Onde Andas Tu? #32 – Paul Burchill

Arrrggghhh!!!! Arrrggghhh!!!!

Toc, Toc, Toc, Toc… (Este é o som que eu faço quando ando com a minha perna de pau)

Estava eu muito sossegado e fartissimo de pensar, em quem vos trazer nesta edição, quando a musica do “Jake e os Piratas da Terra do Nunca” me entrou pela mente a dentro e se fez lamparina!

Mandei a minha filha tirar a porra desses desenhos irritantes da TV e passei à acção!

Vamos lá começar isto, gente porca e sem dentes!

Birchall é um antigo professor da primaria que se enfiou-se no mundo do wrestling profissional em 2001 depois de participar num evento da Frontier Wrestling Alliance’s (FWA) Academy e de ter impressionado o gerente do evento, Mark Sloan.

Enquanto treinava na academia sob a orientação de Sloan, Birchall debutou (Quem raio é que adaptou esta palavra?? O que é que lhe aconteceu quando se estreou? Mudou de cor? Ficou manchado?? Aderiu à moda do Michael Jackson?) em Agosto de 2002 já com o nome de Paul Burchill. A meio de 2002, Burchill começou a aparecer nos shows da FWA e a interferir nos combates e por vezes antes de eles começarem.

A primeira vaga de ataques durou até Outubro onde ele defrontou os dois membros da Tag Team The New Breed num evento chamado Uprising.

Ele continou a interferir nos combates e chegou ao cumulo de acabar com os 4 participantes que lutavam num four-way match.

Em Março de 2003, Paul fez a sua primeira aparição agendada na promoção Frontiers of Honour. Esta promoção é uma junção entre a FWA e a ROH.

Debutou-se todo, contra uma Tag Team de seu nome Double Dragon, onde venceu com um duplo K.O

Burchill continuou invicto durante o resto do ano, enquanto enfrentava Tag Teams em combates de Handicap. No fim do ano de 2003 ele foi eleito Rookie of the Year pela Total Wrestling (estação de radio) e pela 1 Stop Wrestling (promoção Indy).

A sua streak vencedora continuou até meio de 2004 quando no evento Carpe Diem, Paul enfrentou Simmons e perdeu por Count Out.

Em Agosto de 2004, Burchill derrotou Doug Williams e The Zebra Kid num No Holds Barred Three Way Match, para assim, se tornar no International Wrestling Promotions Heavyweight Champion. Ele manteve o titulo até Novembro onde perdeu num combate Falls Count Anywhere contra D’Lo Brown.

Burchill trabalhou brevemente na OVW em 2005 imediatamente antes de se estrear na SmackDown! onde teve algumas feuds e uma chance pelo OVW Southern Tag Team Championship, que não conseguiu vencer.

Esse titulo era pequeno demais para um lutador como ele, visto que ele venceu o OVW Heavyweight Championship no final de 2006.

No inicio de 2007, Paul ganhou a alcunha de “Ripper” depois de defender e vencer repetidamente Chett e Duncan pelo titulo.

Em Fevereiro desse ano e por sorte vinda das estrelas, Paul perdeu o titulo para Cody Runnels (Rhodes), mas recuperou-o no dia a seguir.

Nesta altura Cody ainda tinha de comer muita sopinha de massa para manter o titulo mais tempo. (Perceberam? Sopinha  de massa?? Não? Ok…)

Burchill perdeu o cinto umas quantas vezes mas sempre conseguiu reganhá-lo até 27 de Junho, quando o perdeu definitivamente para  Vladimir Kozlov.

Depois de chegar aos Estados Unidos, Burchill foi recrutado por Tommy Dreamer e foi chamado para o roster principal a 27 de Agosto de 2005 num episodio do já falecido Velocity. Paul fez uma run-in (uma corridinha pela rampa) para defender o seu conterrâneo William Regal. Rapidamente estes dois estabeleceram uma aliança e no episodio seguinte da Smackdown! Paul fez equipa com Regal para lutar contra Hotty e Funaki.

Depois de aniquilarem todas as Tag Teams no roster, foi lhes dada uma chance (falhada) pelos títulos numa Fatal Four Way Match contra os The Mexicools (Caramba! Até fiquei com um sorriso agora! Os Mexicools! Nunca mais me lembrei destes jardineiros!) os MNM e os campões Legion of Doom.

Regal e Burchill continuaram a feud com os Mexicools ( Caramba! Até fiquei com um sorriso agora! Os Mexicools! Nunca m… péra lá que eu já disse isto!!) durante algumas semanas. Sempre que Paul lutava sozinho, Regal fazia o papel de manager dele.

Em Dezembro, Paul estreou o seu finisher C-4.

Em Janeiro participou numa 20-man battle royal pelo World Heavyweight Championship, mas foi eliminado pelo vencedor Kurt Angle.

Em Fevereiro de 2006 Regal e Paul decidiram-se separar e informaram o “Network Representative” Palmer Canon da sua decisão. Vocês lembram-se deste palhacinho? Não? Já vão ver quem ele é!

Durante a conversa deles com Palmer, Paul revelou que a sua família era arraçada do famoso pirata “Barba Negra” e que ele queria ter uma gimmick de pirata.

Na semana seguinte, Burchill foi avante com a sua vontade e apareceu assim.

Pronto, já se lembraram do palhacinho? Era só eu que não gostava dele?

Regal tentou convencer Burchill a regressar a sua antiga gimmick de bruta montes mas sem sucesso, pois Paul dizia que aquela gimmick era muito mais aprazível para os fãs.

Fica aqui o seu primeiro combate com a gimmick de pirata e onde o nome do seu finisher C-4 foi mudado para Walking the Plank. Para combinar com a persona.

Regal chateou tanto Paul para desistir do pirata que a storyline culminou num combate entre os dois onde o vencido tinha de vestir uma roupa escolhida pelo vencedor. Burchill ganhou o combate forçando assim, Regal a vestir-se inicialmente de buxom wench (senhora tipica alemã) e mais tarde de galinha e gorila.

Em Junho, a já muito popular gimmick de pirata chegou ao fim pelas mãos de Mark Henry (nunca lhe ei de perdoar) que estava louco e partia toda a gente que lhe aparecia pela frente à murraça. Paul levou tanto que teve de sair de maca da Smackdown!.

Depois de aparecer em varias ocasiões no Heat, Burchill regressou à WWE, num episodio da RAW, em Fevereiro do ano seguinte, como vilão para derrotar Brian Kendrick e trouxe consigo a sua antiga companheira na FWA Katie Lea. Que era a sua irmã (storyline).

Em Maio, Paul teve uma brevíssima feud com Mr. Kennedy, Kennedy!!! Antes deste ser sorteado para a Smackdown!

Paul tentou então conquistar o IC que pertencia a Kofi Kingston, enquanto a sua irmã tentou ganhar o WC que estava com Mickie James.

Apesar de terem vencido este combate nenhum dos dois conseguiu vencer os títulos individualmente.

Depois disto, Paul teve apenas algumas squash matches contra Batista e Jamie Noble.

Burchill e Katie Lea foram mais tarde movidos para a nova ECW. Logo na sua estreia na marca a 30 de Dezembro de 2008, Paul perdeu contra DJ Gabriel. Com uma estreia assim, o futuro já não se avizinhava muito sorridente.

The Burchills foram derrotados a 13 de Janeiro de 2009 e a partir daí, foi sempre a descer. Em seis meses, Paul teve uma vitoria contra Tommy Dreamer e somou muitas derrotas.

Em Agosto, Burchill criou uma rivalidade com o entrevistador Gregory Helms, por acusa-lo de ser o wrestler mascarado The Hurricane (que por acaso era). Depois de  meses de ataques mútuos, os dois acordaram em ter um combate “Mascara (Hurricane) contra Carreira (Burchill)”

Paul perdeu o combate e foi despedido (kayfabe). Um mês depois, em Dezembro, Paul apareceu mascarado no combate de Hurricane vs Zack Ryder e como é obvio atacou Hurricane.

Na semana seguinte, Burchill e Katie Lea, já mascarados, auto intitularam-se The Ripper e a The Beautiful Nightmare. No segmento de bastidores estes dois senhores, foram pedir à então General Manager Tiffany para lhes dar um contrato. Tiffany disse que se ele vencesse Hurricane na semana seguinte, o contrato era dele. Isto foi o que aconteceu.

A 26 de Fevereiro de 2010 e depois da ECW fechar portas, Burchill foi realmente despedido da WWE.

Entre Maio de 2010 e o incio de 2012, Paul andou pelo circuito independente e fez algumas aparições em convenções de wrestling.

Nesse mesmo ano (2010) Burchill teve a oportunidade de lutar contra A.J. Styles num combate para a Pro Wrestling Syndicate.

Em Abril de 2011, Paul lutou pela Heartland Wrestling Association para participar na “Heartland Cup 2011”.

Quem levou a Cup foram vocês com mais esta lição de história, já que ele não ganhou a Heartland Cup.

Paul Birchill atualmente é bombeiro a tempo inteiro e está afastado dos ringues.

Agradeço ao Nani pela sugestão deste grande wrestler e que foi um dos meus preferidos… Pelo menos enquanto foi pirata.

Deixem as vossas sugestões aí na caixa do correio.

O sol ta a nascer… Tenho de me pirar!

Toc, Toc, Toc, Toc…

Be kind to one another.

Sobre o Autor

- Criador do artigo "Onde Andas Tu?" e actual apresentador da rubrica "The Five Count". Publico parte das noticias, modero o Chat e sou hater assumido da divisão de Divas da WWE.

36 Comentários

  1. therocker77 - há 2 anos

    bom artigo e concordo contigo quando a melhor gimmick que ele teve foi destruida pelo Mark Henry (neste caso o mau booking)

  2. JoãoRkNO ® - há 2 anos

    Sinceramente , acho que este artigo foi equacionado para outro blog , o termo “enfiou-se” esclareceu as minhas dúvidas . Deixando a palhaçada , gostei , bom trabalho . Nunca fui fã dele , nunca me agradou em qualquer altura da sua carreira . Considero o C4 é um finisher irreal . A minha sugestão vai para o Ultimo Dragon .

  3. Julio - há 2 anos

    Excelente Artigo pois seus artigos sempre dou risada e esse homem ai nem lembrava que existia me lembro dele na ECW mas nem lembrava dele

    • joaop - há 2 anos

      Obrigado Julio! Eu tbm não lhe dei importância nenhuma na ECW… Gostava era mesmo da gimmick de pirata!

  4. Don_Ricardo_Corleone - há 2 anos

    Bom, eu não sei o que se passa que os meus comentários não aparecem em lado nenhum. Ou não estão a ser aprovados ou algum erro está a acontecer quando os envio. Mas cá vai:
    Muito bem lembrado, ele tinha qualidade mas andava com gimmicks parvas infantis que nunca resultam. Que saudades da Katie Lea, para mim a wrestler feminina mais bonita e sexy dos ultimos anos.

  5. danielLP21 - há 2 anos

    Não sei porquê, alguns comentários ficam como SPAM… Enfim, (finalmente) aprovados e pedimos desculpa.

  6. CMelo - há 2 anos

    Grande Artigo
    a minha sugestão vai para o Sabu!

  7. Zé Pedro Delgado - há 2 anos

    Gostava que fizesses de um destes (desculpa se já fizeste): Sabu, Sandman, Hurricane, Muhammed Hassan, Kevin Thorn, Elijah Burke, Marcus Cor Von, X-Pac, Psicosis, Super Crazy ou Boogeyman

  8. pedro14lol - há 2 anos

    as minhas sugestões vão para miss elizabeth e vader

    • joaop - há 2 anos

      Esse vader teve uma historia triste depois… a miss elizabeth está a 7 palmos do chão, infelizmente morreu com 42 anos. Obrigado pelo teu comentário

  9. danielLP21 - há 2 anos

    “Debutou-se todo”… ahahahah!

    Gostei deste wrestler e acho que podia ter sido melhor aproveitado no mid-card e enquanto esteve na ECW. A Katie Lea é realmente linda…

    A minha sugestão vai para a The Kat (espero que saibas quem é lol).

    • joaop - há 2 anos

      A sério acho ridículo dizer debutar… Tu que és um men das letras diz-me lá. É correto fazer estas adaptações de estrangeirismos?

      Tu tás a gozar… Ahahaha! Epa não sei se o Salvador deixa fazer isso. Fala aí com ele e pede lhe, que eu não tenho coragem ahahahhaha depois diz-me!

      • danielLP21 - há 2 anos

        Também não gosto muito desses termos, mas está correcto…

        Que tem?!…

      • joaop - há 2 anos

        O site tem menores men… Não vou po los a ver mamas e rabos xD

      • danielLP21 - há 2 anos

        Ah, isso. Mas não precisas de mostrar, até porque na net deve estar tudo censurado. Faz como quiseres, foi só uma ideia xD

      • joaop - há 2 anos

        é porque existe um site que tem tudo “descensorado”. Epa eu fazia numa boa, dava um boaaaaaa artigo!

  10. Cláudio Duarte - há 2 anos

    Excelente artigo, acompanho as rúbricas á pouco tempo mas tenho vontade de ler as anteriores num futuro próximo.
    Quanto ao Burchill conhecia-o pela gimnick de pirata nos tempos em que o Smackdown era uma marca separada da Raw e valia a pena ver aquele show. :)
    Espero que continuem :)

  11. Nuno Figueira - há 2 anos

    o boogeyman podia ser o proximo

    • joaop - há 2 anos

      E é quem está a ganhar nesta votação. Se não o fizer para a proxima edição, faço-o logo depois. Já me tinha lembrado desse nojento. Obrigado pela tua sugestão.

      • pedro14lol - há 2 anos

        A minha sugestão boogeyman também

  12. joaop - há 2 anos

    Obrigado. Eu gostava sinceramente do pirata. Antes de começar a escrever o artigo ouvi uma data de vezes a musica da entrada. Mark Henry era detestável nessa altura.

  13. joaop - há 2 anos

    Foi de proposito :D O C4 era mais para o espetáculo tal como existem muitos na WWE hoje em dia. Mas aquele Shoulder breaker ou que era…. Minha maezinha… Não me lembro desse men… Sei que teve na Smackdown mas nao me lembro de nadinha dele… Obrigado pela sugestão!

  14. joaop - há 2 anos

    Ele tinha muita qualidade. Se vires os combates dele anteriores à WWE. Podiam ter feito dele um monstro em vez de um palhaço… Mas alguém tem de fazer esse papel, e ele fazia o bem. Quanto a Katie Lea, não era bonita, mas existem corpos bem piores hoje nas Divas.

  15. joaop - há 2 anos

    Obrigado. Os artigos são rapidos de ler. Para além de saberes onde e o que estão eles (wrestlers) a fazer, também aprendes uma data de coisas históricas. para quem gosta de wrestling é sempre interessante.

  16. Nani - há 2 anos

    A minha sugestão : Mark Jindrak

  17. joaop - há 2 anos

    Demorou mas foi feita a tua vontade! Obrigado.

  18. Mister - há 2 anos

    ótima edição. Tenho a sugestão de Abraham Washington(o doidão que foi demitido por fazer piada )

  19. Hildo - há 2 anos

    Artigo muito bom, Joaop.
    Já nem me lembrava deste senhor xD
    gostaria de ver aqui por onde anda o René Duprée.

  20. CMelo - há 2 anos

    Aii a Serena!!
    Sabu, o homem que come arame farpado ao pequeno almoço

  21. joaop - há 2 anos

    Eu não me lembro desse homem. Mas isso não interessa posso sempre ir a procura dele… A tua sugestão fica aqui guardada, obrigado.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador