Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Get Ready To Fly #9 – What a return!

Nos últimos tempos, a TNA tem nos presenteado com uma quantidade anormal de regressos que, verdade seja dita, têm trazido muitas novidades para os Impacts semanais e têm estado em grande destaque nas várias histórias. Neste GR2F vou recordar esses mesmos regressos e a forma gradual e progressiva como se têm vindo a suceder. Todos eles, regressos que vão sendo pilares nas diversas histórias da actualidade da TNA, o que prova que é algo em que a companhia está a apostar e deixa no ar a hipótese de virem a acontecer outros. Mas para já, vamos dar uma vista de olhos naqueles que já aconteceram.

DEVON

14 de Outubro, 2012 | PPV Bound For Glory – Devon é revelado como um dos membros dos Aces & 8’s que enfrentaram a equipa de Sting e Bully Ray

O regresso do Devon, e consequente revelação como membro dos Aces, marcou o início de tudo. Ou, pelo menos, da fase de afirmação dos Aces & 8’s. Depois de ter saído da TNA (ou assim pensávamos) como o ainda campeão de TV e com o maior reinado até à data, voltou não só para iniciar uma revolução na TNA ao ser a primeiro membro dos Aces a ser revelado mas também para decidir o rumo de um combate que permitiu aos mesmos Aces total acesso à TNA. Desde então, tem sido um dos membros mais consistentes e que mais se destacam, trazendo experiência e boas mic-skills mas também coesão e credibilidade à história da stable em resultado da sua parceria de já muitos anos com Bully Ray. Entretanto também recuperou o seu título de TV e é assim um dos campeões dos Aces, o que o põe ainda mais num lugar de destaque. Sem dúvida que é um dos regressos mais importantes e determinantes.

VELVET SKY

6 de Dezembro, 2012 | Impact! – Velvet Sky regressa à TNA interrompendo um segmento entre Mickie James e a campeã das Knockouts, Tara, prometendo que voltará a ganhar o título.

Uma das Knockouts mais carismáticas de sempre e que principalmente é uma das melhores representantes da marca TNA. Vi o seu regresso com muitos bons olhos, até porque veio para uma divisão feminina que não estava propriamente a transbordar em Knockouts ou em histórias. Após ganhar o título, tal como tinha prometido, num grande combate feminino como só a TNA sabe fazer, tem sido uma campeã algo ausente muito por culpa de uma tal de Tayn Terrell e ainda não sabemos se irá ter um combate no Slammiversary. Qualquer das formas, a divisão feminina não é a mesma sem a Velvet por isso é um regresso fantástico.

ERIC YOUNG

28 de Fevereiro, 2013 | Impact! – Eric Young volta à TNA como o último membro da equipa de Sting que viria a enfrentar os Aces & 8’s no PPV Lockdown

O desafio dos Aces estava feito: um combate no Lockdown contra a equipa  da TNA para poderem mostrar o porquê de serem uma das maiores stables da história da TNA. Contudo, faltava um elemento à Team TNA, e depois de ter sido deixada a pista quando Hulk Hogan disse que tinham de pensar “out of the box”, eis que regressa um dos lutadores mais divertidos de ver actualmente na TNA, Eric Young.  Young que viria a ser quem protagonizou o grande momento no combate do Lockdown ao aplicar um fantástico elbow drop do topo da jaula e a aplicar o pin final no Knox dos Aces. Um regresso que veio após uma ausência curta mas que decidi incluir neste artigo devido ao destaque que deu ao Young, comparando com o que tínhamos vindo a ver dele nos últimos meses.

AJ STYLES

14 de Março, 2013 | Impact! – AJ Styles regressa à TNA salvando James Storm de um ataque dos Bad Influence, virando-se contra o mesmo Storm em seguida.

Provavelmente era o regresso mais esperado de todos e as razões para isso eram várias. Quando AJ perde a possibilidade de lutar pelo principal título da TNA, sabemos que alguma coisa tem de mudar. E, de facto, mudou. Um AJ completamente renovado, com uma postura de quem só se preocupa com os seus assuntos (que ainda estamos para saber quais são) e que não está para grandes conversas. Se por um lado, quando regressou a sua nova gimmick foi altamente bem recebida, a verdade é que tem vindo a estagnar e perder um pouco o rumo. Desde episódios do Impact! em que apareceu só de uma forma muito discreta, quase dando a ideia que era só para não nos esquecer-mos dele, até parecer estar eternamente numa posição intermediária entre a Team TNA e os Aces. Para já, vai ter um combate com o Kurt Angle que promete ser fantástico mas deixa a desejar relativamente até que ponto pode significar algum avanço na história. Acredito que eventualmente irá-se juntar aos Aces para que seja quem começa a ruptura da stable, mas espero que essa entrada no grupo seja feita ao nível que a TNA nos tem habituado em termos de booking. Se tal se concretizar, o AJ sobe directamente para o topo de prováveis vencedores das BFG Series.

PETEY WILLIAMS & SONJAY DUTT

28 de Março, 2013 | Impact! – Petey Williams e Sonjay Dutt regressam à TNA para combaterem num 3 way match por uma oportunidade pelo título da X-Division

Após a TNA anunciar o novo sistema de combates da X-Division, era urgente reforçar a divisão pois além de cada combate ir passar a ter 3 elementos, também iriam igualmente haver constantes eliminações que implicavam que houvesse uma vasta quantidade de lutadores disponíveis. Isto para não falar que tinha entretanto saído da divisão, e da própria TNA também, a grande fonte de experiência até então: RVD. Era assim necessário ir buscar novo sangue mas também lutadores que trouxessem experiência para uma divisão recheada de novos talentos (Kenny King, Zemma Ion, etc) e foi exactamente isso que a TNA pensou quando trouxe de volta o Petey e o Dutt. Já para não falar do reconhecimento que ambos já têm, o que só traz mais audiências (especialmente no caso do canadiano e o seu Canadian Destroyer). Entretanto, a aposta tem se revelado ser uma aposta vencedora pois temos tido combates soberbos com ambos os lutadores em grande destaque. Contudo, a TNA parece não querer para já metê-los no topo da divisão (isto é, como campeões) o que podia ser bastante interessante, principalmente no caso do Dutt que nunca chegou a ter um reinado como campeão da X-Division.

CHRIS SABIN

2 de Maio, 2013 | Impact! – Chris Sabin regressa à TNA ganhando uma oportunidade pelo título da X-Division num combate entre Sonjay Dutt e Zemma Ion

E por falar em reforços da X-Division, o que dizer do regresso de um dos melhores lutadores de tag team de sempre? Após semanas de antecipação, finalmente tivemos o tão aguardado regresso de um lutador que já tem um lugar de ouro na história da TNA. Nova aparência, nova música de entrada, novo finisher; um Sabin renovado, é certo, mas que continua a dar espectáculo como ninguém. A razão pela qual separei-o da dupla já referida Petey/Dutt, é porque penso que temos em Sabin um futuro campeão da X-Division (muito provavelmente já no Slammiversary) e que a seguir a isso podemos muito bem ter, à semelhança do que um tal de Austin Aries fez, um bom reinado que resulte numa oportunidade pelo título mundial. Sem dúvida que veio acrescentar igualmente experiência e algum “star power” à X-Division, mas acredito que a TNA tem grandes planos para ele. Merece!

ABYSS

9 de Maio, 2013 | Impact! -O “Monstro” Abyss volta à TNA ao ajudar a equipa de Sting e Angle a derrotar a equipa dos Aces & 8’s

Fica para o fim o regresso mais inesperado de todos e que ainda não sabemos ao certo quais as repercussões do mesmo. No último GR2F dediquei a edição ao “Monstro” e ao seu “criador” por isso, sem querer estar-me a repetir, penso que ainda teremos que dar mais algum tempo para perceber qual vai ser o  papel de Abyss na TNA. Para já, vai permanecendo o seu irmão Joseph Park, o que ainda deixa a hipótese de ser feita a ligação directa entre os dois – quase que como se Abyss fosse o “alter-ego” de Joseph. A verdade é que foi um regresso que deu um ímpeto que já vinha a faltar à Team TNA, o que em vésperas de PPV era fundamental acontecer.

TOP 3 DA SEMANA

A semana passada perguntei qual o vosso TOP 3 de regressos que aconteceram nos últimos tempos, contudo hoje vamos ver as coisas por outro lado: qual o vosso TOP 3 de regressos que gostavam de ver concretizarem-se? Podem ser mais realistas ou fantasiar um pouco, é como quiserem.

E é isto, logo à noite cá estaremos para ver um Impact! que promete muito. Até à próxima edição onde farei a minha previsão detalhada do que podemos esperar do Slammiversary.

Sobre o Autor

17 Comentários

  1. Jorge Rebelo - há 4 anos

    A TNA tem dado sinais nos últimos anos de querer emendar alguns erros de casting. Longe já começam a ficar os tempo de recrutamento compulsivo de velhas glórias (como Kevin Nash, Scott Hall, Sean Waltman, Dusty Rhodes, Tommy Dreamer, Sabu, Ric Flair, entre tantos outros) e não se intencionalmente ou não, começa a haver um esforço para manter no roster os talentos que já estão muito vincados à marca TNA, havendo uma aposta em novas caras e como tão bem o GR2F desta semana mostra, igualmente em alguns regressos.

    Penso que nesta lista de regressos mais recentes apenas faltou o Matt Morgan. Entre todos os nomes referidos, preocupa-me a situação do Petey Williams e do Sonjay Dutt cujos perfis ainda não fazem parte do roster exibido no site oficial da TNA (ao contráario de Suicide que regressa hoje e já tem o seu no roster). Será isto indicador de algo?

    O Top 3 desta semana volta a ser um desafio excelente e os nomes que gostaria que regressassem ainda à TNA seriam:
    – Alex Shelley (apenas para o renascimento dos MCMG)
    – Low Ki
    – CM Punk

    • FranciscoAP - há 4 anos

      Certamente que o Morgan seria um dos nomes que poderiam também eles estar nesta lista. Até porque foi um regresso que veio depois de se falar que ele poderia ir para a WWE, o que imagino que seja a razão para o referires.

      Relativamente ao Petey e ao Dutt confesso que não sabia isso mas não me surpreende. Bastou ver a importância que a TNA dá ao Petey quando tivemos aquele segmento entre o King e o Sabin como se fossem ter um combate só entre os dois, deixando de lado o canadiano. Não é muito inteligente tendo em conta que ele certamente que traz audiências…

      • Jorge Rebelo - há 4 anos

        Um dos maiores receios que tenho em relação a esta nova era da X Division é que a divisão se torne uma porta giratória para a constante entrada e saida de talentos. Espero voltar a ver o Dutt e o Petey, porque para uma noite apenas já temos os TNA ONO.

  2. MR Perfection André Santos - há 4 anos

    Mais artigo muito bom!

    Francisco partilho com a opinião do Jorge quando ele fala em relação ao erros de casting.
    Olhar para a “prata da casa” é a orientação mais correcta para a TNA.

    Regressos:Como sabes só vejo assiduamente a TNA pouco tempo mas pelo que já vi digo:

    -Low Ki
    -Alex Shelley
    -Jay Lethal

  3. danielLP21 - há 4 anos

    Excelente artigo! Destes regressos, os que mais me surpreenderam foram os do Devon e do Abyss. O do Devon então foi um completo choque, ninguém esperava que ele fosse revelado como membro dos Aces no BFG. Nem mesmo eu, que faço parte do “booking”! Nunca me vou esquecer da minha cara de espanto quando o vi a ser desmascarado.

    Em relação ao Abyss, no fundo nós sabíamos que ele ia voltar, só não sabíamos quando. E foi quando menos esperávamos… Amo o Joseph Park ( a personagem) e espero que apareçam os dois regularmente.

    Top 3:

    1- Ric Flair
    2- X-Pac
    3- RVD

    • Willian Silveira - há 4 anos

      “Top 3:
      1- Ric Flair
      2- X-Pac
      3- RVD”

      Eu não gosto de ser repetitivo, mas volto a afirmar que tu és um mestre da ironia.

      • FranciscoAP - há 4 anos

        O Daniel? Ele é um visionário, reparem como só ia pedir o Top 3 de “gajos que esperemos que fiquem a coçar a micose longe da TNA” para a semana e ele já deu o dele. Incrível.

      • Willian Silveira - há 4 anos

        ‘coçar a micose’

        Vou incorporar esse termo no meu dia-a-dia!

      • danielLP21 - há 4 anos

        Ahahahah! :D

        Vá, agora a sério:

        1- Christian
        2- Alex Shelley
        3- Awesome Kong

  4. Roberto Barros - há 4 anos

    Mais um grande artigo Francisco sobre os retornos gostaria de ver novamente na TNA seriam

    – Alex Shelley

    – Awesome Kong

    – Alissa Flash (Hoje em dia conhecida como (Cheeleader Melissa)

    • Jorge Rebelo - há 4 anos

      Eu pensei nas duas KO que referiste, mas neste momento não sei se a TNA precisaria mesmo que elas voltassem…a divisão parece-me estar bem dotada e ainda há que ter em conta as estreias futuras, entre elas a Taylor Hendrix e da Lai’D Tapa e das possiveis contratações da Shanna, da Alpha Female e das Blossom Twin.

      • Roberto Barros - há 4 anos

        Eu as escolhi porque acho duas grande lutadoras, mas se as que tu referistes forem contratadas, também acho que não precisa mas não sei se Taylor Hendrix, Lai´d tapa e a Blossom Twin subirão agora, e a Alpha Female não esta no gut check só se ela for contratada.

  5. don_ricardo_corleone - há 4 anos

    Aquele momento em que me apercebo que o Eric Young regressou no meu dia de anos…lol!1
    Concordo, e também o regresso da Velvet Sky com bons olhos, como metaleira então, vi com muito bons olhos. ;)

  6. Vince It Factor - há 4 anos

    Excelente artigo Francisco.

    Dos que referis-te, o que mais me marcou foi sem dúvida o Devon, fiquei totalmente chocado e ainda me lembro desse dia ahahaha. Fiquei ainda mais chocado do que com o do Abyss que também foi brutal. Mas ao comparar, penso que o do Devon foi mais marcante e importante, sublinho, ATÉ AGORA.
    Por entre o Aj Styles que veio super mudado e muito mais interessante, e ainda estamos todos a assistir a um inicio da história que ele nos veio contar, passando pelos talentos para a X-Divison, onde sublinho o Sabin, que possivelmente irá chegar mais alto, tenho que dar mérito à Velvet Sky que voltou claramente melhor e veio ajudar também toda uma divisão que se encontrava em decadência e que voltou a crescer, não só devido a ela, mas principalmente na minha óptica.

    Meu top 3:
    1-Alex Shelley (Tag-Division, como parceiro do Sabin)
    2-Chris Harris (Tag-Division, como parceiro do James Storm)
    3-Low Ki (X-Division)

    • Jorge Rebelo - há 4 anos

      O Chris Harris parece-me que está muito em baixo de forma…

      • Vince It Factor - há 4 anos

        Desconheço totalmente em que forma se encontra Jorge, apenas acho que se estiver bem, pelo menos para mim seria um excelente regresso de mais um equipa enigmática à divisão.

  7. brainbustah - há 4 anos

    1 – CM Punk
    2 – Christian
    3 – Jeff Jarrett

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador