Curiosamente, tempos depois, começavas a moderar os chats dos shows com alguma frequência.

    Enfim, só para te transmitir que foi uma boa experiência ver-te num registo como este. Um muito obrigado da minha parte.

    Só uma questão: deixas completamente de desempenhar qualquer função por aqui? Deixas de moderar comentários e coisas do género? Mera curiosidade.

  21. Cheguei ao WPT para ler apenas as notícias, porém tinham tempos em que notícias estavam escassas, eis que surgiu o interesse em ler os artigos, assim pude aprofundar minha visão sobre o wrestling. Tive a oportunidade de acompanhar o Smoke and Mirrors, Opinião Feminina e o Cutting Edge. Quero agradecer por tudo o que vocês fizeram.

    E estou torcendo pro Visão Brasileira #300 não ser o último. :/

  22. Pum Mccartney - há 5 meses

    danielLP21 MITO!

  23. The Demon Jorge - há 5 meses

    Quando vi a imagem e o título do artigo percebi logo o que se estava a passar. Li o artigo ontem mas ainda não sabia muito bem o que dizer.
    Não acompanhei todo o teu percurso mas principalmente durante quase todo o ano de 2016 o teu artigo era uma leitura obrigatória todas as semanas. Infelizmente mais para o fim do ano as infelizmente já comuns frustrações de um fã de WWE começaram a chegar e consequentemente a vontade de ler artigos sobre esse mesmo produto já não era a mesma.
    Quero agradecer te pelos teus artigos fantásticos, e que podemos dizer que foram uma grande aprendizagem para mim sobre o mundo do Wrestling, cujo o meu pensamento sobre esse mesmo mundo também se deixou moldar pelos teus artigos.
    Se um dia voltares, serei um dos que irá acompanhar o teu regresso. Senão voltares, desejo te toda a sorte do mundo para a tua vida a todos os níveis, tanto pessoal como profissional.
    Felicidades, do teu leitor,
    Jorge

    • danielLP21 - há 4 meses

      Vocês não têm noção do quão gratificante é para um cronista ler que os seus artigos tiveram tanto impacto. É incrível.

      Muito obrigado e desejo-te exactamente o mesmo.

  24. Gonçalo" the best" - há 5 meses

    Obrigado por todas às semanas fazeres artigos de qualidade e espero ver-te á comentar por aqui. Se calhar um dia voltas a ganhar a paixão que tinhas pelo wrestling.

    Thank you Daniel!

  25. Muito obrigado Daniel, por ter feito parte do WPT e fico feliz de ter compartilhado contigo ao decorrer das semanas. Forte abraço.

    • danielLP21 - há 4 meses

      Muito obrigado, Mário. Vais continuar com o profissionalismo e a qualidade de sempre a honrar todos os cronistas que têm saído da equipa e que foram teus colegas, tenho a certeza.

      Grande abraço.

  26. goncalo25 - há 5 meses

    Foste uma das razões para eu vir todos os dias ver os conteúdos do Wrestling.pt. Quando comecei a ler o teu artigo, comecei a identificar-me com ele, os assuntos que exponhas eram interessantes e cativavam-me a ver e a rever mais coisas sobre Wrestling, se hoje tenho certas opiniões sobre esta modalidade e sobre a WWE devo a ti e a este artigo fantástico que foste sempre escrevendo semana após semana.
    Ás vezes não é preciso chegarmos à meta que definimos para mostrar-mos todo o nosso contributo e todo o nosso potencial, tu demonstras-te isso mesmo, podes não ter chegado à meta que desejavas chegar, mas ao longo das publicações que foste fazendo conseguiste cativar inúmeros pessoas como eu, a virem ao site, a lerem o teu artigo e a aprenderem e/ou reflectirem um pouco mais sobre esta modalidade que é única e soberba.
    Quando dizes que perdeste a paixão pelo wrestling, concordo um pouco com a tua visão, infelizmente todo o desporto está perder aquela mística de outrora, os tempos vão mudando as vontades também, e a qualidade como dizes vai deixando de ter importância, vai desaparecendo aos poucos e poucos.
    Um muito obrigado por teres escrito este artigo que tanto deu ao site, a nós leitores e a esta enorme modalidade!

    • danielLP21 - há 4 meses

      Nem sei o que dizer… Fico mesmo muito satisfeito por saber que os meus artigos tiveram esse efeito. É muito gratificante ler essas palavras, faz-me sentir que valeu a pena todo o esforço e tempo despendidos neste espaço.

      Tudo de bom para ti e eu é que agradeço.

  27. 434 Days - há 5 meses

    Fico triste por este espaço terminar, mas as tuas razões são altamente compreensíveis. Desejo te muita sorte para os teus futuros projectos e um grande obrigado pelos excelentes artigos que apresentaste no site.

    • danielLP21 - há 4 meses

      Não te preocupes, o site continua e outros artigos e cronistas já começam a surgir.

      Muito obrigado pelo apreço e desejo-te tudo de bom igualmente.

  28. Gomes - há 5 meses

    Tudo de melhor sempre.

  29. Um dia fiz-te uma promessa e não a cumpri. Não a cumpri não porque não desejava ter cumprido, mas porque as coisas da vida vão-se metendo pelo meio e, de alguma forma, não fui capaz de combater isso. A promessa que te fiz foi que leria e comentaria os teus artigos sempre que estes saíssem e sinto em mim um peso enorme por não o ter feito. Culpo-me por isso. Agora, chego ao site e os dois espaços que mais interesse me suscitavam terminaram. Isso deixa-me triste. Deixa-me triste o facto de nunca ter sido para ti no teu espaço aquilo que foste para mim no meu. Posso não estar a ser 100% correcto, mas penso que não houve uma edição do BTM que não tivesse o teu contributo na caixa de comentários e tu foste um dos grandes responsáveis pela minha evolução enquanto cronista. Fosse pelas correcções gramaticais que me fazias, fosse pela discordância de opiniões que por vezes surgia, aprendi muito contigo. No entanto, desde cedo que eu sabia que um dia virias a ter o teu próprio espaço, por muito que o negasses. A tua insaciável busca pela palavra certa nos comentários e a tua opinião bem formulada sempre foram argumentos mais que suficientes para teres um espaço só teu, e conseguiste-o com todo o mérito.

    Sei bem o que é a busca pela motivação para continuar a escrever sobre um assunto que me apaixonava bastante, pois também tive períodos em que simplesmente não sabia o que escrever e, a uma certa altura, tive de sair. Olho para os meus 40 artigos publicados (não só meus) e vejo um ano de trabalho aplicado neles. Por incrível que pareça só hoje me apercebi da longevidade do teu espaço. Se eu, em um ano, escrevi 40 artigos, tu escreveste 90… São mais 50 artigos do que eu alguma vez escrevi, e eu não tinha essa noção. O tempo corre, sabes? E eu tenho pena que o tempo tenha passado tão depressa e eu não tenha sabido dar valor a algo que merecia esse reconhecimento da minha parte, pois eu sei bem quais são as tuas capacidades e estou certo que ficarás para sempre na memória de muitos.

    Espero que tenhas aproveitado isto ao máximo, tal como eu aproveitei, e que te consigas focar agora na tua vida e nos teus estudos, pois a fase que aí vem não é fácil. Desculpa não ter sido o leitor mais atento do Cutting Edge, mas por todo o tempo que interagimos neste site e por tudo em que fora dele me ajudaste, obrigado, Daniel.

    • danielLP21 - há 4 meses

      Em tua defesa, devo dizer que não me recordo dessa promessa alguma vez ter sido feita, logo, é como se não tivesse existido!

      Agora mais a sério, não tens de te justificar. Se há pessoa que defende o direito de cada um fazer o que quer sou eu, e se não leste a maioria dos meus artigos foi porque não pudeste ou simplesmente porque “não estavas para aí virado”.

      É verdade, foram quase dois anos… Passou mesmo a correr, e tanta coisa aconteceu nas nossas vidas nesse espaço de tempo! Olho para trás e vejo que cresci. Este espaço ajudou-me a crescer, tal como toda a experiência que já tinha tido neste site.

      Aproveitei, sim! A fase que aí vem deve ser a mais cansativa que já tive (até por outros projectos extra-faculdade dos quais te posso falar depois), mas espero mais tarde colher os frutos. Muito obrigado eu pelos elogios e fico muito contente por saber que te ajudei em algum ponto do teu caminho.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Desenvolvido por Luís Salvador / Wrestling PT © 2006-2017