Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Pensamentos #44 – A falta que eles fazem!

Bem-Vindos á 44ª edição do Pensamentos. Esta será, pelos menos num futuro próximo, a minha última crónica no WPT! A vida é complicada e todos nós precisamos de trabalhar para nos sustentar-mos. A vida profissional está em primeiro lugar! Quero agradecer a todos vós, que leram as minhas asneiras durante estas 44 edições! Foram todos vocês que me motivavam a escrever! Um obrigado a todos!

Hoje vou de falar de “algo” que poderia ter acontecido! Por outras palavras, vou tentar “adivinhar” um futuro, que seria o presente neste momento. Parece confuso, mas não é: vou falar de lutadores que já faleceram, mas que hoje em dia poderiam muito bem ocupar um lugar de destaque. Um por um, vou analisar a situação “O que foi” e a situação “O que poderia ter sido”.

Brian Pillman

O que foi: Brian Pillman foi um lutador com um enorme talento.Extremamente carismático, Pillman teve uma carreira bastante promissora, chegando mesmo a ser considerado um candidato a subir ao Main-Event, tanto na WCW como na WWF. A sua agilidade no ringue era incrível! Parecia um elástico. Mas tudo isto foi interrompido, quando um ataque cardíaco fulminante lhe tirou a vida. Pillman, apesar de todo o talento do mundo, nunca chegou a passar de “promessa”.

O que poderia ter sido: Pillman era um grande enterteiner. Não sendo muito grande nem pesado, mas tendo um arsenal de manobras explosivas, Pillman poderia ter sido colocado na Friday Night SmackDown, para lutar na divisão de cruserweights ou na divisão de heavyweights. Na minha opinião, Brian poderia ter, por esta altura, pelo menos um titulo mundial. Ou pelo menos um currículo muito mais recheado. O “Losse Canon”, como era conhecido, poderia ter uma carreira digna de Lenda e entrar no Hall of Fame, sem dúvida alguma!

Owen Hart

owen

O que foi: O apelido diz tudo! Owen fez (ou ainda faz) parte de uma das melhores famílias de sempre, no que a wrestling diz respeito. Filho de lendário Stu Hart e irmão do ainda mais lendário Bret Hart, Owen foi treinado na famosa Masmorra da Família  um sítio durissimo, onde foram treinados centenas de wrestlers. Owen tinha o pacote completo: Corpo, talento, carisma e uma paixão enorme pela indústria. Os seus combates contra Triple H e o seu irmão Bret são considerados dos melhores de sempre. Campeão de Tag Team, Intercontinental e King of the Ring, Owen apenas “falhou” a conquista de um titulo mundial. Porque no seu último dia, Owen caiu de uma altura de 24 metros, batendo em cheio com o peito num poste do ringue. Nessa noite, Owen foi levado ao hospital, onde viria a falecer.

O que poderia ter sido: Como já referi, apenas faltou um Titulo Mundial ao recheado currículo de Owen. Mais cedo ou mais tarde, ele chegaria. O talento de Owen era demasiado elevado para que não acontecesse. Imaginem este cenário: Wrestlemania. Bret Hart vs Owen Hart, WWE Championship. A coroação de Owen como “o maior”! Seria um momento épico, ver Bret e Owen, abraçados no ringue, a comemorar a vitória de um sobre o outro! A passagem da tocha.

Mr Perfect Curt Henning

mr perfect

O que foi: Simplesmente perfeito. No ringue, no microfone, na mesa dos comentários…. Curt fazia tudo parecer fácil. Tudo era simples. Dono de uma capacidade de entreter fenomenal, Curt teve uma carreira fabulosa, coroada com a conquista do Titulo Mundial da AWA e com a entrada no Hall of Fame da empresa. Mas poderia ter sido muito melhor, pois fosse por decisões administrativas, vontade do próprio ou outras razões, Curt não conseguiu cimentar-se como estrela de topo na WWE! Nunca aconteceu. Apesar de ter duas passagens distintas pela empresa, a segunda foi a mais marcante, porque foi a última vez que o vimos no topo. Poucos meses depois de regressar, Curt foi despedido depois de estar envolvido num incidente durante um viagem de avião. Cerca de 1 ano depois, Curt foi encontrado morto. A perfeição extinguia-se…

O que poderia ter sido: Sinceramente, não me parece que o futuro de Curt, se não tivesse falecido, seria muito risonho, pelo menos no que a WWE toca. O seu despedimento, aliado a um vicio monstruoso por drogas e álcool  destruíram boa parte da carreira de Curt, chegando mesmo a ser detido por conduzir sob a influências várias e outros tipos de incidentes. Seria necessária uma cura lenta e dura, para que os grandes palcos surgissem novamente. Ninguém sabe o que seria…

Umaga

umaga

O que foi: Um dos meus lutadores preferidos. Umaga era um monstro destruidor, que apenas se preocupava em magoar e derrotar o seu adversário. Atropelou grandes estrelas, como Flair, Cena, Kane, Lashley, entre muitos outros. A sua personagem era perfeita: Uma mistura de um corpo massivo, aliado a um estilo agressivo e uma fúria fora do vulgar, fizeram de Umaga um lutador de grande sucesso. Mas, e tal como alguns de que já falei hoje, faltou o Titulo Mundial, para coroar um chave de ouro, mas que esteve perto de vencer contra….John Cena! Apesar de tudo, Umaga pode ser considerado um dos melhores lutadores samoanos da história, e um dos melhores monstros da história da WWE. A vida foi-lhe retirada com um ataque cardíaco.

O que poderia ter sido: Quando faleceu, Umaga estava em excelente forma. Poderia ter dominado a SmackDown como “Super-Heel” e ter conquistado vários titulo importantes. Ainda jovem, mas com larga experiência no wrestling, Umaga era um lutador perfeito para ter combates mais duros, onde o herói tem de sair por cima, depois de ser esmagado. De uma maneira diferente, Umaga poderia ser uma espécie de Samoa Joe, pois poderia ser mais “humano”. Falar ao microfone, seria essencial e mostrar mais emoção iria trazer algo mais a Umaga!

Eddie Guerrero

eddie

O que foi: Um verdadeiro herói. Eddie foi uma estrela que brilhava sempre que entrava no ringue. Na ECW, na WCW, na WWE, por onde Eddie passava, a magia seguia-lhe. Alcançou enorme sucesso e conquistou o respeito de milhões de fãs por todo o mundo. entretendo como ninguém e dando tudo, todas as noites. A sua carreira foi coroada com a conquista do Titulo da WWE em 2004, quando numa arena cheia de fãs, Eddie cimentou-se como uma lenda. Derrotou os seus demónios (droga e álcool . Mas foi com uma tristeza enorme e com um estrondo, que no dia 13 de Novembro de 2005, a WWE anunciou que Eddie tinha sido encontrado morto num quarto de hotel. Milhares de fãs choravam assim a perda de uma das maiores estrelas de sempre, que se encontrava no auge e que tinha ainda muito para dar. O Fogo Latino apagava-se para sempre….

O que poderia ter sido: Eddie deixou-nos aos 38 anos. Ainda teria um belos anos de ringue pela frente, apesar do seu corpo estar bastante castigado e cansado devido aos abusos ao longo dos anos. Apesar disso, Eddie parecia estar em boa forma, tanto fisica, como mentalmente, pois vivia em paz consigo próprio. Eddie teria dominado a SmackDown, sendo campeão mais vezes e elevando jovens. Mas mais do que isso, Eddie teria continuado a conquistar o coração dos fãs. Uma lenda viva, que viverá para sempre no coração de todos nós.

Sempre de forma trágica, todos estes grandes talentos nos abandonaram. Encararam o destino cedo demais, deixando milhões de fãs tristes para trás, legados por construir, carreiras por cimentar. Vidas de excesso, pintadas por sucesso e escuridão, glória e sofrimento. Mas todos eles tiveram uma coisa em comum: Deixaram uma vazio no coração dos fãs que nunca poderá ser preenchido. Mas como todos sabemos, esta profissão é um grande risco, que nem todos são suficientemente fortes para aguentar.

Paz a todos os que já faleceram, depois de nos entreter durante anos a fio!

PS: Deixei muitos de fora, que também faleceram, mas não podendo falar de todos, apenas mencionei os mais bem sucedidos! A quem se pergunte, não falei de Chris Benoit, pois considero demasiado macabro o fim que Chris teve! Paz á sua alma!

See you along the road, here on WPT!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Pensamentos”.

14 Comentários

  1. RuiFerreira222 - há 4 anos

    Muito bom artigo! Gostei mesmo muito :) Fizeste bem em não mencionar Chris Benoit, pois afinal, foi mesmo um final macabro. R.I.P

  2. André Santos - há 4 anos

    Bom Artigo, respeito as tua opinião acerca de Mr Perfect, mas discordo num ponto, e falo porque é e será um dos meus favoritos juntamente com bret hart, acho que ele teve oportunidade para ser world champion mal o seu reinado de intercontinental champion acabou, pelo menos ter uma carreira ao nivel de bret hart ou shaw michaels, o que acbou foi ter ido para a wcw que não evolui , mas tal como tu dizes por outras razões e os vicios assim não o ditaram….

  3. TWWE - há 4 anos

    Onde esta Chris Benoit

  4. danielLP21 - há 4 anos

    Olha RicardinhoO,deixaste o melhor para o fim.

    Pelo menos para mim,foi o teu melhor artigo entre aqueles que eu li.

    São todos grandes nomes,e certamente todos eles iriam ter muito mais do que aquilo que já tinham,principalmente o Owen Hart e o Brian Pillman.

  5. Vinícius BullyMiz Nunes - há 4 anos

    Grande artigo Ricardinho, foi o seu melhor, pelo menos na minha opinião, acho que só faltou o Chris Benoit mesmo, mas citou grandes personagens, e é sempre bom relembrar esses grandes lutadores que nos deixaram tão cedo.

  6. The Charismatic Enigma - há 4 anos

    Não cheguei a ler muitos dos seus artigos mas, este é um dos melhores que ja li.Muito interessante e concordo contigo, Eddie Guerrero, Umaga e Owen Hart nos proporcionariam mais momentos a serem lembrados se pudessem continuar a vida mas, o destino assim quis e são grandes perdas, ficaram pra sempre na memória dos fãs, e deixaram um vazio, porque tinham muito ainda pra fazer.

    Lembrando agora dos momentos do Umaga, não acredito que ele nunca foi campeão da WWE ou mundial…

    R.I.P Samoan Bulldozer

  7. RikyStorm - há 4 anos

    Grande artigo concordo com tudo , e para todos eles R.I.P

  8. David Villa " maravilla " - há 4 anos

    apesar de tudo o chris era incrivel :(

    para mim o melhor apesar de nao ser mencionado! paz à sua alma como disses te :(

  9. Eliel Junior - há 4 anos

    imaginem se eles estivessem vivos ainda..o eddie e o umaga talvez estariam lutando,mr perfect poderia estar ajudando seu filho o mcgillicutty..owen hart provavelmente estava aposentado..a wwe esta certa a cortar o chris benoit de todas suas publicaçoes,o que ele fez e desumano.ele que era espetacular no ring,tinha um belo futuro no ring,infelizmente aconteceu esse fato catastrofico.

  10. Mister m - há 4 anos

    O teu melhor artigo, gostei muito de ler :)

    Grandes nomes do wrestling infelizmente que já faleceram, quem sabe como seria as coisas agora, poderiam ser bem diferentes.

  11. The_Great_White - há 4 anos

    Gostei sim do artigo… Mas é uma pena que pare de escrever, pois teus quadros são, além de divertidos, muito bons de se ler… As vezes gasto menos tempo lendo um de seus quadros do que lendo o resumo do Raw xD

    É uma leitura bem divertida e prazerosa de se ler… Meus parabéns por este dom, e espero que volte a escrever posteriormente.

  12. special one - há 4 anos

    um dos meus favoritos Umaga infelizmente esta na lista… era excelente em tudo no ringue com o corpo que tinha…ele executava dropkicks!! No fim antes de ir para reabilitação estava a sofrer uma pequena mudança na personagem, ou seja falar!! Nesta altura seria main eventer sem duvida e podia-se estar a falar de Umaga vs D.Bryan, o que seria épico

  13. Master of Chaos - há 4 anos

    Com toda a certeza. Este foi um dos seus melhores artigos, continue assim Ricardo.

    Lutadores como Eddie Guerrero são difíceis de encontrar, pois nenhum Cena se compara a alguém tão carismático como ele. Foi uma pena que ele partiu. RIP Eddie Guerrero.
    Umaga foi muito bom, mas lhe faltava mic-skills como disseste, ele era um gigante em ringue. Alguém que se parece muito com ele é Tensai, mas este não teria o mesmo efeito. Ou estou errado?
    Brian, Owen e Curt. Três lutadores que nunca saem de minha memória. Eu já tinha me esquecido de quem foi o Brian e tu me lembraste. Aquele homem parecia um ginasta, como disse ele era elástico e tinha uma grande agilidade, que falta ele faz.
    Owen Hart foi esplêndido, sua gimmick era ótima, mas seu acidente foi muito triste. Naquele Over the Edge, depois de sua morte confirmada, ninguém sorriu mais por um tempo.
    Curt tinha aquele vício terrível com álcool e drogas como tu mesmo mencionou, por isso é muito ruim ter lutadores assim em sua empresa. Mas realmente, seu talento era grandioso, e é outro que seu estilo faz falta,

    A todos vocês e outros que não fram mencionados. RIP

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador