Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

One on One #73 – Sting vs Hulk Hogan

Olá e sejam muito bem-vindos a mais uma edição do One on One. Na edição desta semana teremos em confronto duas grandes Lendas do Wrestling que tiveram entre si, uma das melhores rivalidades da história da antiga WCW. Falo do “Icon” Sting e do “Immortal” Hulk Hogan. Qual destas duas grandes Lendas ganhará este confronto? Vamos descobrir!

Sting

Steve Borden, mais conhecido por Sting, começou a sua carreira no wrestling em 1985 na Continental Wrestling Association, uma companhia em Memphis. Lá formou equipa com Jim Hellwing (The Ultimate Warrior) onde ficaram conhecidos como os Blade Runners. Sting saiu da companhia, em 1986, para ir com o seu parceiro para a Universal Wrestling Federation. A equipa separou-se porque Jim foi para a WWF, tendo Sting juntando-se com a Stable “Hotstuff & Hyatt International” onde ganhou os títulos de Tag Team por 3 vezes. Em 1987, Jim Crockett da NWA comprou a UWF, fazendo de Sting um membro da National Wrestling Alliance. Quando se estreou na NWA, Sting teve um push tremendo tendo lutas com Ric Flair e os Four Horsemen pelo título Mundial da NWA.

Depois de um longo “push”, em 1989, ganhou o TV title da NWA a Mike Rotundo. Mais tarde nesse ano, Sting juntou-se aos “Four Horsemen” como Face, sendo que no final do ano, Sting tornou-se no candidato principal ao título mundial de Ric Flair, levando a uma nova feud entre Borden e Flair. Em 1990, no Great American Bash, Sting tornou-se pela primeira vez, campeão da NWA ganhando a Flair, tendo o seu reinado durado até ao princípio de 1991 onde nessa mesma altura a WCW tinha sucedido à NWA. Em Agosto de 1991, Sting ganhou o WCW US title tornando-se por esta altura no “Franchise” da companhia, tendo nos meses seguintes feito “feuds” com a Stable “The Dangerous Alliance” e Lex Luger tendo ganho pela primeira vez o título mundial da WCW. Nos anos que se sucederam Sting viria a ganhar títulos como o WCW US Championship e o WCW Internacional Heavyweight title, até que em 1996 Sting mudou a sua “Gimmick” para “Crow Sting” onde este trazia a cara pintada de branco, trazendo um taco de basebol consigo, um casaco e equipamento preto e aparecendo nos suportes do edifício.

Nesta altura, Sting aparecia nos combates da NWO deixando na dúvida se este era leal à WCW ou se ia juntar-se à New World Order. Mais tarde Sting mostrou a sua lealdade à WCW atacando os membros da NWO que levou a um combate entre Sting e Hulk Hogan no Starrcade 1997, onde Sting ganhou o título mundial da WCW. Em 1998 Sting juntou-se à NWO Wolfpack (que na minha opinião não fez sentido) que era liderada por Kevin Nash, tendo tido Feuds com membros da “NWO Hollywood” e Bret Hart. Em 1999 Sting regressou á WCW passado meses tendo ganho o título da WCW pela quinta vez, sendo este período marcado pela “última volta” de Sting na WCW, porque em 2001 a companhia foi comprada pela WWF. Sting decidiu não assinar pela WWF, pois dizia que Vince Mcmahon não sabia como usar a sua personagem e por ver que colegas seus da WCW a serem obrigados a subir “na escada” da WWF como nunca tivessem ganho nada nas suas carreiras.

Em 2003 Sting apareceu algumas vezes na TNA, mas voltou a longo prazo em 2006 no PPV Final Resolution. Começou de início uma feud com Jeff Jarret onde ganhou o título da NWA pela segunda vez, tendo a partir daí começado várias rivalidades com Abyss, AJ Styles, Kurt Angle, Cristian Cage, entre outros. Em 2008, Sting tornou-se membro da stable, Main Event Mafia sendo heel. Em 2010, Sting começou uma nova rivalidade com Hulk Hogan e a Stable “Immortal” tendo no Bound For Glory acontecido o combate entre os 2 em que Sting ganhou, sendo relevante assinalar que nesta altura, a Gimmick de Sting tinha mudado passando a ser “The Insane Icon” inspirado no Joker do filme “Batman: The Dark Knight”. Nos últimos meses, Sting esteve numa rivalidade com Bobby Roode pelo título Mundial e com a Stable “Aces and Eights”. A última grande conquista de Sting foi o Hall of Fame da TNA ao ser o primeiro eleito. A grande cara da TNA dos últimos anos!

Hulk Hogan

Terry Bollea, mais conhecido por Hulk Hogan, começou a sua carreira de wrestling em 1979 passando por companhias como New Japan Pro Wrestling até que se estableceu na WWE no final do ano de 1983. Vince Mcmahon empenhado em fazer de Hogan a sua maior estrela, tornou-o Face e três semanas depois ganha o título da WWF 1 mês depois vencendo The Iron Sheik e viria a manter o título por 4 anos. Nessa noite também nasceu a Hulkamania. Durante esse tempo, Hulk Hogan tornou-se no nome mais falado do wrestling, tornando-se como um Super Herói para as crianças. Tinha rivalidades na sua maioria, contra “forças imparáveis”, quase perdendo os combates, mas conseguia sempre ganhar no final graças às ao apoio do público.

Hogan participou na primeira WrestleMania fazendo equipa com o actor, Mr. T e na WrestleMania 3 teve um dos combates mais falados de sempre contra André The Giant, fazendo um body slam impensável, que é lembrado por todos. Hogan perdeu o título no início de 1988, ao perder um combate com André The Gian de forma controversa, o que levou a Hogan ajudar Randy Savage a ganhar o título na WrestleMania 4. Depois desta WrestleMania, Hogan e Randy Savage formaram a tag team “The Mega Powers”. Porém a equipa viria a separar-se e na WrestleMania 5, Hogan ganhou o título da WWE pela segunda vez ao derrotar Randy Savage. Manteve o título por 1 ano até o perder para o The Ultimate Warrior na WrestleMania 6.

Na WrestleMania 7, ganhou o título por uma 3 vez ao vencer Sargent Slauther e na WrestleMania 8 derrotou Sid Justice. Em 1993, Hogan voltaria à WWE ganhando o título principal por mais uma vez e saiu da companhia nesse ano. Em 1994, Hogan assinou pela WCW e ganhou o título Mundial da WCW no seu combate de estreia contra Ric Flair no PPV Bash of the Beach 1994. Nos 15 meses seguidos Hogan teve uma rivalidade com a stable, Dugeon of Doom que estava empenhada em acabar com Hogan. No PPV Bash of the Beach 1996, Hogan tornou-se Heel pela primeira vez em 10 anos ajudando “The Outsiders”(Kevin Nash e Scott Hall), formando a stable “New World Order” que é considerado um dos melhores momentos da história do wrestling.

No PPV, Hog Wild 1996, Hogan venceu The Giant para se tornar pela segunda vez campeão da WCW. Depois começou uma longa feud com Sting que culminou no Starrcade 1997. Nos anos que se seguiram, Hogan teve feuds com Kevin Nash, Ric Flair, Goldberg, Jeff Jarret, entre outros. Depois da extinção da WCW, Hogan voltou à WWE em 2002 como o líder da NWO, começando logo uma feud com The Rock, que culminou na WrestleMania 18. Hogan perdeu e tornou-se Face logo após a luta. Um mês depois da WrestleMania, Hogan venceu o título da WWE pela sexta vez ao vencer Triple H no PPV Backlash, mas teve o título só um mês ao perder para The Undertaker. Depois da perda do título, Hulk teve combates e feuds contra Brock Lesner, Kurt Angle, Chris Jericho e Vince Mcmahon.

Em 2003, Hogan deixou a WWE começando a fazer aparências curtas como no Summerslam 2005 e 2006 e no 15º Aniversário do Monday Night Raw. Em 2009, Hulk Hogan assinou pela TNA Wrestling, de forma a elevar a companhia mais alto. Porém isso não acabou por acontecer e Hulk meteu-se em storylines com sendo o líder da stable “Immortal”. Actualmente Hogan é o General Manager da TNA e tem estado mais activo na nova storyline “Aces and Eights”. Provavelmente o nome mais conhecido da História do wrestling.

One on One

Wrestling Skills: Sting tem manobras como : belly to belly suplex, Diving DDT, Diving Crossbody, Stinger Splash, Flying clothesline, Inverted atomic drop, Military press slam, entre outros. Hulk Hogan era um “Super Homem” do wrestling usando poucas manobras e perdendo durante todo o combate até que se levantava e utilizava murros , um big boot e o Leg Drop. Mas também usava o Atomic drop, o Body slam e o Clothesline. Sting é um bom wrestler, apresentado um bom combate técnico e consegue fazer bons combates com quase qualquer um. Já Hogan, não é lá muito bom dentro do ringue. Ponto para Sting, pois é melhor a lutar e tem uma maior variedade de manobras. Sting – 1 Hogan – 0

Mic Skills: Ambos os wrestlers são muito bons nas suas promos. Conseguem envolver o público, são coerentes e mostram vivacidade o que é muito importante. Na minha opinião, ambos tem o mesmo nível de promos. As melhores promos de Hogan são, na minha opinião, quando este era o Líder da NWO. As melhores promos de Sting, a meu ver, são aquelas realizadas na TNA. Penso que o empate é o resultado mais justo entre os dois wrestlers. Sting – 2 Hogan – 1

Carisma: Ambos são carísmaticos natos. Penso que Hogan é melhor que Sting neste ponto, pois na sua entrada, dentro do ringue e durante os combates mostrava um grande carisma e uma grande ligação com os fãs, muito maior que Sting. Hogan é provavelmente o wrestler mais conhecido de sempre, muito por esse carisma. Sting também é muito bom neste ponto, mas penso que está um pouco abaixo de Hogan. Assim sendo, ponto para o Hulkster. Sting – 2 Hogan – 2

Melhores combates: Os dois wrestlers tiveram excelentes combates ao longo da carreira. Hogan teve excelentes combates com Andre The Giant, Macho Man Randy Savage, Ultimate Warrior, Ric Flair, Chris Jericho, The Rock, Triple H, entre outros. Sting teve excelentes combates ao longo da carreira com Ric Flair, Lex Luger, Kurt Angle, Macho Man Randy Savage, DDP, AJ Styles, Cactus Jack, entre outros. Enquanto que Hogan teve melhores combates que Sting em termos de relevância para a História do Wrestling, Sting teve melhores combates que o Hulkster em termos de qualidade de wrestling dentro do ringue. Assim sendo, penso que ambos os Wrestlers merecem o ponto. Sting – 3 Hogan – 3

Melhores Momentos: Ambos, mais uma vez, tiveram grandes momentos nas suas carreiras. Sting teve grandes momentos na carreira como a rivalidade com Ric Flair no início dos Anos 90, a rivalidade que teve com a NWO, a sua vinda para a TNA, entre outros. Hogan teve grandes momentos na sua carreira como o combate com Andre The Giant na Wrestlemania 3, a sua vinda para a WCW, a formação da New World Order, entre outros. Penso que Hulk tem os melhores momentos pois são mais relevantes na história do Wrestling do que os de Sting. Ponto para o Hulkster. Sting – 3 Hogan – 4

Títulos e Conquistas: Sting conquistou os seguintes títulos: NWA World Heavyweight Championship (2x), NWA World Television Championship (1x), WCW International World Heavyweight Championship (2x), WCW United States Heavyweight Championship (2x), WCW World Heavyweight Championship (6x), WCW World Tag Team Championship (3x com Lex Luger (1), The Giant (1) e Kevin Nash (1), Battlebowl Battle Royal (1991), European Cup (2000), Iron Man Tournament (1989), Jim Crockett, Sr. Memorial Cup (1988) – com Lex Luger, King of Cable Tournament (1992), TNA World Heavyweight Championship (4 times), TNA World Tag Team Championship (1x com Kurt Angle), Inspirational Superstar of the Year (2007), TNA Match of the Year (2007) vs. Kurt Angle at Bound for Glory, October 14, 2007, TNA Match of the Year (2009 vs AJ Styles – Bound For Glory 2009) e o Pro Wrestling Illustrated deu-lhe os seguintes prémios: PWI Comeback of the Year (2006), PWI Match of the Year(1991 com Lex Luger vs The Steiner Brothers), PWI Most Improved Wrestler of the Year (1988), PWI Most Inspirational Wrestler of the Year (1990), PWI Most Popular Wrestler of the Year (1991, 1992, 1994, 1997), PWI Wrestler of the Year (1990).

Hulk Hogan conquistou: WWE World Tag Team Championship (1x)— com  Edge, WWF/E Championship (6x), Royal Rumble (1990, 1991), WWE Hall of Fame (Class of 2005), WCW World Heavyweight Championship (6x), PWI Comeback of the Year (1994, 2002), PWI Feud of the Year (1986) vs. Paul Orndorff, PWI Match of the Year (1985) with Mr. T vs. Roddy Piper and Paul Orndorff at WrestleMania, PWI Match of the Year (1988) vs. André the Giant at The Main Event, PWI Match of the Year (1990) vs. The Ultimate Warrior at WrestleMania VI, PWI Match of the Year (2002) vs. The Rock at WrestleMania X8, PWI Most Hated Wrestler of the Year (1996, 1998), PWI Most Inspirational Wrestler of the Year (1983, 1999), PWI Most Popular Wrestler of the Year (1985, 1989, 1990), PWI Wrestler of the Year (1987, 1991, 1994). Sting – 4 Hogan – 4

E chegamos ao fim de mais um One on One com um empate entre Sting e Hogan. Penso que o resultado é justo, mas até podia ser diferente se uma determinada pessoa tiver ideias diferentes das minhas e por isso não digo que seja impossível um resultado diferente do meu. Quero que comentem e deixem a vossa opinião sobre o artigo. Deixo Links e uma questão como sempre. Até para à semana!

Questão

O que achaste do Wrestling, num modo geral, no ano de 2012?

Links

Hulk Hogan vs Undertaker:
Hulk Hogan vs André The Giant:
Hulk Hogan vs Sting: http://youtu.be/4CKeFvwA4zU

Sting vs AJ Styles:
Sting vs Lex Luger:

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “The Bottom Line” e Ex- escritor do artigo "One on One". Acompanha Wrestling à 10 anos.

22 Comentários

  1. João Macedo - há 4 anos

    Concordo com o resultado.

    O que achaste do Wrestling, num modo geral, no ano de 2012?

    Na WWE, houve muita besteira mas também muita coisa boa, por isso poderei dizer que houve pontos altos e pontos baixos. O ano da TNA foi simplesmente excelente e espero que eles continuem a evolução no ano de 2013. Quanto às indys não posso dizer grande coisa pois não acompanho. Mas pelo que leio a ROH apresentou excelentes combates do ano, por exemplo Kevin Steen vs. Davey Richards pelo título mundial.

  2. HardSting - há 4 anos

    Agora tive uma ideia porque n fazem estes one-on-one mas com pessoas da tna vs pessoas da wwe

  3. danielLP21 - há 4 anos

    Gosto muito mais do Sting do que do Hulk Hogan! Mas vá, o resultado aceita-se até porque seria estranho ver o nome mais conhecido da história do Wrestling a perder com alguém que nunca sequer esteva na WWE. E olhem que isso é um elogio ao Sting! Ver alguém que nunca esteve na WWF/E a ser uma lenda tão grande é espectacular!

    O ano de 2012, de uma maneira geral, foi bom, muito principalmente devido ao que a TNA fez. Tirando uma ou outra história parva ( é impossível haver apenas boas decisões em 12 meses), foi um ano muito bom. Posso dizer que foi o ano ideal para começar a acompanhar a TNA. Se eu tivesse optado por acompanhar a TNA em 2010, teria desistido muito rapidamente… Shows consistentes, PPV’s espectaculares, combates brutais e a afirmação de um tal Austin Aries, um dos melhores do mundo na actualidade. Depois, claro, o “It Factor” do Pro-Wrestling: Booby Roode. O homem do ano na TNA. Também tivemos a redenção do Jeff hardy e vá, pronto, parabéns por estar em boa forma…

    Na ROH, não tenho muito a dizer. Estive 4 meses sem ver nada, mas por aquilo que vi durante o ano, o Wrestling está seguro nos próximos anos, uma vez que alguns daqueles talentos vão para as “Big-Leagues” mais cedo ou mais tarde.

    Na WWE, foi um ano… estranho. Coisas fantásticas, coisas ridículas. Não houve meio termo, passando-se do 8 ao 80 muito rapidamente. Ficou entre o mau e o razoável. Destaco o CM Punk, a evolução do Dolph Ziggler e também do Daniel Bryan, assim como o nascimento dos Hell No.

    Feliz Ano Novo Rúben.

  4. Rúben Rosa - há 4 anos

    Feliz ano novo para ti também ;)

  5. Tiago WWE - há 4 anos

    Acho que o Hogan é melhor

  6. Vinícius Nunes - há 4 anos

    Concordo com o resultado, creio que o Hulk Hogan é uma lenda do pro-wrestling e é um ícone importante para a indústria e seu valor deve ser reconhecido, mesmo por aqueles que não gostam dele como eu, já o Sting é um wrestler sensacional, aos 53 anos está em grande forma.

    O ano de 2012 nas Indys: PWG, Dragon Gate, Chikara, ROH, foi muito interessante e bem proveitoso, pelo pouco que vi das Indys em 2012, isso ajuda a dizer que o ano do pro-wrestling ter sido bom. Mas para mim a grande empresa do ano foi a TNA, pois conseguiu mostrar um grande nível de combates, bom nível nas storylines, e bom nível nos PPVs e nos shows semanais, tirando o fato do Jeff Hardy ter ganho o cinturão e o BFG Series daquela maneira estúpida, ele mesmo teve um grande ano e teve sua redenção, está de parabéns a Total Nonstop Action, ano sensacional.

    • Vinícius Nunes - há 4 anos

      Na WWE teve muitos altos e baixo, o típico 8 e 80, o nível das Raws (não sei porque eu sempre gosto dos programas da WWE no Road to Wrestlemania) depois da Road to wrestlemania foi muito baixo, isso durante a gestão do Laurinitis, e alternado muito o nível após a Raw 1000, então foi um ano estranho para o Monday Night Raw.

      Já a Smackdown depois da Road To Wrestlemania, esteve extremamente chata, principalmente por causa do reinado chato de Sheamus, e só consegui ver uma melhor no início da feud dele contra Big Show (até o Survivor Series vá), e tirando uma ou outra edição, achei um ano bem fraco da brand azul, tanto que deixei de assistir várias edições porque não gostava daquilo que via nos Spoilers.

      Nos PPVs, eu gostei da maneira crescente que foram as edições, o primeiro semestre eu só gostei do Extreme Rules, achei a Wrestlemania mediana, o Royal Rumble podia ter sido melhor, Elimination Chamber até foi boazinha, mas mesmo assim não gostei tanto, Over The Limit foi ruim e o No Way Out para mim foi o pior PPV do ano. Achei um Money In The Bank decente dessa vez, o do ano passado foi bem melhor, o Summerslam foi uma porcaria, daí em diante os PPVs foram bem agradáveis, tirando o Hell In A Cell, que foi apenas bom, ou seja esse final de ano nos dá esperança em 2012.

      • Vinícius Nunes - há 4 anos

        E feliz ano novo Ruben, e para todos os colaboradores e visitantes do WPT.

      • Rúben Rosa - há 4 anos

        Obrigado e igualmente para ti :)

  7. Mauricio M - há 4 anos

    eu particularmente prefiro o Sting, ele é um dos meus preferidos, já o Hulk Hogan eu nunca gostei

  8. Paradox - há 4 anos

    O Hulk Hogan é tipo John Cena até quem não vê Wretling sabe quem eles são, quanto ao ano 2012 como só assisto WWE devo dizer que foi um ano de altos e baixos como o daniel disse, mas destaco o return do Lesnar e do Heyman ,a evolução do Daniel Bryan e do CM Punk,o push do Ryback e a aposta nas superstars da NXT

  9. Silveira - há 4 anos

    Prefiro o Sting,mas o resultado e justo.
    O ano da wwe foi um pouco estranho,road-to wrestlemania com raws bons e sd decente.Pôs wrestlemania tivemos um grande ER,e um bom MITB,mas as raws e sd eram secantes.Depois do raw 1000 tivemos bons show o SS e o HITC foram maus mas os restantes foram bons e o tlc foi ótimo.
    Quanto a tna nao há nada a dizer foi um grande ano,talvez o melhor de sempre.
    Boas entradas!

    • danielLP21 - há 4 anos

      SS, SummerSlam ou Survivor Series? Fico sempre na dúvida :D Mas acho que te referes ao SummerSlam. Boas entradas :)

      • Rúben Rosa - há 4 anos

        Boas entradas Silveira

      • Silveira - há 4 anos

        Daniel,eu refria-me ao sumerslam .

  10. José Sousa - há 4 anos

    Olha eu gostando mais do Sting compreendo que acabe enpatado porque o Hulk é sempre o Hulk e é impossivel passar ao lado dele. Podemos gostar ou não mas impossível passar ao lado.

    Olha o ano na WWE foi intermitente com coisas muito boas e algumas más. Na TNA foi um ano fantástico raro foi o erro por isso estão de parabens. E na ROH foi um ano de transição mas tem exclente roster e no último PPV isso notou-se.

    Exclente entradas Ruben:)

  11. DanielBR - há 4 anos

    Feliz ano novo aew para galera do ptWrestling !!

  12. Master of Chaos - há 4 anos

    Muito bom artigo, encerrando mais um ciclo. Fechando um ano brilhante.
    O resultado deste OoO merecia mesmo ser um empate, parabéns.

    O wrestling em 2012 foi até bom a meu ver. Tivemos brilhantes histórias da TNA frisando o Bound for Glory e na WWE o esperado push de Dolph Ziggler.
    Mas da maneira que a WWE foi um dia, a TNA a superou e muito neste ano, teve combates mais interessantes e feuds mais bem trabalhadas.
    Somente alguns combates de 2012 da WWE foram consideráveis, como todos os combates de Punk e Y2J, o deste último e Ziggler e a vitória de Undertaker sobre Triple H que pra mim foi 4,5 estrelas.
    A TNA teve Roode vs. Aries que foi muito bom, a chegada dos A&E que mudaram totalmente a TNA a fazendo cada vez melhor e o título mais uma vez com Hardy.

    Das empresas indy, a ROH já não me impressionou, pois a qualidade dos combates sempre foi perfeita e alguns iPPV’s foram inesquecíveis, a ROH um dia baterá de frente com a WWE.

  13. Master of Puppets - há 4 anos

    Bom artigo Rúben!

    Oque achei do ano de 2012?
    TNA- Sem dúvida foi um ano excelente para a TNA, se não foi o melhor então esteve lá perto.

    WWE- Bem, em relação á WWE já não posso dizer o mesmo, apesar de não ter sido mau de todo, teve muitas coisas más mas também teve boas.

    ROH- Não posso dizer nada em relação á Ring of Honor porque não assisto, mas pelos comentários anteriores deve ter sido um ano satisfatório.

  14. Francisco Marques - há 4 anos

    Bom artigo, apesar de gostar mais do Hulk Hogan.
    O que achei de 2012? (como só vejo WWE, só vou comentar a mesma)
    Não vou dizer k foi péssimo ano nem mau, apenas “não foi muito bom”. A minha brand preferida ( a SmackDown ) desiludiu-me bastante, pois as feuds entre Sheamus Del Rio ou Sheamus e Big Show não me agradaram nada.
    No que diz respeito à brand vermelha, foi um ano estranho. O facto de John Cena não ganhar títulos, o aparecimento de Ryback, a vinda de muitas lendas aos shows, os combates pra encher chouriças….. o que se pode dizer????
    2013 será melhor muito provavelmente.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador