Opinião Feminina #123 – The Rematch of Rematches

Finalmente, chegou a altura. A tão aclamada altura de falar da maior desforra a que esta indústria já teve oportunidade de assistir nos últimos anos. Será certo? Será errado? Terá sido bem construída? Porque sim? Porque não? Todos os porquês, senãos e tudo mais serão debatidos nesta edição do “Opinião Feminina”. Uma edição que promete ser algo controversa, mas como sempre, sincera.

Num dos cantos desta enorme desforra temos a maior estrela da actualidade, e dos últimos anos, John Cena. Com muito poucas proezas restantes a adicionar ao seu repertório, John Cena procura vencer The Rock na Wrestlemania XXIX para cumprir assim aquilo que tinha prometido fazer o ano passado. John Cena é também, muito provavelmente, a personagem mais controversa que a companhia possui neste momento. Odiado por muitos, adorado por outros tantos, a verdade é que ninguém lhe é indiferente. Toda a gente tem uma opinião e uma ideia formada sobre o trabalho deste lutador, o que também não é surpreendente visto ser ele quem é na indústria.

Já no canto oposto está The Rock. As proezas de The Rock, como lutador ou indivíduo, são imensas. Sem dúvida, um homem trabalhador que obteve sucesso em vários ramos da sua vida. O seu regresso à WWE não é recebido de forma consensual pelos fãs e já teve direito de destaque em várias edições passadas do “Opinião Feminina”.

Num breve resumo, para também não ser demasiado repetitiva (para mais esclarecimentos no tema releia “Opinião Feminina #88 – The Rock: Mais-valia ou Problema?”), quero dizer que, embora compreenda e aceite o regresso de The Rock como algo benéfico para a WWE no geral, devido à publicidade extra e ao lucro na bilheteira e na venda de pay-per-views, apreciaria mais se o seu uso primasse mais pela inteligência e planeamento a longo prazo.

A meu ver, é absolutamente desnecessário pagar milhões a The Rock para aparecer, se ao mesmo tempo não se garante que o investimento está seguro. E não, não estou a falar de vendas de pay-per-views, estou a falar de dar aos extra pares de olhos que vão assistir à WWE exclusivamente graças a The Rock motivos – bons motivos – para ficarem fãs da companhia e, quem sabe, da indústria. Não para abalarem juntamente com The Rock, assim que este terminar o seu trabalho.

Tal como já foi referido, embora The Rock tenha uma legião de fãs inabalável, a verdade é que algumas vozes, poucas, mas insistentes, se têm levantado contra The Rock. Tudo isto a apartir do momento em que este enfrentou CM Punk, o novo ídolo de muitos fãs.

Juntando isso a algumas das suas ausências em eventos da Raw e ao facto de ser campeão, a verdade é que em certos círculos, The Rock já não é tão adorado quanto dantes. De qualquer das formas, esses círculos continuam a ser pequeninos e algo irrelevantes para o panorama geral da WWE. Afinal, a verdade é que quando chega à hora de avaliar o sucesso de bilheteira dos eventos, os eventos com The Rock esgotam bastante rapidamente e os pay-per-views sobem sempre. Podem não subir o suficiente para compensar os milhões que Rock recebe como salário, mas sobem.

Desta forma, temos elementos extremamente voláteis, diga-se de passagem (Obrigado, Dean Ambrose), a chocar novamente no evento mais importante do Wrestling Profissional: Wrestlemania XXIX. Isto tudo no que poderá ser muito bem ser o combate mais falado e debatido dos últimos anos. Afinal, como poderia não ser? Depois de uma primeira edição que, não só foi anunciada com um ano de antecedência – algo inédito para os dias de hoje -, como foi um sucesso estrondoso a nível financeiro! É apenas natural esperar que a segunda edição tenha um sucesso semelhante!

Ora, não é só o regresso de The Rock que tem gerado polémica entre os fãs, o anúncio desta desforra e a possibilidade da mesma também tem gerado bastante conversa. Mas tudo isto é de esperar. É absolutamente impossível combates desta magnitude não gerarem fortes reacções e opiniões – sejam as mesmas positivas ou negativas. Aliás, estariam todos os envolvidos a fazer um péssimo trabalho caso esse não fosse o caso. Então e a que conclusão chegamos? Terá este combate fundamento para acontecer?

Há umas semanas atrás fiz um artigo a explicar que um dos objectivos principais da Wrestlemania é fazer dinheiro e se publicitar. A Wrestlemania é o evento anual que a WWE possui para se exibir. Para mostrar toda a sua grandiosidade dentro da indústria e para tentar, a todos os custos, ganhar reconhecimento fora da redoma em que se encontram forçosamente presos.

Daí o grande uso das celebridades através da história e daí o recurso a estrelas como The Rock e Brock Lesnar. Embora, por acaso, a celebridade convidada este ano seja um ex-lutador de Wrestling bem-sucedido em Hollywood, desde a sua incepção que as celebridades fazem parte da Wrestlemania e os objectivos nunca mudaram através dos tempos. Como fãs, podemos ter julgado que eram outros e ter sido iludidos, mas isso foi apenas pura ilusão.

Sinceramente, até fico mais apaziguada por ser uma celebridade “da casa”a trazer este tipo de publicidade. Não tenho nada contra celebridades que tenham verdadeiro apreço pela indústria, como por exemplo Mike Tyson e alguns outros, mas é sempre melhor ter alguém que, de alguma forma ou de outra, nos pode trazer alguma nostalgia. Alguém com quem, de facto, temos algo em comum, dentro da indústria.

Por sua vez, é sabido que os espectatores extra da Wrestlemania não vêem para ver Dolph Ziggler quase morrer pela quinquagésima vez consecutiva numa manobra louca qualquer, ou para ver Damien Sandow a fazer uma promo espectacular, ou até para ver os The Shield a lutarem de forma brilhante. Esses espectadores irão assistir à Wrestlemania por causa de The Rock vs. John Cena. Porque são só esses, e pouco mais, os lutadores que conhecem. Compete à WWE conquistá-los e veremos se de facto consegue fazer isso no evento. Cá estaremos para os criticar, caso contrário, como estaremos para elogiar.

Contudo, independentemente da nossa apreciação, a verdade é que isto é um negócio de milhões. Milhões de dólares estão em jogo. Seria, no mínimo, burrice e uma grandessíssima asneira a nível empresarial não repetir este combate. Especialmente, não repetir porque um pequeno grupo de fãs não concorda.

E sabem que mais? Isso irrita-me. Irrita-me porque é verdade. Irrita-me porque, infelizmente, faço parte do pequeno grupo de pessoas que não tem interesse neste combate. Mas, as coisas funcionam assim. Nem sempre gostamos do que é certo. Não somos obrigados a isso. Pessoalmente, The Rock vs. John Cena bastou-me ver uma vez. Posso vir a gostar do segundo embate de ambos – certamente vou tentar – mas, até ao momento, não é algo que me cative. Contudo, de todos os combates que envolvem Lendas (The Rock vs. John Cena; Triple H vs. Brock Lesnar, Undertaker vs. CM Punk e Chris Jericho vs. Fandango), este é aquele com o qual consigo discordar menos. Porque faz sentido existir.

Não há nenhuma razão lógicamente aceitável que diga que este combate é uma asneira. Do ponto de vista financeiro já se sabe que deverá ser um sucesso. Do ponto de vista publicitário também. Não é um combate que já tenha acontecido tantas vezes que tenha feito com que os fãs o enjoassem – pois ainda só aconteceu uma vez. Neste ponto, posso dar algum benefício da dúvida visto que a promoção do primeiro embate foi bastante forte, mas mesmo assim não estamos a falar de um Dolph Ziggler vs. Sheamus, por exemplo.

Já para não falar da excelente forma física de ambos. Quantas vezes, na indústria do Wrestling Profissional, se tem a oportunidade de criar um “Dream Match” entre dois atletas em excelente forma, quanto mais repeti-lo?

Tal como já referi, alguma das críticas que notei à criação deste combate foi a situação em que ficou CM Punk. Depois do ano que teve, seria justo e adequado que CM Punk estivesse envolvido no combate pelo Título da WWE na Wrestlemania XXIX. E, muito sinceramente, concordo com isso. A ideia de ter The Rock como campeão a publicitar a WWE é brilhante, mas desnecessária. The Rock já iria atrair as atenções só por participar no combate. Pode ser bonito ver o Título da WWE com tanto destaque, mas não acho que faça a diferença.

Se a Wrestlemania XXIX ultrapassar a Wrestlemania XXVIII em vendas, então não terei problemas nenhuns em admitir que se calhar estou errada e que, de facto, fez a diferença. Pelo menos, até agora o combate de The Rock vs. John Cena vende sozinho e o título ficaria melhor com CM Punk, noutra situação (mais sobre isso na próxima semana).

O sucesso do primeiro combate e a suposta redenção de John Cena já são bons motivos. Poderão não ser excelentes, visto que não me lembro de John Cena ter tido um ano assim tão mau, mas seriam suficientes para dar uma razão de ser à desforra e a verdade é que envolver Punk no combate, tornando-o uma Triple Threat, embora fosse extremamente benéfico para Punk do ponto de vista da sua personagem, não sei se em ringue seria uma ideia tão brilhante. As Triple Threats não são propriamente conhecidas por serem sempre magníficas.

Conclusão: este combate não é desejado por alguns, mas vai ser comprado por muitos mais. Já o foi assim e assim será novamente. Além disso, eles não têm feito um mau trabalho a promovê-lo. É certo que a WWE tomou várias decisões questionáveis e desnecessárias – do meu ponto de vista – mas, também tomou algumas decisões inteligentes. Facto é que o combate e a história em si serão sempre aborrecidos e serão sempre péssimos, para quem condena isto logo à partida. É assim com tudo na vida.

Voltando ao artigo, irei começar então pelos elogios. Tenho noção que a WWE foi forçada a parar com a construção da rivalidade de The Rock com John Cena por duas semanas, devido ao complicado horário do primeiro, e que definitivamente não foi a sua opção. Mas, também tenho noção que a WWE poderia ter tomado decisões bastante erradas para ocupar essas duas semanas, no que toca a esta rivalidade, mas decidiu não o fazer. E, embora não seja uma situação popular entre os fãs, achei isso extremamente inteligente.

Atenção, não gostei que o campeão da WWE não estivesse presente em duas edições da Raw, embora compreenda que fosse por razões publicitárias, mas a meu ver o título nunca devia ter estado envolvido neste combate para começar, portanto não vale a pena ir por aí.

A verdade é que, depois da forte promoção do ano passado, não há muito para dizer. Não há grandes enredos para desenvolver ou grandes histórias para inventar. A história The Rock vs. John Cena é tão simples – e atenção, isso não é uma crítica negativa – que se escreve e desenvolve sozinha. John Cena perdeu o combate mais importante da sua vida e quer uma desforra. Mais simples, natural e realista que isso é impossível.

As histórias não precisam de, obrigatoriamente, dar voltas e reviravoltas para serem bem-sucedidas. A simplicidade, tal como a previsibilidade, não é necessariamente um aspecto negativo. E este é o exemplo perfeito onde, quanto mais complicada for a história, pior é. Sinceramente, depois do primeiro debate destes fiquei seriamente preocupada com o que é que iriam fazer de seguida, pois julgava que estava mesmo tudo dito.

E, tal como já referi, a WWE acertou nalguns pontos, mas também falhou noutros. Não consigo concordar com a ideia de ter John Cena a vencer o Royal Rumble. Se The Rock não tivesse o título, tal também não teria sido necessário. E a verdade é que não é. The Rock não precisa do Título e John Cena não precisa de vencer o Royal Rumble novamente. Outros indíviduos poderiam tê-lo feito e tornado, por exemplo, outros combates pelo Título mais interessantes.

Também não consigo ver onde é que a vida de John Cena correu terrivelmente mal depois da Wrestlemania XXVIII, ao ponto que justique chamar a este combate um combate “redenção”. É certo que se divorciou e, se John Cena não se importa, não tenho problema nenhum que usem isso, mas dentro de ringues, a vida de John Cena não foi assim tão trágica.

Vencer Brock Lesnar – embora perceba porquê – semanas depois da Wrestlemania XXVIII e ter forçado a demissão de John Laurinaitis – algo que este fez questão de apontar na Smackdown – não me parecem ser destaques de um mau ano. Já para não falar de ter recebido o Slammy de lutador do ano, ter vencido a mala de Money in the Bank, ter tido inúmeras oportunidades ao título e ainda uma outra oportunidade à outra mala de Money in the Bank. Tudo coisas que vários lutadores talentosos não conseguiram.

Do lado de The Rock, preferia que este deixasse as suas “histórias” de lado. Não me entretém especialmente e sinto que são apenas para “cumprir calendário” e não para avançar substancialmente na história. Como isso é exactamente o tipo de coisas que prefiro que a WWE evite, acho que seria mais inteligente pouparem o dinheiro de uma aparição de The Rock para voltarem a passar o vídeo da rivalidade de ambos.

Fora estes pequenos detalhes, tenho gostado da construção desta rivalidade. Ambos conseguem ser  extremamente intensos durante as suas promos, o que não só envolve os fãs com maior facilidade, como dá uma noção de realismo muito necessária. Não existem quaisquer queixas a apresentar na química que ambos apresentam e à forma como interagem.

Relativamente ao mais recente segmento envolvendo as “Lendas”, sinto que as “Lendas” em questão foi exactamente o detalhe que esteve a mais. Concordo que John Cena e The Rock poderiam precisar de alguém para moderar o debate de ambos, mas certamente não eram necessárias quatro “Lendas” em ringue. A meu ver, Mick Foley teria sido perfeito para o trabalho. Já se tinha envolvido o ano passado e, ao contrário do que Booker T pensa, também já lutou com John Cena. Enfim, mais detalhes.

E chegámos, então ao combate. À semelhança do primeiro, não espero que seja mau. Também não espero que seja uma obra de arte e não é isso que lhes é exigido. Quem foi assistir ao primeiro combate de ambos à espera de ver o melhor combate de todos os tempos, iludiu-se. Os embates entre John Cena e The Rock não estão escalados para ser os melhores de sempre ou espectaculares exibições de Wrestling puro. Estão escalados para cumprir o seu propósito de “Dream Matches” e darem aos fãs aquilo que estes querem.

Não creio que o vencedor seja uma grande surpresa. Segundo as “normas” da WWE, e do Wrestling no geral, é normal o derrotado no primeiro combate, vencer o segundo. Portanto, nesta situação, vejo John Cena como vencedor. Mesmo que The Rock participe no Extreme Rules ou no Summerslam, não consigo visualizar outra derrota de John Cena na Wrestlemania contra The Rock. Ficaria verdadeiramente chocada se tal acontecesse. Ainda acredito mais na vitória de John Cena este ano, do que acreditava no ano passado, o que julgava impossível.

Além disso, como é que ficaria John Cena se perdesse? É que The Rock pode dizer que já tem uma vitória contra John Cena, mas este não possui esse trunfo e, depois de dois anos inteiros a atacar The Rock, não lhe ficaria nada bem mais uma derrota.

O curioso de toda esta rivalidade é que, finalmente, julgo já ter compreendido porque é que The Rock venceu o ano passado. É certo que tal poderá não passar de apenas mais uma teoria absurda, mas sinto-me forçada a concluir tais coisas, perante tantas “coincidências”. No ano em que John Cena vence Kane no Elimination Chamber e arrasa por completo, e várias vezes, com The Rock ao microfone, este possui o maior ímpeto que se poderia pedir para o combate em questão.

Isto não quer dizer que The Rock foi propriamente mau, mas John Cena foi melhor. De uma forma arrogante, irreverente e bastante semelhante à atitude de um pequeno adolescente bastante ofensivo, John Cena dominou The Rock verbalmente. Mas, perdeu o combate.

Este ano, John Cena perde contra os The Shield na Elimination Chamber e as suas promos, embora não sendo más, estão a anos-luz do que eram o ano passado. Segundo esta lógica, John Cena ganhará. Penso eu.

No ano passado, The Rock dá uma lição de respeito a John Cena e, este ano, John Cena redime-se. Os bons ganham sempre. A não ser que John Cena faça o seu, tão badalado, heel-turn. Ideia que, muito sinceramente, acho demasiado rebuscada. Porquê? Porque John Cena ainda rende. No dia em que parar de render, mudanças irão acontecer. Até lá, duvido que aconteça. Mas, posso estar errada. Afinal, nem sempre as minhas teorias e ideias se provam verdadeiras.

Enfim, a Wrestlemania XXIX irá tirar todas as dúvidas que ainda possam restar. Um evento que, à semelhança do seu antecessor, tem o potencial de ser brilhante e o melhor de todos os tempos, ou mais uma enorme desilusão para as enormes expectativas dos seus fãs. É por isso que este ano, esta fã mantém as expectativas bastante baixas. Dessa forma, a Wrestlemania irá garantidamente agradar-me… Ou não. Será assunto para outras semanas. Por hoje é tudo, até à próxima semana e um resto de excelente Páscoa – para quem a festejar!

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

79 Comentários

  1. Frederico_WWE - há 4 anos

    Daqui a 1 ano podes já te preparar para John Cena VS The Rock III foi assim com Rock VS Austin e foi assim com Triple H VS The Undertaker ou seja as grandes rivalidades de WrestleMania as GRANDIOSAS e MONUMENTAIS têm sempre 3 combates e esse não vai fugir há regra.

    Se são feuds bem construídas tudo bem é um prazer ver a história a repetir se mas neste caso a feud do ano passado entre estes 2 dá 10 a 0 a esta em promos, em construção, sei lá em tudo como é que ainda há tanto fã a pagar para isto? Será que ainda não perceberam que a WWE não merece esse dinheiro? Mas vá compreende se né tem que se tentar perceber ou… não. Compreende se mas não se aceita de ânimo leve.

    Faz todo o sentido haver este Rematch e até haverá mais 1 e até se pode aceitar bem mas tenham vergonha na cara mesmo quando Punk VS Undertaker merecem por tudo o main event este ano e bimba outra vez Cena VS Rock no main event e isso é que já não me agrada nada. Mas pronto é dinheiro que querem fiquem com ele e sejam felizes para sempre.

    Não concordo quando dizes que das 4 feuds de topo esta é a que aceitas melhor… não é bem assim porque todas elas têm algum sentido no entanto só Del Rio VS Swagger está a ser bem construído o resto deixa a desejar… os meus aclamados Punk e Taker estão a fazer um mau trabalho nesta feud aliás está a ser uma feud FRACA tendo em conta o que se tava à espera.

    Bom artigo… como sempre.

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado, Frederico :)

      Sim, já me mentalizei que irá haver uma terceira edição – seja no próximo ano ou não – e é o que faz sentido.

      Muito sinceramente, já vi o Swagger / Del Rio com melhores olhos e já estive bastante mais interessada no combate. Sobre o Punk e o Taker, falamos na próxima semana!

      • therocker77 - há 4 anos

        se o rock ganhar não irá haver cena vs rock outra vez se o cena ganhar é natural que haja a negra tem de ser porque se fica 1-1 sabe a pouco. uma coisa é certa o rock irá perder o titulo ou na mania ou no extreme rules para depois construir a suposta rivalidade com o lesnar.

      • Salgado - há 4 anos

        Porque não? Cada um fica com uma vitória, estão empatados e querem uma desforra? Qual seria o problema?

        Se for numa situação em que já se está 2-0 é que sabe a pouco, pois mesmo que a pessoa que esteja em desvantagem ganhe, irá passar para 2-1, ou seja irá sempre perder. Que diferença é que essa situação faz?

  2. Miguel - há 4 anos

    Excelente artigo.

    Salgado eu estou num impasse… não consigo visualizar The Rock a perder 2 vezes seguidas para Cena: WM e Extreme Rules.

    A outra hipótese que eu tenho esperança que aconteça é The Rock vencer pela segunda vez Cena, este ficar irritadíssimo e fazer o Heel Turn porque ia render muito mais do que está a render agora… Os fãs mais velhos iam voltar a comprar camisolas e bonés do Cena. E na raw seguinte Cena atacava Rock originando um embate no Extreme Rules em que Cena ganhava com interferência de Lesnar que partia o braço ao The Rock colocando-o de fora, que por conseguinte só voltaria no SummerSlam para o seu embate desta vez contra Lesnar onde provavelmente ganharia.

    Achas isto impossível Salgado?

    Boa Páscoa.

    • "The Game" - há 4 anos

      Acho que isso é o sonho de qualquer verdadeiro fã de wrestling, mas duvido que a WWE faça isso pois acho que não há coragem para tal.
      A WWE não perdia muito, pois SummerSlam: The Rock vs Lesnar, isto era excelente para a WWE pois ia ganhar muito dinheiro com isso. Cena como heel, as crianças odiavam mas os fãs old school iam adorar.

    • Frederico_WWE - há 4 anos

      O que eu acho estranho é apostares em The Rock para nova vitória sobre Cena na WrestleMania como tens vindo a dizer nas últimas semanas, aliás penso que serás mesmo o único a pensar nisso.

      Pensa um pouco a WWE voltaria a dar uma vitória a The Rock para quê? O Cena é que fica na empresa o ano inteiro logo ter 2 derrotas seguidas para The Rock na WrestleMania iria enfraquecer muito o mesmo e mal vai a WWE se fizer com que Cena perca pelo 2º ano seguido para Rock.

      Realmente o único pormenor que há que retirar é esse do heel turn… se Cena perde 2 vezes seguidas provavelmente estaria mais próximo do turn penso eu… mas como isso não vai acontecer Cena vai continuar o mesmo de sempre que leva na boca e é humilhado em 75 % das suas feuds e combates e no fim ganha e fica com um grande sorriso na cara e está tudo bem e toca a andar… enfim sinceramente espero que caso a WWE volte a fazer borrada nas próximas semanas e como eu disse a WWE tem nas mãos possibilidades de fazer 1 ou 2 boooooms gigantes… eu espero sinceramente que se em caso da WWE continuar numa pasmaceira sem arriscar vocês comecem a acordar para a realidade que isto se tornou e não tenham expectativas muito altas porque simplesmente já não vale a pena ter.

      CENA: É AGORA OU NUNCA! E pronto dei por mim a elogiar o Cena… que estranho que isso soa em mim.

      • Miguel - há 4 anos

        Fred eu realmente acredito que o Rock ganha como tenho dito.

        Já no ano passado poucos acreditavam na vitória do Rock e ele ganhou.

        Se o Cena perde acho que tem mesmo de fazer o heel turn…

        É que eu não consigo ver o The Rock depois de ter ganho já ao Hogan Austin e Cena na Mania voltar este ano para perder 2 vezes para o Cena.

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        Era cuspir na cara do The Rock se ele não se “oferecesse” para perder desta feita com o Cena era dar cabo dele à pedrada.

      • Miguel - há 4 anos

        Ai é que está e eu que sou fã do Rock não me conscientizo que o Rock tenha aceitado voltar para perder na WM e ER.

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        É porque há coisas mesmo revoltantes… houve uma fase em que a WWE tava tão má que deixei de ver em 2010 só vi a parte dos Nexus/Cena e a feud Kane/Undertaker.

        Em 2011 a promo do Punk fez voltar o interesse total mas eis que não quando não mudou nada na WWE até piorou mas chega uma altura em que farta mesmo acredita.

        Em inícios de 2012 estava ainda assim bem dedicado há WWE o Kane voltou em grande e tal e a WrestleMania 28 prometia ser muito melhor que a 27 mas eis que não quando a minha namorada diz: “Frederico epá não vês mais nada há frente? Já não tens tempo para mim… o CM Punk e a WWE ou eu? Agora escolhe” E eu todo confuso disse neste momento a WWE… e ela disse ok se é assim acabou porque não tou pa ter um namorado que está tão a full time comigo como o The Rock nos seus pseudo regressos e sendo assim ainda hoje tenho saudades dela…

        Isto para dizer o quê? Isto tudo faz me mal a esta cabeça não sendo mark a verdade é que entro em parafuso e a verdade é que a maioria das coisas merece criticas e sinceramente agora espero que ela ainda esteja há minha espera porque vou me ver livre em breve desta WWE não é ser repetitivo mas acreditem nestas mais sinceras palavras o ÚNICO motivo de ver WWE são vocês (o pessoal) do W.PT uns mais fixes outros menos mas são vocês que fazem por exemplo ver a WWE em direto no chat é que o interesse é mesmo muito POUCO.

        Agora vou tentar reconquistá la masé ahahahhahha :D se não há chat permanente tudo bem aqui também se fala :)

      • Miguel - há 4 anos

        Eu só continuo a ver porque tenho esperança que melhor…

      • danielLP21 - há 4 anos

        Que desabafo… Wow!

        Só te digo isto: quem é que troca a namorada pelo Wrestling?!

      • VoiceOfTheVoiceless - há 4 anos

        Fogo…posso gostar muito de Wrestling, mas não seria capaz de trocar uma pessoa de quem gostasse pelo Wrestling…

      • Guiggs - há 4 anos

        @Frederico_wwe
        http://youtu.be/wzyjToaEo8Y

        ve aí o inicio do video, so o inicio mostra bem o que quiseste dizer na parte do cm punk :)

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado, Miguel :)

      Embora seja fortemente rumorado que The Rock esteja no Extreme Rules, tal ainda não está confirmado e não tens nenhuma garantia que ele enfrente John Cena. Sinceramente, não acredito que a WWE realize a terceira edição desta história série de combates num pay-per-view que não seja a Wrestlemania, quanto mais num pay-per-view que não seja um dos quatro principais.

      Se The Rock participar no Extreme Rules, não será de certeza contra John Cena. Deverá ser algo semelhante ao que aconteceu no ano passado com John Cena e Brock Lesnar. Alguém poderá regressar e desafiar The Rock no episódio pós-Wrestlemania, ou até poderá ser alguém do roster actual a fazer esse desafio e, automaticamente, Rock começa a rivalizar com essa pessoa deixando a história com John Cena para mais tarde.

      Não sabes isso. Os fãs mais velhos de que estás a falar já tratam John Cena como heel, mesmo este não o sendo oficialmente. O que te garante que se esse voltasse a ser heel, as pessoas iriam gostar dele? De todas as vezes que ele deu a entender a ideia na rivalidade com The Rock ou na história Kane, ele continuou a ser vaiado como sempre.

      Por isso é que não se pode tomar uma decisão tão fundamental sem antes ter a certeza que já se esmiuçou todo o lucro possível de John Cena com esta faceta. Além disso, está mais provado que o público mais novo compra sempre mais merchandise que o público mais velho, portanto também não acho que tenhas inteira razão.

      Acho, sem dúvida, possível um embate entre Lesnar e The Rock – embora não ache inteligente – mas, não consigo visualizar o heel turn de John Cena… Ainda.

      • Miguel - há 4 anos

        Eu acredito que vão combater no extreme rules.

  3. fã numero 1 - há 4 anos

    Só para dar os parabéns pelo artigo está muito bom.

  4. MicaelDuarte - há 4 anos

    Muito bom Salgado!

    Como diria o R-Truth, relativamente ao que disseste aqui no artigo:”That’s the truth, the whole truth and nothing but the truth!”

    John Cena, como todos sabemos, é aquele gajo que já alcançou tudo o que havia para alcançar na industria. A vitória dele do Money In The Bank e da RR deste ano foram absolutamente desnecessárias, porque ele não é nenhum Ziggler, Barrett, Cody Rhodes ou algum talento assim que necessite mais dessa mala para dar um salto grande na carreira e ter outro estatuto dentro da companhia, portanto, já seriam dois outros wrestlers que hoje, possivelmente, seriam vistos de forma diferente e quem sabe, ter um melhor momento na ‘Mania.

    Depois temos The Rock – the movie star – que deveria ter feito o regresso com o único propósito de ajudar quem se está ou precisa de se afirmar de vez. The Rock deveria fazer precisamente o que Jericho fez pelo Punk!

    The Rock não deveria ter ganho o título da WWE, o Cena não teria ganho a RR e o combate poder-se-ia marcar na mesma e continuaria a fazer todo o sentido, afinal Cena perdeu o seu maior combate e queria ter a oportunidade de “corrigir” o que tinha feito mal na WM passada.

    (Verdade é que, se há alguém que merece ser WWE Champion, esse alguém é, sem dúvidas, o Punk, mas depois termos uma triple threat com Cena, The Rock e Punk, de certeza que não fugiria muito ao que foi com Ryback, Cena e Punk…)

    Eu gostei do último debate que tiveram. The Rock mais do mesmo e depois tivemos, na minha opinião, uma mudança significativa na atitude do Cena, o que frente ao The Rock acho perfeitamente normal e não acho que indicie algum heel-turn.

    Sei que é difícil de imaginar esse cenário, mas pertenço ao grupo dos que acham que o Rock levará a melhor, once again. Acho que The Rock sairá vitorioso e tendo em conta que não vejo o Cena sair da WM outra vez derrotado sem cometer alguma loucura, acho que o heel-turn é bem possível (talvez seja o meu desejo de ver isso a falar mais alto…).

    Boa Páscoa Salgado ;)

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado Micael :)

      Olha, relativamente ao heel turn mantenho-me bastante reservada, pois não acredito de todo que vá acontecer, mas não me importava nadaaaaa que tivesses razão! Daqui a uma semana tiramos as dúvidas todas :D

  5. Vinícius Nunes - há 4 anos

    Grande artigo Salgado, mas deixo um questionamento, o que é mais interessante: Cena vencer o Rock e comemorar feliz da vida que seu grande objetivo foi alcançado? Ou Cena perder mais uma vez e se sentir frustrado com a ideia de que fez tudo novamente e falhou mais uma vez, dando início a uma revolta do mesmo?

    Eu acho que as cartas estão na mesa, a WWE tem a chance de fazer história nessa Wrestlemania, quando falo de Wrestlemania, falo da Raw seguinte, eu acho que o cenário ideal, caso o Rock participe do Extreme Rules, seria o Rock vencer de novo, e na Raw seguinte o Cena fizer o turn heel, e caso o Rock não participe do Extreme Rules, o Cena poderia vencer de maneira suja.

    Porém, eu acho que o Cena vence limpo e continua sua saga como top babyface e herói da garotada, mas espero ser surpreendido.

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado Vinicius :)

      Tal como disse ao Micael, estou sem dúvida mais interessada num possível heel-turn de Cena, embora não ache tanta piada à ideia deste perder duas vezes consecutivas na Wrestlemania para The Rock. Aliás, acho que umas breves mudanças e melhorias em Cena já me satisfariam, só para “desenjoar” um pouco esta personalidade.

      Mas, com milhões de dólares em jogo e a cara mais importante da companhia no papel principal, é natural que a WWE não se deixe levar pelo que é mais interessante, em detrimento do que dá mais lucro.

      Neste momento, tu não tens nenhum top babyface que consiga substituir John Cena já na próxima semana, caso este vire heel. E depois? Fazes o quê? Vira-se o CM Punk face? Ele só agrada ao público mais velho, e nem sequer é a sua melhor faceta.

      Para quê arriscar algo que está a dar tanto lucro? Porque não apostar quando já não se tem nada a perder – que é quando John Cena já não lucra como babyface.

      Percebes? É por isto que não acredito num heel turn de Cena – ainda.

      Todos nós esperamos ser supreendidos! Veremos o que nos dão!

  6. danielLP21 - há 4 anos

    Bom artigo.

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado Daniel :)

      • danielLP21 - há 4 anos

        Desculpa lá não dizer mais nada mas é que este artigo já foi mais batido do que a Rihanna…

      • Salgado - há 4 anos

        Uii, isso não tem piada, Daniel. E não tens que pedir desculpas, eu não me importo :D

      • danielLP21 - há 4 anos

        Não era para ter piada. Sabes ( acho eu) que não acho piada nenhuma. Olha até nisso o combate é comparável: nenhuma das situações tem piada!

      • Salgado - há 4 anos

        Então não sei porque é que disseste isso. Mas o combate deles não é suposto ter piada, eles não estão a tentar fazer comédia.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Tu percebeste o que eu quis dizer, mas pronto… Mas se não percebeste, eu explico: o combate entre o Rock e o Cena já foi muito batido.

        Não é piada de comédia, é piada de prazer. Quando tu lês ou ouves “já não tem piada ver Westling” também não se está a falar de comédia, está-se a falar do gosto que se tem em ver Wrestling. Neste caso em concreto, não tenho gosto nem prazer em falar do assunto, logo, não acho piada nenhuma à conversa. espero que desta vez já tenhas percebido…

      • Salgado - há 4 anos

        Já percebi, sim!

      • danielLP21 - há 4 anos

        Ah, e mais uma coisa: se tu dizes ( com razão) que se a família do Paul Bearer e o Jerry Lawler não se importam com aquelas histórias que tanto dão que falar, tu não és ninguém para te importares com isso ( acho que foi algo do género que tu disseste), então eu também não tenho que me importar com a Rihanna, porque nem el própria se importa… Se ela não se importa, quem sou eu para me importar? Parece estúpido, mas para mim é a mesma coisa :)

      • Salgado - há 4 anos

        E quem é que disse que me importava? Eu só disse que não achava piada. Tal como tu dizes que não achas piada ao uso do ataque cardíaco de Jerry Lawler e da morte de Paul Bearer.

        E, já agora, tu partes do principio que ela não se importa que digas essas “piadas” graças às suas acções – e provavelmente até tens razão, ela deve-se mesmo estar a lixar para o que as pessoas pensam dela – mas, no que toca ao Paul Bearer e ao Jerry Lawler, foram pedidas autorizações para fazer as tais piadas/histórias. E tu, Daniel, pediste permissão a alguém para o fazer, tendo em conta que poderias estar a ofender a pessoa em questão?

        É, enquanto de um lado, as coisas foram feitas em prol do benefício de uma história e de personalidades – já para não falar da própria homenagem, no caso de Paul Bearer – da tua parte foi apenas um comentário desnecessário sem qualquer benefício aparente.

        Achas mesmo que as situações são comparáveis?

      • danielLP21 - há 4 anos

        Não seja por isso, vou já telefonar-lhe…

        Agora a sério, não falemos mais nisto. Para ti foi um comentário infeliz, para mim não, embora perceba o teu ponto de vista. Cada um fica na sua :)

        Com isto tudo, não falei do que mais importa ( supostamente): o tema do artigo. Rezo a Deus para que não tenhamos um Cena vs Rock no main event da WM XXX. Arranjem outros adversários para o Rock, e para o Cena também…

        Eu também acho que este combate tem sentido. Mas lá está, tu já sabes que concordo contigo em tudo, não há muito por onde pegar. Não devia ser com o título em jogo, o Cena ganha quase de certeza, também não vejo um heel-turn nesta altura ( mas já esteve mais longe), etc… Não há muito a dizer, já se debateu muito este assunto.

      • Salgado - há 4 anos

        Daniel, tu é que puxaste o assunto e fizeste esse tipo de comparações, eu já tinha dado a conversa por terminada.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Eu sei, daí ter voltado a “fechá-la”.

  7. Tibraco - há 4 anos

    Ficou claro que, depois da vitória do Rock no ano passado, a desforra entre os dois “teria” que acontecer. No entanto quem “refilou” há um ano, não seria desta vez que iria gostar. Portanto, é normal que este combate tenha muitos haters mas, como tu disseste, um acontecimento desta dimensão gera sempre opiniões dos dois sentidos. No futebol, por exemplo, nem todos gostam do futebol do Barcelona. É impossível gerar unanimidade num universo tão grande.

    As duas semanas que o Rock esteve fora prejudicaram a feud. É certo que não têm muito para desenvolver mas, ainda assim, a WWE tem o dever de surpreender os fãs. Gostei da última promo entre eles, aumentou a minha expetativa para ver o combate mas está a anos-luz do entusiasmo que sentia há um ano. Aliás, nenhum combate consegue deixar-me extremamente ansioso para que chegue o dia 7 de Abril.

    Sobre o heel turn do Cena já expuseste a tua tese tantas vezes que me convenceste xD Não consigo visualizar o turn do Cena, por mais que acredite que seria excelente para ele e para a WWE (excluindo a vertente comercial). Todavia, se vão estar à espera de encontrar alguém tão lucrativo como o Cena, então esse turn nunca vai acontecer. O que seria uma pena, pois , como fã, adoraria ver outra facetado meu lutador favorito :)

    • Frederico_WWE - há 4 anos

      Posso te fazer uma pergunta? Porque é que o John Cena é o teu LUTADOR favorito? Sem ironias, sem egocentrismos, sem qualquer tipo de má onda ou ressentimentos por coisas passadas… diz me.

      • Tibraco - há 4 anos

        Podes fazer-me todas as perguntas que desejares. Quando comecei a ver Wrestling, em 2005/2006, o Cena, a par do Batista, eram os lutadores mais badalados, de modo que foram os que me despertaram mais atenção. As promos do Cena, na altura, eram bem melhores que agora e eu gostava da paixão com que ele desempenhava o seu papel. Admito que nos últimos anos ele perdeu um pouco essa sua essência mas, como já ouviste dizer, não há amor como o primeiro e vai ser difícil algum dia deixar de ser fã do Cena.

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        Também fui mais ou menos assim e a “paixão” era forte mas lá está… a WWE tratou de fazer o que fez e vai que não vai o amor e o ódio estão tão próximos xD que agora o odeio.

        Mas eu frisei LUTADOR em maiúsculas de propósito e a pergunta ia nesse sentido e em ring skills Cena só dá mais do que o costume quando tem uma verdadeira química com o adversário… sem ser assim ele simplesmente não dá bons combates só se for pelo lado da história que a coisa fica mais interessante.

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        P.S. em 2003 já gostava dele na feud com Angle e naquela “chapada” épica mas em finais de 2005 o amor morreu e é daqueles amores em que façam o que fizerem daqui para a frente não será nunca a mesma coisa.

      • Tibraco - há 4 anos

        Calhou usar “lutador”. Claro que em ringue ele não é extraordinário mas consegue sacar bons combates com um determinado tipo de Wrestler. Tens os combates com o Punk e o HBK (para citar os mais evidentes) para provar isso mesmo. O meu “lutador”, por assim dizer, favorito é o Ziggler. De resto, já o tinha dito em alguns comentários :)

    • Salgado - há 4 anos

      A WWE tem o dever de surpreender os fãs, mas se boa parte das pessoas ainda está a desenjoar da conversa “The Rock vs. John Cena” do ano passado, não seria ao por o Cena a inventar qualquer coisa nessas duas semanas que a situação iria melhorar. A meu ver, foi inteligente e não fez diferença nenhuma. Nunca, em ponto algum, as pessoas se esqueceram que The Rock vs. John Cena iria ocorrer. Aliás, se fosse possível, ainda se lembraram mais só por criticarem o facto de Rock ter estado ausente.

      Não é uma questão de estar à espera que apareça, é serem eles próprios a começar inicitiva de criar e construir essa personalidade que irá substituir. No mundo do Wrestling, quase nada cai do céu e tudo tem de ser trabalhado.

  8. Hitman - há 4 anos

    Quando é que colocam a 3ª ronda do concurso da t-shirt do John Cena??

    • Salgado - há 4 anos

      Quando for, será :D

    • danielLP21 - há 4 anos

      A piada é essa mesma: não saber.

      Quando foi para ganhar os bilhetes para o SmackDown World Tour cheguei a pôr despertador para me levantar mais cedo só para responder o mais cedo possível às perguntas. Pelo menos, resultou, embora tenha havido um dia em que pensei que ia haver mais uma ronda mas afinal foi só no dia seguinte e então acordei cedo para nada.

      • Miguel - há 4 anos

        Eu respondo nesta ronda só quando venho ao site, só para ver se acerto nas perguntas.

  9. therocker77 - há 4 anos

    muito bom o artigo. como já disse sou fã do the rock mas sinceramente ele nunca mais irá ser superstar a tempo inteiro o que me leva a dizer que não era preciso o the rock ser campeão para participar. quanto ao cena enquanto ele render dinheiro com esta gimmick nunca irá fazer heel turn e ninguém garante que se ele o fizesse corresse bem. quanto ao combate deles é o único combate em quem sinceramente não apostaria num vencedor é imprevisivel mas palpita-me que o cena ganha tem mais hipoteses de vencer pois perder em 3 manias seguidas seria muito mau para ele. mas a parte disso tou com uma grande fézada na wrestlemania 30 penso que poderá ser uma wrestlemania de transição

  10. MR Perfection André Santos - há 4 anos

    Salgado gostei muito do artigo,mas faço uma pergunta?
    Na tua opinião (lendo artigo deduzi isso mas faço a pergunta) para os Main Event da Wrestlemania teremos sempre que chamar as lendas que trabalham em part-time?Porque são os que vendem e são mais conhecidos?
    Há talento no Roster, mas para quando serem main eventers?

    Gostei muito parabéns.

    • Frederico_WWE - há 4 anos

      Serão main eventers na WrestleMania 97 no Madison Square Garden.

      Um dia “o meu” Jesus que ainda tava no Braga disse: “Os árbitros não deixam isto só na playstation a gente quer mas eles não deixam” e para a WWE é o mesmo os patrões neste caso e os oficiais do departamento financeiro simplesmente ” eles não deixam”.

      • Pantallica - há 4 anos

        A cena é que daqui a 10 anos, pessoas como o Cena, Rock, Lesnar, HHH, Undertaker e talvez o Punk já não vão la estar. Alguém acha que o main event de Dean Ambrose vs Doplh Ziggler enche um estádio de 60 mil pessoas para cima? Não me parece. Se encher uma arena de 20 mil ja é bem bom… Se eles não criam lendas que dêem lucro vai ser bonito vai…

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        Por isso mesmo… daqui a 10/20 anos a TNA pode ser uma ameaça… porque prevejo um futuro um bocado negro para a WWE… me parece que a partir daqui vai ser sempre a piorar e a cair. A questão é que a TNA também já esteve melhor mas nessa altura a WWE ainda era brutal e se olharmos para o roster da TNA este é de forma geral VELHO se levarmos em conta que a maioria deles tem mais de 35/36/37 anos e o Sting por exemplo ainda é usado para num house show a TNA tentar no fim de semana de WrestleMania atrair gente.

        É verdade que até em segundos pode se fazer uma lenda com um momento OMG que fique para todo o sempre, etc mas a WWE simplesmente tem um produto estagnado e muitos dos lutadores que hoje em dia são lendas fizeram se em combates violentos e em feuds magnificamente bem construídas com um roster altamente competitivo e isso não me parece que aconteça sequer num futuro próximo tanto os combates pelo produto, tanto as feuds, tanto os futuros rosters.

      • MR Perfection André Santos - há 4 anos

        Ora agora é que mecheste na “frida”, a Old WWF criou superstars brutais e quando comprou a WCW vieram ainda mais, agora o que fazer?
        Já verificamos que a WWE está virada para a “cantera” como a TNA, mas para quando?será que vai dar tempo ?
        Acho que a WWE se não pensou nisso, já deveria pensar…

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        Mesmo. A selecção portuguesa por exemplo não se preocupa em apostar nas formações e isso… para mim é mais que natural que daqui a 7 ou 8 anos quando o Ronaldo e outros tiverem perto de terminar a carreira existe a possibilidade real de Portugal passar a não ir a Europeus ou Mundiais… aliás hoje em dia basta não ter a geração de ouro de 98 a 2006 curiosamente como a WWE :D e já existem dificuldades quanto mais daqui a uns bons anos.

        A WWE está a ter uma dificuldade em criar novas estrelas porque recorre às lendas QUE ainda por cima não vêm para elevar ninguém… só vêm pa ter confrontos com outras lendas.

        De 2008 para cá saíram imensos lutadores desde HBK a Edge, passando por Batista e outros como Triple H e Undertaker ou Jericho não estão a full time já… a WWE não se soube precaver para essas saídas com qualidade esse é dos maiores problemas que hoje em dia se reflectem. De 2008 para cá apenas vejo o Sheamus e mesmo assim… e principalmente o CM Punk foi a única “coisa” que hoje está melhor do que antes se olharmos temos 1 muito bom desde 2008 o Punk contra 7 ou 8 muito bons que se perderam desde essa altura por determinadas razões e isso faz mossa.

        Aliás desafio a Salgado se me é permitido a escrever um artigo sobre isto… o futuro da WWE no que toca há qualidade dos lutadores que nos serão apresentados e se haverá mesmo uma WWE cada vez mais negra e pior. Já sei que o monopólio da WWE porque tem dinheiro não cai mas ainda assim Salgado gostava de ouvir ou ler neste caso :)

      • MR Perfection André Santos - há 4 anos

        Fred deviam de te dar uma oportunidade para escreveres como freelancer..
        Mas tens razão buscando a tua comparação com o futebol,basta ver os resultados das seleções de Sub 21…

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        Ahahah obrigado mestre André :D se eu tivesse que fazer uma proposta digamos para neste site ter algum espaço seria claramente a de fazer em vídeo um comentário semanal à RAW, SmackDown e PPV’s quando acontecessem. Era algo diferente do habitual que se vê aqui e a NATION não resultou mas penso que comigo num formato diferente e com um comentário num vídeo feito em casa a falar dos shows como disse que se fizeram durante a semana penso que ia resultar ainda por cima já ando aqui há quase 2 anos a comentar mais ou menos por isso já me “conhecem” e certamente havia adesão… digo eu :D

        Tirando isso é complicado… a WWE neste momento está numa fase em que sinto que escrever ou ler algo sobre esta é uma perca de tempo e só o faço como disse porque o pessoal é fixe a debater e tem belos artigos e bela gente aqui e além do mais se não acontecer nada relevante no espaço dos próximos 7/8 dias na WWE deixo de acompanhar de vez e se voltar é talvez quando o Benfica for campeão como prometi e vai depender do que a WWE andar a fazer :)

      • Andre_THEROCK_1992 - há 4 anos

        “voltar é talvez quando o Benfica for campeão como prometi e vai depender do que a WWE andar a fazer :)”

        Não aguentas nem 1 mês..lol

    • Salgado - há 4 anos

      Ou isso, ou chamam uma celebridade. Por exemplo, a Wrestlemania 23 foi das mais bem-sucedidas de sempre – senão A mais bem-sucedida – graças à “Batalha dos Milionários” e a possibilidade de ver Donald Trump rapar o cabelo.

      O que quis dizer é que poderemos sempre contar com uma atracção especial para a Wrestlemania, seja uma celebridade, uma performance musical, um part-timer ou todos ao mesmo tempo. Exactamente porque vendem e vão facilitar a publicitação do produto e da WWE. A Wrestlemania é como o folheto de destaques de um hotel em época alta. Mostram-te aquilo que julgam ser o melhor, tudo com umas atracções espectaculares, para te convencer a experimentar. É como um trailer de filme. Mostra-te as melhores partes para te convencer a ver o filme. Percebes?

      Eventualmente, todo o talento do roster terá a sua oportunidade para ser main-eventer – algumas oportunidades serão mais justas que outras, mas isso é porque as coisas funcionam assim. A questão isso não é mais importante na época de Wrestlemania.

      • MR Perfection André Santos - há 4 anos

        Obrigado pela resposta!

  11. Pantallica - há 4 anos

    Bom artigo! :)

    Mas tal como previa, não me deste razões para eu achar este combate útil de todo. (tirando lucros claro). Pode ser o meu desejo de ver Punk no verdadeiro Main Event da Wrestlemania a levar a melhor de mim, não sei concretamente. Mas pronto, já esta a ser realizado e esta, por isso, chega de me queixar e de questionar a utilidade do combate.

    Mas devo admitir que a construção não está má. Gostei bastante do segmento deles à umas semanas atrás que o The Rock diz : “You think you can beat me, i know that i can beat you”. Algo assim, não me lembro da data. E achei o segmento com as lendas muito bom, tirando o detalhe que parece que querem fazer do Cena um underdog. Fiqeui preso ao ecrã, isso do pode ser positivo.

    Boa Pascoa para ti e para todo o pessoal! :)

    • Salgado - há 4 anos

      Obrigado Pantallica :)

    • Frederico_WWE - há 4 anos

      Meh a construção podia e DEVIA ter sido melhor. Se calhar os argumentos “Redemption” e o “You think you can beat me i know i can beat you” são suficientes por si só para isto mas ainda assim… a intensidade da feud é um pouco baixa eu vi um Cena VS Edge em 2006 por exemplo com uma intensidade que dá 100000 a 0 a esta feud. É grandisosa demais para a WWE esta feud para ter tido a construção que teve. Tem sabido a pouco.

      • Pantallica - há 4 anos

        Esperava mais é claro, mas não digo que esta a ser ma. Se o Rock tivesse estado mais presente se calhar a qualidade teria sido maior. Agora apareceu quantas vezes nas RAW’s a seguir ao Elimination Chamber? 3 vezes ou 4 vezes? E destas apenas 2 das aparições deram bons segmentos.

  12. José_Y2J - há 4 anos

    Alguém me pode dizer a que horas é que colocaram a 3ª ronda da t-shirt do cena?? Obrigado!

  13. Andre_THEROCK_1992 - há 4 anos

    Bom Artigo!

    E concordo com o que dizes no geral..para mim faz concerteza todo o sentido haver um Rock vs Cena pela menos mais uma vez, goste-se ou não…um heel turn era brutal..

    Só tem uma coisa que me deixa encabulado: dizem que a razão porque esse turn não acontece é porque o “Cena vende muito”…ora, mas há uns tempos saiu uma matéria do site oficial da WWE onde diziam que as mulheres e crianças (supostamente a maioria dos fãs do Cena) são uma percentagem menor do que os fãs de “old school”.

    Porque não fazem o heel turn assim, que ia concerteza agradar à outra parte dos fãs?E porque uma empresa monopolista bilionária ou trilionária se importa tanto e VIVE tanto apenas pensando no lucro?Têm mesmo necessidade disso?Enfim..ainda não tenho muita experiência em assistir pro wrestling lol..admito..mas não me faz sentido.

    • Frederico_WWE - há 4 anos

      E nota se essa inexperiência porque por exemplo acreditas naquela sondagem que de verdadeira tem muito pouco… é óbvio que a classe juvenil infelizmente tem um peso hoje em dia maior.

      • Andre_THEROCK_1992 - há 4 anos

        Eu disse q acreditava?

        Não, não disse…disse q a WWE se contradiz apresenta “estudos” que dizem uma coisa e fazem outra diferente.

        Simples de entender.

  14. marcio88 - há 4 anos

    Bom Artigo.. Parabéns

  15. Tomás Carneiro - há 4 anos

    A Wrestlemania do ano passado foi dia 1 de Abril, dia das mentiras logo o once in a lifetime foi mentira mas já anunciada. Bom Artigo.

  16. Diogo7 - há 4 anos

    Boa artigo.
    Concordo com tudo o que disseste neste artigo.
    The Rock vs John Cena é um combate que não me cativa muito para esta WrestleMania mas é o combate que vende esta WrestleMania (infelizmente). Na minha opinião o John Cena vence o combate.
    O que seria épico era se acontecesse o tão esperado heel turn do Cena com a ajuda do John Laurinaitis.

  17. hunter boy - há 4 anos

    eu acho que no extreme rules cm punk se juntara ao combate!

  18. Renato - há 4 anos

    Excelente artigo, andas-nos a habituar mal :D!
    Passando ao tema, eu quero que o cena vença e faça o turn, porque se nao for mais nada, ao menos os trabalhadores a part-time perdem o combate. Apesar de eles darem lucro a empresa, o objetivo e mesmo cativar as pessoas com a ajuda deles a assistir wwe. De resto falaste tudo, es excelente a escrever e teu espaço,apesar de ser um texto grande da prazer em ler. Continua assim, com trabalho.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador