Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

One on One #83 – Triple H vs Steve Austin

Olá e sejam muito bem-vindos a mais uma edição do espaço semanal One on One, aqui do Wrestling.PT. Na edição desta semana teremos em confronto duas lendas da história do Wrestling e que nos proporcionaram uma das melhores rivalidades da Attitude Era. Estou a falar do “The Game” Triple H e do “Stone Cold” Steve Austin. Qual dos wrestlers ganhará o confronto de hoje? Vamos descobrir!

Triple H

Triple H estreou-se pela WWF em 1995, tendo anteriormente uma leve passagem pela WCW que não foi memorável. A sua personagem de ínicio chamava-se Hunter Hearst Helmsley que era um nobre de sangue azul que se comportava com a etiqueta adequada, tendo sempre belas mulheres a acompanha-lo ao ring (sendo que todas as semanas eram diferentes até a Chyna se estrear). Hunter também fazia parte da “Kliq” e foi o único dos intervenientes do “MSG Incident” que foi castigado não tendo ganhado o King of the Ring de 1996 (quem acabou por ganhar foi Steve Austin que mudou a sua personagem por completo e tornou-se no Stone Cold). Contudo, Triple H ganhou o título Intercontinental nesse ano. Em 1997, Hunter ganhou o King of the Ring e foi um dos membros originais dos D-Generation X, juntamente com HBK, Rick Rude e Chyna, vendo o seu nome mudar para Triple H. Triple H tornou-se o líder dos DX depois da WrestleMania 14 e trouxe para o grupo os New Age Outlaws (Billy Gunn e Roud Doug) e X-Pac, começando uma rivalidade com a Nation of Domination na altura liderada por The Rock.  Hunter ganhou o título Intercontinental a The Rock, tendo os dois continuado a feud mais tarde quando The Rock ganhou o WWF Title.

Na WrestleMania 15, Triple H traiu os DX e juntou-se à stable “The Corporation” liderada por Vince Mcmahon, tendo poucos meses mais tarde começado a sua personagem de “The Game”, ganhando o Título da WWF pela primeira vez no final do Verão de 1999. Com a conquista do Título, Triple H começou feuds com Steve Austin, Mick Foley, Big Show, Vince Mcmahon e The Rock, tendo aliando-se com a filha de Vince, Stephanie Mcmahon (com a qual se casaria) e mais tarde com o próprio Vince.

Em 2001, Hunter quebrou o seu musculo do quadricípite ficando de fora o resto do ano, tendo só regressado  em 2002 ganhando o combate Royal Rumble e o Undisputed title (na altura o WWE title tinha este nome) na WrestleMania 18. Também nesse ano foi-lhe atribuído o World Heavyweight Title que foi ganhando e perdendo nos 2 anos e meio seguintes tendo também formado a stable Evolution que tinha como membros ele, Ric Flair, Randy Orton e Batista. Só ficou fora da disputa pelo título na WrestleMania 21 quando perdeu o título para Batista. Em 2006, Triple H e Shawn Michaels trazem de volta os DX, tendo como membros só eles os dois, tendo rivalidades com os Mcmahons e os Rated RKO, tendo no principio de 2007  lesionado outra vez com a mesma lesão mas na outra perna regressando no Verão e ganhando mais uma vez o Título da WWE que teve por uma 2 horas até o perder para Randy Orton.

Nos anos que seguintes Triple H defrontaria caras mais novas como Jeff Hardy, Koslov,Cody Rhodes e Ted Dibiase, Shemus, entre outros, mas continuou a ganhar Títulos como o da WWE e os de Tag Team unificados com Shawn Michaels. Em 2011, numa storyline, Triple H assume as funções de COO da WWE tendo saído do cargo depois de voto de não confiança por parte dos wrestlers, divas, funcionários e árbitros. No PPV TLC 2011 Triple H venceu Kevin Nash num Ladder Match e na Wrestlemania 28 enfrentou o Undertaker mais uma vez para tentar quebrar a Onda Invicta na Wrestlemania , mas sem sucesso. No SummerSlam 2012, Triple H regressou aos ringues para defrontar Brock Lesnar. Na Wrestlemania 29, Triple H irá ter o seu combate de desforra contra Lesnar. Um dos melhores heels de sempre!

Steve Austin

Steve Austin começou a sua carreira de wrestling em 1989 na World Class Championship Wrestling, mas só começaria a ter sucesso quando estreou-se na WCW em 1991. Poucas semanas depois da estreia, Austin ganhou o WCW TV title e mais tarde nesse mesmo ano juntou-se à stable Dangerous Alliance. Em 1993, Austin formou com Brian Pillman, The Hollywood Blonds e ganharam o título de Equipas no dia 3 de Março desse ano. A equipa ficou junta até que Austin traiu Pillman o que levou a uma feud entre os dois.

No Starcade 1993, Austin viria a ganhar o título dos Estados Unidos da WCW e viria a ter feuds com Ricky Steamboat e Jim Duggan pelo título. Em 1995, Eric Bischoff despediu Steve Austin pois achava que ele não era um wrestler que desse dinheiro à companhia. Nisto, Austin assinou pela ECW o que levou a determinados segmentos onde este falava mal da WCW e gozava com a companhia. No final do ano de 1995, Austin assinou pela WWF com o nome “The Ringmaster”, tendo como manager Ted Dibiase.

A Gimmick não resultou e depois de Dibiase sair da companhia em Maio, Steve fez uma mudança radical tendo tudo começado quando ganhou o King of the Ring 1996 fazendo a famosa promo da sua coroação onde falou mal do seu adversário na final do torneio, Jake Roberts ”You sit there and you thump your Bible, and you say your prayers, and it didn’t get you anywhere! Talk about your psalms, talk about John 3:16… Austin 3:16 says I just whipped your ass!”. A frase “Austin 3:16″ viria a tornar-se numa das mais populares frases da história do wrestling e viria a estar numa das T-shirts mais vendidas da história da companhia. Muita gente também diz que este foi o começo da Attitude Era.

Com esta nova personagem rebelde, Steve começou uma das rivalidades mais famosas da WWE, quando rivalizou com Bret Hart, sendo que ganhou o Royal Rumble em 1997 durante a rivalidade. Na Wrestlemania 13 os dois enfrentaram-se num combate de submissão (um dos melhores combates de sempre), onde Austin tornaria-se Babyface. Austin continuaria a sua rivalidade com Bret Hart, que tinha formado a Hart Foundation. No Summerslam 1997, Austin venceu Owen Hart para ganhar o título Intercontinental, mas durante o combate, Austin sofreu um Piledriver que partiu o seu pescoço. Isto levou a que Austin tivesse que parar por uns tempos para recuperar, mas nunca mais poderia apresentar um wrestling excelente que era um hábito.

Em 1997 foi onde também começou a popular rivalidade entre Steve Austin e Mr. Mcmahon que duraria até 1999. Austin ganhou o Royal Rumble pela segunda vez consecutiva em 1998 e na Wrestlemania 14 venceu Shawn Michaels para se tornar WWF World Champion e confirmar-se como a nova cara da companhia. Quando se tornou campeão, a rivalidade entre Vince e Austin tinha os seus momentos mais altos, sendo que esta rivalidade levou à subida das ratings e contribuiu para vencer a WCW na Guerra das companhias. Vince Mcmahon tentava sempre fazer com que Austin perde-se o título, sendo bem sucedido algumas vezes. A rivalidade culminou num combate de Jaula no PPV In Your House: St. Valentine Day Massacre que Austin ganhou.

Na WrestleMania 15, Austin venceu The Rock para ganhar mais uma vez o WWF title e durante o ano de 1999, Austin teria rivalidades contra Mankind, Triple H e Undertaker. Antes do Survivor Series 1999, Austin participou numa storyline, onde era atropelado por um carro, de forma a que Steve fizesse cirurgia ao pescoço. Um ano depois, Steve Austin regressou para se vingar de Triple H pelo atropelamento, sendo que ganhou o Royal Rumble 2001 pela terceira vez para defrontar The Rock na Wrestlemania. Austin ganhou a The Rock com ajuda do Mr.Mcmahon, tornando-se heel.

Com o heel turn, Steve juntou-se com Triple H para formarem “The Two Man Power Trip” e a um certo ponto tinham o título da WWF, Intercontinetal e Tag Team no grupo. Austin viria, no mesmo ano, a trair a WWF na storyline “Invasion” juntando-se à WCW, tendo tido rivalidades com Kurt Angle e The Rock. Em 2002, Austin começou a ter problemas com o booking da sua personagem, pois a WWE queria que Austin perde-se para o novo wrestler, Brock Lesnar. Austin não queria perder para um novato pois isso faria a sua personagem parecer fraca. Este problemas com o booking e com o seu casamento, resultaram na saída de Austin da WWE.

Em 2003, Austin voltaria para fazer o seu último combate da carreira com The Rock na Wrestlemania 19. Após a sua retirada, Austin foi fazendo algumas aparências desde ser GM da Raw a árbitro de combates importantes e, em 2009 foi posto no Hall of Fame da WWE e em 2011 foi Host do Tough Enough. Um dos melhores wrestlers de sempre, sem dúvida.

One on One

Wrestling Skills: Triple H utiliza manobras como: Spinebuster, running clothesline, High knee, backbreaker, entre outros. Steve Austin apresenta manobras como: Steve Austin usava manobras como o clothesline, suplex, boston crab, pointed elbow drop, entre outros. Triple H é um wrestler muito bom, apresentado boas manobras dentro do ringue, conta uma boa “história” dentro do ringue, uma boa capacidade de adaptação com o passar dos anos, entre outros. Como já referi em edições anteriores, Steve Austin tem qualidades de ringue excelentes até ao ponto onde partiu o pescoço, que fez com que não pode-se arriscar muito nos seus combates, mas mesmo assim o Steve Austin de 1991 até 1997 era um grande wrestler tecnicamente. Se tiver que comparar os dois wrestlers, de um modo geral, penso que o Triple H é um pouco melhor nas habilidades de ringue que Steve Austin. Se não fosse a lesão de Austin que o condicionou, as suas habilidades poderiam ser muito melhores às de Triple H. HHH – 1 Austin – 0

Mic Skills: Triple H é muito bom ao microfone, apesar de não gostar das promos do “The Game” à uns 2 anos. Consegue manter o público atento a cada palavra e isso é muito importante. As melhores promos de Triple H penso que foram no ano de 2000, quando estava super “over” como heel. Steve Austin é fantástico ao microfone, fazendo sempre fabulosas promos e como já disse em edições passadas, poucos conseguem ser melhor que ele neste ponto, utilizando a rebeldia como ”tema principal” nas suas promos. Penso que as promos de Steve Austin são um pouco melhores que as de Triple H. Após analisar as promos de ambos quando estavam no seu auge, percebi que gostava mais das de Austin, pois atraia mais,tinha mais energia e mantinha-me mais atento. Ponto para o Stone Cold. HHH – 1 Austin – 1

Carisma: O Triple H têm um enorme carisma desde os tempos dos DX, do seu heel turn fabuloso na Attitude Era e nos tempos da Stable “Evolution”. Stone Cold tinha um carisma de puro “Badass” que bebia cerveja e atacava e ridicularizava o patrão, sendo que estas acções ajudaram muito no desenvolvimento e exposição do seu carisma no ringue. Ambos têm carisma para dar e vender e penso que o mais justo seria dar o ponto aos dois wrestlers e assim o farei. HHH – 2 Austin – 2

Títulos e Conquistas: Triple H foi campeão da WWE por 8x, Campeão Mundial por 5x, campeão Europeu por 2x, campeão Intercontinental por 5x, campeão de Tag Team por 2x com Steve Austin e Shawn Michaels, King of the Ring em 1997, Royal Rumble em 2002, Slammy do melhor cabelo em 1997, e o Pro Wrestling Illustrated deu-lhe os seguintes premios: PWI Feud of the Year(2000 com Kurt Angle, 2004 com Chris Benoit, e 2009 com Randy Orton), PWI Match of the Year (2004 – Shawn Michaels vs Triple h vs Chris Benoit Wrestlemania 20), PWI Most Hated Wrestler of the Year (2003–2005), PWI Most Hated Wrestler of the Decade (2000–2009), PWI Wrestler of the Year(2008) PWI Wrestler of the Decade (2000–2009).

Steve Austin conquistou: WCW United States Heavyweight Championship (2x), WCW World Tag Team Championship (1x – com Brian Pillman, WCW World Television Championship (2x), NWA World Tag Team Championship (1x) – com Brian Pillman, Million Dollar Championship (1x), WWE Championship (6x), WWE Intercontinental Championship (2x), WWE Tag Team Championship (4x) – Shawn Michaels (1), Dude Love (1), The Undertaker (1) e Triple H (1), King of the Ring (1996), Royal Rumble (1997, 1998, 2001), Slammy Award –  Freedom of Speech (1997), WWE Hall of Fame (2009), PWI Feud of the Year (1998, 1999) vs. Vince McMahon, PWI Match of the Year (1997) vs. Bret Hart – WrestleMania 13 num Submission match, PWI Most Hated Wrestler of the Year (2001), PWI Most Popular Wrestler of the Year (1998), PWI Rookie of the Year (1990), PWI Wrestler of the Year (1998, 1999, 2001). Visto que existe apenas diferença de um título, decidi atribuir o ponto a ambos. HHH – 3 Austin – 3

Melhor Finisher: Stunner vs Pedigree. Ambos são grandes finishers, sendo rápidos, letais, executados na perfeição e conseguem ser muito crédiveis. Ambos estão no mesmo patamar, não existem grandes diferenças. Vou dar o ponto aos dois pois penso que ambos estão praticamente muito iguais com grandes finishers. HHH – 4 Austin – 4

Melhores Momentos: Triple H teve excelentes momentos durante a sua carreira como wrestlers: a suas rivalidades com Vince Mcmahon, The Rock e Steve Austin, a formação da Mcmahon-Helmsly Era, a formação dos Evolution, a vitória no Rumble de 2002, entre outros. Austin teve momentos épicos na WWE durante a fase mais popular da companhia, a Attitude Era. Momentos como o primeiro Stunner que aplicou a Vince Mcmahon, o seu discurso no King of the Ring 1996, o seu primeiro combate com Mr. Mcmahon, Austin a conduzir um Zamboni até ao ringue, o ataque a Vince no hospital, entre muitos outros. Penso que se compararmos os momentos dos dois wrestlers, chegamos à conclusão que os momentos de Austin foram ligeiramente melhores. Os momentos de Austin são mais lembrados e definiram mais uma era, que os momentos de TripleH (apesar de também eles serem excelentes). HHH – 4 Austin – 5

E chegamos ao fim de mais uma edição do One on One, com a vitória a “sorrir” para Steve Austin. Penso que o resultado acaba por ser justo, pois acredito que Austin é um bocadinho melhor que Triple H. Como é claro, se tiverem outra opinião diferente da minha claro que não existe problema nenhum. Espero que tenham gostado e como sempre se quiserem comentar, estejam à vontade. Deixo Links e uma questão como sempre. Se também quiserem deixar sugestões para confrontos aqui no espaço, estejam à vontade. Até para à semana!

Questão

Qual é o teu “Steve Austin vs Triple H” preferido?

Links

– Steve Austin vs The Rock – Wrestlemania 15 –
– Steve Austin vs Undertaker – Backlash 2002 –
– Steve Austin vs Triple H –

– Triple H vs Kurt Angle – No Way Out 2002 –
– Triple H vs Sheamus – Wrestlemania 26 –

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “The Bottom Line” e Ex- escritor do artigo "One on One". Acompanha Wrestling à 10 anos.

23 Comentários

  1. Miguel - há 4 anos

    Stone Cold é Stone Cold.

    Já sabia que ele ia ganhar.

  2. David Villa "maravilla" - há 4 anos

    EU acho o resultado justo por tudo o que foi dito mas de um modo geral penso que o Austin deveria ter ganho mais do que 5 4 !!!

  3. Darth Mordred - há 4 anos

    Na minha opinião a única coisa que HHH vence o Stone é na quantidade de títulos, por que no resto toma uma lavada.

    E saliento que em relação aos títulos do HHH, todos sabemos como ele estava sempre em “push”. Não sei como ele quis parar de vencer o WWE Champs, pensei até que ele queria fazer o recorde de títulos do Rick Flair.

  4. R8cha - há 4 anos

    Apesar de Triple H ser o meu wrestler favorito, reconheço que a vitoria fica bem no Stone Cold.

  5. mandathai - há 4 anos

    Epah! Para mim é 1-6 ganha o Steve Austin. O único ponto onde o Steve não é melhor é os “Títulos e Conquistas” onde empatam, de resto é uma cavazada das antigas!

  6. "The Game" - há 4 anos

    Stone Cold é o Stone Cold e apesar de o HHH ser o meu wrestler favorito, tenho de admitir que o Stone Cold é um bocadinho melhor

  7. Stunner - há 4 anos

    Penso que o Stunner seja melhor que o Pedrigree, é mais rapido e o pedigree nao minha opiniao nao é muito credivel, mas sao opinoes
    Bom one on one, com um resultado resperado

    • Darth Mordred - há 4 anos

      Pedrigree credivel é, mas de longe o Stunner é melhor, visualmente melhor.

    • "The Game" - há 4 anos

      Ambos são muito bons, o Stunner visualmente parece melhor porque vem do nada e é muito rápido e é isso que os fãs gostam

  8. Renato - há 4 anos

    Excelente One on One!
    Dois wrestlers que adoro, ambos sao os meus preferidos!Resultado que acaba por ser justo, admito, mas talvez o Pedigree seja mais credivel que o Stunner, mas compreendo pois ambos sao muito crediveis!

  9. danielLP21 - há 4 anos

    Gosto mais do Triple H, das suas promos, das suas qualidades no ringue… Mas percebo o resultado, afinal de contas nem faz sentido comparar um dos melhores de sempre ( SCSA) com um gajo que nem sequer está no Top 1000…

  10. dxhbdx - há 4 anos

    Bem o resultado nao me chocou nada … mal vi o nome logo vi quem ia ganhar
    Bom ONE on One !!!

  11. special one - há 4 anos

    desculpa mas considerar o pedigree um finisher rapido… para mim um finisher rapido é um rko ou o S C Music do HBK… agora dar um pontape para o oponente se curvar prender a cabeça e os 2 braços e depois entao aplicar o pedigree.. isto é rapido?!?

    • Rúben Rosa - há 4 anos

      Nunca viste o pedigre a aparecer do nada e algumas vezes ser executado com rapidez? exemplo: o adversario tá na corda superior e salta para cima do Triple H e dá um pontape no corpo do adversario e rapidamente prende as maos e já está. Acho que tás habituado a ver o finisher a ser executado lentamente e não em contra-ataque ou rapidez

      • José Sousa - há 4 anos

        Pois está habituado ao Pedigree dos últimos 3 anos. Olha que ele já o fez bem rápido e da corda superior como diz o Ruben e que momento fantástico que era.

      • Miguel - há 4 anos

        Para o Ultimate Warrior o pedigree não é lá um finisher muito bom xDDD

    • "The Game" - há 4 anos

      Como o ruben disse e bem, tu estás habituado a ver o Triple H a executar o Pedigree lentamente e com calma, mas havia momentos que ele executava-o bem rápido.
      E o Sweet Chin Music do HBK é aquele em que ele se metia no canto do ringue e esperava que o adversário se levantasse, o que provavelmente querias referir era o Super Kick

  12. Rui Ribeiro = WWE - há 4 anos

    Acho que este One On One era digno de um empate.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador