Opinião Feminina #191 – The Next Superman?

No mundo da WWE, existem dois tipos de campeões. Em alguns casos, vencer um Título dá azo a um momento repleto de pompa e circunstância. Um momento emocionante que perdura na história durante anos e anos. No fundo, é um momento que vale por dez ou quinze. Mick Foley e Daniel Bryan são dois exemplos de tal, um com mais pompa e circunstância que o outro, mas ambos históricos e emocionantes.

Por outro lado, existem os caso de John Cena, Randy Orton, Triple H e Edge (entre outros). São os casos em que o indivíduo em questão já foi campeão tantas vezes que, no fim, a vitória acaba por não significar nada. Torna-se inconsequente.

O que é que significa o décimo-quinto reinado para John Cena? Absolutamente nada. Tal como não significa mais um reinado para Randy Orton. Afinal, são duas figuras que vencem os Títulos com tamanha facilidade e frequência que simplesmente já não é especial. Ambos foram campeões mais vezes (ou o mesmo número de vezes) que a quantidade de anos que têm de carreira. Onde é que está a mística de tal feito?

Infelizmente, no Money in the Bank, a WWE não tinha grandes escolhas no que toca ao próximo campeão. É demasiado cedo para Roman Reigns se tornar campeão – algo que irá ser discutido mais a fundo ao longo desta edição; Bray Wyatt não precisa de um Título neste momento e Cesaro, embora fosse uma aposta aceitável e merecedora, não iria ser considerado depois da lesão de Bryan.

A lesão de Daniel Bryan expôs a situação crítica em que o main-event se encontra e a WWE teve que apostar na estratégia mais segura que tinha: John Cena. É sempre frustrante ver tal acontecer para alguns fãs, mas neste caso, não haviam muitas escolhas viáveis que não forçassem uma maior mudança de planos.

Além disso, apenas a WWE sabe os planos que tem para o campeão e para Brock Lesnar, cujo o regresso é iminente. Se o objectivo é tornar Brock Lesnar campeão entre o Summerslam e o Night of Champions, então é preferível que seja John Cena a ter um curto reinado em vez de Reigns, Wyatt ou Cesaro. Títulos e consequentes reinados há muito que deixaram de afectar John Cena.

E tal é assim porque, há alguns anos atrás, a WWE investiu em John Cena. Os fãs começaram a apoiá-lo de várias formas, gritando por ele e comprando as suas t-shirts, resultando em reinados sucessivos e convincentes.

O investimento que a WWE fez em John Cena não é algo que se vê todos os dias. Aliás, desde o momento em que se tornou campeão pela primeira vez na Wrestlemania 21 até à sua primeira grande lesão em 2007, John Cena foi campeão durante um total de 793 dias (soma de três reinados). Nesse período de tempo, apenas Edge (2 reinados – 97 dias) e RVD (1 reinado – 22 dias) foram campeões, além de John Cena.

Tal como disse, não se vê este tipo de investimento todos os dias, mas poderemos estar perto de o ver novamente. Até agora, tudo aponta para que seja Roman Reigns o “sucessor” – não será verdadeiramente um sucessor, pois John Cena continuará no topo da companhia – de John Cena.

Não é preciso ler relatos ou rumores para constatar esta possibilidade. A forma como Roman Reigns tem sido posicionado e protegido desde a sua estreia é prova suficiente. Tal como já referi algumas vezes, Roman Reigns é a prova viva de que os responsáveis pela WWE sabem perfeitamente o que fazer e como o fazer.

Não são imunes a erros, alguns deles serão apontados nesta edição, mas a frequência com que estes aparecem, quando comparamos Roman Reigns a outros exemplos, é ironicamente pequena.

Roman Reigns é um dos poucos exemplos no roster cuja aposta é segura. Os fãs não precisam de recear o possível falhanço de Roman Reigns, porque existe a certeza que a WWE irá mesmo esforçar-se para que tal não aconteça. É pouco provável que o tente sabotar ou que seja negligente.

É fácil ver porque é que a WWE escolheu Reigns. Este não é o melhor lutador que a WWE tem agora, mas John Cena também não o era em 2005. Aliás, tal é algo que vários fãs apontaram durante os seus primeiros reinados.

Roman Reigns foi escolhido porque, além do visual ideal e da excelente atitude, possui uma presença notória. Uma presença que não desaparece quando este fala. Uma presença que é extremamente enaltecida pela sua confiança e intensidade.

A forma como este respondeu, recentemente, aos cânticos “Cena sucks!” que interromperam uma promo sua foi inteligente e completamente improvisada. Foi um reflexo da sua personagem e do que este está a tentar transmitir.

Neste momento, bem à semelhança de Dean Ambrose, Roman Reigns é a estrela mais “porreira” que existe no roster. Os fãs vão à loucura com as suas ameaças e postura, o que apenas é facilitado quando lhe é concedida a liberdade de dizer um nome menos PG em televisão.

De uma forma bem diferente, Roman Reigns é o que John Cena era em 2005. Uma cara jovem e, acima de tudo, “porreira”. Ou seja, se isto fosse um filme de adolescentes, Reigns já teria sido coroado o Rei do baile por ser o estudante mais popular da escola e com quem toda a gente quer interagir.

Por agora, a forma como Roman Reigns está a ser retratado está a funcionar. No entanto, vai deixar de funcionar se a WWE não encontrar o balanço e a paciência de que precisa para fazer de Reigns uma estrela de topo. Sem essas duas armas, Reigns irá fracassar a longo termo e em menos de um ano os fãs já se viraram contra ele.

Podem não se virar contra ele da mesma forma que se viraram contra Batista, pois a situação de Batista foi invulgar e extremista, mas tal como John Cena já tinha cânticos contra si em 2007, Reigns pode perfeitamente seguir esse caminho também e dentro de poucos anos, ter os fãs a vaiá-lo da mesma forma que vaiam John Cena.

Fazer de Roman Reigns o tipo intenso e “porreiro” do roster é inteligente, desde que este possa mostrar alguma vulnerabilidade.

Na passada edição da Raw, John Cena e Roman Reigns tiveram um confronto em ringue. Ambos foram interrompidos por Dean Ambrose que, a partir dos bastidores, pediu para os seus parceiros se concentrarem, pois tinham um combate mais tarde.

Dean Ambrose foi então atacado por Seth Rollins, Randy Orton e Kane, durante um segmento de quase três minutos. Nesse período de tempo – que pareceu mais longo do que realmente foi – Ambrose foi atacado, sem em qualquer ocasião John Cena e Roman Reigns terem aparecido. Aliás, as suas reacções nem foram exibidas.

É suposto Roman Reins e John Cena serem os dois babyfaces principais da WWE e, no entanto, viram o seu parceiro a ser atacado e não fizeram nada, quando tinham tempo para tal, algo que foi reconhecido pelos fãs. Se tivesse sido um ataque rápido, os fãs nunca esperariam que Roman Reigns e John Cena chegassem a tempo, mas a duração do segmento – e a impressão de que tinha durado mais – apenas levou os fãs a acreditar que a ajuda ia a caminho, quando na realidade nunca chegou.

Os heróis nunca apareceram, nem para ajudar, nem para depois verificarem se Ambrose estava bem.

Isso não faz qualquer sentido. Especialmente quando se tem em conta que Roman Reigns e Dean Ambrose foram aliados durante mais de um ano. Aliás, não posso ter sido a única a esquecer as promos do grupo, onde o próprio Roman Reigns descrevia os seus parceiros como irmãos?

O salvamento poderia fracassar, pois estes poderiam perfeitamente chegar tarde demais. Tal apenas daria mais emoção à vingança de ambos no main-event. Desde que mostrassem alguma preocupação, especialmente Reigns.

Porque, pessoalmente, acho que é demasiado cedo na carreira de Reigns para os fãs estarem frustrados com a forma como este se mostra indiferente a tudo. Acho que já chega ter essa discussão sobre John Cena.

Esta situação é agravada de duas formas. Primeiro, Roman Reigns já tinha aparecido para salvar Ambrose numa situação em que este se encontrava em desvantagem. No entanto, é preciso ver a Smackdown para saber isso. Ou seja, aparecer nalgumas ocasiões onde a conversa nem era consigo, mas não aparecer quando está acontecer mesmo à sua frente não faz sentido.

E segundo, porque mais tarde, no segmento de bastidores que Roman Reigns e John Cena tiveram juntos, este se mostrou completamente indiferente ao ataque de que Ambrose foi alvo.

A WWE quer tanto que Roman Reigns se torne numa estrela incrivelmente rentável que tem medo de fugir da imagem de durão que este criou e se esquece que nada motiva melhor os fãs que a emoção, raiva e o desejo de vingança que Reigns poderia ter se tivesse tentado ajudar Ambrose. E aqui voltamos à discussão diária que temos sobre John Cena. Se Roman Reigns não quer saber, porque é que nós, fãs, deveremos querer?

Aliás, toda a situação foi ridícula, porque depois Seth Rollins teve de desaparecer misteriosamente do combate, de forma a deixar todos os participantes da Fatal 4-Way sozinhos e levando os fãs a acreditar que se tinha lesionado.

Não se tinha conseguido o mesmo se Ambrose tivesse participado no combate, mas tivesse perseguido Rollins para os bastidores ou por entre os fãs, como já aconteceu?

É aqui que a WWE precisa de encontrar um balanço entre proteger a faceta de durão que Roman Reigns criou e a necessidade de o manter humano. A longo prazo, a faceta de durão indiferente irá virar-se contra ele.

Os melhores heróis são aqueles que tiveram de vencer inúmeros obstáculos. Aqueles que sofreram para o fazer, especialmente quando envolve a dor de terceiros. É um dos tipos de situações que mais mexe com os fãs.

Não é por acaso que uma grande parte de todos os filmes de acção que existem envolvem vingar a morte ou a situação de alguém. É uma fórmula que resulta. Infelizmente, a WWE não soube fazer um balanço inteligente da personagem de Reigns e aproveitar-se disso.

Além de balanço, tal como referi, a WWE também precisa de ter paciência. Muita paciência. As melhores ascensões ao topo foram as que foram realizadas com calma e que progrediram naturalmente. A carreira de Batista foi exemplo de tal.

Embora a WWE não esteja a acelerar o processo com Reigns, noto alguma impaciência na forma como o incluiu no main-event do Battleground. Já foi bastante discutida a falta de lógica da WWE em ter Triple H anunciar, de forma relaxada, a inclusão de Reigns no main-event do Battleground, duas semanas depois de fazer de tudo para o manter longe do Título.

Foi uma decisão que não fez qualquer sentido e, infelizmente, não é a primeira, nem será a última, que a WWE toma. O importante é perceber as motivações da WWE por detrás desta decisão.

Primeiro, existe a necessidade de manter Roman Reigns relevante. A WWE acredita que a única forma do fazer é mantê-lo no main-event, seja a lutar com um veterano ou a lutar pelo Título, porque não quer perder tempo a investir ou pensar no resto do card. É bastante mais prático ter Reigns à mão de semear logo no main-event do que ter de pensar numa história para ele envolvendo um midcarder. A verdadeira lei do menor esforço.

Talvez também achem que se Reigns sair do main-event os fãs irão deixar do apoiar, o que é ridículo. Desde que a história em que este está envolvido seja bem construída e este seja protegido, os fãs irão continuar a apoiá-lo e este poderá fazer uma ascensão natural ao main-event.

Mas, no mundo curioso em que a WWE vive, este precisa de estar no programa de topo até encontrar algo para si (rivalidade com Randy Orton ou Triple H), mesmo que seja demasiado cedo para este vencer o Título.

A segunda motivação, é o facto de Reigns tornar os combates de main-event mais interessantes, visto que é uma cara nova. O interesse no main-event de hoje seria bastante menor se fosse apenas uma Triple Threat entre Randy Orton, John Cena e Kane.

É a opção que faria mais sentido Triple H colocar John Cena, visto que seriam dois aliados seus contra John Cena, mas também seria a opção mais aborrecida. Novamente, a WWE é encurralada pela situação crítica em que se encontra o main-event.

Tanto Kane, como Randy Orton, são personagens que perderam o seu interesse e relevância há demasiado tempo e nada têm conseguido fazer para mudar isso. John Cena encontra-se na mesma posição, com a diferença de continuar a ser a pessoa mais rentável da companhia.

Roman Reigns é a novidade, é a lufada de ar fresco que torna o combate um pouco mais interessante. Ver Randy Orton, John Cena e Kane a rivalizarem durante as últimas semanas teria sido uma verdadeira tortura.

Portanto, como a companhia acredita que assim mantém o main-event minimamente interessante e Roman Reigns relevante, este foi colocado no combate pelo Título. Infelizmente, tal afecta Reigns de uma forma pouco desejável.

O ideal para uma personagem como Roman Reigns seria este conseguir ascender ao main-event de forma gradual para quando finalmente lutasse pelo Título, os fãs tivessem todos do seu lado e este o vencesse.

O ideal para o primeiro combate de Roman Reigns pelo Título seria ter toda a pompa e circunstância possível e, acima de tudo, uma vitória deste no fim. Essa mística é completamente arruinada se este já tiver lutado pelo Título em main-events antes e perdido, por muito protegido que tenha sido.

Estas situações são dispensáveis, pois se este consegue chegar ao main-event com tanta facilidade, porque razão irão os fãs sofrer por ele mais tarde, quando a WWE finalmente lhe puder dar o Título?

Este é babyface, logo o caminho não pode ser facilitado. Senão, não existe qualquer emoção, os fãs não sofrem por ele e apenas festejam porque ele é o mais “porreiro” do roster. E quando este deixar de ser novidade, passam para o próximo e Reigns passa a ter duas claques, tal como John Cena. E a última coisa que Roman Reigns precisa é de se tornar o “sucessor” de John Cena nesse sentido.

Seria uma pena se isso acontecesse a Roman Reigns, pois com John Cena no roster, dificilmente este se tornaria rentável o suficiente para continuar como um babyface vaiado. E depois disso, quem sabe o que lhe pode acontecer? Se acho que seguiria o caminho de Ryback?

Não, porque não acredito que a WWE desista de Reigns, mas atrasaria a sua carreira. Tudo isto é perfeitamente evitável. Tudo em Roman Reigns grita “estrela”, não há qualquer razão para a WWE ser tão zelosa com ele.

Para o main-event de hoje, aposta na vitória de John Cena, com Randy Orton a impedir Roman Reigns de vencer, ou vice-versa, dando origem à rivalidade entre ambos. Ou isso, ou Triple H interfere começando a sua rivalidade com Roman Reigns.

O que, pessoalmente, espero que não aconteça. Não porque tenho algo contra Triple H vs. Roman Reigns no Summerslam, mas porque ainda faria menos sentido Triple H ter colocado Roman Reigns no combate, se depois vai, pessoalmente, fazer de tudo para que este não vença.

No entanto, depois de Triple H e Stephanie McMahon terem assistido ao combate de Money in the Bank pelos Títulos de perto, não seria propriamente uma surpresa se voltassem a repetir a proeza neste main-event.

Enfim, na WWE tudo é possível. Desejo um excelente evento a todos, não se esqueçam de apostar na League e até à próxima edição!

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

54 Comentários

  1. Tiago Correia - há 2 anos

    Dos melhores OF’s de 2014. Parabéns!

    Basicamente concordo com 99% do que disseste. Não consigo olhar para Reigns e ver de forma tão óbvia que ele é uma estrela mas de resto estou de absoluto acordo contigo.

    Uma perguntinha apenas. Não achas que para o Reigns chegar ao nível do Cena ( em nº de reinados e tempo no main event) não precisa melhorar o seu trabalho no micro?

  2. José Sousa - há 2 anos

    Excelente e tu falas exactamente em aspectos que em debates com outras pessoas tenho falado. Ou seja, não basta ele ser o porreiro, ele tem que sofrer para que os fãs se sintam recompensados na altura em que ele conquiste o titulo. Este lado intocável a longo prazo pode vir a jogar contra ele, e não por culpa dele. Sobre o ataque concordo contigo, porque pelo menos eles deviam ter ido tentar ajudar, mesmo que chegassem tarde para tal.

    Além disso, eu sei que já vimos que ele deu provas suficientes nos Shield de talento e potencial, mas ele a solo ainda não teve um combate verdadeiramente a sério. Daqueles que o testará em 15 minutos a solo, porque é aí que vemos quem será verdadeiro main-event. Eu acredito nele, mas sei que se a WWE o bookar nos combates como tem, e limitar o homem aos signatures move isto pode ser mau para ele.

    E ainda é cedo para ele vencer o titulo. Não sei se concordarás comigo, mas a ideia que tenho é que hoje o Cena defende e a WWE talvez traga já hoje o Lesnar, e este ataque o Cena como forma a justificar o afastamento do Cena para a Raw da amanhã.

    • henrique - há 2 anos

      Mas para vir o Lesnar o plano B (Seth Rollins) tem de falhar por isso já se está a ver uma tentativa falhada de fazer o cash-in.

    • Salgado - há 2 anos

      Exacto, por isso é que ainda é demasiado cedo dar-lhe o Título. Acredito que ao longo dos próximos meses, em rivalidade com Orton e Triple H, Reigns será posto à prova nesse sentido.

      É um cenário possível e que faria todo o sentido, no entanto, não sei se Lesnar aparece já neste evento, tendo em conta que já pagaram por ele no Royal Rumble, Wrestlemania e terão de pagar ainda no Summerslam e Night of Champions. Parecem-me demasiados eventos para ele, mas faria todo o sentido.

      • José Sousa - há 2 anos

        Eu disse mais pela ausência do Cena da Raw, caso o contrário acharia melhor na Raw.

  3. MrW0LFe - há 2 anos

    Fantástico artigo.Gostei de uma coisa que falaste bem ai.Ao que parece, actualmente existem superstars tipo John Cena ou Randy orton em que ganham o titulo mundial 8 ou 15 vezes e depois olhando atrás vemos lutadores como Roddy “Rowdy” Piper,Arn Anderson,British Bulldog ou Jake “The Snake “Roberts que nunca ganharam esse titulo, MAS sempre foram adorados pelos fãs.Ou seja, isso faz, por exemplo o The Miz melhor que essas lendas todas?

  4. José Sousa - há 2 anos

    Sim. Isso também deve acontecer, se calhar desta vez é o Reigns que para o cash-in.

  5. Pimy - há 2 anos

    Artigo excelente…concordo com tudo o que foi dito, a verdade é que Roman Reigns tem tudo para ser a proxima grande estrela da wwe…é preciso é nao haver os erros que têm havido com outras estrelas…é preciso dar-lhe tempo para evoluir naturalmente, ser apenas o tipo cool e mauzao nao chega é preciso algo mais, ele tem que tar em grandes feuds, boas historias, vejo nele uma personagem do estilo Stone Cold, em que por mais que apanhe vai sempre atras do que quer e acaba por ganhar.
    Quanto ao combate de hj concordo c a ideia do José Sousa, o Cena fica c o título e o Lesnar aparece para haver a desculpa para o Cena nao estar presente na RAW de amanha.
    P.S…Tenho um estranho feeling que o Bo Dallas vai limpar o título Intercontinental.

    • Salgado - há 2 anos

      Obrigado :)

      Exacto, completamente de acordo.

      Ficarei um pouco surpreendida se Lesnar aparecer hoje, mas faria todo o sentido.

      PS: pessoalmente, preferia que fosse ele a ganhar, mas acho que Cesaro ou Miz são os nomes mais prováveis.

  6. Tunes9 - há 2 anos

    Sensacional artigo, li do inicio ao fim e gostei bastante, muito interessante, Parabéns! Salgado. :-)

    Que posso eu dizer depois disto, realmente percebes muito disto e até merecias ser um dos bookers da WWE, acho que farias um excelente trabalho, sem duvida.

    O Roman Reigns tem um talento enorme, tem presença, ring-skills, a sua “gimmick” é quase perfeita e as suas acções falam por si, mas quando fala diz sempre a coisa certa e com intensidade e estilo, mas é um “babyface” e realmente precisa de demonstrar emoção e fazer o que está certo, indo contra tudo e contra todos, também fiquei surpreendido por não terem ajudado o Ambrose e não entendi o porque de não o terem feito, mas a WWE é assim, subscrevo tudo o que disseste.

    Bom trabalho, não tenho mais nada a acrescentar. :-)

  7. MrW0LFe - há 2 anos

    Grande artigo ^^. Gostei de um ponto que referiste ai, que é o facto de superstars como john cena e randy orton terem sido inumeras vezes campeões e por causa disso, já se torna inconsciente…Vendo esse ponto, será que a WWE está “dando” demais os titulos? Ou então será que isso faz,po exemplo, The Miz, que foi campeão 1/2 vezes mais “forte” do que Roddy “Rowdy” Piper, Jake “The Snake” Roberts ou Razor Ramon ?

    • Salgado - há 2 anos

      Obrigado :) Acho que sim. Se olhares para os reinados de Randy Orton, um deles foi-lhe atribuído por lesão, nem sequer o venceu. Depois perdeu-o para Triple H e pouco tempo depois voltou a vencê-lo.

      É com este tipo de situações e reinados curtos que os lutadores se tornam várias vezes campeões, o que acaba por tirar o valor aos Títulos.

      Outro exemplo que, por acaso, envolve John Cena e Randy Orton é a rivalidade que ambos tiveram em 2009, onde ao longo de vários pay-per-views, foram trocando o Título de mãos.

      Não, porque o legado de Miz não é comparável a qualquer uma dessas estrelas. Foi campeão uma vez e esteve no main-event da Wrestlemania, mas depois disso a WWE sabotou-o por completo e essa é a imagem que fica.

      The Miz como campeão será sempre visto como uma asneira e um acidente, porque a grande maioria das pessoas não achava que este merecesse e a WWE não fez nada para provar que estavam erradas.

  8. filipe - há 2 anos

    Será que sou o unico a dizer que Reigns é overrated? no ringue é limitadissimo, tem apenas 3 moves pessoais: Superman punch (ate qdo vai usar isto como sendo realista? mais uma especie de 5 knuckle shuffle do cena), Spear, e aquele pontape de fora do ringue… no micro tb é fraco… havia bem melhores para estar onde este está: Cesaro, Ambrose, Reigns, Barret (agora lesionado), etc, sem falar de zayn ou Neville do NXT…

    Outro aspeto a ter em conta é a lesao de bryan pk senao reigns nao estaria ja no main event

    • therocker77 - há 2 anos

      vê o reigns no nxt e diz se ele é limitadissimo. claro que dos 3 membros dos the shield o mais talentoso no ringue é o rollins e o melhor no micro é o ambrose, o reigns encontra-se no meio termo. e basta veres que o publico reage muito mais ao reigns que aos outros 2 por apesar de tudo é o que se sobressai mais.

    • Rodrigo - há 2 anos

      Não sei se faz algum sentido em relação ao Wrestling, mas o Superman Punch é um golpe extremamente efetivo no MMA(diferente do golpe do Cena, que parece aqueles “croques” de irmão.
      Se eu estiver equivocado sobre a relação do golpe no MMA e Wrestling, peço que ignore esse comentário, um abraço.

    • danielLP21 - há 2 anos

      “havia bem melhores para estar onde este está: Cesaro, Ambrose, Reigns, Barret (agora lesionado), etc (…)” Reigns? o.O

      • filipe - há 2 anos

        lol… queria dizer rollins… mas percebem a ideia… para mim reigns é limitadissimo e é (quase) um ryback (que no inicio teve o seu grande push e era adorado e apoiado e é vê-lo onde esta)

    • Salgado - há 2 anos

      De acordo. Aliás, notei isso mesmo no artigo. O próprio John Cena era limitado quando se tornou campeão na Wrestlemania 21, tendo melhorado bastante desde então. A meu ver, Reigns seguirá o mesmo caminho.

      Alguns exemplos que referiste estiveram anos e anos no circuito independente a fazer de tudo para se tornarem melhores. Reigns não é um desses exemplos. Assim que terminou a carreira no futebol americano, foi imediatamente contratado pela WWE para o território de desenvolvimento.

      Este precisa de tempo e muitos combates para melhorar e evoluir e, até lá, a WWE está a fazer de tudo para não expôr esta sua fraqueza.

      A lesão de Daniel Bryan alterou bastante os planos da WWE e acelerou a ascensão de Reigns, sem dúvida.

  9. Henrique YES! - há 2 anos

    Excelente artigo Salgado!!! Parabéns, não tenho nada a acrescentar…

  10. therocker77 - há 2 anos

    um bom artigo em que se foca sempre nos pontos fulcrais. o que eu me pergunto é que o teria acontecido se o lesnar não tivesse deixado a companhia. será que a cara da wwe ainda seriam o cena o batista naquela altura?

  11. MegaTron - há 2 anos

    O Cena é o Cena e ninguém o poderá substituir. Acredito que chegará perto dos 50 anos de idade e ainda estará na WWE porque ele é o melhor lutador que lá está e essa é a verdade apesar de muitos não gostarem dele. O Reigns vai cair no esquecimento como o Sheamus e o Ryback. Por isso mais vale o Cena ficar com o titulo e só o perder contra alguém de jeito porque não vai estar a perder o titulo para alguém que vai cair no esquecimento. Eu acredito que a WWE irá fazer o melhor e dar o titulo ao Batista quando ele voltar ou mesmo ao Brock Lesnar.

  12. Roberto RKO - há 2 anos

    Artigo excelente,5 estrelas :-)

  13. THE_WOLVERINE - há 2 anos

    Artigo simplesmente perfeito, esta de parabéns, não tem mais nada a acrescentar pois o artigo foi muito bem elaborado, parabéns .

  14. Julio - há 2 anos

    Fantástico artigo Salgado :)

  15. Rodrigo Anjos - há 2 anos

    Mais um grande artigo, como é costume, parabéns Salgado, não à mais nada a acrescentar.

  16. danielLP21 - há 2 anos

    Nope. Seria o Lesnar. O Cena até acredito que chegasse ao topo, mas o Batista não teria tido metade da carreira que teve.

  17. danielLP21 - há 2 anos

    Excelente artigo! Que categoria! Esta semana (ou seja quando for que tenhas escrito o artigo) estavas ainda mais inspirada do que o normal!

    Enfim, torna-se difícil comentar alguma coisa quando se concorda com tudo o que é dito no artigo. Também acho que se o objectivo for dar o título ao Lesnar o Cena foi a melhor escolha para vencer o título, tal como já disse muitas vezes.

    Ainda no outro dia estava a pensar naquela fase em que o Cena teve o título durante 9 meses, o Edge 3 semanas, o Cena mais 5 meses, o RVD menos de um mês, o Edge mais umas semanas e o Cena depois mais de um (!!!) ano. E só perdeu o título por causa daquele lesão!

    • Salgado - há 2 anos

      Isto é curioso, porque eu sentia-me particularmente inspirada na semana passada, portanto não estava à espera desta reacção :P AInda bem que está a ser tão bem recebido :)

      Sim, senão não o tinha perdido tão cedo! E depois foi o Randy Orton que os começou a somar ao-lhe ser atribuído o Título.

  18. Rui Silva - há 2 anos

    O que quer dizer isto, o que quiseste dizer que a situaçao do Batista foi invulgar e extremista?

    • danielLP21 - há 2 anos

      A reacção dos fãs este ano.

      • Rui Silva - há 2 anos

        ok :) pode ser que melhore , eu pessoalmente acho o batista um excelente lutador e pessoa

      • filipe - há 2 anos

        batista teve um problema chamado daniel bryan… toda a gente queria daniel bryan campeao pelo o que ele tem feito no ringue, mas a wwe queria batista…. desta vez o publico nao se calou e teve de mudar de ideias. eu estava a gostar do batista heel mas foi mto mal usado depois da mania… ah e tem que chegar em forma, nao na lastima k ele estava

    • Salgado - há 2 anos

      Ter todos os fãs numa arena a virarem-se contra o combate de Royal Rumble e vaiarem TODA a gente que se encontra em ringue depois de Daniel Bryan não ter aparecido foi uma situação extremamente invulgar.

      O facto da embirração ter perdurado DEPOIS da Wrestlemania, depois de Daniel Bryan ter tido o seu grande momento, ainda foi mais invulgar. Mesmo durante os combates The Shield vs. Evolution, Batista era mais vaiado que Triple H e Randy Orton juntos e Triple H tem sido absolutamente hediondo desde que fez o heel turn no Summerslam.

      Não é algo que acontece todos os dias. Foi um extremo atingido pelos fãs.

  19. Salgado - há 2 anos

    Muito obrigado :)

    Acho que precisa, sim, mas se continuar a ser usado desta forma, tal não será visto como fraqueza. O que vende Reigns é a sua presença, atitude e confiança, não longas promos de vinte minutos. Breve e directo ao assunto é o que faz sentido para ele, neste momento.

    Dentro de uns tempos é que tal poderá começar a ser necessário e, quando chegar a altura, convém que este tenha melhorado para corresponder às expectativas.

  20. Salgado - há 2 anos

    Concordo com o Daniel. O Batista não teria tido sucesso. John Cena poderia ter conseguido, mas a tarefa estaria ainda mais complicada, pois dizem as más línguas que Lesnar não gostava dele naquela altura. Politiquices poderiam ter complicado ainda mais a situação.

  21. Salgado - há 2 anos

    Enquanto ele estiver no activo, não substituem de certeza. Melhor? Não é. Mas é melhor do que as pessoas pensam e reconhecem.

    Se a WWE não tiver cuidado com ele e começar já a remediar os erros cometidos até agora, então será esse o seu futuro.

  22. Hildo - há 2 anos

    Excelente artigo, não tenho nada a acrescentar, apenas acho que a WWE tem que ir com mais calma, colcocar o Reigns ”para baixo” em alguns shows não atrapalharia em nada sua popularidade.

  23. JoãoRkNO ® - há 2 anos

    Excelente trabalho . Não poderia concordar mais contigo na parte em que referes a conquista de títulos por wrestlers como Edge , Cena ou Orton . Por muito fã que seja do Orton , enquanto a sua personagem não tiver uma levada de ar fresco é cansativo vê-lo ganhar seja o que for . O que nos dá vício de ver esta modalidade sao às vitórias de wrestlers que nunca tinham ganho nada , talvez seja por isso que o Foley e o Bryan fiquem para a história .

  24. Rui Silva - há 2 anos

    Sim concordo com tudo o que disseste , ele foi mal usado pela WWE daí a reação dos fãs , os fãs n se importam q ele seja heel, foi mais como a maneira q a wwe o usou.Sim ele n estava em forma, vamos ver quando voltar, temos tbm de dizer q ele esteve 4 anos fora da wwe
    Vamos ver :)

  25. Starrcade - há 2 anos

    Lembro-me de já ter pedido para fazeres um fantasy booking há pouco tempo, essa opção ainda está em cima da mesa? :)

    Excelente artigo já agora, ainda bem que o Reigns não venceu o Título, ainda é demasiado cedo e havia o risco de o público se poder virar contra ele.

  26. Salgado - há 2 anos

    Obrigado :) Não é apenas serem lutadores que nunca tinham ganho nada, é o facto dos fãs saberem que a vitória significou algo para eles. Existe uma emoção, uma importância, associada à vitória que muito raramente é recriada no dia-a-dia da WWE.

    Orton, Cena e companhia não conseguem recriar esses momentos porque vencem o Título por todas as razões e mais algumas. Esse tipo de situações arrasa com a mística dos Títulos.

  27. Salgado - há 2 anos

    Melhor que John Cena dentro de ringue? Nomes como Daniel Bryan e Cesaro parecem-me respostas adequadas.

  28. MicaelDuarte - há 2 anos

    Excelente artigo, Marta (desculpa lá o atraso :P)

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador