Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Opinião Feminina #51 – Problemas nas noites de Sexta

Friday Night SmackDown. A brand azul da WWE. Existe desde 1999, onde no início as mesmas estrelas que apareciam na Raw apareciam na Smackdown. Era uma espécie de continuação da Raw, mas com nome diferente. Em 2002 ocorreu a brand split. E agora estamos numa situação que não é nem uma coisa nem outra.

Eu discordo do fim da brand split, ou do aparente fim da mesma, porque tal como já o disse, isto não é uma situação bem definida. Mas ultimamente, tenho discordado de muitas outras decisões por parte da WWE em relação à Smackdown. Desde que começou a haver notícias sobre os problemas da Smackdown em encher arenas e nas audiências, comecei a prestar uma atenção especial ao que se estava a passar, para tentar encontrar uma justificação aceitável. Desde a Vengeance que recolhi algumas notas sobre situações com várias estrelas que, a meu ver, correctamente ou não, não estão bem. Portanto podem esperar neste artigo ver uma crítica a várias situações que se passaram na Smackdown ultimamente e também às histórias e ao seu desenvolvimento.

Podemos começar pelo lutador mais injustiçado de 2011. Christian foi vencido duas vezes por Sheamus em PPV, numa rivalidade que não acrescentou nada a nenhum dos dois. Sheamus já era um assumido babyface e deu o último passo em direcção da consolidação disso mesmo quando ficou ao lado de Triple H no Walkout Angle. E Christian não consegue descer mais do que já desceu. Estive a consultar por curiosidade, e penso que desde o início de Setembro que Christian não ganha na Smackdown.

É engraçado vê-lo a pedir “one more match”, contudo ele não tem credibilidade nenhuma para o fazer. Christian neste momento, não tem direito a pedir nada. E isso é triste. Christian já fez por merecer mais do que tem, sinceramente, já tentei perceber o porquê de não apostar nele. Ele em ringue é soberbo, elevou os últimos tempos da ECW, ao microfone é perfeito, se for um mau da fita. Não vejo razão para não investirem nele, e começo a achar que é política de bastidores. A companhia evita ao máximo dar qualquer espécie de crédito a um dos melhores que têm, e isso é um facto.

Sheamus neste momento ocupa-se em vencer Christian ou a ficar simplesmente acima, embora não directamente, mas a verdade é que isso já não lhe acrescenta nada. Vencer alguém que já não têm muito de credibilidade a levar para um combate, não dá credibilidade. Tinha esperança que esta rivalidade fosse a algum lado, e não foi. Está na altura de meter estes meninos a fazer algo de jeito.

Na edição da Smackdown de dia 28 de Outubro, CM Punk foi uma das poucas estrelas da Raw que apareceu na Smackdown. E porquê? Segundo  Teddy Long, porque a Smackdown deveria usufruir da troca de estrelas com a Raw. Acontece que as únicas estrelas da Raw que apareceram, além de CM Punk, foram os Airboom, os Awesome Truth e Dolph Ziggler. Ora eu excluo sempre as equipas e as divas (que não houve) nestas trocas, porque já há muito que estas duas divisões andam a passear por ambos os shows, praticamente desde a unificação dos Títulos.

Ou seja, Teddy Long quer usufruir das trocas de estrelas e só trás CM Punk? Para um Super Smackdown, segundo ele? Sinceramente, era mais fácil admitirem logo que só foram buscar o Punk porque a Smackdown têm tido más vendas de bilhetes. Porque quem começou a ver a Smackdown e esperava uma Super Smackdown, ficou desiludido. CM Punk e Christian são aqueles lutadores que eu acredito que conseguem fazer maravilhas se lhes for dado algo que os ligue. A questão é que agora eles não têm nada em conjunto! CM Punk anda atrás de Del Rio, enquanto Christian anda a atrás do Teddy Long para ter mais um combate pelo título. Ter um programa a começar com duas estrelas que a única coisa que têm em comum é o ringue em que estão, não é uma boa forma de começar.

Não dá continuação a nada e nao ajuda rivalidade nenhuma. Simplesmente, não tem lógica. Por mais bom que possa ser o combate no main-event, a WWE não se pode esquecer que as coisas têm que encaixar umas nas outras. E as vendas aumentam quando as coisas forem bem feitas. Não quando usam Punk para atrair fãs.

E depois, um detalhe engraçado, é que pôr Punk a perguntar se deveria ir-se embora é ridículo! Esse não é o Punk que conhecemos. A personagem que Punk tem andado a construir não quer saber se as pessoas o querem lá ou não, porque ele tem ideias próprias e não se deixa afectar pelos outros. Ele faz o que acha que está certo. Naquela promo em Junho, que fez com que as vendas aumentassem, ele criticou os fãs porque eles ajudavam a WWE a apostar em estrelas que não mereciam. E agora ele preocupa-se com o que todos querem?

E para acrescentar a isso, já toda a gente naquela arena sabia que ele ia ficar porque o main-event tinha que estar no card anunciado, logo muitos deles compraram os bilhetes porque queriam ver Christian e Punk um contra o outro, logo ter Punk a perguntar se deveria ir-se embora é o mesmo que ter o Cena a dizer que Rock tem de decidir se quer ser seu parceiro, quando o combate de tag team entre eles já está anunciado há quase um mês!

Outra rivalidade/história que me desiludiu envolveu Randy Orton. Sinto que a sua história com Cody Rhodes não valorizou o título, como devia. Lutaram em PPV sem o título em jogo, que é das maiores ofensas que se pode fazer a um título, e lutaram um combate absolutamente espectacular na Smackdown de dia 4 de Novembro, sem o título em jogo. Qual é o objectivo de desafiar um campeão, se não se põe o título em jogo? Não há objectivo. Por mais problemas pessoais que envolvam na história, um título é um título e tem que ser disputado!

Outro pormenor fantástico, é que venceu de forma limpa, chegando a humilhar o campeão. Podiam ter aproveitado isto para Orton ir atrás do título, mas não, este combate serviu apenas para provar que Orton é melhor que Rhodes, e aparentemente, também melhor que o Título Intercontinental. Se é verdade? Não. Se é essa a mensagem que passa? Infelizmente, é.

Isto depois de afirmarem e mostrarem que o título ia voltar às glórias antigas. Simplesmente não faz sentido uma pessoa vencer um campeão, ou sequer debater-se com ele, sem o título em jogo. Percebo o porquê de Wade Barrett ser o capitão da equipa contra Orton. Percebo que isso subentenda que eles tenham que ter uma rivalidade, mas não têm que ser assim. Orton mantinha-se com Rhodes e faziam uma rivalidade pelo Título, não simplesmente para se entreterem, já que o têm, usem-no.

Wade é um bom lutador e carismático. Tem muito a mostrar e pode ser o futuro da WWE, mas não precisa obrigatoriamente de passar por Orton. Orton não precisa de ser aquele que o vai elevar. Orton não é o único lutador mais velho na WWE com capacidade de elevar outro mais novo. E além disso, Barrett tem tido mais vitórias nas últimas Smackdown que os seus companheiros do Survivor Series, logo é motivo suficiente para fazer dele capitão de uma equipa.

E agora, Orton vai embarcar numa rivalidade com Barrett, para o elevar. Ou seja, em vez de estar a elevar títulos, está a elevar alguém que ainda não os tem.

De seguida, apresento-vos a situação que temos no main-event. A situação com o título principal. Big Show e Mark Henry deixaram a Vengeance com toda a gente a falar sobre eles. Apesar de já ter acontecido uma vez, algo que os comentadores adoram ignorar, não é todos os dias que o ringue implode. E na Smackdown que segue, que é a Smackdown que deve fazer o rescaldo do Vengeance e começar a antecipação para o Survivor Series, eles fazem uma promo desgraçada. Henry, que tornou-se no monstro que não tem medo de nada, nem sequer entrou no ringue para enfrentar o seu adversário.

Tudo bem que precisam de vender o facto do ringue ter implodido, mas porque é que só o campeão é que se mostra mal? O próprio Big Show afirmou no início do segmento que todo o corpo lhe doía. Porque é que é o campeão a passar por cobarde? Porque é mau-da-fita? Sim os maus-da-fita são por vezes caracterizados assim, mas não se podem esquecer, quando estamos a caracterizar um campeão, não é só a pessoa que está a ser definida, é o título também. Um campeão precisa de se portar como campeão! Não vale de nada erguer um título se não lhe damos significado.

Também nestas andanças, anda Daniel Bryan. Primeiro, teve uma promo ridícula e um combate com Tyson Kidd que podia ter sido facilmente o melhor da noite. Mas preferiram fazer um combate pequeno e resumir-se à mediocridade. Digo isto porque comparado com o que ambos podiam ter feito, tendo em conta as capacidades técnicas de cada um, foi simplesmente triste. Depois, foi provocado pelo campeão que se sentiu ameaçado com a presença de Bryan enquanto estava a fazer uma entrevista.

O que é que Bryan fez para ser considerado uma ameaça? Nada. E o triste é isso. Não interessa que ele já tenha revelado quando irá fazer o cash-in, aliás começo a achar que ele nunca devia ter feito. O senhor que carrega a mala do Money in the Bank tem que ser visto sempre como uma ameaça! Não só quando o campeão repara nele. Aliás, não faz sentido o campeão reparar nele. O campeão, teoricamente, não quer ter nada a ver com uma pessoa nesta posição.

É mais que sabido que Daniel Bryan é dos melhores que ali está, mas eu tenho a sensação que eles lhe deram a mala e meteram-no a dizer que iria fazer o cash-in na WrestleMania porque sabem que ele é dos melhores, e como ele já o provou noutros sitíos, querem dar a ideia que lhe estão a fazer justiça ao talento, mas acabaram por metê-lo na prateleira. Basta ver quando Bryan foi despedido, as pessoas chamaram por ele. Quando Bryan apareceu no NXT, ele foi reconhecido. Quem vê ROH, sabe que é Daniel Bryan, ou Bryan Danielson.

O problema é que não se pode voltar atrás e refazer as coisas, mas Daniel Bryan precisa de se mostrar uma ameaça séria. Estar envolvido com o campeão é bom mas a curto prazo, pelo menos no caso dele. Primeiro, não foi iniciado nisto de forma inteligente, teve que ser o campeão a meter-se com ele quando devia ser ao contrário. Aliás, qual era o objectivo de Mark Henry em provocar uma pessoa que tem poder de o desafiar quando quiser? Provar que não tem medo? Olhem para os dois! A estatura de Daniel Bryan e a estatura de Mark Henry falam por si, e depois daquela construção toda como monstro, nunca sequer seria uma questão que Mark Henry poderia ter medo de Bryan ou não. Por isso, se já se sabia, porque é que Henry foi provocá-lo?

Quem tem de se afirmar é Bryan. Quem tem que se meter com os campeões, provocá-los e dizer “estou aqui!” é Bryan. Ora, isto não começou bem. Depois tivemos Big Show a ajudar Bryan e a querer que Bryan fizesse o cash-in numa Smackdown. A tentar ajudá-lo, até. Quer dizer, é outro lutador a dizer Bryan para fazer o cash-in. Um lutador que também está na rota pelo título. Big Show é um gigante que está furioso com o facto de Mark Henry o ter lesionado e com o facto do mesmo não lhe querer dar mais uma oportunidade. E vai ajudar outra pessoa que não tem nada a ver com o assunto ter o título que ele também quer? E não digam que é por Bryan ser mais fácil de vencer, porque isso é conversa de heel e porque Big Show quer Henry. Logo, em que dimensão é que tudo isto faz sentido?

E depois no fim, já sabemos que vai ficar entre Big Show e Henry, logo o que é que Bryan vai conseguir alcançar? Nada. Andou lá com o campeão, mas não só não mostrou ser uma potencial ameaça como nada disto fez sentido. Bryan, o Sr. Money in the Bank, foi um mero peão neste jogo. Eles tentaram com esta história mostrar que Bryan pode ser uma ameaça, e eu sei que é, mas correu mal porque fizeram as coisas mal. Eu sei qeu Bryan é “championship material”, mas não basta saber, temos que ver.

Não vou falar das Divas porque aquela divisão ainda não fez mais nenhum avanço positivo. Ter a Alicia Fox a vencer uma das melhores lutadoras técnicas que passou pela WWE é deprimente.

Mas isto ainda não ficou por aqui, na última Smackdown, edição de ontem, tivemos um novo grupo a fixar-se na WWE. Hunico, Epico e Primo. Não sou contra a criação do grupo. Contudo, ocorreu aqui um grande problema. Quem são eles? O Primo até se reconhece. Nao o vemos há um tempo, andou nas apostas dos fãs como o próximo a ser despedido, mas foi campeão de Tag Team com Carlito. Aliás, unificou os títulos.

Hnico já sabemos que andou em rivalidade com Sín Cara, mas perdeu ficando o outro com a identidade de verdadeiro Sín Cara. Mas Hunico não pode ser para sempre o falso Sín Cara. Logo, quem é Hunico?

Nem Hunico, nem Sín Cara conseguiram cativar as pessoas na sua rivalidade como ninguém se preocupa com eles. E quando digo ninguém, estou a fazer uma generalização. Não digo que não haja fãs que queiram vê-los, mas um facto é que eles não fizeram nada para os cativar. Só manobras bonitas no ringue não chega.

Não foi com esse propósito que a WWE fez um novo acordo com o Twitter? Para espalhar o produto e para ficar em contacto com mais pessoas. Acontece que estas pessoas não se vão ligar à WWE senão foram cativadas. E as pessoas que a WWE meteu no grupo não são ninguém. Um deles foi campeão, mas toda a gente deixou de o ver há algum tempo que aposto que o público geral esqueceu-se dele. O outro perdeu numa rivalidade desinteressante e mal construída e neste momento, metade do discurso que faz é feito em espanhol.

Até o grande Rey Mysterio já disse que o mais importante hoje em dia é conseguir contactar com o público! Se Hunico tem essa vantagem, que a use! Como é que Ryder chegou onde chegou? Porque se conectou com o público. Conquistou-os. E agora? Zack Ryder foi o único lutador que esgotou a venda de merchandise no último live-event da tour europeia.

E por fim, Epico. Quem vê Florida Championship Wrestling, reconhece Epico. Mas a questão é que a WWE não faz muita propaganda à FCW. A maioria dos fãs da WWE sabe o que é, estou disposta a arriscar que uma pequena parte vê, mas quando a WWE faz histórias e planeia coisas, tem que tentar abranger o máximo de pessoas, para assim as cativar.

Epico é Tito Colón, primo do Primo, mas a maioria não sabe isso, nem sequer interessa, porque para o que eles fizeram até agora, não esclarece muito. Sim, sou culpada, não sabia que eram a mesma pessoa, tal como aposto que muitos outros fãs no mundo não sabiam. Mas a questão aqui não é saber que Epico e Tito são o mesmo. A questão aqui é que Epico não é ninguém.

Um grupo acabou de se formar, atacou uma equipa que está a conseguir conquistar os fãs, pouco a pouco, e isso é suposto ser chocante e não fez impacto nenhum! O que era suposto pôr as pessoas a pensar “O que é que eles vão fazer a seguir?” não afectou praticamente ninguém. É claro que há os fãs que vão sempre especular e vão estar curiosos, mas isso é por eles mesmos, não pelo trabalho que a WWE está a fazer.

Eles quando chegam aos programas principais da WWE, quando saem dos territórios de desenvolvimento, ou até quando lutadores mudam de personalidade, eles têm que se definir! Têm que ser rotulados. Não pode haver lutadores nos programas principais não definidos. Senão nunca venderão bilhetes porque as pessoas não sabem quem eles são e não querem saber. Não é obrigação das pessoas ligar a televisão na semana seguinte para ver o que vai acontecer, é obrigação da WWE cultivar-lhes a curiosidade para o fazerem.

Não se pode esperar que os fãs comprem as coisas porque sim. Principalmente com a crise que corre, as vendas estão condenadas a descer. E a WWE para reverter isso têm que fazer com que os fãs se sintam interessados no produto. Os fãs têm que conhecer os lutadores, têm que saber que histórias é que estão a acontecer e porquê. Estes pormenores têm que ser claros na cabeça dos fãs. Quem é que vai ver um filme ao cinema sem pelo menos ter visto o trailer ou lido uma critica? Acredito que há quem o faça, mas não vamos comparar esses números com os números de quem vai ao acaso. Porque se fosse assim tão grandes, nem sequer havia trailers para começar.

Este grupo pode ser excelente. Não digo que não. Este grupo pode conseguir grandes coisas na WWE, mas quando se juntaram o impacto foi nulo.

Li nos reports do Smackdown que Hunico tinha feito uma promo após a formação do grupo, só que a promo tinha sido em espanhol, mas aparentemente foi cortada, e ainda bem. A maior crítica que se faz a Sín Cara é que ele não consiga falar inglês (que por esta altura já devia ter aprendido o básico) e Hunico, que sabe, não o faz. Isto é revoltante.

E eles não têm desculpa para isto. Aqui a culpa é deles, e só deles. Por exemplo, uma grande forma de apresentar alguém, que já usaram várias vezes, antes de o pôr no roster principal, era as ditas “vignettes”. Fizeram para Kharma, e apesar de toda a gente saber que era Awesome Kong, quem é que não ficou interessado sempre que via uma?

Brodus Clay! Agarraram num que esteve no NXT e que esteve na FCW, e para o voltar a reintroduzir começaram a passar vignettes sobre ele. É isso que constrói a antecipação de um fã. É isso que os dá a conhecer. Era isso que deviam ter feito com Epico. Ter Hunico a dizer de forma misteriosa que os seus assuntos com Sín Cara não tinham ficado por ali e que ele não iria estar sozinho, deixando curiosidade sobre quem é que iria ser o escolhido para ser seu parceiro, também tinha sido uma boa ideia. Qualquer coisa que indicasse quem alguém vinha aí! Isso garante algo.

Quando vão meter alguém nos rosters principais ou quando vão revolucionar uma personalidade, usar vignettes é a forma mais fácil de os promover. São rápidas, simples, não aborrecem e se bem construídas, absolutamente hipnotizantes. Olhem para aquelas que anunciavam o regresso de Taker, e ele já teve muitas para esse propósito. Olhem para as de Kharma, as de Sín Cara e até Alberto Del Rio teve, apesar de eu não ter gostado das de Del Rio. Elas são essenciais quando se vai fazer isto.

Se tivessem feito as coisas de outra maneira, o grupo tinha causado impacto ao juntar-se. Epico nunca devia ter aparecido sem ser anunciado, para lutar contra Sín Cara. Pensem como seria se vivessem nos Estados Unidos da América, onde a cada cinco, seis meses estão a passar pela mesma cidade. Olham para o card que está anunciado e lá diz que vão ver “Epico vs Sín Cara”, sendo Epico que não fazem ideia de quem é. É esse o combate que vos vai fazer gastar dinheiro? Principalmente sabendo que se não é desta, é da próxima, visto que lá não é como em Portugal. Pois, é nisto que a WWE tem que pensar.

Não há qualidade sem lógica. No fim do dia, as peças têm que encaixar umas nas outras. Acho que as histórias na Smackdown estão confusas para os fãs. Se é assim tão difícil de perceber o que se está a passar? Não. Mas se querem que o produto venda e sobreviva, não pode haver dúvidas sobre o que está a acontecer. As pessoas têm que saber o que vão comprar.

É claro que na Raw também há problemas, mas resolvi compilar estas notas e apontar situações que na Smackdown não fazem sentido. Peço desde já desculpa, devido à extensão anormal do artigo, e agradeço desde já aos corajosos que conseguirem ir até ao fim.

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

33 Comentários

  1. Malamadre16 - há 5 anos

    O Epico na ultima SD foi introduzido como sendo primp de Primo

    • Salgado - há 5 anos

      Sim, na última Smackdown para o público que viu na televisão através dos comentadores.

      Na smackdown em que Epico foi contra Sìn Cara ninguém sabia quem ele era.

      E mesmo assim, ele não tem uma identidade. Dizeres aos fãs que aquele lutador que estão a ver é é primo de outro que andou desaparecido, não ajuda em nada e não os convence a querer vê-lo.

  2. Ricardo - há 5 anos

    È deprimente ver a ALicia Fox ganhar? O.O
    Deprimente é ver a Beth , Natalya e Kelly que nem uma Promo sabem fazer!
    Alicia Fox é a minha favorita e tem-se revelado uma grande Lutadora! Melhorou Imenso! : )

    • Salgado - há 5 anos

      Concordo contigo nalgumas coisas que disseste, mas isso não muda a minha opinião inicial.

      Acho que sim, a Alicia Fox tem potencial para se tornar algo mais no ringue. Em termos de carisma é que coitada, ela não só não tem personagem definida como não tem falado, como quando fala não consegue convencer ninguém do que está a dizer.

      Sim, acho que as últimas promos que Beth e Natalya têm feito, são más. Acho que eles têm algum carisma mas que neste momento não estão a saber emprega-lo porque também as coisas que as querem meter a dizer e fazer são simplesmente ridículas e contraditórias com a personagem delas.

      MAS, independemente disto tudo, Natalya é das melhores lutadoras técnicas que a WWE já teve. Natalya sabe o que está a fazer no ringue, ALicia Fox pode ser algo muito bom no futuro, mas neste momento, vencer a Natalya não está com nada.

  3. FelipeBR - há 5 anos

    Razão de Bryan não se “mostrar” = Script.

  4. Fábio L. - há 5 anos

    @ Ricardo: Desculpa mas deves tar enganado quando falas na Natalya e na Beth em termos de mic skills. Gostava de ver a Alicia a fazer metade do que elas fazem, já para não entrar em técnica.

  5. Para começar devo dar-te os parabens pelo teu artigo, libertaste umas quantas coisas que te andavam a incomodar.

    Quanto ao Christian já te tinha dito isto alguns artigos atras e estou totalmente de acordo contigo. Christian perdeu dois combates seguidos em PPV´s contra Sheamus e de forma limpa e na smackdown tem sido o que se tem visto e a feud entre ambos não tem mais razão de continuar simplesmente porque Christian não tem credibilidade nenhuma actualmente para exigir seja o que for. A culpa não é dele porque sabemos que ele é capaz de grandes feitos mas simplesmente anda a ser muito mal aproveitado e já nem me lembro quando foi a última vez que teve uma vitória decente num PPV e atenção que aquele combate que venceu Orton para ganhar o título não foi uma vitória decente. Christian merece muito mais e espero que a WWE acorde e veja o que anda a fazer.

    No caso de Randy Orton também estou de acordo contigo eu queria muito mais desta feud e sim queria ver o Orton atrás do Título Intercontinental porque ele não é melhor que o título e isso da desvalorização mete nojo. Ainda aceito que o primeiro combate entre ambos fosse sem o título em jogo mas a partir do momento em Orton ganha esse combate o lógico era exigir uma luta pelo título mas fazer mais combate entre ambos Non-Title não faz sentido, fiquei contente por terem trazido o título classico e com esta feud com Orton para elevar Rhodes e o título mas a WWE falhou neste aspecto acho que ainda desvalorizou o campeão e o título e ambos não mereciam uma coisa dessas.

    No caso do Bryan a partir do momento em que ganhou o MITB ele devia ser considerado uma ameaça ao campeão seja quem ele for e a iniciativa de picar os campeões devia sair dele, tanto para eleva-lo a ele e á mala e dizer que ia fazer o cash-in na Wrestlemania foi um erro acho que isto é das coisas que tem que ser feita de surpresa e não ser anunciada antes de faze-lo. E claro que não faz sentido o Henry provocar alguem que a qualquer momento pode roubar-lhe o ouro quem devia ter provocado era o Bryan e mesmo que depois acaba-se num WTS não interesa ao menos teve a iniciativa de algo que já devia ter acontecido á muito tempo atrás. E tambem não vejo sentido o Show ajudar outra pessoa a tirar o título ao campeão quando o Show regressou com o objectivo de vingança e ao mesmo tempo roubar o título, mas enfim. Ao menos ja me dou um bocado contente por Bryan estar a interagir com o campeão mesmo que de maneira errada.

    A stable formada por Hunico, Epico e Primo eu até acho porreiro esta união mas devo concordar contigo que faltou promoção a esses lutadores. Claro que quem assiste á FCW como eu sabe quem são Hunico e Epico e foram uma grande equipa como Los Aviadores mas para muita gente no WWE Universe não sabem quem são e isso é daqueles pontos que a WWE tem que corrigir daqui para a frente e começar a dizer quem é este, quem é aquele e aquele.

    Os caso de Kharma, Sín Cara, Alberto Del Rio foram casos bem construídos, ninguem “sabia” quem eram mas durante semanas passaram promos a dar a conhecer estes talentos e foi algo que já deu a entender o tipo de personagem que podiam ser e algo que o público podia começar a detestar antes sequer de fazerem o debut nos caso dos heels por exemplo e no caso de Undertaker simplesmente não se aceita um regresso dele sem aquelas promos misterio a que estamos habituados é algo muito bom e que nos mete logo com teorias do que pode acontecer, o que é excelente por si só.

    Mais uma vez parabens pelo teu artigo.

    • Salgado - há 5 anos

      Muito obrigado pela apreciação :)

      Este assunto já foi mais que falado, e digo te que já não acreditam que “acordem”. Eu acho que já não é uma questão de acordar, porque é impossível não ver o talento dele com tudo o que já fez. Eu começo a achar firmemente que é políticas de bastidores. E depois mesmo que decidam apostar nele não o vão fazer porque não lhe vão conseguir arranjar espaço. Tantas estrelas na WWE que precisam de tempo para se afirmar e a WWE não lhes consegue dar isso, quanto mais dar a um que aos olhos dele já está afirmado. O facto do Christian não ter uma vitória na Smackdown desde prái de Setembro, mostra que eles acham que já nem vale a pena pô-lo a ganhar que o valor dele é o mesmo sempre. Eu já não acredito que saía algo daqui.

      Olha que eu nem o primeiro combate aceito. Quer dizer, tens problemas entre lutadores e uma das melhores vinganças não é tirar o que o outro tem? Eu só aceitava que o primeiro combate fosse sem o título em jogo, SE não fosse em PPV. Como foi em PPV, é imperdoável.

      Eu acho bem ele interagir com o campeão, só que toda esta situação do Bryan começou mal, continuou mal e vai acabar mal porque Bryan não tem espaço nesta rivalidade. Não há encaixe para Bryan aqui. E depois isto acaba por passar a mensagem errada. Aquele momento do big show a dar a mala ao Bryan para fazer o cash-in eu fiquei estupefacta! Então mas quem é que quer ganhar o título? O Bryan ou é o big show que quer que ele ganhe? Sinceramente tudo isto, a meu ver, foi uma tentativa absurda e arranjada à última da hora para envolver Bryan porque sabem que estão a insultar os fãs ao mantê-lo na prateleira.

      Mas é que a questão não é só o Universo que não sabe, é que o Universo não tem obrigação de saber. A WWE quando está a apresentar algo não se pode fiar nos “se”. Aqui não interessa se eles voram os los aviadores, aqui o que interessa é que chegou uma pessoa ao roster principal e ninguém sabe quem ela é. Ela até podia ter uma personagem completamente oposto aos Aviadores. O objectivo é começar do zero quando se chega ao roster principal. E eu ali tentei abordar o ponto de vista de quem vê pela televisão/internet e de quem vê na arena. Porque por alguma razão nos últimos eventos, as arenas têm estado mais de metade VAZIAS. As pessoas podem pensar que não e por estas pequenas coisas, mas se as tentarem rectificar, vão ver se as coisas não melhoram. Com os tempos que andam, não se pode falhar em coisas tão simples.

      Tal e qual. A Kharma e o Sín Cara são exemplos perfeitos. Toda a gente sabia quem eles eram, mas ninguém sabia quem eles eram na WWE. Eles começaram do zero e é isso que acontece sempre no roster principal. Mesmo aqueles que viam CMLL ou TNA, não conheciam a Kharma e o Sìn Cara, conheciam a Awesome Kong e o Místico. Quando se chega a uma companhia qualquer existe uma reintrodução aos fãs.

      As do Del Rio não gostei, mas a questão é que promoveram-no e eu estava ansiosa pela chegada dele. Ou seja, devem ser usadas. O Undertaker sempre que faz um regresso, toda a gente sabe que aquelas promos são dele, mas se não houver até desilude os fãs.

      • Com o Sheamus já nao á problemas visto que ele já se afirmou muito bem como face e no caso de Christian infelizmente tenho que concordar com essa hipotese que é triste mas é o que esta acontecer.

        Percebo o teu ponto de vista e tens razão mas eu ainda consigo aceitar o primeiro combate pelo título mas mais que isso não até porque sendo alguem que não é campeão a vencer mas sim seja como for esperava muito mais desta feud.

        Interacção entre Bryan e o campeão mundial tem sempre que haver seja quem for o campeão até porque o Bryan tem que dizer “presente”. Mas meter-se no meio desta feud foi um enorme erro e se o Show ganhar o título no SS o Bryan desaparece novamente.

        No caso dos Los Aviadores estou de acordo contigo não tenho nada a dizer.

        No caso de Awesome Kong e Mistico estavam mais que afirmados por onde passaram mas a WWE é a WWE e quando para lá vão seja quem for tem que começar do zero e mostrar o porque das suas contratações.

      • Salgado - há 5 anos

        Em PPV, não consigo aceitar. Já no Elimination Chamber deste ano tiveste isso, acho que foi com o Kofi vs Del RIo, o Kofi tinha o IC e fizeram um combate non title, e já naquela altura não concordei xD

        Tal e qual, dizer “estou aqui, não te podes esquecer de mim”. Por mim, metam o Bryan assistir os combates do campeão a partir da entrada da arena, assim até faz uns jogos psicológicos e ajuda. Agora isto, não.

        Foi como o Bryan. O Bryan quando chegou à WWE, já toda a gente sabia quem ele era! Já toda a gente sabia o talento enorme que ele tem, mas ele começou na NXT. Muita gente contestou essa decisão mas eu concordei. Porquê? Porque o Bryan não era ninguém NA WWE. Ele tinha que se apresentar, e foi o que fez e muito bem. As pessoas quando chegam à WWE tem que fazer sucesso pelo que fazem lá, não pelo que fizeram noutros sítios.

      • Sim eu percebo o que tu queres dizer e tens razão o que apenas quero dizer é que do mal o menos, destes combates que tiveram o primeiro ainda se consegue “perceber” mas os outros não á desculpa. Acho que não estou a conseguir explicar o que quero dizer xD

        Ya ya, até acho preferivel isso do que ele se meter no meio da feud actual. Do tipo entra o contender e depois o campeão e quando o combate esta para começar toca a musica de Bryan e lança um certo olha ao campeão e depois do combate acabar ele sai como se nada fosse. Só para deixar o campeão com aquelas dúvidas na cabeça. Muito mais preferivel que a situação actual.

        Eu conheço o Daniel Bryan desde os tempos da ROH e ele era simplesmente excelente e quando vi que ia participar no NXT fiquei contente porque finalmente ele ia poder mostrar aquilo que ele realmente vale e dar combates como me habituou na ROH.

      • Salgado - há 5 anos

        Sim, já percebi, só agora, mas percebi xD

        Acho que a construção desses jogos psicológicos devia ter sido feita desde que ganhou a mala. Metiam-no numa história à parte, mas ao mesmo tempo ele andava de olho no título, sem dizer quando o vai fazer. Até podia dizer em entrevistas ao Matt Striker que já tinha decidido, e assim as pessoas estavam-se sempre a questionar quando seria. Até construía antecipação para os PPVs porque nunca se sabia quando é que Bryan o faria.

        Tal e qual, mas isso foste tu. Existiram fãs que naquela altura criticaram em tudo o quanto era lado a ofensa que era ter Daniel Bryan, O Bryan Danielson, ao lado de rookies. A verdade é que enquanto ele estava na NXT eu nunca duvidei que a WWE o resgatasse dali, e que aquilo era só para o apresentar.

      • Se não percebeste eu tento arranjar uma maneira melhor de explicar xDDDD

        O mais interessante é que podiam fazer jogos psicologicos bastante interessantes e o Bryan nem precisava sequer de abrir a boca bastava só aquele confronto olhos nos olhos e depois ia embora sem mais nem menos com um sorriso na cara, algo desse genero.

      • Salgado - há 5 anos

        Segundo o que percebi, como foi o primeiro dá-se o desconto mesmo tendo sido em PPV a partir daí é que não, certo?

        E é outra coisa, um pormenor que ficava PERFEITO nele no meio destes jogos psicológicos, é ser HEEL! Bastava fazer o turn depois de ter ganho a mala, ou que o faça agora, desculpas não hão de ser dificeis de encontrar. Eu percebo que se calhar querem fazer com ele o mesmo que RVD fez, mas ou lhe dão algo interessante o suficiente para ele fazer até à Wrestlemania ou então isto vai correr muito mal. É que o RVD só teve de esperar de Abril até Junho para fazer o cash in, este está desde julho até abril do próximo ano.

      • Basicamente é isso mesmo que queria dizer xDD

        A WWE podia apostar em muitas coisas como jogos psicologicos e ideias interessantes não são dificeis de arranjar mas não preferem dar impeto ao Bryan após vencer o MITB e depois da primeira derrota bem a descridibilização dele e agora mete-no á força numa feud va-se la saber porque xD

      • Salgado - há 5 anos

        Pessoalmente acho que é porque eles tem noção que ele é bom, e sabem que os fãs sabem isso, logo querem dar a ideia que estão a fazer algo com ele. Mesmo que não tenha lógica. Eles querem dar a entender que lhe reconhecem o valor, fizeram isso atraves da mala e agora com isto.

      • Ou seja, basicamente estão a tentar fazer os fãs de burros xD, a mostrar que sabem o valor dele e que tem algo planeado, ao que nos leva á actualidade.

      • Salgado - há 5 anos

        Oh e quantas vezes já viste isso acontecer? Só o facto de nos tentarem convencer que o Christian não merece nada já é prova disso.. xD

      • Ainda são é capazes de dizer que Christian esta a ser aproveitado que até já foi 2 vezes campeão mundial xD, EPIC FAIL xDDD

      • Salgado - há 5 anos

        Olha lá oh Tiago, essas vitórias foram para contar o livro! Pensas que não? A brincar a brincar, o Christian foi campeão duas vezes e vão introduzi-lo assim no HOF! Ele antes de 2011 nunca tinha sido campeão! Eles deram-lhe o título por causa disso e por causa do Edge. Por isso é que eu te digo, o Christian não é mais porque há ali politicas de bastidores que estão contra ele. Porque eles sabem o veterano e o talento que ele é. Dizer que ele nunca foi campeão iria ser mau no futuro.

        Foi como vitória do Rey Mysterio naquela Raw em que o Punk voltou. Foi tudo para os livros.

        É horrível dizer isto, mas é o que eles estão a fazer. xD

      • Eu sei que é isso que estão a fazer mas não deixa de ser injusto para o lutador em causa.

      • Salgado - há 5 anos

        É ofensivo à qualidade do próprio lutador.

  6. Frederico_WWE - há 5 anos

    Tas de Parabéns Salgado tiveste muito bem neste artigo como sempre.
    As noites de Sexta estão mesmo com problemas e era muito bom ires para os bastidores da wwe para ver se os ajudavas a ultrapassar isto xD
    Ora só tenho a dizer 2 aspectos: em primeiro lugar o contacto com o público é fundamental é mesmo importante conquistar o público e temos exemplo do Zack Ryder que o consegui tanto que até eu que não gostava dele agora digo muita vez: Woo Woo Woo you know it acho piada xD
    Depois tenho a dizer que concordo totalmente quando dizes que as tais vignettes (promos) são muito importantes porque conseguem cativar tanto que eu tou ansioso agora para ver o que Brodus Clay que segundo ouvi vai ter uma feud de topo na Raw, tou há espera de ver esse monstro em acção e se ele aparecesse derrepente em ringue caido do “céu” tipo Epico não teria tanto impacto, muito mal que a WWE teve nesta forma de juntar digamos Hunico, Epico e Primo embora acho que a ideia é boa pq podem fazer e até elevar no futuro a divisão tag team. Adoro a SmackDown mas a Raw é a brand que sempre gostei mais e agora ainda mais dado que a SmackDown tem agido muito mal em algumas construções de feuds tais como a do Christian vs Sheamus ou Randy Orton vs Cody Rhodes e derrepente Wade Barret ganha 2 ou 3 combates seguidos e já está num mein event da SmackDown isto antes não era assim e lá está podiam ter posto o Titulo Intercontinental em jogo e Rhodes devia manter porque a feud só serviu para mostrar que há lutadores quase acima da wwe porque são os babyfaces e isso basta: tá mal assim não se constroiem rivalidades e o Christian enerva a forma como ele está a ser mal aproveitado. Uma dica: Christian vs Sheamus vs Cody Rhodes vs Booker T pelo titulo Intercontinental.

  7. Tibraco - há 5 anos

    Além dos argumentos que referiste “contra” a nova stable, os quais eu concordo, penso que o facto de se afirmarem atacando os Usos não deixa antever um futuro brilhante a estes 3 lutadores. Eu sei que existem fans que gostam dos Usos (não é o meu caso) mas creio que é consensual que a importância deles na WWE, neste momento, é bastante pequena. Pá portanto ter uma nova stable a atacá-los não cria impacto nenhum. Os Nexus tiveram toda aquela atenção à sua volta porque atacaram o Cena. Se a WWE tivesse grandes planos para a nova stable teria escolhido outro “alvo” para a sua afirmação. Simples assim.

    Uma situação que não abordaste no teu artigo foi o Long. Penso que a sua personagem como GM está completamente esgotada e nada acrescenta ao programa. Embora não fosse a solução para todos os males acho que a WWE faria bem em apostar noutra pessoa para GM, e que esse GM conseguisse oferecer uma nova dinâmica à Smackdown.

    Bryan e Christian. Talvez os maiores injustiçados da WWE e é pena que assim seja. Os dois são , actualmente, dois sacos de porrada e não se percebe os motivos que levam a que isto aconteça. Pessoalmente gostaria de ver uma feud entre os dois mas algo bem construido de forma a dar credibilidade a ambos.

    • Salgado - há 5 anos

      Em relaçao ao Long, não disse nada porque neste momento, comparado com tudo o resto, ele é o menor dos problemas. Se a WWE já tem problemas em fazer histórias decentes envolvendo GMs para a Raw, nem sei como será se tentasse fazer isso na Smackdown. Não digo que não tenhas razão, mas acho que neste momento comparado com tudo o que em mãos, a juntar também às falhas da Raw, o Teddy Long é um assunto de menor prioridade.

      Mas não deixa de ser bem visto.

      A importância dos Usos é verdade que é pequena, que nem com os campeões se defrontam e andam lá pelo NXT, mas estão a conquistar o público a pouco e pouco. E se vires as coisas de forma mais geral, não há muitas equipas na WWE que eles pudessem ter atacado causando impacto que não prejudicasse outros. Eu não sou contra a formação da stable, acho que bem trabalhada pode ir longe, mas acho que foi muito mal apresentada.

      • Tibraco - há 5 anos

        Ah mas que foi muito mal apresentada eu não tenho dúvidas. Sou daqueles que não faço a minima ideia de quem anda a combater na FCW portanto dizerem-me que vai ser Sin Cara vs Épico ou Sin Cara vs “Zé Ninguém” é igual. Eu gosto do conceito da stable mas é preciso que seja formada por lutadores que nos digam algo e que tenham quimica entre si. E , já agora, que tenham algum objectivo como foi o caso dos Nexus.

        Uma perguntinha , se me permites. Pensas fazer um texto semelhante para o RAW?

      • Salgado - há 5 anos

        A questão é mesmo essa, um fã que paga para ver a Smackdown (seja ao vivo, seja por TV) não tem a obrigação de seguir FCW, NXT ou RAW. Por isso é que a WWE mete replays ou mostra videos quando necessário da Raw, mas por exemplo, tu não tens propaganda nenhuma (que eu tenha visto) nos shows principais à FCW. Simplesmente ignoram a sua existência. Logo a WWE tem que trabalhar para ter a certeza que todos os fãs estão ao mesmo nível de conhecimento e que as histórias estão claras e interessantes.

        Eu acho que mesmo atacando uma equipa como os Usos, que estão a ganhar atenção mas ainda não são nenhum fan favorite oficialmente, eles só não tiveram mais impacto porque ninguém sabe quem são, logo não se interessam pelo porquê. Eles desperdiçaram um momento que podia ter sido melhor do que foi.

        Sim os Nexus começaram muito bem, e acabaram uma desgraça, não foi a lado nenhum.

        Podes fazer todas as questões, propostas ou sugestões que quiseres xD É assim, nalgumas reviews que fiz de PPVs e outros artigos recentes, abordei mais coisas que diziam apenas respeito à Raw, por isso estou a investigar o assunto para ver se resta alguma coisa para dizer que eu considere importante que não tenha sido já abordada por mim. Estou é a tentar ao máximo não ser muito repetitiva. Ainda não posso responder já sim ou não, mas é uma opção que está a ser investigada.

      • Tibraco - há 5 anos

        Só perguntei porque achei que este artigo estava muito bom de se ler e abordaste vários temas que eu nunca tinha pensado. A questão de não fazer sentido ser o Mark Henry a desafiar o Bryan foi bem visto e, sinceramente, tal coisa nunca me tinha ocorrido.

        Penso que um artigo destes relacionado com o RAW seria extremamente interessante mas imagino que te custe largos minutos a escrevê-lo xD Olha , propostas não tenho nenhuma mas julgo que se existisse um fórum ou então um espaço mais vocacionado para “debates” era algo a considerar. Ou até mesmo promover esses mesmo “debates” via MSN com quem tivesse disponibilidade para tal.

      • Salgado - há 5 anos

        Eu estou a investigar isso, se achar que há informação suficiente para fazer um artigo, e que a mesma não tenha sido recentemente referida por mim, então fá-lo-ei xD

        Já não és o primeiro a sugerir o fórum, mas na história do PTW já houve fórum e isso não trouxe benefícios e sim confusões e trabalho que não recompensava. Por comentários é mais prático de moderar, e mais directo para fazer qualquer espécie de debate, basta ser direccionado com wrestling, claro. Há o espaço de debates, mas ocorre apenas em assuntos especiais e polémicos, por assim dizer. E assim cada um o pode fazer nos seus próprios termos, se estiver a ser bem feito as pessoas irão ver sempre se foram respondidas e assim aprendemos todos xD

  8. XVitorDX - há 5 anos

    Enquanto a Natalya era Face,Eu Até a respetava,mais como heel,não estou vendo mais ela como uma lutadora legal,e sim como uma lutadora invejosa,tudo que ela tem feito foi interromper promos,assim como o site da wwe publicou,pin-up wrong,elas tentaram atacar Kelly,Eve e Alicia APareceram elas sairam do palco,a mesma coisa com Eve,cortaram a Promo da Kelly,Muita Inveja para duas pessoas,Bem que mereceram ter o Carro roubado.
    Mesmo assim eu concordo Alicia não tem Carisma a mais que a Natalya,como hell até que tinha um pouco mais de ring skill,mais como face só vejo dropkicks e o novo finisher dela que nem sei o nome direito.-qq

    • Ricardo Fonseca - há 5 anos

      Rapaz, o lutador “heel” é sempre visto como o mau da fita, a Nattie Neidhart fez aquilo para que é paga neste momento. E já nao é a sua primeira “heel-run” desde que está no SmackDown!.

      Salgado, como sempre, um óptimo texto.
      PS: Li até ao fiiiim xDD

  9. Rocha - há 5 anos

    eu fui 1 daqueles que leu até ao fim e tens aqui 1 óptimo artigo!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador