Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

One on One #98 – Billy Gunn vs Road Dogg

Olá e sejam muito bem-vindos a mais uma edição do espaço One on One. Na edição desta semana teremos em confronto os dois membros de uma das Tag Teams mais populares de sempre, The New Age Outlaws. Estou a falar do “Road Dogg” Jesse James e do “Badass” Billy Gunn. Qual dos dois ganhará este confronto? Vamos descobrir!

Billy Gunn

Billy Gunn começou a sua carreira de wrestling em 1993 quando assinou pela WWE. A sua primeira Gimmick foi a de um Cowboy e fazia uma Tag Team com o seu irmão (kayfabe) Bart Gunn. Esta Tag Team tinha o nome de The Smoking Gunns. The Smoking Gunns ganharam os títulos Mundiais de Tag Team pela primeira vez no começo de 1995 ao vencerem Bob Holly e The Imposter Haiti Kid. Mantiveram os títulos até à Wrestlemania 11, desse ano, onde perderam contra Owen Hart e Yokozuna. Eles recuperaram os títulos mundiais de Tag Team em Setembro de 1995. Em Fevereiro de 1996, os Smoking Gunns tiveram que deixar vago os títulos de Tag Team porque Billy Gunn sofria de uma lesão no pescoço. Em Maio desse ano, ganharam os títulos de Tag Team pela terceira vez e pouco tempo depois tornaram-se heels ao se juntarem com Sunny. No PPV In Your House: Mind Games 1996, os Smoking Gunns perderam os títulos de Tag Team para Owen Hart e The British Bulldog e isto foi o fim desta Tag Team.

A nova Gimmick de Billy Guun foi a de Rockabilly e aliou-se com The Honky Tonk Man. Porém, isto não durou muito e Billy Gunn juntou forças com Jesse James e formaram a Tag Team “The New Age Outlaws”. Em Novembro de 1997, os Outlaws ganharam os títulos de Tag Team aos Legion of Doom. Depois do Royal Rumble 1998, os Outlaws começaram uma feud com Cactus Jack e Chainsaw Charlie que culminou na Wrestlemania 14, num Dumpster match onde a equipa de Billy Gunn perderam os títulos de Tag Team, Porém, no dia seguinte, os Outlaws recuperaram os títulos e tornaram-se membros dos D-Generation X. Depois destes acontecimentos, os Outlaws defenderam os títulos contra os L.O.D 2000, The New Midnight Express e começaram uma feud com os Nation of Domination, onde os outros membros dos DX também estavam em confronto. Os Outlaws perderam os títulos de Tag Team para Kane e Mankind, mas recuperam os títulos no SummerSlam 1998. Mantiveram os títulos em Dezembro de 1998 para The Big Bossman e Ken Shamrock.

Em 1999, Billy começou a competir mais em combates singulares. Em Março de 1999, ganhou o título Hardcore da WWE e em Maio começou uma feud com Jesse James, pondo fim aos New Age Outlaws. Billy Gunn começou a intitular-se “Mr. Ass” e começou a exibir o seu traseiro de várias maneiras. Gunn ganhou o King of the Ring 1999 ao vencer X-Pac na final. No Verão desse ano, teve uma feud com The Rock que culminou no Summerslam, onde Gunn perdeu. Depois desta feud, Gunn começou uma rivalidade com Jeff Jarret e mais tarde, ele e Jesse James juntaram-se mais uma vez e a Tag Team New Age Outlaws estava de volta. Ganharam pela quarta vez os títulos de Tag Team ao vencerem The Rock e Mankind e pouco tempo depois juntaram-se a X-Pac e Triple H e trouxeram de volta os DX. Billy Gunn foi expulso dos DX em 2000, mas isto foi feito para Gunn recuperar de uma lesão no braço. Em Outobro de 2000, Gunn regressou e teve rivalidades com os Right to Censor e os Radicalz. No final de 2000, Gunn venceu Eddie Guerrero para se tornar no campeão Intercontinental, mas só teve o título por 2 semanas. Em 2001, Gunn esteve a competir na divisão Hardcore e participou na storyline da Invasion. Depois da Storyline da Invasion, Gunn formou equipa com Chuck Palumbo. Esta Tag Team mostravam evidencias de uma certa homosexualidade entre os dois. Ganharam os títulos de Tag Team juntos e mantiveram-se como equipa na maioria de 2002. Em 2003, Gunn competiu como lutador individual tendo rivalidades com Jamie Noble. Em 2004, Gunn saiu da WWE.

Em 2005, Gunn assinou pela TNA e começou uma aliança com Jeff Jarret. Depois desta aliança, Gunn juntou-se com o seu antigo parceiro, Jesse James e formaram The James Gang. A Tag Team durou 2 anos. As últimas storylines de Gunn na TNA foi uma feud com Matt Morgan e como membro das Beutifull People. No final de 2009, Gunn abandonou a TNA. Gunn fez uma aparência na Raw nº1000 num seguemento com os antigos membros dos DX.

Road Dogg

Road Dogg começou a sua carreira de Wrestling em 1986. Vindo de uma família de wrestling, Dogg esteve a competir em vários territórios pelos Estados Unidos nos seus primeiros anos como Wrestler, sendo que teve uma vaga passagem pela WCW. Mas Road Dogg começou a mostrar-se ao mundo, quando em 1994 assinou pela WWE. A sua primeira personagem na empresa foi “The Roadie” que era assistente de Jeff Jarret, que o acompanhava ao ringue e ajudava nos combates. Após Jarret abandonar a WWE em 1995, Dogg começou a competir em combates singulares, mas não foi muito bem sucedido, até que a WWE decidiu juntar Jesse James com Billy Gunn para formar os New Age Outlaws, no final de 1997.

Está Tag Team mostrava ser diferente às outras na altura, não deixando o público indiferente. Pouco depois de formarem equipa, James e Gunn ganham os Títulos Mundiais de Tag Team ao derrotarem os Road Warriors. No início de 1998, os New Age Outlaws começam uma feud com Chainsaw Charlie e Cactus Jack pelos títulos, que culminaria num Dumpster Match na Wrestlemania 14 onde os Outlaws perderam os títulos. Porém, na noite seguinte, os Outlaws recuperam os títulos de Tag Team e juntam-se aos D-Generation X. Nos anos seguintes, os Outlaws continuaram a ter sucesso com equipa, mas também se destacaram como lutadores singulares com cada um a ganhar o título Intercontinental e o título Hardcore. No início do ano de 2000, Gunn lesiona-se, fazendo com que a equipa acaba-se. Road Dogg, durante o ano que se seguiu, formou Tag Team com X-Pac e K-Kwit (R-Truth), mas não ganhou nenhum título. Em 2001, Road Dogg foi despedido pela WWE devido a problemas pessoais e a drogas.

Em 2002, Road Dogg vai para a TNA que se tinha acabado de formar. Nesta passagem, James ficou conhecido por formar a stable “3Live Kru” com Konnan e Ron Killings. Esta stable mostrou ser popular desde inicio tendo sucesso a nível individual e como equipa, com Killings a conquistar o título Mundial da NWA e os restantes membros conquistaram os títulos de equipas da NWA.  A certo ponto, a stable passou a ter o nome de “4Life Kru” quando Billy Gunn se juntou ao grupo em 2005. Porém, pouco depois da adesão de Gunn, a stable separou-se. Após o fim da Kru, James e Gunn formaram equipa novamente com o nome “The James Gang”. As suas primeiras feuds foram com os LAX e a Team 3D.

No final de 2006, o nome da Tag Team mudou para Voodoo Kin Mafia (VKM – uma espécie de piada com as iniciais do nome de Vince K. Mcmahon), começando a atacar os DX (Triple H e Shawn Michaels) e Vince. Mas nada passou de ataques verbais, sendo que a WWE nunca lhes demonstrou atenção. Em 2008, a tag team separou-se quando Gunn atacou James e seu pai. Após James conseguir a sua vingança no Lockdown desse ano, ele praticamente desapareceu da TNA. Nos anos seguintes, Road Dogg passou pelo circuito Independente, até que em 2011, voltou à WWE com algumas aparições. Dessas aparições destacam-se a participação no Royal Rumble de 2012 e alguns combates de Tag Team com Billy Gunn. Uma das maiores figuras da Attitude Era!

One on One

Wrestling Skills: Billy Gunn usava manobras como: Cutter, Hip toss, Fallaway slam, Front powerslam, Gutbuster, Military press slam, Piledriver, entre outros. Road Dogg usava manobras como: Belly to back suplex, DDT, Leapfrog body guillotine, Piledriver, Running knee drop, entre outros. Penso que neste ponto o Billy Gunn é melhor que o Road Dogg pois consegue contar uma melhor história dentro do ringue, tem um arsenal mais completo de manobras e consegue trazer uma maior velocidade ao combate. O Road Dogg nunca foi wrestler conhecido pela sua qualidade em ringue, sendo lembrado pelos fãs pelo seu Carisma e habilidade ao microfone. Pela razões apresentadas, atribuo o ponto ao “Badass”. Gunn – 1 Dogg – 0

Mic Skills: Billy Gunn é bom ao microfone, conseguindo mostrar que não era só o Road Dogg Jesse James que tinha as mic skills na Tag Team. Porém não consegue ser melhor que o próprio Road Dogg. Jesse James, como já referi, tornou-se popular entre os fãs de wrestling pelas suas promos e entradas para o ringue, onde conseguia fazer todas as pessoas de um edifício repetir todas as suas palavras. Sim, eram apenas “catchphrases”, mas é necessário alguém que sejam verdadeiramente bom para influenciar uma plateia como o Road Dogg fazia. Ponto para Jesse James. Gunn – 1 Dogg – 1

Carisma: Ambos os wrestlers são muito bons em carisma. Tanto na entrada, promos e dentro do ringue. Ambos, também, conseguem executar bem a suas Gimmicks e faze-las credíveis. Mas, penso que não existe dúvidas ao afirmar que Road Dogg supera Billy Gunn neste ponto. O Road Dogg tinha um Carisma imenso que simplesmente não deixava ninguém indiferente, tendo um grande contacto com o público, mostrando também todo o seu carisma nas suas promos que levavam os fãs ao delirio. Mais um ponto para Jesse James. Gunn – 1 Dogg – 2

Melhores Momentos: Ambos os wrestlers tiveram bons momentos na carreira. Billy Gunn teve bons momentos na carreira como: a conquista do King of the Ring 1999, a sua rivalidade com uma estrela de topo como o The Rock, um percurso incrível na Tag Team New Age Outlaws, entre outros. Road Dogg teve bons momentos na carreira como: conquista de um título singular como o Intercontinental, a popularidade das suas “Catchphrases”, um percurso incrível na Tag Team New Age Outlaws, entre outros. Penso que Billy Gunn teve os melhores momentos, pois foi ele que teve um push como lutador singular algo significativo, o que levou a ter melhores momentos como a conquista do King of the Ring e rivalidades com uma estrela de topo, como o The Rock. Gunn – 2 Dogg – 2

Títulos e Conquistas: Billy Gunn conquistou os seguintes títulos: WWF Hardcore Championship (2x), WWF Intercontinental Championship (1x), WWE World Tag Team Championship (10x) – com Bart Gunn (3), Road Dogg (5) e Chuck (2), King of the Ring (1999), PWI Tag Team of the Year (1998) com Road Dogg e PWI Tag Team of the Year (2002) com Chuck.

Road Dogg conquistou os seguintes títulos: WWF Hardcore Championship (1x), WWF Intercontinental Championship (1x), WWF Tag Team Championship (5x) – com Billy Gunn, NWA World Tag Team Championship (2x) – com Ron Killings e Konnan, Feast or Fired (2007 – World Tag Team Championship contract), PWI Tag Team of the Year (1998) com Billy Gunn. Gunn – 3 Dogg – 2

Melhor Finisher – Fame-Ass-er (Leg Drop Bulldog) vs Pumphandle falling powerslam. O Fame-Ass-er de Billy Gunn é de um certo modo inovador e é algo que não se vê todos os dias, mas não penso que tenha tanto impacto ou seja tão credível como o Pumphandle falling powerslam de Road Dogg e por isso considero o finisher de Jesse James um pouco melhor. Gunn – 3 Dogg – 3

E chegamos ao fim de a mais um One on One com um empate neste confronto entre Billy Gunn e Road Dogg. Penso que o resultado acaba por ser um just, pois acredito que ambos os wrestlers estão bastante equilibrados. Como é claro, se tiverem outra opinião diferente da minha, não existe problema nenhum. Espero que tenham gostado e como sempre se quiserem comentar, estejam à vontade. Deixo Links e uma questão como sempre. Se também quiserem deixar sugestões para confrontos aqui no espaço, estejam à vontade. Até para à semana!

Questão

Momento preferido dos New Age Outlaws?

Links

Billy Gunn vs Road Dogg – http://youtu.be/Yd3kG-fcMfs
Billy Gunn vs X-Pac –
Billy Gunn vs Chris Jericho – http://youtu.be/tIz-dt7ZXLI

Road Dogg vs Al Snow – http://youtu.be/0-dskJYV9hE
Road Dogg vs Kane – http://youtu.be/Ha5MEn1c3jE

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “The Bottom Line” e Ex- escritor do artigo "One on One". Acompanha Wrestling à 10 anos.

7 Comentários

  1. danielLP21 - há 3 anos

    “Oh you didn’t know? Your ass better call somebodyyyy!” :D

    Gosto mais do “Mr. Ass”. Considerando os parâmetros utilizados, o resultado é justo.

  2. Vinícius Nunes - há 3 anos

    Eu por acaso gosto do mais do Billy Gunn, acho-o um bom storyteller, tanto que teve ótimos combates como lutador singular, de qualquer modo, acho que o resultado é bastante justo com os parâmetros utilizados, de qualquer modo, grande one-on-one.

    Esse momento foi grandioso na minha opinião. http://www.youtube.com/watch?v=PW9nlWiqJcQ

  3. R8cha - há 3 anos

    Duas grandes estrelas da attitude era.
    Com o star power que havia na altura estes senhores recebiam pops de fazer inveja a muitos main eventers de hoje em dia.
    E pelo que vi recentemente, acho que podiam dar uma grande ajuda na tag team division..sem um grande push como é obvio.
    O meu momento preferido foi esta entrada. Publico fantastico:
    http://www.youtube.com/watch?v=dpvhdO0eiY8

  4. LuisMPBO - há 3 anos

    Bom One on One
    Nao tenho nenhuma preferencia entre os dois, acho os ao mesmo nivel. E dificil isto acontecer (seria dificil com qualquer pessoa, uma vez que isto e bastante subjetivo e dado a opinioes) mas concordo com todos os parametros.

  5. Carlito - há 3 anos

    Normal o empate sem nada a contradizer.
    Bom One on One e sugeria um Chris Jericho vs Triple H (se ainda não estiver feito já) para uma próxima edição.

  6. ITS_ME_ITS_ME_ITS_DDT - há 3 anos

    proxima semana tenta fazer um carlito vs john morrison

  7. FranciscoAP - há 3 anos

    Grande OoO, adoro estes dois. O Billy Gunn é dos meus favoritos da Attitude Era, é muito completo. Percebo o empate, e concordo em praticamente todos os parâmetros. Apenas discordo da parte do finisher, o do Road Dogg era muito carismático, por assim dizer, mas o do Billy como disseste foi uma inovação. Felizmente que ainda o costumamos ver todas as semanas, graças a um tal de Dolph Ziggler.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador