Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Opinião Feminina #31 – Regresso às Origens

Como é que tudo começou?

6 de Junho de 1982 marcou o início de uma grande Era no Wrestling Mundial, que perdura até hoje. A 6 de Junho de 1982, Vincent Kennedy McMahon Jr comprou a WWF ao pai. Agarrou na companhia e transformou-a por completo. Foi um visionário de ideias firmes, que sabia o que queria. Tudo em nome do negócio é o seu lema. Vince é conhecido pela sua ferocidade nos negócios e pela forma como protege e se dedica à companhia. Prova de tudo isto foi o Montreal Screwjob em 1997. Ao ver a sua empresa ameaçada com a eminente saída do campeão com o título, Vince tomou as providências de forma a resolver a situação. Verdade seja dita, ninguém naquela noite agiu bem. Não há nada que os lutadores façam em ringue, que ele não se predisponha a fazer também. Bem ou mal, se por alguma razão, a WWE chegou onde chegou, foi graças a Vince.

Ora quando Vince recebeu a WWF, começou a fazer mudanças. Quem, no início, deu fama e reconhecimento à WWF foram pessoas como Hulk Hogan, Randy “Macho Man” Savage, “Rowdy” Roddy Piper, Ricky Steamboat e a lista continua. E é então que se decide apostar tudo o que se tinha na realização de algo que se julgava impossível. Algo que muitos diziam que iria ser um fracasso. Resolveu-se apostar tudo na concretização da Wrestlemania. E como podemos ver, foi uma aposta extremamente bem sucedida pois tornou-se num dos eventos de entretenimento com mais longevidade de sempre.

Sim, Entretenimento. A WWE começou como entretenimento, sempre foi entretenimento, e nunca deixará de ser entretenimento. Só porque durante uma altura da sua existência não o admitiam abertamente porque ajudava o negócio, não quer dizer que não o sejam. Ao contrário do que muitos fãs pensam, a WWE nunca mudou o seu produto. Só foi mudando a forma de o apresentar e tem feito isso várias vezes ao longo dos anos. Hoje a nova gíria da WWE afirma que a empresa fornece novelas de acção semanalmente, recorrendo às capacidades atléticas dos seus protagonistas. É essa a sua nova auto-denominação? Que assim seja. Se afirmar isso os faz progredir no negócio, então que o digam. Como é óbvio, o produto não mudou, apenas aproxima-se das suas origens, mas isso explico lá mais para a frente.

Enfim, todos aqueles heróis carregaram a WWF por muito tempo. Mas não durou sempre, afinal, os fãs crescem e novas companhias surgiram.

Monday Night Wars só pode significar uma coisa: WCW. A guerra tinha começado. E com a guerra, um novo estilo, uma nova atitude. A Attitude Era tinha começado na WWF. Sangue e momentos OMG começaram a aparecer a uma frequência alucinante. A roupa das divas começou a diminuir cada vez mais e instalou-se a confusão e a rebeldia. E porquê? Porque os fãs cresceram e os super-heróis do costume já não os entretinham! Nesta altura, começaram também as críticas e muitas outras polémicas, pois cada vez mais isto aparentava ser mais violento.

Após este período de loucura e rebeldia, a WCW extinguiu-se e o wrestling começa a tornar-se muito lentamente naquilo que era no início. Demorou alguns anos, mas aconteceu. Com tudo isto, assistimos a outra extinção, à extinção da ECW. Tudo o que se relacionava com extreme e excesso de sangue, começou a desaparecer, friso, lentamente dos ecrãs e agora o que vemos de sangue, são meros acidentes. Desde 2002 até agora a WWE gradualmente modificou a forma de apresentação do seu produto, tendo isto sido mais notório nos últimos anos. (Atenção: a apresentação, não o produto em si!)

E porque é que eu supus que isto poderia ser considerado um regresso às origens? Simples, façam uma comparação entre a WWE de agora, com a WWF dos anos 80, e a única diferença notória que irão encontrar é a quantidade de moves usados dentro de ringue.

Desafio alguém a explicar-me as diferenças entre John Cena e Hulk Hogan. Ambos coloridos, ambos heróis da pequenada, ambos foram a cara da empresa e carregaram-na durante um período considerável de tempo. É claro que com John Cena, tudo isto é observado no presente. Hulk Hogan chegou inclusive a ter um programa de desenhos animados. Por sua vez, John Cena venceu o seu último combate em PPV, com a ajuda de uma criança.

Mas isto não pára por aqui, já tivemos posters que pareciam ser tirados de uma revista de banda desenhada e a última promoção feita ao Money In The Bank também me parece apontar no sentido de que algumas decisões feitas por parte da WWE têm abrangido os espectadores mais novos.

Nunca posso afirmar com certeza absoluta que estas recentes decisões são propositadas e com o intuito de relembrar os velhos tempos. Intencionalmente ou não, é esse o efeito que se está a obter. Quando oiço críticas e comentários acerca do que estamos a ver, só consigo é pensar que isto já aconteceu. E, hipoteticamente falando, se de facto se comprovar que é isso que está a acontecer, deveremos vê-lo como algo negativo?

Sou a primeira a dar a mão à palmatória quando afirmo que esta mudança gradual da WWE me assustou. Não porque iria sentir falta do sangue (porque a qualidade de um combate não é directamente proporcional à quantidade de sangue derramado), mas porque não sabia até que ponto iriam e onde iriam parar. Mas depois dos eventos a que tenho assistido, mais especificamente depois do Extreme Rules deste ano, que foi um excelente PPV, cheguei à conclusão que todos os receios e todas as críticas são infundadas. É possível construir excelentes combates e rivalidades de acordo com as novas regras e directrizes. Porém, nenhum sistema é perfeito e falhas existem em todo o lado. Neste momento a mais predominante continua a ser o abuso que a personagem de John Cena sofre, tal como Hulk Hogan sofreu naquela altura.

Aquele combate no Capitol Punishment nunca deveria ter sido main event, ele não deveria ser tão invencível nem usado desta forma. Mas a verdade, é que é assim que ele é rentável. E só quando deixar de o ser, algo mudará. Ou muito me engano, ou isto está só no início.

Quero aproveitar para dizer que se alguém tiver algum tema em particular que gostasse de ver comentado neste espaço, para deixar nas caixas de comentários dos artigos. Não prometo que seja respondido de imediato ou sequer de todo, visto que nem todos os temas dão para desenvolver de modo a ficar um artigo com dimensões decentes. No entanto, se for um assunto com sentido, bem apresentado e relacionado com a actualidade, porque não? :)  Por hoje é tudo e até para a semana!

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

7 Comentários

  1. andre daniel - há 5 anos

    muito bom gostei muito , gostava ke pusesem a lista de free agents da wwe ou seja aqueles que so deves em quando aparecem do tipo: the rock, scs austin , armando estrada ….

  2. ricardo - há 5 anos

    Bom artigo, concordo com tudo o que escreveste.
    Tenho um assunto para um próximo artigo: Qual o futuro dos New Nexus agora que CM Punk irá embora?

    • Zé Pedro - há 5 anos

      Por acaso já tinha pensado nisso,estou curioso em relação a isso e podia ser um bom tema a abordar

  3. ROCKY - há 5 anos

    temas:
    quem serão os futoros da wwe
    quem será despedido(tal como guerrero)da wwe?

  4. JPUrameshi - há 5 anos

    EXCELENTE artigo! Muito bem escrito! Esta foi uma grande análise da atual fase da WWE e todas as comparações que foram feitas foram também pertinentes. Parando para analisar e levando em conta também fatos do passado, é bem possível que tenhamos uma “New Attitude Era” daqui a uns anos… principalmente se a TNA começar a se expandir…

  5. Vitor Mysterio - há 5 anos

    Realmente um otimo artigo

    Se você pudesse depois fazer um artigo sobre lutadores que estão na WWE mais que nem aparecem (Como disse o andre daniel)Seria bem interessante

  6. Tiago Silva - há 5 anos

    Sinceramente nunca tinha visto as coisas por esse lado, excelente comparação com a ERA actual com o passado mas sendo assim era fantastico daqui por uns anos ter um regresso de uma especia de Atitude Era. E de seguida voltar ao passado e retornar há Atitude Era tudo em gerações diferentes era sensacional ver as diferenças.

    Excelente artigo como seria de esperar. Eu até podia dar uma sugestão de tema mas qualquer tema que escolhas da um excelente artigo portanto surpreende-me xD

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador