Neutralizer #7 – Estreias Falhadas

Finally…não, não é o The Rock que está a chegar, foi mesmo a Wyatt Family que fez a sua estreia na passada Raw. Esta estreia já há muito que era esperada com bastante ansiedade por parte dos fãs…

The Shield, Big E Langston, Fandango, Curis Axel e agora Wyatt Family, o que é que estes nomes têm em comum? Foram todos alvos de uma grande aposta por parte da WWE nos últimos tempos, ao subir estes talentos do NXT para o roster principal. Como todos sabem, a WWE está a passar por um bom momento e eu julgo que em parte se deve à aposta em jovens talentos.

Falando dos Wyatt, esta estreia tem tudo para resultar dado ao grande talento dos 3 envolvidos, em especial de Bray Wyatt que depois de uma tentativa de sucesso no main roster enquanto Husky Harris, parece ter encontrado a personagem perfeita para interpretar. Isto tudo porque a WWE tem vindo a fazer outra coisa muito bem feita que é não atribuir personagens ao acaso, e pedir a opinião ao lutador que a vai interpretar. No caso de Bray Wyatt, a personagem foi primeiramente pensada por Dusty Rhodes, que a deu a conhecer ao antigo Husky Harris, que depressa se identificou com a personagem e a partir daí começou a trabalhar nela.

Há aproximadamente um mês atrás, a primeira vignette da Wyatt Family foi exibida na Raw gerando logo um grande sucesso. A partir daí, mais vignettes foram mostradas tanto no Raw como no Smackdown, que vieram a deixar todo o Universo WWE entusiasmado, já que as vignettes eram bastante apelativas, parecendo até que tinham saído de um filme de terror.

Finalmente, na passada Raw esta estreia tão esperada aconteceu quando Luke Harper e Erick Rowan atacaram Kane. Esta estreia não foi épica, mas criou o seu impacto (também não é suposto que em todas as estreias se vença logo o título da WWE). Eu na minha sincera opinião, gostei da estreia e além disso a forma como aconteceu, depois de mostrarem o último vídeo, e como tudo foi feito com calma e apenas com uma luzinha trazida por Bray Wyatt a iluminar a arena, tornou a estreia expectante, divertida de se assistir e até mesmo arrepiante. Além disso foi tudo feito ao pormenor: o Bray a apagar a lanterna, a música (que diga-se de passagem faltam mais músicas tão boas como aquela na WWE) a parar, as luzes a acenderem-se e claro o ataque dos 2 seguidores de Bray Wyatt a Kane, foi tudo feito de uma forma genial, sem nunca se perder a calma (com calma tudo se consegue xD). Mesmo o ataque, de forma “selvagem” com o Bray sentadinho na cadeira, a “avaliar” as performances dos seus seguidores (se eu fosse a ele dava uns conselhos ao Rowan, o rapaz falhou quase os murros todos). Sinceramente quando aquilo acabou, eu já estava a desejar por mais.

A escolha do Kane para a primeira “vítima” parece-me interessante, visto que Kane não é um wrestler normal, afinal de contas ele é um “monstro”, “The Big Red Machine”…vamos ver onde é que isto nos vai levar, até pode ser uma forma de criar dúvidas se Kane estará apto para o Money In The Bank visto que este abandonou a arena de maca, e daí pode sair uma coisa interessante, até poderá ser Kane que os vá elevar, depois do seu magnífico trabalho com Daniel Bryan, poderá fazer um grande trabalho com os Wyatt. Mas é claro que ainda não há certezas que haverá uma rivalidade entre Kane e o grupo, mas o personagem de Kane não é de se ficar e com certeza ele procurará vingança…quem sabe com a ajuda de Undertaker e um combate no Summerslam? Já existem rumores para isso e até que nem me parece uma má ideia. Além disso, se o combate viesse a acontecer e se os Wyatt saíssem vencedores, ficariam com muito “heat” e bastante credibilizados. Não é qualquer um que vence o Taker no segundo maior evento do ano.

Aquilo que eu menos gostei foi a plateia…iam estragando tudo com os seus cânticos de “Husky Harris”, já parecia o “debut” do Tensai em que começaram a cantar “Albert”. Eu no início até que estava a gostar do público mas estragaram tudo com os cânticos de “Husky Harris”. Outra coisa menos boa foi a pouca duração da estreia em geral, pois esta apesar de ter dado para entreter, não foi muito longa nem épica. Tal como eu já referi, acima de tudo deu para criar impacto. No exemplo dos “The Shield”, a estreia foi mais épica, mas também é verdade que ninguém estava à espera do “debut” deles, enquanto que dos Wyatt já todos esperávamos.

Enfim, para concluir eu gostei da estreia, não foi nada de muito lendário, mas criou impacto e agora é esperar por mais. Resumindo, a estreia foi eficaz e era só sso que se pedia!

Depois desta pequena análise à estreia da Wyatt Family, agora vou passar à segunda parte do artigo e àquela que dá o título a esta edição do Neutralizer. Abaixo seguem 5 casos em que algumas estreias prometiam muito e acabaram por ser um verdadeiro desastre por uma ou por outra razão.

5 – Scotty Goldman

Talvez alguém aqui se lembre deste wrestler, não? Bem…outros talvez o conheçam pelo nome de Colt Cabana: sim esse que é um grande amigo de CM Punk e de Daniel Bryan.

Colt é mais conhecido pelo seu tempo na Ring of Honor. Tal como Punk ou Bryan, Colt também tinha muito talento como wrestler. Aliás, muitos consideravam Colt Cabana como um wrestler com capacidades para ser um “total package”.

Estreou-se na WWE, no Smackdown, com o nome de Scotty Goldman num combate contra Brian Kendrick e, ao contrário de muitas estreias, não venceu o combate. Aliás, penso até que Scotty não chegou a vencer nenhum combate na WWE pois depois deste combate seguiram-se derrotas em Battle Royal´s e no seu último combate contra The Great Khali.

Pois bem, qualquer fã de wrestling fica “aparvalhado” ao ver o percurso deste wrestler, que tinha tudo para ser uma grande estrela dentro da WWE. Qual teria sido o rumo se a WWE o tivesse aproveitado? Talvez ainda hoje estivesse na empresa, tal como os seus amigos CM Punk e Daniel Bryan, quem sabe se não poderíamos ver uma feud entre estes 3 com um título à mistura. Com toda a certeza que seria uma boa feud, com grande qualidade e quem sabe, se não nos daria combates candidatos a “Match of the Year”.

Colt Cabana vs CM Punk – ROH:

Scotty Goldman debut (vs Brian Kendrick): http://youtu.be/8riRONS2TCg

4 – Braden Walker

Qual é o fã de TNA que nunca ouviu falar da tão conhecida Tag Team “America’s Most Wanted”? Quem nunca viu nenhum dos fabulosos combates que esta equipa nos ofereceu, como por exemplo o tão famoso “Six Sides of Steel Tag Team Match”, em que esta equipa enfrentou os Triple X?

Pois bem…Gail Kim (manager), James Storm e Chris Harris eram os membros. Neste caso, vamos focar-nos em Chris Harris.

Em 2008, Chris Harris fez a sua estreia na WWE (mais especificamente na ECW) com o nome de Braden Walker, ao derrotar Armando Estrada.

Bem…na WWE, Braden Walker é basicamente lembrado por isto, pela piada do “knock-knock”, por um segmento de backstage com Matt Hardy e por uma última vitória ao enfrentar James Curtis.

Então, mas porque estou eu a pôr este homem no meu top 5 quando ele foi apenas mais um caso de uma personagem que não correu bem?? A resposta é simples: após esta “espectacular” estreia surgiram na internet, inúmeros trailers de DVD´s fictícios, contando toda a história deste wrestler.

E bem…diga-se de passagem que, se Braden Walker é lembrado pela sua passagem na WWE, é devido aos fãs, que fizeram com que a sua estreia nos proporcionasse algumas gargalhadas.

Trailer DVD Braden Walker – 3 Disc Set: http://youtu.be/uwyFABQX62A

Braden Walker – WWE Hall of Fame: http://youtu.be/JsGU71cJ4no

3 – Kharma

Kia Stevens, conhecida como “Awesome Kong”, era uma das principais “babyfaces” da TNA, e estaria a concretizar o sonho de uma vida ao ter a oportunidade de pisar os ringues da WWE.

Como era possível os fãs não ficarem entusiasmados? A divisão feminina da WWE, considerada por muitos inútil, com combates desinteressantes e “feuds” mal construídas, poderia finalmente arrebitar com a entrada desta atleta. As vignettes assustadoras mostradas nos shows da WWE, começavam a causar entusiasmo e só faltava mesmo o aparecimento de Kharma.

E tal aconteceu e não haveria melhor maneira que dirigir-se ao ring e destruir algumas wrestlers e assim mostrar o seu poder e a sua força. A mensagem estava transmitida.

Tudo corria bem quando o inesperado aconteceu e Kharma engravidou. Como tal, teve que abandonar a empresa para poder ter uma gravidez segura.

Numa despedida emocionada com um ataque de choro, seguida de uma promo em que explicava os motivos porque se iria ausentar da TV, Kharma fez a sua última aparição na empresa.

Todos esperavam o seu regresso após a gravidez, mas mais uma vez, um imprevisto aconteceu e o filho de Kia, acabou mesmo por falecer após o parto. A partir daí, Kharma só apareceu na Royal Rumble de 2012, tornando-se a 3ª mulher a participar neste tipo de combates, e depois foi liberada do seu contrato.

Este foi um caso de mau “timing” em que nenhuma das partes (nem lutadora, nem empresa), tiveram a culpa. A verdade é que não vimos nem metade do talento de Kharma na WWE devido a este incidente.

Gail Kim vs Awesome Kong – TNA:

Kharma Debut – Extreme Rules 2011:

A aparição de Kharma acontece a partir do minuto 08:50.

Discurso de despedida de Kharma –

2 – Sin Cara

Sin Cara, também conhecido como Místico, era a cara CMLL, quando foi contratado pela WWE. A antecipação para a sua estreia foi qualquer coisa de monumental e a WWE vestia o fardo de orgulho de terem contratado uma estrela internacional notável.

Ok, Sin Cara fez a sua estreia e tudo parecia correr bem até que…chegaram os combates…e os “botches”. A conta de “botches” protagonizados por Sin Cara acabou mesmo por se perder.

O seu “push” foi acelerado e a falta de desenvolvimento num território notava-se cada vez mais e tornou-se num verdadeiro obstáculo. Além disso, o facto de não saber falar inglês, dificultava as suas promos e a comunicação com os wrestlers antes dos combates. Saíam verdadeiros desastres e os combates acabavam por ser gravados mais do que uma vez. Além disso, também as rivalidades desinteressantes não ajudavam nada o caso de Sin Cara.

Tornou-se num superstar não muito importante, cujo “pop” recebido não era muito e as suas entradas eram, na grande maioria mornas ou quase silenciosas.

Basicamente, ainda hoje é assim, apesar da tentativa de “push” enquanto parceiro de Rey Mysterio, a lesão deste não veio ajudar em nada, e hoje Sin Cara é daqueles superstars que podemos considerar “dispensáveis” e que já quase não aparece nos shows principais (apareceu na Raw de segunda-feira, com a nobre tarefa de parecer um bonequinho no meio do confronto entre Ziggler e Del Rio).

Estreia de Sin Cara – http://youtu.be/6sZX-SQXeDw

Tempo: 6:15 / 6:35 / 10:10 – Sin Cara Botches: http://youtu.be/wtAt40qFtQ0

Botch de Sin Cara na entrada – http://youtu.be/d6r0jLwcuFg

1 – The Shockmaster

Corriam os velhos dias da WCW e fazia-se o build-up para um combate Tag Team de oito homens. A equipa “Heel” constituída por Sid Vicious, Big Van Vader, Booker T e Stevie Ray iria opor-se à equipa dos “faces” constituída por Sting, Dusty Rhodes, Davey Boy Smith e um parceiro mistério.

A identidade deste parceiro misterioso foi anunciada num “A Flair for the Gold”, que tinha Ric Flair como anfitrião.

Era altura para a apresentação e Sting teve as honras com esta frase: “(…) our partner is going to shock the world because he is none other than: The Shockmaster!!!”.

Depois disto…bem uma das entradas mais hilariantes de sempre!

http://youtu.be/y5oMiqJRVqs

Não havia forma de levar o segmento a sério depois disto. Comentários apimentados por palavrões da parte de Davey Boy Smith e Booker T foram ouvidos durante o segmento. Este acabou mesmo por ser um dos maiores combates das carreiras dos wrestlers envolvidos, mas é claro que este combate foi contra o riso.

E assim foi estragada a ideia pretendida para a personagem de Shockmaster pois este ficou sempre lembrado pelos motivos que não eram os desejados.

Desde então tentaram dar a volta por cima, disfarçando Ottman de “Super Shockmaster”, suposto sobrinho do Shockmaster inicial, que carregava a gimmick de trapalhão que se deu em seguimento do incidente. A personagem acabou por ser abandonada, mas Shockmaster terá sempre um lugar muito especial nos corações dos fãs de wrestling, mas não pelas razões inicialmente pretendidas.

De referir que os atuais “Tons of Funk” poderiam muito bem estar no top pois as suas estreias, tanto de Tensai (Sweet T) como de Brodus Clay, no início tinham um objectivo bastante diferente da comédia que se tornaram hoje em dia.

Vignette de  Brodus Clay após NXT: http://youtu.be/dyUJjZGSDiI

Estreia de Brodus Clay: http://youtu.be/72jEUpcvocw

Vignette de Tensai: http://youtu.be/HmhncJsbLQg

Estreia de Tensai:

Por hoje é tudo, boa semana, bom Money In The Bank e até ao próximo artigo, mas não se esqueçam: It’s time to believe that the nightmares are real because they arrived!

Sobre o Autor

34 Comentários

  1. MR Perfection André Santos - há 3 anos

    Haháháháháhá a do ShockMaster é epica por acaso falei nela na primeira edição do Vintage!
    Muito Bom Miguel!Semana após semana apresentas sempre algo diferente!

  2. José Sousa - há 3 anos

    Concordo com a tua perspectiva da estreia dos Wyatt, só acrescento que na Smackdown a WWE ou o Wyatt apresentou o ataque deles ao Kane. Ou seja estão a querer vender o ataque, e dizer nós afastamos o Kane do combate, se querem vender o ataque ele tem que ficar de fora do combate. Se vier, lá têm eles que se calhar interferir contra ele no combate. Se não vier da forma que a se posicionou só vejo a hipótese de ser o Wyatt a substituir.

    Os cânticos acredito que diminuem com o tempo, se calhar na Smackdown já nem se ouviram. Um teste a isso seria coloca-los numa promo no Money in the Bank, e não excluo essa possibilidade.

    • Miguel Silva - há 3 anos

      Sim, eu acho que o Kane não vai participar no MITB e talvez seja substituído pelo Bray…mas aconteça o que acontecer é quase certo que a Wyatt Family estará no MITB agora a fazer o quê já não sei.

      Os cânticos até podem ter sido daquele público…espero sinceramente que acabem.

      • José Sousa - há 3 anos

        Eu acho que no Smackdown já não vamos ouvir isso(já que ele fez uma promo). Se não existir substituição eles fazem uma promo qualquer, porque se existir é claramente o Wyatt o substituto( e talvez passe a perna a Sheamus, Orton e Bryan e vença). Sim se o Wyatt participar vai vencer a mala.

        Dos outros gosto muito do Cabana mas aquela gimmick não dava. A Kharma é aquilo que todos nós sabíamos que poderia ter sido ainda mais brutal.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Eu sinceramente não sei se o Bray já está preparado para ser WWE Champion mas que dava um grande show se um “rookie” como o Bray vencesse uma MITB All Star lá isso dava…
        Já que o meu desejo de ver o Bryan a vencer foi praticamente por água abaixo na última Raw, ao menos que o vencedor seja bom e se o Bray vencesse, aí o cash in teria que ocorrer mais tarde, o que significaria mais tempo com o Cena como campeão (ou não se o Bryan combatesse contra ele no Summerslam mesmo sem a mala).

        O Colt Cabana é excelente mas tens razão quando dizes que com aquela gimmick ele não ia a lado nenhum. Quanto à Kharma, basta olhar para o que ela fez na TNA e para o que ela não fez na WWE…

      • José Sousa - há 3 anos

        Eu também não eu abordei isto porque não vou falar muito disto no artigo desta semana. Falo dos combates mas do Wyatt não. O mais provável é o Kane não participar ou se participar é atacado por eles.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Eu tenho visto o teu esforço para não darea opiniões sobre os combates do PPV para a leitura do S&M “não perder a graça”.

        Eu só não acho muito bem ele vencer o combate porque eu não sou muito a favor dos wrestlera que recebem um “push” demasiado grande antes de terem passado por um título secundário.
        Se o Kane não participar, acho que ficamos a perder pois para mim, quantos mais wrestlera estiverem no MITB Ladder Match, mais competitivo e interesaante ele ae torna.
        Se ele participasse e fosse atacado pelos Wyatt, seria bastante bom de assistir e assim poderiam construir uma boa feud e o Kane poderia ajudar a credibilizar ainda mais a Wyatt Family.

  3. don_ricardo_corleone - há 3 anos

    Relativamente à Kharma não se pode dizer que nenhuma das partes teve culpa. Da promo de despedida da Kharma parece-me que ela estava a tentar engravidar, algo que a WWE deveria ter sido informada, para evitar fazer a estreia logo naquela altura. Estavam a construir uma diva destruidora e psicopata, e acaba por se despedir como face porque tiveram de desenrascar. Caso a gravidez tenha sido acidental, então pronto, ela não teve culpa.
    Mas depois, ela esteve demasiado tempo de fora, e aí por culpa própria. Deixou-se perder forma, ficou mais de um ano de fora após a perda do filho. Enfim…acabou por fazer-nos todos perder tempo. Não me pareceu muito profissional. Mas vá, ela é que perdeu, a WWE continua.
    Podias ter juntado aí a estreia do Santino Marella. Tanta coisa para isto que vemos hoje.

    • Miguel Silva - há 3 anos

      Sim, se era mesmo o sonho dela ser mãe e se já tinha a intenção de engravidar, então foi uma irresponsabilidade da parte dela não ter informado a WWE. Mas tens razão ela é que perdeu o emprego, a WWE continua.
      O Santino é dos maiores casos de wrestlers mal aproveitados na WWE…ele até que nem lutava mal nas indys (ROH salvo erro) e na WWE é a gimmick de comédia para crianças que todos assistimos (isto quando ele aparece porque parece que já nem aparições ele faz).

      • don_ricardo_corleone - há 3 anos

        Eu vi um video do Santino a fazer de russo e com uns moves bem interessantes. Eu referi o Santino precisamente por isso. Ele até parece ter qualidade, tem uma estreia em grande vencendo o titulo Intercontinental, e de repente, é o palhaço que vemos…Agora nem aparece.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Eu li uma notícia que dizia que o Santino ia abrir uma escola de wrestling. Se calhar
        já saiu da WWE e ninguém deu conta…
        Esse russo acho que é o Boris Alexiev (penso que se escreve assim) e ele até lutava bem. O Santino com uma boa gimmick até podia ter futuro na WWE. Há tantos tipos sem talento que podiam muito bem fazer o papel de palhaços: basta olhar para o Bo Dallas…esse nem precisa de mudar muito, só precisava de se apresentar tal como é!

  4. Fernando Martinho - há 3 anos

    Bom artigo! Creio que desde o início Brodus Clay tinha uma gimmick hilariante. Quanto às outros, destaco o Sin Cara, que já devia ter saído da WWE à muito tempo.

    • Miguel Silva - há 3 anos

      Obrigado!
      Sim mas nas promos após o NXT, eu penso que a intenção foi sempre fazer dele o novo gigante da WWE: o substituto do Big Show/Mark Henry.
      O Sin Cara nem devia ter entrado xD mas já que entrou deveria ter passado pelo FCW.

  5. LuisMPBO - há 3 anos

    Bom artigo Miguel.
    Olha, se calhar já leste o que escrevi no comentário do Vintage, mas não interessa, eu repito. Há uma coisa que eu tenho gostado nos teus artigos. Tu arranjas constantemente novos formatos para o teu artigo. Todas as semanas trazes um artigo com uma estrutura diferente, o que evita repetição e cria ainda mais interesse.
    Posto isto, só mais uma coisa: o debut do Shockmaster é de partir a rir! xD

  6. Vegeta - há 3 anos

    Muito bom Artigo Miguel!
    O que eu me ri com a estreia do Shockmaster!

    PS:Nunca tinha lido o Neutralizer, mas gostei muito!

    • Miguel Silva - há 3 anos

      Obrigado e ainda bem que gostaste. Já sabes, o Neutralizer sai todas as quartas-feiras, por isso quando quiseres aparece e lê o artigo e ainda bem que te divertiste com a estreia do Shockmaster!

    • MR Perfection André Santos - há 3 anos

      A estreia do ShockMaster é do melhor que há, um gajo parte-se a rir !!!!

  7. Rubinho16@ - há 3 anos

    Mais um excelente Neutralizer! O debut do Shockmaster foi épico! Hilariante !

    O debut dos Wyatt Family agradou-me bastante devido ao facto de ter sido pensado ao pormenor, passo a explicar:

    Com uma gimmick tão delicada e complexa como a de Bryan e dos seus seguidores, não pode ser exposta toda de uma só vez, tem que ser dada a conhecer aos poucos, de maneira a criar interesse no público.

    Os pormenores relevantes foram essencialmente o apagar da lâmpada, a theme song que é das melhores da atualidade e que se apagou naquele momento, a agressividade do ataque e todo o suspanse ! Pontos que ajudam a formar a gimmick !

    Vejo o Kane como uma excelente aposta, uma vez que, a par de Jericho, é dos melhores “elevators” da atualidade e talvez dos últimos cinco anos! Depois de um excelente trabalho com Bryan, espero que o “Big Red Monster” faça maravilhas com os três !

    Bom artigo !

    • Miguel Silva - há 3 anos

      Muito obrigado Rubinho!
      Eu sinceramente adorei a estreia da Wyatt Family pelos motivos que explico no artigo e pelos que tu apresentas. Aqueles momentos foram curtos mas ao mesmo tempo mágicos!

      Sim, o Kane fez um grande trabalho a “pushar” o Bray e será uma ótima primeira feud para os Wyatt.

      A estreia do Shockmaster deve ser das estreias mais hilariantes que eu já vi :) até a máscara lhe caiu!

      Só um aparte, no terceiro parágrafo, penso que queres dizer Bray e não Bryan mas eu percebi ;)

      • Rubinho16@ - há 3 anos

        Sim, queria dizer Bray, desculpa xD

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Deixa lá, errar é humano e além disso eu percebi :)

  8. therocker77 - há 3 anos

    o tensai é um caso sério de descridibilização, pois chegou a ter vitórias sobre o cena e o punk e pensei que andaria a lutar por titulos agora caiu no ridiculo de se chamar sweet t

    • Miguel Silva - há 3 anos

      Completamente, a WWE não faz a mínima ideia do que há-de fazer com ele, aliás acho que nunca soube. O homem já passou por Prince Albert, Albert, A-Train, Lord Tensai, Tensai e agora o cúmulo que é o Sweet T (espero não me ter esquecido de nenhuma personagem). Onde é que já se viu um tipo com aquele físico com “sweet” no nome e a lutar de “fato-de-banho”. Logo ele, que até tinha bastante potencial para ser um “monstro” credibilizado na WWE.

  9. akujy - há 3 anos

    Epá…ele até podia ter atravessad aquela parede como deve ser e feito tudo em condições…mas nunca na vida chegava a lado nenhum. Quem é que no seu perfeito juizo ia levar a sério um gajo com um capacete de stormtrooper coberto de glitter e com uma voz daquelas…e umas calças de ganga…e aquele colete…que mais parecia pertencer a algum big foot. Aquilo nnc na vida ia ser levado a sério. Mas k foi de rir…la isso foi! Só n entendo como é k o Booker e o Davey Boy descarrilaram tanto ao ponto de praguejar. xDDD O Sid merece respeito pelo profissionalismo.

    Em relaçao aos Wyatt, serei eu o unico a achar k a mitica entrada do Undertaker pode finalmente ter encontrado a sua grande sucessora?

    • Miguel Silva - há 3 anos

      Ahahah também acho que não. Coitado, foi o destino que lhe deu uma oportunidade de se despachar daquela personagem antes que desse para o torto, mas acabou por dar na mesma xD. Mas olha ao menos podemos dar umas gargalhadas à custa dele!

      A entrada dos Wyatt é bastante boa e até arrepiante, mas daí à entrada do Taker ainda vai uma grande distância…

      • akujy - há 3 anos

        Miguel, n dizia ja, ja. Mas com o tempo acho k pode ser. ja agora, excelente artigo, adorei o tema.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Obrigado!

        Eu não sei, apesar de arrepiante a entrada deles não é tão sombria como a do Taker nem tem aquele impacto quando tu ouves o gongo. Eu acho que a entrada mais próxima da do Taker era a dos Ascencion mas um dos membros foi despedido por isso não sei se o outro irá para o main roster com outro parceiro!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador