Opinião Feminina #135 – World’s Strongest Man

Há quase dois anos, mais precisamente a 11 de Setembro de 2011 elaborei um artigo, para este mesmo espaço, sobre Mark Henry (Opinião Feminina #42 – World’s Strongest Man). Segundo o que me recordo do mesmo artigo, não creio que a minha opinião tenha mudado muito, relativamente a Henry, embora nesta edição mais alguns detalhes irão ser adicionados, devido aos mais recentes desenvolvimentos.

Mark Henry nem sempre foi a presença dominante, respeitada e coerente que é hoje. Tal como expliquei a partir de uma cronologia rudimentar na altura, as fases da carreira de Henry sempre foram algo distintas entre si e, por vezes, envolvendo várias mudanças

Nos seus quase 20 anos de carreira, Henry encarnou várias personagens que não aproveitaram o seu potencial. Desde a sua estreia como babyface desinteressante, até à sua integração na Nation of Domination, passando pelo filho em comum que teve com Mae Young – que, diga-se de passagem, foi recentemente avistado na celebração do milésimo episódio da Raw – terminando em variadas apresentações como monstro destruidor que, na realidade, nunca transmitiu perigo.

A verdade é que, enquanto balançava entre os dias de monstro afável e sorridente e os dias de monstro amestrado para todos vencerem, Mark Henry raramente foi levado a sério. Como é natural, os vários anos de ausência da indústria não ajudaram a tal.

Facto é que, durante muitos anos, os fãs da WWE não tiveram razões para esperar boas coisas de Mark Henry, pois durante bastante tempo não passou de uma anedota. Porém, tudo mudou há cerca de dois anos. Quando foi mudado para a Smackdown, num vídeo nesta coisa engraçada a que chamamos de internet, Mark Henry deu uma entrevista onde, em lágrimas, lamentava nunca ter sido campeão. E, como vários deverão estar a perceber agora, não é muito diferente do que obtivemos no mais recente episódio da Raw.

Ora, ver um homem da envergadura de Henry em lágrimas não é uma imagem que se esqueça facilmente – não que haja algo de mal com o mesmo, muito pelo contrário – especialmente quando é para ajudar a construir/promover uma história/personalidade.

Exacto, disse “personalidade”, não “personagem”, pois o que finalmente fez com que o potencial de Mark Henry fosse usado é o facto que o mesmo deixou de ser uma personagem. Mark Henry usou, muito provavelmente, as suas frustrações para com a sua carreira para impulsionar o reinado que viria a dar-lhe muitos fãs e o Título. Mark Henry tinha-se finalmente tornado naquilo que aparentava ser: uma violenta ameaça. Além de Sheamus e Randy Orton, Henry teve também combates que excederam as expectativas com Big Show.

E, tal como referi acima, tal não foi muito diferente do que Henry fez na passada Raw. As suas frustrações e emoções reais foram usadas para promover uma história, um combate e protagonizar um dos melhores momentos do ano e, muito provavelmente, dos últimos anos na WWE.

O segmento da noite começou de forma bastante tradicional, com um triunfante campeão, John Cena a falar da sua vitória contra outro tipo de monstro, Ryback. Tudo isto, para ser interrompido por Mark Henry que, de acordo com a opinião geral, vinha anunciar a sua reforma.

Mais um pormenor de génio neste brilhante segmento e uma das razões pela qual muitos fãs acreditaram em Henry, à primeira. Henry anda a falar de reforma há anos e afinal, porque não deveria? Com quarenta e dois anos, é apenas natural que comece a considerar a ideia e depois das mensagens enviadas via redes sociais, os fãs estavam na sua maioria à espera de uma despedida. E, os fãs presentes na arena, deram-lhe as reacções adequadas ao momento que julgavam que estavam a presenciar.

Desde cânticos de “One more Match” a “Thank you, Henry”, a multidão presente mostrou estar sob o perfeito controlo de Henry e dos planos maquiavélicos da WWE. Embora tenha passado grande parte da sua carreira a ser uma piada para os fãs ou alguém que simplesmente não merecia atenção, Henry teve – ou ia tendo – uma despedida digna. O que antes tinha sido o perfeito exemplo de potencial arruinado, tinha-se agora tornado num símbolo de esforço e trabalho recompensado, independentemente dos obstáculos.

Tudo foi pensado ao pormenor e a maioria dos fãs acreditou, incluindo a autora deste artigo. A presença de John Cena era suspeita, afinal neste género de despedidas, os lutadores costumam estar sozinhos em ringue, mas no momento em que se avistaram as lágrimas de Henry, tal como muitos outros, também me deixei enganar. E, diga-se de passagem, que adorei, pois tornou a experiência ainda melhor no fim. Afinal, esta é uma das melhores características do Wrestling Profissional.

Lágrimas, cânticos e muita emoção ajudaram a descrever um segment triste e bonito. Tudo foi pensado ao mais pequeno pormenor e estava a funcionar. As suas frustrações eram conhecidas, assim como a iminência da sua reforma, portanto a rede estava bem montada.

Foi por isso que quando Henry aplicou o World’s Strongest Slam em John Cena, após este lhe erguer o braço, vários peixes foram apanhados. Foi por isso que o segment foi histórico. A WWE, de forma bem-sucedida, usou as armas que os fãs “inteligentes” julgam ter do seu lado e manuseou-as de forma a enganar todos. A verdade é que até mesmo muitos cépticos, por breves momentos, questionaram o que estariam a assistir.

E no fim, quando se provou a fraude, a maioria regozijou juntamente com a audiência presente na arena o enorme engano e manobra da WWE. Desta forma, estava estabelecido o main-event do próximo pay-per-view, tinha começado uma nova rivalidade que, para delícia de todos, tinha sido marcada por um dos melhores momentos dos últimos anos.

No fundo, a carreira de Mark Henry pode-se perfeitamente resumir com esta promo que, o mesmo, não ficaria mal-visto. Foi a promo da sua carreira e foi o auge de tudo aquilo pelo que trabalhou e lutou. Foi uma versão melhorada e em maior escala da pequena entrevista dada para um vídeo na internet, que viria a culminar com um reinado com o Título World Heavyweight.

E desta vez? Será que o prémio deverá ser também em maior escala, com um reinado com o Título máximo da companhia?

Ora, antes que tal questão seja respondida, há vários factores a ter em conta.

Por um lado, embora seja uma história comovente, a forma como o potencial de Mark Henry só foi devidamente usado perto do fim de carreira, facto é que Mark Henry não é o futuro da indústria. Se isso quer dizer que não irá ganhar o Tìtulo da WWE? Provavelmente. Mas, mais que isso, julgo que significa que este não irá ter o reinado com o Título da WWE que o brilhante segmento que originou na Raw merecia, caso as circunstâncias fossem diferentes.

Os últimos anos da carreira de Mark Henry não foram apenas marcados pela renovação da sua personagem e descoberta do seu potencial, mas sim pelas inúmeras lesões que teve. Lesões que prejudicaram o seu reinado pelo Título World Heavyweight, que o puseram de fora por vários meses e que recentemente voltaram a aborrecê-lo, logo após o Extreme Rules.

A idade de Mark Henry não é só um factor que joga contra si no que toca à sua aposta no main-event, mas também a nível físico. Os danos deixados pelas suas lesões e o risco de mais são factores que se devem ter em conta a discutir este tópico.

Embora duvide bastante que Mark Henry possa sequer tornar-se no campeão da WWE devido a esta história, ainda duvido mais que o reinado seja significativo ou longo. Poderei ser surpreendida pela WWE. Afinal, com o possível regresso de Brock Lesnar para o Summerslam e o regresso confirmado de RVD, talvez a WWE julgue que o Summerslam não irá sofrer de ter Mark Henry como campeão contra John Cena.

A partir de então, será ainda mais fácil garantir a duração do reinado de Henry, visto que o período de tempo entre o Summerslam e o Royal Rumble é sempre a “época baixa” em que a WWE aproveita para, geralmente, explorar novas ideias ou apostar em lutadores que originalmente não faria noutras circunstâncias.

Mark Henry poderia perfeitamente ter um reinado que durasse até ao Royal Rumble, Elimination Chamber, ou até quem sabe, Wrestlemania XXX. Facto é que, independentemente do pay-per-view em que o perdesse, teria sempre alguns meses garantidos como campeão.

Contudo, as questões referidas acima continuam a ser um problema. Primeiro que tudo, será que a WWE pretende mesmo tirar o Título a John Cena, para dar a Henry, dadas as condições deste último? Conseguiria Henry ser campeão com um reinado semelhante ou mais longo que o seu reinado com o Título World Heavyweight? A WWE teria todo o tempo para o fazer, mas conseguiria ele fazê-lo? E, por fim, será inteligente dar esta oportunidade a Henry?

A promo que fez na Raw foi um momento inesquecível e absolutamente brilhante. Está na história e ninguém lhe tira isso. Mas justificará a atribuição de um reinado quando, neste momento, o roster está repleto de jovens mais aptos e aconselháveis para o ter? Especialmente com o Money in the Bank à porta. Afinal, uma das malas irá garantir a oportunidade ao Título da WWE.

Ora, tal também poderá ser usado para proteger Henry. Caso a WWE se decida a dar-lhe um reinado, se este se lesionar ou ocorrer um problema de outro tipo, a WWE poderá simplesmente fazer o cash-in.

Tudo isto aparenta ser uma enorme complicação de “se” e “porquês”, contudo a minha opinião continua a mesma. Não digo que vencer o Título seja uma má ideia a 100%, mas não acho que seja estritamente necessário. E, sinceramente, não acho que seja isso que a WWE vá fazer. Além disso, convém não esquecer que a reforma de Mark Henry é de facto iminente e esta é, muito provavelmente, a sua última fase na indústria.

Afinal, depois de momentos como este e depois de lutar com John Cena pelo Título da WWE onde, pela primeira vez na sua carreira, possui alguma credibilidade para vencer, Henry não pode certamente regredir e voltar à fase de escolha de personagens aleatórias. Ou então, até mesmo regredir para a sua mais recente fase, onde é credível e ainda possui os louros dos seus mais recentes feitos, mas não é relevante para o panorama geral da WWE.

É por isso que julgo ser importante compreender e aceitar que a promo que Mark Henry fez na passada Raw e a forma como conseguiu enganar milhares de fãs já é um momento verdadeiramente histórico. Contudo, quem sabe? Afinal, esta é apenas a primeira semana desta excelente história que começou de forma absolutamente espectacular. Quem sabe o que poderá acontecer daqui em diante? Afinal, é a WWE e na WWE tudo pode acontecer. Ou pelo menos, quase tudo. Da minha parte é tudo, desejo uma excelente semana a todos e até à próxima edição!

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

56 Comentários

  1. Miguel - há 3 anos

    O Mark Henry é um dos lutadores mais underrated da história.

    Não me acredito que ele ganhe o título.

    Acredito que ele ajude outro a ganhar o título.

    Depois do combate com o Cena ele furioso por perder ataca-o e o vencedor do money in the bank match do Raw que acho que vai ser Dean Ambrose faz o Cash-in. Ou então o Henry ataca o Cena na raw seguinte e o Ambrose faz o cash-in.

    Havendo depois um Triple Treath para excluir o Henry da rivalidade.

    Grande artigo Salgado.

  2. Tibraco - há 3 anos

    A par da situação Ziggler/Del Rio este foi o tema da semana e estava muito curioso em ler a tua opinião. Fabuloso artigo, dos que mais gostei até hoje.

    Gostei do segmento protagonizado pelo Mark Henry mas, na minha opinião, os adjectivos para descrevê-lo têm sido demasiado intensos. Foi fixe e surpreendente mas não consigo catalogá-lo como “Histórico” ou um dos “melhores momentos do ano”.

    Sobre o MITB acho que Henry vence, até porque esta história está a surtir efeito nos fãs. Depois daquela promo e daquelas lamentações seria um bocado mau não lhe darem um último reinado. Ora como ele já não caminha para novo, talvez seja este combate seja um “agora ou nunca”. Além disso o Cena também não precisa do título para nada e ficaria livre para rivalizar com alguns heel’s emergentes que estão no roster.

    • Frederico_WWE - há 3 anos

      “Gostei do segmento protagonizado pelo Mark Henry mas, na minha opinião, os adjectivos para descrevê-lo têm sido demasiado intensos. Foi fixe e surpreendente mas não consigo catalogá-lo como “Histórico” ou um dos “melhores momentos do ano”.

      Tá mal Tibraco… foi sem dúvida histórico.

      Austin 3:16 – 1996

      CM Punk Pipebomb – 2011

      Mark Henry Fake Retirement – 2013 :D

      Estou a exagerar muito… é óbvio mas foi histórico :D

      • Tibraco - há 3 anos

        Austin 3:16 e a Pipebom são momentos históricos. Porquê? Porque ambas influenciaram o futuro da WWE. O Austin tornou-se um dos principais lutadores da companhia na Era mais aclamada pelos fãs e o Punk de quase-despedido passou a indispensável e teve o maior reinado dos últimos 20 anos.

        Agora diz-me onde é que esses dois momentos podem ser comparados ao do Mark Henry. Mas é “Histórico” porquê? Daqui a 15 anos quando te perguntar quais são as tuas principais memórias da WWE vais-te lembrar desta promo? Epá acho que não porque existem coisas que marcam mais do que uma despedida falsa.

        Como já se tornou óbvio, aqui no site, sobre esta matéria sou voto vencido. Tudo bem, mas eu continuo a achar que foi uma boa jogada da WWE, surpreendeu-me na altura mas nada assim de tão extraordinário. Acho que se está a valorizar excessivamente o factor surpresa e se canalizou o entusiasmo de uma excelente Raw para a promo do Henry. Eu fiquei mais interessado em Lesnar vs Punk, por exemplo.

        Talvez para mim não tenha tido grande impacto porque nunca fui um grande admirador de Henry. Faz 1 bom combate em 10 tentativas apesar de ser um heel credível e que funciona bem em determinados momentos. Tem valor mas é daqueles que se reformasse, tipo um Big Show, não ia sentir a mínima falta.

      • Frederico_WWE - há 3 anos

        Óbvio que eu tava a brincar ao colocar o segmento do Henry com aqueles outros 2… xDD era mais para te tentar convencer que de facto foi um momento pa recordar.

      • José Sousa - há 3 anos

        Se queres que eu seja sincero Tiago eu acho que a própria estreia dos Shield poderá ser um momento mais histórico que aquele segmento do Henry. não quero com isto dizer que foi um mau momento, apenas acho que esta feud vá mudar o cenário da WWE. No máximo o Henry será a forma da WWE fazer alguém tirar o titulo do Cena sem ele perder credibilidade(com um cash-in mesmo que seja o Bryan).

  3. Rubinho16@ - há 3 anos

    Mais uma excelente edição!
    Concordo contigo a 100%! O Henry não é propriamente um jovem “para as curvas” (apesar de as ter xD), e com talentos com Bryan e Ambrose no roster, a aposta em Henry seria “desnecessária”. No entanto, também não era má ideia, visto que seria o fruto de todo o seu trabalho e dedicação!
    Como já referi, excelente edição!

  4. El Shaarawy - há 3 anos

    Nao me acredito que o Mark ganhe o titulo !! Se era merecido? sem duvida depois de todo o seu trabalho, esforço e dedicação era o reconhecimento merecido ao homem mais forte do mundo!! Mas penso que a wwe nao está para aí virada!! Henry tal como Ryback apenas vai ser usado para dar um reinado a Cena em que venceu varios monstros mas nao me parece que Henry vá conquistar o titulo!

  5. LuisMPBO - há 3 anos

    Excelente artigo!
    Este segmento do Henry foi de facto fantastico. Seja como for tambem nao acredito que vença o titulo no MITB. Eu proprio acho que nao e a altura ideal para Henry ser campeao. Eu sei que e quase um “agora ou nunca” mas, se for mesmo assim, olha, la tera de ser nunca. Ele tambem nao precisa do titulo. Claro que seria uma recompensa merecida, mas pronto. Espero sim, que ataque o Cena apos o combate e abra espaço para um cash in de Bryan ou Ambrose (apesar de nao acreditar que Ambrose ganhe como alguns dizem).
    E nao tenho mais nada a dizer, porque ja foi tudo dito no artigo e eu estou plenamente de acordo.

  6. MicaelDuarte - há 3 anos

    Mas que grande artigo Salgado!

    O segmento desta última Raw com Mark Henry foi perfeito. Fui completamente apanhado de surpresa como muuuuuitos fãs foram, e muito sinceramente, não me importei nada. Foi um grande momento mesmo! A feud entre os dois não poderia ter começado de melhor forma e, sendo esta possivelmente a feud da carreira do Henry, porque não recompensá-lo por todo o trabalho e dedicação, dando-lhe o título?

    A WWE virou a melhor arma que nós temos em termos de informação, contra os próprios fãs e isso foi muito bem feito.

    É verdade que existem alguns jovens que poderiam tomar o lugar de Mark Henry como o próximo WWE Champion, mas a verdade é que este senhor merece. Não, tavez não seja a altura mais apropriada para que ganhe o título, mas não acho que afecte consideravelmente alguma coisa caso o ganhe.

    Isto lembra-me bastante o Punk há dois anos num contexto diferente (ou secalhar não assim tão diferente!), pois o Punk realizou a estrondosa promo, tal como Mark Henry teve agora a sua grande promo, para posteriormente ganhar o título da WWE.

    Caso a WWE resolva dar o título e mais tarde necessite de “corrigir” alguma coisa devido ao reinado do Henry, têm o Mr. Money In The Bank que os pode socorrer (Daniel Bryan ou Dean Ambrose, espero eu!), portanto, a meu ver não há problema. Mark Henry for WWE Champion.

    O problema é que caso Cena perca o título, é possível que mais tarde venha a recuperá-lo e tornar-se WWE Champion pela 395271 vez xD

    • danielLP21 - há 3 anos

      Eu gostava que o John Cena ganhasse o Título da WWE mais 5 ou 6 vezes…

      • Miguel - há 3 anos

        Tu queres é que ele destrone o Ric Flair lololol.

      • danielLP21 - há 3 anos

        Vês como sabes? :D

      • MicaelDuarte - há 3 anos

        Gostas mesmo do Flair, Daniel. xD

      • danielLP21 - há 3 anos

        Muito xD

    • Control Punk - há 3 anos

      Sim,essa é outra questão se ele perder o titulo daqui um tempinho lá vai estar com ele de novo..

      • MicaelDuarte - há 3 anos

        O Cena já foi tanta vez campeão e com tantos reinados de tão pouco tempo, que é praticamente insignificante quando ele conquista um título de novo, não acrescentando nada de novo.

        Para mim, o Cena deveria começar a desligar-se gradualmente da rota dos títulos (sim, eu sei que teve um ano e tal sem um título!) e envolver-se em feuds de grande relevo com aqueles mais jovens de forma a elevá-los (não querendo dizer que saisse sempre por baixo, como é óbvio).

        Mas como o Cena ainda não é assim tão old, teremos que levar com ele ainda mais alguns anos na rota dos títulos…

      • Control Punk - há 3 anos

        Totalmente de acordo,os reinados dele não acrescentam nada de novo a muito tempo é sempre o mesmo discurso além de que isso já encheu.Como disse bem ele deveria se desligar um tempo do rota dos títulos ,isso se WWE não fizer um titulo com o nome dele antes rsrs

        Isso envolve outras questões o dinheiro que ele da em seus reinados o seu marketing muito forte,realmente teremos que esperar mais alguns anos como disse bem.

      • Dolph Ziggler - há 3 anos

        Sim Micael, numa coisa tens razão: Mais ano menos ano, o Cena tem de começar a elevar talentos porque não acredito que o seu corpo aguente muitos mais anos. Depois vamos tê-lo como part-timer.

        Já agora, grande artigo, Salgado. Resumiste a carreira do Mark Henry na perfeição.

  7. danielLP21 - há 3 anos

    Excelente artigo Salgado.

    Para mim, este foi não apenas o melhor segmento do ano, como um dos melhores de sempre. Ver aquilo em directo, estar pronto para ver uma reforma, conversar com as pessoas sobre a carreira do Mark Henry numa espécie “balanço final”, e de repente… pimba!

    Há anos que se houve falar da reforma dele, o público estava “resignado” com aqueles cartazes… Quando vi o Cena a dar-lhe o título ainda desconfiei, mas depois o Henry devolveu-lho e aí tive a certeza que ele se ia reformar. Foi lindo, é por estas situações que somos fãs da WWE. Pelo menos, falo por mim…

    Sinceramente, acredito que o Mark Henry pode ganhar o Título da WWE no Money In The Bank. Não acho que seja o mais provável, mas julgo ser possível que tal aconteça. Claro que há a questão das lesões e da idade do homem mais forte do mundo, mas também existe a “solução Money In The Bank”, como foi muito bem apontado neste artigo.

    Gostava de ver o Mark Henry como Campeão da WWE, mas o mais provável é darem ( mais) um grande momento à carreira do John Cena.

    • Miguel - há 3 anos

      Uma pergunta:

      Daniel quem tu pensas que ganha as malas Money in the Bank?

      Eu acho mais provável o Henry fazer o Cena levar com cash-in do que ganhar o título.

      • danielLP21 - há 3 anos

        Não faço ideia de quando vão ser os cash-in’s. Em relação aos vencedores das malas, julgo que o Damien Sandow e o Antonio Cesaro são fortes candidatos à mala do Título Mundial e o Dean Ambrose é um forte candidato à mala da Raw. Em relação ao Daniel Bryan, é um forte candidato às duas, mas duvido que iguale o recorde do CM Punk… Mas só quando se souberem os participantes é que poderei formular uma “lista de candidatos” mais concreta xD

      • Miguel - há 3 anos

        Do CM Punk e do Edge… Apesar do Edge ter ganho ao Mr. Kennedy.

        Na Smackdown é entre Cesaro e Sandow com o Rhodes como Outsider…

        Na Raw vejo o Ambrose. O Bryan o meu entrave é ganhar 2 como Edge e Punk… E o Orton é um bom outsider.

      • danielLP21 - há 3 anos

        O Orton não acredito. O Edge, a meu ver, não tem o recorde de ganhar dois MITB… Mas compreendo quem ache o contrário.

        Então pronto, temos as mesmas opiniões.

      • Miguel - há 3 anos

        Já agora:

        Tu só publicas notícias?

        Não escreves nenhum artigo?

        Parabéns por pertenceres à equipa :D

      • Miguel - há 3 anos

        O Orton a possibilidade é ganhar o título e fazer o heel turn.

      • danielLP21 - há 3 anos

        Como é que isso poderia acontecer? De que forma?

      • Frederico_WWE - há 3 anos

        Não acho nada que o Dean Ambrose vai ganhar o Money In The Bank… é tão óbvio que ele vai ser um dos campeões dos EUA com um dos reinados mais longos de sempre e não o vejo a ser WWE ou World Heavyweight Champion sem antes perder o titulo actual que ele tem…

        Os candidatos mais fortes a vencer o Money In The Bank são sem dúvida o Daniel Bryan, o Wade Barrett, o Damien Sandow e o Dolph Ziggler (caso o combate pelo titulo World Heavyweight abra o PPV Money In The Bank e só depois venham os tais 2 Ladder matches”).

        O Cesaro daria me vómitos… se ganhasse.

        O Orton não precisa de uma mala para se meter numa das feud por um titulo.

        O Rob Van Dam vai regressar no PPV será que é para um dos Ladder Match? E se ele ganha alguma? Duvido…

        O Cody Rhodes não o vejo como um main eventer ou por outro lado não o vejo a passar do mid card nem daqui a 2 anos…

        Se tivesse 1 milhão de euros apostava no Daniel Bryan e talvez no Ziggler (dependendo da tal coisa que disse).

      • Miguel - há 3 anos

        Como foi com o Del Rio só que desta vez so havia o turn do Orton.

        Ou mesmo atacando o Bryan…

      • Dolph Ziggler - há 3 anos

        Fred, o Rhodes pode não estár pronto para o main-event, mas vencer a mala do título World Heavyweight não é propriamente dar um salto para o main-event. É mais para o upper mid-card. Se tiveres a falar da mala pelo título da WWE, então aí estou de total acordo.

        E sim, acho que o Bryan vai vencer.

      • LuisMPBO - há 3 anos

        Concordo com o Frederico. Esta claro que o Dean Ambrose esta escalado para ter um grande reinado como US Champion, e não o estou a ver com ambos os títulos ao mesmo tempo, nem mesmo com o titulo e a mala Money In The Bank. Alem disso para mim há outro aspeto muito importante, os Shield tem sido construídos ate agora de maneira a todos terem o mesmo destaque e importância e ate a separação do grupo duvido que isso mude. E se Ambrose se tornasse campeão ia destacar se muito em relação aos outros. A minha aposta para o MITB da Raw e o Daniel Bryan. Ate há pouco tempo pensei que fosse combater com Orton no PPV mas parece que não, e como não estou a ver a WWE a dar essa mala a alguém de menor relevância atualmente, acho que vai ser ele. Quanto a mala da Smackdown, se o Ziggler participar aposto nele. Se o Ziggler estiver no combate pelo WHC então vai ser entre Rhodes, Cesaro e Sandow (e também abro uma possibilidade para, custa me dizer isto, RVD).

      • Dolph Ziggler - há 3 anos

        Se a minha teoria e provavelmente a de muitos tiver certa, amanhã o Orton faz o heel-turn :D

      • danielLP21 - há 3 anos

        Então? Explica lá isso xD

      • Dolph Ziggler - há 3 anos

        Eu acho que o heel turn do Orton está a ser planeado para acontecer na sua feud com o Bryan. Para começar, o Bryan é o babyface mais over da companhia de momento, juntamente com o Punk. O Bryan está cada vez mais a ganhar fãs portanto turnar no Bryan seria uma excelente decisão tendo em conta as circunstâncias. Não o fizeram no Payback porque já tivemos o double turn do Ziggler e do Alberto Del Rio. Não o fizeram no Raw porque já havia o return do Brock Lesnar e o grande segmento entre o Henry e o Cena. Não o fizeram no Smackdown porque como é óbvio, esse show já não tem a atenção de outros tempos. Agora temos um 3º combate entre eles e parece-me a ocasião perfeita. O Bryan está a carregar esta história do “weak link” de uma maneira incrivel e está a ficar um lutador tão agrevisso e obcecado, que dúvido que agora vá perder todo o ímpeto ao perder contra o Orton. Portanto, o Bryan vence o combate e no fim o Orton irrita-se e aplica um RKO ao Bryan. Quanto está prestes a ir embora, volta uma vez mais para o ringue e aplica o punt kick no Bryan e começa a fazer as suas expressões de heel. Acredita que a arena ia apupar o Orton á força toda tendo em conta o quão over o Bryan está com o público de momento. E acredita, se não é agora, então o Orton vai passar o Verão uma vez mais irrelevante porque não vejo outra oportunidade.

        O turn não tem de ocorrer da maneira como disse – um RKO e depois um punt kick – mas desde que aconteça, por mim é igual. Só quero que o faça.

      • MicaelDuarte - há 3 anos

        Que teoria? Que me recorde ainda não ouvi falar de tal teoria xD. Conta lá como é que é…

      • danielLP21 - há 3 anos

        Duvido Dolph… Não acredito que o Randy Orton seja uma prioridade da WWE neste momento. Caso se confirme, óptimo, mas duvido mesmo muito.

      • Dolph Ziggler - há 3 anos

        Eu também duvido visto que dizemos sempre que vai ser em x altura mas saimos sempre desiludidos. Contudo, acho que seja uma boa oportunidade para se concretizar. É esperar para ver.

      • José Sousa - há 3 anos

        Voces estão a descartar a vitória do Ambrose de forma muito fácil e ainda bem!Todas as antevisões em 2010 diziam exactamente o mesmo que vocês dizem que o Miz não ia vencer porque tinha o titulo dos USA. E se o Miz o conseguiu porque é o Ambrose não pode? O Ambrose até é mais completo que o Miz como heel e como wrestler.

      • LuisMPBO - há 3 anos

        Eu adorava que ele ganhasse, so nao acho que isso va acontecer. Mas para mim era ele ou o Daniel Bryan

  8. Control Punk - há 3 anos

    É uma pena que a WWE demorou tanto tempo para reconhecer o talento de Henry,dando poucas oportunidades quase nada a se destacar lembro-me apenas de um combate com Undertaker na wm 22 .Eu também realmente não acredito que ele irá vencer mas não é impossível vai saber,por mais que pense que este combate só foi marcado é claro o Henry já esta se retirando(uma forma de agradece-lo por tantos anos de serviço) e também para alavancar o campeão John Cena.

  9. Evandro Monari - há 3 anos

    Como sempre excelente artigo Salgado

  10. Vinícius Nunes - há 3 anos

    Grande artigo Salgado, eu acho que essa promo do Henry foi de fato histórica, pois ele conseguiu enganar todo mundo sua atuação magnífica, eu não acho que ele vá ganhar o título da WWE, mas pelo menos ele vai ter a oportunidade de estar no main-event do Money In The Bank, e quem sabe, ajudar a definir um novo campeão.

  11. Darth Mordred - há 3 anos

    Sem alardes, todos sabemos que o M.Henry vai somente jobbar pro Cena no Money in The Bank. Provavelmente com AA, com o comentárista a dizer: “So much power”, CENA, CENA, CENA…e a musiquinha enjoada dele, depois de um pin bem sucedido. De qualquer maneira, é uma “honra” pro Henry jobbar no main event, parece.

  12. Diogo7 - há 3 anos

    Excelente artigo!

    Aquela promo da RAW foi fantástica, a melhor que eu vi em anos. O Henry é mesmo espectacular e a WWE só o está a fazer credível no final da carreira. O que é uma pena…

    O Mark Henry pelo trabalho e dedicação pela empresa merecia ganhar o Título da WWE mas acho que não vai ganhar. Primeiro porque tem tido algumas lesões e o reinado poderá ser muito curto e segundo porque a WWE deverá dar mais um grande momento à carreira do Cena.

    Como tu disseste, o Henry poderá ganhar o Título e se tiver alguma lesão o vencedor da mala MITB pode fazer o cash in. Mas também é provável o que o Miguel disse, o Henry com a frustração de perder o combate ataca o Cena e o vencedor da mala faz o cash in no Cena.

    Ainda tenho esperança que o Henry ganhe porque merece e poderá ser a sua última oportunidade de ganhar-

  13. Frederico_WWE - há 3 anos

    Só faltou dizer que o Mark Henry pode agradecer este final de carreira “brilhante” como monstro heel ao Brodus Clay… sem Hall Of Pain não havia nada disto :D

  14. MR Perfection André Santos - há 3 anos

    Bom Artigo Salgado!

    O segmento de Mark Henry foi dos melhores que alguma vez vi, foi tão realista que enganou toda gente.Ficará gravado para sempre na historia da WWE e do wrestling profissional!
    Concordo contigo que a personagem de Henry nunca foi levada a serio pelos fás e nos últimos 2 anos está bem mais credível!

    • Frederico_WWE - há 3 anos

      Estão a ver? O mestre André vê Wrestling há uns 20 anos… aqui ninguém vê há mais tempo que ele e se até ele diz que este segmento foi dos melhores que já viu e eu acredito nele acho que todos vocês devem mesmo dar muito valor ao que o Henry fez.

      • akujy - há 3 anos

        Ninguém vê wrestling aqui há tanto ou mais tempo que o André? Fala por ti! xD

      • Frederico_WWE - há 3 anos

        Eu acho que não… talvez o Mário apenas… mas eu também nunca fui fã da chamada “Golden Era” quando vejo algo é de vez em quando nos principais responsáveis pelos baixos ratings de qualquer empresa de Wrestling e afins o Daylimotion e o Youtube.

      • MR Perfection André Santos - há 3 anos

        Sem duvida Fred acreditas que mostrei a minha mulher o segmento do Henry e ela estava mesmo acreditar e quando um Henry ZAS! ela ficou tipo…ah?!?!?!por isso tiro o chapeu ao Henry!

  15. MicaelDuarte - há 3 anos

    Fred, meu caro! Voltaste a dar sinais de vida xD

    http://www.youtube.com/watch?v=xI2xNyfKa78 – Mestre André LOL

    Sim, o segmento foi muito bom mesmo, mas não sei até que ponto ficará para a História.

  16. akujy - há 3 anos

    Desculpem lá, mas serei eu a única pessoa a ter percebido desde o princípio que o Mark Henry não se ia reformar??? Foi um bom segment, muito bom mesmo, direi até que melhor que isto não acontece ao Henry, mas não foi histórico e não foi assim tão inesperado. Para mim não. Se tivesse um artigo neste site (e estou a tentar ter) este era um tópico que abordaria sem dúvida.

  17. Gabriel Paccioni - há 3 anos

    Ríspido como sempre….XD

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador