Opinião Feminina #9 – Batistwo

Notícia da semana: Chegou um novo lutador à WWE: Batistwo!

Vocês devem estar a pensar que estou maluca, mas não, ainda não foi desta. Estou a usar este nome para apelidar o novo membro dos New Nexus: Mason Ryan, porque concordo com o senhor Chris Jericho. Foi ele o mentor deste nome e sinceramente não podia estar melhor escolhido, porque este senhor é na realidade muito parecido ao nosso antigo lutador da WWE: Dave Batista.

Mas comecemos do início. Segunda feira, o programa começou relativamente normal, Cena com um segmento, Miz a interromper e depois apareceram os tão esperados Nexus. É claro que com a rivalidade que os une a Cena só era de esperar que eles aparecessem. Já agora, CM Punk está perfeito naquela personagem, é pena os lutadores que tem a apoiá-lo, mas o seu talento é indiscutível.

Mas pronto, tudo decorreu na normalidade, os Nexus atacaram o Cena, mas desta vez Cena não estava sozinho aparecendo Kozlov e Santino para salvar, o que por acaso até foi uma verdadeira diferença, pois normalmente Cena costuma ficar no chão.

Mas a surpresa foi quando o misterioso GM da Raw  anunciou que iria haver um combate entre Cena e CM Punk, e os Nexus estariam proibidos de se aproximar do ringue. Admitam! Isto é algo novo! E ainda melhor foi quando Michael Cole afirmou que, se de facto, eles aparecerem iriam ser penalizados.

É óbvio que nada disto foi convincente e o que usei no parágrafo acima foi pura ironia. Passo a explicar porquê. Não há muito tempo atrás tivemos uma situação estranhamente parecida a esta. Combate entre o líder dos Nexus e o Cena, Nexus banidos, se aparecerem perdem o combate e a recompensa pela qual estão a lutar… Ainda não? Para quem ainda não chegou lá aconselho a rever as Raw anteriores ao PPV Hell in a Cell.

Para quem acompanha regularmente a WWE desde Setembro que este desenvolvimento não pode ter sido surpresa. Esta foi umas da provas que a WWE está a dar mostras de falta de originalidade. E para culminar isso, o combate acabou com a interferência de um lutador, que agrediu CM Punk para assegurar uma vitória do mesmo mas que no fim acabou mesmo por se juntar aos Nexus.

Mais uma vez, para quem acha que eu estou a exagerar, vejam o Hell in a Cell outra vez e a Raw seguinte. Lembrem-se de como é que Husky Harris e Michael Mcgillicutty entraram para os Nexus, houve diferenças, claro, mas a ideia base é a mesma.

Esta falta de originalidade começa a provocar cansaço no espectador. Onde é que está a adrenalina de sermos totalmente surpreendidos? Ou estarei a pedir demais? Já houve épocas onde realmente consegui ser surpreendida, mas parece que acontece com cada vez menos frequência. É uma pena, porque apesar de ser combinado não quer dizer que tenha de ser um desporto previsível. Assim que o senhor Mason Ryan apareceu que se estava mesmo a ver o que se iria passar, e a forma como CM Punk se disponibilizou ao levar um pontapé seu apenas reforçou esse sentimento.

Mas esquecendo por momentos como foi feita a sua introdução, a verdade é que temos um novo membro: Barri Griffiths, mais conhecido por Mason Ryan, é o actual campeão da FCW.

Já referi como é extraordinariamente parecido com Batista, resta saber se terá também as mesmas limitações.

Batista era um lutador que valia muito pelo seu aspecto. O seu trabalho in-ring era pouco variado devido à sua estrutura física, pois não lhe permitia executar manobras muito arriscadas, por exemplo: era raro vê-lo subir a uma das cordas ou até ao topo de um canto. Os seus talentos com o microfone não eram nada por aí além e na maioria do tempo, Batista estava com a personagem errada, na minha opinião. Ele passou muito tempo como face quando alguns dos seus melhores tempos foram como heel. E não só, Batista tem argumentos mais credíveis para ser tido em consideração como heel.

Fiz questão de ver combates de Mason Ryan para melhor poder falar dele, e apesar do seu fisico ser significativamente parecido ao de Batista, Mason pareceu-me ser consideravelmente mais rápido e mais flexível.Ou muito me engano ou Batista nunca deu um pontapé tão alto.

Aqui a dúvida reside no futuro deste novo elemento, irá a WWE apostar nele a sério? Irá a WWE usar os New Nexus para lançar este senhor para as luzes da ribalta? Ou irá ele cair no middle card, após a separação do grupo?

As coisas a meu ver são simples: se Mason estiver muito fraco ao microfone então está no sítio ideal para ser promovido, CM Punk é um excelente líder que se quiser consegue promovê-lo bem. Por vezes é só do que estes novos membros precisam: uma boa e indispensável promoção feita por alguém mais experiente.

Mas adianto já que não vou com muitas expectativas para observar o futuro deste senhor, pela única e exclusiva razão que a WWE está a acusar falta de ideias e nem há dois dias, estava a pensar nesta situação e surgiu-me uma ideia assustadora na cabeça: e se Mason Ryan fizesse o mesmo percurso que Batista fez quando estava nos Evolution?

Não digo já com direito a combate na Wrestlemania, nisso definitivamente não acredito, teriam que o promover muito bem e ele teria que convencer bastante em muito pouco tempo para ser convincente tê-lo em tal posição. Mas sejamos realistas, o grupo vai se separar um dia. a questão aqui é ‘Como?’

Vou explicar o porquê de achar a ideia má: não só já aconteceu como aconteceu há pouco tempo. Sim amigos, 6 anos é pouco tempo. Se eles seguirem por ai, acreditem que muita gente irá notar isso. Já se notou a WWE repetir coisas que usava no passado, mas isto seria simplesmente abuso.

Sinceramente, não sei se o farão mas é uma possibilidade que não me agrada de todo. Este rapaz já é demasiado associado ao Batista, não precisa de mais. E acredito que possa ser bem utilizado. Já afirmei que não tenho boas expectativas em relação ao seu futuro, mas apenas pela forma como a WWE o apresentou. Foi uma maneira que também não me suscita muita curiosidade de seguir.

Num futuro próximo, acho que ele vai ser usado da mesma maneira que Ezekiel Jackson é usado nos The Core: para ser o elemento da força bruta. Para assustar um pouco mais e assim tornar o grupo mais poderoso. É óbvio que Mason entrou ‘a matar’ e sinceramente acredito que ele seja assim usado. Não me surpreendia se o visse a medir forças com Cena e talvez deixar o segundo algumas vezes no chão.

Por agora, mantenho-me céptica. Que me dizem disto?

Até para a semana! :)

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

15 Comentários

  1. Vamos lá ver o que é que este “Batista” tem para oferecer. Eu estou confiante que possa sair daqui algo bom…

  2. Tiago Silva - há 6 anos

    1º esta um bom artigo sem dúvida.
    Mason Ryan nos Nexus vai ser como os rookies no NXT, vai ter que se mostrar a valer para no fim do grupo ele ter lugar a solo. Acredito que ele singre na WWE, o físico ajudo-o sem dúvida e durante a estadia nos Nexus melhorar em ringue e no micro, ou seja, os Nexus para Mason vai ser a prova de fogo. Mas tambem não me surpreende mesmo que não o aproveitem depois

  3. DavidMoreira - há 6 anos

    Parabéns Salgado, artigo muito bem escrito ;)
    Estou ansioso para ver como se comporta o Ryan em ringue!

  4. Rui Miguel - há 6 anos

    Eu adorava quando o Batista estava nos evalution, mas quando ele virou face n deixei de gostar dele, pelo contrario, sempre o apoiei e n gostei nada q ele tivesse saido da wwe.
    Quanto a este gajo inda n vimos nada…

  5. Joao Marcos - há 6 anos

    Este é o Mason Ryan e não o Batista 2. Acho que não é bonito dizer, que aquele é o novo Batista ou o novo John Cena etc…

    • Miguel Guerra - há 6 anos

      100% Apoiado :)

    • Salgado - há 6 anos

      que é o segundo batista ou não, não sei, mas que:
      1º é demasiado parecido para ser coincidencia
      2º tem agido bastante como o verdadeiro batista, o que sinceramente acho que não fica por aqui.
      É verdade que ele é o Mason Ryan agora a forma como o vao usar é que o vai definir

    • Rui Miguel - há 6 anos

      Também apoio essa observação a 100%

  6. Mr. Gay - há 6 anos

    O Batista tambem começou a ter grande destaque numa stable, os Evolution. O Batista teve a sorte grande graças ao booking que lhe deram, pois como disses-te, ele era limitado em ringue e no micro nao é nada de extraordinario. Teve foi um booking certo e arriscado por parte da WWE que fez o seu melhor worker na altura perder no main-event da WrestleMania. Se o Mason Ryan for crdibilizado enquanto estiver na stable e lhe forem dadas as vitorias nos momentos certos (Batista venceu a Rumble) e o booking certo, o tipo pode chegar la.

    Mas o que interessa por agora é que CM Punk se solidifique finalmente como um main-eventer. Se o Mason falhar, paciencia, pois ja nao é o primeiro powerhouse a dar-se mal.

  7. Chazz_Princeton - há 6 anos

    A mim parece-me que o Mason Ryan é o que mais apoia o CM Punk, mas também ainda não vimos nada.

    Acho bem possível o Mason Ryan ser uma maneira para voltar a por Batista na WWE, e com uma possível feud ou stable entre estes dois, é uma boa maneira também de elevar o Ryan.

  8. Nesta última RAW o Mason Ryan acabou por me desiludir um nadinha na promo in-ring e backstage.

    Na in-ring falou um pouco baixo e sem convicção…

  9. Fábio Vaz - há 6 anos

    o Batista mesmo nao usando golpes muito artisticos, sempre foi um dos mais aplaudidos pelos WWE fans, sua postura em ring e sua força bruta eram essenciais para suas lutas, WWe realmente é um show, me respondam algo, onde vcs acompanham a WWE?

  10. Rocha - há 6 anos

    concordo ctg qd dizes q o batista é melhor a heel do q a face. n é q fosse 1 mau face, mas com o passar do tempo tornava-se aborrecido e irritante.
    mesmo assim, gostava q voltasse aos ringues.
    acerca deste novo membro dos nexus, já o vi a competir na fcw e n me impressionou, mas claro q tb n é mau wrestler. cá estarei para ver.
    artigo bem escrito. continua!!!

  11. General Manager - há 6 anos

    vejo 1 bom futuro po animal 2

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador