Clica aqui e junta-te ao nosso grupo de Facebook: "Fãs de Wrestling"!

O que é que Póquer e Wrestling têm em comum?

O wrestling e o póquer têm mais em comum do que se possa pensar. Primeiro, tanto entusiastas como competidores viajam pelo mundo em prol de fazer parte dos maiores eventos da modalidade. Depois, cada um tem jogadores com personalidades únicas e legiões de fãs. Tendo isso em mente, quais seriam as melhores comparações de jogador de póquer – wrestler? Andamos a pesquisar e três bons exemplos!

Daniel Negreanu & John Cena  – Na última década de WWEJohn Cena tem sido a estrela da companhia. Há quem o odeie e há quem o adore, mas esta é, para todos, uma verdade incontornável: as pessoas param para vê-lo.

Para além disso, muitos consideram-no o grande performer da indústria atualmente e talvez até de todos os tempos. Apoiante fervoroso do exército dos Estados Unidos e herói de crianças por todo o mundo, Cena foi ainda o Campeão do Mundo de Pesos Pesados por 15 vezes, só uma a menos do que Ric Flair.

Já quanto a Daniel Negreanu, poucos contestariam o facto de ele ser a face atual do póquer profissional. Negreanu é não só o campeão de todos os tempos em torneios de póquer a dinheiro mas também bracelet winner, por seis vezes, do WSOP; por duas vezes campeão de WTP e o primeiro jogador que os produtores quiseram na transmissão dos seus eventos de póquer. Negreanu tem sido capaz de se adaptar à evolução do jogo e dos tempos, sem nunca temer dizer o que lhe passa pela cabeça, mesmo quando poder ser controverso.

Ambos são não só “a cara” de cada uma das indústrias como nem sempre conseguem agradar a todos – mas sempre porque não têm nenhum problema em serem eles próprios.

Vanessa Selbst & Fabulous Moolah – Vanessa Selbst é facilmente a melhor jogadora de póquer da história do jogo. As estatísticas não enganam: Vanessa é a all-time money winner entre as mulheres do póquer, a que reúne mais braceletes e a mais presente em torneios de póquer ao vivo. A menos que se decida retirar entretanto, Vanessa ainda promete ter muitos anos de liderança feminina pela frente.

Já Fabulous Moolah também foi considerada a maior wrestler feminina de todos os tempos. Ganhou o título da National Wrestling Alliance (NWA) cinco vezes e título WWE Women’s outras quatro vezes. Até à sua morte, em 2007, com 84 anos, Moolah continuava a fazer magia, de uma forma de outra, nos rings de wrestling e a entreter os milhares de fãs do desporto. Para além disso, foi uma inspiração para várias gerações de wrestlers que hoje são verdadeiras divas da modalidade.

Doyle Brunson & Bruno Sammartino – ambos são ambos considerados os maiores de todos os tempos, cada um na sua indústria: Brunson tornou-se famoso com o lendário “Texas Road Gamblers”, quando viajou pelos Estados Unidos a jogar high-stakes póquer. Já Bruno Sammartino foi um dos mais dominantes pro wrestlers na história. O seu estilo, orientado para o tapete, e o seu incrível carisma fizeram com que conquistasse o coração de fãs por todo o mundo e abriu as portas para o wrestling profissional moderno, como o conhecemos hoje.

Só foi Campeão do Mundo de Pesos Pesados duas vezes, mas a verdade é que as duas vezes se traduziram, combinadas, num reinado de 4040 dias, 11 anos. A primeira parte começou em 1963, no WWWF. Venceu “Nature Boy” Buddy Rogers em menos de um minuto e conquistou um título que durou sete anos, oito meses e um dia. O segundo, que recuperou em 1973, durou até 1977. Retirou-se dos ringues definitivamente em 1988.

Já Doyle foi uma inspiração para a moderna geração de póquer, pelas suas conquistas em torneios. Venceu 10 WSOP braceletes, incluindo o principal torneio do WSOP em 1976 e 1977. Em 2004, angariou ainda um título WPT, quando ganhou o Legends of Poker. Durante a sua carreira, ganhou mais de 6 milhões de dólares em torneios e alguns milhões mais em jogos de dinheiro.

Comentários encerrados.

Desenvolvido por Luís Salvador / Wrestling PT © 2006-2017