Onde Andas Tu? #15 – Ken Shamrock

A escolha do personagem principal desta edição, foi decidida por um voto. Foi a edição mais comentada, e também, a mais participada, em relação aos votos, que iria decidir a direção da “spotlight” para a edição de hoje. Para derrubar Ultimate Warrior nas escolhas, só poderia ser uma personalidade de “peso”, um wrestler, ou melhor ainda, um atleta, com uma atitude capaz de provocar em vocês (meus caros leitores), uma sensação de certeza na vossa decisão. Pensei que ganhasse Ultimate Warrior e, esteve perto de acontecer, mas o vencedor da semana passada é simplesmente….O Homem mais perigoso do Mundo!

http://youtu.be/tAORcaaqJWI

A sua infância não foi das melhores, e tentarei retratar alguns momentos importantes do início da sua vida, e como tudo começou para Ken Shamrock:

Nascido a 11 de Fevereiro de 1964, Kenneth Wayne Kilpatrick, de seu nome de batismo, cedo encarou com uma realidade diferente de outras crianças. Nasceu numa base da força aérea Norte-Americana, onde seu pai foi recrutado. A sua mãe, trabalhava num bar, a servir as mesas mas, também fazia aquelas danças…digamos…exóticas.

A mãe de Ken – Diane Kilpatrick, teve o seu primeiro filho na tenra idade de 15 anos, onde mais tarde nasceu Ken, num total de três filhos. O ambiente certamente não era o melhor para Ken e seus irmãos, e bem pior, quando seu pai Richard Kilpatrick, abandou a família. A sua mãe voltaria a casar com outro militar das forças aéreas, mas Ken, seria uma criança rebelde, e com cinco anos, já se envolvia em rixas e lutas no bairro de Atlanta-Georgia, onde vivia. Seria expulso de casa aos 13 anos, após ter cometido um assalto, e foi vivendo em automóveis abandonados, até ter sido acolhido pela associação Bob Shamrock Boys Home, onde mudou completamente a sua vida. Adotou desde ai o apelido – Shamrock.

Seguiu futebol Americano e aliou essa modalidade, ao wrestling, e seria num combate universitário, que viria a partir o seu pescoço e foi-lhe dito, que estaria com a sua carreira terminada. Esse diagnóstico não veio a interferir com o querer de Ken, e seguiria mais tarde para o Japão, para treinar com os melhores lutadores da terra do sol nascente. Esta foi a sua primeira experiencia com um factor mais competitivo, e seria a sua melhor, para seguir em 1993 para o octógono.

Ken com Bob Shamrock

Como a maioria conhece, Ken tem o background de mixed martial arts, na Ultimate Fighting Championship e MMA, onde Ken teve um enorme sucesso. Foi campeão UFC e também faz parte do Hall of Fame. Deixou o mundo do Ultimate Fighting em 1997, para ingressar na World Wrestling Federation.

Mas é de Wrestling que vamos falar, e certamente do melhor, e mais bem-sucedido atleta, que foi englobado numa federação de wrestling, oriundo de organizações de lutas como o UFC.

Ken Shamrock fez a sua estreia na WWF a 24 de fevereiro de 1997, no show Monday Night RAW, onde foi anunciado como “The World´s Most Dangerous Man”, e a sua missão, era ser o árbitro especial, para o combate entre Bret Hart e Stone Cold Steve Austin, na Wrestlemania 13.Um combate, que sem dúvida, foi enorme em termos de qualidade, e merecedora de um árbitro altura e, Ken esteve ao nível dos intervenientes principais.

http://youtu.be/Ft2erDvZWYc

Seria este “Wrestlemania Moment”, o mote para Ken iniciar o seu percurso na WWF, logo para fazer parte, de uma das fases mais controversas da companhia, a Attitude Era. A sua estreia como wrestler foi contra Vernon White num No-Hold Barred Exhibition Match, onde Ken mostrava-se ao mundo da WWF, naquilo que viria a ser, uma parceira de sucesso.

Durante o seu percurso teve enumeras batalhas, contra alguns dos grandes nomes da WWF, e da indústria do wrestling, como casos de Vader, British Bulldog e a stable de Bret Hart – os Hart Foundation. Apesar destes, serem nomes muito conceituados, e consensuais em relação a categoria, e história, seria duas rivalidades que iriam marcar a carreira de Ken na WWF.

Shamrock teve um shot para o título de Shawn Michaels em 1998, logo a após o Montreal Screwjob, onde saiu vitorioso, obrigando Michaels a ser levado ao limite. Venceu-o após os Dx intervirem no combate, vencendo por DQ. O que torna esta rivalidade extremamente boa, foi a atitude de Michaels, desvalorizando constantemente Ken, este por outro lado, fazia coleção de vitórias atrás de vitórias, todas elas, com uma combinação de dois golpes, o Belly To Belly Suplex, e o mais mortífero, o Ankle Lock. Este golpe de submissão, foi muitas vezes desvalorizado por Michaels e pelos DX, muitas vezes, de uma maneira cómica, ao bom estilo deles.

A outra rivalidade com relevância foi contra um lutador, que começava afirma-se em 1998. The Rock estava a ter todo destaque, pois era um dos alvos abater pela stable que dominava aquele tempo – a Mr McMahon Corporation. Ken tinha vencido o Intercontinental Title, após vencer X-Pac num torneio de oito lutadores, e tornou-se Heel, ao juntar-se ao maníaco McMahon. Ken foi um dos escolhidos para enfrentar The Rock, logo após, este ter vencido Big Boss Man na sua caminhada para o WWE Title. Se Rock não vencesse Ken e o Intercontinental Title, não seguiria para o PPV Surviver Series, e perdia a sua oportunidade de ser campeão.

http://youtu.be/FGp8OlHx8Vg

http://youtu.be/wET686FzY4g

Shamrock, teve sempre destaque ao longo do seu percurso, onde teve alguns confrontos de excelente qualidade, como por exemplo contra Undertaker, Jeff Jarret ou Steve Blackman. Em 1999 retirou-se dos ringues da WWF, para retomar a sua carreira na MMA.

Shamrock teve nos anos 2000, passagens pelo circuito independente, e também pela Total Non Stop Wrestling. O seu maior feito foi conquistar o maior trofeu da TNA em 2002, o NWA World Heavyweight Title. Ken é considerado o primeiro TNA Champion da história, mais tarde, viria perder o seu título para Ron Killings (R-Truth), deixando a companhia.

http://youtu.be/Xo5yL5fflF8

Onde Andas Tu?

Atualmente está inserido em vários projetos, um deles, a sua bebida energética Shamrock Slam, afirmando, que tem 0% de adição de açúcar, diferenciando das outras bebidas deste género, no mercado Norte-Americano. Ken treina diariamente para conseguir estar em forma para algum evento de MMA, ou outro do género, caso sinta vontade de voltar ou seja convidado, apesar de não lutar desde 2010. A caminho dos 50 anos, aconselha vários lutadores de MMA, passando a sua sabedoria adquirida ao longo da sua carreira. Com uma alcunha bem alusiva a sua atitude, “The World´s Most  Dangerous Man” teve uma infância infeliz, mas ergueu-se, e caminhou para os terrenos da glória, e passa essa experiencia de passado de crime, tentando impedir outros jovens, a caminhar também nesses terrenos, sempre inclinados para a desgraça.

Espero que tenham gostado. Deixo a votação para a próxima semana: Val Venis ou Stevie Richards.

Sobre o Autor

- Autor da rubrica Vintage e escritor de algumas edições do Onde Andas Tu?, e play by play do PSN. Nascido a 7 de Dezembro de 1981, pertenço a uma geração onde os videojogos estavam a começar a desbravar barreiras inacreditáveis, onde 16 bits era uma loucura.Aficionado fervoroso de Wrestling e do glorioso Benfica.Orgulhoso por fazer parte de uma equipa talentosa, como o Wrestling PT.Segue-me no twitter e Facebook - ansnicola@iol.pt e canal Youtube,Daylimotion e sapo videos!

30 Comentários

  1. Respect the beard - há 3 anos

    Val Venis.

  2. danielLP21 - há 3 anos

    Excelente artigo.

    Grande história de vida tem este homem. O combate dele com o The Rock em 1998 é sensacional. Só é pena que não tenha sido num evento mais importante, uma vez que é um combate que passa um pouco despercebido.

    Stevie Richards.

  3. RuiFerreira222 - há 3 anos

    Stevie Richards.

  4. Senshi - há 3 anos

    Pelos artigos que tínhamos visto até agora os wrestlers tinham ido de bem a mal mas com o Ken é ao contrário, começou mal e acabou bem…

    Voto no Stevie Richards…

    • MR Perfection André Santos - há 3 anos

      Sim.É um bom exemplo de infância difícil, mas espírito de conquista e recuperação.

  5. Mr. Anônimo - há 3 anos

    Stevie Richards

  6. simba - há 3 anos

    voto no Stevie Richards

  7. TheManWhoGravityForgot - há 3 anos

    Gostava de ver o ken shamrock numa aparição na wwe a fazer o ankle lock em alguém

    Val venis

  8. Jorge Rebelo - há 3 anos

    O Ken Shamrock não faz parte da equipa de segurança do 50 cent? Li essa noticias algures recentemente…

  9. Theory - há 3 anos

    Guarda costas do 50 Cent…

  10. wwe champion nj - há 3 anos

    Stevie Richards

  11. Luís Valente - há 3 anos

    Exelente artigo.

  12. MR Perfection André Santos - há 3 anos

    Obrigado até agora pelos comentários. P.F não se esqueçam de votar!

  13. BRRM - há 3 anos

    Stevie Richards

  14. YO - há 3 anos

    Stevie Richards

  15. JoãoRkNO - há 3 anos

    Mais um excelente artigo de uma superstar que pouco conhecia.
    O meu voto vai para Val Venis.

    • MR Perfection André Santos - há 3 anos

      Obrigado.Ken foi um dos lutadores que marcou e, participou na Attitude Era da old WWF

  16. akujy - há 3 anos

    Excelente artigo, como sempre. Foi bom recordar o percurso do Shamrock. Só te faltou dizer que actualmente é segurança do 50 Cent. xD (Pois é…) Eu voto no Sean Morley.

  17. Miguel - há 3 anos

    Tem de ser Val Venis.

  18. Dolph Ziggler - há 3 anos

    Ótimo artigo, André. Sempre fui um fã do estilo do Ken Shamrock. Quanto ao resto, escolho o Val Venis.

    • MR Perfection André Santos - há 3 anos

      Também gostava dele, especialmente porque veio acrescentar muita coisa, naquela altura, em termos de capacidade dentro do ringue.

      Obrigado

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador