Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Match of the Week #4 – Daniel Bryan vs Sheamus

Sejam muito bem-vindos a mais uma edição deste novo espaço, o Match of the Week! Tal como tem sido possível observar ao longo das últimas semanas, cada colaborador do W.PT tem publicado um combate por semana, inteiramente escolhido por si. No que toca às minhas contribuições, as razões por trás das minhas escolhas estão relacionadas com a importância do combate para a minha experiência como fã, e possivelmente  com a importância do combate para a indústria. Afinal, são estas as razões que diferenciam o nosso trabalho de qualquer outra pessoa.

Depois de muito pensar sobre qual deveria ser o primeiro combate que iria ditar o tom das minhas participações nesta rubrica, resolvi escolher um que é relativamente recente e que a maioria das pessoas irá recordar facilmente, o que até pode não ser muito bem visto mesmo por isso.

Escolhi o combate de Daniel Bryan vs. Sheamus pelo Título World Heavyweight da edição de 2012 do Extreme Rules por várias razões que pretendo explicar de seguida. Acima de tudo, penso que é indiscutível para qualquer fã reconhecer que, mesmo num ano com vários problemas criativos e expectativas não correspondidas, este é um dos melhores combates deste ano. Infelizmente, creio que depois de tantas “partidas” que a WWE pregou, os fãs esquecem-se que ainda tivemos a oportunidade de assistir a pérolas destas.

Como muitos de vós devem saber, era suposto Daniel Bryan e Sheamus terem lutado na Wrestlemania 27, contudo à última hora passaram a ser dark-match, desiludindo os vários fãs que, como eu, estavam interessados em ver este combate. Um ano depois, na Wrestlemania 28, as estrelinhas voltaram-se a alinhar e novamente este combate foi marcado, desta vez pelo Título World Heavyweight. Ora, isso impediu o combate de ser relegado para dark-match, mas não evitou que tivesse decorrido no tempo recorde de 18 segundos. Esses 18 segundos ditaram o tom de uma Wrestlemania com muito potencial e condenaram um título e ambos os lutadores envolvidos ao embaraço total.

Ao contrário do que a WWE provavelmente julgava, havia fãs interessados em ver estes combates. Aliás, penso que esses fãs fizeram-se ouvir bastante bem levando à ascensão abrupta de Daniel Bryan ao main-event – de forma ainda mais abrupta e decisiva do que o título tinha conseguido – e conduzindo a mais um combate entre ambos, desta vez no Extreme Rules. Talvez esteja a ser arrogante em achar que nós, os fãs, tivemos o poder de causar este combate, mas a verdade é que o regresso de Del Rio e o seu confronto com Sheamus na Raw após a Wrestlemania só me leva a crer que dar a Daniel Bryan a sua desforra era a última coisa que a WWE tinha planeado. Já para não falar da mensagem que um combate de 18 segundos passa para os fãs.

Portanto, por ingenuidade, arrogância ou até ambas, prefiro mesmo acreditar que este combate fomos nós que o marcámos.

Sem dúvida alguma, deste pay-per-view, este foi o combate em que estive mais emocionalmente investida, tornando-o por isso no “meu” main-event, mesmo não tendo encerrado o evento. Neste combate, fui apenas mais um fã a sofrer pelo seu preferido e a entrar em sobressalto a cada pinfall ou submissão que era aplicada. O desfecho, em particular, não foi o que eu teria escolhido, como fã, mas é impossível ficar aborrecida com um combate deste calibre. Já o disse várias vezes no “Opinião Feminina” e é de facto verdade que em combates desta qualidade não há derrotados, apenas vencedores. A nível técnico, o combate foi brilhante o que era o que se esperava de ambos os lutadores. A história do mesmo e emoção dos fãs, não só dos que estavam presentes na arena, tornaram este combate ainda melhor.

Acho que mais importante do que tudo o referi até agora é o facto deste combate ter terminado com as ideias rídiculas que já se tinham formado na cabeça dos fãs mais ingénuos e dos mais ressentidos. Após a Wrestlemania 28, os fãs de Daniel Bryan descarregaram a sua revolta em Sheamus recusando-se a reconhecer-lhe qualquer valor. Sheamus tinha passado a ser apenas mais um menino bonito da direcção. Aos olhos dos fãs mais ingénuos, Daniel Bryan passou a ser apenas mais um lutador com talento para ser apenas campeão de transição.

Neste combate, ambas as ideias foram deitadas por terra. Sheamus provou que é de facto um excelente lutador. Não é por acaso que lutou com um dos melhores da actualidade e o resultado foi brilhante. Afinal, convém não esquecer que são preciso dois lutadores para fazer um combate, especialmente um combate tão bom. Por seu lado, Daniel Bryan voltou mais uma vez a mostrar o talento que possui e de tudo o que é capaz, o que não é pouco. A meu ver, este é um combate a não perder para qualquer pessoa que se diz fã desta indústria. Um combate que embora não tenha surgido a partir das melhores circunstâncias, acabou por ser uma bela recompensa de um ano de espera. Espero que aproveitem para revê-lo, embora seja recente, e que tenham gostado do meu primeiro contributo para este espaço.

Para a semana será a vez de José Sousa, o autor do Smoke & Mirrors a dar a sua contribuição, por isso não percam!

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

30 Comentários

  1. Andre Santos - há 4 anos

    Boa escolha foi dos melhores até agora de 2012, grande combate, e Daniel Bryan esteve muito bem.

  2. José Sousa - há 4 anos

    Escelente combate Salgado, sim não tenho dúvidas que este combate marcou um momento de viragem na forma como a WWE via o Bryan. E os fãs tiveram um papel importante nisso.

  3. Mauricio M - há 4 anos

    gostei da escolha, mas vou deixar uma sugestão para uma próxima edição, Triple H vs The Undertaker na Wrestlemania 27 em 2011, na minha opinião aquele foi o melhor combate de todos os tempos

    • José Sousa - há 4 anos

      Peço desculpa Mauricio, não que não goste desse combate mas como vou ser eu a escolher para semana será segundo os meus critérios. Depois saberás na altura quais foram os critérios e quais motivações que levaram a essa escolha. Respeito a tua sugestão e ficará numa lista de possíveis escolhas mas será um combate que me motive como fã até poderá ser esse, mas será uma escolha pessoal uma vez que as primeiras de todos os outros também o foi.

      • Tiago Salgado - há 4 anos

        podes fazer o undertaker vs o giant gonzales na wm entao?

      • José Sousa - há 4 anos

        Vou repetir educadamente Tiago, a escolha via ser minha segundo os meus critérios. As vossas dicas poderão servir para futuras escolhas, nas ja tinha uma lista com combates e será um desses o escolhido. Aliás o combate já está escolhido e de certeza que a escolha vos irá surpreender.

      • Mauricio M - há 4 anos

        tudo bem José Sousa, vou respeitar a sua escolha seja la qual for, eu apenas fiz a sugestão por que é um combate que gostaria de ver aqui, por ele ser o meu preferido, agradeço muito se o combate que eu sugeri fique na lista de próximas escolhas

      • José Sousa - há 4 anos

        Acreditem que vocês vão gostar e é surpreendente a escolha é tudo menos óbvia.

      • danielLP21 - há 4 anos

        http://youtu.be/CpdsRkOAA3U

        Quase que aposto que vai ser este. Se não for esta a escolha, fico chocado.

      • José Sousa - há 4 anos

        Lol. Esse combate nao teve importancia alguma para a industria nem para mim Daniel. Mas foi boa essa ironia admito;). Mas sim não é esse combate, quando digo que não é obvio estou a falar a sério mas é um bom combate na minha opinião pode é não ser um classico( no sentido de ser antigo).

  4. GJD - há 4 anos

    Foi um excelente combate tinha que ser o da Mania invés daquela ideia idiota

  5. Frederico_WWE - há 4 anos

    Escolha surpreendente mas concordo é um combate Top 10 de 2012!

  6. Vince It Factor - há 4 anos

    Fantástico, o público totalmente do lado do Daniel Bryan, foi algo simplesmente épico !

  7. Vitor - há 4 anos

    Pessoal,tenho uma sugestão para uma nova série para o Wrestling.PT,a série se chamaria “Road to Wrestlemania”.Você poderia escrever vários artigos sobre por exemplo o royal rumble match,e quem poderia o vencer,sobre o elimination chamber,sobre o wwe championschip,o WHC title,sobre lesnar,cena, e rock,foley,HBK,HHH e Undertaker.Tudo que levasse a Wrestlemania.Obs:gostaria muito que todos lessem,e é apenas uma sugestão para um novo artigo.

    • José Sousa - há 4 anos

      Não é preciso Vítor um espaço, eu falo por mim o ano passado nessa altura a maioria dos meus artigos antes da Wrestlemania foi uma antevisão semanal de cada um dos combates, cada semana era um combates. Tens aqui comentadores que o podem confirmar.

  8. RuiFerreira222 - há 4 anos

    Eu sabia que ias escolher um combate que tivesse acontecido à pouco tempo.
    O combate do Jericho vs Punk também foi muito bom :)

    • Salgado - há 4 anos

      Ai sim? :) E como é que sabias? xD

      • danielLP21 - há 4 anos

        És uma arrogante Salgado :D

      • Salgado - há 4 anos

        Ao menos reconheço-o :D

      • danielLP21 - há 4 anos

        Essa doeu :(

      • Salgado - há 4 anos

        Doeu porque quiseste, quem é que te mandou interpretar isso dessa forma? xDD

      • danielLP21 - há 4 anos

        Percebeste mal, eu estava a falar do artigo. Há uma parte em que tu dizes que é provável que estejas a ser arrogante quando dizes que contribuiste para que este combate tivesse sido marcado. Eu estava a dizer que se o facto de teres contribuido ( juntamente com os outros fãs do Bryan) para a existência deste comnbate significar que és arrogante, então és uma arrogante. Resumindo, isto era uma forma de dizer que concordo contigo quando dizes que foram os fãs que fizeram este combate.

      • Salgado - há 4 anos

        Eu percebi :)

      • José Sousa - há 4 anos

        Ainda bem que és arrogante porque eu tambem sou porque também fiz um artigo quase em manifesto pró Bryan nessa altura. Por isso admito sou um fã orgulhoso do Bryan.

  9. André Gomes - há 4 anos

    Esse é o meu combate favorito desse ano. Não que eu ache que tenha sido o melhor do ano, mas foi o meu preferido por toda a atmosfera, a situação do Daniel Bryan naquele momento, e claro, pelo combate em si que foi épico.

  10. danielLP21 - há 4 anos

    Boa escolha.

    Foi um dos combates do ano, embora eu prefira os dois combates entre Chris Jericho e CM Punk.

    O público do lado do Bryan e aquele cartaz a dizer “I paid to see Daniel Bryan” foram absolutamente brutais!

    Acho que não ajudou em nada o Sheamus ter utilizado aquela t-shirt.

  11. Henrique - há 4 anos

    ESSE FOI SEM DUVIDA UM DOS COMBATES MAIS EMOCIONANTES QUE EU ASSISTIR EM 2012

  12. RuiDionisio - há 4 anos

    Quem quiser tem aqui o resto do PPV, as Highlights claro, mas sao de boa qualidade:
    http://www.youtube.com/watch?v=CbR2Np_7MYE

    (que estranho pensava que ja tinha escrito isto)

  13. DDNN - há 4 anos

    Um dos melhor combates de 2012,mas os meu preferido foi o CM Punk vs Chris Jericho.

  14. Rúben Rosa - há 4 anos

    Gostei da escolha e foi um grande combate a juntar a um grande PPV. Foi sem dúvida o momento de viragem para Bryan.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador