Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Opinião Feminina #166 – A Product of Laziness and Ego

A WWE é uma companhia rica em história. Não se esperava menos que tal dado as suas décadas e décadas de existência. Frequentemente a história da companhia é usada pela própria, na maioria das vezes de forma promocional, seja a criar DVDs, o próprio Hall of Fame ou a construção e promoção das suas rivalidades actuais.

Quantas vezes um lutador usa o seu número de reinados ou outros feitos passados numa história? Quantas vezes a WWE usa estatísticas para promover um combate? Quantas vezes a WWE omite detalhes, ou até altera a história para seu benefício?

Como costumam dizer, a história é escrita por vencedores e a WWE pode ser considerada vencedora, dado o seu controlo e domínio na indústria.

Embora se possam encontrar pequenos exemplos do que referi em quase toda a programação diária da WWE, o último grande exemplo disto foi a unificação dos Títulos no TLC que ainda dura até hoje. O mais cru e imperfeito da história da WWE, aquela que não é promovida fortemente, dita que tal não irá durar muito.

Pelo menos até à Wrestlemania XXX parece-me que a situação não se irá alterar. Contudo, já não tenho a mesma garantia para o fim de 2014.

A verdade é que foi a promessa de história que “vendeu” a unificação. Depois de vários main-events de pay-per-views desastrados e um combate desinteressante entre Big Show e Randy Orton, a WWE precisava de tornar o main-event do TLC verdadeiramente interessante e apelativo.

Para muitos fãs, a ideia de um combate entre Randy Orton e John Cena pela unificação dos Títulos poderá não ser interessante e apelativo, mas para a grande maioria é a esperança de ver história a acontecer que causa interesse. É a oportunidade de poder dizer, daqui a muitos anos, que se estava presente ou a ver em directo quando algo histórico e de grande importância aconteceu.

Em teoria, a WWE irá sempre conseguir uma quantidade razoável de fãs exactamente por esta manobra promocional: promessa de eventos históricos.

Infelizmente, neste caso, o combate e o acontecimento em si não correspondeu às expectativas criadas. Foi um combate interessante, sem dúvida, com esforço notório de ambos os lutadores, mas dificilmente será relembrado pelos fãs como sendo algo histórico.

Vários aspectos contribuíram para este resultado. O desinteresse geral dos fãs nos dois lutadores em questão é um deles. Notou-se na forma como os fãs se comportaram durante o combate. Cena é vaiado, como de costume, mas os fãs não deram a entender que o fizeram porque apoiam Randy Orton. Fizeram-no porque é hábito vaiar John Cena.

Para a maioria dos fãs, não havia um favorito. Era apenas mais um combate. Outro exemplo disso é a forma como os fãs não reagiram ao toque da campainha que deu início ao combate. Tal acontece frequentemente em combates de grande relevo. Um exemplo disso, embora não tenha sido exactamente quando a campainha tocou, foi o cash-in de Dolph Ziggler.

O rugido da multidão quando Justin Roberts anuncia o cash-in irá acontecer é impressionante. São essas reacções que garantem memórias e que melhor descrevem os sentimentos dos fãs para com o que está a ser apresentado.

A WWE esforçou-se bastante para garantir que o combate era visto de forma importante, mas no fim, acabou apenas por ser apresentado um combate pouco ou nada memorável. Foi apenas mais um, no pay-per-view menos importante do ano.

Curiosamente, o campeão actual, Randy Orton tem estado associado a muitos momentos desses nos últimos anos. Antes deste reinado, grande parte do trabalho de Randy Orton nos últimos anos foi pouco memorável ou digno de nota.

Depois de ter sido um dos lutadores mais adorados de 2009 e 2010 devido à volatilidade da sua personalidade, Randy Orton perdeu parte do interesse dos fãs quando se tornou um face. De momento, Orton é frequentemente acusado de ser aborrecedor.

Antigamente, quando a sua personalidade era interessante e volátil, os fãs não notavam tanto as suas fracas capacidades verbais. Antigamente, os fãs também não o acusavam de ser aborrecedor durante um combate, levando a que este, por sua vez, criasse um braço-de-ferro com estes, onde se recusa a alterar a sua rotina.

Randy Orton fica ofendido com as críticas negativas e piora o seu comportamento, ao invés de tentar entreter os fãs e incluí-los no evento. Existem imensos exemplos disto, seja no combate com Sheamus na Raw após a Wrestlemania 29, ou no combate com Big Show no Survivor Series.

Orton é competente e consegue criar momentos especiais com o parceiro certo, a história certa e a motivação certa. De resto, Randy Orton tornou-se numa presença incapaz de se impor.

Nem agora que possui ambos os Tìtulos, Randy Orton conseguiu melhorar esta situação. Todos os olhos estão postos em Batista e nas diversas estrelas que podem regressar para a Wrestlemania e as vozes só gritam por um nome: Daniel Bryan.

Infelizmente, a Autoridade que tanto se esforçou para que este fosse campeão apenas piora a sua situação. Ao contrário de Daniel Bryan que deu ainda mais razões aos seus fãs para chamarem por ele, Randy Orton está a sofrer os danos causados pela presença da Autoridade sem qualquer recompensa.

O seu legado está criado e nada irá mudar a sua importância na história da WWE, mas facto é que Randy Orton não poderia ser menos interessante de momento,

Infelizmente, a Autoridade e as pessoas responsáveis pelas suas acções – calculo que sejam praticamente os mesmos – não compreendem que não pode haver confusão no que toca a estabelecer vilões. Não pode haver vilões “pela metade”, ou apenas “um pouco mauzinhos”. A Autoridade frequentemente muda de lado ou comporta-se de forma dúbia deixando pouco claro o seu papel na história.

Porquê castigar e perseguir a pessoa que tanto se esforçaram para manter campeão? Porquê ter Batista, regressado como babyface, a ser amigo da Autoridade?

A Autoridade é um grupo de vilões que durante meses tramou a vida do mais recente herói dos fãs, mas gosta de fingir ser o contrário frequentemente. Percebo porque o fazem. Eles são malvados, mas na sua mente estão a praticar o bem, pois é o que acreditam ser melhor para a companhia.

Porém, quando a história é tão longa, onde os fãs não recebem qualquer recompensa pelas torturas que viram os seus favoritos sofrer, é bastante desaconselhado deixar a interpretação das acções da Autoridade ao acaso.

São vilões e deveriam comportar-se como tal, apoiando Randy Orton a 100% e não ofuscá-lo, ou diminui-lo, sempre que abrem a boca. Não existe qualquer justificação para as constantes mudanças de atitude ou para a humilhação dos lutadores.

Ter Stephanie McMahon a comportar-se de forma autoritária faz sentido, visto que é a chefe. Ter Stephanie McMahon a rebaixar todos os membros do roster com quem interage durante meses, sabendo os fãs que não há qualquer hipótese deles conseguirem vingar-se, apenas lhe afaga o ego, não ajuda ninguém ou melhora o produto.

Uma figura de autoridade não pode ser intocável. É certo que os exemplos mais famosos de como exactamente o oposto funciona envolvem Steve Austin e Vince McMahon, mas nem é necessário ir tão longe no tempo. Vickie Guerrero ainda é uma das pessoas mais vaiadas entre os fãs e o seu reino de terror na Smackdown em 2008 a viu em perigo e a ser atacada frequentemente.

Vickie frequentemente mostrava vulnerabilidade, fosse devido ao efeito de uma manobra de Rey Mysterio ou à Tombstone de Undertaker, e nada afectou a sua reputação como vilã.

Stephanie não é a única a quem o mesmo argumento se aplica. O mesmo se diz de Triple H, mas como nos estamos a aproximar da Wrestlemania, este terá que voltar a lutar – visto que não poderia deixar de aparecer – portanto acredito que CM Punk, caso os rumores se confirmem, consiga obter uma vingança. Infelizmente, não será nem Daniel Bryan, nem Randy Orton, nem qualquer um dos outros lutadores humilhados semana após semana, a fazê-lo, o que, por consequente, faz deles fracos.

A Autoridade é grande razão para o falhanço de grande parte das histórias deste o Summerslam e do estado actual da personagem de Randy Orton. Se este é desinteressante, fraco e pouco memorável, grande parte deve-o aos seus “apoiantes”. Já o disse no passado e volto a dizer: a indústria do Wrestling precisa de férias – e longas – de figuras de autoridade.

Infelizmente, faltam meses para que isso acabe, se é que vai acabar na Wrestlemania XXX. Acredito, sinceramente, que Randy Orton não tem qualquer salvação de momento. O período mais interessante que teve a solo – se é que se pode chamar a solo, pois tinha a Legacy a seu lado – foi como heel volátil e demente de 2009 e voltar a sê-lo não me parece estar nos planos da WWE.

Os fãs pediram bastante para que Randy Orton se tornasse heel, mas infelizmente, este tornou-se no pior tipo de heel que pode existir: aquele que ninguém paga para ver perder.

Envolvido nisto está também John Cena e o seu pai. Ao contrário de Brock Lesnar vs. Big Show, ver Randy Orton a atacar o pai de John Cena não aconteceu há dez anos atrás e é muito provável que a maioria dos fãs actuais já tenham visto este cenário no passado.

Ou seja, a preocupação de John Cena e o seu atraso a chegar à Raw, embora tenham a intenção de criar drama e preocupação entre os fãs, não surte qualquer efeito. Não importa quantas vezes a WWE fala da ausência de Cena e mostre vídeos dos bastidores. Tudo o que os fãs vão fazer é piadas sobre o facto deste ter um dia afirmado que era o primeiro a chegar e o último a sair.

Acredito que uma minoria acredite e sinta realmente a pena e o drama que a WWE quer gerar, mas não acredito que seja uma minoria relevante o suficiente para justificar esta escolha criativa. Poderei estar errada, como é natural.

John Cena e Randy Orton partilham do mesmo problema. Estão no topo da companhia há demasiado tempo e o fim desse “reinado” não aparenta estar à vista. John Cena ainda é pior que Orton, nesse sentido, pois a situação de John Cena tem se mantido inalterável ao longo dos anos. Isto leva a que ambos precisem dos parceiros certos para fazer algo verdadeiramente interessante e, de momento, ambos juntos é uma combinação terrível.

John Cena é uma constante na WWE, o que embora resulte com os seus fãs mais novos, não lhe permite criar histórias interessantes sozinho. As últimas grandes histórias em que John Cena esteve envolvido foram com Daniel Bryan em 2013, The Rock em 2012, Brock Lesnar em 2012 e CM Punk em 2011. Foram os seus adversários que as tornaram interessantes, fosse pela sua popularidade, promos ou regressos. John Cena foi o mesmo em todas elas, usando os mesmos argumentos ou então alguns bem parecidos.

Ora, este tem capacidades verbais para causar interesse, mas nem sempre sejam usadas da melhor forma. É também indiscutível a sua competência a contribuir para um excelente combate quando tem o parceiro certo, seja numa Smackdown com Seth Rollins, ou num pay-per-view de grande relevo com Daniel Bryan.

Todavia, nesta situação em que Randy Orton é o seu parceiro, não há nada a fazer. Apenas contar os dias para esperar pelo Rumble e que a rivalidade termine naturalmente. A WWE esforçou-se para tornar isto pessoal, da mesma forma que fez há anos atrás, para não surtiu qualquer efeito. Depois do regresso de Batista na Raw e do seu desejo de se tornar campeão, tal tornou-se ainda mais óbvio.

Esta história, esta unificação, estes combates… Nada disto interessa ou faz alguma diferença, por muito que queiram dar a entender o contrário. É aquela série pouco interessante que vemos na televisão enquanto esperamos que chegue a hora do nosso programa preferido. É a forma mais preguiçosa que a WWE encontrou de manter os lutadores ocupados até à época de Wrestlemania.

Até Batista, quem a WWE tem em mente para animar as histórias principais, regressar. Durante as últimas semanas, a WWE não pensou nem um momento no que poderia fazer para que esta história fosse interessante e fizesse jus aos envolvidos. Não é porque não têm pessoas para o fazer, é porque toda a sua energia e preocupação está focada no que vai acontecer daqui a dois meses, na Wrestlemania XXX. E da Wrestlemania XXX depende grande parte do sucesso da WWE Network.

E, mesmo sem a Network envolvida, a Wrestlemania é a noite mais lucrativa do ano da WWE, o que é excelente para os seus bolsos, mas de forma alguma garante sucesso da companhia e qualidade no seu produto os restantes 364 dias do ano. E é exactamente por isso que a WWE usa a sua história como argumento para vender algo. É bastante simples, a história já foi feita, é só usá-la e embelezá-la. O trabalho a ter é mínimo.

Difícil é criá-la. Mais uma vez, os exemplos da preguiça e do ego de personalidades-chave da WWE dão ar de sua graça e fazem estragos. Espero, não com muita esperança, que tal não afecte um dos melhores pay-per-views do ano. Divirtam-se com o Royal Rumble, apostem na League e até à próxima edição!

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

44 Comentários

  1. MicaelDuarte - há 3 anos

    Bom artigo Marta.

    “Infelizmente, a Autoridade e as pessoas responsáveis pelas suas acções – calculo que sejam praticamente os mesmos – não compreendem que não pode haver confusão no que toca a estabelecer vilões. Não pode haver vilões “pela metade”, ou apenas “um pouco mauzinhos”. A Autoridade frequentemente muda de lado ou comporta-se de forma dúbia deixando pouco claro o seu papel na história.” – Obrigado por partilhares a mesma visão que eu tenho acerca da Autoridade. Percebe-se que eles são vilões, mas existem grandes pormenores que deixam os fãs na dúvida… Ainda na última Raw referi isto na caixa de comentários.

    Discordo contigo em relação às capacidades verbais do Orton. O Orton não é um mestre ao microfone, mas não vejo como é que podem considerá-lo fraco nesse aspecto.

    Quanto ao restante conteúdo do teu artigo, estou de acordo.

    • José Sousa - há 3 anos

      Subscrevo o que disseste Micael, só acrescento uma coisa: Este ano não tivemos a habitual perspectiva da Marta sobre quem vencerá o Rumble. Ou isso, está certa da vitória do Batista, mas inclino-me para a segunda.

      • danielLP21 - há 3 anos

        Na semana passada ou há duas semanas, a Salgado disse que o vencedor do Royal Rumble só pode ser um: o Daniel Bryan. Se isso significa que acha que vai ser o Bryan, não sei, mas acho que sim. Ainda assim, também é bastante provável que ache que vai ser o Batista.

      • Tibraco - há 3 anos

        Daniel, desculpa, mas esse comentário deu-me um nó no cérebro xD Tu achas que a Salgado acha que ganha o Batista ou o Bryan? É que no teu comentário dizes as duas coisas :)

      • danielLP21 - há 3 anos

        No artigo da semana passada, a Salgado disse que, pela lógica, o único vencedor possível é o Daniel Bryan. Mas isso é pela lógica… Pelo artigo desta semana, podemos ver que, se calhar, a Salgado acha que ganha o Batista, independentemente de o Bryan, pela lógica, ser o único nome possível.

      • Salgado - há 3 anos

        É exactamente isso. Bryan é o nome que faria mais sentido, mas não tenho quaisquer dúvidas que vai ser o Batista a vencer, infelizmente! Lamento se não deixei isso bem claro :)

      • Tibraco - há 3 anos

        Ok, já percebi a ideia ;) Obrigado pela explicação.

      • danielLP21 - há 3 anos

        Salgado, ou muito me engano, ou estás errada… Esperemos que estejas errada, porque uma vitória do Batista seria absurda. Ele só esteve presente numa Raw, nem sequer vai com ímpeto suficiente para o combate. O regresso dele deixou muito a desejar… Só faz sentido uma vitória do Bryan e eu vou acreditar nisso até à última.

      • Salgado - há 3 anos

        Eu quero muito, mas mesmo muito, estar errada, Daniel e acredita, que farei a festa se estiver. Não tem ímpeto nenhum para os fãs, mas para as pessoas nos bastidores tem. Quando chegar a altura, quem é que achas que o Vince irá escolher? Daniel Bryan, alguém popular, mas que aos seus olhos não tem o que é preciso para ir mais além ou Batista, um dos melhores amigos de Triple H, e alguém que – aos seus olhos – tem tudo o que uma estrela precisa?

        Toda a história da WWE, em particular os últimos meses com Daniel Bryan, levam a crer que a balança irá pender a favor de Batista, mas espero estar errada.

      • José Sousa - há 3 anos

        Tipo que na lógica o vencedor só pode ser o Bryan é um coisa. Isso todos nós sabemos Daniel. Agora o que me pareceu é que ao falar do envolvimento agora fácil do Batista que assumiu que venceria o Batista.

        Atenção que não digo que o Batista não pode vencer, eu também o coloquei como forte candidato. Sendo o Batista, espero que ela esteja errada pelo segundo ano consecutivo.

      • Frederico_WWE - há 3 anos

        Nós que já andamos há tantos anos nisto… supostamente já deveríamos ser mais racionais e ver as coisas como elas são… vocês estão a ser aquilo que se chama de um pouco “anjinhos” xD ou seja é por demais evidente quem é o vencedor do Royal Rumble 2014… esse vencedor está decidido a partir do momento em que a dita pessoa concordou e assinou um contrato verdadeiramente à prova de bala.

        Vocês já deviam saber como é que as coisas funcionam e aquilo que a casa gasta… ou estarão a usar demasiado o coração e não a razão?

      • José Sousa - há 3 anos

        Fred então chama anjos a todos os maiores críticos de wrestling, porque todos, ou grande maioria também acha que vence o Bryan.

        E já disse ontem eu não abordei como fa e não tolero que venhas dizer que eu analisei como fã. Porque é basicamente o que estás a dizer de quase todos os analista de wrestling. Eu já disse que não usei o coração, mas o Grande FRED é que decide. Entao festeja para ai a vitoria inútil do Batista.

      • MicaelDuarte - há 3 anos

        Eu também não descarto nadinha a vitória do Batista, mas ficarei bem “aborrecido” se tal acontecer…

      • Tibraco - há 3 anos

        Fred,

        Como sabes que o Batista assinou um contrato à prova de bala?

      • Frederico_WWE - há 3 anos

        Ahahahah às vezes confesso que não sei o que é que te dá xD é mt estranho mesmo certas reações tuas…

        Aonde é que eu Frederico Moniz Costa disse que QUERIA que o Batista ganhasse?

        Uma coisa é eu usar o coração e aí eu digo Daniel Bryan e outra coisa é usar a razão e aí eu digo que é óbvio que ganha o Batista.

        Quem são os maiores críticos de Wrestling que acham que o Daniel Bryan ganha? Consegues dizer quem são? São daqui? São da Europa? São da América do Sul?

        Completamente desnecessário esse teu comentário… nunca disse que queria que fosse o Batista a ganhar e nunca me dirigi a ti a dizer se é como fã ou escritor… sei lá cada um pensa no que quiser… enfim simplesmente é por demais evidente quem é o vencedor… tipo entra mesmo pelos olhos dentro e agora ficaste foi bem mal na “fotografia”.

        Isto sinceramente… é com cada coisa.

      • akujy - há 3 anos

        Sabes, Fred, anjinho é quem vem chamar anjinhos a pessoas que dizem que o cenário mais lógico é o DB vencer a Rumble. Isso é que é ser anjinho. Há que perceber as coisas que são ditas e também a forma como se responde. Se queres entrar num debate com alguém, dava-te jeito recordares isso.

      • akujy - há 3 anos

        E já agora, depois manda-me a tua cópia do contrato do Batista para vermos os detalhes de que tanto tens conhecimento.

      • Frederico_WWE - há 3 anos

        Então fui eu que assinei Tibraco… mas há quanto tempo vocês andam nisto? xD

        Já não deviam saber como é que as coisas mexem?

        Não foi à prova de bala então foi à prova de aço… se assim quiseres interpretar melhor.

      • José Sousa - há 3 anos

        Eu ficar mal na fotografia? Dois anos a ter um espaço neste site, sendo sem falsa modéstia um dos melhores espaços do site. Por isso, eu nunca me escondi, eu dei sempre a minha opinião. Já falhei antevisões? Sim. Ate o Dolphins já foi enganado por isso.

        Agora, tu não és melhor pessoa para falares em ficar mal na fotografia. Depois da Mania do ano passado toda a convencer o pessoal desistir(quatro horas nisto Fred!), usar nicks diferentes para criticares o trabalho de meus colegas no site.

        E depois se leres o meu artigo vês que não digo que o Batista não pode vencer, apenas acho que o Bryan é mais candidato. Ou também és dos que acha que o Bryan não participa no Rumble? Se me agrada o Batista vs Orton? Não porque acho que não é grande main-event para a Mania. E já o vimos e não foram grandes combates.

        Os críticos: Big Nasty( Bleacher Report), os dos Wrestling.Inc, e na Wrestling News. Tudo americano(USA).

      • Frederico_WWE - há 3 anos

        Tás com um nervoso miudinho José… eu não tenho culpa disso… até porque não tinhas nada que ir buscar assuntos antigos já que essa cena de nick’s falsos já lá vai há muito tempo e nessa altura tava farto da WWE e de haver pessoal que continuava a achar que estava tudo bem… vais buscar isso para quê? O que tem isso com esse assunto? Enfim…

        ESPERA aí… a Salgado diz o mesmo que EU disse por outras palavras… eu digo o mesmo que ELA disse por outras palavras e sou criticado? Então ela não disse que é o Batista INFELIZMENTE a ganhar? E não foi basicamente isso que eu também quis dizer? Sou criticado porque digo que vocês estão a ser anjinhos? Aposto que é o mesmo que ela pensa porque é algo tão evidente e tou a ser atacado por isso?

        Akujy: Mas qual cópia? Olha para os exemplos recentes de LENDAS com super star power que regressam à WWE anos depois… e isso é suficiente para perceberes o que é a cena de contrato à prova de bala… nem preciso dizer mais nada.

        Visto que tenho uma confiança CEGA tal como diz o treinador do teu clube (clube esse que adora comer os outros por tolos)… SE eu estiver enganado acredita JURO pela minha mãe (o meu bem mais precioso no mundo) que deixo de comentar e aqui não me vão ver mais… e digo isto pq tou super confiante… e ponho até isso em “jogo” SE eu tiver razão logo se vê.

      • danielLP21 - há 3 anos

        Mas juras pela tua mãe o quê? Não faças promessas que não podes cumprir. Sais-te com cada uma…

      • Frederico_WWE - há 3 anos

        Ai juro juro xD vamos esperar para ver…

      • Diogo7 - há 3 anos

        Isto não é caso de sermos anjinhos ou não. Eu acho também que o Daniel Bryan vai vencer porque é o que faz mais sentido, e não estou a ver a WWE deixar o seu “wrestler” mais “over” fora deste combate. O Batista apenas chegou há uma semana, por isso acho que faz pouco sentido ele ganhar, mas hoje veremos isso…

      • MR Perfection André Santos - há 3 anos

        Se ganhar o Batista lá terá que ser. Se ganhar o Punk vou delirar, se ganhar o Bryan tb vou delirar! Agora vamos bater no ceguinho outra vez do wrestling isto e aquilo…Caramba, quem tem duvidas basta ler os artigos excelentes do site, e verão que fazem o trabalho de casa para nos dar as opiniões talvez mais perto do que pode acontecer…

        Agora o mais lógico era vencer o Bryan sem duvidas.

      • Sandow For Champion - há 3 anos

        Sinceramente neste caso concordo com a visao do Fred pk se foi tao dificil pro Batista regressar nao estou a ver outros planos se nao andar ja na rota pelo titulo.E nao venham compara-lo ao caso do Jericho ha uns anos pk sao egos diferentes e o proprio na altura acabou por lutar pelo titulo na Mania mas agora ja so ha um(WWEWHT)

      • José Sousa - há 3 anos

        Não é nervoso questionaste quem é que eram os experts, eu só te disse. Simples! É só isso. O que me incomoda é o tom com o qual apresentas o discurso.

        Se vires o meu artigo vias que eu disse que ele pode vencer, eu não o neguei. Não tenho medo do debate, desde que seja saudável e não parta do principio de minimizar a minha opinião. A Salgado diz a opinião dela de forma fundamentada, tu fundamentaste com ironias( o que não ajuda).

        O Jericho há dois anos também voltou e tinha o Rumble ganho. Era contrato Blindado. O pessoal dizia é o Jericho só pode ser ele a vencer, ele de certeza que exigiu títulos. Pode ser diferente com o Batista pode, mas vejamos hoje á noite.

        Como diz o Diogo, não vejo o wrestler mais over do roster fora do Rumble. É suicídio por parte da WWE. E o Batista pode ter um combate importante na mesma na Mania, caso seja com o Ortom(mas sem titulo). Porque quem nos garante que o Cena não vence hoje, é que eu nunca vi o Cena a perder dois combates seguidos em PPV. E sobretudo nunca quando metem o lado pessoal dele. Vamos ter calma e não jurar o que não pode ser jurado.

      • akujy - há 3 anos

        O problema aqui não é a visão do Fred. Dizer que o Vince McMahon pode escolher o Batista em vez do Bryan não é estupidez nenhuma. É mesmo a forma como o Fred diz as coisas. Eu já muitas vezes disse que as opiniões do Fred são underrated (quem fala comigo no chat regularmente já terá tido esta conversa comigo), mas são underrated por culpa dele. O Fred prefere gerar controvérsia em vez de sustentar o que diz com argumentos, não pq seja burro, pq nao é, mas talvez pq ás vezes náo pense, ou não se acalme antes de falar.

        Sejamos sinceros, não há ninguém mais arrogante neste site do que eu (não é um elogio à minha pessoa xD), mas por mt arrogante que seja, gosto de sustentar as minhas opiniões com factos. Gosto de analisar as coisas como deve ser. Se não soubesse do que falo não vinha para aqui escrever artigos. Quem diz eu, diz qualquer outro membro dos quadros deste site. Todos nós fazemos o trabalho de casa e sabemos do que estamos a falar.

        Dizer que o Daniel Bryan é a opção mais lógica é a coisa mais acertada do mundo. Lógico que isso não quer dizer que ele ganhe, ou não soubessemos nós como funcionam as coisas no wrestling e na WWE. O teu problema Fred, não é em concondares com a Salgado, mas sim na forma como expressas essa concordância. Apenas isso. E pq nunca fica mal dizer isto, para q n caia no esquecimento:

        You have been Pipe Bombed! You’re Welcome!

        Ps: Não jures, pq depois se o Batista não vencer, que seria do WPT sem os comentários do Fred? A sério pa, deixares de comentar num site por causa disto seria desproporcional.

      • Frederico_WWE - há 3 anos

        Ok… vamos apelar à calma… cada um com a sua opinião.

        Para mim o Batista vence de forma clara e evidente… porque pa mim é deja vu e até já poderia dizer vos toda a construção da feud Batista/Orton na WrestleMania 30 pelo WWE WHC… mas isso farei a seguir à vitória de Batista.

      • Sandow For Champion - há 3 anos

        Eu qd concordei foi com o conteudo da opiniao e apesar de reparar que o Fred é arrogante(+ ate do que tu Akujy)e entao do heat ao Cena nem se fala,mas neste caso penso que a sua ideologia faz tdo o sentido.E Jose,eu tenho a certeza que o Bryan entra mas pra ganhar é que nao.E es tu msm é que dizes que o Jericho é o Jericho e o Batista nao ganhando o Rumble nao tem uma segunda via por um titulo como o Y2J tinha.E nao é a msm coisa lutar com o msm homem com ou sem titulo.

      • Tibraco - há 3 anos

        José,

        O Cena já perdeu duas vezes seguidas em PPV, portanto não vamos alimentar mitos.

        Nem tive que recuar muito, bastou-me ir a 2012.

        Do SummerSlam, realizado em Agosto, até ao TLC o Cena tem 0 vitórias. O melhor que conseguiu foi um empate com o Punk no NOC.

        Não façam o homem mais SuperMan do que ele já é.

    • João Morgado Pereira - há 3 anos

      Eu tambem não entendo como é que tanta gente neste forum diz que o Orton é pessimo no microfone, é certo que de facto não é um talker fabuloso, mas safa-se bem, logo não, não possui dificuldades verbais. De resto concordo na medida em que a personagem do Orton foi mal construida de facto sabermos perfeitamente aquilo que o Wrestler como ele pode e consegue fazer e estar limitado a isto é triste, no entanto não existe qualquer culpa dele aqui, e pelo menos para mim o Orton não precisa de “salvação”, continuo a gostar de o ver, logo em nada me aborrece.

  2. Mario Magalhaes - há 3 anos

    Excelente artigo mais uma vez Salgado.

    Esta história da Autoridade, já cansou e não levou a lugar nenhum e esta forma de por momentos apoiar Orton o seu campeão e em outros simplesmente abandoná-lo, é mesmo sem explicação.

    A rivalidade só teria crescido se Daniel Bryan tivesse continuado sua perseguição ao cinturão, que ele simplesmente deixou de lado, para ter a rivalidade com Wyatt Family.

    O grande problema do combate Cena vs Orton, é a forma como a história foi conduzida, a WWE parece que esta voltada apenas para a Wrestlemania e agora fará apenas o tempo passar.

    Uma boa opção seria Cena vencer no domingo e Orton começar a atacar os membros da Autoridade, o que resultaria em um Orton vs Triple H na Wrestlemania, sei que já tivemos este combate na Wrestlemania 25, mas já que falam em Sheamus vs Bryan, porque não então Orton vs Triple H novamente.

    • José Sousa - há 3 anos

      Olha Mário eu já tinha pensado nessa ideia também. De fazer o Orton perder, e finalmente capitalizar as picardias do Orton contra a Autority. Sei que seria outro face turn do Orton, mas a verdade é que já existe indícios que eles vao abandonar o Orton há alguns tempo.

      • Ângelo Martins - há 3 anos

        Concordo com ambos. Mais vale um faceturn de forma a termos um Orton mais eficaz e credível, do que continuarmos nisto. É que se continuar assim, depois da Wrestlemania não sei onde poderá chegar. Talvez outro combate no Extreme Rules… e depois? É quase “Faceturn wanted”.

  3. Frederico_WWE - há 3 anos

    Isto sim é que merecia que se pagasse para ler… enfim sensacional/brilhante… e de uma qualidade invulgar!

    Juro que não vejo disto no Bleacher Report ou no Wrestlezone ou no Wrestling.Inc ou mesmo no WWE.com… brutal!

  4. danielLP21 - há 3 anos

    Excelente artigo. Nada a acrescentar.

  5. GianBr - há 3 anos

    A Wwe é tem o melhor produto de Pro-Wrestling do mundo.
    Mas, ja algum tempo penso que a Salgado é uma das melhores críticas do mundo. Esperar a Opinião Feminina aos domingos é um verdadeiro show.

  6. akujy - há 3 anos

    Bom artigo. Sem sombra de duvida uma excelente perspectiva do “estado da nação”. Eu agora rio-me de quem chorava pela turn do Orton (e aqui não estou a ser depreciativo nem a gozar com ninguém) pq eu já sabia que a WWE ia fazer algo deste género. Enfim… É o que está. Esperemos por dias melhores e contemos as horas até à Rumble. Well done, once more, Salgado.

  7. Diogo7 - há 3 anos

    Excelente artigo. Concordo com tudo.

  8. Ângelo Martins - há 3 anos

    Excelente artigo Salgado, como sempre.

  9. André "RazorHawK" Pinto - há 3 anos

    Eu acho que será o Batista a ganhar infelizmente, penso que a WWE irá apostar num Batista vs Orton ou Lesnar vs Batista para a Wrestlemania.
    O mais lógico claro está seria Daniel Bryan vencer, ou CM Punk, porque eu achei que 2014 seria o ano de Punk, estava muito convencido disso, e ainda tenho uma restia de esperança que este vença este Royal Rumble, mas é esperar para ver. A meu ver será o Batista a vencer o RR, qualquer um dos três eu ficaria contente, mas sem dúvida este seria o ano de D-Bryan.
    E já agora exelente artigo, eu vejo ai o pessoal a divergir entre Batista ou Daniel Bryan para vencer este Rumble mas ria-me muito se visse o CM Punk sair vencedor.

  10. Dolph Ziggler - há 3 anos

    Ótimo artigo. Não tenho nada a acrescentar.

    Quanto a essa conversa do Rumble, estou um pouco como o Fred. Quero muito sinceramente que ganhe o Bryan, mas tenho quase a certeza que vai ser o Batista.

  11. Bad News Barrett - há 3 anos

    Há soluções simples para ambos os casos:

    Cena – Lutar com Taker no ultimo combate do Deadman na wrestlemania num I quit match, perder e posteriormente fazer um heel turn historico na wwe de forma impactante!

    Orton – Deixa-lo de fora do panorama da wwe por um longo tempo dando-lhe umas boas ferias e fazê-lo voltar como legend killer!!

    Acho que assim ambos voltariam a ser tremendamente interessantes. Daniel Bryan substitui Cena na perfeição neste momento e os fãs sao prova disso no apoio que lhe dão. No caso do Orton à nomes como Dean Ambrose, CM Punk, Wade Barrett, The Miz ou Sheamus que penso que reunem todas as características como heels que é preciso para proporcionarem um heel dominante, odiado e com capacidade para suprir a baixa do Randy.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador