Onde Andas Tu? #54 – Maven

Com a chegada de mais uma edição do Tough Enough, chega a altura de relembrar por onde andam os antigos participantes desta competição. E nada melhor que começar pelo primeiro co-vencedor da edição inagural do Tough Enough: Maven.

Foi em 2001 que inúmeros fãs de Wrestling, ligaram a MTV e acompanharam durante semanas a primeira temporada  para ver quem conseguiria realizar o seu sonho de ser wrestler na WWE.

Esta seria a primeira de cinco temporadas que se seguiriam até ao ano de 2011. Depois de uma paragem de quatro anos, o Tough Enough regressará já no dia 23 de Junho onde irão ser apurados dois vencedores, um masculino e outro feminino..

A carreira de Maven no wrestling começou mesmo no TE, visto que antes tinha como profissão professor do ensino primário.

Tough Enough – https://youtu.be/L4DWg8OHSo0

Tendo como principais treinadores Al Snow e Tazz, após a vitória do reality show, Maven foi enviado para a Heartland Wrestling Association para desenvolver melhor as suas capacidadades como wrestler.

O problema é que passado uma semana já estava a fazer o seu debut no Smackdown, a 4 de Outubro de 2001. A sua primeira feud foi contra um dos seus treinadores, Tazz. A feud entre os dois seria breve, com Maven a perder os primeiros combates mas a conseguir uma vitória e pondo um ponto final na feud, a 18 de Outubro.

Reapareceu apenas em Janeiro de 2002 no caminho para a Wrestlemania. Foi no Royal Rumble de 2002 que aconteceria talvez um dos pontos altos da carreira de Maven, e aquele que muitos fãs hoje em dia lembram-se: quando eliminou Undertaker do Royal Rumble Match.

Entrando no ringue numa altura em que Undertaker dominava por ocmpleto o combate, parecia que Maven seria a próxima vítima do “Deadman” quando para choque e alegria de todos, bastou um dropkick para o “The Phenom” passar a última corda para fora do ringue. A celebração de Maven é que não durou muito pois segundos depois foi atacado por um furioso Undertaker, dentro e fora do ringue. Um momento que vale a pena recordar:

Royal Rumble 2002 – https://youtu.be/mYZoGACeqt4

O push não desapareceu depois deste acontecimento. Pelo contrário, a 28 de Janeiro, Maven recebia como prémio de Ric Flair, a sua primeira oportunidade por um título. Esta recompensa devia-se ao facto de nunca ter sido verdadeiramente eliminado do Royal Rumble.

Se muitos começam por serem contenders aos títulos secundários, Maven começou logo pelo topo, tendo então a ocasião de lutar pelo Undisputed Championship de Chris Jericho. Apesar de ter sido derrotado com o “Walls of Jericho” e depois do combate ter sido mais uma vez atacado por Undertaker, este é mais um momento a juntar à carreira de Maven.

Maven vs Chris Jericho – https://youtu.be/Wagdhu-YX3o

Estes dois acontecimentos mostravam que a WWE estava a cumprir a promessa e o objectivo do Tough Enough. Aqui estava uma estrela em desenvolvimento, que começava a captar a atenção do público.

O push continuou por Fevereiro e até à Wrestlemania X8. A 7 de Fevereiro de 2002, Maven – com uma ajudinha de The Rock – derrota Undertaker pelo título Hardocore, conquistando pela primeira vez um cinto.

Levou o título até à Wrestlemania onde perdeu para Spike Dudley, apesar do combate ter sido contra Goldust. A verdade é que durante essa noite, o título poderia mudar de várias mãos e ter múltiplos vencedores. Ao todo foram quatro novos campeões sagrados durante a noite, sendo que Maven acabou por ganhar novamente o título depois de um rollup em Christian.

Wrestlemania X8 – https://youtu.be/pNXvCAwwhhY

Após a perda do título , Maven começou a ser visto mais no Sunday Night Heat. Por alguma razão a WWE desistiu de lhe dar um rumo e ele tornou-se irrelevante, descendo abaixo do mid-card.

Em 2003, entrou no Royal Rumble e mais uma vez tentou eliminar Undertaker com um dropkick mas desta vez sem sucesso. Só faria algo de relevante em Julho de 2003 quando teve um combate contra Triple H no Heat.

Numa das esporádicas aparições na RAW – já em 2004 – Maven voltou à ribalta com um grande push, vendo-se envolvido numa feud de grande calibre e com muito bons wrestlers.

Tudo começou com uma vitória sobre Batista e que se transformou na adição de Maven à equipa de Randy Orton, Chris Benoit, Chris Jericho contra Triple H, Batista, Snitsky e Edge, no Survivor Series de 2004. Em jogo estava o poder da Raw durante um mês.

Como resultado da vitória dada por Randy Orton, que tinha sido o único sobrevivente da sua equipa, Maven foi recompensado com um lugar como guest general manger da Raw por uma noite, 24 horas depois do combate do Survivor Series.

Com total controlo sobre tudo, Maven tomou a decisão de lutar pelo World Heavyweight Championship contra Triple H.

https://youtu.be/MkYmkpSH3ls

Com a derrota do combate, parecia que Maven voltaria ao mid-card. Virou Heel e entrou em feuds mais pequenas com Eugene e posteriormente com Shelton Benjamin pelo título Intercontinental, título que também não conseguiu capturar com sucesso.

Heel Turn de Maven – https://youtu.be/JZFztxaHpC8

Por alturas da Primavera de 2005, a WWE juntou-o a Simon Dean, mas juntos não passavam de uma equipa de jobbers, algo que durou meses até Dean ser transferido para a Smackdown e Maven ser despedido a 5 de Julho de 2005.

Maven e Simon Dean contra CM Punk e Chad Rusell – https://youtu.be/VClA_zjeUhY

Após sair da WWE, Maven não teve muito destaque nas indies. O mais relevante foi a sua união a Jeff Jarett por uma noite, para derrotar os Team 3D a 10 de Fevereiro de 2006 na United Federation Wrestling. A 31 de Março começou a lutar na TNA mas sempre em dark-matches até se retirar em 2007, quando lutou no seu combate final.

Depois da carreira no wrestling, apostou na televisão tendo entrado num reality show semelhante ao Big Brother em Março de 2006, no canal VH1. Posteriormente apareceu em programas relacionados com fitness e exercício físico.

Parecia que a vida corria normalmente a este ex-campeão mas a verdade é que tal como tantos outros não conseguiu resistir ao vício das drogas e em 2012 foi preso após ter sido descoberto no seu carro, receitas médicas e mais de mil comprimidos.

Sabendo desta situação a WWE ofereceu tratamento grátis ao antigo wrestler, que se revelou um sucesso, estando hoje livre da dependência que tinha.

Actualmente, Maven trabalha como segurança num bar e não parece ter grande vontade de falar sobre a sua antiga carreira, prova disso, são vários relatos de fãs que o reconheceram e foram tratados friamente por Maven, que parecia não querer ser reconhecido.

Contudo em 2006, a WWE contactou para regressar à ECW com a stable New Breed, mas este rejeitou o convite.

Posto esta retrospectiva da carreira de Maven, era um wrestler que precisava de mais tempo para melhorar as suas ring-skills antes de fazer a sua estreia e mesmo depois de estar na WWE, não teve grande espaço para evoluir a sua personagem.

Contudo, o título de primeiro vencedor do Tough Enough ninguém lho tira, apesar de ter vendido o troféu que ganhou, há uns anos atrás num leilão.

E vocês que acham deste wrestler? Irão acompanhar a nova edição do Tough Enough?

Eu despeço-me desejando um resto de bom domingo e um bom PPV!

Sobre o Autor

- Escritora do artigo "Onde andas tu?" Fã de Wrestling desde 2005.

13 Comentários

  1. Reigns one versus all - há 2 anos

    Excelente artigo,Mafi.
    Não conhecia o maven,a única coisa que sabia dele é que tinha ganho o tough enough.
    Ele teve o push por ter ganho o programa,mas se calhar desistiram dele cedo e não o deixaram evoluir.Pena mesmo foi as coisas por que teve de passar mais tarde.

    Eu vou acompanhar o tough enough, espero que seja um bom programa,vai ser bom de assistir.

    Desejo-te um excelente PPV a todos.

    • Mafi - há 2 anos

      Obrigada Reigns mais uma vez por leres e comentares. É importante para mim :)

      Eu não vi a edição dele e mesmo tendo começado a ver a WWE em 2005 não o apanhei porque ele já tinha saído.

      Também devo espreitar a nova edição e como vão interagir com os treinadores e jurados!

      • Reigns one versus all - há 2 anos

        Não tens de que.
        Gosto deste espaço e gosto muito de comentar,é uma maneira de falar de wrestling, mesmo escrevendo.

  2. Eugen3 - há 2 anos

    Não conhecia, mas artigo muito bom.
    Gosto muito deste espaço, vou deixar algumas sugestões para próximos artigos, mas não sei se já foram feitos:
    Charlie Haas, Snitsky e Scotty 2 Hotty.

  3. maraxis - há 2 anos

    ULTIMO DRAGON por favor

  4. JA STAR - há 2 anos

    Artigo muito bom. Recomendo o Sandman.

  5. Don_Ricardo_Corleone - há 2 anos

    Sinceramente não gosto nada deste tipo de formatos como o Tough Enough e outra reality shows do género (ou de outro qualquer lol). Claro que este tipo de programas leva sempre a algumas indecisões. Por um lado correm o risco de lançar aos leões cedo de mais, mas por outro lado lançando-os mais tarde perdem o ímpeto do programa e têm de o apresentar novamente. Por isso não vejo grande interesse neste programa, acho que já perceberam que não vou prestar muita atenção. :P
    Não me lembro bem dele, na altura ainda não conhecia este mundo virtual do Wrestling, até porque o meu PC na altura não era grande coisa e não conseguia ver na net em condições, por isso via os shows que me chegava via SIC Radical. Fiquei sempre com curiosidade sobre o que lhe tinha acontecido depois de uma estreia em grande num main event daqueles, inclusivé com o Triple H a tentar convencer o Maven a desistir do combate pelo titulo em troca de uma entrada nos Evolution. Enfim, não me lembro bem se ele era realmente bom, não sei se continuando a carreira se ele iria longe, mas sei que a WWE não pode apostar desta maneira num wrestler e depois desistir porque sim, como fez com o Maven, com o Muhammad Hassa, com o Shelton Benjamin, com o Vladimir Koslov, etc…se continuo não saiu daqui. :P

    • Mafi - há 2 anos

      Eu gosto de reality shows onde as pessoas tem de mostrar o seu talento ou as suas capacidades, desses vejo e gosto. Já big brothers e casas dos segredos dispenso.

      Eu não me lembro dele, devo ter começado a ver A WWE uns meses mais tarde, e ele já não estava. Sinceramente do que vi também não sei se ia longe…

      O problema é que a WWE fez isso, ainda faz e provavelmente irá continuar a fazer :/

  6. Sorlei Rui Oltramari - há 2 anos

    Desculpe a demora em comentar, mas excelente artigo, Mafi!

    O Maven foi o típico wrestler de reality-shows. Vence, ganha destaque para mostrar que este reality cria estrelas, apenas para cair no esquecimento mais tarde. Pouco ou nada me lembro dele, apenas da luta Survivor Series na qual ele participou. Não é o primeiro, nem será o último a querer esquecer sua carreira na WWE, provavelmente por falsas promessas.

    Como sugestão, deixo Vladimir Kozlov, que poderia ser um wrestler consolidado, mas hoje só é recordado por estar junto do Santino.

  7. giulio - há 2 anos

    por onde anda brad madox? apareceu outro dia na raw, mas por que nao participa mais delas?

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Desenvolvido por Luís Salvador / Wrestling PT © 2006-2017