Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Long Horn Peep Show #1 – WWE à Hitchcock

De volta ao fim de três semanas e numa nova casa, aqui está o tão antecipado regresso da LongHorn Peep Show como sempre às sextas-feiras e com o mesmo autor, Captain Charisma, no vosso… Wrestling.pt! Esta não esperavam vocês, admitam lá, foram apanhados desprevenidos! Para os leais seguidores da LongHorn, o regresso verifica-se no formato original desta crónica, portanto com o foco a cair em dois tópicos: Jack Swagger e os number 1 contenders.

Se há algo que tem tido plano de destaque na WWE são, sem dúvida, os dois number 1 contenders aos dois títulos mais importantes da companhia, embora por motivos bem distintos. Um porque no último Raw ficou finalmente decidido aquilo que já se sabia há vários meses (Twice In a Lifetime pelo WWE Championship), outro porque podíamos ter assistido a um dos maiores tiros no pé da história da WWE: Jack Swagger decidiu por bem assumir a sua personagem a 100% e tornou-se de facto num real american ao conduzir embriagado e em excesso de velocidade, ainda sob o efeito de marijuana. Isto para além da marijuana que com ele viajava. Tipicamente americano!

E reparem que eu disse “podíamos”, porque a julgar pelo último Raw, a WWE não planeia fazer nada sobre o assunto – pelo menos de imediato. O que quanto a mim, em parte se deve ao facto de não existirem simplesmente number 1 contenders. Sim, Mark Henry, Randy Orton e até um antecipado cash-in de Dolph Ziggler, podiam resolver a questão do substituto de Jack Swagger caso a WWE lhe tivesse aplicado uma imediata suspensão…

Irá Jack Swagger continuar o seu caminho até à oportunidade pelo World Heavyweight Championship na WrestleMania29 sem sofrer nenhuma penalização? Perguntam vocês acompanhantes atentos da modalidade. E a resposta é sim. Até à WrestleMania29 sim. No entanto, acredito que o castigo de Swagger vai começar precisamente na WM29 onde para além de não conquistar o Título Mundial, Jack deverá sofrer após a WM29 um período bastante desinteressante parecido com o de Orton. É possível vermos Jack perder a calma depois da derrota com Del Rio, a dar-lhe um enxerto de porrada à moda antiga e Dolph aproveitar para fazer o cash-in que o Mundo quer ver. No SmackDown (ou Raw) seguinte, Booker T irá aplicar uma suspensão durante período indefinido a Jack Swagger pelo ataque brutal a Alberto Del Rio como desculpa para o afastamento de Jack.

Contudo, vocês prezados leitores voltam a questionar “Mas porquê é que não fizeram isso de imediato?”. Pergunta essa que dá o mote para o tema principal desta semana: number 1 contenders. Tirando o vencedor da Royal Rumble – que foi forçado a colocar a sua oportunidade em jogo para erradamente expulsar de uma vez por todas CM Punk do panorama do WWE Championship – e o vencedor da Elimination Chamber, Jack Swagger, simplesmente não existem number 1 contenders na WWE.

Tamanha indefinição é garantido que mantém o suspense – Hitchcock deve estar deliciado – semana após semana, para saber contra quem Antonio Cesaro é que se vai divertir a defender o seu US Championship, ou quem será a próxima vítima da Barrett Barrage, ou mesmo contra quem é que os Team Hell No vão finalmente colapsar, para não falar da adormecida divisão de Divas.
Analisando título a título, quanto ao WWE Championship a situação está mais do clara e refletida, por isso não vale a pena perder mais tempo a denunciar os motivos pelos quais CM Punk deveria estar no WWE Championship, por muitas moedas infinitas que John Cena tenha.

Quanto ao WHChampionship, Jack Swagger continua a ser o number 1 contender porque as circunstâncias assim o exigem. A WWE certamente deverá estar ainda a analisar o que vai a acontecer a Jack após a WM29, mas o que é certo e sabido é que o vencedor dessa noite – para meu deleite pessoal e de qualquer adepto da modalidade – não vai ser nem Del Rio nem Jack, mas sim o Show Off, Dolph Ziggler.

Seguindo a ordem de prestígio, o senhor Barrett certamente quando se sagrou Intercontinental Champion não esperava um caminho tão tranquilo rumo à WM29. Nem sequer teve de defender o seu título na Elimination Chamber, sendo que a sua última defesa do título foi num Friday Night SmackDown já há quase 2 meses contra – se a memória não me falha – Kofi Kingston num combate que serviu apenas para queimar tempo. Sem história.

Desde então, Wade Barrett não só não voltou a defender o seu prestigiado título, como raramente voltou a combater. A desculpa utilizada, foi que Wade Barrett esteve muito ocupado com o filme Dead Man Down, no qual entra em plano secundário e que, ao contrário do típico filme da WWE, parece ser um filme digno do nome.

Durante este período, Wade Barrett derrotou por duas vezes seguidas Randy Orton (esta cobra nem para cinto dava) e teve um arrufo com Bo Dallas, que ficou aparentemente resolvido com um ataque no backstage. Moral da história: candidatos procuram-se! Se bem se recordam, tinha sido anunciado um torneio a ter lugar no Main-Event, tornando o show das quartas-feiras apetecível, para definir qual seria o number 1 contender ao título do Bare-Knuckle Champion. Torneio esse que infelizmente viria a ser cancelado, sendo que essa informação nos foi transmitida por Wade Barrett através do seu Twitter…

Desde então Wade Barrett não tem qualquer rivalidade e, assim, vai caminhando para a WM29 sem nenhum rival que deverá surgir mais tarde ou mais cedo. Seja ele quem for, e a não ser que seja Randy Orton, não vai ter qualquer história com Wade: simplesmente será um para ocupar uma vaga e encher o cartaz que tem de contar com o clássico Intercontinental Championship.

História é o que se pode dizer da rivalidade de Miz com Antonio Cesaro. Já faz parte da história. Enquanto Miz aproveitou para ter uma fraca performance na Rumble, Cesaro aproveitou para expandir ainda mais o brilho do seu talento que vai cativando tudo e todos.

Quanto a mim esta rivalidade de Miz com Cesaro já deu o que tinha a dar (e foi bem menos do esperado), mas fruto das circunstâncias não será surpresa nenhuma caso Miz volte a enfrentar Cesaro pelo US Championship na WM29, até tendo em conta uma vitória nada convincente de Miz sobre Cesaro usando uma espécie de Figure 4.

A resposta a um destes dois problemas pode muito bem ser Fan… Dan… Go! Que vai fazer a sua estreia no Friday Night de hoje, certamente como face: ou não fossem Wade e Antonio dois heels! Pelos motivos enunciados, acredito que Fandango poderá muito bem ser o number 1 contender ao título de Wade Barrett, embora claro não vá ser mais do que um mero nome a acrescentar a lista de vítimas da Barrett Barrage.

Já a divisão Tag-Team continua com os Team Hell No como Campeões e continua muito longe dos tempos antigos. Se havia título que devia ter mudado de aspeto era os títulos de latão, lindos como o Boogeyman! Mas parece ser difícil criar uns títulos Tag-Team que sejam de facto uma unificação dos antigos WWE Tag Team Championships e dos World Tag Team Championships. Ou então, está-se a perder muito tempo com o que se vai fazer com Ryback… E com Sheamus… E com Randy Orton… E até com o regressado R-Truth.

Não se sabe quem vai desafiar os Team Hell No pelos títulos na WM29, nem se tem nenhuma pista, pois Rey & Sin Cara fizeram questão de desaparecer quando pareciam ser os próximos candidatos a fazer tremer os amigalhaços Kane & Bryan. Uma coisa é certa, depois do último Raw, ainda não é desta que os Prime Time Players vão ter o destaque que tanto merecem! Destruir os Rhodes Scholars provavelmente não foi uma decisão que venha na Bíblia como “sábia”, mas isto sou eu que até me atrevo a dizer que os promos de Damien Sandow (e também do Sr. LoveStache) valem a pena o bilhete!

Quanto à divisão das Divas, ainda abalada pelas saídas das 3 melhores divas (Kelly, Beth, Eve), vai tentando disfarçar o estado negro com uma rivalidade a part-time entre Kaitlyn e Tamina. Por incrível que possa parecer, estou interessado nos desenvolvimentos desta divisão, porque o papel de Layla pode ser muito bem aproveitado caso Layla se continue a fazer passar de amiga de Kaitlyn para virar heel in e se tornar Campeã na WM29 numa possível Triple Threat entre Kaitlyn, Layla e Tamina.

Pelo menos, este seria o cenário ideal, já que Layla tem cumprido o seu papel melhor do que Tamina e Kaitlyn: muito boa a forma como ela se agarra ao título de Kaitlyn após a sua última vitória quando formou tag-team com a Divas Champion para derrotar Tamina e Aksana. Resta saber se a WWE vai conseguir aproveitar Layla como heel…

Aguardam-se desenvolvimentos para estes últimos 4 títulos durante as semanas que antecedem a WM29, cujo prato principal parece ser um The Rock vs Cena parte II, que previsivelmente será engolido por um Triple H vs Brock e um, mais que provável, Best In The World vs The Streak.

Até à próxima semana, Captain Charisma!

Sobre o Autor

- Já escrevi no espaço “Long Horn Peep Show”. Atualmente publico notícias, sou moderador do chat e ajudo no que puder o WPT a ficar cada vez melhor.

8 Comentários

  1. Willian Silveira - há 4 anos

    Lindo!

    Que belo artigo, ótimo.

    Quando se fala da WWE não há muito que se possa dizer que diferencie de outros espaços/cronicas, e tu consegues muito bem falar de algo que todos falam, mas de maneira interessante com um jogo de palavras inteligente e até tem um pouco de risadas no meio.

    Seja bem vindo a esse novo ‘lar’.

  2. gabrielgustavo23 - há 4 anos

    Muito bom artigo ,acho que a melhor feud pelo titulos da WWE é o World Heavyweight.Mesmo com uma história muito já vista, acho que a feud está boa,pois,não gostaria de ver mais um combate de The Rock VS John Cena 2 com o WWE Championship incluso nesta rivadade,já o Intercontinental Championship e os Tag Team Championship nem sequer tem Contender´s ao titulo,já com o United States Championship já estou farto da feud pois eu esperava muito mais do que isso,os Divas Championship a WWE está arruinando a divisão .Então essa Wrestlemania vai ser umas das piores já vistas,o que pode salvar ela pelo menos é CM Punk VS The Undertaker e o papel da The Shield.

  3. GJD - há 4 anos

    Pelos segmentos do filme acho que teremos Barrett vs Sheamus

  4. MR Perfection Andre Santos - há 4 anos

    Grande Artigo, Parbéns!

  5. Zé Pedro - há 4 anos

    Sinto que a WWE (Wrestling.pt) comprou a WCW (Universo Wrestling) , e que agora está aqui um “roster” de luxo pelo site.. xD

  6. Triple G - há 4 anos

    Ahahah nós somos a nova “brand” do WPT xD

  7. AP - há 4 anos

    Sem dúvida uma boa crónica, e, referindo-me ao nome da mesma “longhorn”, não sei se repararam mas com a falta do jbl na mesa dos comentadores do friday night, ele teve de ser substituído por dois, o cole e o king, é para se ver a qualidade do homem!
    Comentando agora os assuntos da crónica, e começando por um assunto que muito me desagradou é claro, o assunto do jack, não é que eu o queira ver fora da corrida ao título, mas passar em claro o que ele fez pode abrir portas a que mais lutadores o façam, a wwe, se cria as políticas, também devia ter a coragem de as cumprir no momento exato.
    Mas não é a primeira vez que acontece algo com superstars de topo, que a wwe, supostamente não pode dispensar, e não lhes faz nada, como o corte da cabeça do punk num steel cage match à uns tempos, em que se vê claramente ele a dar qualquer coisa ao árbitro depois do corte, ou mesmo no último mondaynight com a utilização de uma manobra proibida “piledriver”, que o vince deixou passarcom um “são os dois culpados”, o que é verdade, mas devia ser mais “vão ser os dois punidos.
    Relativamente aos outros títulos, o das divas subscrevo os avanços da Layla, quanto aos outros, estamos a ver um jogo de dúvida praticado pela wwe. Até ao último friday night pensei ver um miz cesaro na mania, mas sinceramente, agora penso que seja ridículo ver o miz a lutar novamente pelo título. Do roster presente na wwe, r-truth já teve a sua oportunidade, o Kofi não é americano, logo ou vai ser um return ou um face turn, para return, o shelton(espero) ou o John morrisson, o christian até podia ser o preferido do lote, mas é canadiano. Quanto ao face turn, podia muito bem ser do cody rhodes, apoiado pelo seu pai “american dream”. Passando aos títulos de tag-team, cada vez à menos candidatos a esses títulos, por momenos pensei que os shield se iam tornar campeões, mas agora parecem-me um pouco longe, uma hipótese que eu até gostava, mas que penso que não vai acontecer é o big show e o mark numa tag, porém é muita testosterona numa tag. Mas neste momento o que eu estou a ver é que ou vai ser uma tag formada por main-eventers, visto que agora, e devido à elimination chamber à muitos candidatos ao título mundial, e alguns têm de se afastar desse rumo(isto porque acho que a vitória dos prime time no smackdown é puramente simbólica, e não vai a lado nenhum).
    Quanto à última indefinição é o título do barrett, que neste momento é um cacto no meio do deserto, onde estão os pretendentes? pretendentes procuram-se!!! Subscrevo tudo o que foi dito na crónica sobre este título, acrescentando que não me parece que o sheamus vá lutar com ele, até porque agora está amigo do orton na batalha com os SHIELD. Um adversário face à altura……..espero que não seja o fandango(respira-se os “às”), e espero que seja o tão aguardado return do peep champ.
    Contudo, e espero que não aconteça, é possível vermos uma mania com algum título sem estar em disputa!!!!

  8. Brenno - há 4 anos

    Muito bom artigo, parabéns!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador