Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Match of the Week #7 – Dolph Ziggler vs Daniel Bryan

Olá e bem-vindos à 7ª edição do espaço Match of the Week, o espaço semanal que vos trás alguns dos maiores e melhores combates do passado e do presente! Chegou a minha vez de ser eu, Luís Salvador, a realizar este espaço e elegi como “Match of the Week” um combate entre Dolph Ziggler e Daniel Bryan do WWE Bragging Rights 2010.

Na altura, Daniel Bryan era o United States Champion e Dolph Ziggler era o Intercontinental Champion. Sendo que ambos eram das estrelas mais promissoras da WWE, o que ainda hoje são. Este combate foi, na minha opinião, o melhor do PPV e um dos melhores daquele ano (2010). Foi tão bom que os dois lutadores voltaram-se a enfrentar numa edição seguinte do Monday Night Raw, mas neste espaço vou-me resumir ao combate do PPV.

Para quem não viu, façam o favor de ver! Tanto um como outro lutador mostraram dentro do ringue o porquê de serem considerados dois dos melhores wrestlers da actualidade, ainda que a WWE não lhes dê o devido destaque ou lugar dentro da companhia. Um combate cheio de técnica, algo que para quem gosta verdadeiramente desta modalidade, é importantíssimo que haja em qualquer combate.

Mas, palavras para quê? O melhor é verem mesmo o vídeo:

E pronto, até para a semana! : )

Sobre o Autor

Foto de perfil de Facebook
- Fundador e administrador do Wrestling.PT. Acompanha a modalidade desde 2005 e pratica no Wrestling Portugal desde 2008.

23 Comentários

  1. Yan_WWE - há 4 anos

    Dolph Ziggler não tem tanto talento quanto Daniel Bryan… Ziggler é apenas moda!

    • Yan, apesar do Ziggler ser “moda” agora, não o era em 2010.

      Quanto ao talento, é discutível. Mas Ziggler também tem imenso talento.

    • danielLP21 - há 4 anos

      Para ti o Punk e o Ziggler são só moda, mas no entato o teu favorito é aquele que está na moda entre as crianças. Gostos são gostos, mas dizer que o Ziggler não tem talento ou que “é apenas moda” é um absurdo.

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        a escolha é exelente porque o combate foi brutal das poucas coisas boas de 2010.

      • Miguel - há 4 anos

        Concordo excelente escolha.

      • ZigglerPunk - há 4 anos

        Concordo plenamente, o Ziggler tem muito talento e mereçe a mala e ser whc!

    • Bill Rods - há 4 anos

      “Ziggler é apenas moda!”? Pensa assim: porque achas que se tornou moda?…
      Quanto ao talento dos dois, cada um tem a sua opinião. Eu, pessoalmente, acho os dois bastante bons, com talento que se pode equiparar. Daqui a uns anos, estarás diante de duas lendas consolidadas! Vais ver!

      • José Sousa - há 4 anos

        Sabes Bill Já no PPV estava quase a passar com isso quando diziam que nós gostamos do Ziggler agora porque é moda. Eu vou repetir eu gosto dele desde do Summerslam de 2009 feud com Rey Mysterio ele conquistou-me logo pelo talento dele. Quem gosta dele e do Bryan não gosta porque é moda é porque são bons. Claro que existirá alguns que é por moda mas no meu caso não. Como dizes se calhar daqui a uns anos o Ziggler vai ser face e aí já vai ser dos teu preferidos ainda me vou rir. Tal como disse no Chat para voces o Punk é nojo mas há um ano era um heroí.

        O único que não é moda é o Cena, ele tem talento mas tambem nao façam dele o melhor wrestler do ponto de vista tecnico na WWE porque isso é uma grande mentira.

        Grande combate que escolheste Salvador(como diria a Salgado menos um na minha lista);)

    • Tomás Carneiro - há 4 anos

      Isto fez-me lembrar a discussão que o José teve na segunda no chat a discutir isso mesmo. Olha, Yan, então é uma moda que já dura há 2 anos e vai durar até se reformar, é daquelas modas que ficam sempre, mas sem dúvida que tens razão, o Dolph Ziggler tem muito pouco talento, acho que está a receber um push gigantesco, não merece… (ironia)

      • José Sousa - há 4 anos

        Foi o que eu disse ali e na segunda já me estava quase a passar com eles Tomás. Se gostar do Punk, Bryan e Ziggler é moda então eu vou estar na moda ate ao fim da carreira deles. E todos eles vão ser HOF não tenho muitas dúvidas e seria preciso um desastre para que não aconteça isso.

        Falando no chat, o “meu chefe”no site é que rematou bem quando o Ziggler não ganhou não foi Tomás?

      • Tomás Carneiro - há 4 anos

        Foi, foi!

  2. Miguel Carlos - há 4 anos

    Grande combate, e eu desde criança que gostei muito dos heels, especialmente Ziggler

  3. Salgado - há 4 anos

    Bem, eu não podia deixar de comentar isto xDD

    Foi mesmo uma excelente escolha, já fiquei com um combate a menos para a apresentar, mas isso não interessa, porque o importante é que todos revejam este combate e se apercebam que antes dos lutadores, destes em especifico, virarem “moda” nas grandes arenas da WWE, já eles tinha imenso talento e já faziam de tudo para o mostrar.

    Aqui, é certo, que tanto Daniel Bryan, como Dolph Ziggler, eram campeões e recebiam alguns pops e cânticos por parte da multidão, Bryan de forma mais frequente e consistente que Ziggler, mas ainda não eram o que são hoje a nível de popularidade.

    Este combate foi excelente a todos os níveis, especialmente na técnica, como o Salvador referiu, e é mesmo uma pérola perdida nos ppv de 2010. As qualidades de ambos os lutadores foram evidenciadas ao máximo numa mistura da necessária técnica com a habilidade de contar uma história. Basicamente, este combate é um belo exemplar do que se deve esperar desta indústria. Do que procuramos nesta indústria, pelo menos eu.

    Fiquei surpreendida com a escolha, mas adorei. Belo combate, sem dúvida e eu vou aproveitar para o ver mais uma vez!

    • danielLP21 - há 4 anos

      Hahaha o Bryan era tão diferente na altura. Tão calminho :D

      Nunca percebi se o Michael Cole não gostava mesmo dele ou se era apenas dentro da personagem…

      Em relação à escolha, excelente. Um óptimo combate e eu também fiquei surpreendido pelo facto de ter sido este o escolhido. Estes dois têm tudo para ser as estrelas principais da WWE, e espero ver várias repetições deste combate em main-events de PPV’s num futuro relativamente próximo.

      Para concluir, é assim que o Título Intercontinental e o Título dos EUA têm que ser representados!

      • Salgado - há 4 anos

        Yaaa e a barba dele era tão… tão… inexistente! :D E sim, ele era bastante menos louco xDD

        Era só personagem! O Michael Cole tinha que o retratar como nerd e foi isso que fez. Além disso, foi também para fazer jus à rivalidade que eles tinham começado no NXT.

  4. eduardo hugo - há 4 anos

    desculpa o palavrão, mas esses dois eram fodas nas época

  5. RuiFerreira222 - há 4 anos

    Bryan (c) vs Lance Storm – ROH World Championship -> http://www.youtube.com/watch?v=EVBGenY-zBU faz me ficar sempre feliz depois de ver uma má Raw ou SmackDown :)

  6. Bill Rods - há 4 anos

    Excelente escolha, Salvador!
    Por acaso, nunca tinha visto este combate; e arrependo-me! Fantástico do ponto de vista técnico!

    Dois anos depois, o Bryan é um main-eventer e o Ziggler está muito perto disso, também! Não é de admirar!…

  7. Really? - há 4 anos

    Adoro a temática desse PPV e a theme do “I am Perfection” (uma das razões para ser fan do Ziggler em 2010)

  8. Really? - há 4 anos

    “This is Awesome!”

  9. DDNN - há 4 anos

    Boa escolha! Nunca tinha visto este combate e símplesmente,adorei.
    Agora vou ver o Benfica vs Olhanense. OOH SLB

  10. Kira - há 4 anos

    É verdade que o Ziggler é muito bom mas não o comparem ao American Dragon, o Bryan é ds melhor na WWE e pra mim em termos de tecnica está ao livel do Benoit, se apostarem nele depois dos Hell No tem tudo pra ter mais um reinado como Word Champion, quem sabe feudando com o Dolph

  11. gabriel gustav - há 4 anos

    bem que vocês poderia fazer o melhores momentos neste mesmo modelo, colocando varios momentos memoraveis para vcs

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador