Opinião Feminina #5 – A Ascensão de uma Estrela

Esta semana o tema é uma estrela que chegou ao topo da montanha quando poucas pessoas acreditavam que tal fosse possível. Com um percurso duvidoso mas sempre persistente, Michael Mizanin, mais conhecido por The Miz, tornou-se o actual campeão da WWE.

The Miz começou o seu trabalho na televisão em reality shows da MTV, apesar de ter sempre sonhado em ser um lutador profissional de wrestling.

Participou em muitos reality shows como Battle of the Network Reality Stars, Fear Factor, Identity, Ghost Hunters, Dinner Impossible e Are You Smarter Than a 5th Grader? Mas foi a sua participação no Tough Enough que chamou atenção dos responsáveis da WWE para a sua possível qualidade. Com isto, Miz foi enviado para Deep South Wrestling e Ohio Valley Wrestling até finalmente se estrear na SmackDown.

Porém foi na ECW que ele começou a ganhar mais visibilidade. Participou em vários combates pelo título da ECW embora não tenha sido bem sucedido em nenhum. Na sua passagem pela ECW teve como managers Extreme Exposé (constituída por Brooke Addams, Kelly Kelly e Layla) tendo isto ajudado à criação de uma das suas alcunhas “Chick Magnet”.

Embora tivessem participado em combates onde eram oponentes, The Miz e John Morrison foram bem sucedidos no combate de Tag Team pelos títulos contra MVP e Matt Hardy, começando assim um reinado que apenas terminaria de vez na Wrestlemania 25.

Esta parceria com John Morrison foi a época onde Miz conseguiu melhorar e consolidar a sua personagem. Com a vitória dos títulos, veio a criação de um programa apresentado no site da WWE, o Dirt Sheet. Neste programa, Miz e Morrison gozavam com os lutadores e outras pessoas. Com este programa, conseguiram ambos mostrar as suas capacidades com o microfone e ganhar notoriedade. Eles mantiveram-se invencíveis até ao Great American Bash em 2008 onde perderam os títulos numa Fatal Four Way. É de apontar que não foi nenhum deles a sofrer o pin.

Mesmo sem os títulos, a equipa não perdeu a força começando uma rivalidade com os Cryme Time, visto que ambas as equipas tinham o seu programa. Tornou-se então Dirt Sheet contra Word Up. Provando a sua superioridade, a equipa de Miz manteve-se por cima.

Recuperaram os títulos no house show em Dezembro, começando depois uma rivalidade com os Cólons (Carlito and Primo). Esta rivalidade terminou na Wrestlemania 25, onde perderam os títulos de vez. Esta equipa separou se pouco depois, seguindo cada um o seu caminho.

Quando esta equipa se separou, a grande preocupação era o Miz. Entre os dois, o Morrison tinha, obviamente, mais qualidades que o Miz, logo era de assumir que as coisas lhe corressem melhor a ele. Mas pelos vistos não foi o que aconteceu.

Miz tinha sido transferido para a Raw, onde começou a meter-se com John Cena alegando ter uma vitória sobre Cena. Essa suposta vitória surgiu após Miz ter chamado Cena e ele não ter aparecido visto estar lesionado. Baseando-se nisto, Miz construiu uma história que lhe permitia aparecer e falar, impedindo-o assim de desaparecer. Cena acabou por enfrentá-lo e banindo-o também da Raw. Miz acabou por voltar, como é óbvio, após ter ganho um contrato que estava pendurado num poste. Parecendo que não, com esta história aparentemente pouco importante, Miz conseguiu manter um pouco de notoriedade.

Após isto, Miz foi atrás do título dos Estados Unidos acabando por ganhá-lo numa Raw, após muitas tentativas sem sucesso.

Como campeão dos Estados Unidos, Miz teve que enfrentar Morrison no Bragging Rights, visto este ser o campeão Intercontinental. Este era o primeiro teste. Após a separação, como seria que Miz se iria portar? Num bom combate, Miz conseguiu arrecadar a vitória, embora não tenha sido a primeira. Após Bragging Rights, veio o Survivor Series, onde a equipa de Miz venceu a equipa de Morrison. Esta tinha sido a segunda vitória de Miz contra o antigo parceiro.

O ano de 2010 começou bastante bem, com Miz a ganhar outra vez os títulos de tag team mas desta vez com Big Show. Estar no programa principal da WWE com três títulos foi uma das melhores coisas que aconteceu a Miz, ajudando-o a afirmar-se perante críticos e fãs que duvidavam dele. Este pode bem ter sido um dos principais indícios de que Miz estava destinado a voos mais altos.

Mas Miz não andava só concentrado nos títulos. Em Fevereiro foi estreado um novo programa da WWE: NXT, onde Miz era o mentor de Daniel Bryan. A relação entre os dois não correu bem tornando-se numa rivalidade que resultou em vários ataques de ambas as partes.

Miz conseguiu reaver o título do Estados Unidos e não só. Um mês depois de ter ganho o título outra vez, Miz ganhou o Money in the Bank, conseguindo assim o contrato que o permitia ter um combate pelo título quando quisesse, no espaço de um ano.

Visto que ainda nenhum detentor da famosa e desejada mala, tinha sido mal sucedido quando aplicava o dito contrato, começou-se a acreditar que afinal 2010 iria ser mesmo um bom ano para Miz. Mas é claro que as coisas não podiam ser óbvias e existiram muitas oportunidades onde Miz tentava aplicar o contrato mas era impedido, adiando apenas o momento e criando dúvida na cabeça dos fãs. Seria o Miz o primeiro a não conseguir ganhar o título ao fazer uso da mala?

Em relação ao título dos Estados Unidos, Miz perdeu-o para Daniel Bryan no Night of Champions, terminando assim a rivalidade que tinha começado com NXT.

Entretanto o tempo passava e Miz continuava com a mala mas sem fazer mais nenhuma tentativa. Até ao dia 22 de Novembro.

Este combate foi ligeiramente diferente dos anteriores. Apesar de Orton já estar debilitado graças ao ataque dos Nexus e do próprio Barrett, o combate foi mais longo e ainda houve uma altura onde os fãs chegaram a acreditar que Orton iria conseguir aplicar a sua manobra final. Mas para surpresa de muitos e desgosto de outros tantos, Miz foi bem sucedido tornando-se assim campeão da WWE.

Após essa vitória, Miz conseguiu defender o título por duas vezes, a primeira contra Jerry “The King” Lawler e a segunda contra Randy Orton, no TLC. Nenhum resultado surpreendeu, pois ninguém estava nem à espera que Jerry Lawler realmente ganhasse um título agora, nem que o título voltasse já para Orton tornando o reinado de Miz curto. Um acontecimento desses nesta altura só iria descredibilizar o campeão e impedindo assim que Miz se fixasse permanentemente no card principal, que é onde merece estar.

Neste momento o seu oficial adversário é John Morrison. Será que à terceira é de vez? Irá John tirar o título a Miz no Royal Rumble?

Pessoalmente, não acredito. Se Miz perder o título é no Elimination Chamber. Se o perder, porque também não me admirava nada de o ver ir à Wrestlemania 27 como campeão, mas isso já é mais complicado.

Facto é que Miz melhorou bastante desde o dia que chegou à WWE e fez por merecer onde está logo espero que seja muito bem aproveitado, pois foi obviamente uma boa aposta.

Até para a semana!

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

6 Comentários

  1. Jackk - há 6 anos

    Nunca gostei da gimick do Miz quando ele fazia tag team com o Morrison, acho que ele melhorou bastante, BASTANTE mesmo, e acho que merece o título, apesar de não ser o melhor lutador in-ring, mas o Morrison é ao contrário do Miz. Enquanto o Miz é muito bom no Mic, o Morrison é muito bom in-ring. Se o Morrison melhorasse um pouco nas Mic Skills, acho que daria um excelente campeão. Gostava de ver, acho que vai ser um bom combate, visto que o Morrison faz parte dele :D (Só um conselho, o Morrison podia trocar de calças XD)

  2. Aleixo - há 6 anos

    The Miz is indeed Awesome !

    Tens aí um erro, eles perderam os títulos no Great American Bash e não na Wrestlemania 24

    • Salgado - há 6 anos

      É verdade tenho um erro, em vez de ter posto wrestlemania 25 pus 24. Na wrestlemania 25 eles perderam os titulos de vez para os cólons porque o combate tinha uma estipulação: a equipa que ganhassa unificava os titulos, ou seja ficava com os seus e os dos adversarios.
      E em relação ao great american bash eles também perderam os titulos nesse evento, mas eu já menciono isso. O erro do número da wrestlemania vai ser corrigido. Obrigada pela atenção.

  3. Don Jordan - há 6 anos

    Nos dias de hoje, fazem-se e desfazem-se Tag Teams com muita facilidade. Qualquer Tag Team serve apenas para lançar um wrestler, enquanto o seu parceiro fica na miséria. É a actualidade, e nada podemos fazer quanto a isso. Mas será que não estaríamos a aproveitar o Miz e o Morrison muito melhor se ainda existissem como Tag Team?

    Valeria a pena termos uma rivalidade Miz vs Morrison, por um título mundial, quando o Miz tem muitas falhas dentro de ringue e o Morrison no microfone? Valeria a pena querer fazer do Miz um main-eventer, à pressa, quando o homem bem trabalhado daria um wrestler fabuloso?

    My thoughts ;) De qualquer maneira, temos que comer o que nos dão, e para mim a subida do Miz ao main-event foi claramente precipitada, tal como a do Morrison.

    No meio disto tudo, salva-se o artigo, muito bom. Força nisso, escreves muito bem e é isso que precisamos. Continua :)

  4. Chazz_Princeton - há 6 anos

    Concordo com o Don Jordan. O push a Miz e Morrison ao main event foi um bocado precipitado. Não me queixo, acho que ambos merecem estar no main event, mas também acho que mais um ano ou dois de melhoramento, um nas mic-skills e outro na capacidade in-ring, não lhes faria mal nenhum. A mim parece-me claro que o Morrison não vai ganhar o título agora, primeiro, porque temos a Wrestlemania a dois meses, e não vejo nem o Morrison nem o Miz no main event do maior PPV do ano, e também não estou a ver o Morrison a ganhar o título em Janeiro e perde-lo possivelmente na Elimination Chamber, fazendo o seu reinado assim curto.

    Espero uma boa feud entre o Miz e o Morrison, que podia passar por os dois a participarem na Elimination Chamber e nenhum ganhar o título da WWE, fazendo a feud culminar num bom combate na Wrestlemania.

    Também concordo com o Don Jordan quando ele diz que nos dias de hoje fazem-se e desfazem-se Tag Teams com facilidade, o que acho uma pena. A WWE está pobre de Tag Teams e quando têm uma Tag Team que dá gosto ver no ringue, eles acabam-na fazendo subir um dos membros e deixando o outro à deriva. Acho que mais uns tempos de Miz/Morrison como Tag Team não lhes faria mal nenhum, um para aprender com o outro sobre mic-skills e o outro para aprender sobre capacidade in-ring.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador