Impacto! #111 – TNA Maximum iMPACT Tour

No Impacto! desta semana vamos olhar para a próxima Tour da TNA pelo Reino Unido e ver o que podemos esperar de toda a acção e quais as implicações para o ano de 2014 da TNA.

newukposter

Houve momentos nos últimos anos, onde TNA poderia ter sido acusada de estar a fazer um esforço demasiado duro para chegar ao próximo nível. Verdade seja dita, o resultado desse esforço foi uma sangria financeira que teve de ser controlada a tempo de evitar uma tragédia. Grandes investimentos em talentos como Eric Bischoff, Hulk Hogan, Ric Flair ou Scott Hall são agora coisa do passado, e parece que há um esforço honesto de transformar a TNA num negócio sustentável . Isso só pode ser bom para a empresa, e isso significa que 2014 é um ano de muito potencial. Antes de avançar, apenas deixo um breve conselho a Dixie Carter e à direcção da TNA: se querem crescer, têm de ser diferentes de tudo o resto.

Chegámos esta semana ao primeiro show de 2014 em directo e ao vivo – o TNA Genesis, mas hoje irei falar da próxima Tour da TNA pelo Reino Unido – a Maximum Impact Tour. A TNA apresentou-nos recentemente um AJ Styles de saída da sua casa de sempre, deixando para trás um novo, indiscutível campeão mundial – Magnus – que fez história ao se tornar o primeiro britânico a conquistar o World Heavyweight Championship numa promoção global. A vitória de Magnus surge numa altura em que a Tour pelo Reino Unido está prestes a começar, onde a TNA construiu uma grande base de fãs, onde o Impact Wrestling é o produto de wrestling mais visto. Adicionando a isto o novo acordo de vários anos, recentemente assinado com a Challenge TV e TNA assume-se numa posição privilegiada para continuar construir a sua já impressionante base de fãs no Reino Unido.

Por falar em Magnus teve uma ascensão meteórica, contando que há alguns anos atrás , ele estava na televisão britânica no papel de gladiador e hoje está numa posição para assumir o lugar de AJ Styles como o rosto da TNA , provando ao longo dos últimos 12 meses que ele é igualmente eficaz tanto como face ou como heel. Cabe agora a ele para dar o próximo passo e cimentar sua posição como ‘The Guy’ na empresa.

A influência britânica continua com Rockstar Spud. Magnus tem sido acompanhado por um homem que, um ano atrás, venceu o TNA British Boot Camp. De fato, durante a primeira semana do programa, Rockstar Spud foi levado a um limite fisico durante a sua primeira sessão de treinos com Mark ‘Rollerball’ Rocco . Apesar do revés inicial, ele mostrou qualidade nas promos e no ringue, e acabou como o grande vencedor do show. Depois de aperfeiçoar sua arte na Ohio Valley Wrestling durante alguns meses, Spud acabaria por receber um papel que lhe assentou que nem uma luva. Perto do final de 2013, surge como Chief of Staff de Dixie Carter , e a figura diminuta de Spud foi perfeita para este papel. No espaço do ano, ele passou de candidato do Boot Camp para a linha de frente da empresa , e resta saber se conseguirá mostrar no ringue, o que mostra nas promos.

Com Magnus e Spud, a TNA lança um tremendo apelo aos fãs Britânicos e até Europeus. Além disso, há a possibilidade da TNA utilizar a próxima tour para recrutar novos talentos (Bad Bones John Klinger e a nossa Shanna devem estar à espreita da oportunidade). Por tudo isto, parece-me que esta Tour trará grandes novidades.

Magnus e o Main-event. Ora incluindo Magnus, a TNA tem onze lutadores que já segurararam World Heavyweight Championship , e isso não inclui Abyss , que deteve a versão NWA do cinturão. Este facto é poderosamente impressionante, e mostra que, nos últimos anos, a TNA está disposta a dar às pessoas a oportunidade de serem a cara da organização. Bobby Roode por exemplo, ainda detém o recorde do mais longo reinado na história da TNA. Austin Aries e Bully Ray foram excelentes campeões para a empresa nos últimos anos. Com tal abundância de talentos, e sendo que não podem os 11 estar a lutar pelo titulo principal ao mesmo tempo, a TNA terá um desafio enorme para manter as pessoas felizes. Mas a minha preocupação actual é perceber quem vai assegurar a função de tentar destronar Magnus. Dado que o actual campeão é heel e que diz a lógica de uma boa história que um grande vilão precisa de um grande herói, a TNA hoje conta apenas com Kurt Angle, James Storm e Samoa Joe nessa função. Ora Kurt Angle será operado a um joelho em breve e terá de se retirar da televisão (talvez alguns meses), deixando Storm e Joe como os únicos heróis. Contudo, a imagem de Storm como o herói aleatório já está gasta e nesta altura o Cowboy precisa desesperadamente de um heel turn. Resta-nos Joe, que tem sido, sem dúvida, um trabalhador consistente na TNA nos últimos 7/8 anos, mas muito subutilizado. Mas desta vez Joe e Magnus têm uma história para contar em comum, ambos ex-MEM, ex-parceiros de tag-team e agora podem ver os seus caminhos a cruzarem-se, com a TNA a precisar de reconstruir a imagem de um Joe implacável. Talvez, a Tour no Reino Unido se torne o palco ideal para renascer esta rivalidade.

Quanto às restantes divisões, o título da X -Division, para mim, continua a ser um dos trunfos mais importantes que a TNA tem para oferecer. Raramente esta divisão oferece um mau combate, mesmo quando ao longo dos anos a TNA se esteja a esquecer da importância que a X Division têm. À medida que entramos no ano de 2014, a TNA usa as suas estrelas de vanguarda da divisão – Chris Sabin e Austin Aries para definir um padrão para o resto do roster. Os dois homens , provavelmente, terão aspirações mais elevadas e não podem rivalizar durante todo o ano, pelo que terá de haver uma nova geração de atletas para entrar ou para infelicidade minha mais vale encerrar a divisão. Veremos o que acontece em Fevereiro com caras como Manik, Spud ou Kenny King.

Na Divisão das Knockouts, Taryn Terrell e Gail Kim tiveram uma série de excelentes combates em 2013, e vimos a estreia da dominante Lei’D Tapa, que está a ser contruída para ser o rosto da divisão no futuro. Madison Rayne também voltou recentemente para a empresa após a licença maternidade, e não nos podemos esquecer de ODB, Brooke e Velvet Sky. Mas Dixie Carter já promoteu renovar a divisão e quem sabe se não será desta que a nossa Shanna se estreia no Impact Wrestling?

A divisão de Tag Team foi um pouco negligenciada em 2013, e isso é algo que tem de ser resolvido em 2014. Os BroMans são os atuais campeões, apesar de serem apenas uma das duas equipas legitimas activas na TNA hoje (a outra são os Bad Influence ). A muito provável estreia de Eddie Edwards e Davey Richards não poderia vir em melhor hora para animar esta divisão, que já muito deu à história da TNA.

A Maximum Impact Tour tem muitos aliciantes e irá certamente servir como uma bola de cristal para o resto do ano de 2014.

Video da Semana

Bully Ray promete que o Genesis é o fim de Mr. Anderson:

Até ao próximo impacto!

Sobre o Autor

- Colaborador do Wrestling.PT para os conteúdos da Total Nonstop Action!

19 Comentários

  1. MR Perfection André Santos - há 3 anos

    A falta de personagens Face, leva a que Storm seja em principio a solução de recurso.A minha preferência seria para Samoa Joe, devido ao passado entre eles, e porque Magnus nunca conseguiu ser superior a Joe.

    A X divison poderá ser reforçada, apesar de ter ainda muitos candidatos, um deles Zema Ion, Manik entre outros.A KO divison, esta na minha opinião em crescente e, Lady Tapa será cabaeça de cartaz, está a ser construída para isso.

    O video é TOP Jorge!

    Boa Edição e venha o Genesis!

    • Jorge Rebelo - há 3 anos

      Esqueci-me de referir o Zema Ion. A X Division pode ainda ser reforçada apesar dos talentos que já possui, mas infelizmente não vejo que a TNA esteja empenhada em resgatar esta divisão ao esquecimento, quando era uma das principais atracções e até é uma das principais formas da TNA distinguir o seu produto de tudo o resto. Oportunidades perdidas…

      • MR Perfection André Santos - há 3 anos

        Exactamente Jorge. Apesar da X-division, abranger muitos lutadores, a característica dos combates, era muito highflyer, e a TNA tem que “ver”, que isso faz a diferença…

  2. MicaelDuarte - há 3 anos

    Bom artigo Jorge.

    A meu ver, seria uma excelente ideia a TNA aproveitar o passado entre Magnus e Samoa Joe. Por vezes, quando se tenta ir por caminhos mais rebuscados na obsessão de arranjar grandes ideias ou algo que cause burburinho entre os fãs, as coisas acabam por sair mal e sem sentido algum. Por isso, acho que uma “feud” entre Samoa Joe e Magnus seria o caminho mais simples e mais lógico a explorar.

    Relativamente à Divisão de Knockout, espero que a “nossa” Tuga ingresse na companhia, como é óbvio.

    Esta sucessiva troca do Título da X-Division entre o Aries e o Sabin deixa-me maluco. Mesmo que estejam a aguardar a chegada de novo calibre para a X-Division, não custava muito deixarem o Título na mão de um deles durante um número significativo de meses, ao invés de trocarem o Título como se de um brinquedo se tratasse…

    Se os American Wolves estrearem na TNA (foste tão burra WWE, tão burra…), que retirem rapidamente os Títulos àqueles camelos -.-‘

    Como o André referiu em cima, aquele segmento entre o Bully Ray e o Mr. Anderson foi muita bom, aliás, esta nova personagem do Bully… Porra!

    Enfim, estou à espera de um bom Genesis (excluíndo o Sting/EC3)…

  3. akujy - há 3 anos

    Belo trabalho, Jorge. Para mim o Magnus seria a escolha perfeita para primeira rivalidade. Este homem passou de uma época em que era tão importante como AJ Styles, a um período em que anda perdido no card. Subutilização será dizer pouco. Ele bem merece e por toda a história que existe entre ele e Magnus, seria uma bela rivalidade.

    • FranciscoAP - há 3 anos

      Magnus vs Magnus?

      • akujy - há 3 anos

        Enganei-me. xD Queria dizer o Joe. xDDD Também não te escapa nada. Magnus vs. Magnus, BFG 2014 – Book It Now! xDDD

    • Jorge Rebelo - há 3 anos

      Para mim o Magnus vs Magnus (Joe) é uma feud que adorava ver desenvolvida e que a TNA tem muita matéria para a construir. Aqui entre nós, também tenho a ideia que se a TNA não colocar agora o Samoa Joe na luta pelo Titulo Mundial, o Joe vai acabar por bater com a porta ainda este ano.

      • akujy - há 3 anos

        Acho que sim Jorge, até pq ele ja começou a mandar recados na imprensa, embora de forma subtil, e não posso censurá-lo. Ele sabe o seu valor e toda a gente sabe que as qualidades estão lá. Espero que a TNA aposte agora nele, penso que estão reunidas as condições para que o Joe no volte a brindar com bons momentos e para ele ter um bom 2014, que bem merece. E seria benéfico também para a TNA, como é óbvio. Estou confiante que as melhorias vão aparecer, não só com o Joe. A nova equipa criativa parece interessada em fazer boas coisas, pelo que se vai lendo.

      • Jorge Rebelo - há 3 anos

        O Joe não costuma ser muito subtil e a última entrevista que li dele, aquela em que ele arrasa o Vince Russo, deu para perceber bem que ou a TNA o utiliza devidamente este ano ou ele decide sair. Se acontecer não é por falta de aviso…

      • akujy - há 3 anos

        Sim também li essa. E disse q foi subtil nessa, precisamente pq costuma ser bem pior, se é q m entendes. Mas sim, ja deu para ver que ele está no limite e já avisou. Espero msm que o utilizem bem este ano.

      • Willian Silveira - há 3 anos

        Falas da entrevista com o Konnan?

  4. danielLP21 - há 3 anos

    Excelente artigo Jorge.

    • Jorge Rebelo - há 3 anos

      Obrigado Daniel e estou com bastantes expectitivas que esta tour possa trazer novidades positivas.

      • danielLP21 - há 3 anos

        Uma dúvida: o AJ Styles saiu MESMO da TNA?

      • MicaelDuarte - há 3 anos

        Por acaso também queria ser saber isso…

      • Jorge Rebelo - há 3 anos

        Até hoje não tive indicação contrária à noticias que publicamos acerca da renovação dele. Apesar de todos os rumores e entrevistas, certezas é que ele tem shows agendados no circuito independente até Março, que muito convenientemente é o mês do Lockdown. Ao que eu sei ele renovou e regressa nesse PPV.

      • danielLP21 - há 3 anos

        Jorge, pelo que sei, o AJ Styles tem “shows” agendados na ROH até 17 de Maio…

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador