Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Opinião Feminina #119 – Set up to Fail

John Cena, CM Punk, Sheamus, Ryback, Dean Ambrose, Seth Rollins, Daniel Bryan, Dolph Ziggler, Randy Orton e Alberto Del Rio são algumas das estrelas a que nos habituámos ver nos main-events da WWE. Este grupo de pessoas inclui main-eventers, lutadores que lutam com main-eventers e também os possíveis main-eventers dos próximos anos. Ou pelo menos, assim se pressupõe.

Nem todos os lutadores referidos acima foram presenteados com uma jornada fácil e calma em direcção ao topo, depois de terem chegado à Terra Prometida. Aliás, exceptuando os The Shield que começaram logo a lutar com personalidades importantes no seu primeiro contacto com o main-event, julgo que ninguém teve o caminho assim tão facilitado. Ora, tal não é, de todo, um problema. Os Shield, à sua maneira, precisam de interagir com estrelas importantes logo de início para serem considerados importantes por associação.

Ao avaliar estes nomes e a considerar aqueles que, actualmente, mais se aproximam deste estatuto, facilmente se constata que o talento é, felizmente, um aspecto abudante no roster actual. Ora, infelizmente, só talento não faz maravilhas.

É certo que, segundo conta a lenda e segundo contam todas as histórias contadas pelas Lendas em si, só isso e uma boa dose de determinação é o suficiente para chegar ao topo e ficar lá. Não sou ninguém para dizer o contrário, pois infelizmente não sou uma mosca com a capacidade para passear pelos bastidores da WWE e saber o que ninguém sabe, nem uma aspirante a lutadora profissional. Todavia, facto é que por vezes, tal torna-se um bocadinho mais complicado de acreditar.

A verdade é que, esquecendo o talento, a determinação e a paixão pela indústria, há outros factores a ter em conta no caminho para o topo. Factores que podem, ou não, ser fatais para a jornada e consequente permanência no main-event.

A apresentação aos fãs, a personalidade escolhida, a consolidação progressiva como lutador sério e capaz, a eventual vitória pelo título, a construção do reinado, a promoção da estrela como alguém importante na companhia… Enfim, tendo em conta a exposição constante a que estes lutadores estão sujeitos e à volatilidade da audiência a que pretendem agradar, normalmente não são atribuídas segundas oportunidades.

No que toca a oportunidades, a WWE possui um variado leque de formas para as atribuir, sendo a mala de Money in the Bank – que garante a possibilidade de lutar por um dos títulos principais em qualquer lado, a qualquer altura, durante um ano – uma delas. A mala de Money in the Bank é também um factor comum de cinco das pessoas acima referidas: John Cena, CM Punk, Alberto Del Rio, Dolph Ziggler e Daniel Bryan.

Dando a mala de Money in the Bank a oportunidade tão prestigiosa de lutar por um título tão importante – seja este qual for, dos dois títulos máximos – seria apenas natural supor que esta teria, por associação, um grande valor. Seria de supor que marcasse a diferença. Seroa de supor que funcionasse como aviso para os fãs, algo do género: “Estão a ver aquele lutador com a mala? Ele é o próximo!”.

Mas não, nos dias de hoje a mala de Money in the Bank não passa de uma mísera desculpa que a WWE usa para justificar as suas supostas “apostas” nos lutadores, de um lamentável pretexto para fazer as suas histórias funcionar ou de uma tentativa desesperada de manter um lutador em específico relevante, depois de já terem feito asneira com ele.

Há umas edições atrás fui a primeira a admitir que no processo de criação de estrelas, não pode ser só a WWE a fazer o trabalho todo. É necessário que haja uma colaboração essencial do lutador, no que toca a aproveitar ao máximo as oportunidades dadas e a saber evoluir, quando tal é exigido. É necessário que seja um trabalho de equipa.

Todavia, é bastante díficil fazer o trabalho de equipa funcionar, quando uma das partes não se encontra investida no assunto e, através de uma excelente dose de presentes envenenados, boicotam algo que poderia ser especial.

O que é que a mala de Money in the Bank fez por John Cena? Nada. Foi apenas um pretexto para ajudar a desenvolver uma rivalidade. Foi apenas um acessório. Um adereço. O que é que a mala de Money in the Bank fez por Alberto Del Rio? Deu-lhe finalmente o reinado que andava há quatro meses a ser adiado, apenas para o ver terminar poucas semanas depois. Para Alberto Del Rio, a mala foi apenas uma tentativa desesperada da WWE para que o levassem a sério, já que de outra forma eles não o conseguiam fazer. E mesmo assim, não resultou.

O que é que a mala de Money in the Bank fez por CM Punk, além de dar desculpas e respostas à WWE para quando CM Punk se queixasse de falta de oportunidades ou apoio? No primeiro reinado não fez absolutamente nada. CM Punk era campeão no programa principal da WWE, mas mesmo assim era tratado como midcarder, perdendo relevância para outras rivalidades que nem sequer envolviam o título.

É verdade que o segundo reinado de CM Punk foi bastante maior, com muito melhores combates e rivalidades, mas no fim do dia, este continuou a perder o Título para Undertaker e Kane pudessem rivalizar… Outra vez! No fim do dia, CM Punk continuou a ser visto como uma estrela pouco importante que nem merecia uma história minimamente trabalhada para a Wrestlemania. CM Punk tinha sido um main-eventer em situações ocasionais, mas não era um main-eventer. Pelo menos, não até ao Money in the Bank de 2011.

E Daniel Bryan? A mala fez alguma coisa por ele? É complicado de acreditar que uma série de derrotas sucessivas possa ajudar alguém nalguma coisa, muito menos na consolidação de um futuro campeão, mesmo que seja com a mala de Money in the Bank na mão. No fim do dia, os fãs gritaram por Daniel Bryan quando Mark Henry e Big Show estava no chão por duas razões: primeiro, eram familiares com o trabalho de Bryan fora da WWE e sabiam o quanto ele tinha trabalhado para vencer o título; e segundo, porque os Money in the Bank costumam ocorrer em situações daquele género.

As reacções que Daniel Bryan obteve na Wrestlemania 28 foram fruto do trabalho dele, dentro e fora de ringue. A mala de Money in the Bank e as derrotas sucessivas, ou vitórias pouco convincentes, apenas serviram para fazer dele um main-eventer pouco credível. Por isso é que é tão fácil fazer destes lutadores main-eventers “temporários”. Eles são main-eventers porque estão a lutar com main-eventers ou porque estão a lutar por um título importante. Não os são porque foram construídos como tal. Não os são porque os fãs acreditam que são.

E isso, no fim do dia, não é nada de especial. Numa Era em que Títulos saltam de mão em mão numa tentativa louca de acertar na lotaria e em que as oportunidades por títulos são dadas por qualquer razão, credível ou não, é díficil fazer alguma destas coisas soar especial.

E essa é uma das coisas que mais me assusta e preocupa na WWE. Sim, eles possuem um roster sólido e talentoso que, sem dúvida alguma, conseguirá suportar a companhia nos próximos anos. E sim, muito talento jovem tem obtido destaque recentemente. Mas a verdade é que, embora aparentam existir vários main-eventers, muito poucos realmente são tratados como tal.

Não sou a primeira, nem a única a dizê-lo (obviamente), mas nesta indústria “perception is reality”. Logo, aplicando essa lógica, um main-eventer não é main-eventer porque lutou no último combate de um dos pay-per-views com menos destaque do ano, ou por outras palavras, num dos pay-per-views que existe apenas para “encher” e depois quando chega a hora da verdade, a hora para o grande espectáculo, é relegado para último plano porque há main-eventers consolidados, de carreira feita e a trabalhar em part-time, que precisam de brilhar mais uma vez e porque dinheiro rápido é a linguagem predilecta da maioria das pessoas.

Como é que a WWE pode esperar que os fãs levem alguns destes lutadores a sério se, teoricamente, eles nem são capazes de “vender” um evento? É claro que é fácil criticar e gozar com a ideia de Daniel Bryan a lutar num combate de destaque ou até no main-event – e com tempo de combate decente, diga-se de passagem – na Wrestlemania. Nada é mais fácil de fazer, agora que ele anda a lutar de olhos vendados!

Como é que se pode esperar que personagens poderosas como Sheamus ou Ryback possam alguma ser uma ameaça legítima a Brock Lesnar, se para o grande evento de todos se vai usar a Lenda de quarenta anos, Triple H? Como é que se pode levar Dolph Ziggler a sério se este só é tratado como main-eventer na “época baixa” do Wrestling, enquanto na “época alta” é tratado de forma rídicula.

Não basta nós sabermos que Dolph Ziggler é talentoso. Não basta nós sabermos que este pode ser colocado em ringue com qualquer pessoa, ou objecto, e mesmo assim fazê-la/o brilhar. Exemplos? Vejam o combate com Ryback, da última Raw. Esse é apenas dos mais recentes exemplos. Não basta que nós, os fãs que se preocupam, os fãs que gostam de debater sobre o assunto e esmiuçar tudo até ao último detalhe, os fãs saibamos que Dolph Ziggler tem todas as capacidades para ser um verdadeiro main-eventer dentro da WWE.

É preciso que a WWE mostre isso ao resto dos fãs, à grande maioria. É preciso que a WWE faça isso com todos os lutadores que achar talentosos ou capazes o suficiente para apoiarem a companhia.

Contudo, infelizmente não interessa que uma possível aposta credível e séria em Dolph Ziggler ou qualquer outro dos lutadores actuais possa ajudar a gerar mais vendas num pay-per-view “B” como o Over the Limit ou o Night of Champions, graças à forma espectacular como foi retratado junto de Lendas como The Rock. O que interessa é que a Wrestlemania bata recordes de vendas para a WWE se possa mais tarde gabar, pois a nível monetário, não seria nada que não conseguissem compensar depois.

O que interessa é o ego, mesmo quando não há competição para provocar. Infelizmente, é muito mais importante prender a atenção dos fãs no dia da Wrestlemania, do que no dia do No Way Out, mesmo sabendo que no maior evento de todos, já toda a gente estará a assistir, independentemente do que aconteça.

Porque enquanto a WWE não o fizer, existirão sempre fãs que, perante a ideia de ter Dolph Ziggler ou Daniel Bryan como uma das figuras principais da Wrestlemania, se irão rir e gozar. Porque enquanto a WWE não o fizer com estrelas como Ryback – cuja adoração e atenção dos fãs está constantemente na corda bamba – nunca poderão ser visualizadas num embate contra Brock Lesnar. Porque enquanto a WWE não o fizer, o número de verdadeiros main-eventers nunca passará de três – John Cena, CM Punk e Randy Orton.

Os outros nunca poderão ser vistos como tal até a WWE decidir apostar neles a sério. Não basta ser main-eventer num pay-per-view, pois a rapidez com que os lutadores descem de main-event para o midcard e depois novamente para o main-event, não só é constatada mais vezes do que deveria, como é algo que corrói a credibilidade dos lutadores.

Olhem para The Miz. Foi main-eventer da Wrestlemania 27 e pouco mais de um ano depois, estava no pré-show de um pay-per-view. Foi main-eventer de um evento, sim, mas terá Miz alguma vez sido um verdadeiro main-eventer? Claro que não.

Olhem para Dolph Ziggler! Venceu a mala de Money in the Bank numa época em que a sua carreira estava em alta, pois os fãs estavam completamente do seu lado, e a WWE não aproveitou. Mesmo assim, meses depois venceu Randy Orton no Survivor Series, sendo o único sobrevivente da sua equipa, venceu The Miz no Main Event da mesma semana e chegou mesmo a vencer John Cena no TLC!! Depois de tudo, parecia que finalmente Dolph Ziggler iria ser promovido como um verdadeiro candidato ao título.

Apenas para voltar a perder várias vezes para John Cena na Raw (coitado do moço, ele precisava!!), mesmo em situações em que fazia batota extrema. Até o seu antigo parceiro, Jack Swagger, aquele de quem a separação causou uma enorme ovação na Raw, está mais perto do título que ele, e nem sequer possui uma mala consigo.

Dolph Ziggler participa no Royal Rumble, mas não no Elimination Chamber, porque “não precisa dessa oportunidade”, visto ter a mala consigo. Que lógica! Vai lutar com o campeão mundial na próxima Smackdown e, mais provavelmente, não irá ganhar. Não possui rivalidade própria porque, nesta altura do campeonato, já não há main-eventers que precisem de brilhar, pois estão demasiado ocupados em construir a sua rivalidade na Wrestlemania. Ziggler, por sua vez, não possui rivalidade para a Wrestlemania. Parece estar eternamente à espera da sua oportunidade, sem nunca fazer nada que indique se encontra presente.

Não se poderá dizer que Ziggler será ofuscado na Wrestlemania, porque para ser ofuscado é preciso, primeiro, fazer algo para se destacar, o que não é o caso. A WWE está apenas a fazer Ziggler esperar para que a época de Wrestlemania termine para que este faça o cash-in. Está apenas a empatar tempo.

Porque no fundo, a WWE não se preocupa que os fãs já estão saturados de esperar pela oportunidade dele, depois de todas as vezes que o tentaram apoiar. Caso o cash-in seja um fracasso, a culpa será, teoricamente, dele. Ele é que não aproveitou as suas oportunidades. Afinal, teve uma mala de Money in the Bank!! Não se poderia pedir mais que isso! Não se poderia pedir uma construção ou promoção digna de futuro campeão!

Na mentalidade da WWE, não é preciso valorizar Ziggler como main-eventer e promovê-lo como futuro candidato ao título, basta apenas dar a mala e fazer com que este faça o cash-in numa altura em que quebrar recordes de vendas de pay-per-views não seja uma prioridade.  Desde que ele continue lá, a sacrificar o corpo de forma absurda para que todos os que vão contra ele possam parecer os melhores lutadores do mundo, não há razões para alarme.

Já há meses que aposto num cash-in do Ziggler na noite após a Wrestlemania. A WWE adora guardar qualquer coisa especial para essa noite. Já é tradição. Na Wrestlemania em si seria bastante surpreendente, pois não faz sentido gastar trunfos numa jogada que já está safa, mas quem sabe?

Facto é que não será um main-eventer ou um sólido candidato ao título a fazer o cash-in. Será alguém que a maioria dos fãs mais dedicados e exaustivos respeitam e querem ver singrar, mas será sempre alguém que a larga maioria do Universo WWE não vê como mais do que uma bola loira e saltitona que faz spots espectaculares.

Por várias vezes, a mala de Money in the Bank serviu como presente envenenado. Não porque era atribuída com a intenção de prejudicar, mas porque servia apenas para enganar. À partida já se sabia que não iria ajudar ninguém. Basicamente, por várias vezes, a mala de Money in the Bank foi um factor que brincou com as expectativas dos fãs e que por consequente o desmotivou e irritou. E quem perde com isto são os lutadores em questão, porque para esta indústria, não há nada pior que fãs ressentidos e desmotivados. No fundo, os lutadores perdem-nos, muito antes dos terem sequer tentado conquistar.

Estamos, então, a falar de lutadores que, supostamente, são o futuro da companhia e da indústria, no geral. Pessoalmente, a escolha dos nomes neste leque de pessoas não me faz temer pelo futuro da indústria. Muito pelo contrário, só de ouvir os seus nomes fico empolgada e interessada em vê-los desenvolver. O que me preocupa, como fã, é a forma como o futuro é tratado e que imagem é passada para todos os fãs. Não basta o que eu sei. O que eu reconheço como sendo facto. No fim do dia, o que basta e realmente interessa é que aquilo que passa cá para fora. É a imagem que é transmitida. E até agora, a imagem não tem sido positiva. E isso sim, é o que me preocupa. Até à próxima semana!

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

48 Comentários

  1. Vinícius Nunes - há 4 anos

    Não sei se o artigo foi mais curto que o habitual, ou eu fiquei tão entretido que achei que li rápido demais, mas o fato é que foi muito bom, e disseste aquilo que está na gargante de muitos fãs da internet, todos eles sabem que Ziggler merece uma oportunidade, que ele merece o título, que ele merece grandes feuds e gandes storylines, porém a inconsistência gira em torno do homem.

    Na época do Money In The Bank, Ziggler estava muito over, estava em grande fase, teve uma feud agradável com Jericho, depois foi enterrado no Night Of Champions pelo Orton, e só foi se recuperar no Survivor Series e TLC, voltando ao auge, depois a WWE mata o ímpeto do homem depois de derrotas seguidas para Cena e o enterramento de vez do homem, isso após perder para Kane, Alberto Del Rio, algumas vezes e Ryback, a última vitória que lembro do Ziggler foi contra o Miz em uma Raw antes do Royal Rumble. O pior de tudo que depois da WWE deixar entender que 2013 ia ser o ano do Ziggler, isso no final de 2012, hoje eu já penso que ele terá um reinado bem fraquinho como World Champ, o que é uma pena.

    • Willian Silveira - há 4 anos

      Concordo com o que disseste.

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado pelo elogio, Vínicius :) Por acaro, o artigo foi das dimensões a que já estão habituados, mas fico contente por saber que ficaste entretido :)

      “depois a WWE mata o ímpeto” exactamente! Não podias ter dito melhor. Aquelas derrotas completamente injustificadas com o Cena mataram mesmo o balanço que ele tinha e desmotivou novamente os fãs.

      • valugi - há 4 anos

        O pior dessas derrotas para o cena em raws, foi que o Dolph utilozu 15 finishers e até o langston usou e o Super-heroi sobrevivia, agora todos impeto criado para o Dolph no final de 2012 se perdeu agora, para mim a a unica saida era marca na wrestlemania Dolph vs Jericho, e o Dolph ganhar dando assim uma certa valorização de ter ganhado do Jericho, para que todos saibam o Jericho e meu wrestler favorito de todos os tempos, e quando volta e para valorizar esses futuros main eventers.

  2. MicaelDuarte - há 4 anos

    Muito bom artigo mais uma vez. Sem nada mesmo a acrescentar porque já disseste tudo!

    Os cash-in’s do Punk foram mesmo presentes envenenados! Fê-los e tiveram grande impacto (não tanto como os do Edge claro) e seria de esperar que logo na primeira mala que teve, sofresse o tal salto para ser main-eventer, no entanto, bem que estavamos enganados. Depois do feito que foi ser o primeiro de sempre a ganhar a mala em 2 WM consecutivamente, WWE deitou tudo a perder outra vez.

    Pois é verdade, já tinha tido um reinado como Tag-Team Champion, ECW Champion, Intercontinental Champion e 3 reinados como W.Heavyweight Champion mas depois do terceiro reinado acabar ficou a percepção que ele nunca foi levado a sério como um Campeão Mundial mas sim como algo transitório!

    Quando aparece algum artigo relacionado com o Ziggler ou relativo à mala, eu digo, repito e mostro sempre a minha “indignação” (é mais forte que eu xD) para com o tratamento que a WWE lhe dá!

    Estamos a falar de um excelente wrestler, que faz através do seu sell qualquer outro ‘labrego’ parecer um óptimo wrestler! E ainda bem que referiste Salgado o combate com o “Não me convences em nada” Ryback porque realmente o Ziggler fez do combate algo melhorzito e mais: não só fez o combate melhor como ainda JOBBOU pela 234712 vez para o Ryback! Na elimination chamber, ficou de fora do card e depois metem-no a combater com o Kofi Kingston? WTF? Depois de ter tido aquela vitória sobre o Cena no TLC, passou a perder constantemente para o Cena apenas com um F-U, enquanto o Cena fazia kick-out a TODOS os moves e mais alguns que o Ziggler tem!? O que é que ele está a fazer com o Big E e com a AJ? NADA! Ele já se desenrasca sozinho e não precisa de ninguém! Ainda se fosse alguém como o Flair seria uma mais valia para ele mas Big E e AJ?…

    Espero que ainda antes do Cash-in lhe deem o 34978 balanço para disfarçar o mínimo que seja ou que não afecte tanto a sua credibilidade depois enquanto campeão! Sou um grande fã do Ziggler e ver um talento como o dele mais longe da derradeira oportunidade do que o Jackass que só faz porcaria custa engolir enquanto fã!

    Faz falta na WWE um 25 de Abril, só não sei se só os cravos chegavam! xD Os nossos amigos Brasileiros se não souberem o que é pesquisem que percebem :).

  3. David Villa "maravilla" - há 4 anos

    Excelente artigo que apenas retrata a realidade actual que afecta a wwe!! e de facto hoje em dia para mim só existem quatro main eventers na wwe a tempo inteiro claro: john cena, randy orton, cm punk e sheamus! e mesmo assim por exemplo cm punk precisou de andar muito tempo perdido no roster para finalmente o ascenderem ao estatuto que merece quer se goste quer não se goste!!

    penso que the miz, del rio e daniel bryan poderiam hoje ser main eventers mas pagaram caro os falhanços da wwe que não os souberam construir como era devido!! The miz após ganhar o money in the bank, o titulo da wwe, vencer cena na mania e interagir com the rock passou a andar a jobbar para brodus clay? O homem que confrontou the rock e stone cold agora anda a perder com santinos? really?

    Del Rio ganha o money in the bank, o toyal rumble e o titulo da wwe mas pagou caro o facto de nunca o saberem cimentar e dar-lhe a credibilidade que merecia! no caso de del rio foi mais não lhe darem tempo como campeão para demonstrar o seu valor e parece que agora encontrou o caminho de novo felizmente!

    Daniel Bryan passou de um fenomeno de popularidade na smackdown, vencedor do whc, money in the bank a perder combates de forma demasiado facil e limpa em pouco tempo! apesar de fazer tag com kane e estar a correr muito bem até ao momento tem perdido de forma, a meu ver demasiado facil para um homem que venceu show e henry numa jaula!

    O caso de swagger nem merece comentarios!!

    E depois claro está temos Big Show e y2j que só nao so main eventers porque a wwe não quer vá-se lá saber porquê! jericho é na minha opinião o mais talentoso na wwe actualmente e merece-o mais que ninguém! já big show aconteceu-lhe o mesmo que Mark Henry! começou com um impeto enorme, um gigante destruidor e a pouco e pouco tornaram-no num campeão covarde!!

    Só espero que o ziggler não sofra com o mesmo erro de novo! A wwe deveria ter noção que depois de The Miz, Del Rio (apesar de agora estar a recompor-se), daniel bryan e swagger não à margem para novo erro pois vão deitar por terra mais um excelente trabalho de um grande lutador!!

    E o mesmo digo em 2014 e por aí fora quando chegar a vez de Cesaro, Sandow, cody e wade barrett que me parecem aqueles que tem mais condições de ganhar a mala nos proximos anos!!

  4. danielLP21 - há 4 anos

    Wow… Tu manda-me isto para a WWE!

    Concordo com absolutamente tudo o que escreveste neste artigo, sem tirar nem pôr. Não me lembro de ver um artigo teu que fosse contesse tantas queixas, ou pelo menos que evidenciasse essas queixas de uma forma tão “agressiva”.

    Em relação ao Dolph Ziggler, vou-me fartar de rir ( ou não) se o cash-in dele não for realizado na noite seguinte à WrestleMania. A WWE tem sempre algum trunfo na noite seguinte à WM? Sim, tem. Mas porque é que este ano há-de ser o Ziggler esse tal trunfo? Começo é a achar que nem a WWE sabe quando é que o deve colocar a fazer o cash-in. Depois de um ano a brilhar ( tal como o Daniel Bryan e mais alguns), nem sabem o que fazer com ele na WrestleMania… Olha, que o metam num combate com o Chis Jericho, até porque eles têm história… Ah espera, isso não, porque se calhar arriscam-se a roubar o espectáculo e isso não convém muito!

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado Daniel :)

      Eles têm até Julho para ele fazer o cash-in. Se não faz na Raw após a Wrestlemania, faz no Extreme Rules ou noutro pay-per-view qualquer. Desde que não faça numa Smackdown ou num Main Event, já me dou por contente.

      Vês como também já sabes, Daniel? :P

      • danielLP21 - há 4 anos

        Também já sei o quê?

      • Salgado - há 4 anos

        “Ah espera, isso não, porque se calhar arriscam-se a roubar o espectáculo e isso não convém muito!” Já sabes como as coisas funcionam.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Já há muito tempo que não questionavas a minha inteligência… Achas que eu só sei disso agora?! :D

      • Salgado - há 4 anos

        ahaha olha a piada! Correcção: Eu nunca questionei a tua inteligência :D

        Eu sei que não :P

  5. José Sousa - há 4 anos

    Excelente artigo, a WWE deu o presente evenenado. Lembraste quando disse que ele era um Bryan2.0, se calhar a realidade vai ser pior que isso, o que me assusta. A WWE tratou-o muito mal como dono da mala, ele quando estava em alta a WWE devia-se ter preocupado em valoriza-lo para que se mantivesse assim para que fosse visto como ameaça credível.

    Um facto curioso é que a única pessoa a quem a mala ajudou mesmo foi ao Edge, se ele podia ter chegado lá sozinho podia, mas as malas ajudaram-lo mesmo a ser visto como ameaça credível como top heel. De resto todos os outros precisaram de renovações que o diga Swagger, Del Rio e Bryan, e mesmo o Punk

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado, José!

      Acho que ao Edge, só a segunda mala é que o ajudou e não a primeira. O primeiro reinado do Edge foi curtíssimo e na Wrestlemania – que era daí a umas semanas – nem sequer lutou pelo Título. Foi preciso irem buscar o Mick Foley para o entreter.

      Olha, na realidade, sinto que o combate com o Foley na Wrestlemania 22 fez mais pelo Edge do que a primeira mala.

      • José Sousa - há 4 anos

        Pois fez, mas dentro dos que tiveram a mala foi o único que saiu a ganhar com ela. O CM Punk precisou da promo da pipebomb para o levarem mais a sério, eu sei que era main-eventer mas estava perdido. Ele torna-se main-event intocável é no Money in the Bank de 2011.

        O Bryan foi preciso o público reclamar se não aquilo da Wrestlemania passava ao lado e ele agora estava perdido. Mesmo que agora a WWE tarde demasiado em separar os Hell No( olha dava um belo artigo). O Del Rio e o Swagger tiveram que mudar as personagens.

      • Salgado - há 4 anos

        Sim, não disse o contrário. O que quis dizer foi que, das duas malas, só a segunda é que pode ter feito alguma diferença. A primeira não mudou absolutamente no seu estatuto.

      • José Sousa - há 4 anos

        Pois não foi claramente a partir da segunda que teve todos
        aqueles reinados como campeão Mundial( sendo que a maioria,
        veio da rivalidade com o Undertaker).

  6. Tibraco - há 4 anos

    A situação do Ziggler dificilmente tem solução. Neste momento, é irrelevante ele fazer o cash in amanhã, na Wrestlemania ou na RAW a seguir. O titulo que, supostamente, ele vai conquistar está completamente desvalorizado. Focaste, e bem, na fraca (para não dizer péssima) construção que o Ziggler tem tido mas não é menos importante a descredibilização do WHC. Um cash in no Del Rio ou no Swagger não tem impacto junto dos fãs, nem nunca será um momento que mereça grande destaque.

    O Ziggler é , atualmente, o lutador que mais gosto de ver a lutar. Não quero saber se ele é mau nas promos, para isso estão lá outros. Em termos de Wrestling puro e duro , ele é o melhor. Mas de longe. É um gajo que nunca faz “corpo mole”, luta sempre com máxima intensidade quer seja com o Tensai, quer seja com o Cena. Disseste , e bem mais uma vez, que ele arrisca o seu corpo mas tal não parece suficiente para a WWE. Só se ele anda metido com a Stephanie e o HHH não gosta dele! xD De outra maneira não consigo entender como é que não apostam neste homem a sério.

    • José Sousa - há 4 anos

      Olha não especules, mas não percebo como conseguem fazer o bom trabalho até ao TLC de o valorizar ao vencer o Cena, vencer Orton no Survivor Series, boa feud com Jericho e de um momento para o outro baixam de novo e tratam-lo como lixo. Se fosse o Kofi eu percebia porque ele já mostrou que não dá para main-eventer agora depois do que o Ziggler fez a WWE está a trata-lo a baixo de cão. Espero que esteja errado, mas depois de dar sinais que ia respeita-lo e valorizar este ano, de um momento para o outro faz isto.

    • Salgado - há 4 anos

      Acho que o Del Rio até tem sido bem construído, terá é sempre menos destaque que o título da Raw, mas isso já não é de agora.

      Sinceramente, acho que o cash-in no Del Rio agora é demasiado prematuro, pois o próprio Del Rio está agora a evoluir e afirmar-se como face, portanto tirar-lhe o título agora poderia abortar com tudo isso.

      Acho que ao Ziggler deviam ter dado um manager decente, como deram o Zeb Colter ao Swagger. Acho que se fizessem isso as condições ficariam mesmo ideias para ele fazer o cash in e ser campeão.

      Ahahaha, adoro!

      Tal como disse acima, não estou dentro da WWE, logo não sei, mas posso especular. Acho que não apostam mais nele porque sentem que não precisam. Os fãs já o apoiam, de tempo em tempos, sem qualquer colaboração por parte da WWE. E depois, ele tem a enorme vantagem de que pode ser usado para valorizar qualquer pessoa, portanto não penso que eles achem que ele precisa de qualquer apoio.

      • José Sousa - há 4 anos

        Sim sinceramente eu acho que a WWE vai adiar mais algum tempo o cash-in, até porque como dizes o Del Rio precisa de evoluir e afimar-se, mas sinceramente tem sido muito interessante como campeão Mundial. Aliás das poucas coisas bem feita pela WWE nos últimos tempos, isso os Shield e o Zeb Colter com o Swagger porque eu consigo ver as mudanças na gimmick, e são bem benéficas para o Swagger.

      • Salgado - há 4 anos

        Também não tenho nada contra Alberto Del Rio como campeão e como face. Tem-se safado muito melhor do que aquilo que esperava e merece isto, depois dos últimos dois anos que teve.

      • José Sousa - há 4 anos

        Mesmo pelo talento dele, que muitos diziam que não existia ou que não era tanto quanto a WWE transparecia. Aliás eu sei que é mais fácil valorizar os heels que os faces, mas o Del Rio tem estado bem como face.

        E outro que tem estado é o Sheamus. Aliás gostava que fosse á Wrestlemania para perder com o Barrett só mostrava a humildade que ele tem, sim porque ele ao deixar levar o spear do Reigns já mostrou que é humilde e capaz de querer usar o seu estatuto na empresa para valorizar outros.

      • Salgado - há 4 anos

        Isso é um facto. É muito mais fácil fazer de uma personagem um vilão, que um herói. É certo que se for mal feito, não interessa que personalidade é, mas em termos de facilidade, não há dúvida alguma que fazer um vilão é mais facil.

        Levar um spear ou perder na Wrestlemania não é sinal de humildade. Isso são coisas que os bookers decidem, nas quais o Sheamus não tem nada a dizer. A humildade vê-se na interacção com os fãs, vê-se nas entrevistas, nos DVDs, nas entrevistas e etc, não é aquilo que faz num combate que decide isso.

      • José Sousa - há 4 anos

        Claro mas ele estava a precisar de payback e a WWE não o deu para já. Sim não é humildade, mas ele parece-me naturalmente humilde e é bom Wrestler ao contrário que muitos comentam aliás não fosse o incidente Wrestlemania e o Sheamus tinha sido adorado como campeão e o reinado não estaria manchado.

        Sim eu sei que são escolhas dos bookers, mas olha o caso do Jericho ele teve alguma influencia o ano passado para perder com o Punk, porque não custaria nada á WWE fazer o Jericho campeão para o Punk recuperar no Extreme Rules.

      • Salgado - há 4 anos

        Payoff. O que ele nunca teve da rivalidade com o Big Show e que eu sempre estranhei é “payoff”. Alguns meses depois e quando a sua rivalidade com Daniel Bryan terminou, Sheamus acabou por ser adorado na mesma. Alguns dos fãs do Daniel Bryan é que continuaram sem o perdoar, embora não houvesse razão para tal.

        Sim, mas o estatuto do Jericho e o estatuto do Sheamus dentro da WWE não é comparável. O Jericho é uma Lenda de 40 anos com a carreira afirmada que já possui algum voto relativo na matéria. O Sheamus é uma das novas estrelas da companhia e ainda tem muito para andar antes de começar a ter voto na matéria. Quanto muito o facto de ser adorado pelo HHH pode ajudá-lo, mas isso não é algo que ele faça directamente.

      • José Sousa - há 4 anos

        Eu acho que ele não teve recompensa nem vingança foi algo muito estranho mesmo. E a WWE ainda não nos clarificou o que vai fazer com ele na Wrestlemania.Porque é Shield ou Barrett? Decidam-se ou vai ser na última Raw que marcam isso tudo sem ser os 3 main-events.

      • Tibraco - há 4 anos

        Não sei se o Ziggler precisa mesmo de um manager. Não é, nesse quesito, tão limitado como o Swagger. Como disse no primeiro comentário, ele não tem que ser brilhante no micro. Nem todos os lutadores precisam de ser super completos! O que ele faz no ringue devia dar-lhe o Main Event, sem grande alarido.

        Marta, a questão é que TODOS precisam de apoio. Não lhe vale de nada ser super apoiado no TLC e depois ser esquecido por dois meses. “Deram-lhe” a AJ e isso não serviu para nada. Colocaram lá o Big E que também não acrescenta grande coisa. É irritante ver como vão dando migalhas apenas para o entreter. Este assunto tira-me do sério xD Deviamos fazer uma petição para apostarem em definitivo no homem ahah :)

      • Salgado - há 4 anos

        Sim, o caso dele não é tão necessário quanto o do Swagger, mas acho que só lhe fazia bem. Nisso também concordo. Aquilo que faz em ringue conquista os fãs e garante-lhe o main-event sem quaisquer dúvidas. Além disso, como também não é mau, ele consegue aguentar-se no main-event.

        Sim, a AJ funcionou no início mas depois tornou-se numa estupidez. O Big E ainda é pior, pois nunca chegou a fazer qualquer diferença.

        Exacto, estas “migalhas” que a WWE lhe está a dar – como tu disseste, e bem – são para empatar tempo até eles quererem que ele faça o cash-in. Não é para mais nada.

        ahaha, olha isso não resultou lá muito bem para o Zack Ryder, portanto é melhor não :P

      • José Sousa - há 4 anos

        Olha ao mesmo nível do Ziggler, o que me irrita é o que estão a fazer ao Bryan. Então querem discussões para acabar os Hell No ou não?È que numa semana estão a discutir na outra tentam apaziguar e colocar com aquelas condicionantes parvas.

  7. Willian Silveira - há 4 anos

    Que vontade de trancar os McMahons e os booker numa sala, e colocar a própria Salgado a ler isso na frente deles, talvez assim eles parem de fazer asneiras.

  8. Frederico_WWE - há 4 anos

    Este é daqueles assuntos que nem merecia um comentário… tou farto de dizer que a forma como ele (Ziggler) está a ser tratado é uma vergonha e digo isto de há 2 meses para trás practicamente logo após os confrontos com o Cena e tu sabes disso porque já falamos muito nesse assunto em concreto Salgado… já cheirava que a coisa ia por caminhos tortos e sinceramente o que se tá a passar com o Ziggler não me surpreende… é verdade que isto até se pode “apagar” se o Ziggler fizer o cash in e for WHC mas mesmo assim é a tal coisa o titulo está um bocado underrated portanto o Ziggler ser campeão nesta fase ou não ser é quase o mesmo… uns gostam tanto de elogiar a WWE por tudo e por nada… eu só elogio quando acho que eles merecem e nisto do Ziggler é mais uma “facada” que mostra a porcaria que esta empresa hoje em dia é… em que aposta quase sempre nos mesmos e tem uma dificuldade TREMENDA em fazer novas estrelas crediveis o suficiente para se olhar para elas com valor… quem dizia que 2013 era o ano do Ziggler mesmo após o que se andava a passar… olha TEMOS PENA é que eu nunca me deixo enganar.

    • José Sousa - há 4 anos

      Nem sempre tás certo, mas desta vez talvez estejas. Ainda não é certo que vai dar errado. Quem dizia que o Del Rio se ia emendar e ser campeão até á Wrestlemania? Ninguém. Que o Ziggler está a ser tratado como lixo sobretudo depois do Rumble é verdade, mas é como o Daniel diz não querem colocar com o Jericho porque? tem medo que ele brilhe mesmo e não tenham hipoteses sem ser valorizar. Isto está a precisar de uma Wrestlemania como a 11 um valente nojo para verem se abrem os olhos

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        Nope :) Isto para acordar e para abrirem os olhos está a precisar é de algo tipo “Grândola Vila Morena terra da fraternidaaaaaaaade o povo é quem mais ordena dentro de ti ó cidaaaaade” :D

      • José Sousa - há 4 anos

        A verdade é que naquele ano foi suficiente Fred, e o produto estava exactamente no mesmo patamar de qualidade do actual se não ainda pior. Mas se cantarem que não ponham o Relvas a cantar que ele não sabe a letra;)

      • danielLP21 - há 4 anos

        Ui… Adorei a última frase! :D

  9. Luiz Opportunist Spear - há 4 anos

    Otimo artigo Salgado,vc disse mesmo tudo.A WWE faz exatamente isso q vc citou recorre a partimes pra vender pois julga q os talentos de seu roster atual nao conseguem tal coisa,o q a WWE precisa entender e q quem faz isso e ela mesma,quem deixa os talentos do roster assim e ela propria q nao constroem os mesmos para tal.

    Enfim como vc Salgado mesmo fez o exemplo do MITB e mt claro ele e mesmo como vc disse um presente envenenado pq a WWE varias vezes nao constroem quem tem a mala como aquilo q ele supostamente vai se tornar um campeao mundial e ai quando,o mesmo faz o cash in,torna se campeao sem ta “preparado” mesmo q a pessoa em questao tenha talento,assim o publico nao gosta dele,as audiencias baixam,ele nao convence e em um ou dois meses dps vencer o titulo perde o mesmo e volta pro lugar onde pra WWE nunca deveria ter saido o Mid Card ou em alguns casos o Low Card.

    Eo pior e q em alguns casos o lutador e visto como errado como se a culpa fosse dele de a aposta no mesmo ser errada,claro q as vezes a culpa e mesmo do lutador,mas como vc mesmo citou Salgado pra q a aposta der certo e necessario q a empresa eo lutador se ajudem para assim a aposta resultar.

    Enfim ja pensei q o Ziggler teria um reinado consistente pois o final de 2012 fez nos pensar isso,mas quando a epoca em q os grandes talentos brilham chega,o Ziggler e esquecido e deixado a virar um verdadeiro Jobber,por isso q acontece o q eu citei acima.A WWE deixa de fazer as novas estrelas brilharem para fazerem os q ja tiveram suas chances e brilharam ser a cara do maior evento de wrestling denovo.Por isso q aprecio o trabalho de Jericho e Kane q atuam na empresa sem ser a partime e so pra elevar os mas novos.

    Enfim e isso ainda quero acreditar q o Ziggler nao tera um reinado de 3 meses mesmo sabendo q isso pode mt bem acontecer.Bem boa semana de wrestling a todos.

  10. GianBr - há 4 anos

    Tudo isso culpa do tio Vince.

  11. gabrielgustavo23 - há 4 anos

    Muito bom o artigo,gostei muito do tema debatido e também acho que o Money in the Bank não está rendendo como antes pois eu acho que a mala só ajudou Edge portanto a WWE precisa pensar melhor como ela vai fazer novos main eventer

  12. Anónimo - há 4 anos

    E o pior é ver o Ziggler com a A.J que na minha opinião já esta saturada e com o Big E que não faz nada as vezes eu penso que a WWE fez esse decrinio na carreira do Ziggler de proposito pq ele tava recebendo muito apoio dos fãs exemplo disso é o TLC que ele tava lutando contra o ” rosto da WWE “

  13. Eduardo - há 4 anos

    Parabéns Salgado ótimo artigo muito bom

    O pior é ver o Ziggler com a AJ que na minha opinião já ta saturada e com o Big E que ate agora não entendi o personagem dele é o que de vela ? de segurança ? como eles vão fazer o Ziggler um heel um main event se precisa de um segurança e uma maluca ? ele tem que separa e seguir feud com o Jericho já que ele tem carreira consolidada e pode lança o Ziggler pra um Main Event pq talento e apoio dos fãs ele tem ou seja a WWE tem a faca e o queijo na mão pena que não sabe cortar.

    Daniel Bryan tem tudo pra ser um Main Event mesmo caso do Ziggler acho que seria um ótimo top BabyFace do SmackDown e quem te viu e quem te ver American Dragon eu li uma entrevista dele que ele tava cansado dessas palhaçadas com o Kane que o NXT foi perda de tempo e que ele tinha certeza que perdeu muitos fãs do tempo das Indys

    Sobre o futuro da WWE vai ser lindo só olhar pro NXT eu espero que eles são se percam e acabem fazendo besteira com essa galera e ser quer saber como sera o futuro estude o passado.

  14. FábioVaz - há 4 anos

    Muito bom artigo!

  15. Ledson Caio - há 4 anos

    O ziggler esta sem rumo ele perde caras como ryback e john cena como ele pode ser main-event se ele nao pode vencer os main-events.
    como ric flair disse para ser o cara voce tem que vencer o cara,quando o ziggler ganhar o whc espero que ele comece a vencer caras main-event para ser o principal heel do smackdown e espero que o reino whc dele duro pelo menos 6 meses.

  16. B3stIntheW0rld - há 4 anos

    Não sei se concordam comigo mas acho que a WWE devia acabar com as 2 malas e fazer só uma como antigamente. Digo isto porque assim além de ser óbvio um possível Cash in pode acontecer o que está acontecer ao Ziggler…A WWE está sem ideias…E com o Roster que têm podiam acabar com os Supershows e dividir a RAW da Smackdown pois assim era mais imprevisivel, dando mais oportunidades aos wrestlers menos utilizados etc…

  17. Lucas Silva - há 4 anos

    Eu estava lendo o artigo, e loucamente esperando para você fala sobre o Money in the Bank para The Miz também.. mais não aconteceu.. foi por que no artigo você só queria fala sobre a Money in the Bank “jogadas pro lixo” ?

    • Salgado - há 4 anos

      No fundo, só queria falar do impacto do MITB nas estrelas que hoje são consideradas – pela maioria dos fãs – main-eventers. The Miz perdeu muito estatuto nos último ano e meio e a maioria dos fãs já não o vê como main-eventer hoje! Aliás, muitos não o viam como main-eventer na altura em que o era, quanto mais agora… Mas, The Miz é certamente o exemplo daquilo que falei acima: os main-eventers temporários. A forma como ele esteve no main-event e depois desceu vertiginosamente no card, ao ponto de estar em combates de pré-show quase um ano depois de ter sido o main-event da Wrestlemania, é um exemplo excelente daquilo que falei no artigo.

  18. DheFan - há 4 anos

    Excelente artigo, aliás, todos os artigos que leio deste site são excelentes , apesar de claro somente leio e limito-me a ver os comentários dos outros amigos que tem a mesma paixão pelo wrestling que eu tenho.

    A verdade é que , tal como aconteceu com Daniel Bryan, ganhar a mala não significa que já esta no alto da montanha, pois quando Bryan ganhou a mala no Money in the Bank de 2011, a unica coisa que iria acontecer a seguir era fazer com que este perdesse combate atrás de combate, o mesmo se passa com o Dolph Ziggler na atualidade, ao meu entender parece que hoje em dia quem transporta aquelas malas são considerados “projectos” e deixados de lado, para o momento inoportuno da carreira em que ganham o prémio mais cobiçado da companhia, apenas para o perder no próximo ppv.

    Lastimável, mas a WWE infelizmente tem esta mentalidade que é ganhar dinheiro, com apoio de lendas, isso mesmo lendas, quer dizer uma coisa é ter veteranos a ajudar o futuro da companhia, mas po-los no “spot ligth”? Chamem-me doido com um grande D mas acho que de todas as formas de criar main eventers esta , definitivamente a mais incorreta, claro é bom ver tipos como The Rock ou Brock Lesnar a voltar e lutar em combates, mas torna-los campeões???? Por favor, isto sao comprova o meu argumento , e possivelmente de alguns de vós; que o problema da WWE nao é ter dificuldade em tornar indivíduos como Dolph Ziggler e Daniel Bryan em main eventers , mas sim em nao se fartarem de encher os bolsos.

    A menos que , e espero ter razao neste meu ponto de vista da WWE tente fazer o oposto que vez com exemplos de Daniel Bryan e The Miz, e dar um reinado DECENTE ao ShowOff, mas nunca sabemos ao certo o que poderá acontecer.

    Concluo este comentario ao dar os parabens pelo artigo e continuaçao de um bom trabalho.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador