Opinião Feminina #109 – Finishing up on a High Note

É com as emoções mais calmas e com a revolta mais apaziguada que vos dou as boas-vindas a mais uma edição do “Opinião Feminina”. Antes de passar ao artigo em si, gostaria de desejar uma boas festas a todos os visitantes e colaboradores do W.PT. Que sejam bastante felizes nesta época festiva e que se lembrem, principalmente, de o tentar ser todo o ano. Acho que, acima de tudo, deve ser essa a lição a tirar destas épocas festivas. Contudo, isso é assunto para outro site, aqui fala-se de Wrestling!

O TLC de 2012, bem a par da edição do ano anterior, foi um evento que me deixou bastante satisfeita, como fã. Embora, algo triste porque não o consegui ver em directo, o que certamente teria feito tudo parecer ainda melhor. Acontece que, sabe-se-lá porquê, uma maldição amaldiçoou os TLC e acontece sempre qualquer coisa nesse fim-de-semana que faz com que o perca em directo.

Mesmo assim, tal não estragou o divertimento que foi assistir ao mesmo ou diminuiu a alegria, relativamente a alguns momentos. Mesmo não sendo um pay-per-view perfeito, a verdade é que algumas decisões chave que a WWE tinha que tomar neste evento tiveram o desfecho certo, já para não falar da componente de Wrestling, na qual ficámos muito bem servidos. Graças a isso, este evento deixou-me bastante satisfeita como fã. Por essa razão, vou analisar o que aconteceu no mesmo, a começar pelo combate de Tag Team para determinar os candidatos principais aos títulos!

Uma das coisas fantásticas e que mais me divirtiu no TLC foi a recepção do público ao mesmo. Durante todo o pay-per-view, o público manteve-se extremamente animado, contribuindo imenso para a acção em ringue e qualidade do pay-per-view. A verdade é que por muito bom que seja aquilo que está a ser apresentado, o público consegue fazer uma diferença enorme. Este, de Brooklyn, fez e de forma positiva.

Digo isto também para relacionar com a forma surpreendente com que Cody Rhodes voltou a tornar-se popular. Um simples bigode, pelos vistos, faz alguma diferença e o público de Brooklyn não se deixou ficar e fez com que tal fosse notado. Acho que é espectacular a forma como Cody Rhodes arranja estes pequenos truques, alguns intencionais, outros não, para se tornar popular. Primeiro teve a máscara, depois vieram os sacos para as pessoas usarem e agora um bigode. Manobras simples e inteligentes que chamam a atenção dos fãs.

Este combate, embora não espectacular, foi uma excelente escolha para abrir o pay-per-view. Dois dos lutadores do mesmo garantiam um ritmo animado e rápido que certamente iria dar ânimo aos fãs. Já os seus adversários compensam por serem extremamente competentes e talentosos naquilo que fazem. Isto comprovou-se também no facto de terem conseguido fazer funcionar um “Tables Match”. Normalmente, não aprecio essa estipulação e não acho que seja fácil ou natural de conseguir fazer um bom combate a partir disso, mas mesmo assim eles safaram-se e conseguimos um combate divertido para começar o evento. Há também que referir que o spot final, que terminou o combate, foi bastante bom e merecedor de destaque.

No que toca aos combates de Antonio Cesaro, acredito piamente que a WWE está a fazer as coisas ao contrário. Já é o segundo pay-per-view que Cesaro vence R-Truth em combates bastante normais e ao nível de uma Raw, mas depois vamos assistir a certas Raw e assistimos a combates deste a nível de pay-per-view. Não que isto não seja bom, mas acho que está na altura de Cesaro elevar a fasquia em pay-per-views e este certamente tem talento para isso.

A verdade é que alguma coisa não está a funcionar como deveria, ainda. Ora, o campeão de Estados Unidos é o correcto, a história tem o potencial para ser boa – e como já referi no passado, estou a ser paciente nesse sentido – mas mesmo assim sinto que precisa de ser levado um pouco mais a sério por parte da WWE. Está na hora de dar adversários mais importantes e tornar o que Cesaro faz mais relevante. O combate foi aceitável, apenas acho que podia ter sido bem melhor. Para terminar esta avaliação em particular gostaria de acrescentar que, embora goste da ideia de fazerem entrevistas depois dos combates, não gostei especialmente desta promo de Cesaro. Bom argumento, péssimas expressões faciais e convicção.

O combate pelo Titulo Intercontinental entre Kofi Kingston e Wade Barrett foi melhor que o anterior, pelo Título de Estados Unidos, contudo tal resume-se mesmo aos combates, não à situação dos títulos. Enquanto o Título de Estados Unidos está com um lutador capaz e ainda a afirmar-se, o Título Intercontinental está com Kofi Kingston, que por sua vez, já teve tantas vezes em sua posse os títulos secundários que deixou de ter qualquer valor acrescentado. Os títulos secundários já não valem nada nas mãos de Kofi Kingston porque tal já ocorreu demasiadas vezes sem ter qualquer significado. Não há razão para os fãs se preocuparem desta vez.

Fiquei, pessoalmente, surpreendida com a vitória de Kofi, mas calculo que seja uma questão de tempo até Barrett pôr as suas mãos neste Título, que é o que deve acontecer. Mais uma vez, um bom combate, mas algo que perfeitamente podemos ver numa Raw ou Smackdown. Atenção, não quero dizer que isso seja mau ou bom, é apenas uma constatação de facto.

O combate de que vou falar de seguida é, a meu ver, o combate da noite. O combate pelo qual se paga – ou deveria pagar – para ver o pay-per-view. Não só foi, sem qualquer dúvida alguma, o melhor da noite, como está certamente na lista de melhores combates do ano. Existiram vários aspectos, pormenores e pequenos detalhes que simplesmente adorei neste combate, mas nenhum deles tanto como aquele que vou explicar de seguida.

A Attitude Era foi uma época espectacular desta indústria. Tal é um facto. Acontece que, com a Attitude Era, vários combates ficaram famosos por serem constituídos por spots espectaculares e absolutamente loucos criando assim grandes momentos na nossa indústria. Ora, infelizmente, com o tempo, creio que nalguns combates como o Ladder Match, o TLC Match, entre outros, os lutadores preocuparam-se mais em criar os tais spots que levam os fãs à loucura, do que arranjar uma justificação para os mesmos ocorrerem. Estou falar, é claro, de psicologia. De história. Do acto de contar uma história. De fazer com que todas as loucuras que se passam dentro – ou for a – de ringue tenham razão de ser e não sejam apenas “porque sim” e para criar “o momento do ano”.

E foi exactamente isso que simplesmente adorei neste combate. Uma história foi, de facto, contada. Todas as manobras e spots dos The Shield tinham razão de ser. E melhor que tudo isto: faziam sentido! A forma doentia, mas extremamente inteligente, de como os The Shield mantinham a vantagem de 3 para 2 ou de 3 para 1 foi algo extremamente bem pensado e que apenas deu continuação à história que está a ser contada fora do ringue, dando também credibilidade às personagens em si. O combate foi uma extensão daquilo que tem sido construído e dito nas últimas semanas. E foi uma extensão bem feita! Mais uma vez, adorei que tivessem tido esta preocupação e que foram pelo caminho certo.

Este combate foi também a estreia de três senhores num pay-per-view da WWE e que grande estreia que esta foi! Quando se fala de agarrar as oportunidades e fazer o máximo delas, é disto que se fala! É isto que se pede aos lutadores que façam sempre que podem. Dean Ambrose, Seth Rollins e Roman Reigns provaram, com este combate, que merecem não só toda e qualquer promoção que lhes seja feita, mas como também a dedicação da WWE para fazerem com que estes três sejam o futuro da companhia. Os três receberam uma oportunidade e os três usufruiram dela da melhor forma que podiam. Melhor que isto, é impossível.

Mas atenção, embora estes três mereçam destaque por terem sido os estreantes e por ter sido nos ombros deles que recaíu toda a pressão e expectativa, ninguém ficou mal na fotografia neste combate. Várias fãs afirmam que, mesmo sendo protegido nas suas derrotas, Ryback perde inevitalvemente algum do seu ímpeto. Compreendo o que querem dizer e até posso concordar até certo ponto, mas não vejo de que forma é que Ryback possa ter ficado prejudicado neste combate. Este, juntamente com Kane, encaixou aqui na perfeição e merece reconhecimento por isso. Ambos os “monstros” do combate representaram bem o seu papel e nenhum deles ficou descredibilizado. O estatuto de monstro de ambos foi respeitado e quando chegava a sua vez, faziam jus ao mesmo criando excelentes momentos.

E como não podia deixar de ser, mais uma vez, Daniel Bryan mostrou porque merece todos os elogios que recebe. Quando os dois “monstros” estavam, supostamente, derrotados, alguém tinha que fazer o trabalho de vítima e Daniel Bryan portou-se como uma verdadeira estrela. Não é fácil ser quem recebe grande parte da agressão, mas Daniel Bryan conseguiu-o de qualquer forma e contribuiu bastante para a qualidade do combate. Não tenho adjectivos suficientes para descrever o trabalho destes seis lutadores ou a química surpreendente que conseguiram ter juntos. Todos se esforçaram, todos trabalharam e todos brilharam. Exactamente como deve ser sempre.

De uma forma pouco convencional, mas de grande qualidade, seis lutadores conseguiram criar um excelente combate e uma excelente história. Não esperava algo assim tão bom, sendo também por isso a razão de ter ficado tão surpreendida. No fundo, foi uma guerra onde todos foram bastante convincentes e se portaram bastante bem. Esta é a razão principal para assistir ao TLC.

Ora, esta transição de combate espectacular para combate de Divas foi bastante interessante. Este é o exemplo perfeito para usar quando se quer explicar a expressão “de 8 a 80” a alguém. Enfim, esta divisão está definitivamente nas ruas da amargura. Não há razão nenhuma para os fãs estarem interessados na mesma, a maioria das Divas não podem ser levadas a sério – ou porque não fizeram por isso, ou porque foram ridicularizadas pela WWE durante demasiado tempo – e a única Diva que é relevante e importante o suficiente nem sequer quer saber do título para alguma coisa. Aliás, AJ está acima da própria Divisão de Divas.

Tal como a Battle Royal que decorreu antes do pay-per-view, passava bem sem ter visto este combate. Com este combate aprendi que Naomi é extremamente atlética, embora ainda não tenha aprendido porque é que me devo preocupar com isso, visto que a Divisão e o Título não valem nada. Infelizmente para Naomi, atleticismo também não é tudo, portanto também não a estou a ver a “salvar” a Divisão.

Como fã, tenho dois grandes problemas com o combate pelo Título World Heavyweight que decorreu no TLC. Primeiro, porque é que este combate nunca foi sugerido para main-event do pay-per-view, visto que não iria ocorrer combate pelo Título da WWE? Porque é que os lutadores ou o Booker T nunca falaram do assunto? Eu vou responder à minha própria pergunta ao dizer que a WWE preferiu não fazer isso para não chamar a atenção dos fãs para o facto deste título não só já não valer muito, como não valer alguma coisa substancial quando comparado a John Cena. Contudo, não era esse o objectivo da minha conversa. Gostaria de saber porque é que nenhum fã disse nada, relativamente a isto.

Tudo bem, estou certamente a exagerar, pois alguns fãs notaram esta situação e outros tantos reclamaram, contudo nada comparado com a quantidade de pessoas que reclamou – e ainda hoje reclama – com o facto de John Cena, sem ser campeão da WWE, ter tido mais main-events de pay-per-views que CM Punk. Portanto, com o que é que estavam as pessoas preocupadas? Com o facto de um dos campeões principais da WWE não estar no main-event, ou com o facto de CM Punk não estar no main-event? Há uma diferença entre ambos os casos, é pequena, mas existe.

Pessoalmente, tal assunto nunca me incomodou porque, para mim, o main-event é o combate onde estou mais investida emocionalmente e para a WWE é onde está a estrela mais valiosa da companhia, a “cara” da mesma”,  e essa é o John Cena, para o bem e para o mal. O main-event, para a WWE, é uma questão de mostrar quem rende mais, não só aos fãs, mas aos patrocinadores e assim. Sinceramente, acho que esta particularidade, se bem usada, até pode fazer maravilhas por vários lutadores, pois quando finalmente alguém estiver no main-event que não seja John Cena – ou seja, quando este for substituído – fará de facto a diferença e será algo com enorme impacto. Aliás, o próprio Dolph Ziggler ganhou com esse aspecto hoje!

De qualquer forma, compreendo que esta situação seja frustrante para alguns fãs, apenas gostaria que outros tantos não fossem hipócritas e admitissem aquilo que realmente querem dizer. Não é só CM Punk que é, supostamente, desrespeitado por não estar no main-event, mesmo sendo campeão. Big Show e Sheamus passaram por isso ao longo deste ano e no TLC, afinal, em que outra dimensão que não é esta é que determinar o candidato principal ao título é mais importante que o título em si? Pois, só na WWE.

O meu segundo grande problema com este combate é a estipulação. Tal como o “Tables Match”, não acho que o “Chairs Match” seja um combate que faça sentido da forma como está idealizado. Não acho que uma cadeira seja um objecto especial o suficiente para criar uma estipulação à volta da mesma. Uma mesa, embora também ache a noção estranha, ainda é mais aceitável, porque não só joga com um enorme factor visual, como existe o suspense e a curiosidade de saber como é que lutador X vai fazer com que lutador Y quebre uma mesa (exemplo: Cody Rhodes vs. Big Show no Extreme Rules).

Uma cadeira é tantas vezes usada noutros combates, às vezes às escondidas, outras para criar desqualificação, outras porque já estão subentendidas na estipulação inicial em si… Enfim, a cadeira é um objecto tão usual e cliché no Wrestling, que chegam a ser “da praxe”, logo não vejo mesmo qualquer simbolismo em ter uma estipulação que só use este tipo de objectos. Acho que as estipulações dos combates servem para adicionar algo ao combate. Torná-lo em algo mais. “Chairs Match” não vai fazer isso por combate nenhum. Pelo menos, é assim que vejo esta situação em particular.

Não achei o combate, em si, nada por aí além. Foi aceitável, para um combate do título, e surpreendente, tendo em conta o resultado – não esperava que Big Show continuasse como campeão – mas nem se compara ao combate que tiveram no Hell in a Cell. Aliás, nem o combate que tiveram no Survivor Series chegou perto disso, quanto mais este. Basicamente, os combates constituintes desta rivalidade têm vindo a perder qualidade gradualmente, portanto acho que está na altura de terminar com a mesma, pelo menos por agora.

Durante o pay-per-view, tivemos direito a um segmento do MizTV para dar mote a um combate envolvendo o The Miz, Alberto Del Rio, os 3MB e o Brooklyn Brawler. Não sou fã de segmentos do género do MizTV em pay-per-view. Aliás, acho que, salvo excepções bastante especiais, um pay-per-view não devia ter segmentos com demasiada conversa em ringue. Que se cinjam aos bastidores para fazer tal coisa. No pay-per-view é para se combater. Para dar continuação às histórias, ou terminá-las, através de combates. Para o resto, têm os imensos shows semanais. Aliás, nem acho este combate importante ou especial o suficiente para gerar um segmento destes em pay-per-view.

Já falei várias vezes do face turn de Miz e até me darem mais provas de que isto é uma boa ideia, prefiro não me pronunciar mais sobre o assunto, de forma directa. Em relação a Alberto Del Rio, é verdade que a personagem dele está estagnada e sem qualquer ímpeto – por culpa da WWE, é certo – portanto, embora não ache que haja nada em Del Rio que faça dele um face, estou mais receptiva à sua mudança. Porquê? Porque Miz conseguirá sempre fazer com que a multidão o vaie. Ele é carismático o suficiente para o fazer, se dada a oportunidade. Ao contrário de Del Rio. Este conseguiria que o vaiassem, mas por aborrecimento ou hábito, não porque este estava a ser bom no que fazia. Por essa razão, Del Rio é o único – dos dois – que parece estar mesmo num beco sem saída. Estou curiosa para ver o que sai daqui, mas não acho que isto tivesse sido tão urgente que justificasse o acontecimento no TLC.

Este combate não foi nada de especial e não há mesmo nada a dizer sobre o mesmo além de que devia ter sido Zack Ryder o escolhido para a equipa de Del Rio e The Miz. Não sou fã de Zack Ryder, mas respeito imenso o esforço dele e vou ter sempre um grande carinho pela emoção que ele mostrou ter no TLC de 2011. Se colocam Heath Slater, Jinder Mahal e Drew McIntyre – três lutadores que a maioria dos fãs simplesmente não quer saber  – em pay-per-view, deviam ter dado a oportunidade a Ryder também.

E agora sim, chegámos ao main-event da noite, que acaba por ser também o combate que estava mais ansiosa de ver. Talvez por isso, tenha ficado mais aberta à desilusão. Pessoalmente, gostei deste combate, pois o mesmo até foi bastante bom, mas estava à espera de mais. Acredito que as minhas expectativas tenham estado demasiado elevadas. Não só isso, mas como existiram alguns aspectos que me irritaram e desconcertaram. Primeiro, irritou-me imenso a forma como os papéis estavam invertidos. Estou a falar, claro, de quem eram o face e o heel do combate. Sim, teoricamente, Dolph Ziggler era o heel e John Cena o face. Teoricamente…

Contudo, do meu ponto de vista e segundo o que é melhor para indústria, neste caso, o heel devia ganhar, não o face. Não só isso, mas como os fãs presentes na arena estavam a torcer pelo heel e não pelo face. Tal como eu, em casa. Isto não é a primeira vez que acontece, nem há-de ser a última, mais que não seja porque John Cena está ao barulho, mas neste combate foi um pormenor que me desconcentrou um pouco, pois não faz sentido o melhor ser o vilão sair vencedor. Para isso, porque é que ele é vilão em primeiro lugar? Se ele é o que está certo, para tudo no geral, porque é que está errado torcermos por ele? É exactamente aqui que a WWE tem falhado com Ziggler e eu não percebo qual é a dificuldade em resolver o problema.

Preocupam-se em virar Miz e Del Rio, que ainda são vaiados, quando há anos que Dolph Ziggler é apoiado – com mais ênfase este ano, é certo -, até quando é ajudado por Vickie (uma das mais vaiadas da actualidade), pelos fãs e a WWE não faz nada em relação a isso! Isto é algo que sinceramente, como fã, não consigo compreender. O mais dificil de ser face é conseguir arranjar uma legião de fãs genuína e dedicada. Ziggler já o tem! Já o provou, mas continua a ser heel! Porquê?! Pois, não sei. A verdade é que isto só vem criar contradições.

No início do combate, não foi só esse o pormenor que me custou a ultrapassar. Irritou-me, também, ver Dolph Ziggler a matar-se, metaforicamente, para promover uma manobra e a “fazer de morto” quando John Cena nem sequer aparentava estar sequer cansado. Como é que é suposto estar a torcer por alguém que nem sequer está a mostrar ter hipóteses de ganhar? Ah, pois é. Dolph Ziggler é o heel, não é suposto eu torcer por ele, mesmo sendo o mais correcto para a indústria e mesmo estando toda a gente a fazê-lo.

Enfim, como já notaram, o início deste combate foi bastante estranho para mim. Felizmente, isto melhorou imenso ao longo do combate e em pouco tempo já estava concentrada no mesmo, esquecendo todos estes pormenores, mas a verdade é que não foi mesmo um início fácil. De qualquer das formas, tal como já referi, depois disso, foi um combate excelente. A emoção do público, tal como em todo o evento, contruibui imenso para o mesmo tornando-o ainda mais especial. As aparições de Vickie Guerrero e AJ Lee não foram de todo supreendentes, tendo sido até esperadas, segundo a minha previsão da semana passada. AJ Lee voltou a fazer o que faz melhor – ser tresloucada -, o que significa que ao menos salvaram essa personagem. Portanto, tenho que admitir que  a WWE tomou excelentes decisões no fim deste pay-per-view, além da vitória de Dolph.

Não há mais desculpas, não se pode falar mais de falta de oportunidades. Dolph Ziggler tem a mala de Money in the Bank e venceu a “cara” da WWE no main-event de um pay-per-view. Poucos são os lutadores que podem dizer isto. As cartas estão todas preparadas para ser jogadas e está na altura da WWE fazer algo significativo com este lutador, porque se esperarem demasiado tempo, o ímpeto desta vitória desaparece e depois têm que se começar do início. E quanto mais vezes se faz isso, pior para os lutadores. Que o diga Alberto Del Rio, não é verdade?

Ora, se o combate não teve um bom início, teve um fim ainda pior. E não, não me estou a referir à vitória de Dolph Ziggler. O leve sorriso de condescendência de John Cena deixou-me um sabor amargo na boca depois de um pay-per-view que me tinha deixado bastante feliz. Com aquele sorriso, a WWE bem pode ter mandado todo o combate e a vitória de Ziggler às urtigas, porque de que vale vencer um homem que não se importa de ser vencido e que sente que não perdeu nada?

Quantas vezes já disse que o que se faz fora de ringue é tão importante quanto o que se faz dentro do mesmo? As atitudes, gestos, expressões, palavras… Tudo os que os lutadores fazem contribui para uma história, não só quem ganha ou perde um combate. E neste caso, John Cena não podia ter feito pior que isto. É assim que a WWE dá tiros no próprio pé e se sabota a si mesma. De qualquer forma, foi uma vitória em pay-per-view, no main-event, e espero que mesmo depois deste lindo sorriso, isso ainda valha algo. Dolph fez certamente para o merecer.

Gostei deste TLC. Não tanto quanto tinha gostado da edição anterior, mas foi mais uma edição que me deixou bastante contente, embora com algumas falhas. Da minha parte está tudo dito e desejo a todos, novamente, uma excelente época festiva e boas férias – para quem as tem! Até para a semana!

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

82 Comentários

  1. José Sousa - há 4 anos

    Sobre o PPV já muito se falou Salgado, eu queria falar sobre o Main-event pote tal como tu eu queria que o Ziggler ganhasse, mas ver a arena toda a apoiar o Ziggler que é o heel é que estranho. Se o querem heel façam para que pessoas o odeiem se elas gostam dele façam o face turn.

    Mas o que me deixa mais irritado é o que tu dizes sobre a atitude do Cena, porque não é a primeira vez que ele perde e mão reage em nada. Fica sempre contente. Perde com o the Rock, CM Punk,Ziggler, Laurinaitis, Kane, é “despedido” por causa dos Nexus, e ainda já falhou um cash-in e nada. A personagem dele simplesmente não reage, é como dizia o Kane ha um ano atrás ele não aceita o odio por heels. Até parece que para acara da empresa perder um título ou não fazer um cash-in é igual, e isto já se arraste há anos e a WWE insiste nesse erro.

    Ah já agora bom Natal para ti também:)

    • Salgado - há 4 anos

      Sinto, muito sinceramente, que a WWE está aterrotizada com a ideia de poder fragilizar o Cena perante os seus fãs, por isso como têm algumas prioridades que preferem que ele promova, também por serem mais “crediveis” (Tensai, Big Show, Big E Langston…), preferem não exagerar nestas outras situações, porque senão – se reparares bem – ele passa o ano todo deprimido – porque este ano, de facto, não foi dos melhores para ele (não que ele precisasse, claro).

      Obrigado :)

      • José Sousa - há 4 anos

        Sim tens razão e isso gera as clivagens entre fãs que vem há quase dois anos. Temos alguns fãs que já não aguentam esta atitude e vimos o que vimos no Domingo e depois temos os fãs leais que a WWE vai acedendo e mostrando que o Cena aconteça o que aconteça é sempre o melhor.

      • Salgado - há 4 anos

        Pois, o Cena vai ser sempre uma situação complicada de gerir. Eu já não suporto esta atitude, de todo. Não tenho paciência mesmo. Este sorriso iniciou a fase de 2012 em que não posso ver o Cena à frente. Pode ser que agora com o regresso do The Rock, ele me comece a conquistar outra vez.

      • José Sousa - há 4 anos

        E vai ser preciso um milagre porque é dificil de tolerar. Eu também nao consigo tolerar nesta altura então desde segunda piorou admito. Aquele Slammy deixou-me passado.

      • Salgado - há 4 anos

        Subscrevo. Mas eu já andava um bocadinho irritada com ele desde que ganhou a mala de MITB…

      • José Sousa - há 4 anos

        Eu também aliás nunca percebi a lógica desse combate em primeiro lugar. Para falhar o cash-in mais valia terem dado a mala a outro midcarder tipo o Rhodes.O problema mais que ele ganhar a mala foi o conceito por detrás dele ganhar, porque ninguem merecia aquela mala naquele combate. Pelo menos da forma que vejo o MITB que é igual á tua, a mala é para valorizar alguém que ainda não está no main-event e precisa do tal empurrão para chegar lá. O Cena nunca na vida precisa ou precisou da mala.

      • Salgado - há 4 anos

        EXACTAMENTE! Mas pronto, o Rhodes agora também não está mal… Oh, é certo que todo aquele combate foi rídiculo e que nenhum dos participantes merecia a mala… Isto até anunciarem o The Miz. Aí podiam ter remediado a situação, mas pronto, não o fizeram. Pois, mas é o Cena e a WWE e todos sabemos o que é que isso quer dizer.

      • José Sousa - há 4 anos

        Só espero que não seja ele a vencer o Rumble. Mas acho que não ele deve ganhar a oportunidade numa Chamber de Contenders ao título da WWE. Pelo menos esse é o cenário que eu vejo como provável nesta altura. Isto partindo do principio que o Punk perde mesmo o título no Rumble.

      • Salgado - há 4 anos

        Não acredito nisso.. Ficaria verdadeiramente chocada se tal acontecesse, mas nas últimas semanas do Rumble deveremos ter todas as certezas. Ele é o John Cena, qual é o problema em pedir a desforra? O Shawn Michaels não teve que ganhar nenhum Rumble – embora tenha tentado – ou alguma Chamber – embora tenha pedido – para pedir a desforra ao Undertaker… É o Cena, seria mesmo assim tão estranho?

      • José Sousa - há 4 anos

        Claro pode perfeitamente pedir o combate e só por mero acaso o título está envolvido. É o Cena e o Rock estão num patamar em que a WWE sente que não tem que ter grande enquadramento essa rematch. Ela deve acontecer porque sim, mesmo que o Cena não tenha ficado zangado por perder com o Rock.

        Sobre o Rumble já achei menos que seria o Ryback o vencedor. Tipo no máximo coloco o Orton numa segunda linha como já te disse. Tudo depende de quem for o World Champion na altura, eu acho que deverá ser o Sheamus, mas até pode ser o Big Show e o Ziggler. A ideia do Sheamus vencer novamente não acredito, porque mesmo que sature sinceramente só o vejo a ele a lutar contra o Show no Rumble pelo título. Pelo menos nesta altura não me parece muito possivel que seja outra pessoa o adversário do Show no Rumble.

      • Salgado - há 4 anos

        E mesmo que o título não esteja envolvido – o que não vai acontecer – é o John Cena. Ele perdeu o combate mais visto de sempre. É normal que queira a desforra, especialmente se for pegar naquilo que disse na RTWM28. Eles têm todos os motivos do mundo para o fazer, não precisam de inventar muito. Meter o Rumble ao barulho é desperdiçar oportunidades.

        Tenho dificuldade em visualizar o orton como vencedor. Mais depressa engulo o Cena. A questão com o Orton é que o ano dele tem sido mau e, em parte, por causa dele. Não estou a ver a WWE a apostar nele com toda a confiança novamente. Pelo menos, não tão facilmente. Enfim, mas veremos como é que ele é tratado depois do seu regresso de lesão. Dos outros três que referiste, o único que consigo visualizar e acreditar é o Sheamus. O Ziggler, por muito brutal que fosse, não pode ganhar. Ele já tem a mala. É desperdiçar oportunidades que podem ir para outras pessoas. Não acho que precise de justificar a situação do Big Show, não é? xDDD

        Mas sim, também é verdade que o Sheamus vai estar, muito provavelmente, no combate pelo WHC…

        Enfim, eu continuo a achar que é o Ryback. Eles precisam de fazer as pessoas “esquecer” que ele esteve envolvido pelo Título da WWE para construirem a história do The Rock em paz. Não os estás a ver a pô-lo a vencer o Rumble e a desafiar o campeão WHC só para compensar? Eu estou..

      • José Sousa - há 4 anos

        Por esse prisma sinceramente estou. Dentro daqueles que poderão vencer para ser promovidos o Ryback está á frente sinceramente é verdade. Mais depressa arriscam nele do que no Sandow, Cesaro, Barrett ou Miz que seriam os outros que poderiam receber essa aposta.

        Mas ai só vejo a hipotese Triple Threat porque gostemos ou não o Sheamus vai á Wrestlemania campeão, não me perguntes porque é quase como tu dizes do Ryback no Rumble. Eu tenho quase a certeza que o Sheamus ainda vai sair por cima do Show no Rumble, por menos sentido que faça ele ter outra hipótese pelo título. A questão é se não é ele é quem? o Del Rio(não me parece), o Miz também não, e o Orton também não. Só consigo ver Sheamus vs Big Show pelo título de WHC no Rumble. E estou quase certo que o Show perde o título no Rumble.

      • Salgado - há 4 anos

        Sandow! Principalmente o Sandow! Mas os RhodesScholars estão a correr bem e eu gostava que eles tivessem um reinado com os títulos de Tag antes de passarem a algo mais…

        Por acaso, nunca pensei nisso… A meu ver, é Sheamus/Show/Ryback.. Mas quem é que entra como campeão não é algo que tenha pensado ainda. Não estou a ver o Sheamus a perder pela 4ª vez em ppv, mas também não o estou a ver a ter um reinado de 3 meses (caso ganhe no Rumble)… Ui, essa é complicada xDDD

        Então mas olha lá, se o Sheamus ganhar o Título no Rumble e continuar a ser Triple Threat na ‘Mania, o Ryback vai perder mais um combate pelo Título, especialmente agora que ganhou a Rumble – supostamente? Não sei porquê, acho isso dificil de acreditar…

        Que bela embrulhada que arranjaste agora xDDD

      • José Sousa - há 4 anos

        Mesmo. E olha que vai ser essa a decisão mais importante da WWE para esta Road to Wrestlemania. Porque os outros caminhos são dos Big Names. Mas o que decidir com o Ryback vai ser importante para ele, porque realmente o Sheamus vai ter só um reinado de 3 Meses? E se o Ryback sai da Wrestlemania campeão irá a WWE esperar até á última para o cash-in. É que depois além destes 3 o Ziggler também tem que entrar na decisão. Olha que é uma bela embrulhada mesmo, e onde os papeis mais sensiveis são os do Ziggler e do Ryback porque são os que tem mais a perder.

        A menos que o cash-in aconteça em breve e o plano seja Ryback vs Ziggler na Wrestlemania, mas mesmo assim o reinado do Ziggler não era suficiente para o fixar no main-event. Que bela embrulhada mesmo.

      • Salgado - há 4 anos

        Podes crer… Agora, por acaso, metes-me a pensar sobre isso. Pois, o Sheamus já é um main-eventer, o Big Show já faz parte da mobília… O problema é mesmo a forma como se vai tratar do Ryback e do Ziggler. Estou para ver como é que eles descalçam est bota. E estou a começar a achar que são pessoas a mais para um título só. Sim, uma Triple Threat pode perfeitamente acontecer, mas depois ter o Ziggler indirectamente envolvido já aumenta para quatro pessoas… Hm, que confusão.

        Ryback / Ziggler não é de certeza. Ninguém me tira da cabeça que o Sheamus vai estar envolvido no combate pelo Título. Acredito ainda mais nisso do que acredito na vitória do Ryback no Rumble. Que bela confusão… Ah, e depois se o Orton regressar bem promovido, já temos mais um problema.

        Isto na primeira ou segunda semana de janeiro esclarece-se tudo, tenho a certeza. Em breve, teremos todas as respostas.

      • José Sousa - há 4 anos

        Sem dúvida, mesmo o vencedor do Rumble vamos ter logo pistas, olha no ano do Del Rio eu apostei nele na League, ele estava sempre com aquelas promos dele sobre o destino dele que era ganhar, muitos achavam que era para despistar mas naquele caso não era mesmo pista. O combate com do Rock e do Punk é o primeiro a confirmar-se. Depois vai-se logo saber quem luta contra o Show na primeira ou segunda semana.

        Olha queres que te diga a minha dúvida é a ordem do Rumble no card. Eu acho que é o penúltimo combate, acho que não o iam colocar como opener.Aliás á distãncia digo WHC para opener porque ter WHC, Rumble, e WWE title com The rock seguido é hardcore demais.

      • Salgado - há 4 anos

        Eu também apostei nele! Estava ali a contar ao Tiago que nesse ano, estava indecisa entre o HHH e o Del Rio. O primeiro, porque queria que ele regressasse e o segundo porque achava que ele ia ganhar. Pouco tempo antes da League fechar, ganhei juízo na cabeça e fui mudar a aposta de HHH para Del Rio.

        Sim, mas o Rock e o Punk já está confirmado há imnenso tempo xDDD

        A ordem? Qual é a dúvida? O Rock e o Punk fecham o evento. Acho que não há mesmo dúvidas nenhumas nisso. Pelo menos, eu não tenho. Ficaria mesmo chocadíssima se não fosse o main-event. Vai ser exactamente o que estás a dizer: WHC, Divas, Rumble e WWE title. Vá, entre o Rumble e o WWE Title ainda metem os 3MB contra alguém.. xDD

  2. danielLP21 - há 4 anos

    Excelente penúltimo artigo ( penso eu) de 2012.

    Não tenho praticamente nada a dizer em relação aos combates de Divas ( dois no mesmo PPV!), ao Tables e ao combate pelo Título dos EUA a não ser que concordo contigo. No primeiro caso, who cares? Pelo menos serviu para descansarmos um pouco após o TLC Match… No segundo, venceu a equipa que devia ter ganho e, realmente, o Cody Rhodes arranja sempre alguma forma para se fazer notar. Confesso que não tinha pensado muito neste aspecto ao longo da última semana. Em relação ao Cesaro, também não gostei da promo… Será que foi do cansaço? Não me parece, uma vez que ele tem sido muito inconsistente neste aspecto.

    Não sabia que estavas à espera de uma vitória do Wade Barrett. Pois é, eu também acho que o Kofi já não acrescenta nada a este título e o Barrett tem que se apoderar do mesmo nos próximos tempos… Eu esperava uma vitória do actual campeão, até porque, se o Barrett vencesse, todos os campeões na WWE ( à excepção dos Hell No) seriam heels, mas confesso que estava com aquela esperançazinha numa vitória do inglês.

    O combate que envolveu o Miz e o Alberto Del Rio serviu apenas e só para que os dois tivessem algo com que se ocupar no PPV. Todos os shows principais da WWE têm tido um MizTV e, por mais que goste do “Awesome One”, admito que já estou um pouco saturado… Até já se repetem convidados! Qual era a essência do “Highlight Reel”? Tinha quase sempre uma razão de ser e não se fazia todas as semanas… Ora, neste caso, a única razão de ser é o facto de ser a única forma que a WWE encontra para dar o mínimo de destaque ao Miz. Todos nós sabemos que há outras formas de o fazer, mas a WWE é que manda… Num PPV, então, ainda pior! E com os 3MB como convidados? Em relação ao Del Rio, ainda não percebi se virou face ou se a WWE voltou atrás na decisão, mas fiquei com alguma curiosidade. Finalmente, e por teres referido que o Miz consegue muito facilmente ser vaiado, eu volto a dizer que o Miz me faz lembrar, em muito, o Chris Jericho. Sim, eu também não gosto de comparações, mas não é todos os dias ( ainda para mais nesta Era) que aparece alguém que tenha um carisma como o que o Miz apresenta. O Jericho, neste aspecto, é muito semelhante. Ah, e sempre pensei que ia ser o Zack Ryder o parceiro do Miz do Del Rio, e seria bastante irónico ver o Ryder a fazer equipa com o lutador que mais o derrota em combates individuais!

    Bem, quantas vezes já se falou do combate TLC? Claro que nunca é demais falar dele, mas não há muito a dizer… Para mim, está no Top 5 de melhores combates do ano, juntamente com o “End Of An Era”, o “Chicago Street Fight”, Daniel Bryan vs CM Punk e o Triple Threat do Survivor Series ( este foi mais pela amoção do que pela qualidade do combate em si), independentemente da ordem que lhe queiram dar. Isto, claro, sem esquecer o Daniel Bryan vs Sheamus.. no Extreme Rules!

    Quando comentei o PPV, também referi que fizeram todos um grande trabalho. Os 6! Só acho que o Kane ficou “arrumado” muito cedo, mas talvez isso tenha ajudado a que os outros tenham tido mais destaque. Afinal de contas, o Kane era o único veterano no combate, e já é, para mim, um dos melhores veteranos de sempre no que a elevar jovens talentos diz respeito. Sem exagero.

    Dentro dos membros dos The Shield, não tenho dúvidas de que, em circunstâncias normais, o Dean Ambrose é o que chegará mais longe. Não vou ser ingénuo e pensar que, depois de se separarem, vão ter todos o mesmo sucesso. Se os planos da WWE podem ser diferentes? Claro que sim, mas neste caso não me parece.

    Eu compreendo o teu argumento em relação à questão do combate entre o Sheamus e o Big Show poder ser o main-event ou não, mas não concordo. Foi o 3º PPV em que eles se defrontaram, e sabendo que os fãs já não estão muito interessados nesta rivalidade, para quê fazer deste combate um main-event?

    Quando falas da questão de os fãs se queixarem do facto de o Cena estar no main-event durante todo o ano e dizeres que só se queixam ou que a principal razão de queixa é o facto de o CM Punk ser o “injustiçado”, não sei se concordo ou não. No meu caso, acho que o Título da WWE deve ser sempre o main-event, independentemente de quem for o campeão, salvo algumas excepções, como o “Once In A Lifetime”. Agora, se o facto de o Punk ser o campeão faz com que essas queixas sejam ainda mais fortes? Claro que sim, afinal de contas, gostando-se ou não dele, ele tem sido um dos melhores campeões de sempre. Estarei a exagerar? Julgo que não.

    Ora, sem o Punk no PPV, qual era o combate que devia ser o main-event? Na minha opinião, havia duas possibilidades, uma mais forte que a outra: The Shield vs Ryback & Team Hell No, devido ao facto de o Ryback ( que lutaria pelo Título da WWE caso o Punk estivesse em condições) estar presente no combate, a outra, mais provável, o combate entre Ziggler e Cena. Sim, eu sempre fui um dos defensores de que o Título Mundial devia ser mais respeitado por parte da WWE, mas neste caso não acho mesmo que devia ter sido o main-event, ou que se discutisse, sequer, essa possibilidade. Claro que, caso tivéssemos o CM Punk vs Ryback, devia ser este o main-event, e não é apenas por causa do Punk: esta era história de mais destaque na WWE, mais destaque até que a história entre o Dolph e o Cena. Logo, era esta a minha escolha para main-event, e acho que a da WWE também.

    No último combate da noite, a única crítica que tenho a fazer é o facto de o Cena sorrir quando perde. ” Perdi com o The Rock, vou sorrir”. ” Perdi com o John Laurinaitis, vou sorrir”. ” Perdi os combates pelo Título da WWE, vou sorrir.” ” Perdi com o Dolph e roubaram-me a namorada, vou optar por um discurso bastante original e que nunca ninguém ouviu na Raw a seguir ao PPV.” Sim, eu sei que é a WWE que faz dele o que ele é, mas já chateia. Não me lembro quem utilizou esta expressão durante esta semana, mas exemplifica na perfeição a personagem do Cena: parece um “corno manso”.

    No que ao Ziggler diz respeito, estou confiante. Ah, e aqui está mais uma razão para este combate ter sido o main-event: as crianças querem ver o Cena, os fãs de Wrestling querem ver o Dolph, e as mulheres querem ver o Cena e o Dolph! Parece-me que continuas pessimista em relação ao futuro do Ziggler. Eu tenho esperança que a WWE faça o mais correcto.

    • Salgado - há 4 anos

      Primeiro que tudo, obrigado pela avaliação.

      De facto tens razão, se Barrett ganhasse todos os campeões seriam heels à excepção de Bryan e Kane, nem me apercebi disso. Esperava, e ainda espero, uma vitória do Barrett porque penso que a WWE percebe que o título com Kofi Kingston não está a valer nada. Já com Barrett, se dado o incentivo certo, poderia voltar a ter alguma destaque. Mas também não tenho acerteza, Barrett já teve este título uma vez e não mudou nada, portanto era mesmo uma questão de esperança.

      Eu também ainda não percebi o que é que estão a planear fazer com o Del Rio e tal como disse em comentários, até surgirem mais novidades não vale a pena bater muito a questão. A única coisa que quis referir acima é que, supondo que estão mesmo a fazer um face turn, então em Del Rio adequa-se mais do que a Miz. Depois voltei a referir o mesmo no que toca à situação do Ziggler, mas mesmo assim reconheço que não temos muito ainda sobre o que falar.

      Acredito que faça, Daniel, mas pessoalmente, acho que vale a pena notar que o melhor trabalho de Chris Jericho foi quando este foi heel.

      Tens razão. Que sentido faria Zack Ryder agora fazer equipa com Del Rio? Nenhum, mas queres o quê, custa-me ver os 3MB a terem espaço em ppv e depois ter uma arena inteira a chamar pelo Ryder e nem este lugar lhe dão.

      Concordo contigo a 100% no que dizes em relação ao Kane e não acho que estejas a exagerar.

      Daniel, foi a terceira vez que se enfrentaram – está certo – mas continua a ser um combate pelo Título. Por um dos títulos principais. E simplesmente não se pode usar como desculpa o facto de uma pessoa ou coisa não ter valor, para não a usar. O Titulo não tem valor suficiente para estar no main event? Então metam-no lá! Não vai certamente ganhar esse valor por se falar no assunto. Ganha-se é a fazer as coisas.

      Por muito pouco importante que este combate fosse em comparação ao do Cena/Ziggler, não faz qualquer sentido em mundo algum ter um combate pela determinação do candidato principal ao título no main event, ao contrário do título em si! Se os candidatos são assim tão importantes e relevantes ao ponto de estarem no main-event sem o título, então é porque não precisam do mesmo e são os candidatos errados! Os lutadores passam a carreira inteira a tentar ganhar títulos importantes para merecer o estatuto de main-event. Certo? Então se o Ziggler já conseguiu lá chegar, sem usar este título, então certamente também já não precisa dele para nada. Que valor é que um combate do Ziggler pelo título WHC vai ter, em comparação com este, visto que este foi o main-event e o outro não será? Vai parecer que ele fez um downgrade, quando supostamente a única diferença é o título.

      Tu não podes escolher os teus main-eventers dependendo do valor que têm hoje ou do quanto gostas da história actual. Ou os combates pelos títulos terminam sempre um ppv – salvo excepções compreensíveis – ou então não terminam nunca. Não é por fazeres a história como te convém que vais valorizar alguma coisa. É que isso não tem nada de consistente. Tu não valorizas as coisas por fazer da história aquilo que te convém e como te apetece. Valorizas os lutadores e as histórias ao ser consistente e não te deixares apanhar em contradições. Tu não podes dizer que um título é especial porque o lutador X ou Y o tem. O Título tem que ser sempre especial e sempre valorizado, senão nunca irá ajudar ninguém a chegar a lado nenhum.

      Acho que muito sinceramente não estás a perceber que o meu problema não é Big/Sheamus não ter sido o main-event – é verdade que não faz sentido NENHUM, neste caso em especial, mas já expliquei que compreendo e aceito o porquê de ser sempre o Cena -, o meu problema é ter ouvido todos estes argumentos há meses atrás para justificar o porquê de CM Punk ter de estar no main-event e agora, o mesmo ou até pior, aplica-se a Big Show e ninguém diz nada.

      O meu problema é a maioria das pessoas se ter fingido de muito preocupada com o título da WWE, quando na realidade não queriam era admitir que estavam era a tentar favorecer o CM Punk. E, atenção, não há problema nenhum em querer defender o CM Punk, mas vamos chamar os bois pelos nomes, não vamos ser fingidos. Isso é ser tendencioso, não é ser preocupado.

      Não, tens toda a razão. O Punk é de facto um dos melhores campeões desta Era e de sempre. Ele chegou onde muitos aspiram chegar e merece todo o reconhecimento por isso. Aliás, se há algo que tenho sempre feito no OF é elogiar e reconhecer o mérito de Punk sempre que a situação o exige e quem lê o OF sabe disso perfeitamente. Este ano, tenho sido das pessoas que mais defendeu o reinado de Punk – desde Janeiro, onde até alguns diziam que gostavam de ver Chris Jericho a ter mais um reinado e eu defendi sempre que o Punk devia continuar campeão.

      O que estou aqui a tentar explicar, e sinto muito sinceramente que não estou a conseguir, é que toda a gente fingiu estar preocupado com o valor do Título da WWE na questão do Punk, e não estavam. Porque se tivessem estado, teriam defendido também o título WHC que, mais do que nunca, precisava deste incentivo, porque tão depressa não voltas a apanhar um ppv sem o título da WWE. No fundo, foi só essa hipócrisia que tentei evidenciar ali acima.

      Repito, pessoalmente, já me habituei e compreendo porque é que é o Cena. Não quer dizer que seja bom ou mau, simplesmente é assim que as coisas funcionam. A minha crítica, ali acima, foi apenas para a atitude dos fãs.

      E parece-te bem, pois embora eles me dêem todas as provas em contrário, há qualquer coisa nesta história do Dolph que ainda não me fez descansar. Não há nada que eles possam fazer para apaziguar isto, agora tenho mesmo que ver para crer. Mas tê-lo a vencer o Cena em ppv foi uma excelente prova, portanto a WWE está mesmo preocupada em reassegurar-me.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Acho que mais cedo ou mais tarde o Barrett ganha o Título Intercontinental, se calhar antes mesmo do Royal Rumble, numa Raw qualquer. Oh o Barrett não mudou nada no título porque a WWE não quis. Se apostarem nele como deve ser, ele torna-se num caso sério e o título volta a ser o que foi com o Cody Rhodes. Têm é que lhe dar tempo e combates com o mínimo de destaque, à semelhança do que tem acontecido com o Cesaro. Já o Kofi, por mais combates com destaque que lhe dêem, dificilmente ele acrescentará algo ao título.

        Não faria sentido nenhum, mas o combate por si mesmo já foi parvo, por isso se o Ryder estivesse na equipa o combate não ganhava nem perdia sentido. Devia ter sido o Ryder, até porque a WWE já devia saber que iam gritar o nome dele.

        Não tinha pensado nessa perspectiva de o combate pelo título ser considerado menos importante que o combate que determinou o nº1 contender… Visto assim, tens razão. Foi uma oportunidade única para o Título Mundial voltar a estar no main-event.

        Não posso falar pelos outros, mas eu nunca me queixei do facto de o Título da WWE estar fora o main-event APENAS devido ao facto de o CM Punk ser campeão.

        Convenhamos que de há dois anos para cá que o Título Mundial não tem tido tanta importância como o Título da WWE, aos olhos da WWE, e talvez seja por isso que as pessoas não se queixaram desta vez. Já estão habituadas a que este título não tenha a importância que a WWE lhe devia dar. Neste caso, é a WWE que tem que fazer com que o título seja importante aos olhos dos fãs, e não o contrário.

        Lembro-me de teres dito, há uns tempos, quando eu e tu defendemos que a WrestleMania foi uma total desilusão e uma das piores dos últimos anos ( na notícia que dava conta do facto de ter sido a WrestleMania mais vendida de sempre), e depois de te terem dito que não devias ter posto as expectativas tão elevadas, que isso só aconteceu porque a WWE te deu razões para criares grandes expectativas, que tu, enquanto fã, aderiste à enorme promoção que eles fizeram, e eu concordo, até porque fiz o mesmo. Em relação ao Título Mundial, passa-se o contrário. Se a WWE não me dá razões para ver o título como muito importante e digno de main-event, porque é que eu me hei-de preocupar em dar-lhe essa importância? Quando digo “eu” não me estou a referir especificamente a mim mas sim a qualquer fã, até porque durante este ano várias foram as vezes em que defendi que o Título Mundial devia ter mais destaque.

        Mas lá está, se a WWE não nos mostra que devemos dar mais importância ao título porque é que nós o havemos de fazer?

        Em relação ao Dolph, acho que nos últimos 3 meses ficou provado que a WWE conta com ele. Só há uma coisa que me deixa curioso: eu ainda não acredito que ele faça o cash-in depois da WrestleMania, mas também não o estou a ver a fazê-lo brevemente… Se o fizer na Elimination Chamber, é de supor que ele entre na ‘Mania como campeão, mas duvido muito que ele vá à WrestleMania com o título, e muito menos ainda que o defenda com sucesso. Espero que a WWE não brinque com ele nem connosco.

      • Salgado - há 4 anos

        Concordo a 100% com o primeiro e segundo parágrafo.

        Daniel, sei que não podes falar pelos outros, mas como muito bem reparaste, não disse nomes de ninguém no artigo – porque na realidade, também não iria conseguir mencionar esta legião e porque a larga maioria não percebe português. Além disso, posso não ter sido clara, mas quero reafirmar que sempre que falo para os fãs, não estou a falar para X ou Y, estou a falar para todos no geral que partilham da opinião que estou a criticar. Se não te enquadras nesse grupo, tudo bem, também não disse que enquadravas.

        Não tenho a certeza, pois não fiz pesquisa sobre isto, mas penso que a última vez que o WHC foi main-event de um ppv foi quando o Undertaker e o Kane o andavam a disputar em 2010 e já isso foi o que foi. Tudo bem, mas já que os fãs gostam de opinar e dizer o que acham que está certo, também estou no meu direito, como fã de discordar. Nunca se colocou em causa que só a WWE é que pode mudar alguma coisa. E o que estava a dizer é que não se ajuda um título ao dizer que este não é bom suficiente para ME. Simplesmente coloca-se o título em ME e torna-se o mesmo importante. Tu não te queixas que tiras más notas, vais é trabalhar para as mudar, certo? A mentalidade que estou a tentar implementar é essa.

        E não é só em relação ao WHC, em relação às Divas é a mesma situação. Exacto, tens toda a razão. A WWE não dá razões para os fãs acreditarem. E o que é que se deve fazer quando se chega a esse ponto? Fazer promoções e promessas que podem não se cumprir, ou simplesmente parar com as brincadeiras e tornar as coisas realmente importantes? Sim, no primeiro ppv em que o WHC fosse main-event alguns poderiam rir-se e gozar, não levando a sério a acção, mas com o tempo e CONSISTÊNCIA das acções, as pessoas acabariam por levar a sério. Não foi isso que se passou com Ryback?

        Sim, provavelmente entendi-te mal também e lamento isso xD

        Se a WWE não mostra, não tens que o fazer. Mas não “venhas” (não estou a falar para ti, mas sim para os fãs em questão) dar ideias ou apoiar decisões que tornam as coisas piores. Lembraste quando discutimos a situação do The Rock e tu disseste (e eu concordei – ou ao contrário, não me lembro bem) que as pessoas queixam-se que a indústria está como está, mas depois querem ver o The Rock a campeão o que só irá atrasar a progressão da mesma. Então, aqui é exactamente a mesma coisa. As pessoas queixam-se que o WHC não tem valor, mas depois apoiam e as decisões que o tornam pior.

        Aim Daniel, eu já não sei nada XDDD eu já estou farta de dar voltas à cabeça e de tentar compreender o que se vai passar com este moço e não me aparece nada viável. Ao contrário de algumas semanas atrás, já acho que é uma péssima ideia esperar até depois da WM. Ele está “on fire” agora! Eles têm que o aproveitar agora! Eles não podem desperdiçar o aftermath desta vitória ao Cena, porque o fizerem, vencer o Cena passar a não ser nada de especial e a não ajudar ninguém! Mas depois, não consigo visualizá-lo na contenda pelo Título na RTWM29… Aim, eu já não percebo nada disto xDD

        Mas olha, estou contigo, espero mesmo que não gozem com ele, nem connosco.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Sim sim, eu sei que não me incluíste nesse saco, mas convém ser pôr os pontos nos “is” :D

        Yap, Kane vs Undertaker no Hell In A Cell 2010… Credo, dois anos sem o Título Mundial no main-event é muita fruta!

        Sem dúvidas de que primeiro estranha-se e depois entranha-se. Se o Título Mundial começasse a aparecer mais vezes no main-event, as pessoas iam acabar por se habituar. Claro que não pode ser agora, mas que tal se depois da WrestleMania, naqueles meses mais estagnados, o título voltasse à ribalta? É óbvio que para isso tem que ter um campeão credível, e não me parece que esse campeão seja o Big Show…

        Lembrei-me agora de outra razão para a desvalorização do Título Mundial: a falta de Brand-Split. Mesmo com o Campeão Mundial a aparecer na Raw e na SmackDown, a WWE consegue que o título não receba o devido destaque. E porquê? Porque na Raw é aquilo que se vê, e na SmackDown, que é, na teoria, a “casa” do Título Mundial, preferem destacar o que de mais importante acontece na Raw. Mesmo com o título no main-event da SmackDown, não dá para o valorizar, porque a própria SmackDown está nas ruas da amargura em termos de relevância.

        Claro! Não podemos critica determinadas situações e depois apioar decisões que contribuam para que essas situações continuem a ocorrer! “A WWE está uma porcaria. Não há nenhum Shawn Michaels ou Undertaker, nem ninguém que se aproxime”. Pudera! Queixam-se mas depois vibram com o The Rock! Se eu acho piada às promos dele? Epá, admito que sim, mas é suposto a WWE estar acima de qualquer lutador. E quem diz o The Rock, diz o Brock Lesnar e até o Triple H… Goste-se ou não dele, e neste caso, há poucos de quem eu goste mais, o Triple H não devia lutar na próxima WrestleMania. E mesmo o Undertaker tenho dúvidas, mas pelo menos esse ainda tem uma história para contar nessa altura do ano.

        Eu continuo a achar que devia ser depois da WrestleMania. É verdade que ele agora está com o “momentum” todo, mas quem nos garante que na altura também não estará? Basta, para tal, que a WWE tenha ideias e que não o façam perder-se. Tudo bem que com Rock e companhia é difícil, mas eu acredito que o Ziggler continue a dar um ar da sua graça.

      • Salgado - há 4 anos

        ahaha e fazes bem! Aliás, sempre que algum de vocês não percer ou entender mal algo que diga, por favor, esclareçam logo. Prefiro que façam isso e as coisas fiquem esclarecidas, do que ficarmos todos a viver sob um mal entendido!

        Foi no HIAC? Pensava que tinha sido mais tarde… Eu já não me lembro muito de 2010, não gostei nada desse ano.

        Ah, pois, mas disso podes ter a certeza que não era o Big Show a pessoa certa para fazer isso. Mas lá está, tu não podes adaptar as coisas dependendo das pessoas. É a consistência que faz sucesso, não é mudar as regras sempre que te apetecer só porque não gostas do campeão.

        Sim, mas isso já tinha sido discutido na altura em que a mesma deixou de acontecer. Tens toda a razão. O fim da Brad Split é uma péssima ideia a todos os níveis.

        Olha lá, as pessoas também estão a exagerar. Lá porque achamos que é má ideia ele ser campeão e lá porque preferimos que a geração de agora seja valorizada, tal não significa que não gostemos dele. Eu gosto do The Rock, mas não acho, de forma alguma que ele deva ser campeão. Não me deixo influenciar por isso. Ai, olha nisso, mantenho exactamente a mesma opinião que tive assim que terminou o combate da Streak na WM28: nenhum dos dois devia lutar outra vez. ACABOU! Para o HHH e para o Undertaker… Mas aquele depois teve que se ir meter no ringue com o Lesnar no Summerslam…. Que tristeza…

        Oh Daniel, mas e depois da Wrestlemania, depois da RTWM, quem é que vai querer saber ou sequer lembrar-se do que se passou no TLC? Estou a falar dos grandes números. Achas que vai ser um número significante de pessoas a lembrar-se e a dar valor a isto? Ou o apoias agora, ou desperdiças mais uma oportunidade. Achas que o Ziggler está em posição para ser desperdiçado mais uma vez? Epa, ele venceu o Cena! O JOHN CENA! NO MAIN EVENT! DE UM PAY-PER-VIEW!!!! Não podem, por nada deste mundo, desperdiçar isto! Senão, como é que usas o Cena para ajudar mais pessoas? Se ao Ziggler não ajuda, vai ajudar quem?

        Claro que o Ziggler, durante a RTWM, se vai manter relevante. Mas irá manter o ímpeto que tem agora se não aproveitarem isto? Claro que não!

      • danielLP21 - há 4 anos

        Sim, foi no Hell In A Cell, no segundo combate dos três que eles tiveram nessa ano em PPV’s. No terceiro já não foram o main-event, no Bragging Rights.

        Oh claro, mas não me posso cingir apenas à racionalidade. Como fã, não gosto de ver o Big Show no main-event. Não é por gostar ou deixar de gostar dele, simplesmente acho que estão lá outros para preencher o lugar dele.

        Sem dúvidas! Apesar de tudo, continuo a gostar do The Rock. Mas, para ser sincero, quando o via apenas em vídeos ( não é que agora o veja muitas vezes a aparecer mas pronto) gostava muito mais dele. Sei lá, desde que ele “regressou” parece-me sempre um bocado gasto e com os mesmo discursos. Tem piada, mas não tanta como tinha há 10/12 anos.

        Mesmo! O Undertaker e o Triple H deviam ter acabado este ano na WrestleMania… Mas já que Triple H já lutou depois disso e já garantiu que ainda vamos voltar a ver o Undertaker a lutar, olha, que aproveitem! Eu continuarei aqui a aplaudir estes senhores, mesmo que não concorde que eles ainda lutem.

        Salgado! Desde quando é que uma vitória sobre o John Cena interessa para alguma coisa?!! O homem ri-se! Eu já nem dou importância aos combates dele, ganha ou perca a reacção é a mesma, e isso faz com que para os adversários aconteça o mesmo. Se perderem com o Cena, é normal uma vez que ele é a cara da empresa; se vencerem, whatever, ele não se importa, por isso para quê festejar uma vitória quando o adversário se ri mesmo quando perde?

        Lá está! O problema é mesmo esse: o Cena não está a ajudar ninguém! Não por culpa dele, mas da WWE. Por isso olha, já nem me importo muito com os combates dele. Se for preciso, o Cena venceo Ziggler daqui a uns tempos e fica por cima, e ninguém se lembrará que o Ziggler o venceu no TLC.

        Depende: se a WWE continuar a inovar e a ter ideias “frescas” para ele, quem sabe se ele não estará, depois da ‘Mania, ainda mais pronto do que está agora? Talvez uma rivalidade com alguém de renome, mas não muitos faces disponíveis… E depois olha, que colocassem a mala dele em jogo na WrestleMania, ou então, e isto para mim era épico, podiam optar por este caminho: uma lesão em storyline para o Dolph, que ficaria fora da RTWM e do próprio evento ( essa era a parte negativa) e um regresso na noite a seguir à WrestleMania realizando o cash-in e levando público ao rubro… É uma ideia que eu já tive há algum tempo e que nunca vai ter pernas para andar. Simplesmente tenho algumas saudades de ver regressos de lutadores importantes que venham de lesões e não apenas de mid-carders. Para mim, seria épico! E se o campeão na altura fosse heel, melhor ainda… Sim, eu sei, isto é sonhar muito!

      • Salgado - há 4 anos

        Já não me lembrava ao certo.

        Sim, mas isso não é só no main-event, é em TUDO!! :)

        Eu gosto dele todos os dias em que ele não aparece na WWE :) Ok, estou a exagerar… Eu gosto dele. De todas as Lendas, ele nem é a pior. Mas, o que ele andou a fazer nos últimos dois anos da WWE foi completamente dispensável e a verdade é essa. Estou completamente de acordo contigo. Às vezes penso “é só isso que tens a dizer? ah, ok.”

        Ai não, não quero que aproveitem, nem quero que pensem nisso. Vamos fingir que o combate do Summerslam não aconteceu e voltem os dois para a reforma. Oh, aplaudir também aplaudo, mas é uma asneira completa.

        Daniel! Ah.. Pois, tens razão… Esqueci-me. Desculpa :P Ai eu festejo à mesma. A minha ingenuidade e inocência de fã não me deixa ser passiva relativamente a isso. Eu vou continuar a fazer a maior festa… Por isso é que depois apanho as maiores desilusões xDD

        Agora, não está! Mas PODIA! Sim, a culpa é deles. Mas ele venceu-o, na Raw. Eu disse isso na edição passada. Como o Cena já tinha vencido uma vez, provavelmente agora ganhava o Ziggler. É este o problema do booking de hoje em dia, eles tentam compensar as derrotas e depois continua tudo na mesma, porque fica tudo no mesmo pé de igualdade porque todas as derrotas que sofrem são compensadas… Só que com o Cena isso não faz sentido, porque é o Cena.

        Daniel, achas mesmo que ele vai estar melhor do que está agora, depois de toda a RTWM? Muito sinceramente, depois do que viste este ano e já com o conhecimento prévio do que aí vem, achas mesmo?

        E vamos supor que, um milagre acontece, e tu tens razão. Que ele vai estar preparado. O que é que este combate significou então? A que é que deu origem? Ao turn de AJ? Só isso? Portanto, o Cena perder em ppv não é prenúncio de nada? Só daqui a uns anos? Poooois…. Isso não está certo. Para que é que acendes o rastilho, se não planeias explodir já com a dinamite?

        Outra vez a mala em jogo? Ou seja, mais uma vez, mandas abaixo o que fizeste no TLC, porque a não ser que o Ziggler vá contra o Undertaker, HHH, Rock ou Lesnar, todos os potenciais adversários dele serão um downgrade quando comparados com o Cena. Tu não queres que o percurso do Ziggler seja aos altos e baixos, queres que seja uma ascensão.

        Como uma lesão em storyline, corrias o risco dos fãs se esquecerem dele mais depressa. Ele ainda não é um main-eventer, e ainda não é nada comparado ao Brock, Cena, Taker e HHH… Se tiras a hipótese dele lutar da equação, os fãs desligam dele e pronto. Não acredito que resulte. Com um aspirante a main-eventer, não acredito. As reacções do público, relativamente a Ziggler, tem sido boas, mas fáceis de mandar a baixo. Elas têm surgido e desaparecido várias vezes ao longo dos últimos anos, achas mesmo que deves arriscar ao “lesioná-lo”?

        A questão é que o Ziggler ainda não é IMPORTANTE! Ele é um aspirante a main-eventer. Ele não é o Edge ou o Cena. Para ti seria, para mim também, mas para a maioria não acredito muito… You have to strike while the iron is hot. Tão simples quanto isso. Ele está bem agora, é agora que têm de apostar nele.

  3. Tibraco - há 4 anos

    Assim, meio resumidamente, concordo com as tuas análises, embora continue a achar que o combate dos The Shield está a ser sobrevalorizado. Eu gostei do combate, tiveram todos excelentes mas, convenhamos, a estipulação ajudou muito. É sempre mais fácil dar show quando se tem escadotes e mesas em seu redor xD Fico à espera para ver se conseguem ser tão interessantes em combates one vs one.

    O Main Event foi muito bom, devias mesmo ter expetativas altas para ficares um bocadinho desiludida xD A WWE tomou a decisão correta e não considero que o sorriso do Cena desvalorize o Ziggler. Quanto muito fá-lo fazer figura de tolo. A sério, esta mania que ele tem de “levar tudo na desportiva” está a torná-lo tão maniaco como a AJ.

    Eish Marta, mesmo sério que gostavas de ter o Ziggler a face? Acho que, neste momento, seria trágico para o seu futuro. Bem sei que é dificil fazer-te mudar de opinião mas vou tentar, ok? xD

    O Ziggler tem uma legião de fãs conquistadas enquanto heel. Ninguém sabe se com um face turn ele continuaria a ter este apoio todo do público. Depois, nem sempre as reacções dos fãs podem ter como consequência o lutador X ou Y fazer um turn. Se fosse assim o Cena já se teria tornado heel. Acho que cada caso é um caso, mas não me parece que a WWE tenha que ir atrás das reacções do público.

    Antes de se tornar face, o Ziggler tem que ter um reinado forte como heel. Toda a sua construção para ele chegar ao titulo está a ser como heel e não vejo grande mais valia em fazer a mudança agora. O Ziggler, quer queiramos quer não, ainda não está consolidado como uma estrela de topo e fazer o turn agora seria o pior que lhe podia acontecer.

    P.S. Feliz Natal e que tenhas todas as prendinhas que pediste ao Pai Natal :)

    • Salgado - há 4 anos

      Sinceramente, acho exactamente o contrário. Acho que com a estipulação que tinham e com o facto de serem 6 lutadores, era demasiado fácil aquilo ter-se tornado numa brawl sem sentido, apenas com uma lista de high spots sucessivos para executar. É mais fácil dar show assim porque tens os high spots e a maioria dos fãs, assim que os vê, diz logo é que o melhor combate do ano. Dificil é contar uma história e manter as personagens e isso foi o que eles fizeram. Eu não estava à espera que conseguissem, de todo.

      Sim, para nós, o Cena passa a ser um tolinho. Para os mais ingénuos e susceptíveis, não sei, não.

      Tiago, não é uma questão de gostar ou não. A questão é que os fãs estão há meses a implorar para que ele seja face e para que possam torcer por ele. A altura certa para o virar já passou, perderam esse comboio, mas ainda têm um pouco dela se quiserem aproveitar. Não é assim tão díficil mudar a minha opinião quando pensas :P

      Porque é que não continuaria a ter este apoio? Lembraste que em Junho/Julho, os fãs literalmente imploraram – através de cânticos – para este se separar de Swagger? Os fãs estavam, claramente, do lado dele. Mesmo quando Vickie Guerrero o ajudava. O heat da Vickie não foi sucificiente para abalar a popularidade do Ziggler. Se essa não é altura certa, ou o sinal certo, para mudar alguém para face, então qual é? Quando as personagens heel já não têm qualquer credibilidade e estão, literalmente, num beco sem saída? Quando é que tu mudas uma pessoa para face, quando é popular, ou quando não tens mais nada a fazer? No fundo, penso que a situação do Ziggler se resuma a isso.

      Claro que não tem de ir atrás sempre. O que uma multidão em particular faz, não quer dizer que as próximas cinco façam também. Mas a popularidade do Ziggler não foi “one time deal only”. Aconteceu várias vezes desde 2010 e com mais incidência e notoriedade no Verão de 2012.

      Sinceramente, não acredito que o Ziggler consiga ter esse reinado forte como heel. Não acho que ele tenha carisma ou mic skills boas o suficiente para fazer com que os fãs o odeiem quando eles estão claramente do lado dele.

      Discordo a 100%. O Ziggler não está consolidado como estrela de topo – facto -, mas quem é que o pode ajudar a consolidar-se? Os fãs. Os fãs, neste momento, estão do lado dele fervorosamente. O que é que achas que é melhor? Contrariar a vontade dos fãs e correr o risco de perder o apoio deles de vez, como tem vindo a acontecer várias vezes ao longo dos últimos anos neste caso, ou simplesmente apostar nele à força toda na forma que os fãs querem e, de forma inteligente, tornar todas as histórias em que o Ziggler participa num sucesso?

      O mais dífícil de um face é reunir fãs. O Ziggler já conseguiu o mais dificil, porquê aliená-los novamente?

      Muito obrigado e igualmente :)

      • danielLP21 - há 4 anos

        Em relação ao face-turn do Ziggler, lembro apenas que em 1999 o The Rock virou face porque os fãs estavam do lado dele. Enquanto foi heel e esteve na empresa a tempo inteiro, o Rocky nunca foi odiado. A percentagem de pessoas que o vaiavam era muito reduzida em comparação com aqueles que o apoiavam. Ele ra um heel adorado mesmo estando em rivalidades com o Steve Austin. “Foram os fãs que o viraram face”, palavras da Salgado. No caso do Dolph, podia ser o mesmo, bastava a WWE querer.

      • Salgado - há 4 anos

        Nunca foi odiado? Nem mesmo quando estava com a Corporation, Daniel? Quando levou à vitória de Mick Foley pelo Título? Como é natural, não tenho grandes certezas em relação a isto, mas acho que isso não é bem assim. Acho que melhor exemplo que isso é o combate de Austin e de Bret Hart na WM13. No início do combate, o Austin era o heel e o Bret o face, no fim do mesmo os papéis tinham-se invertido por vontade dos fãs e assim continuaram.

        É que se a WWE não o fizer, e for contra a vontade dos fãs, temo que seja mais uma oportunidade perdida para Ziggler aproveitar todo o potencial da sua popularidade. No verão, eles tiveram a oportunidade perfeita e desperdiçaram-na. A wuantas oportunidades desperdiçadas irá a carreira de Ziggler sobreviver? É disto que eu tenho medo!

      • danielLP21 - há 4 anos

        Só mesmo no início da Corporation, até porque, se vires bem, ele na primeira WrestleMania em que lutou com o Stone Cold já era bastante apoiado. A única fase em que ele foi suficientemente odiado como top-heel foi quando a Corporation tramou constantemente o Mick Foley. E olha que mesmo agora, quando vejo vídeos dessa altura, fico com pena do Mankind. O homem interpertava mesmo bem aquele papel! Metia mesmo pena, parecia um boneco nas mãos do Vince… Eu acho que se tivesse vivido essa fase em termos de Wrestling, algumas lágrimas tinham corrido pela minha cara abaixo! Vá, estou a exagerar, mas que mete pena, mete.

        Já me dispersei mas pronto :D Sem dúvidas que a WWE não pode desperdiçar muitas oportunidades com o Dolph, até porque a concorrência ( saudável, claro) começa a apertar-se: Daniel Bryan, Wade Barrett, The Miz, Ryback, Damien Sandow, Cody Rhodes, Dean Ambrose, Seth Rollins, já para não falar do Sheamus… Além disso, ele vai ter que acabar por virar face, uma vez que issp acontece com quase todos os lutadores, e mais vale fazerem-no quando ele é apoiado do que depois quando já ninguém se importar muito com ele!

      • Salgado - há 4 anos

        Ah, mas foi odiado durante um ponto da sua carreira. Pronto, pelo que tinhas dito, entendi que ele nunca tinha sido de todo e nisso não acreditava muito. Aim, pois dava! Custava-me sempre vê-lo a ser tramado. Por isso é que, para muitos fãs da altura, o facto dele ter ganho o título foi o melhor momento para eles, como fãs. Se a mim, que não seguia naquela altura porque ainda achava piada a bonecas e cassettes da disney, me emocionou seguir alguns destes momentos, como não deve ter sido para os fãs da altura. Olha tu pode estar a exagerar, mas olha que acho quer era mesmo isso que me acontecia, muito sinceramente.

        Podes dispersar à vontade :)

        Tchiii, o roster está mesmo brutal! Agora começaste a enumerá-los, e o meu sorriso aumentava a cada nome que lia! Isto tem tanto potencial, mas tanto! E depois, eu tenho o problema horrível em que os quero apoiar todos ao mesmo tempo e quero que todos tenham todas as oportunidades… Aim, isto é horrível :)

        Exactamente!

      • danielLP21 - há 4 anos

        Sim ,foi. Eu é que estava a exagerar um pouco. Era só para tentar explicar o meu ponto de vista :D

        Eu estava a fazer-me de forte, se calhar também chorava! Se chorei quando o Edge se reformou e se me emocionei no fim do combate “End Of An Era” (chorar e emocionar não é a mesma coisa xDD), podia muito bem, no mínimo, emocionar-me com o Mankind naquela altura.

        O problema é que nós queremos que eles sejam todos apioados e nenhum deles é! xD Vá, também não é assim, mas podia haver muitos mais a serem apoiados. Há mesmo muitoi por onde escolher, e continuamos a ver o Great Khali e o David Otunga no ringue!

      • Salgado - há 4 anos

        Não há problema nenhum com isso :D

        Não precisas de me distinguir chorar/emocionar :) Eu sou a pior pessoa do mundo para criticar ou fazer pouco de alguém que se emociona com Wrestling, porque sou definitivamente pior que tu! Nem vale a pena estares preocupado xDD A reforma do Edge, a reforma do HBK, o combate da Streak na WM28, os Hall of Fame… tchiii, é melhor ficar por aqui, senão a minha auto estima vai mesmo pelo cano xDDD

        Eu já cheguei à conclusão que sofro demasiado com isto. Não compensa! xDD

        Podes crer! Com tanto talento, fico parva com a forma como Otunga e Khali ainda aparecem em televisão! Já não sei se foi neste episódio, ou se foi noutro atrás, mas lembro-me que o Otunga e o Khali combateram na Raw e eu fiquei pasmada a olhar, porque já não me lembrava da última vez que os tinha visto e achei ridiculo ter de os rever de todo!

      • danielLP21 - há 4 anos

        Claro que foi na última… O que contribuiu ainda mais para o episódio fantástico que a WWE nos proporcionou ;)

      • Salgado - há 4 anos

        ah pois claro, está tudo explicado :)

      • Tibraco - há 4 anos

        Eu não consigo concordar com essa teoria do face turn xD Até parece mal estarmos a “discutir” quando temos o Natal à porta xD Vá, mais uma tentativa (a)

        Tu dizes que “os fãs estão há meses a implorar para que ele seja face…” e eu não acho que isso seja algo tão evidente. Claro que ele tem o apoio do público mas isso acabará por ter sempre, pois as suas qualidades em ringue levam a que tal aconteça. Claro que se ele fosse fantástico no micro, tipo um Jericho ou um Punk, conseguiria alterar essa situação, mas como não é, dificilmente alguma vez será extremamente odiado.

        Uma vez que tem o apoio do público significa que terá que ser SEMPRE face? Eu acho que não. Repara que eu não defendo que no futuro, dentro de 1 ou 2 anos, ele não faça o turn. Aliás, talvez vá ser como face que ele consiga a sua afirmação definitiva. O que eu digo é que NESTE MOMENTO não seria boa ideia.

        Compreendo quando dizes que é estranho um heel ter tanto apoio. Sim, é verdade que estraga um bocado a lógica do “apupar o heel e apoiar o face”. A questão é que essa lógica, cada vez mais, vai deixando de fazer sentido. Repara que muitos dos membros desta “comunidade WPT” prefere os heel’s. O tal Frederico_WWE se fosse a um show até vénias faria ao Punk. E no entanto ele é o top heel. A mesma situação se aplica ao Cena. Há um ano ele era extremamente vaiado e não fez o turn. Sinceramente acho que a WWE está a fazer o correto em manter, por enquanto, o Ziggler como heel.

        Olha, em relação ao teu próximo artigo gostaria de fazer uma sugestão. Sei que não é bem o teu estilo, mas que tal uma espécie de “previsoes e desejos para 2013”? Pessoalmente era algo que eu gostaria de ler :) fica a dica :)

      • Salgado - há 4 anos

        Tiagooo, não estamos a discutir! Estamos a ter uma divergência de opiniões extremamente saudável :)

        ahahaha, adoro! Vamos a mais uma tentativa :)

        Ai não? Então, depois de ter sido meio “squashado” pelo Sheamus todas as semanas, pelo menos durante ai umas cinco ou seis, o que é que tu chamas a mesmo assim conseguir ter as arenas a chamar por ele e a delirarem quando este substituiu Del Rio no NWO? Atenção, pelo que a WWE tinha feito, Ziggler era a última pessoa no roster que tinha credibilidade para desafiar o Sheamus. E o que é que os fãs fizeram? Tornaram-no credível. Fizeram outros tantos acreditar, por meros segundos, que ele estava em pé de igualdade com o Sheamus e que podia vencer. O que é que chamas a isso?

        EXACTAMENTE! Com as mic skills que tem agora, ele nunca conseguirá ser extremamente odiado, logo mesmo que tivesse uma temporada como heel, ele nunca conseguiria ser mais do que foi até agora! Se ele já conseguiu o mais díficil que é ter os fãs do seu lado, então que aproveite e vire face! Ele já o é para a maioria dos fãs! É apenas uma questão de ajuste de histórias e clarificação, porque ele nem precisa de mudar muito a personagem.

        Claro que não. Mas tens que deixar as coisas evoluir de forma orgânica. No Wrestling, tu não dizes que um lutador vai ser face durante X tempo e depois mudar para heel.. Tu fazes experiências, tentativas e vês como é que os fãs recebem o que acontece… Deixas as coisas evoluir por si. Ninguém mantem a mesma personagem para sempre (ok, vá o Cena não conta xDDD). Há sempre evoluções, mudanças, por mais leves que sejam e a maioria dessas tu não as consegues controlar. A questão de virar agora o Ziggler a face, não quer dizer que ele vá ser assim até se reformas, apenas é o melhor para ele de momento, para que se consolide finalmente no main-event.

        Mas quem te diz a ti, que daqui a um ou dois anos, a situação será tão propícia quanto agora? Diz-me tu, quando é que achas entao que um lutador deve virar face? Senão é quando toda a gente está do seu lado, é quando?

        Tiago, tudo bem, os “smark fans” gostam mais dos heels. É um facto. Mas, há aqueles heels espectaculares que conseguem fazer com que até os smark fans os odeiem. Exemplo: Chris Jericho. A questão é que vai haver sempre um nicho de fãs que será sempre do contra. Não do contra, no sentido negativo, mas do contra no sentido de que irá sempre remar contra a corrente e irá sempre fazer o contrário. Esses fãs, esse pequeno nicho, nunca irá conseguir controlar. É como o atrito em física, é desprezável. Não porque não interessem, mas porque são tão leais a um tipo de pessoas, que não vale a pena tentar mudar isso. É perda de tempo.

        Eu gosto que me dêem dicas e ideias para o OF e agradeço-te sinceramente a ideia. Vou considerar a ideia e tentar ver o que consigo fazer com isso. Tens razão, não é o meu estilo, nunca fiz algo do género estendido a um artigo, além dos pequenos bitaites que vou mandando no OF – por isso, também receio que não tenhas muitas “novidades”. Mas, vou tentar :) Se ficar satisfeita com o resultado, terás o teu desejo concretizado e tens assim a minha prenda de natal para ti :)

      • Tibraco - há 4 anos

        Já alguém te disse que tens um excelente poder de argumentação? LOL é assim, eu continuo a achar que fazer o turn agora seria prejudicial à sua afirmação , mas o que estás a dizer faz sentido. De qualquer maneira não me dou por vencido xD Mais uma , então :P

        O Ziggler ser humilhado pelo Sheamus, o Ziggler ter a sua mala em jogo contra o Cena, o Ziggler ter sofrido derrotas para (quase) toda a gente em determinada altura deste ano… Todas estas situações foram injustas, certo? Sendo assim é normal que o público fique do lado dele quando isso acontece. Faz parte do Ser Humano, estar contra as injustiças. Quem tem a culpa nisso é a WWE que coloca um heel a ser injustiçado.

        “Quando é que um lutador deve virar face?” Epá essa é uma excelente pergunta. Sempre achei mais dificil passar de heel para face do que vice versa. Sinceramente não acho que haja uma resposta à tua pergunta. Lá está, cada casa é um caso. Não sabemos se daqui a um ou dois anos será a altura ideal para o turn, claro, mas AGORA também não me parece que seja. Pensa assim, ele fez todo este caminho até ao topo como heel. Esta quase quase a lá chegar. E antes de ter o titulo ficava face? O “ciclo de heel” dele precisa de um reinado como campeão. Diz lá que não gostavas de ver como ele se safava, como heel, com o titulo?

        Os teus artigos são sempre muito profundos xD Este que eu sugeri é assim uma versão mais descontraída xD Como a WWE entrou no “modo férias” e não tem acontecido nada relevante, talvez fosse engraçado dares asas à tua imaginação xD Do género, quem achas que vai conseguir subir na empresa, quem achas que vai acabar por perder fulgor… Esse tipo de coisas xD

        Bem Marta, seria a minha prenda de Natal favorita xD Então, mas caso isso aconteça eu também tenho que te dar uma xD

      • Salgado - há 4 anos

        Não :( A mim dizem-me simplesmente que sou teimosa xDD Mas a sério, neste caso, acho mesmo o contrário do que tu achas, o que é engraçado! Acho muito bem que não te dês por vencido, se acreditas mesmo nisso, não há razão para desistir :) Então vamos a mais uma! :P

        Não! É normal que fiquem do lado dele se ele for face. Se ele for heel e as pessoas estiverem do lado dele, é porque ou ele, ou a WWE está a construí-lo mal. Qual é a definição de heel e qual é a definição de face? Um é o vilão, batoteiro que nunca está certo, o outro é o bom da fita, honesto e respeitador. Se estás do lado do heel, e se a WWE te dá razões para estar do lado do heel, então ele não é um heel!! Ou então, é um heel mal construído e pouco convincente.

        Faz sentido o que estás a dizer, relativamente a ser mais lógico ele ser campeão como heel. CONTUDO, os fãs representam condicionantes que irão alterar – inevitavelmente – o percurso de uma história e das personagens. Tu nunca vais conseguir definir tudo e planear tudo ao último detalhe. Olha para a WM28! A WWE não estava à espera da revolta que surgiur após o Bryan ser squashado. Há coisa que não planeias e precisas das seguir, senão estás a matá-las. Olha o que fizeram ao Zack Ryder. Alguma vez ele tem o apoio que tinha o ano passado, por esta altura? Nem de sonhos. Eles mataram isso.. Também, teoricamente, não fazia sentido a Vickie separar-se do Ziggler antes dele ser campeão, e provavelmente era mesmo isso que estava planeado, contudo, isso começou a prejudicá-lo, logo tiveram que os separar.

        Nunca vais conseguir escrever e ditar uma história, esperando que corra às mil maravilhas. Os fãs vão influenciar a mesma e vão mudá-la. Se desencorajares isso, os fãs desmotivam-se e deixam de ter razão para se investirem emocionalmente nas histórias e nos lutadores. É por isso que as reacções que o Ziggler tem recebido nos últimos anos não tem sido permanente e consistente.Tem fases em que ocorre e outras que não… E isso prejudica os lutadores. Porque é que achas que a WWE tem trazido imensos lutadores do NXT, recentemente?

        Porque alguns lutadores do roster actual já foram tão danificados e estão tão mal aos olhos dos fãs, que a WWE prefere fazer reset e agarrar noutros, do que ter o dobro do trabalho a concertar aquilo que estragaram. E eu tenho medo que com estes push, de-push, apoio dos fãs, vai-se o apoio dos fãs… Blá, bla… o Ziggler fique, tal como o Del Rio, preso num ciclo vicioso que já ninguém leva a sério. Ele está perigosamente perto de que isso aconteça. Se ele tem o apoio dos fãs, agora, ele precisa que aproveitem esta oportunidade.

        “Os teus artigos são sempre muito profundos xD” Isso é alguma indirecta? Should I be worried? xDDD Ok, ok eu percebi e estou a brincar! Ohmmm, que simpático :) Ah, está certo, está certo, fico à espera então :)

      • Tibraco - há 4 anos

        Bem, então estamos de acordo que a WWE tem errado na construção do Ziggler , certo? xD

        Em relação ao teu último comentário , concordo com o que disseste. Os fãs têm “voto na matéria”, isso é uma evidência. O tal caso do Bryan é a prova disso mesmo.

        LOL, mas são mesmo. Tu pegas num assunto e esmiúças até não dar mais xD E és excelente nisso. Se quisesses seguir carreira como jornalista, acho que tinhas futuro xD Mas gostava de ver se também tens jeito para adivinhar xD Aposto que ias ter montes de comentários com pessoas a darem os seus palpites :) Pronto, não faço mais chantagem emocional para escreveres o artigo que eu quero (A)

      • Salgado - há 4 anos

        Claro que sim.. Deviam tê-lo posto a face e apostado nele a sério logo em Junho/Julho, que foi quando ele estava no pico da sua popularidade. Portanto… Estás a desistir ? :P Estou a brincar!!

        Vamos ver o que é que a WWE faz com esta história toda.

        Se tenho jeito para adivinhar?! :O Grande lata! Mas tens dúvidas? Quem é que disse que no TLC a AJ ia fazer qualquer coisa para por término à sua relação com John Cena? Quem é que disse que o Ziggler ia ganhar? Ahhh, e não é para me gabar, mas em 2009, 2010 e 2011 acertei em todos os vencedores do Royal Rumble :)
        ahahah grande lata mesmo xDD

        Bem, mas que grande chantagista que tu me saíste… Portanto, segundo a tua lógica, agora até ganhava mais comentários assim? Mas eu já fico com tantos só de “discutir” contigo e com o Daniel :P

      • Tibraco - há 4 anos

        Não! Mas se continuarmos a teimar, chega 2013 e ainda estamos a debater se o Ziggler devia fazer o turn xD vá, aceitas um empate? xD

        Eish, essa da AJ era dificílima :O ahahah Toda a gente falava nisso xD Já vi que a tua especialidade é adivinhares os vencedores dos RR’s :P Aliás, já fizeste o teu palpite para 2013 e tudo! Agora até vou voltar à minha teoria que vence o Orton só para te contrariar xD

        É verdade que tens muitos comentários porque debates comigo, com o Daniel e com o José. Mas, chantagens à parte, se optasses por um artigo desse género ias ter muito pessoal aí a mandar o seu bitaite. Toda a gente gosta de fazer previsões, ainda mais nesta altura do ano. É uma questão de Marketing Marta, tens que saber vender o teu produto ahahah xD olha que de Marketing entendo eu ! unf

      • Salgado - há 4 anos

        Ehm… Não sei… Hm… Pode ser :)

        :O coitado! Eram a minha especialidade, e estaria numa “streak” de invencibilidade se aquela cenoura ambulante (Sheamus) não me tivesse trocado as voltas xD Eu tinha apostado no Jericho! Sim, para este Rumble – até agora – aposto no Ryback, mas quando quando se aproximar a data afirmo com certeza absoluta. Em 2011, até ao dia do Rumble apostava no HHH, mas depois vinte minutos antes da meia noite fui mudar a minha aposta na League para Del Rio, que era a minha segunda escolha xDD Por isso, até ao dia do Rumble tudo pode mudar!

        Agora estás-me a dar dicas de Marketing? Ainda bem, agora já sei a quem devo recorrer no futuro se precisar de conselhos nessa área!

      • Tibraco - há 4 anos

        LOOOOOOL Streak de invencibilidade? xD És o Undertaker das apostas no vencedor do Rumble? xD agora fizeste-me rir xD

        Mesmo sério que mudaste de opinião 20 minutos antes da meia noite? :| LOOOL o que te levou a isso? xD

        Bem , eu acho que vou deixar de ver o Royal Rumble! Passo por aqui no domingo e tu dizes-me logo quem vence :P Escuso de andar com sono no dia a seguir xD

        LOOL, quando eu acabar o curso logo me sinto no direito de dar conselhos xD foi só uma sugestão. Quer dizer, também não sei até que ponto tens interesse em ter muitos comentários. O José tem um bom truque para os conseguir. Umas duas perguntas no final e chovem logo comentários! xD Mas, com ou sem perguntas, e sem desprimor por ninguém, o melhor espaço de opinião do site é mesmo o teu (A)

      • Salgado - há 4 anos

        Sou pois! Mas há dúvidas?! xDDD Estou a brincar, obviamente! :)

        Eu passei o dia todo indecisa entre o HHH e o Del Rio e quando apostei, a meio da tarde, tinha posto HHH mais por vontade do ver regressar, do que por acreditar que ele ia mesmo fazê-lo. Como a League fechava à meia-noite, 10 ou 20 minutos antes, ganhei juízo e fui votar em que achava que ia ganhar e não quem em queria que o fizesse. Mudei para a minh outra escolha, Del Rio e acertei :)

        Ah, na boa :) Eu nesse domingo digo-te e depois escusas de vir xD Não vale é reclamar depois, se por acaso, me enganar! Mas não te preocupes, isso não vai acontecer :P

        Ahahaha está certo! E estou aberta a sugestões, sempre que vierem com boas intenções :) O número de comentários afectava-me nas primeiras semanas de OF, dois anos depois posso dizer que já não me diz nada. Neste momento, vejo os comentários no OF como uma oportunidade para apenas conversar sobre isto. Se são muito ou poucos, é indiferente. Se fores bem a ver, agora vamos nos 60 e tal comentários, mas que valor é que isso tem se metade ou mais desses 60 são meus? Não diz nada sobre o meu trabalho ou a sua qualidade. É certo que não tenho sempre disponibilidade para conseguir estar aqui a falar, e não tive durante muito tempo, mas vou fazendo o que posso.

        Obrigado pelo elogio, Tiago. Nunca irei mesmo conseguir expressar o suficiente o orgulho que sinto sempre que algum de vocês elogia o OF. É um projecto ao qual já ganhei imenso carinho e fic mesmo contente por as pessoas ainda estarem a gostar :)

      • Tibraco - há 4 anos

        Ora essa, quem tem que agradecer são os visitantes do site xD

        Depois passo cá no Domingo para receber a minha prenda de Natal (isto é, ler o artigo das previsões para 2013 xD ) Até lá então :)

      • Salgado - há 4 anos

        Até lá :)

      • Miguel - há 4 anos

        Sinceramente eu nunca gostei do Punk por isso não o apoio sendo ele heel ou face.

        Mas mesmo assim era um risco por o Ziggler face mas como gosto dele não passaria a odiá-lo caso não fosse bem sucedido.

        O Frederico tens razão…

        E espero mesmo que o Rocky vença o Punk.

      • José Sousa - há 4 anos

        Não fui não. Tudo o que dissemos neste site é enviado para o nosso cérebro por um iluminado xD.

        Sem gozar sim eu lembro-me era claro como água na minha cabeça que isso ia acontecer, mal colocaram esta estipulação. Se bem te recordas e disse isso na Segunda eu e a Salgado tinhamos razão sobre os The Shield e sobre o Ambrose e ainda bem que não falhamos.

      • José Sousa - há 4 anos

        Ah mas modéstia á parte até são debates interessantes temos que admitir Tiago.Eu sempre assumi que a razão que me fazia vir ao site antes de escrever aqui eram os artigos dela por isso. Se os debates ao Domingo são só a quatro não me importo nada.

      • Salgado - há 4 anos

        Obrigado, José :) Mesmo!

      • José Sousa - há 4 anos

        Não tens que agradeçer o que me motiva enquanto colaborador deste site é debates saudáveis, onde troco opiniões algumas concordo e outras discordo. E contigo consegue-se ter isso é verdade;)

      • Tibraco - há 4 anos

        Claro que sim. Tu tens ideias muito válidas, que eu meu lembre foste das primeiras pessoas a sugerir a traição da AJ xD Tenho que começar a comentar mais no teu Smoke and Mirrors xD

  4. Gman - há 4 anos

    Salgado, entendo o que diz sobre o sorriso, mas pense, você esta lutando por algo, e alguém trama pra você perder, pois só assim Cena perde, só lhe resta dar aquele sorriso, não de alegria mas sim de incredulidade, pois perdeu por ser tramado!
    Acredito que uma vitória em cima do Cea seja muito simbólica, pois normalmente quem esta contra ele provavelmente não ganhara por suas forças!
    Bom artigo, leitura leve e muito boa, abraços e Feliz Natal!

    • Salgado - há 4 anos

      Aquilo não foi de increduelidade. Aquilo foi de condescendência. Ele não me pareceu minimamente afectado pelo que o que aconteceu. Epa, se ele não sabe sorrir como deve ser, faça de morto! :)

      Obrigado e feliz natal para ti também :)

      • Gman - há 4 anos

        Entendi tua percepção e compreendo seu ponto mas fiquei com a sensação de mesmo um sorriso de desgosto!

        Espero muitas rabanadas na ceia!

  5. Miguel - há 4 anos

    Ele pode ter sorrido também para se controlar mas claro que não foi.

    Parece que ele não está nem aí com o que lhe aconteceu.

  6. danielLP21 - há 4 anos

    Não sei! Não sei mesmo se ele vai estar melhor. Ele pode muito bem ir acumulando vitórias ou até derrotas que não o descridibilizem, ou qualquer coisa do género. Tudo depende do que a WWE tiver planeado para ele.

    Isso quer dizer que tu achas que o cash-in vai ser em breve? Caso contrário, sou eu que te pergunto: para que é que serviu este combate? Já sabemos que a WWE faz muitas coisas sem lhes dar continuação, e esta pode muito bem ser uma delas.

    “Portanto, o Cena perder em ppv não é prenúncio de nada? Só daqui a uns anos?”. Não percebi esta parte do teu comentário.

    Eu dei o exemplo da mala estar em jogo, mas podia não ser isso. Olha, não é a WWE que tem “bookers”? Então eles que se amanhem xD Desde que o Dolph tivesse destaque e não perdesse credibilidade, não vejo mal nenhum em continuar a adiar o cash-in. Dessa forma, até vai saber melhor. Vai crescendo água na nossa boca, e quando o grande momento chegar, zás! Tudo aos saltos e aos gritos :D

    Eu não acho que os fãs se esquecessem do Dolph. Não depois do que ele tem feito. Ele é mesmo muito apoiado. Não te esqueças que ele tem tido destaque desde a história com o Jericho ( sempre o Jericho…) e partir daí tem sido sempre a subir. Apesar de só agora estarmos a ver os frutos, é isso que acontece desde essa altura. Se pode subir mais sem realizar o cash-in? Só a WWE pode responder. Eu acredito que o Ziggler não seria esquecido, e lá está o teu pessimismo a atacar outra vez xDD Não és só tu que gostas dele! Os próprios fãs americanos estão com ele ( não nos podemos esquecer que são eles o núcleo duro do WWE Universe) e o Dolph até é dos que vende mais “merchandising”, se não for mesmo o que vende mais! Achas que seria esquecido assim de repente? Aliás, eu até acho que seria uma forma de o proteger. Pelo menos, não corria o risco de ser ofuscado pelos grandes nomes que aí vêm e de ver o seu trabalho a não ser reconhecido. E ainda tinha umas férias, o que é sempre conveniente, senão qualuqer dia parece o Punk e o Cena, que estão sempre todos partidos.

    Claro que esta ideia não se vai confirmar, por isso nem vale a pena pensar no assunto.

    • José Sousa - há 4 anos

      Sem dúvida o Ziggler é dos que mais T-Shirts vendem, eu admito que eu proprio queria a T-Shirt do Stealing off the Show and your Girlfriend. Eu tal como tu acho que o Ziggler está blindando nesta altura. Ou seja já nao tenho duvidas que a aposta vai ser séria e que nao falhar como main-eventer. Nisso concordo contigo Daniel e não tenho tantos receios quanto a Salgado nesse campo.

      Já agora aproveito para te desejar Bom Natal( até porque mereces), és dos comentadores com maior capacidade de análise e va lá porreiro;)

      • danielLP21 - há 4 anos

        Hahahaha então os comentadores com menor capacidade não merecem um Bom Natal? Estou a brincar! Obrigado, Feliz Natal para ti e para a tua família e que Deus vos abençoe, caso acreditem Nele. Se não acreditarem, paciência :D Desde que isso não seja motivo de discussão!

      • José Sousa - há 4 anos

        Todos merecem um Bom Natal ;) Mas sabes que existem pessoas que é normal que gostes de debater. Tu és dessas pessoas neste site é verdade. Existem mais. Os restantes eu desejei no artigo também:)

      • danielLP21 - há 4 anos

        Pois foi. Eu só não desejei mais cedo porque sabia que ia voltar a falar contigo antes do Natal.

    • Salgado - há 4 anos

      Pois, mas independentemente do que fizerem, esta oportunidade fica pelo caminho…

      Não sei, Daniel xDDD Eu já te disse que não percebo nada disto. Acho é que é ERRADO esperar demasiado tempo para o apoiar e desperdiçar tudo o que têm feito com ele desde o survivor series, especialmente a vitória contra Cena. Mas sim, de facto neste momento faz mais sentido ele fazer o cash-in o mais depressa possível. Não sei se vai acontecer, mas devia acontecer exactamente por causa do combate no TLC.

      Eu passo a explicar. Quando há semanas, ou meses, disse que Ziggler precisava de por a mala em jogo foi para que isso o valorizasse, relançasse e afirmasse como um adversário legítimo ao título, certo? Então, achas que Ziggler consegue provar ser adversário melhor através de outra forma que não vencer o Cena? Agora sim, ele provou ser uma ameaça, portanto agora que ele está credível é que devem fazer o cash-in! Esperar é deixar arrefecer este novo apoio dos fãs e este nova push ao ziggler. De acordo com as condições actuais, é o mais correcto, mas como é natural, temo as consequências disso mesmo.

      Ai, desculpa, enganei-me. Não quis dizer anos, quis dizer meses. Acho errado esperarem meses para aproveitarem o que fizeram agora com ele.

      Eles têm bookers, mas também tem o Vince e tantos outros a dar palpites xDD

      Mas, olh isso de ter a água na boca e assim, é o que eles têm feito com este combate. Estes têm estado a proceder bem e agora está na altura de capitalizar no assunto – no pun intended xDD Eu vou fazer uma festa e gritar de qualquer maneira, desde que ele se torne campeão xDD

      Expliquei-me mal novamente. Não é esquecer, propriamente dito, mas embora tenha fãs fiéis, os mesmos não têm motivos para investirem emocionalmente no Ziggler até a WWE o provar – que é o que tem feito. Ziggler está num processo de consolidação e precisa de manter os fãs que tem. Não pode arriscá-los, numa fase tão frágil da sua carreira. É muito cedo para pensarmos em histórias desse género. Ziggler precisa de, primeiro, se consolidar como main-eventer e só depois de ter os fãs bem seguros, não só os que estão consigo desde início, mas aqueles que precisa de conquistar também como main-eventer, é que se pode arriscar com manobras do género.

      Daniel, era foi super apoiado no verão. Contudo, depois de ter ganho a mala, tal arrefeceu, como tem arrefecido várias vezes ao longo dos últimos anos. É um facto. Não consegues garantir que isso não se vai repetir, portanto é melhor arriscares quando tens o terreno mais firme. Quando ele já for um main-eventer de provas dadas! Ele não está nem perto de um Edge em 2010 ou de um Cena em 2008.

      Destaque desde a história do Jericho? Quando? Quando perdeu para Randy Orton no Night of Champions, alguém que tem tido um ano horrível. Quando prometeu fazer o cash-in no HIAC e não fez? Ou quando tentava e alguém o impedia? O Ziggler tem sido só a subir no Survivor Series e depois, porque depois da história com o Jericho foi só descer.

      Daniel, claro que não sou só eu que gosto dele, não estou já farta de referir o apoio que ele tem tido? Nâo estou já farta de dizer que é devido a esse mesmo apoio dos americanos que ele deve virar face? Contudo, uma coisa é ele ter apoio suficiente para virar face, outra completamente diferente é ter poder suficiente para manter os fãs interessados nele quando está “de fora” em plena RTWM! Simplesmente não irão querer saber dele, com todo o star power que vai estar envolvido.

      Ziggler ainda não é um main-eventer! Ainda nem campeão pelo WHC ou pelo WWE title foi ainda. De forma credível, é certo. Esses fãs que agora gritam por ele, daqui a um mês estão a ir à loucura pelo The Rock e a perguntar pelo Undertaker e pelo Lesnar. Ziggler vai ser a última coisa nas suas cabeças, pelo menos nas cabeças da MAIORIA. E é a MAIORIA que conta! Se Ziggler “presente” no jogo já vai ter dificuldade em manter-se relevante, quando mais se estiver assumidamente “fora de jogo”.

      O que dizes é bastante bonito e eu certamente iria vibrar com isso, mas é demasiado cedo para tal. Ele ainda não está nessa posição. Ainda não chegou aí, ele está a trabalhar para aí chegar. E só depois de chegar a porto seguro é que podemos começar a pensar em arriscar. Tu quando eras pequeno, começaste por gatinhar, ou os teus pais ensinaram-te logo a correr? xDD

      O Ziggler não é o que vende mais. À frente dele está o Punk, o Cena e o Bryan, de certeza absoluta. E o Sheamus também deve estar nesse top, se está à frente do Ziggler ou não, não sei.

      Daniel, não falei em ser esquecido de repente, pois não? Contudo, num ambiente tão competitivo como a RTWM29, a pior coisa que estes talentos podem fazer é “estar fora de jogo”. Eles precisam de estar lá para lutar pelo spotlight. Precisam de estar a mostrar aos fãs que conseguem interagir no mesmo ambiente que as grandes Lendas. Que estão, ou podem vir a estar, em pé de igualdade com elas. A RTWM é a pior altura do ano para estar fora de jogo. Pode ser a morte do artista para o Ziggler fazer tal coisa.

      O Ziggler não subiu na consideração de muitos por ter conseguido manter-se relevante na Wrestlemania 28, mesmo no meio de tantas lendas? Porquê tirar-lhe a oportunidade do fazer outra vez?

      Os melhores do mundo são aqueles que se destacam nas condições mais improváveis e inóspitas. Naquelas em que ninguém dava um chavo por eles. É quando ninguém está à espera que eles têm o maior impacto. Tirar o Ziggler da RTWM, ou qualquer aspirante a main-eventer, nunca o iria ajudar. Só lhe iria trar a oportunidade de mostrar quão bom é e sabes porque é que é tão essencial fazê-lo nesta altura do ano? Porque todos os fãs, simpatizantes de wrestling do mundo interessam-se para saber pelo menos um pouco do que está acontecer nesta altura importante da indústria. Não há mais nenhuma fase no ano em que eles tenham mais olhos postos em si. O Ziggler, e os outros, estarão em frente à maior multidão da sua vida e precisam de maximizar os minutos e aproveitar a todas as pequeninas oportunidades ao máximo! Porque mais do que nunca, é aí que as coisas contam.

      Ele foi ofuscado na WM28? Quantos fãs não falam do enorme monkey flip que ele fez? do momento louco que ele proporcionou? É certo que a WWE não equilibra os pratos da balança no que toco a dar atenção e assim, mas é nestes ambientes que se vêem quem é que é especial! São aqueles que no meio de tantas estrelas ainda conseguem se relembrados que tu sabes, sem sombra de dúvida, que são especiais!

      É um ambiente injusto, é certo, mas é aí que se vê a paixão, garra e determinação destes lutadores. ´Pensas que todas as grandes lendas tiveram tudo entregue numa bandeja? Claro que não, também passaram por momentos de injustiça, mas foram grandes o suficiente para ultrapassar isso e o Ziggler TÊM que o ser também! Assim como o Sandow, Bryan, Rhodes, Barrett, Cesaro… O Wrestling é uma selva e o que manda é a Lei do mais forte!

      É a pior altura do ano para se perder, seja para que estrela for. Se é para serem vítimas de injustiças, então que o façam da forma mais impressionante e brilhante possível. Eles que deixem a sua marca! O Ziggler já o conseguiu uma vez e eu acredito que vai conseguir novamente. Tirar esta oportunidade a qualquer jovem talento é ainda uma maior injustiça do que ter o The Rock a ganhar o título da WWE, porque lhes estás a tirar a oportunidade de mostrar a todo o mundo que pode ser a próxima lenda. Isso sim, tirar essa oportunidade, é que é a verdadeira injustiça.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Pronto! Este teu comentário fez-me mudar de ideias! Eu bem que tento, mas contigo simplesmente não dá!

        Agora fora de brincadeiras, eu nem estava a pensar no facto de eles precisarem tanto da RTWM para provarem o que valem. Sem dúvidas que tens razão, mas eu só quero ver como é que a WWE vai fazer para que ele se faça notar. Não é só o Rock, o Lesnar, o Undertaker e o Triple H, tens também o CM Punk, o John Cena, o Sheamus e até o Randy Orton. Ao mesmo “nível” que ele, tens o Daniel Bryan ( afinal de contas, foi uma das revelações do ano e tem que ter o mínimo de destaque nesta altura do campeonato) e talvez o Wade Barrett.

      • Salgado - há 4 anos

        Oh, desculpa xDDDD

        Exacto! Eles têm que conseguir! Eles são bons, talentosos e determinados, eles vão conseguir. Eu confio neles :)

  7. Miguel - há 4 anos

    Nem acredito que vocês Daniel e Salgado tivessem querido que o Undertaker não lutasse mais na Wreslemania.

    Eu continuo a ver Wrestling mesmo por causa dele e de mais alguns.

    O Rock é que pode melhorar a WWE não é o CM Punk não

    • José Sousa - há 4 anos

      o Rock pode melhorar a WWE em que explica lá? Em teres reinados de 3 meses e depois bazas para voltar no proximo ano. Isso não ajuda, isso prende a empresa numa dependencia do Rock que não é nada saudável.

      • José Sousa - há 4 anos

        Ah já agora Bom Natal Miguel e para tua familia também:)

    • danielLP21 - há 4 anos

      Então por ti o Undertaker luta até morrer? Give me a break… Bem, obrigado por leres os nossos testamentos :D

      • José Sousa - há 4 anos

        Olha que é homenzinho. Estou a brincar. Claro que não pode lutar,aliás as pessoas ainda não perceberam que eu e sei que tu também não queremos o Rock campeão porque não beneficia em nada o produto a longo prazo. Aliás torna-o preso á imagem do Rock, porque ele é campeão agora e quando bazar as pessoas ficam á espera do próximo regresso em alt. Nisso o Jericho foi diferente ele agora quando volta é para valorizar os mais novos, enquanto o Rock volta para valorizar-se a si mesmo. Ele só valorizou um novo e foi o Bryan na Raw 1000, ai sim ele fez o que um veterano deve fazer.

      • Gman - há 4 anos

        Deve ser uma discussão interessante a de vocês, mas após um domingo festivo e em plena madrugada acho impossivel, amanha leio e comento, boas festas daniel, José e Miguel!

      • LionBro - há 4 anos

        Eu gostava que o Undertaker desse até à Wrestlemania 30!
        É um momento “histórico”, e acho um bom sitio para o seu último combate!
        Mas de facto, a condição física dele é muito complicada…

      • LionBro - há 4 anos

        Ah! Boas festas para todos!

      • danielLP21 - há 4 anos

        Boas festas Gman e LionBro :)

  8. Miguel - há 4 anos

    José acho que podia mostrar umas mic skills fortes fazendo o produto ser um pouco mais violento e talvez elevando um pouco o título mas isso é só esperança.

    Feliz Natal para ti e para a tua família também.

    Daniel por mim ele lutava até não dar mais hehehe eu vi-o lutar tantos anos que só dos rumores das lesões deles já ficava com medo que não lutasse mas pronto.

    Feliz Natal Daniel.

  9. David Villa "maravilla" - há 4 anos

    bom artigo! só nao concordo com uma coisa que passo a citar:

    O Dolph está muito bem a heel porque ao contrario do miz e do del rio ainda nao teve o seu ponto alto na carreira como heel! para quê mudar agora? o miz ganhou o money in the bank, ganhou o main event na wrestlemania e o wwe championship e o del rio ganhou o royal rumble, money in the bank e o wwe championship !! eles já nao tinham praticamente mais nada para fazer como heels!!! já o ziggler está agora no seu ponto mais alto e deve ter o seu reinado e reconhecimento antes de se tornar um face!!

    e tb nao concordo com essa ideia de o miz ser vaiado! tem-se ouvido canticos ” miz is awesome ” , o publico já o apoia muito mais e se lhe dessem a credibilidade que ele merece e o pusessem no main event como tem de ser ele seria das super-estrelas mais queridas da wwe porque simplesmente ele é AWESOME!!! e entretem bem mais do que o sheamus por exemplo na minha opiniao!!!

    quanto ao del rio ya só dá para heel mesmo!!!!

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado :)

      Consigo concordar com o que dizes em relação a Del Rio, mas o The Miz ainda conseguia ser um heel convincente se dado o incentivo correcto. Ele possui as mic skills necessárias para se destacar e inovar como heel. Del Rio é mais básico nesse aspecto. Percebo o que queres dizer com o facto de Ziggler ter de chegar ao topo como heel, para completar um ciclo, mas acontece que não se conseguem controlar estas histórias e percursos das personagens. Por vezes, como neste caso, os fãs conseguem influenciar imenso a direcção da história e das personagens e há imenso tempo que as atitudes dos fãs “imploram” que este seja face. Não faz sentido mantê-lo como heel. Tal seria contrariar a reacção dos fãs e, quando se fez isso no passado relativamente a Ziggler, os seus apoiantes silenciavam-se. Os fãs já não querem que este seja heel. Estou a falar, claro, da grande maioria. Ele está pronto para ser um babyface de relevo. Já para não dizer que a sua perseguição pelo Título iria motivar ainda mais os fãs a apoiá-lo e iria conquistar muitos mais quando finalmente lá chegasse.

      Mas acredita, que se o Miz quisesse, ele tornava esses cânticos em apupos em três tempos. A questão aqui é que tens um heel que já não é credível como heel e que toda a gente quer ver face (Ziggler) e tens um heel, que está a virar para face, sem de facto o precisar de fazer. Miz é dos poucos heels de qualidade que a WWE tinha e alguém que conseguia mesmo valorizar os seus adversários se necessário. E agora desperdiçaste essa “arma”, antes de teres uma como suplente.

      :)

      • danielLP21 - há 4 anos

        Ui, gosto especialmente do último parágrafo. Tem muita informação xDD

      • Salgado - há 4 anos

        Então mas agora já não posso por um smile para terminar um comentário? xDD Olha-me para isto agora :P

        E sim, sr. Daniel, por vezes, os sorrisos podem conter mesmo muita informação!

  10. El Barto - há 4 anos

    Doi muito ver um lutador tão talentoso como o Drew em uma equipe chamada “3MB”….Se fosse por mim, acontecia um segmento na smackdown, em que quando mahal e slater se afastam, Drew começar a falar sozinho sobre como ele chegou de Intercontinental Champion á isso, algumas semanas depois, ele não aguentava as derrotas e destruia os 2. Ia para o rumo do Intercontinental Title(Nesta Época, no cinto de Barret) Ganhava-o, e seria feliz para sempre :P

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador