Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Long Horn Peep Show #2 – May The Streak RIP

É à moda do “Ultimate Opportunist” que vos apresento a edição desta semana da LongHorn Peep Show, tirando partido de ser o primeiro a falar para aproveitar a oportunidade de poder explorar livremente e dizer tudo que há a dizer sobre o tema da semana no mundo do Wrestling. Assim sendo, as atenções da crónica de hoje vão naturalmente cair no Taker vs Punk, para além de uma abordagem à situação de Ryback e, ainda, de um ajuste à crónica da semana passada.

Se o suspense que a WWE nos continua a proporcionar semana após semana quanto aos number one contenders de quatro dos seis títulos da companhia continua na mesma, foi-nos revelado o bocadinho mais apetecível do prato principal da WrestleMania29: The Undertaker vs CM Punk é agora oficial.

A melhor notícia dos últimos tempos para os adeptos da modalidade vem completar o “quarteto” de combates principais da WM29 que já contava, para além dos dois combates obrigatórios pelos dois títulos mundiais, com um Triple H vs Brock Lesnar. E à semelhança do segmento que nos desvendou que o Game, como todos os Campeões, ainda tem mais uma grande (última?) luta à sua frente, o segmento de Undertaker seguiu a mesma lógica: curto e grosso.

Direto ao assunto, pois as circunstâncias assim o impunham, já que a WWE este ano optou por guardar os trunfos todos até muito tarde (veja-se só a quantidade de regressos que tivemos desde a Royal Rumble), pelo que as rivalidades não podem e não vão estar tão bem construídas como o desejável, nem o impacto será o melhor. Quando Vince McMahon decidiu por bem, no seu inocente entender, marcar uma “luta” com Paul Heyman, as entrelinhas ficaram imediatamente claras.

O que se pode dizer é que as coisas correram exatamente como planeado e o lema “in WWE anything can happen” parece estar cada vez mais fora de prazo. Tal como sucedeu com o regresso do Dead Man, que inexplicavelmente até já tinha acontecido num house-show, o regresso de Triple H para enfrentar Brock não foi nada mais do que o esperado. Mas se a rivalidade Brock Lesnar vs Triple H já tem passado, não há nada que ligue Undertaker a CM Punk.

Por outro lado, de facto este ano nada liga ao Undertaker. Ponto! A aptidão do Phenom para lutar na WM29 foi discutida e avaliada durante várias semanas, sendo que fosse quem fosse que lutasse com Undertaker iria sempre ter uma rivalidade fresca (exceção feita apenas a Orton). É certo que Undertaker e CM Punk já lutaram anteriormente, mas foi há demasiado tempo (2009) e sem muita importância para existir qualquer tipo de atrito palpável entre eles.

Graças a Deus foi remediada a tremenda injustiça que é ter um WWE Championship na WM sem o homem que carregou dignamente e prestigiou o título mais importante do Mundo, no que à modalidade diz respeito, durante uns cómodos 434 dias consecutivos. CM Punk vai ter, por isso, a oportunidade de conseguir algo que certamente o colocará num nível acima de qualquer outro wrestler: ser o homem que finalmente derrotou a onda de invencibilidade de Undertaker na WrestleMania.

Oportunidade que não poderia ver em melhor altura para CM Punk: uma semana após ter sido afastado do ainda seu WWE Championship, cujo formato foi inexplicavelmente alterado por um trabalhador part-time e não por um homem que é apaixonado pelo seu trabalho e que já tinha manifestado publicamente por diversas vezes a sua vontade em alterar o aspeto do WWE Championship, conforme o confessou numa entrevista em 2011:

“It’s gaudy and ugly. It says ‘Champ’ instead of Champion! That’s ridiculous. I need a dignified title, not a blinged out rapper accessory.”

A verdade é que CM Punk pode conquistar algo muito mais do que somente o título mais importante de Wrestling que existe, CM Punk pode perfeitamente estar a 30 dias de conquistar imortalidade, de ser catapultado para o estrelato e de se tornar no homem que terminou a temida “Streak”.

Constatemos, Undertaker está a ficar cada vez mais velho e a sua situação física cada vez menos aconselhável para lutar, nem que seja uma vez por ano. Não me parece que existem muitas dúvidas que este vai mesmo ser o último combate em que a famosa Streak vai estar em jogo, mas desta feita contra alguém que realmente tem algo a perder, ao contrário de todos os outros que o enfrentaram.

Todos os anteriores adversários de Undertaker tinham o World Heavyweight ou WWE Championship a perder ou não tinham absolutamente nada a perder: uns lutaram pela fama, outros queriam ter no CV aquele grande combate na WM contra uma lenda viva e até mesmo Triple H – que se tornou apenas num número, numa estatística ao ser derrotado por duas vezes pelo Dead Man – já estava na parte final da sua carreira.

Já CM Punk é, incontornavelmente, o Best In The World em todos os sentidos da expressão e vai colocar toda a sua reputação em jogo, uma vez que já perdeu o seu precioso WWE Championship, para enfrentar Undertaker. É certo que em caso de derrota pode sempre alegar que muitos outros tentaram e ele é apenas mais um que não conseguiu… Mas aí CM Punk estaria a pertencer aquele conjunto dos que tentaram e não conseguiram, aí CM Punk passaria a ser apenas “mais um” e não a pertencer a uma classe só sua, como atualmente acontece. E daí a ver a sua carreira ser apelidada de “one hit wonder” é um tirinho, pelo que muito honestamente parece-me que não há muito a fazer senão esperar que a Streak descanse em paz.

O tipo de combate que estes dois senhores vão ter acaba por ser irrelevante, porque se CM Punk consegue fazer com que John Cena tenha um combate muito bom como o que aconteceu no penúltimo Raw, então imaginem só o combate que vamos ter com Undertaker! Se há combate em que eu coloco as expetativas no topo e exijo, enquanto adepto da modalidade, um grande combate é este. Não apenas um grande combate, exijo um combate que me surpreenda, em que todas as cartadas sejam jogadas, em que seja feito o inesperado, que se recorram a manobras do adversário, que se joguem jogos psicológicos e que tenha um vencedor diferente.

Se CM Punk tem tudo a perder, Undertaker tem tudo a ganhar, pois parece-me que será na WM29 que Undertaker irá prestar o seu tributo a Paul Bearer. E que melhor forma de o fazer do que vencendo o Best In The World? Que melhor forma de se retirar do que com uma vitória contra o melhor lutador da atualidade? É certo que sempre que Undertaker combate na WM está a colocar em risco a sua Streak, mas também é certo que os 20-0 seguidos é algo que mais ninguém algum dia irá alcançar. E espero que não passem de 20.

Sem quere ser cruel, esta Streak é generosa para Undertaker que já ganhou de todas as formas possíveis e imaginárias, inclusive estando durante 90% do combate a ser agredido até que recupera e consegue roubar a vitória, tal como sucedeu no ano passado. Este ano espera-se um combate de nível altíssimo, fruto da qualidade de ambos os atletas, mas acima de tudo um combate imprevisível e que deixe as pessoas a falar durante muito tempo. Não nos enganemos: o HHH vs Taker do ano passado acabou por ser bastante previsível, ao ponto de Bret Hart ter dito que o combate correu exatamente como ele estava à espera e o ter classificado na melhor das hipóteses como medíocre.

Este ano isso não me parece que vá acontecer, pelo menos estou convencido de que os ventos vão soprar a favor do futuro da companhia e, por isso, CM Punk vai ser o responsável pelo fim da Streak. E que a Streak descanse em paz.
Algo que eu também espero que tenha lugar na WrestleMania é um daqueles combates que enche as medidas do Tio Vince (tal como o HHH vs Brock) que seria um Mark Henry vs Ryback.

Durante aqueles segundos em que Mark Henry e Ryback se confrontaram com olhares ameaçadores, até eu fiquei entusiasmado com a possibilidade de ver estes dois tubarões se enfrentarem brutalmente na WM29. E eu tenho em Ryback o primeiro wrestler que eu despediria caso fosse o Tio Vince.

Ryback é péssimo ao microfone, de carisma tem zero (repetir três palavras não é carisma minha gente), é um candidato sério ao título de maior “botch” da WWE atualmente ainda na posse de Sín Cara, é um aborrecimento fatal sempre que aparece no ecrã e as suas habilidades dentro do ringue são medianas na melhor das hipóteses! E pode parecer-vos estranho, mas derrotar jobbers não conta como “impressionante”, pelo menos não para mim!

Independentemente disso, se o vamos ter de aturar, ao menos que seja num combate com o World’s Strongest Man, onde viríamos um clássico Força vs Força. Sem dúvida, uma rivalidade a explorar, especialmente porque Ryback pode aprender muito com Mark Henry caso realmente queira ter um futuro na modalidade.

Por fim, queria deixar um pequeno reparo à edição da semana passada da LongHorn Peep Show, onde na Divisão de Divas me esqueci de falar da melhor lutadora que a WWE possui: Natalya. Continuo a querer ver muito Layla virar heel e vencer o título a Kaitlyn, mas espero que depois a WWE finalmente abra os olhos e aposte realmente em Natalya para Divas Champion.

É simplesmente criminoso o facto de Natalya não ser Divas Champion neste momento, nem sequer esteja incluída no pote de 4/5 divas que habitualmente lutam. Por favor, tirem Natalya daquele cromo gigante, façam jus ao belo corpo que Natalya possui com um equipamento que lhe fique bem e aproveitem todo o talento que ela tem dentro do ringue. Já chega de fachada, está na altura de Natalya ser a Rainha da Divisão de divas… E por muito, muito tempo!

Bom fim-de-semana, vemo-nos aqui de hoje a oito dias, Captain Charisma.

Sobre o Autor

- Já escrevi no espaço “Long Horn Peep Show”. Atualmente publico notícias, sou moderador do chat e ajudo no que puder o WPT a ficar cada vez melhor.

17 Comentários

  1. Ribeiro46 - há 4 anos

    Se há alguem na WWE que mereça acabar com a streak, esse alguem é o Punk.
    No entanto, eu acredito que o Undertaker sairá vencedor da Wrestlemania e que a Streak nunca acabará.
    Se o Punk vencesse o Taker na WM seria um dos momentos mais surpreendentes e lendários de sempre no wrestling.

    No que toca ao combate Ryback vs Mark Henry, penso que é uma passagem de testemunho. Não tenho grandes expectativas em relação ao combate porque tanto o Ryback como o Mark Henry não têm grande técnica mas espero um combate razoavel.
    Para mim, o Ryback não é assim tão mau lutador e até acho que ele é carismático. Apesar disso concordo com o facto de ele ter mic skills ainda um pouco fracas.
    A descrição do Ryback neste artigo é semelhante á minha descrição do Cesaro. Era só mudar a parte das ring skills medianas para boas e retirar a parte do botch e era a minha descrição exata do Cesaro.

    Por fim, a divisão das Divas vai andando pelas lonas.
    Com a fraca aposta que tem recebido da WWE, é quase indiferente quem é a campeã.
    Dai a uns 2, 3 anos duvido que a WWE tenha sequer uma divisão feminina.
    No entanto se houvesse uma maior aposta nessa divisão eu acho que o caminho mais correto era ter Natalya a campeã e ter a Layla, a Tamina e quiçá a Kaitlyn na rota do título.

  2. danielLP21 - há 4 anos

    Se o Undertaker perder com o CM Punk, desisto da WWE…

    • danielLP21 - há 4 anos

      Mas mesmo faltando algumas semanas de build-up, não me parece que isso vá acontecer. O combate, ainda que fosse esperado, foi marcado demasiado tarde. Eu sei que o Punk consegue tornar-se numa ameaça credível em apenas 5 minutos com o microfone na mão, mas mesmo não consigo ver o “Best In The World” a acaabr com a “Streak”.

      • "The Game" - há 4 anos

        A WWE consegue fazer muita estupidez mas não ao ponto da “streak” do Undertaker terminar.Nem o HBK e o HHH terminaraam com a streak quanto mais o CM Punk

  3. FábioVaz - há 4 anos

    CM Punk é sim muito digno de ser o homem que quebrou a streak, mas acho que seria um absurdo o Undertaker se sacrificiar nessa luta, visto que seu fisico esta comprometido, pra perder. Seria melhor ele ter fechado apenas com a WM do ano passado e ter fechado seu enorme legado.
    Nao desmerecendo o Punk, claro, mas Undertaker é Undertaker, e sua streak, ao me ver, nao devia ser quebrada.

    Quando à Ryback vs Mark Henry, seria uma boa, visto que Henry precisa de um adversario à altura, e Ryback precisa de algo mais firme para se consolidar.

    Quanto a divisao de Divas, estou pensando seriamente que esta será extinguida

  4. DanielBR - há 4 anos

    Undertaker em forma ,ou fora de forma de qualquer maneira ,luta mais do q meio roster da wwe ,e a streak nao acaba,pelo menos este ano…Acredito q sera uma boa luta ,ryback contra henry ,será o combate para consagrar o ryback,assim a sua primeira vitoria em PPV vem justamente na wrestlemania e contra o homem mais forte do mundo,quer melhor q isto?!?Ryback a aplicar o shell-shocked no henry vai ser para completar tudo!!!

  5. Paul Bearer Guy - há 4 anos

    Ora bem imprevisível como a WWE é, não me admirava nada que lhes passasse (verbo passar) pela cabeça que Punk tivesse que ganhar a Undertaker e acabar com a streak para ter o “estatuto” suficiente para encarar um eventual confronto com Stone Cold Steve Austin na WM 30, que vendia como cachorros quentes às 4 da madrugada nos meios citadinos, isto ainda dá pano para mangas.

  6. GJD - há 4 anos

    O Taker vai estar na Mania 30, eu defendo que a streak deveria terminar intacta depois que Shawn Michaels não colocou em disputa um título qualquer ou uma intitulação mas sim sua carreira . Se for para alguém quebrar essa streak precisa ser alguém que tenha uma história enorme com o Taker e esse alguém é o Kane

  7. MicaelDuarte - há 4 anos

    Já o disse várias vezes e até mesmo noutros artigos: Não sei até que ponto a derrota no (talvez) último combate do Taker na ‘Mania seria benéfico, mas seria interessantíssimo alguém como o Punk acabar a Streak.

    Ora vejamos, o Taker já vai com um recorde de 20-0 em WM tal como foi dito no artigo, e esses 20-0 nunca mais veremos tal coisa! É um feito inalcançável seja para quem for. É certo que “pela mão” do Taker em WM já passaram grandes wrestlers que poderiam realmente ter terminado a grande streak, mas e CM Punk não é grande para o fazer? O CM Punk é aquele tipo de wrestler que merece TUDO!

    20 vitórias em WM já é um feito que pertencerá para sempre a Taker e, na minha opinião, se a Streak acabar nesta ‘Mania, não será mau. Tanto fica o Taker reconhecido como o homem que teve 20 vitórias em ‘Mania como o Punk é reconhecido como o homem que, finalmente, pôs fim à Streak e aí sim, Punk atingiria ‘without a doubt’ a imortalidade!

    Vemos ver o que dá na cabeça ao Vince para o resultado deste combate, mas aposto no fim da streak…

  8. don_ricardo_corleone - há 4 anos

    Este site tem muito boas crónicas sobre temas muito interessantes. Os meus parabéns.
    Vou começar por criticar, mais uma vez, a forma como a WWE iniciou esta rivalidade. Depois de rivalidades com o HBK e o Triple H, de índole bastante pessoal, centradas nas suas carreiras lendárias, é inaceitável que esta rivalidade comece desta forma, como se de mais um título de tratasse. Quatro tipos aparecem no ringue, a tratar este combate como se fosse mais um, porque não tinham nada para fazer na Wrestlemania. E então fazem uma espécie de n.º 1 Contender para o Undertaker Heavyweight Championship. E quando têm um personagem que se considera o melhor de sempre, e que rebaixa todas as lendas que foram campeões da WWE, incluindo o Undertaker e lendas a quem este jurou respeito, como o HBK e o Triple H, e que foi campeão da WWE durante 434 dias consecutivos.
    Teria feito mais sentido, e seria mais interessante, o Undertaker ter desafiado o CM Punk, aparecendo de surpresa, durante uma daquelas promos em que o CM Punk rebaixa as lendas desde Bruno Sammartino a Bret Hart, e se afirma como o melhor de sempre, uma lenda viva. Undertaker desafiaria CM Punk, por achar que este ainda não é uma lenda, e em defesa da sua honra e da honra das lendas.
    Critico também o timing, mataram a surpresa e começaram demasiado tarde. Os estragos estão feitos, mas os intervenientes saberão amenizar os estragos, com uma grande rivalidade.
    Quanto à Streak, vamos a factos, o Undertaker, o Rey Mysterio e o Sting acabaram. E a única forma de estes senhores estarem à altura dos seus nomes lendários, será com uma retirada imediata enquanto lendas. Também, em defesa das suas saúde e das suas vidas. O Undertaker é um caso especial, o seu personagem não pode apenas anunciar a sua saída como o HBK ou o Ric Flair, o seu final tem de ser místico, e tem de estar ligado à sua streak. Imaginem Undertaker derrotado na Wrestlemania, a ser carregado pelos Druidas até ao inferno, ou apenas a desaparecer depois de desligadas as luzes e ouvido os sinos? Penso que terá de ser assim.
    A quem é contra o fim da Streak por ser o legado do Undertaker, esse legado é intocável, Undertaker será para sempre o homem que chegou aos 20-0 na Wrestlemania, um ex-campeão mundial, o homem que venceu lendas, que reformou Shawn Michaels, que integrou algumas das melhores stables e tag teams da história. Perdendo, estará a passar a alguém que é já uma lenda viva um testemunho de peso, estará a criar uma lenda ainda maior, que estará na WWE nos próximos anos. E a WWE precisa de lendas, precisa de grandes nomes, para não ter de recorrer constantemente a nomes do passado.
    Passagem de testemunho, aposta no futuro, o respeito por uma carreira lendária, são as principais razões pelas quais eu sou a favor da vitória de CM Punk na Wrestlemania.

    • WWEdge - há 4 anos

      Concordo com o que disse, mas eu sempre sonhei que fosse o Randy Orton a derrotar o The Undertaker, pois assim Orton seria mesmo o “Legend Killer” XD
      Mas quanto a ser o CM Punk a faze-lo acho muito bem. Será a passagem do testemunho mais correcta, devido ao trabalho feito por Punk até agora.

    • danielLP21 - há 4 anos

      Ichhh, eu a pesnar que ia concordar contigo em tudo, e depois vai-se a ver e vai tudo por água abaixo na parte final xD

      Também acho que o build-up não vai ser grande coisa, por mais capacidade que o Punk e o ‘Taker têm para disfarçar isso e corrigir alguns aspectos. Apesar disso tudo, esta rivalidade nunca vai ter a intensidade das rivalidades que o ‘Taker teve nos últimos 4 anos, com “HBK” e Triple H.

      Sendo assim, será que é assim tão bem pensado o Punk acabar com a “streak” numa rivalidade de 4 ou 5 semanas? A meu ver, não tem grande sentido, já para não falar do facto de a “streak”, na minha opinião, ter que ficar intacta. Seja 21-0 ou 22-0, acho que o “Deadman” se deve reformar invicto na WrestleMania.

  9. Tiago - há 4 anos

    Acho que o Undertaker irá ganhar este combate e não o CM PUNK pk é um gajo cheio de mania e para alem disso se o unndertaker ganhar vai-se ver um gajo velho derrotar um dos novos.
    E embora adore os Sheild não venham ca dizer que não foram contratados pelo Punk.

    • danielLP21 - há 4 anos

      O Wrestling é combinado. Estamos em 2013 e este é o planeta Terra :)

      • Anónimo - há 4 anos

        o undertaker ja afirmou varias vezes publicamente que daria a sua streak a proxima cara da wwe que ele nao queria sair invicto.

      • RAI - há 4 anos

        O Undertaker ja disse multiplas vezes que nao queria sair invicto e que daria a sua streak a cara da wwe….Ou perde este ano ou por alguma razao absurda a wwe faz o Super Cena ganhar ao undertaker.

  10. hunter boy - há 4 anos

    um cara que joba pro ryback nao pode genhar do undertaker !!!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador