Impacto! #128 – Feliz Aniversário?

Este domingo, dia 15 de junho de 2014, o Slammiversary irá para o ar a partir de Dallas, Texas. O segundo maior show da TNA, e talvez o mais especial dado ser o PPV de aniversário da organização, está a poucos dias de se realizar. Animados? Pois…parece que esse é o problema. Já agora, para os mais distraídos, alguém sabe quem vai lutar além de Eric Young e MVP? Eu sei que a esta data já temos o card praticamente fechado e ainda assim, o Impact Wrestling falha em promover qualquer outro combate que não o main-event do PPV. Este problema que a TNA tem na promoção dos seus eventos começa a assumir proporções fatais.

O caminho natural de qualquer programa semanal de wrestling é progredir as suas storylines para construir uma recompensa que é tipicamente entregue num PPV. Para que o show semanal tenha algum significado, essas histórias e combates precisam ser anunciados no próprio show. É o que se chama educar o público, a fim de gerar interesse da parte dos fãs e eventualmente compras de PPV  e de bilhetes para os eventos.

Sem falsas modéstias, considero-me estar sempre bem informado acerca do que se vai passando na TNA e tento trazer o meu conhecimento para o Wrestling.pt, mas deparei-me com um grave problema nas últimas duas semanas. Por motivos profissionais, tive dificuldade em acompanhar o Impact Wrestling, mas ainda assim não desliguei por completo a TNA e ao regressar esta semana ao activo, deparo-me com enormes problemas a perceber a lógica do card do Slammiversary, e mais grave que isso. Deparei-me a ter que me esforçar para perceber quais os combates que já estavam agendados. Ora se eu próprio tenho esta dificuldade em descortinar o que a TNA tem para oferecer, o que não acontecerá com um fã casual?

Não gostaria certamente de estar a escrever este impacto! hoje, mas tenho que o fazer e reconhecer que para um fã casual, parece que este card limita-se a colocar frente a frente um heel e um face. Mesmo que actualmente a história de MVP e Eric Young tenha a importância natural, não deveria a TNA construir interesse para o resto do evento?

Bobby Lashley e Samoa Joe é claramente um choque de enforcers. Percebo que a lógica é ter frente-a-frente os dois tipos mais fortes de cada lado da barricada, mas tanto Joe como Lashley têm valor para construir uma história bem mais sólida. Será que o argumento – força é suficiente para levar alguém a comprar um PPV? Lashley e Joe nunca tiveram um confronto que mostrasse aos fãs porque razão deveriam vê-los a enfrentarem-se no ringue, o que mostra o quanto estes dois estão a ser subutilizados. Outro exemplo desta lógica de emparelhamento de estilos é o combate entre Kenny King e Austin Aries. Dois ex-campeões da X Division, que parecem surgir frente-a-frente apenas porque têm estilos que se completam e mais frustrante será pensar que King e Aries estiveram perto de ter uma feud com algum significado ainda no ano passado, pelo titulo da X Division. Certamente ele irão dar um grande combate no Domingo, mas não deveria haver algo mais para contar?

Certamente muitos de vós ainda não sabem, mas a TNA vai apresentar uma estreia no Slammiversary – os Von Erich. Michael e Ross são a terceira geração de uma família com um passado brilhante no wrestling e que já resultou na inclusão no WWE Hall of Fame. Os Von Erich vão participar no Slammiversary em combate ainda a definir, mas arriscaria dizer que será contra os The BroMans ou eventualmente os The Wolves poderão defender os seus títulos este Domingo contra esta dupla. Seja como for, temos aqui um combate perfeitamente aleatório.

Recentemente a TNA confirmou a defesa do titulo da X Division, num combate entre Manik, Sanada, Tigre Uno, Crazzy Steve e os The Wolves num ultimate X match. Um combate que não recebeu qualquer hype por parte da TNA e que deve marcar a despedida de Sanada como campeão da X Division.

Magnus e Willow também vão estar presentes no evento, num combate que tem acontecido todas as semanas desde Janeiro (claro que estou a exagerar, mas talvez nem tanto…).  Será que alguém está curioso para ver algo que a TNA já ofereceu repetidamente no Impact Wrestling?

A TNA precisa de começar desesperadamente a ouvir os fãs. Se o fizessem percebiam que este PPV precisava de ver o regresso do King Of The Mountain e este ano seria perfeito para trazer este gimmick match de volta, graças ao elevado número de candidatos ao titulo mundial. Digam-me o que preferiam ver: MVP vs Eric Young ou um KOTM match entre Eric Young, MVP, Bobby Roode, Bully Ray e Samoa Joe (por exemplo)? Se a TNA ouvisse os fãs estaria a preparar o lançamento do PPV Destination X com um combate bem construído no Slammiversary.

O Slammiversary deveria estar a abrir o caminho para o Verão da TNA e deveria estender a passadeira vermelha para o Bound For Glory em Outubro. Não vejo isso a acontecer. Vejo muita confusão, muita energia negativa, más decisões e os fãs cada vez mais frustrados por não reconhecerem que organização é esta em que a TNA se arrisca a tornar.

Não estou entusiasmado com o PPV de Domingo. Irei assistir, certamente não gostaria de estar hoje a escrever algo tão negativo, mas resta-me a esperança que a TNA me prove que estou enganado. Mas hoje, não é um feliz aniversário.

Video da Semana

Pode Gunner ajudar Samuel Shaw?

Até ao próximo impacto!

Sobre o Autor

- Colaborador do Wrestling.PT para os conteúdos da Total Nonstop Action!

16 Comentários

  1. johnsil107 - há 2 anos

    Tens toda a razao Jorge. Tenho ke admitir que n sou um espetador assiduo da tna ate pq sou fa da wwe e o tempo n da para mais, mas quando posso ver arrependo me. Um programa mal preparado sem qualquer promoçao de combates futuros como disses te e bem e depois uma coisa que achei ridicula, quer dizer, varias. Primeiro, um impact que teve a presença de mvp e a sua stable durante todo o programa em que apareciam no ring entre 3 e 4 vezes e depois conseguiam dizimar todos os oponentes que apareciam, desde samoa joe, aries, eric young e os wolves e isso fez me optar por ver por exemplo uma smackdown em vez do impact. A tna se alguma vez quiser rivalizar com a wwe e mesmo com a gfw vai ter k trabalhar muito

  2. FranciscoAP - há 2 anos

    Era difícil concordar mais contigo. Está tudo dito.

    • É muito grave estarmos a pouco mais de 48 horas do PPV e mal se perceber que vai haver um PPV…

      • FranciscoAP - há 2 anos

        Aconteceu já o mesmo com o Sacrifice. Não conseguem cativar os fãs… E o Sacrifice nem foi assim tão mau, mas se estão todos a ver naquele estado “surpreendam-me” ou a TNA faz algo muito bom, ou então passa ao lado. Ninguém diria que há poucos meses atrás tivemos um Lockdown daqueles, pois nem o ímpeto que ganharam com isso conseguiram aproveitar.

  3. JoãoRkNO ® - há 2 anos

    Nem parece que estamos a escassos dias de um dos maiores PPV’s do ano . Não tenho nada a acrescentar , este produto está definitivamente condenado .

  4. John_3:16 - há 2 anos

    Ta certo.

  5. Roberto Barros - há 2 anos

    Jorge infelizmente tenho que concordar contigo, estou totalmente desanimada, nem a divisão das Knockouts está bem organizada, temos nomes novamente aparecendo com histórias que já aconteceram antes, de novo o retorno da Beatiful People, quantas vezes isso já aconteceu?

    Sobre o resto você já falou bem, não gostaria de dizer isso, mas tenho medo do futuro da TNA.

    • Está a ser um periodo muito negro, por muito que se tentem esconder as dificuldades. Aguardem a próxima conference call, porque a questão que coloquei ao Eric Young foi bastante dificil e foi curiosa a forma com se esquivou…

  6. danielLP21 - há 2 anos

    Com o IW de ontem, já são 3 sem ver a TNA. Não consigo mesmo… Vou ver o PPV de Domingo, em princípio em directo, só para ver como se safam. Mas que a TNA não anda bem, lá isso não anda. O Vince Russo está mesmo de volta?

    • Como “consultor”, mas aqui entre nós mais valia tê-lo a tempo inteiro, porque neste momento não há uma visão clara do que a TNA tem de ser, seja essa visão boa ou má.

  7. Na vida só temos duas certezas o nascimento e a morte. Certamente que a situação da TNA não é tão dramática, mas é agoniante de assistir.

  8. A GFW não existe. Esse é o menor dos problemas da TNA agora.

    • johnsil107 - há 2 anos

      Pois eu sei disso…ja estou a prever um futuro em que a TNA vai perder muitos dos fas para esta companhia e concordo cntg, e o melhor dos problemas neste momento. Agr vai ter que a ver uma reestruturação em termos de booking e tmb na parte da promoção dos combates pq apesar de a qualidade em termos de combates ser boa nota se algum defice em tudo o que rodeia ou seja no storytelling. Subescrevo tudo o que dizes

      • simaomatos12 - há 2 anos

        a TNA podia já tentar contractar o Jim Cornette para fazer cada booking que isto ia dar cada volta

      • Deus nos livre!

  9. MR Perfection André Santos - há 2 anos

    Concordo Jorge…. parabéns pelo teu trabalho é de louvar, infelizmente estou a fartar de ver o MVP abrir shows e dizer sempre a mesma bosta….Ah e já agora Magnus o grande futuro da TNA anda nisto?…Aries o grande inovador deste PPV anda nisto? E Roode está de ferias? Storm e Anderson fora do card? Até tenho medo de dizer isto….Até parece que quando estava Hogan na TNA tínhamos melhores shows…

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador