Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Pensamentos #64 – O que me vai na cabeça!

Ka… me…. ha…. me…. haaaaaaaaa!!!!!! Pronto, agora que já destrui um rochedo de 15 toneladas, sejam bem-vindos á 64ª edição do Pensamentos, uma crónica que apoia todos os brasileiros que lutam pelos seus direitos. Falando muito a sério, eu como pessoa que sou, não a personagem RicardinhoO, mas eu Ricardo Ramos, desejo que o Brasil e os Brasileiros, que existem em grande número na nossa comunidade, consigam ultrapassar esta crise que o país está a sofrer. Bola para a frente…

Aviso: Esta crónica trata-se de uma libertação de algumas coisa que me vão na cabeça. Não lhe chamaria desabafo, mas é algo parecido. Quando estiverem a ler, não se espantem que eu mude de assunto assim do nada ou que o que eu diga não faça sentido…

Ora bem, eu como tenho muito tempo livre, andava a ver um vídeos e tal e deparei-me com umas coisas bonitas que o Fatt, quer dizer Matt Hardy anda a fazer na sua conta do Youtube. Depois de tudo o que se passou quando este estava na WWE e depois na TNA, as constantes detenções, a droga e o álcool, parece que o Hardy mais velho finalmente atinou e andava a fazer umas coisas engraçadas. Mas não é dele que vamos falar hoje. Ao ver esses vídeos do Matt Hardy, comecei a pensar em muitos lutadores. Lutadores esses que quando abandonam a maior empresa do mundo, têm de relançar as carreiras, aproveitando o facto de terem ganho fama como lutadores “grandes”. Mas nem todos são assim…

hardy

Se formos estudar o assunto, são tantos os casos de lutadores que chegam á WWE, não singram e voltam a sair pela porta pequena, voltando, na grande maioria das vezes, ás empresas independentes de onde sairam antes de terem entrado na WWE. Recentemente, quase 100% dos casos de lutadores independentes que entram na empresa, são provenientes das maiores empresas independentes, estando a ROH na frente dessas empresas. A empresa de Chicago tem sempre um plantel de lutadores excelentes, que cada vez mais são cobiçados pelos grandes empresas e que na maioria das vezes, os contratam. Mesmo na TNA, o caso, mesmo sendo mais leve, é um facto, pois lutadores como Zema Ion, Samoa Joe e Austin Aries, foram grandes estrelas na ROH antes de entrarem na empresa de Orlando. Mas voltando ao tópico do assunto, a pergunta impõem-se: entrar na WWE significa fama, fortuna e carreira feita?

Resposta rápida: nem pensar. Chegar á WWE é um grande orgulho, merece ser saboreado, mas nunca se deve tomar isso como o “fim” da tentativa de chegar ao topo. Centenas de wrestlers entraram e sairam da WWE, sem passarem sequer de jobbers. Um dos casos mais gritantes de que me lembro é de Paul London. Antes de entrar na WWE, London era um dos lutadores mais famosos do México e do wrestling independente. Entrou na empresa como um Cruserweight, foi campeão de Tag Team e acabou por sair. London era/é um lutador extremamente talentoso, que sacrificava o seu corpo, mas não era como o Vince gosta, ou seja, balões inchados. Nem todos são, como CM Punk, mas não podemos comparar o carisma de um Punk com um London. Claro que muitas vezes a culpa de um lutador não ter proveito é da empresa, que na maioria das vezes e por uma merdinha de nada, encosta o lutador, derrota atrás de derrota até ser despedido ou ter um push que recupere a sua carreira, mas mesmo assim, o mais certo é ser despedido.

O caso mais recente de medidas destas é o de Antonio Cesaro. O homem teve um reinado como campeão que apesar de não ter sido assim tão bom, também não foi tão fraco como muitos pensam. Apesar disso, umas exibições menos conseguidas levaram a WWE a encostar Cesaro. Antonio é um lutador com uma técnica muito suave, talento e carisma, que a WWE está a desperdiçar por mera casmurrice. Eu comparo a WWE a um clube de futebol: Quando um jogador está a jogar bem é o melhor do mundo, se tiver 2 ou 3 jogos menos conseguidos, vai para o banco e já não presta. A WWE é assim, muito por culpa dos egos de Vince e Stephanie, que é boa como tudo, mas dentro da empresa, como chefe, não vale um cú e é uma egocêntrica. E isso viu-se na semana passada, quando esta passou um raspanete nas Divas, porque supostamente, alguém no backstage a interrompeu. Por favor, isso não é mandar, isso é fazer birra. O mesmo se passa com o Vince: Quando os ratings estão bem, é um espectáculo, todos são os melhores, os ratings descem, começam os despedimentos. Não é assim que se cria regularidade numa empresa…

Uma coisa que me enerva extremamente é o desrespeito pelos títulos que os lutadores têm. Quantas e quantas vezes vemos um lutador com um titulo nas mãos ou no ombro e quando começa uma luta ou uma promo mais “raivosa”, pega no titulo e atira-o para o chão ou para fora do ringue como se o cinto fosse lixo? Pior ainda é ver lutadores a chutar os títulos, coisa que o Stone Cold tinha muito a mania de fazer! Então, gasta.se algumas centenas de dólares nos cintos, são o expoente máximo a que um lutador aspira chegar, principalmente os mundiais e depois anda-se a tratá-los como lixo? A pontapeá-los? Para isso metam lá um cinto de pele de de sapato que vale o mesmo, se é para tratá-los como porcaria…

Por falar em coisas lindas, a Kayltin mostrou metade de um mamilo na Raw e segundo alguns relatos, o Vince ficou furioso. Olha Vince, eu digo-te uma coisa, a maioria dos fãs gostaram do viram, porque raio ficas-te furioso? Porque as criancinhas viram? Opah, deixa-te disso! A moral que tu tens para ficar chateado é zero, afinal, ainda não foi há muito tempo que tu aparecias na tv a comer a Candice Michelle, a apalpá-la sem pudor nenhum. Por isso, se ficas-te chateado, tens bom remédio: fecha os olhos.

Ainda estou para perceber porque raio a WWE está a colocar Mark Henry na corrida ao titulo e ainda por cima dar-lhe um combate pelo titulo no MITB. Com tanta gente para colocar lá, vão colocar o Henry, só porque ele está a pensar reformar-se e querem que ele tenha uma “despedida” bonita? Daniel Bryan, esse sim deveria lá estar! É o lutador que neste momento mais merece essa oportunidade. Se não queriam o Bryan, virem o Orton heel e coloquem-no contra o Cena. É repetido, já aconteceu milhares de vezes, mas ao menos esses dois conseguem dar-nos uma rivalidade em condições, principalmente a nivel de promos, porque um Orton heel não dá o sono que o Orton face. Agora sono mesmo dá o Mark Henry, que apenas será compreensível a sua presença no combate pelo titulo se for derrota, mas dar porrada em Cena no fim e um Bryan vencedor de uma das malas aparecer e cobrar para se tornar campeão. Sonho? Ao menos deixem-me sonhar…

See you next week, here on WPT!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Pensamentos”.

13 Comentários

  1. Rubinho16@ - há 3 anos

    Não concordo quando dizes que o Henry não devia estar na corrida ao título…
    Depois de 20 anos de talentos desperdiçado, o Henry merece uma oportunidade, e a sua promo na RAW a seguir ao Payback foi a prova! Nada te garante que o Henry vá ganha, e até pode servir para deixar o Cena KO e o Bryan (caso vença a mala) fazer o cash-in!
    De resto, acho que concordo em quase tudo contigo, menos na parte de o Vince não ter mural nenhuma. É certo que o velho já “fez das suas” mas eram outros tempos, eram tempos em que vias o Viscera a fazer que “enrabava” a mãe do Shelton Benjamin, eram tempos em que vias o Stone Cold com o dedo no meio a toda a gente, enfim, eram tempos de “attitude”! Com a vinda da PG Era é normal que o Vince fique um pouco chateado com estes casos.

  2. Frederico_WWE - há 3 anos

    “O homem teve um reinado como campeão que apesar de não ter sido assim tão bom, também não foi tão fraco como muitos pensam. Apesar disso, umas exibições menos conseguidas levaram a WWE a encostar Cesaro. Antonio é um lutador com uma técnica muito suave, talento e carisma, que a WWE está a desperdiçar por mera casmurrice. Eu comparo a WWE a um clube de futebol: Quando um jogador está a jogar bem é o melhor do mundo, se tiver 2 ou 3 jogos menos conseguidos, vai para o banco e já não presta”.

    Sim o Cesaro transborda carisma realmente… e em que mundo é que um lutador por ter 2 ou 3 combates menos conseguidos é encostado? Não sabes que na WWE as coisas mudam rapidamente e uma má fase ou alguma má história dada a um lutador pode ser ultrapassada num piscar de olhos? Portanto isso do ser encostado tem tudo uma razão… e não vamos dar os egos dos McMahon como desculpa ou és tu que estás há 50 anos a lidar com lutadores, escritores criativos, etc? Que eu saiba o sucesso da WWE é conhecido e se eu construísse um império daqueles se calhar também seria um pouco egocêntrico não?

    “Ainda estou para perceber porque raio a WWE está a colocar Mark Henry na corrida ao titulo e ainda por cima dar-lhe um combate pelo titulo no MITB. Com tanta gente para colocar lá, vão colocar o Henry, só porque ele está a pensar reformar-se e querem que ele tenha uma “despedida” bonita”?

    LOOOL… o Bryan não vai ter a sua oportunidade? Então este é o momento do Henry…

    Sempre fui conhecido aqui por ser sincero e dizer verdades e já elogiei muito diversos artigos e diversos escritores de artigos… mas se tenho que ser sincero eu acho que o Pensamentos já não é um artigo que valha apena… mas esta é a minha opinião claro.

    • José Sousa - há 3 anos

      Fred concordo na substancia no que dizes. Ou seja o Cesaro não tem carisma algum desculpem mas não tem. É um facto. As expressões faciais, as promos tudo é fraco. Não é por mero acaso que o colocaram com o Colter, é para ver se o Colter o torna relevante fazendo impacto fora do ringue por ele.

      O Henry foi brutal semana passada, e nesta Raw nas promos. E o Bryan não vai ter uma oportunidade? Claro que vai, com ou sem mala o Bryan vai ser o próximo campeão da WWE.

    • Mario Magalhaes - há 3 anos

      Sobre o Cesaro ele é um bom lutador tecnicamente, mas infelizmente falta-lhe carisma, espero que o Colter possa elevá-lo, considero que seja sua última chance.

      Sobre o Henry eu achava que seu momento deveria ter sido após a Wrestlemania e ter sido o adversário de Cena no PPV Extreme Rules e depois sim deveria ter colocado Ryback na rivalidade, mas isto é apenas uma opinião minha. Eu teria invertido a ordem das rivalidades de Cena, tendo colocado Henry no Extreme Rules e depois Ryback no Payback e no Money In The Bank e até poderia ser Henry vs Jericho no Money In The Bank, porque o efeito destruidor seria o mesmo.

      • José Sousa - há 3 anos

        Já achei o Cesaro favorito á mala da Smackdown. Mas sabendo agora(pelo menos eu) os nomes, eu só o consigo colocar como outsider.

    • akujy - há 3 anos

      COncordo contigo, Fred. Realmente acho que foi um mau artigo, fruto de se ter decidido publicar um desabafo. Ficou a imagem de um smart mark com a mania que sabe tudo, mas dps s ve q nnc tem razaa. Msm q isso n seja vdd, foi a imagem que ficou. E com muita gente por aqui que gostava de publicar regularmente, é triste ver linhas perdidas assim. De qualquer forma estarei confidante que no próximo artigo ja terás recuperado a calma e ja estaras de volta a outos patamares. Até lá me despeço.

  3. Muito Bom Artigo!

    O Espetaculo que seria o D-Bryan cobrar o MITB no Cena ou Henry depois do combate deles…

    Queria que o Punk ganhasse mas acho que com esta História do Brock Lesnar ele não ganhe porque é capaz de ainda vai apareçer o Lesnar no combate e empedir o Punk de ganhar o que era algo que iria aumentar esta Feud entre os Paul Heyman Guys.

  4. danielLP21 - há 3 anos

    Não sei qual foi a parte do artigo que me deixou mais estupefacto: se a parte em que o Cesaro tem carisma, se a parte em que o Mark Henry dá sono…

    Concordo que o Vince McMahon não tem razões para ficar chateado com o “nip slip” da Kaitlyn. Não tanto pelo passado ele, mas apenas porque foi um acidente. E acidentes podem acontecer com qualquer um em qualquer Era… Ainda assim, nada nos garante que o Vince ficou chateado. Há por aí muitos rumores, daí a criticar-se o Vince por algo que pode nem ser verdade…

  5. Santyago - há 3 anos

    Se na net existe um rumor sobre algo, passa a ser verdade absoluta.

    Discordo em muitos pontos deste artigo.

    Em relação ao Cesaro, ele teve uma oportunidade, o problema é que o seu reinado não foi relevante. Foi-o no início, mas no final estendeu-se demasiado que se tornou irrelevante o mesmo reinado. Actualmente, juntaram-no com o Zeb Colter, e pode ser que possa sair algo positivo. Ao menos encontra-se activo e tem um bom manager, se tiver uma boa storyline, ainda melhor.

    Quanto a carisma, viu-se o público a reagir com ele.

    Quanto ao Henry, ele dá sono? Ele é actualmente um grande heel, um monster heel relevante que faltava na WWE. Faz boas promos, e ainda conseguiu uma na semana passada. Além do trabalho que fez na WWE, ele bem merece esta oportunidade. O seu reinado como WHC foi dos melhores nestes últimos anos, que foi quando adoptou a sua gimnick de Hall of Pain. Foi ele que ajudou a que Sheamus se tornasse face, foi o ele que participou na storyline para que o Daniel Bryan se tornasse WHC.

    Além de que ele domina os WHAT chants com uma classe

  6. LuisMPBO - há 3 anos

    Os teus inícios são demais LOL
    Agora falando do que importa, não concordo com muitas coisas que disseste nesta edição, mas não vou estar a enumera las porque já foram todas ditas nos outros comentários.
    Esta edição foi mais fraquinha foi, mas não deixo de gostar dos teus artigos. Há semanas assim. Alem disso, quando esta dependente de opiniões estamos sempre sujeitos a que não concordem comnosco. Assim como assim, estamos aqui para isso, para debater opiniões.

  7. rrgronaldo - há 3 anos

    Concordo com tudo menos no que toca ao Henry acho que o que estão a fazer com ele é perfeito e ainda por cima ele é um optimo hell e pela carreira que fez a unica coisa que lhe faltava ter para poder ir embora como um verdadeiro futuro candidato ao hall of fame é o wwe championship e é o que se vai suceder no MITB apenas lamento que ele se vá embora como hell.

  8. Filipe - há 3 anos

    Discordo em relação ao Mark Henry. Sim, o Daniel Bryan merece estar na corrida pelo título da WWE, mas quase de certeza ele vai ganhar o Money In The Bank e vai cobrar no SummerSlam (Dizem os rumores). Voltando ao Mark Henry, penso que ele é o melhor Heel que a WWE tem neste momento. Estas últimas duas semanas ele teve promos espantosos e para um lutador com aquelas dimensões e com as lesões que tem tido ultimamente, penso que o trabalho de ringue dele é bastante bom. No PPV, de certeza que não vamos ver um clássico de wrestling, mas penso que vai ser um combate bastante sólido. Em relação ao Antonio Cesaro, eu acho que ele é um excelente atleta e se a WWE o acha “enfadonho”, talvez pudesse pensar em chamar o Chris Hero (ou Kassius Ohno) e assim tinhamos de volta os Kings Of Wresting, Tag Team que brilhou na ROH e que seria uma precisosa ajuda para a divisão de duplas.

  9. El Shaarawy92 - há 3 anos

    Eu concordo que seja o Henry a desafiar o Cena!!! Já o deveria ter sido depois da wrestlemania pois vencer o Ryback na mesma!! E Henry nao seria claramente um candidato à conquista de uma mala e a wwe nao quis colocar nenhum potencial vencedor contra o cena e desta forma aumentam um pouco a imprevisibilidade do combate mitb!! Porque se estivesse Henry nesse combate e nao outro que lá está certamente que seria um nome a nao ter em conta para a vitoria na minha opiniao!!!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador