Impacto! #60 – O Palco dos Sonhos

A primeira edição do Impacto em 2013 é dedicada aos combates. Não irei falar das lutas em si, mas dos diferentes tipos de combates, pensados e executados na TNA. Irei falar dos mais emblemáticos na história da organização. No final desta edição do Impacto! há uma surpresa para a familia TNA.

Por definição um “gimmick match” ou um combate gimmick é um combate que acontece com um conceito que o torna diferente de um combate normal de wrestling. Este tipo de combates, com mais ou menos estipulações ocorrem com alguma frequência em qualquer organização de wrestling. Na TNA eles são utilizados em eventos especiais (caso do Lethal Lockdown no PPV Lockdown) ou para dar enfâse a uma rivalidade (caso do No-Desqualifition match entre Bobby Roode e James Storm no Bound For Glory). Ao longo dos anos na TNA, muitos são os gimmick matches que não sobrevivem ao tempo e acabam perdidos na história. Outros resistem e ainda hoje são utilizados.

Tentei fazer aqui uma pequena compilação de combates originais da TNA. Alguns deles ainda podem ser vistos na TNA, outros não voltarão a ver a luz do dia, mas todos tiveram a sua importância em determinado momento da história.

Ultimate X Match

O Ultimate X Match é um dos poucos conceitos originais da TNA que vai escapando ao passar dos anos (e às vontades das equipas criativas). A ideia do combate é simples. Há duas cordas suportadas nas alturas por quatro pilares metálicos e que atravessam o ringue formando um X. Na intersecção das cordas é preso um X vermelho e o vencedor do combate é aquele que conseguir retirar o X das cordas. Ao longo da história o valor desse X depende de combate para combate e pode ser o titulo da X division, um combate pelo titulo ou um contrato com a TNA.

Como será fácil de prever, o combate promete um festival de manobras de alto risco, mas além do enorme grau de dificuldade a que estão sujeitos os lutadores, há um perigo real, pois rapidamente os atletas experimentam executar manobras a partir das cordas com tudo o que isso implica.

Este tipo de combate é um dos favoritos do fãs da TNA e está no DNA da X division. Talvez seja essa a razão mais forte para que continue a resistir à passagem do tempo. Fica aqui uma das versões mais recentes – Beer Money vs Motor City Machine Guns (Impact Wrestling 2010)

King of the Mountain Match

Este gimmick match é dos mais pedidos pelos fãs, apesar de já não se realizar desde 2009. Este combate é criação e a assinatura de Jeff Jarrett.

Na sua essência o KOTM é um ladder match invertido, ou seja, o vencedor é a primeira pessoa que subir a escada e conseguir prender o titulo numa cum cabo suspenso no tecto. Para se ser elegível para subir a escada, o lutador deve vencer um dos outros cinco adversários por pinfall ou submissão. O lutador que sofre o pin ou a submissão é forçado a estar isolado do combate por um período de dois minutos.

Apesar de as regras parecerem complexas, na verdade funcionam bem e geralmente são um óptimo ponto de partida para novas rivalidades e regra geral criam momentos inesquecíveis e dramáticos durante o combate. Deixo-vos a versão de 2006 que opôs Jeff Jarrett a Sting, Abyss, Christian Cage e Ron Killings.

Six Sides of Steel

Os combates dentro de uma jaula são um dos mais antigos gimmick matches da história da indústria do wrestling e pelo seu sucesso, continuam a ser dos mais adorados pelos fãs. Os combates permitem todo um novo conjunto de manobras de alto risco (por exemplo vale a pena relembrar o combate entre Kurt Angle e Mr. Anderson no Lockdown 2010) ou eventos dramáticos (como a vitória de Bobby Roode contra James Storm no Lockdown 2012).

Quando a TNA apostou num ringue de 6 lados, não abandonou este conceito e trouxe o Six Sides of Steel. Basicamente um combate dentro de uma jaula com a mesma forma do ringue de seis lados. O combate pode ser vencido por pinfall, submissão ou por escapar da jaula.

Apesar de este ser um gimmick match que não deverá voltar à TNA, dado que o ringue de seis lados já não é utilizado, enquanto existiu o Six Sides of Steel deixaram a sua marca na TNA, em particular por combates como este:

Elevation X

O Elevation X é um daqueles conceitos que estranhamento não vingou na história da TNA, pois apenas foi executado num show televisivo uma vez (AJ Styles vs Rhino em 2007).

O conceito é bastante simples. Há uma estrutura metálica que é montade sobre o ringue e duas estreitas plataformas cruzam-se nas alturas formando um X. Os lutadores devem subir à estrutura e o primeiro a cair perde o combate. Compreendo que as manobras que podem ser executadas nesta estrutura são muito reduzidas e há um perigo real de o combate acabar mal, pois ao mínimo descuido, uma queda pode causar danos irreparáveis nos lutadores.

Mesmo assim, é uma oportunidade tremenda para se criarem algum momentos dramáticos no combate e o grau de exigência que traz aos lutadores não passa certamente despercebido aos fãs. Fala-se que este conceito poderá ainda regressar no PPV Destination X. Mesmo que tal não aconteça, ficou uma boa ideia.

Monster’s Ball

Da mente negra e sombria de Raven saiu em 2004 a ideia para o gimmick match mais hardcore da história da TNA.

As regras extremas deste combate começam logo com a estipulação inicial (usada nas primeiras seis edições deste gimmick match) de que durante as 24 horas que antecedem o combate, os lutadores devem ser privados de água, comida e luz, de forma a aguçar a sua agressividade. Assim que são libertados para o ringue, o combate decorre sem desqualificação onde o uso de armas é inevitável. O número de participantes é variável e para vencer o lutador tem que alcançar a submissão ou o pinfall do adversário, com a condição que o combate tem de acabar dentro do ringue.

O Monster’s Ball é o gimmick match mais associado a Abyss, não fosse ele o lutador que mais vezes participou e venceu neste tipo de combate. Pelas caracteristicas Hardcore em que decorre, este combate termina sempre num banho de sangue e é facilmente um dos gimmick matches mais violentos e marcantes da história da TNA.

Xscape Match

O Xscape Match é um combate exclusivo da TNA e da X Division. Regra geral, ele realiza-se no PPV Lockdown. Como qualquer combate em jaula, o objectivo final é conseguir escapar.

As regras são simples, os lutadores devem eliminar adversários via pin ou submissão. Quando restarem apenas dois, a única forma de vencer é trepando a jaula.

O grande atractivo do combate é que este é disputado entre os lutadores mais acrobáticos do roster da TNA, o que é uma garantia de elevar a espectacularidade do combate. Ao longo dos anos, o Xscape Match manteve-se como um simbolo do Lockdown e da X division, sendo um dos gimmick matches mais aguardados do ano.

Lethal Lockdown

O Lethal Lockdown é um combate tradicional do PPV lockdown (apesar de ser usado noutros PPVs), decorrendo dentro de uma jaula.

As regras são simples. Duas equipas defrontam-se neste combate. Os lutadores de cada equipa vão entrando alternadamente na jaula, com alguns minutos de intervalo. Assim que todos os lutadores estão no ringue, as portas da jaula são trancadas e desce um tecto que sela a jaula. Agarradas ao tecto estão inúmeras armas que os lutadores são encorajados a usar. A vitória é obtida por submissão ou pinfall.

O Lethal Lockdown é decisivo na história da TNA pois geralmente marca o final ou a decisão de storylines que envolvem um grupo de lutadores (facção) que tenta controlar a TNA e uma equipa que defende os interesses da organização. Um dos exemplos mais recentes é este Fortune vs Immortal no Lockdown 2011.

Feast or Fired

O Feast or Fired é talvez o gimmick match mais controverso dos que abordo aqui nesta edição do Impacto, ou não fosse ele um produto da cabeça de Vince Russo. Controverso porquê? Porque claramente esta era uma forma da equipa criativa se livrar de um lutador menos utilizado no roster. Mesmo antes do combate era previsível, que acabaria por ser despedido. Aliás, os próprios combates acabam por ser caóticos.

O conceito deste combate é fácil de explicar. São penduradas 4 malas junto ao ringue cada uma delas com conteúdos diferentes – um combate pelo World title, um combate pelo Tag-team title, um combate pelo X-division title e por último a rescisão de contrato – despedimento da TNA. Claro que os lutadores não sabiam o que estava em cada mala e por isso tinham que entrar no ringue e lutar pela posse de uma mala escolhida aleatoriamente. No final do combate, assim que todos os lutadores saíssem do ringue com uma mala, o seu conteúdo era revelado.

Infelizmente Vince Russo sempre geriu estes combates de forma alucinada, dando title shots a quem não merecia e usando a mala com o despedimento a lutadores que há muito que não faziam parte dos seus planos. A última edição deste combate aconteceu em 2009 no Final Resolution.

Entrevistas com lutadores da TNA?

Para concluir esta edição do Impacto!, trago-vos parte de uma prometida surpresa para 2013. Durante vários meses tentei estabelecer alguns contactos dentro da TNA para vos trazer conteúdos exclusivos. Na última semana esses esforços começaram a dar os primeiros frutos e após algumas conversas bastantes produtivas, o WPT está em posição de conseguir duas entrevistas exclusivas com o “Phenomenal One” AJ Styles e com o “Fallen Angel” Christopher Daniels.

Para que tal possa acontecer, peço à familia TNA que através dos comentários a esta edição do Impacto coloquem algumas questões que gostariam de fazer a AJ Styles e a Christopher Daniels, identificando a qual se dirige a pergunta.

Irei escolher algumas (infelizmente poucas) questões que farei chegar a ambos os atletas e assim que tiver as respostas serão públicadas numa edição especial do Impacto!

Lembro que nada é garantido, mas penso que estamos em boa posição de conseguir este exclusivo.

O WPT continua a ser a comunidade de referência para os conteúdos TNA em lingua Portuguesa e esta é a primeira de algumas iniciativas que deverão acontecer em 2013. Espero que para toda a familia TNA este seja um bom presente e uma forma de agradecer a vossa dedicação!

Até ao próximo Impacto!

Sobre o Autor

- Colaborador do Wrestling.PT para os conteúdos da Total Nonstop Action!

31 Comentários

  1. danielLP21 - há 4 anos

    Whaaaaaaaat?!! Só podes estar a gozar connosco…

    Temos quanto tempo para colocar essas perguntas Jorge?

    • danielLP21 - há 4 anos

      Christopher Daniels:

      “Do you think you should be a former TNA World Champion by now? What do you think is the reason why TNA didn’t already give you a World Title run?

      Estas pode ser para qualquer um dos dois ou mesmo para os dois:

      “What is your favorite match of your career so far? The match that gave you more pleasure and made you prouder of being a professional wrestler…”

      Parabéns ao W.PT, mesmo que não se consiga nada.

    • Jorge Rebelo - há 4 anos

      Durante esta semana recolho as perguntas Daniel.

  2. João Macedo - há 4 anos

    Bom artigo, dos combates que referiste aí, o MCMG vs. Beer Money é com certeza um dos meus preferidos.

    Quanto a essa entrevista exclusiva, vamos lá ver o que conseguimos. Por enquanto deixo a minha pergunta, para o Styles, já em inglês…boa sorte nisso!

    In 2012 you were not world champion. Is one of your main goals for 2013 (after Bound For Glory) capture the world championship?

  3. valugi - há 4 anos

    Que grande notícia Jorge, essas entrevistas pode ser um grande caminho para o WPT, ainda mais com esse dois lutadores que na minha opnião representam muito bem a TNA.

    Eu gostaria de que se possivel alguns dois dois comentassem aquele combate histórico de 2005 no Unbreakable que para muitos o melhor combate da história da tna.

    Também para um dos dois qual o momento que eles definem como mais marcante da histíoria deles lutando na companhia?

    Enfim e só alguma opções.

  4. Vinícius Nunes - há 4 anos

    Uma pergunta para o Christopher Daniels:

    A tua dupla com o Kazarian, Bad Influence, é uma das melhores tag teams do pro-wrestling, se não a melhor, por quanto tempo que você acha que vai durar essa dupla, e depois dela quais são os teus planos, ir a rota de um inédito título mundial, ou ajudar mais um jovem, como você tem feito com o Kazarian?

    Para o AJ Styles:

    Apesar de ter tido uma carreira fantástica, principalmente na TNA, onde você esteve desde o início até o momento atual da empresa, existiu algum momento em que você pensou seriamente em desistir do projeto Total Nonstop Action?

    • Vinícius Nunes - há 4 anos

      Em inglês as perguntas:

      Christopher Daniels:

      Your tag team with Kazarian is very succesful, How long do you think this tag team continue? And after this partnership, What are your plans for the future? Go to the world title or help a rookie, working with him?

      AJ Styles:

      You have a great carrer in pro-wrestling, mainly in TNA. There was a time that you thought about quitting the project Total Nonstop Action?

  5. Frederico_WWE - há 4 anos

    Exelente artigo Jorge!

    Provavelmente teremos no Jorge Rebelo o melhor colaborador da TNA a actuar em Portugal.

    A minha pergunta vai para o Christopher Daniels ainda em Português:

    – És um dos grandes nomes da história da TNA e não havendo hoje em dia no pro wrestling muitos heels carismáticos o suficiente como eram o Triple H, o Edge, o Jericho ou o JBL por exemplo que tinham a capacidade de desempenhar gimmicks suficientemente credíveis para os fãs e de arrancar grandes apupos o que consideras necessário para vingar como heel sem ser apenas insultar os fãs e os babyfaces queridos da companhia para que se consiga ter uma personagem muito odiada neste caso na TNA que ainda por cima continua a ser vista como uma empresa inferior à WWE e diga se que és um heel exelente que se consegue renovar quais são os teus truques?

    • João Macedo - há 4 anos

      Quanto à segunda frase do teu comentário, não diria “provavelmente”. Da mesma forma que a Salgado é a pessoa do sexo feminino que mais entende de wrestling em Portugal, o Jorge é o melhor colaborador no que toca a TNA, na língua portuguesa.

    • Jorge Rebelo - há 4 anos

      Agradeço o elogio Frederico e João, mas o mérito da qualidade dos conteúdos TNA é certamente repartido entre aqueles que activamente participam aqui no WPT como vocês que hoje estão a comentar mais um Impacto!, a equipa do WPT e a própria TNA que nos vai dando razões para falarmos do que por lá se faz.

  6. EnigmAA - há 4 anos

    Impacto!

    Ótimo Artigo Jorge, adoro o Monster’s Ball, Ultimate X Match e o Lethal LockDown.

    Uau, essa pegou de surpresa!

    W.PT é o melhor.

    Não tenho ideia do que perguntar, até quando posso fazer uma pergunta?

  7. gonçalo”the best in the world” - há 4 anos

    Christopher Daniels

    You are one of the talest men in the roster of tna!Why you never became tna world champion?whats are the reasons four that?

    Esta é para os dois

    what you now about Portugal?

  8. gonçalo"the best in the world" - há 4 anos

    Christopher Daniels

    You are one of the talest men in the roster of tna!Why you never became tna world champion?whats are the reasons four that?

    Esta é para os dois

    what you now about Portugal?

    • gonçalo"the best in the world" - há 4 anos

      for em vez de four

      • Willian Silveira - há 4 anos

        Tens a chance de perguntar qualquer coisa a essas quase lendas da TNA e da ROH, e queres saber o que eles acham de Portugal? Sério?

      • danielLP21 - há 4 anos

        Não, ele quer saber o que eles acham sobre Portugal. E qual é o mal? Eu também tenho essa curiosidade.

        Gonçalo, escreve-se “know” e não “now”, mas gostei da pergunta :)

      • gonçalo"the best in the world" - há 4 anos

        obrigado daniel por me teres corrigido e também agradeço por teres gostado da pergunta :)

  9. The Choose One - há 4 anos

    Belo artigo como sempre Jorge,adoro o Lethal Lockdown eo Ultimate X eo Monster Ball´s e mesmo muito hardcore.Que otimo isso das entrevistas minha pergunta seria para o Christopher Daniels:
    “What made you fall in love with wrestling and what your favorite wrestler of all time”.Bem espero q de tudo certo em relacao a entrevista.

  10. João Almeida - há 4 anos

    Exelente artigo Jorge

    AJ STYLES: what was your reaction when you noticed you would be out of the world title run?

    CHRISTOPHER DANIELS: do you think you will be in a match for the world title in 2013?

  11. ?????????? - há 4 anos

    o lethal lockdown match era bom numa TNA VS ACES & 8 !

  12. Rodrigo "a** hole" David - há 4 anos

    Muito boa, sempre gostei desses conceitos, essa gostava do Christopher a responder, mas nesse caso ambos podem:

    “You worked with AJ Styles for many years, in many promotions, if you could make a list of the top 5 Styles vs. Daniels and the reason why the were important to you, what would it be?”

    Meu inglês n é dos melhores

    • Jorge Rebelo - há 4 anos

      Não há problema com o inglês. Aliás, quem quiser deixar as perguntas em Português pode fazê-lo que obviamente eu traduzo posteriormente. O mesmo irá acontecer com as respostas, que serão igualmente traduzidas para Português.

  13. Miguel Carlos - há 4 anos

    Os combates da TNA são muito diferentes dos da WWE.Haviam alguns que eu nem conhecia. E que grande supresa, no final! Nunca imaginei!

    AJ:
    Com que gostaste mais de trabalhar ao longo da tua carreira?

    Daniels:
    Como é trabalhar com lendas como Hulk Hogan e Sting?

  14. franciscoxb - há 4 anos

    falta o Barbed wire Massacre e o Clockwork Orange House of Fun match

    • Jorge Rebelo - há 4 anos

      e o Full Metal Mayhem e os “objectos” on a Poll e o Turkey Match, etc etc

      Repara tentei selecionar os mais emblemáticos e não fazer uma descrição exaustiva de todos os combates originais da TNA. Claro que acabam sempre por ficar alguns de fora, mas parece-me que este lote apresentado é bem representativo do que a TNA tem para oferecer.

      • franciscoxb - há 4 anos

        esta muito bom na mesma os meus parabens

  15. Vince It Factor - há 4 anos

    Excelente artigo Jorge, tem combates aí que tenho imensas saudados como o Monster’s Ball e o King of the Mountain !

    És sem dúvida o melhor em Portugal a atuar na área da TNA. Este é o meu espaço favorito aqui no WPT e está cada vez melhor.

    Não sei se ainda vou a tempo, mas se for, aqui vai:

    Para o Daniels – Pensas que podes encerrar a tua carreira sem o título mundial da TNA no teu currículo ? Não achas que já merecias ter tido esse cinturão antes ? Ou achas que ainda vais a tempo de um grande reinado como mereces ?

    Para o Styles – Estando tu afastado do título mundial até ao BFG, qual a tua expetativa para este ano, que contributo achas que darás ao Impact, sendo tu a cara da empresa e um original ? Está nos teus planos recuperar o título já no BFG ou teremos alguma chance de ver a cláusula a que estás submetido ser cancelada ? Equacionas entrar nos Aces & Eights ?

  16. Silveira - há 4 anos

    Para o Daniels-Como foi fazer o finisher do Aj,a ele próprio?Pensas que vais reconquistar os títulos de tag?E achas que iras vencer o Título mundial?
    Para o Aj- Como foi levar o teu próprio do Daniels?Gostavas de fazer um heel-turn?Achas que só poderes lutar pelo título mundial pode levar ao heel turn?
    Obrigado Jorge por esta oportunidade.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador