Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Impacto! #31 – Bound For Glory Series

O ano passado a TNA estreou um novo conceito na sua agenda – Bound for Glory Series. Este torneio com a participação de 12 atletas tornou-se no principal foco para determinar o candidato principal ao título mundial da TNA (na altura defendido por Kurt Angle).

Dizem as regras que todos lutam contra todos, sejam em PPVs, house shows ou no Impact Wrestling. No final de cada combate é atribuída uma classificação ao vencedor, de acordo com a forma como a vitória foi alcançada (10 pontos por submissão, 7 por pinfall, 5 por count-out, 3 por desqualificação). O empate valia 2 pontos e um atleta desqualificado perderia 10 pontos. Numa edição especial do Impact Wrestling, um Ladder match deu também 10 pontos ao vencedor.

Os primeiros 4 classificados, disputaram uma eliminatória no PPV No Surrender e o vencedor defrontou Kurt Angle pelo titulo mundial no Bound for Glory. Ainda num reavivar de memórias, Bully Ray, James Storm, Gunner e Bobby Roode foram os 4 finalistas, que se encontraram no No Surrender. Bobby Roode venceu Gunner via submissão e Bully Ray derrotou James Storm via desqualificação, ficando empatados a 52 pontos. Roode e Ray tiveram que lutar entre si e Bobby Roode acabou por vencer via pinfall e teve a sua primeira oportunidade de lutar pelo titulo mundial.

Para os lutadores esta é uma oportunidade tremenda para atacar o título mundial e para a TNA, o conceito permite manter uma série de atletas do seu roster com um objectivo bem definido no horizonte.

A TNA recuperou este ano o mesmo conceito e teremos pela frente uma série que será certamente interessante. As regras praticamente são as mesmas e passo a explicar:

Foram escolhidos 12 candidatos dentro do roster da TNA. Cada atleta deverá lutar uma vez entre si, sendo que os combates começaram com um gaunlet match (ou Battle Royale), com o vencedor a arrecadar 20 pontos.

Os combates decorrem no Impact Wrestling, em house shows e em PPVs. O resultado dos combates determina a atribuição ou perda de pontos da seguinte forma:

Vitória por submissão – 10 pontos
Vitória por Pinfall – 7 pontos
Vitória por countout – 5 pontos
Vitória por desqualificação – 3 pontos
Empate – 2 pontos
Derrota por desqualificação – perda de 10 pontos

No dia 6 de Setembro,  a TNA encerra a classificação final e os quatro primeiros irão disputar um pequeno “playoff” no No Surrender 2012. O vencedor desse combate irá encontrar o campeão mundial da TNA no Bound for Glory.

O conceito é simples e aqui no WPT iremos actualizar os resultados todas as semanas, no report semanal do Impact Wrestling.

Fiquemos então a conhecer os lutadores, pela ordem que considero ser de favoritismo:

1 – James Storm: Indiscutivel que James Storm é o grande favorite a vencer a BFG series. A sua feud com o ex-companheiro de Tag Team Bobby Roode está inacabada e depois de uma pausa, Storm parece ter recuperado a sua motivação. Aliás, o cowboy regressou já em grande ao arrecadar os primeiros 20 pontos, vencendo o gaunlet match. A minha previsão é que teremos James Storm vs Bobby Roode no Bound for Glory.

2-Bully Ray: Ray fez um trabalho incrivel ao re-inventar o seu gimmick totalmente. Depois de deixar a Team 3D, Ray voltou ao ginásio, perdeu peso e ganhou arrogância. Assumiu uma postura presunçosa e como um verdadeiro Bully, Ray tem estado em quase todos os momentos heel da TNA. A forma como Ray consegue prender a atenção para o seu discurso e a raiva que desperta no público são sinais de um trabalho que é bem feito. Se a actual feud com Abyss e Joseph Parks não atrapalhar, não duvido que Ray volte a estar em os 4 finalistas.

3-Jeff Hardy – Jeff Hardy há muito que se sente que está à espreita de uma oportunidade para se aproximar dos main-events. Desde o Victory Road em 2011 que a TNA retirou a confiança dessa responsabilidade a Hardy, mas até Hulk Hogan já confirmou o potencial de Hardy junto dos fãs. Já tendo ficado várias vezes perto de lutar pelo titulo mundial, a BFG poderá ser a oportunidade que Hardy esperava para mostrar que está bem mentalmente e fisicamente para regressar a uma luta pelo pódio da TNA.

4-Samoa Joe – Joe andava desaparecido dos combates principais. Esquecido no roster da TNA, parece ter ganho novo ânimo a quando da conquista do titulo de tag-team com Magnus (perdido posteriormente para Matt Morgan e Crimson). Joe parecia que estava destinado a voltar para as sombras, mas um combate fenomenal contra Austin Aries no Slammiversary parece ter sido suficiente para atrair a atenção da TNA. As últimas aparições de Joe parecem indicar que o assassino está de volta e o BFG series poderá mostrar isso mesmo.

5-Pope – Esteve for a vários meses (a graver o novo filme de Batman) e regressa agora à TNA. A sua ausência prolongada parece ter servido para abrir o apetite do público que queria ver Pope de volta ao Impact Wrestling. Apesar de não estar envolvido em qualquer storyline (e até poder vir a ser um candidato ao TV title), a TNA pode perceber os benefícios de ter Pope entre os finalistas da série, não só por ser um dos atletas mais adorados entre o público, como pela publicidade gerada pelo seu novo filme.

6-Magnus – Magnus tanto poderia aparecer nesta posição como no lugar nº11. Para mim é um wild card. Há muito que os fãs mais acérrimos da TNA pedem um papel de maior destaque para ele. Inclusivé, Scott Steiner chegou a apelidar Magnus como uma futura super-estrela. Magnus tem apenas 24 anos de idade, um físico invejável, boas capacidades atléticas e boas mic skills. O seu potencial é inquestionável, mas a TNA não o tem aproveitado. Contudo, a sua participação no Ring Ka King poderá muito bem ter sido a prova que faltava para a TNA apostar nele e lhe dar um lugar nos 4 finalistas.

7-RVD – Para mim RVD é uma carta for a do baralho. Não só por já ter tido várias oportunidades desperdiçadas para vencer o titulo mundial, como o seu papel na TNA é cada vez mais dúbio. O gimmick de RVD nunca se alterou, a sua condição física tem vindo a cair e nunca esteve envolvido em qualquer storyline com alguma lógica. Parece-me que RVD deveria ser alguém, que a lutar pelo titulo mundial apenas se a TNA considerar que ele ainda tem algum reconhecimento de nome que justifique a sua presença no No Surrender.

8- Mr. Anderson – Anderson certamente que terá uma palavra a dizer nas contas finais, mas as sucessivas derrotas que sofreu frente a Bobby Roode parecem fazer dele um lutador menos atrativo par aver novamente a enfrentar o campeão mundial. Anderson chega a esta BFG series com uma imagem muito enfraquecida e sem qualquer storyline relevante. Parece-me pouco para o considerar favorito. Há semelhança de RVD, Anderson apenas poderá seguir se se reinventar ou se a TNA considerar que o seu nome atrairá a atenção do público.

9- AJ Styles – O Phenomenal AJ Styles tem muito com que se preocupar. As alegações que Kazarian e Daniels têm feito em relação a uma alegada relação entre ele e a presidente da TNA Dixie Carter, parece estarem a desconcentrar AJ, já tendo causado algumas derrotas. Esta storyline não parece ter fim à vista e como tal só posso assumir que AJ estará com as suas prioridades voltadas para Daniels e Kaz, mais do que para o titulo mundial.

10- Christopher Daniels – Daniels está a fazer um excelente trabalho como heel e as suas tentativas de destabilizar AJ Styles e Dixie Carter parecem estar a surtir efeito. Mesmo tendo perdido o titulo de tag-team champion com o seu parceiro Kaz, não deverá levar muito tempo até que este volte a fazer nova investida numa muito vazia divisão de Tag-teams. Como tal, a BFG series não deverá ser uma real aposta para Daniels.

11- Kurt Angle – A única razão para afastar Kurt Angle de qualquer luta pelo titulo mundial é que acredito que Angle terá pela frente o King Mo no Bound for Glory. Angle e Mo já trocaram alguns “miminhos” e parece inevitável o confronto entre ambos. O BFG será o palco ideal para aquela, que até hoje, parece ser a estreia de King Mo na TNA. Não fosse este desígnio e certamente que colocaria Kurt Angle como um dos favoritos, até porque, recorde-se, se Bobby Roode for ainda Campeão no BFG, Angle é o único grande nome que Roode ainda não conseguiu derrotar.

12- Robbie E Claramente o outsider. Robbie E tem vindo a ser esmagado todas as semanas no Impact Wrestling. Salvo raras exepções, Robbie E não parece mais que um jobber neste momento e será certamente aquele lutador que toda a gente irá usar para amealhar pontos.

Pergunta

Quem será o vencedor da Bound for Glory Series 2012?

Sobre o Autor

- Colaborador do Wrestling.PT para os conteúdos da Total Nonstop Action!

13 Comentários

  1. Vinícius Nunes - há 4 anos

    Eu acho o Bound For Glory series algo sensacional, e a liderança de James Storn é algo natural, para mim ele vai enfrentar e vencer Bobby Roode no Bound For Glory. Bully Ray pra mim está fora porque Abyss vai atrapalhar muito a vida dele. Kurt Angle seria uma boa aposta pra ficar entre os finalistas graças ao seu grande movimento de submissão. Daniels e AJ estão muito preocupados um com o outro e com Dixie. Robbie E é piada. Anderson e RVD pra mim estão ali pra dar qualidade ao torneio. Pope é pelos fãs e pelo filme. Magnus ainda é muito jovem mais deve ficar entre os finalistas. Samoa Joe pra mim vai ser o grande rival de James Storn, vai ser páreo duro. Jeff Hardy pode ir bem, mas o fato do Victory Road 2011 atrapalha muito. Ótimo artigo Jorge, concordo basicamente com tudo, e espero grandes confrontos nesse Bound Of Glory Series.

  2. Para já devo dizer que gosto bastante deste conceito do BFG Series que consegue prender alguém todas as semanas para ver como ficara a classificação e será assim nos próximos meses.

    Para mim o grande vencedor de 2012 será James Storm e tudo simplesmente porque quero ver no BFG um grande combates entre Storm e Roode e sinceramente acho que tem tudo para acontecer visto que Storm esta com a pedalada toda.

    Depois do trabalho que Bully Ray tem mostrado desde a separação da Team 3D que merece o topo e apesar de achar que não vence o BFG Series espero no futuro vê-lo como Campeão Mundial. A rivalidade com Abyss e Joseph Park também não devera durar assim tanto que o prejudique demais.

    Sinceramente neste momento não metia o AJ Styles tão abaixo nesta tabela até porque no último impact acabaram com o misterio da relação entre AJ e Dixie e portanto não me acredito que a rivalidade com Daniels e Kaz dure tanto que o prejudique desta maneira.

    Kurt Angle vs King Mo nem sei que diga simplesmente não conheço o gajo nem sei o que ele vale como wrestler portanto pode não ser uma coisa que me cative e neste momento prefiro mil vezes que Angle fique nos quatro finalistas.

    Robbie E simplesmente para os adversários ganhar pontos sem grandes preocupações visto que ele não é nada de especial e nem sei o que faz na TNA.

    • Jorge Rebelo - há 4 anos

      Tiago, a TNA anda a atrasar a estreia do King Mo. Já li algures que ele estava lesionada (não sei se alguém consegue confirmar isto…), mas dadas as tentativas que o Kurt Angle fez para ingressar na UFC e tentar uma carreira na MMA, penso que será inevitável que a MMA venha até o Angle. Penso que o Angle chegou a dizer no seu tweeter que um dia ele teria mesmo que enfrentar o King Mo. Penso que o BFG era uma altura propícia a isso.

      • Pois até pode acontecer mas resta-me é saber se o combate vai cativar mesmo.

  3. João Macedo - há 4 anos

    Este artigo é muito bom para aqueles que não conhecem parcial ou totalmente este conceito, que acho muito interessante e é mais um dos motivos para ver TNA.

    Concordo, quer-me parecer que Storm ganha isto, no Bound For Glory vence Roode pelo título e depois de uma desforra com Roode (ou mais, já sabemos que Roode é heel e pode muito bem arranjar forma de ter mais um combate), esta rivalidade ganha o seu ponto final, pelo menos por agora.

    O Bully merecia vencer, pois tem feito um excelente trabalho como heel, mas neste momento não deverá conquistar tal feito pois tenho quase a certeza que este ano ganha Storm.

    Por fim só queria salientar que Robbie E é, praticamente, o “bobo” da festa, e temo que possa acabar com 0 pontos.

    • Jorge Rebelo - há 4 anos

      Concordo com essa tua aposta no Robbie E. Também não vejo a quem ele possa ganhar pontos, a menos que haja alguma interferência.

  4. JoaoMendes - há 4 anos

    Eu acho que ganha James Storm porque ele é quem mais mereçe tirar o titulo ao antigo amigo.

    • Jorge Rebelo - há 4 anos

      Concordo contigo João. Pelo caminho não me importava de voltar a ter um Samoa Joe destruidor e finalmente o Magnus a receber um bom push.

  5. danielLP21 - há 4 anos

    Quem será o vencedor da Bound for Glory Series 2012?

    O vencedor deverá ser o James Storm. No entanto,não gosto muito da ideia de se saber com quase toda a certeza quem vai ser o vencedor com tantos meses de antecedência. Por mim o vencedor estaria entre o Jeff Hardy e o Bully Ray,embora Kurt Angle e AJ Styles também fossem boas opções. Concordo que Bully Ray merece o Título Mundial e tenho esperança que ele possa vencer esta BFG Series,caso o Bobby Roode perca o Título Mundial para um Face nos próximos tempos.

    Excelente artigo,mais uma vez.

  6. gabriel gustavo - há 4 anos

    quais saos os maiores PPV´S dfa TNA?

  7. Malamadre16 - há 4 anos

    Para mim o grande vencedor tem que ser James Storm ou pelo menos eu gosstava bastante que fosse e velo como champion vai ser excelente e bem merece ter o reinado que lhe falta. E nao estou a ver AJ e Angle tao em baixo e acredito que sejam os ultimos qatro mais o Ray.

  8. Master of Chaos - há 4 anos

    Grande artigo, realmente, o AJ tem muito com o que se preocupar.

    Fora do assunto, espero mesmo que o AJ Styles volte a lutar pelo título e até a conquistá-lo, espero vê-lo também com um grande reinado.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador