Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

My Time Is Now #2 – Falência de ideias

O SummerSlam deste ano foi o ponto de partida para uma nova dinâmica na WWE. Saiu, temporariamente, John Cena, HHH e Orton tornaram-se vilões e aliados bem como Daniel Bryan foi “promovido” a “estrela principal”. Tais acontecimentos coroaram uma boa fase da WWE que começou, sensivelmente, depois da WrestleMania. O próprio SummerSlam foi um sucesso e pareciam estar reunidas todas as condições para a continuação deste “processo de evolução”.

Embora não seja, nem de perto nem de longe, uma verdade absoluta entre os fãs, na minha opinião a qualidade do produto não se manteve nos níveis que eram expectáveis. Julgo mesmo que existe uma falência de ideias e que praticamente todas as semanas tentam dar um novo impulso às histórias para, logo de seguida, abandonarem esses planos.

Começo a “avaliação” pela história principal, isto é, Daniel Bryan contra o Regime. Gosto de ver Bryan numa posição de destaque, é mais do que justo, mas a história em si, que começou bem, está demasiado confusa. Pensou-se que Bryan teria que enfrentar mil e um obstáculos perante um Randy Orton auxiliado por HHH e Steph, mas a realidade tem sido um pouco diferente. HHH, nas últimas semanas, não tem sido o heel que se esperava e mesmo o papel de Steph tem sido inconsequente.

Os acontecimentos pós Night Of Champions continuam-me “entalados” na garganta. Até agora ainda não encontrei uma explicação razoável para as atitudes do árbitro e se HHH queria tanto ver Orton como campeão porque não lhe entregou, pura e simplesmente, o Título? Não vejo onde está a vantagem do Título principal estar tanto tempo vago nem me parece que esta história pedisse isso. A demanda de Bryan poderia e deveria ter seguido outro caminho.

Outro acontecimento relevante foi a entrada de Big Show neste enredo. Mais uma vez se nota a referida falência de ideias. Big Show está tão falido como HBK estava, os choros foram absolutamente patéticos e o contrato à prova de bala aparentemente esquecido. Tudo isto, percebe-se agora, para colocar Big Show em rota de colisão com HHH, provavelmente até como aliado de Vince numa rivalidade que se adivinhar muito em breve.

Esta história até é razoavelmente interessante mas tinha mesmo que ser Big Show a ocupar este papel? Com uma falta de estrelas tão óbvia, não seria este o momento ideal para dar a oportunidade a um Wrestler mais novo? Será que alguém tem interesse num possível HHH vs Big Show? Sinceramente estas perguntas parecem-se retóricas e tenho alguma dificuldade em compreender o porquê destas decisões.

Não bastasse toda esta confusão em redor da história principal, também a trama que envolve Punk e Heyman entrou na monotonia. Todos sabemos que o desejo de ver Punk a enfrentar Lesnar no SummerSlam levou a que esta história começasse pelo fim mas tal não é desculpa para tamanha falta de criatividade. Nas últimas semanas apenas a qualidade ao micro de Punk e Heyman tem ajudado a tolerar uma história que, não há outra maneira de a qualificar, está estagnada.

A referida falência de ideias também aqui é evidente. Punk voltou a ganhar a Ryback com um low blow, Ryback voltou a perder em PPV, ou seja, mais do mesmo. Sinceramente, creio que esta rivalidade é “chão que já deu uvas” e quanto mais cedo terminar, melhor para todos os intervenientes. Principalmente para Heyman e Punk que merecem muito mais do que ter a ingrata missão de “encher chouriços”.

Concluindo, no período pós-SummerSlam a WWE apostou todas as suas fichas em duas histórias mas, na minha opinião, não conseguiu torná-las suficientemente interessantes. Esta situação originou dois PPV’s que deixaram bastante a desejar, portanto estou expectante para ver como irão reagir no HIAC e, principalmente, no Survivor Series.

Sobre o Autor

10 Comentários

  1. gui - há 3 anos

    teria mais sentido o orton só perde o titulo pro bryan no TLC,e o bryan só perde na wrestlemania para o punk(opinião minha)

  2. Conspo - há 3 anos

    Bom artigo, mas podias ter desenvolvido um pouco mais e falado das outras feuds e do WHC title.

  3. JoãoRkNO - há 3 anos

    Bom artigo.

    É de salientar que as duas histórias principais estão a desiludir muita gente, a mim também, e em relação ao Big Show estou completamente de acordo contigo, porquê ele o escolhido para este papel no meio de um roster tão diversificado?

  4. Rubinho16@ - há 3 anos

    Citando palavras de outro user, o título parece adequar-se mesmo bem ao texto.

    Não estou aqui para criticar ou muito menos rebaixar, estou aqui para te ajudar a evoluíres e evoluíres o teu espaço.

    Este artigo foi bastante medíocre. Não falo em termos de conteúdo, mas sim em termos de exploração de tal. O texto está minúsculo, do tamanho de um comentário, assim como o da semana passada.

    Apesar do pouco que disseste, teres razão, acho que o tema é demasiado batido. Espero que nas próximas edições desenvolvas mais e escolhas temas menos explorados.

    Boa sorte com a continuação deste espaço, visto que o autor que já deu provas que pode fazer melhor ;)

    • Tibraco - há 3 anos

      Tens todo o direito a ter a tua opinião, como é lógico. Enfim, cada um assume a postura que entende ser a mais adequada, eu, por exemplo, seria incapaz de adjectivar como “bastante medíocre” qualquer artigo do site. Se não gosto, não comento. Mas pronto, cada um faz o que entender ser melhor.

  5. danielLP21 - há 3 anos

    Na minha opinião, um bom artigo. Sim, podes fazer melhor, mas mau é que este artigo não está de certeza.

    Sinceramente – e apesar dos dois últimos PPV’s – considero que o produto da WWE está muito bom. Ok, não há acontecimentos bombásticos todas as semanas, mas tendo em conta os primeiros meses de 2013, isto nem se compara… Concordo que as duas histórias principais estão estagnadas, mas há mais pontos de interesse, coisa que a WWE não tem feito nos últimos anos. O destaque, neste momento, é a história que envolve os irmãos Rhodes.

    • Tibraco - há 3 anos

      Antes de mais obrigado pela “defesa”. Vindo de quem vem significa muito e sim, reconheço que este artigo não está super longo ou original. Infelizmente esta semana não deu para fazer melhor mas na próxima vou tentar fazer algo com mais qualidade.

  6. MicaelDuarte - há 3 anos

    Ainda que muito resumidamente, fizeste um bom “apanhado” do panorama actual da WWE e eu até gostei do artigo. O tamanho de um artigo não é tudo, senão o “Beyond The Mat” da semana passada teria sido um fracasso, coisa que, a meu ver, não foi, de todo.

    Boa sorte no teu novo espaço, Tiago.

    • Tibraco - há 3 anos

      Obrigado Micael. Agora que também escreves artigos vais perceber que numa ou noutra semana é mais dificil fazer um bom trabalho, até porque existem diversos factores a influenciar o nosso desempenho :)

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador