Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Opinião Feminina #115 – A Shield from Injustice

A 18 de Novembro de 2012, um novo grupo de três lutadores chegou à WWE ameaçando, de forma ilusória, influenciar permanentemente os acontecimentos mais determinantes da companhia. Dean Ambrose, Seth Rollins e Roman Reigns apareceram na edição de 2012 do Survivor Series para ajudar o então campeão da WWE, CM Punk, a manter o seu título. Desde então, de forma indirecta ou não, os The Shield têm agido com esse intuito em mente, embora tal possa não ser o seu único objectivo como grupo. Ora, se este grupo estreou em Novembro de 2012 e se até CM Punk já perdeu o título, porque razão serão novamente estes três tema no Opinião Feminina?

É muito simples, depois de meses de negação e desculpas, finalmente foi comprovada uma relação de negócios entre Paul Heyman e os The Shield. Finalmente, foi admitido que os ataques dos The Shield eram de facto feitos devido a uma recompensação monetária por parte de Heyman. Isto tudo na última Monday Night Raw, que viu também o regresso de Brock Lesnar.

Agora que a, aparentemente principal, razão de ser deste grupo foi finalmente revelada, haverá melhor altura para fazer uma análise aos acontecimentos mais importantes e ao possível futuro destes três lutadores? Julgo que não, daí ter escolhido este tema para esta edição do Opinião Feminina.

Para quem se lembra, dizer que a estreia destes membros do território de deenvolvimento da WWE no Survivor Series me deixou bastante contente não será uma surpresa. Não só o grupo foi apresentado de uma forma extremamente interessante e cativante, como envolvia duas das estrelas mais desejadas de alguns fãs, Seth Rollins e Dean Ambrose. Do grupo, o único que era um desconhecido, no seu geral, era Roman Reigns, contudo, até já ele conseguiu conquistar muitos fãs.

Após o Survivor Series, este grupo afirmou estar a trabalhar para a preservação da justiça e não para ajudar o então campeão da WWE, CM Punk.  E a partir daí, os ataques aumentaram a frequência. Ryback, The Miz, Kane, Daniel Bryan, Randy Orton, Sheamus, Sín Cara, Brodus Clay e até The Rock, foram algumas das suas vítimas.

Quando foi desvendada na última Raw que Paul Heyman estava por trás das acções dos The Shield, fiquei algo confusa, pois nem todos os atacados estavam relacionados com CM Punk aquando o ataque dos The Shield, logo as motivações dos The Shield não poderiam ser só aquelas que foram apresentados. É certo que poderia-se justificar estas acções como uma tentativa de disfarçar as verdadeiras intenções do grupo e desviar as atenções de cima do ex-campeão, contudo mesmo assim, tal não me parecia suficiente.

Afinal, os The Shield chegaram a atacar lutadores importantes dentro da companhia, como por exemplo Sheamus e Randy Orton. Nenhum dos dois tinha algo a ver com CM Punk na altura do ataque, contudo tal não os salvou. Deveria mesmo um ataque a dois main-eventers ser justificado como “era só para desviar as atenções”? É certo que não é uma má justificação, mas não me parece que seja uma com impacto que uma história envolvendo dois main-eventers merece.

Entretanto, enquanto preparava este artigo, apercebi-me de outra razão, ainda não referida pela WWE (que eu tenha notado), um pouco mais plausível, mas não muito importante, que é o facto dos The Shield terem atacado Sheamus e Randy Orton, porque ambos venceram Brad Maddox – que por sua vez, também foi revelado como um dos ajudantes de Paul Heyman.

Embora plausível e aceitável, não me parece que seja uma razão digna o suficiente para causar um ataque e destruição completa de dois main-eventers consolidados. Talvez o facto que eu tenha tido de pensar e ponderar a situação para de facto me aperceber desta razão, não ajude. Afinal, algo que envolve dois main-eventers deveria ser importante o suficiente para ficar presente na mente dos fãs.

Na minha mais modesta opinião, acredito que em histórias importantes, ou em histórias que envolvam lutadores que sejam vistos como importantes, a WWE não pode esperar que os fãs procurem ou pensem muito numa razão para o que estão a fazer. Penso que neste tipo de situações, as motivações e as razões para tudo devem ser bem realçadas e tidas como um dos aspectos mais importantes da história. Ou isso, ou então isto é tudo uma coincidência.

Voltando à lista acima descrita, também Brodus Clay se encaixa na situação de Sheamus e Randy Orton, embora não tenha o estatuto deles. Já Sín Cara, por sua vez, foi atacado apenas para justificar a sua ausência de ringues, devido a uma lesão pré-existente.

Dessa forma, após excluir todos estes elementos acima falados, ficamos com uma lista que consiste apenas em lutadores que foram atacados por estarem em directo confronto com CM Punk (à excepção de Daniel Bryan, que apenas surgiu na história para proteger o seu parceiro, Kane).

A relação dos The Shield com Ryback, Kane e Daniel Bryan levou a um combate no TLC, um dos mais importantes da noite. O combate no TLC foi um dos poucos exemplos perfeitos que se pode dar quando se fala de Wrestling Profissional. Porquê? Não foi só porque contou uma história ou porque manteve o público cativado do início ao fim, foi porque deu a conhecer as personagens envolvidas e reforçou traços que já tinham previamente apresentados.

Este combate entrou em concordância com tudo o que a WWE nos tinha dado a conhecer sobre os The Shield e por isso, foi um dos melhores do ano de 2012. Ora, Paul Heyman e CM Punk continuavam a negar qualquer afiliação com este grupo, mas a verdade era que Ryback continuava a ser vítima de ataques que lhe custavam combates pelo Título da WWE. Isto tudo até ao ponto em que simplesmente saiu da corrida pelo título.

No fundo, os The Shield funcionaram mais a favor de The Rock, do que a favor de CM Punk. Os The Shield foram a arma que a WWE escolher para conseguir justificar os seus últimos meses de reinado. Ryback continuava a ser tramado nos seus combates pelo título e continuava a perder algum do ímpeto que tinha em Outubro, contudo mudar o título para este antes do Royal Rumble seria, assumo eu, impensável. Afinal, o grande lucro de todo este reinado iria centrar-se à volta deste combate com The Rock. Os The Shield não só asseguraram que CM Punk chegasse ao Royal Rumble com o título, como também asseguraram que Ryback – embora a perder algum inevitável ímpeto – seria o menos descredibilizado possível.

Portanto, como seria o desejo da WWE e como também faria mais sentido, CM Punk chegou ao Royal Rumble como campeão da WWE. Não sem antes os The Shield atacarem The Rock levando a que Vince McMahon instaurasse uma estipulação que diz que se estes voltassem a interferir no combate pelo Título, CM Punk iria perder o título de vez.

Antes demais, é um facto que ajuda imenso a credibilidade dos The Shield como grupo e como força dominante tê-los a atacar The Rock da forma que o fizeram, tanto na Raw, como no Royal Rumble. Se bem que é verdade que, neste último, o ataque foi um pouco mal pensado.

Não, não digo isto porque foi feito inteiramente às escuras ou porque Michael Cole, aparentemente, consegue ver no escuro e identificou os The Shield facilmente… Digo isto porque não acho que faça qualquer sentido pagar a alguém (The Shield) para ser safo de um combate, sabendo à partida que as consequências caso sejam descobertos são ridiculamente superiores às outras vezes em que se fez isso? Porque não causar uma interferência de Brad Maddox?

Também estava a ser pago por Heyman, mas não tinha sido mencionado por Vince McMahon. Poderiam ter repetido o angle, mas desta vez, ao invés de Vince dizer que Punk quebrou uma das estipulações do combate, dizia que se iria recusar a ter um combate tão importante acabar de forma estranha e que por isso o mesmo iria recomeçar. Não seria a primeira vez que acontecia e nem é nada do outro mundo.

Muito sinceramente, custa-me a acreditar/aceitar que, de uma forma realista, CM Punk – ou Paul Heyman em seu nome – colocaria um reinado, que o próprio reconhece e admite sendo como absolutamente histórico, em risco ao usar os The Shield, quando tem outros recursos menos perigosos em jogo.

Simplesmente, tal como na situação de Sheamus e Randy Orton referida acima, não me parecem decisões plausíveis e convincentes para as personagens em causa e para a dimensão da história em si.

Acredito que, comparados com os milhões que The Rock irá lucrar à WWE com a sua vitória no Royal Rumble, a sua promoção durante a Wrestlemania Season, e com o seu combate na Wrestlemania 29, os The Shield não passem de simples ferramentas que atenuam os danos colaterais de algumas das decisões da companhia. Apenas preferia que, mesmo sendo esse o caso, existisse um pouco mais de cuidado na elaboração das justificações destas histórias. Se não pelos The Shield, que seja então pelos main-eventers em questão: Sheamus, Randy Orton e CM Punk.

Sheamus e Randy Orton são atacados por razões insigificantes de que os fãs mal se lembram (isto senão passarem de coincidências) e CM Punk, depois de mais de um ano a agir como a personagem mais inteligente e matreira da WWE, passa por impulsivo e burro.

Mas atenção, não ficou 100% esclarecido na passada Raw se CM Punk tomava conhecimento ou não dos negócios de Paul Heyman com os The Shield e Brad Maddox. Sim, de facto esta possibilidade passou-me pela cabeça para possivelmente justificar a separação de ambos e a reunião de Heyman com Lesnar, caso a WWE não queira que este coordene ambas as personagens ao mesmo tempo numa Wrestlemania Season. Afinal, seja qual for a rivalidade em que CM Punk esteja envolvido, deverá ser uma de renome, assim como Lesnar, logo não sei se a WWE estará disposta a expor tanto Paul Heyman, mas quem sabe?

Aliás, uma das explicações que, julgo que corrobora esta teoria, é o facto de Heyman ter sido ameaçado com um despedimento devido aos seus envolvimentos com os The Shield e Maddox, ao passo que CM Punk é “recompensado” com um combate pelo Título na Elimination Chamber, sem sofrer qualquer castigo. É certo que é a sua desforra, mas tendo em conta que tentou ganhar o combate do Rumble por batota, seria mesmo estranho ver Vince a recusar a desforra a Punk por isso? Isto do ponto de vista da história e não do ponto de vista monetário, claro. É certo que isto pode não significar nada além de uma ligeira incoerência, mas não ficaria surpreendida se em breve fosse anunciada a separação de Heyman com CM Punk.

Voltando aos The Shield, creio que estes ficaram numa situação algo complicada. Se a minha intuição – e os vários rumores que há meses que surgem sobre este combate – se confirmarem, Triple H irá enfrentar Brock Lesnar na Wrestlemania 29, depois do que este fez ao seu sogro.

Ora, não estou a ver espaço para os The Shield nesta rivalidade. Brock Lesnar não possui nem o físico, nem a presença, nem a credibilidade de alguém que precise de ajuda para se defender de quem quer que seja. Além disso, Triple H já vem de uma derrota e de uma suposta reforma forçada. Para quê usar os The Shield para reforçar ainda mais algo que já está claro?

Portanto, supondo que Heyman continuará ao lado de Lesnar, iria essa relação com os The Shield continuar?

Sinceramente, não acredito nisso, porque no fundo também não faz sentido, a não ser, claro, que a WWE queira que Paul Heyman crie uma stable. Porque de outra forma, não faz sentido ambas as partes continuarem juntas. Brock Lesnar, mais uma vez, não precisa deste tipo de apoio. E fique ou não CM Punk ao lado de Heyman, de que lhe irão servir os The Shield, se este nem pelo Título deverá lutar na Wrestlemania?

Através de CM Punk, a única forma que estou a ver manter os The Shield nesta história, é se este enfrentar The Undertaker. No estado em que a Streak está, é bastante díficil fazer os fãs crer que a mesma vai terminar e os The Shield poderiam ajudar nesse sentido. Caso contrário, não estou a ver qualquer razão para os Shield continuarem a trabalhar para Punk e/ou Heyman.

Pessoalmente, preferia que a revelação sobre o verdadeiro objectivo dos The Shield tivesse sido feita com mais pompa e circunstância e, talvez, com alguma surpresa. Não digo surpresa porque preciso delas para achar o Wrestling interessante, mas sim porque em nenhum momento desta história os fãs pensaram que os The Shield não estavam a trabalhar para CM Punk. Mesmo com os ataques a Orton, Sheamus, Brodus Clay, Ricardo Rodriguez e Tommy Dreamer, entre outros, poucos foram os fãs que duvidaram da afiliação entre Heyman/Punk e os The Shield.

Como sempre foi um dado adquirido e como durante imenso tempo ambas as partes negaram isso, acabei por ter alguma esperança de que a revelação final fosse mais interessante ou pelo menos, algo imprevísivel. Simplesmente ter Heyman e Punk a negar algo durante meses algo que nós sempre julgámos ser verdade, só para depois sabermos que tinhamos razão não me parece que seja digno que uma história que envolveu main-events de pay-per-views, que envolveu combates pelo Título e alguns lutadores bastante importantes. Quanto mais Heyman e Punk negavam e quanto mais tempo passava, mais se tornava essencial que pelo menos um algum detalhe surpresa fosse adicionado à história.

Nesse sentido, fiquei algo desiludida. Senti que foi tudo feito à pressa para começarem agora a construir o que “realmente interessa” na Road to Wrestlemania.

No geral, acho sinceramente que os The Shield funcionam e que está na hora de começaram a atingir alguns objectivos para o grupo e não a pensar no bem-estar de outros. Por exemplo, dar os títulos de Tag Team a dois dos elementos dos The Shield. O terceiro elemento poderia, mais tarde, ter o Título Intercontinental ou de Estados Unidos, tornando assim no grupo ainda mais bem-sucedido aos olhos de todos. Não acho, porventura, que a WWE planeie ir por aí, embora também não os veja a separar já o grupo. Penso que, pelo menos, até à Wrestlemania 29 ficam juntos de certeza. Lá poderão lutar por alguns dos títulos acima referidos, ou num combate com outros lutadores que aborreçam ou tenham aborrecido, como por exemplo: Randy Orton, Sheamus e Ryback.

Sei que os mais recentes rumores não apontam para nada deste género, mas facto é que alguma coisa tem que sair destes constantes confrontos entre os The Shield e estas estrelas. Certamente seria um combate de destaque, os The Shield já são minimamente reconhecidos, Orton e Sheamus são main-eventers e Ryback está a tentar consolidar-se como um. Julgo que tudo irá depender do que os The Shield fizerem no Elimination Chamber.

No fundo, preferia que a WWE, mesmo que agora não fosse uma das suas prioridades, não abandonasse este grupo e não o prejudicasse com a falta de atenção que lhe irá dar. O grupo tem sido uma excelente forma de evidenciar os talentos dos lutadores integrantes, o que é exactamente isso que se pretende. Creio que a história do grupo em si ainda não está terminada e ainda tem muito para dar, logo seria apenas uma questão de não parar de investir e começar a pensar numa forma de evolução.

Acredito veemente que tal valeria a pena e compensaria a longo termo, não só para estes membros em específico, mas para todos os lutadores vindos do território de desenvolvimento que poderiam se calhar ter uma nova oportunidade dos fãs só porque outros lutadores que vieram na mesma situação já foram bem-sucedidos. Certamente seria uma forma diferente de rotular os lutadores provenientes do território de desenvolvimento e, talvez, suscitasse a curiosidade de alguns fãs para ver o que é que ainda está para vir desse território. De qualquer das formas, continuar a apostar neste grupo certamente não trará nada de mal. Pelo menos, é assim que encaro esta situação. Da minha parte, não há muito mais a dizer, encerro assim mais uma edição do Opinião Feminina e até para a semana!

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

37 Comentários

  1. Senshi - há 4 anos

    Ainda nos habilita-mos a ver o mesmo final que vimos com os Legacy…

    • danielLP21 - há 4 anos

      Nem me fales disso. Foi ridículo… Mais uma grande decisão do fantástico “booking” dos anos 2009/2010…

    • Salgado - há 4 anos

      A Legacy ainda teve direito a combate na Wrestlemania XXVI com o Randy Orton (um main-eventer consolidado), estou com medo é de um final à Nexus… Separam-se e acabam porque sim, sem nunca se perceber qual era o objectivo deles.

  2. GJD - há 4 anos

    Concordo plenamente , foi uma decepção para mim o segmento do Royal Rumble, o Shield e o Ryback na minha opinião saíram muito descredibilizados, para mim seria mais interessante se o Ryback fosse eliminado no Royal Rumble pelo Shield e que o Maddox com alguém como Ohno, Mason Ryan , ou um grupo de seguranças atacassem o Rock , ai chegava o Vince com um exército de lutadores e tiravam o Maddox e seus capangas e depois diria que a luta recomeçaria , e no Raw fosse revelado que o Heyman pagou o Maddox e no máximo que ele conhece o chefe do Shield. Para mim o Shield vai ter o mesmo fim do Nexus era para ser histórico teve um fim patético

  3. MicaelDuarte - há 4 anos

    Ainda que longos, é sempre bom ler os teus artigos! Parabéns ;)
    Esta revelação de que os The Shield trabalhavam para o Heyman suscitou-me a mesma dúvida: “Estaria o Punk a par da negociação Heyman/Shield ou estaria Heyman a fazer tudo nas costas do Punk (ainda que para seu benefício)?”. E tal como tu, estava à espera de algo mais relevante e melhor explicado, tendo em conta que estamos a falar de pessoas como Heyman, Punk e seus associados.

    Com o início de feud Brock Lesnar vs McMahon Family, já devem abortado qualquer continuidade e explicação que seja relativamente à associação Heyman/The Shield.

    Aparentemente, parece-me que o Punk está por conta própria e como disseste, uma associação dele mais forte aos The Shield, para uma posterior feud com o Taker para a Mania não era bom, era muito bom! Isto passava a imagem de que agora, mais do que nunca, a Streak estava em sérios perigos e corria o risco de ter um fim E quem melhor do que CM Punk para por fim à grande Streak? (sim, apesar de perceber o ponto de vista do pessoal que acha que a Streak deve continuar intocável, eu gostava que terminasse, pois a partir daí, isso poderia dar aso a novas coisas históricas para as posteriores Wrestlemanias). Quem se recorda da feud Punk vs Taker em 2009 sabe que esta tem tudo para ser épica, e ainda mais agora com o estatuto que Punk tem!

    Acho que não se deveriam esquecer dos The Shield durante este caminho para a Mania porque eles têm estado a meter o nariz em todo o lado, com main-eventers e sem ser main-eventers, eles têm-se destacado e por isso merecem um maior aproveitamento das suas capacidades na Wrestlemania…

    Gosto muito dos teus artigos e da forma como expões a tuas ideias. Bom resto de fim-de-semana ;)

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado pela apreciação, Micael :)

      É assim, normalmente, não sou fã de teorias que apoiem o fim da Streak, seja contra quem for. Não só porque não acho que faça sentido, mas porque penso que iria ser mais prejudicial do que outra coisa. Mesmo sendo o Punk nesta situação, a minha opinião não muda. De qualquer das formas, preferia que, embora com uma vitória do Taker, o Punk saísse por cima… Estilo o que aconteceu na Wrestlemania 27 entre o HHH e o Undertaker.

      Bom fim-de-semana e, mais uma vez, obrigado pela apreciação :)

  4. danielLP21 - há 4 anos

    Bom artigo.

    Também estou preocupado com o futuro dos Shield. No entanto – e aqui temos que dar a mão à palmatória – a WWE deu muito mais destaque aos Shiled do que aquilo que a maioria esperava. Ainda assim, gostava de os ver a não se perderem no card. Claro que não vão ser eles o destaque da RTWM, mas lá está, convém ( aos fãs, claro…) que eles não desapareçam assim do nada.

    Sinceramente, acho que a WWE nos vai “fazer esta vontade”, até porque devem estar a gostar do trabalho do trio-maravilha. Por mim, o Dean Ambrose e o Seth Rollins ganhavam os Títulos de Tag Team com o Roman Reigns a ser uma espécia de “guarda-costas”, e depois da WrestleMania o Reigns podia ganhar um dos títulos de mid-card.

    Quanto ao papel deles na WrestleMania, duvido que tenha alguma coisa a ver com Ryback, Sheamus e Randy Orton. Continuo a achar que o Sheamus pode sair como Campeão Mundial da WM, e, caso não saia, pode sempre ter o tal combate com o Randy Orton. O Ryback acho mesmo que vai estar no combate pelo WHC. Mas quem sabe? Talvez os planos passem mesmo por um combate entre os Shield e esses 3 Main-Eventers, até porque, dessa forma, conseguiam “despachar” logo 6 lutadores em termos de espaço no card. O “problema” é que não vejo mesmo o Orton num combate desses…

    Mudando de assunto, e porque tu dizes que podemos sempre falar de temas que não são abordados nos teus artigos, já acreditas que o Dolph Ziggler pode entrar na WrestleMania como campeão ou nem por isso?

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado :)

      É verdade que deu, mas também precisava do fazer se queria proteget o Ryback das derrotas com o CM Punk. Afinal, um lutador que está a ser construído como futuro main-eventer, não pode perder sucessivos combates pelo título por dá cá aquela palha.

      No que toca aos títulos, também visualizei as coisas assim.

      Também não acredito muito nisso, mas um confronto entre esses três e os The Shield têm de acontecer mais cedo ou mais tarde, senão tudo o que se tem passado até agora foi totalmente em vão.

      Poder podes, claro, mas também podias ter aproveitado o Perguntas&Respostas desta semana para o fazer. Não, não acredito nisso. Eu disse-te à semanas atrás que o Ziggler fazia o cash-in no Royal Rumble ou na Raw após o Royal Rumble. Se não fizesse em nenhuma dessas situações, então era porque só fazia na Raw após a Wrestlemania. Sinceramente, continuo a acreditar nisso. Se ele não fez até agora, só faz depois da Wrestlemania.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Sim, é verdade. Mas mesmo assim a maioria pensava que algures entre o TLC e o Royal Rumble eles iam “desaparecer”. Eu sinceramente acho que a WWE quer apostar forte neles, e ou muito me engano ou o Roman Reigns vai ser o primeiro membro dos Shield a brilhar a solo. Seja como membro do grupo ou já depois de o mesmo acabar.

        Era a primeira vez que algo na WWE era feito em vão? Tal como a explicação da história dos Shield deixou um pouco a desejar, também não me parece que vá haver um combate entre os Shield e 3 vítimas dos seus ataques.

        Tens razão, peço desculpa. Mas mesmo assim não tinha essa pergunta para fazer na altura, uma vez que só na última semana comecei a considerar como muito forte a possibilidade de o Dolph Ziggler sair como Campeão Mundial do Elimination Chamber. Acho que ele pode mesmo entrar como campeão na WM.

      • Salgado - há 4 anos

        Espero que tenhas razão. Sim, isso do Roman Reigns ser o primeiro a brilhar a solo também já tinha pensado e, julgo até, que também te tinha dito isso.

        Não, mas lá porque há precendentes não quer dizer que eles possam continuar a agir assim, especialmente quando envolve main-eventers. Além disso, não estamos a falar de uma coisa que aconteceu há semanas atrás, estamos a falar de algo que ainda se viu nesta última Raw! Hmm, também não aposto nisso a 100%, mas acho que vai haver, nem que seja numa Raw.

        Não tens que me pedir desculpas, apenas achei piada. Não vejo o Ziggler a ser campeão na RTWM.. Não consigo visualizar isso.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Sim, já tínhamos falado sobre isso, mas agora estou mais seguro de que vai ser mesmo o Reigns a primeira grande aposta. E não me importo nada. Ele está a surpreender-me bastante, pela positiva claro. Evoluiu muito desde que subiu ao roster principal.

        Sim, numa Raw acredito que aconteça. Aliás, não só acredito que aconteça como ficarei surpreendido se não acontecer. Espero que se lembrem do que têm feito nos últimos meses e não ignorem os ataques dos Shield às mais variadas Superstars.

        Espero que tenhas razão. Prefiro vê-lo a fazer o cash-in na noite seguinte à WrestleMania. Essa opinião nunca mudou até hoje. O problema é que me parece que é desta que ele faz o cash-in. Por outro lado, acredito que a WWE tenha o bom-senso de não lhe dar um reinado de um mês, e como eu não o vejo a vencer na WM com o título em jogo…

  5. Eddie - há 4 anos

    Ótimo artigo novamente, parabéns, sempre a fazer um grande trabalho.
    Sobre a The Shield, também acho que a WWE usou eles quase que exclusivamente para levar o Punk como campeão até a Rumble mais acredito que até mesmo a WWE ficou surpreendida com a qualidade dos três e começou a olhar com outro modo para ambos, o grande combate que tiveram no TLC, os ataques brutais a Cena, Orton, Sheamus e até o Rock, mostram que a companhia quer dar um certo estatuto ao grupo, e agora com a eminente separação de Heymann e Punk creio que a the shield vai a ter alguma participação sim na WrestleMania, ajudando CM Punk, em caso deste confrontar o Dead Man ou em um combate de equipas contra algumas lendas ou da própria divisão tag team da WWE, certo é que eles merecem destaque porque são muito bons e irão evoluir muito.
    Acho que existe uma possibilidade do Punk se unir ao The Shield e se revelar seu lider a pós a WestleMania já que o mesmo irá ficar de fora da rota dos títulos pelos próximos tempos ou já antes da WestleMania mesmo para tentar quebrar a streak do Tacker.

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado, Eddie :)

      Exacto. Os The Shield foram uma forma que a WWE encontrou de assegurar que o Punk chegava ao Royal Rumble com título, mas que nenhum dos seus adversários sairia descredibilizado. Senão, porque razão revelaram isto tudo logo após a Rumble, onde o Punk perdeu o título?

      Também consigo visualizar o Punk a ficar com os The Shield, mesmo sem Heyman, mas não acho que é aquilo que tem mais probabilidades de acontecer. De qualquer das formas, tal como disse acima, acho que seria bastante bom que eles se envolvessem na rivalidade Punk/Taker. Seria uma forma de fazer os fãs acreditar que a Streak pode acabar.

  6. Se o Taker falhar a Mania, gostaria de ver um combate entre Lesnar e Punk.
    Onde na verdade o “Best in the World” não sabia dos negócios de Heyman e revolta-se contra ele, e ao mesmo tempo contra Lesnar.
    Aos The Shield cabia a missão de decidirem de que lado quereriam ficar e fazer justiça.
    Eu sei que parece uma novela mexicana, mas que seria um grande combate, seria.

    • Salgado - há 4 anos

      Também gostava de ver esse combate, mas parece-me que o Lesnar tem “Triple H” escrito na testa, no que toca a Wrestlemania 29, portanto…

      • Quem sabe se o Triple H não passa o testemunho ao Punk, afirmando que só um verdadeiro “Best in the World” pode parar a besta e a máquina que é Lesnar.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Muito difícil isso acontecer… É muito rebuscado.

      • Salgado - há 4 anos

        Não acredito que o HHH faça isso… Mais depressa “dava” o Lesnar ao Undertaker, do que ao CM Punk, e mesmo assim já é dificil… Mas veremos, estou sempre à espera que me surpreendam!

  7. Yan - há 4 anos

    pelo q eu tinha entendido na raw, maddox se aliou a heyman forçadamente

  8. valugi - há 4 anos

    Eu também achei estranho como foi descoberto aligação entre Heyman e a Shield, torço para que essa “Stable” continue, ela tem um grande impacto e foi muito bem credibilizada, acho que eles seriam uma boa equipe para tirar o titulo do Hellno no elimination Chamber, mas vamos ver como tudo irar recorrer.

  9. O que se passa com o site?
    Agora isto para aceitar comentários demora tanto tempo como uma vitória dos PTP.
    Não estou a criticar, é só uma chamada de atenção, pois isto dificulta o diálogo e a troca de ideias.

    • Tens que ter calma rapaz. Apesar do Wrestling.PT ser um grande site, ainda não sustenta a minha vida ou a da Salgado (pessoas com permissões para aprovar comentários). Logo, não podemos passar aqui a vida no site a aprovar comentários.

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        A mim também pareceu estranho xD mas dps pensei o Salvador esse fim de semana teve a estudar pa exames :D

  10. Ribeiro46 - há 4 anos

    Eu acho que os Shield vão continuar a ter o mesmo papel que vêm tendo, ou seja, vão continuar a inteferir em combates que envolvam os títulos principais.
    E não sei porque, tenho a sensação que os Shield poderão ser aliados do Randy Orton num futuro próximo.
    Tem-se vindo a falar nos últimos meses de um heel turn do Randy Orton e na entrada na rota do título por parte do mesmo.
    Ora eu acho que os Shield se podem envolver de 2 formas: ou são contratados por um Orton já heel e interferem num combate pelo título, ou interferem no combate pelo título, e o Orton vira heel confessando que contratou os Shield.
    É uma teoria um bocado absurda mas pode-se confirmar.

    No entanto, também podem ser os Four Horseman do midcard com um a ter o título Intercontinental e os outros a terem os títulos de Tag Team.

  11. Renato - há 4 anos

    Mais um bom artigo,para nao variar…(estas nos a habituar cada vez mais mal)
    Gostava que esta stable podesse continuar durante mais algum tempo e como disse o DanielLP21 que o Roman Reigns ganhasse um titulo individual enquanto o Dean Ambrose e o Seth Rollins vencessem o titulo de equipas (aqui so trocava o Roman Reigns pelo Dean Ambrose pois gostava de ver este a seguir um caminho um pouco mais sozinho mas sempre ligado ao grupo), o que achas do Ambrose com uma rivalidade com o Miz pelo titulo dos USA? E os Rhodes Scholars com estes outros dois elementos dos The Shield?

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado, Renato :)

      Bem, o Miz ainda não tem o Título de USA e não acho que o ganhe/deva ganhar num futuro próximo, portanto sugerias um Ambrose (com os The Shield)/Cesaro? Acho que essa rivalidade, nestes termos, não teria muito “pano para mangas” e seria apenas para oficializar o facto dos The Shield começarem a ganhar Títulos. De qualquer das formas, acho que o combate seria interessante. Os Rhodes Scholars já acabaram, portanto talvez os Hell No? Mais uma vez, acho que seria apenas para oficializar a mudança de títulos. Não estou a ver os Shield a lutarem pelos títulos secundários e falharem em capturá-los, depois de terem andado a atormentar a vida dos main-eventers.

      • Renato - há 4 anos

        De nada :)

        Pensei isso e talvez o Ambrose e os restantes membros fossem ligados entre eles mas com uma maior independencia…Nao acreditas na hipotese de podermos ter um membro dos The Shield (neste caso Ambrose, o meu preferido) a vencer um titulo secundario? Quanto ao titulo de Team, (nao sabia ainda que os Rhodes Scholars ja acabaram porque nao tenho tido disponibilidade suficiente para acompanhar a WWE)Gostava de ver pois os Shield poderiam aproveitar uma zanga entre os Hell No! para atacarem e entao terem um combate em que os Hell No! de cabeça perdida o fossem perder(e dai em diante uma rivalidade Kane/Bryan), o que achas?

      • Salgado - há 4 anos

        Tal como disse acima no artigo, acho que era uma boa ideia dar títulos secundários aos membros do grupo (incluindo o Ambrose) e até posso acreditar nisso, não estou é a ver isso a acontecer durante os próximos meses… Talvez depois da Wrestlemania, se eles durarem, quem sabe? Desculpa então, se fiz algum spoiler xD Sim, nisso concordo absolutamente. Os Hell No estão cada vez mais perto de se separarem, agora então tornou-se muito claro, portanto estou à espera que estes percam os títulos em breve. Digo-te uma coisa, o cenário que estás a elaborar é exactamente o que vai acontecer. Uma equipa qualquer se vai aproveitar deles se estarem a zangar e depois dá-se a troca de títulos… Mas tal como disse acima, não estou a ver serem já os Shield.. Mas, gostava!

      • Renato - há 4 anos

        Não tenho tido o computador comigo pois houve uns problemas dai a demora… Sim, agora ate a Wrestlmania eles nao conseguem se tornar campeoes de nada de certeza… Depois, como disseste “quem sabe?”, espero que sim, que ganhem e que sejam cada vez mais independentes, gostava de os ver, como os disse, um pouco mais distantes mas sempre ligados… Quem achas que tire os titulos aos Hell no?

  12. Eduardo - há 4 anos

    Parabéns Salgado ótimo artigo, vou destacar algumas frases e comenta em cima delas

    ” razão de ser deste grupo foi finalmente revelada” acho que ainda não esta 100% a intenção deles, espero eu que ainda tenha muito pano pra manga já que eles são complexos atacando todos com ou sem razão pra isso, mesmo você falando que isso é pra disfarça acho pouco só um disfarce e esses ataques poderia ser pra mostra que eles não tem limites podem ser Jobber, Mid Card ou ate Main Event a injustiça não tem limite

    “The Shield como grupo e como força dominante” no Royal Rumble a The Shield foi totalmente descredibilizada, já que sempre que a The Shield ataca sempre as vitimas não conseguem levantar sozinho até mesmo o “mostro” Ryback e aquele final do Royal Rumble foi triste e decepcionante

    “Porque não causar uma interferência de Brad Maddox?” a resposta veio no Raw, onde o Heyman estava ” aliciando” o Maddox e quando ele não aceitou foi atacado pelos The Shield, não teria sentido ele interferi já que no SmackDown ele foi atacado e no Raw veio a resposta, a não ser que ele interferisse a favor do Rock onde ele se vingaria do atacaque da The Shield

    “não ficou 100% esclarecido na passada Raw se CM Punk tomava conhecimento ou não dos negócios de Paul Heyman com os The Shield e Brad Maddox” Acho eu o Punk não sabia já que algum tempo vem correndo um boato que Punk e Heyman podiam se separa acho que começou o processo de separação, PORÉM seria incrível ver o Lesnar, Punk e Shield juntos.

    ” The Shield nesta história, é se este enfrentar The Undertaker. No estado em que a Streak está, é bastante difícil fazer os fãs crer que a mesma vai terminar ” já li algo parecido sendo que no lugar do Undertaker seria o Triple H e sobre a Streak se o Shawn Michaels não conseguiu ninguém mas consegue e claro unica pessoa “aceitável” seria o Sting

    Seria interessante ser Ambrose e Rollins sendo Tag Team Champ e o Reigns U.S Champ já que o Barrett vai entra em feud com o Bo Dallas.

    Eu sei que é Opinião Feminina e não Perguntas e Respostas, porem eu li um artigo onde dizia que ” a The Shield na realidade poderiam ser mercenários e eles fizeram o trabalho sujo para Punk e Heyman e eles podem ser comprados por qualquer pessoa, pelo preço certo” você concorda com isso ?

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado pela apreciação :)

      O que quis dizer ao Daniel é que, embora possam PERFEITAMENTE, fazer perguntas no OF, não se esqueçam que também existe outro espaço para isso. Concordo que eles possam ser usados/vistos dessa forma, acho que assenta-lhes na personagem e tudo, acho é que é isso que a WWE quer fazer deles, então tem que o tornar mais claro. A maioria dos fãs não os vê assim, porque também não foi nada feito nesse sentido. Mas acho que podiam perfeitamente ir por aí e acentuar esse traço.

      • Eduardo - há 4 anos

        De nada

        Sim, eu sei que existem outros espaços porem aproveitei a coincidência dos artigos pra te pergunta e obrigado por responder

        Se a The Shield forem mesmo mercenários essa historia tem quer ser melhor lapidada e qual seria o próximo passo ou melhor quem seria os próximos a contrata os serviços ?

        Eu só vejo eles com o Lesnar, Punk e o Heyman por combinarem espero que os 6 fiquem juntos.

  13. R8cha - há 4 anos

    Espero bem que a WWE depois de uma rara grande ideia não cometa a borrada que cometeu com algumas stables de antigamente, porque na minha opinião têem ali dois lutadores tecnicamente acima da media e um dos powerhouse mais crediveis actualmente no roster. A minha ideia era juntar um main eventer como Randy Orton e tornava uma stable tipo Evolution:
    com Randy a “fazer” de HHH e a tornar-se campeão mundial.
    Seth Rollins e Roman Reigns a “fazerem” de Ric Flair e Batista e tornarem-se campeões de Tag Team .
    E Dean Ambrose a “fazer” o papel de Randy Orton e tornar-se ou campeão intercontinental ou dos USA.
    Cada um com as suas feuds mas funcionando como uma Stable e depois separando-se como os Evolution…gradualmente com feuds com os que sobravam das stables e incorporando-se no Main Event.
    Acho que era o melhor a fazer, mas como não sou eu que mando cheira-me que não tarda vamos ver o Roman Reigns a dançar dentro de pouco tempo :(

    • danielLP21 - há 4 anos

      Por favor, não repitas essa última frase! Meu Deus, eles não iam fazer isso… Não podem fazer isso!

      • R8cha - há 4 anos

        ahaha acho que era chegar ao cumulo xD Mas…não posso dizer que já vi de tudo na WWE mas já vi muita coisa má.
        Só a imagem a passar na cabeça até faz mal xD

      • Eduardo - há 4 anos

        Não esqueça que estamos falando de WWE, então dela podemos esperar tudo não me surpreendia se quando a The Shield acabar o
        Roman Reigns estiver dançando como você falou
        Dean Ambrose sendo jobber do Santino Marella e só aparece no Saturday Morning Slam
        Seth Rollins sendo jobber do Sin Cara e só aparece no Superstars

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador