Opinião Feminina #253 – New Day Rocks

No início de 2015, os New Day eram um grupo desinspirado, desatualizado e desinteressante. No entanto, conseguiram transformar-se numa incrível mina de ouro de comédia, recheada de referências, atuações musicais e piadas verdadeiramente engraçadas.

A sua qualidade tornou-se de tal forma notória que, mesmo começando o ano a ser vociferantemente apupado, o grupo tornou-se das apresentações mais populares da companhia.

Há muitas razões para este sucesso. Para começar, são os três verdadeiramente engraçados. As piadas têm mesmo piada. É frequente ver a WWE a criar comédia que falha no seu objetivo por ser demasiado forçada, antiquada, não se encaixar na personagem e, basicamente, não ter piada nenhuma.

Por vezes, os temas que a WWE costuma escolher para fazer comédia roçam mais o ridículo do que a veia comediante.

Os New Day não têm este problema, porque estejam ou não a seguir um guião, facto é que conseguem transmitir a ideia de serem apenas três pessoas a divertir-se. Esse é dos aspetos fundamentais da comédia. É bastante complicado para os performers divertirem as pessoas que estão na audiência, se não se estiverem a divertir também. Os fãs conseguem sentir isso, pois nota-se nas suas atuações.

Este grupo conseguiu também explorar a veia cómica que Big E exibia sempre que interagia nas redes sociais, mas que nunca tinha conseguido transferir para as suas personagens em televisão, seja porque a comédia não combinava com o que estava a fazer na altura, seja por culpa da equipa criativa.

Agora que estão os três mais confiantes, à vontade e a divertir-se, tornaram o grupo verdadeiramente interessante de acompanhar. Não me admirava nada que, dentro de uns anos, Big E, Kofi Kingston e Xavier Woods descrevessem este período da suas carreiras como aquele em que se divertiram mais.

Outro ponto bastante importante é a originalidade. Os New Day estão a fazer coisas que raramente vemos os performers da WWE fazer. Seja tocar um trombone, fazer atuações musicais verdadeiramente engraçadas ou a jogar basquetebol, a verdade é que isto são tudo coisas que não vemos todos os dias ou todos os meses.

E, acima de tudo, não se repetem. Estão sempre a aprender e a usar coisas novas. Mais recentemente apareceram com a bola de basquetebol, mas até com o trombone conseguem apresentar novidades, usando sempre músicas novas. Xavier Woods, como manager, também tem sempre uns insultos novos para os adversários.

Desta forma, ainda não se tornaram aborrecidos e alimentam as expetativas dos fãs que, agora, estão curiosos para ver o que é que vão fazer de seguida.

Na Era das redes sociais, os New Day transformaram-se numa mina de ouro de gifs e vines. As caras que fazem durante as suas entradas, as celebrações das suas vitórias, Xavier Woods a tocar o trombone, entre várias outras coisas. Facto é que fazem as delícias dos fãs e as suas façanhas são repetidamente partilhadas.

Este grupo tornou-se de tal forma um sucesso que não destoaram, nem por um momento, num confronto com os lendários Edge & Christian, uma dupla famosa, em parte, pela comédia que criavam quando estavam no auge como equipa. Trombone vs Kazoo tornou-se na batalha desta Era. Não só foi um verdadeiro prazer assistir a este momento, como foi uma prova do sucesso dos New Day.

Ora, embora a popularidade dos New Day continue a crescer de dia para dia, a verdade é que estes continuam ser vilões. Fazem batota, são hipócritas e, embora as suas atitudes sejam engraçadas de observar, a verdade é que são irritantes e arrogantes para com os seus adversários.

Isto representa um problema para a Divisão de Equipas que, por si só, já tinha bastantes problemas. Ao tornarem-se populares com as suas atitudes, estes anulam todos os heróis que a Divisão tem.

Não que anulem heróis muito convincentes, visto que a WWE nunca se deu ao trabalho de estabelecer e promover equipas que os fãs tenham vontade de apoiar. A última equipa que os fãs apoiaram genuinamente foram os The Shield.

Os Uso eram populares durante os seus combates, graças à qualidade dos mesmos, mas essa popularidade dissipava-se durante as promos e a construção das histórias. Tyson Kidd e Cesaro estavam no bom caminho para se tornarem os grandes heróis da Divisão, mas a lesão de Kidd deitou esses planos por terra.

Os Prime Time Players são os heróis mais estabelecidos da Divisão e, mesmo assim, a sua popularidade é minúscula. Conseguem suscitar algumas ovações quando Titus entra em ringue, depois de Young ser torturado durante grande parte do combate, mas não é nada que se sustenha contra uma equipa carismática e popular como os New Day.

Além disso, também não ajuda os Prime Time Players terem perdido, enquanto campeões, para equipas extremamente desvalorizadas como os Los Matadores. Mesmo que seja por distração ou interferência, poucos fãs têm vontade de apoiar uma equipa que, mesmo enquanto campeã, perca para equipas desinteressantes e, em teoria, bastante mais fracas. Especialmente, quando tal nem sequer dá origem a uma história ou rivalidade interessante.

Resumindo, as equipas mais populares que a Divisão teve nos últimos anos foram separadas ou têm membros lesionados. As equipas atuais sofrem das estratégias normais do booking da WWE, onde vitórias e derrotas são trocadas à vez e equipas sem qualquer valor ou credibilidade podem vencer os campeões, sem nunca subirem mais um degrau na escada do sucesso.

Ou seja, não só as vitórias e derrotas são distribuídas à vez, como acabam por não ter qualquer peso ou influência na carreira das respectivas equipas. É impossível alguém investir-se numa história ou competição, quando não existem consequências reais.

Não é, por isso, complicado para os New Day serem bastante mais populares que os restantes membros da Divisão. Enquanto os New Day têm uma história de sucesso – falharam como heróis forçados, transformaram-se em vilões carismáticos e autênticos – e são naturais nestes papéis, os restantes membros da Divisão são apenas equipas a desempenhar um papel.

O facto dos New Day serem verdadeiramente engraçados é, obviamente, a grande razão que leva estes vilões a serem mais apoiados que os verdadeiros heróis, mas é preciso ter em conta que os New Day são bastante mais genuínos do que qualquer herói que a Divisão tem.

É esta genuinidade e veia cómica que ajuda os New Day a terem sucesso e lhes oferece proteção extra contra o booking da WWE. Basta ver que, mesmo como campeões, também os New Day perdem em combates sem os Título em jogo para dar origem a um combate pelos Títulos. Todavia, essa proteção não é infalível e não é desculpa para a WWE não se aplicar mais na construção da sua Divisão.

É importante ter em conta que, embora os New Day sejam arrogantes e consigam suportar qualquer derrota com uma promo ou uma piada – pelo menos, por agora, isso não significa que estes devam perder constantemente, para quaisquer adversários e com qualquer desculpa.

Os fãs não têm qualquer vontade de ver uma equipa vilã a perder, se esta perde com facilidade para qualquer equipa. É suposto os New Day serem uma equipa que arranja sempre uma forma de escapar. Caso contrário, como é que é suposto os fãs investirem-se em qualquer dupla que quer derrotá-los, mas é constantemente vítima de injustiças? Se não existem injustiças, não existem heróis a procurar vingança e, dessa forma, os fãs irão continuar a apoiar os vilões engraçados.

Os vilões têm que arranjar sempre forma de escapar, para que a vontade dos fãs dos ver pagar pelas suas trapaças cresça cada vez mais. Dessa forma, o momento em que forem finalmente castigados irá ser mais especial e valorizar os responsáveis pela derrota dos vilões. Seth Rollins sofre exactamente o mesmo problema que os New Day. Para vilão, é retratado de forma demasiado vulnerável.

Mais do que não haver uma equipa na Divisão popular o suficiente para enfrentar os New Day, não existe uma equipa credível o suficiente para ter os Títulos.

Para evitar este problema, a WWE recorreu a um atalho e chamou os Dudley Boyz. Como equipa lendária, a popularidade destes é bastante intocável, se bem que fiquei surpreendida com a forma como os fãs os receberam no Night of Champions.

Além disso, irá credibilizar bastante os New Day venceram uma equipa deste calibre. Estes são verdadeiramente engraçados e protagonizam os melhores momentos da WWE todas as semanas. Conseguem, facilmente, entrar já para uma lista de equipas mais carismáticas e engraçadas de sempre. Tal como já disse, conseguiram não destoar perto de Edge e Christian e isso, pessoalmente, é dizer muito.

Só precisam de vitórias significativas e combates de excelente qualidade para se credibilizarem como equipa. Foi isso que Edge e Christian tiveram e, atualmente, os New Day não têm. Por isso, os Dudleys são um excelente nome para credibilizar os New Day e em circunstância alguma devem vencer os Títulos.

Não acredito que a WWE resista à tentação, especialmente no evento a realizar em Madison Square Garden, mas gostava que o fizessem. Já vimos o que acontece quando equipas de veteranos vencem equipas atuais que possuem algum ímpeto.

O reinado dos New Age Outlaws foi despropositado, não levou a lado nenhum, e apenas conseguiu arruinar o excelente reinado que Cody Rhodes e Goldust estavam a ter. Estes dois tinham combates fantásticos todas as semanas e ganharam os Títulos num combate memorável e emocionante. Tudo isto foi desperdiçado em nome de um reinado que não levou a lado nenhum e não valorizou ninguém.

Nada do que os New Age Outlaws fizeram precisava dos Títulos de Equipas e, pessoalmente, tenho muito receio que a WWE repita o mesmo erro com os Dudleys.

O que a WWE fez no Night of Champions foi o ideal. Deu a vitória moral aos Dudleys e deixou-os aplicar o 3D em Xavier Woods, mas não tirou os Títulos aos New Day e estes conseguiram sobreviver. Isto deveria continuar assim até ao grande combate pelos Títulos que tem uma estipulação que impeça interferências de Xavier Woods e desqualificações. Por exemplo, o Hell in a Cell.

É esse combate que os New Day vencem, não porque são engraçados e carismáticos, mas porque são uma boa equipa.

Até lá, a WWE deveria começar a credibilizar várias equipas para enfrentarem os New Day para depois da rivalidade com os Dudleys.

Outro erro que receio que a WWE cometa é voltar a tornar os New Day heróis. Estes falharam como heróis da primeira vez, porque não eram divertidos, autênticos e carismáticos. Eram, simplesmente, pessoas a desempenhar um papel aborrecido.

Porém, agora estão a ser autênticos e carismáticos e tudo o que fazem, fazem-no com o objetivo de irritar os seus adversários. Se a WWE lhes tira esse objetivo, receio que eles deixem de ser assim tão engraçados. Se a WWE lhes tira a arrogância que os carateriza como vilões, então eles deixam de ter a atração que têm agora.

Neste momento, eles têm o cool factor. Podem, facilmente, perdê-lo ao formar equipa com heróis que os fãs acham desinteressantes ou a deixar de fazer as piadas que estão a fazer agora. A WWE deve deixar os New Day dar largas à imaginação para continuarem a fazer o que estão a fazer, dar-lhes vitórias para começarem a ganhar alguma credibilidade e começar a promover outras equipas para os enfrentarem.

Eventualmente, quando for a altura certa, uma equipa popular e credível deve vencê-los, destruir o trombone e coroar-se como a equipa mais importante da Divisão. Pessoalmente, acho que ainda falta muito tempo até chegar esse momento.

Se tudo for bem feito, pode ser que essa altura coincida com a Wrestlemania 32. Seria excelente se assim fosse, mas o timing certo é algo que nem sempre se consegue controlar. Tendo em conta que estamos a falar da Divisão de Equipas, também não há grandes razões para ter esperança que a WWE vá ter esse cuidado.

E se tiver, provavelmente os New Day terão o mesmo destino que The Miz e Mizdow tiveram. Ou seja, ficam no pré-show e ainda são completamente ofuscados por um veterano que não irá ter qualquer impacto na companhia a curto ou longo prazo.

Enfim, ainda falta muito tempo para a Wrestlemania 32. Até lá, os New Day têm de sobreviver aos Dudleys. A WWE já acabou com o reinado dos New Day cedo demais uma vez, portanto prefiro não depositar demasiadas esperanças neste reinado.

Ou seja, não nos resta fazer nada senão apreciar o que temos, enquanto o temos, e rir.

Caso estejam interessados, podem ouvir uma análise ao WWE Night of Champions aqui, aqui ou aqui. Podem também seguir-nos no Facebook e no Twitter.

Espero que se divirtam, desejo a todos uma excelente semana e até à próxima edição!

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

16 Comentários

  1. CenaLunaticFringe - há 1 ano

    Excelente artigo.

  2. MicaelDuarte - há 1 ano

    Excelente artigo.

    Não tenho qualquer dúvida quanto ao 10º reinado dos Dudleys. Os New Day já sobreviveram no passado PPV, portanto, acredito que os Dudleys vençam os títulos no próximo combate (a menos que a WWE queira aguentar a feud até ao Hell In A Cell, onde eles venceriam os títulos).

    O 10º reinado dos Dudleys não me incomoda muito, mas não gostaria que os New Day tivessem outro reinado muito curto. Se os Dudleys vencerem mesmo os títulos, espero que a WWE consiga arrastar a feud até ao TLC e fazer aquilo que toda a gente quer ver: um TLC entre as duas equipas (ainda falta muito até ao final do ano, portanto, não acredito que isto esteja nos planos da WWE, muito menos fazer com que os New Day recuperem os títulos – ainda os Hardys aparecem e têm um TLC com os Dudleys, deixando os New Day a tocar trombone).

  3. Jorge - há 1 ano

    Grande artigo! Parabéns.

  4. BRRM - há 1 ano

    Excelente artigo!

    Eu não me canso de dizer isto: os New Day são brutais! É incrível como há pouco mais de meio ano não tinham nada de especial mas agora são do mais interessante que a WWE tem para oferecer. Como disseste os segmentos deles são genuinamente engraçados e conseguem pôr qualquer um a rir e sendo a comédia muito importante em qualquer tipo de entretenimento isso é muito bom pois a WWE não tinha mais ninguém capaz de fazer as pessoas rir com tudo o que faziam depois da reforma do Santino (o Ambrose teve momentos bastante engraçados mas ele é um caso diferente).

    Outra vantagem da mudança de atitude dos New Day é que wrestlers com gimmicks secantes e estagnadas estão a ter a oportunidade de mostrarem que, afinal, são bem melhores do que se pensava. Nesse aspecto eu fico especialmente feliz pelo Kofi que, a meu ver, sempre foi um wrestler muito talentoso mas que não tinha aquele “it factor”.

    Não acredito que o reinado deles se prolongue até à WM e sinceramente não acho que isso seja mau. Na minha opinião o que devia acontecer era esta storyline com os Dudley Boyz se manter até ao TLC, até lá os New Day iam-se safando ao fazerem batota mas ao mesmo tempo a serem convincentes. Depois as duas equipas defrontavam-se no combate com o mesmo nome do PPV e os Dudleyz saiam campeões. Estes iriam manter-se assim até à WrestleMania onde perderiam os títulos para uma equipa jovem, como por exemplo os Lucha Dragons (é claro que para isso estes teriam que ter um bom booking). Isto é o que eu acho que devia acontecer mas também tenho dúvidas que a WWE torne isso possível. Aliás eu estou seriamente preocupado com o que vai acontecer no evento especial do próximo sábado.

    Mas bem, como se costuma dizer, a esperança é a última a morrer e pode ser que a WWE faça a coisa certa (que, como é óbvio, não tem necessariamente de ser a situação que eu descrevi). Até lá, como bem disseste, resta-nos aproveitar enquanto dura.

  5. Rai - há 1 ano

    E o canal de youtube do Xavier Woods (Austin Creed) e a melhor coisa que ja vi. Aquilo bate todos os programas da wwe network e ate muitas raws. Parto-me da rir.

  6. danielLP21 - há 1 ano

    Os Dudleys vão ganhar os títulos, isso é certo. Gostaria que não fosse já no dia 3, mas é bastante provável que isso aconteça.

    Ainda assim, tenho alguma esperança que os New Day saiam desta feud por cima e vençam os títulos pela terceira vez. Não deposito muitas esperanças na WWE, mas sim nos Dudleys, que sempre se preocuparam em elevar outras equipas e pode ser que aqui queiram o mesmo.

  7. trouble...trouble....trouble - há 1 ano

    para mim new day venciam uma tables match no hiac, com muita matreirice, ate com mesas partidas pelo dudley sem o arbito ver, no survivor series fariam um 5×5 e no tlc um tlc match pelos títulos, de preferência com new day a saírem por cima, mas é pouco provavel

  8. Reigns one versus all - há 1 ano

    Ótimo artigo.
    Completamente de acordo com o que foi escrito.

  9. Grande Artigo Salgado, 100 % de acordo com o que falastes

  10. Roman - há 1 ano

    Grande artigo, garanto que todo mundo pensa igual. Tirar o pop de uma Tag lendária, quer dizer que estão no caminho certo. Só a WWE cuidar do ouro que tem. E essa mesa a 3 deve ser excelente.

  11. "Awesome" Hater - há 1 ano

    E pensar que os DB ganharem não seria um problema se os ND nunca tivessem perdido o titulo para os PTP, o que não serviu para absolutamente nada.

  12. Dolph Ziggler - há 1 ano

    Bom artigo, Salgado. Os Dudleys vão eventualmente ganhar os títulos. Não acredito que seja no especial em MSG, mas provavelmente no Hell in a Cell. Os New Day já sobreviveram no Night of Champions e deram a vitória moral aos Dudleys, portanto estou bastante inclinado para os Dudleys vencerem os títulos no Hell in a Cell. Apesar disso, acredito que os New Day vão sair por cima desta feud e acabar por vencer os títulos pela terceira vez. Acho que esta rivalidade ainda está para durar.

  13. Miguel Carlos - há 1 ano

    Muito bom artigo. O Xavier, o Kofi e o Big E conseguiram ser usados da melhor maneira possível, pois esta é a sua zona de conforto e é com estas personagens que dão o melhor de si. Gostava que a WWE fizesse o mesmo com outros wrestlers com o Sandow ou o Cody.

  14. RFBM - há 1 ano

    Artigo bastante bom, concordo absolutamente que os New Day devem ter um reinado longo, mas como quase de certeza os Dudleyz irão vencer os títulos de Equipas, eu preferia que fosse apenas no TLC.

  15. Ronaldo EDGE - há 1 ano

    Bom artigo.

    Eu vou ser sincero inicialmente odiava os New Day mas agora estou a gostar desta equipa. E sinceramente não quero ver os Dudleys campeões, já tiveram os seus momentos de glória acho que agora tem é de elevar novos talentos por isso espero que os New Day saiam por cima nesta rivalidade

  16. Muito Bom artigo. gostei muito

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador