Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Pensamentos #66 – E Se?

Ora ora, chegamos á edição que vocês podem trocar os números que fica exactamente na mesma. Seja bem-vindos á 66ª edição da crónica mais linda e bem cheirosa da zona… Ok, vamos falar de wrestling!

Ora bem, já todos nós que gostamos de wrestling nos perguntamos sobre qualquer coisa que aconteceu, se não tivesse acontecido. Por exemplo, já todos pensamos “E se a WWE comprasse a TNA?”. Coisas assim. Pois é exactamente disso que vamos falar hoje, dos “E Se’s” do mundo do wrestling. Vou dividir o assunto em vários pontos, desenvolvendo cada um deles.

wcw

E Se a WCW não tivesse “terminado”: Todos sabemos que Vince comprou a WCW. Na altura, a empresa passava por enormes problemas, tanto a nível de dinheiro, como a nível de audiências, talentos, basicamente tudo. Ted Turner desistido do wrestling e vendido os seus direitos a uma outra empresa. No entretanto, Eric Bischoff estava a reunir dinheiro para comprar a empresa, mas Vince adiantou-se e mesmo com uma proposta extremamente baixa, comprou a empresa e todos os seus direitos. Depois todos sabemos o que aconteceu: o Angle da Invasão, a compra de Shane McMahon, o titulo da WCW reactivado e no fim…foi mesmo o fim. A WCW acabou por desaparecer completamente e hoje em dia o único resquicio da empresa é o aspecto do World Title da empresa.

Então e se Eric tivesse comprado a WCW? Ou outra pessoa que não Vince? Será que a WCW ainda estaria activa? É muito difícil de dizer, pois como já disse, a empresa, na altura, passava por uma crise a todos os niveis. Mesmo que tivesse sido comprada por outra pessoa, nunca mais a WCW seria o que então tinha conseguido ser: maior que a WWF. Talvez hoje em dia a empresa ainda estivesse activa, mas nunca com a grandeza que um dia teve. Talvez fosse mais uma empresa “indy” do que outra coisa. Mas e se tivesse sido comprada por um milionário? Bem, nesse caso talvez ainda tivesse alguma salvação, ou pelo menos mais margem de manobra para trabalhar, mas mesmo assim, seria extremamente difícil reerguer a empresa, pois muitos dos talentos iriam rescindir contrato antes da empresa ter sido vendida. Seria viva hoje, 2013? Eu acho que não!

E Se a ECW não tivesse “fechado”: Ora, este ponto é muito simples de explicar. A ECW tinha de acabar. Não havia volta a dar. A empresa estava completamente falida. Com zero dólares em caixa. Os talentos tinham dividas enormes para receber (algumas ainda existem hoje, como Dreamer que ainda tem a receber quase 100 mil dólares). Paul Heyman andou a mentir durante semanas aos lutadores, dizendo que estava a arranjar patrocínios para empresa, quando na verdade estava em HollyWood, a gravar um filme e a encher os próprios bolsos. Depois como sabemos apareceu o Vince, que comprou tudo (Segundo alguns rumores da altura, a WCW também estaria interessada.

Ora, a ECW ainda foi usada pela Invasion e depois acabou por desaparecer totalmente, regressando alguns anos depois como WWECW, que não tinha nada a ver com a original e que acabou por desaparecer também. Bom, hoje em dia, a ECW não existiria! Podia ter durado mais uns meses, um máximo de um ano, não mais do que isso, até porque mal souberam o que Heyman andava a fazer, os lutadores deram corda aos sapatos e lá foram eles. A ECW existiria hoje? Não de todo!

E se a WWE comprasse a TNA: Primeiro de tudo, eu tenho a convicção de que a WWE, ou o Vince, não têm o mínimo interesse na TNA! Podem interessar-se, como já vimos alguns casos, por um ou outro lutador, mas não mais do que isso, até porque eu acho que o Vince vê a TNA como uma empresa Indy com mais dinheiro. Eu não considero a TNA uma indy, é uma empresa com futuro, que tem o seu plantel base e sobretudo uma direcção coesa. Mas voltando ao assunto e se acontecesse a compra?

Primeiro de tudo, acredito que o Vince não fecharia a TNA. A empresa tem a sua base de fãs, conquistado ao longo dos anos, que provavelmente deixariam de ver wrestling se a compra acontecesse. Seria demasiado fácil e Vince gosta de desafios. Para mim, Vince manteria a TNA como um programa semanal, mas com uma diferença: seria uma espécie de brand, como a Raw e a SmackDown. Claro que algumas coisas iam mudar: os talentos poderiam alternar entre todos os shows, provavelmente alguns titulos seriam aproveitados, como o X Division, e claro que muitos talentos seriam repescados. E porque não continuar com Dixei Carter no comando? Como General Manager, mas também com poder no backstage! Por outro lado, os “vacas sagradas” seriam postas a andar, como Hogan e outros. Teriamos as grandes estrelas no programa e com o decorrer do tempo, fariam a transição definitiva, ou seja, seriam da Raw ou da SmackDown. Agora, era ver como corria. Se corre-se mal, terminavas-se com tudo, se corre-se bem, teríamos mais um programa com grande qualidade, com bom wrestling e se calhar até seria um produto alternativo, mesmo sendo o chefe o mesmo! A WWE compraria a TNA? Não.

E se o John Cena não aparecesse: Esta é a mais dificil de responder. Se seguirmos cronologicamente desde que Cena apareceu e não o incluirmos, chegamos a uma conclusão: Randy Orton e Dave Batista seriam as grandes estrelas da empresa. Ambos apareceram ao mesmo tempo de Cena a alcançaram o sucesso muito mais cedo (Evolution) do que Cena, que só em 2005, 3 anos depois da estreia, atingiu o pico maior da empresa. Ora, não há muito que falar, é basicamente isto. Porquê? Porque não temos mais por onde pegar! Cena é a cara super máxima da empresa, quase não é possível imaginar a empresa sem ele, durante os anos que temos Cena como Main Eventer. Sem Cena, não consigo imaginar…

E se a Attitude Era não acabasse: Seria inevitável. Na minha opinião, a Attiude Era terminou na Wrestlemania 17, quando Austin se aliou a Vince, para tramar The Rock. Aquele aperto de mão acabou com a Era de maior sucesso do wrestling, dando lugar á Ruthless Agression Era. Tinha de ser assim. A WWE estava a atravessar um periodo de transicção, em que “novas” estrelas estavam a vir da WCW, que queria cimentar o seu lugar na empresa, como Jericho e Booker T e a “atitude” da empresa tinha de mudar.

Mas se não tivesse terminado, bem, continuaríamos a ter a mesma coisa: Grandes estrelas que faziam tudo, tudo mesmo, para se destacarem. Divas com pouca roupa (neste ponto gostava de ver uma Eve Torres Attitude Era), palavrões, sangue e tudo mais que a Attiude Era deu ao wrestling. A WWE seria, sem duvida nenhuma, muito diferente do que é hoje, mas talvez não tivesse o mesmo sucesso…

Existem imensos “E se’s” que poderiamos discutir eternamente. E se a WWE não fosse PG, e se CM Punk não tivesse feito a épica promo, e se em 2007 Cena não se tivesse lesionado, e se Undertaker perdesse na Mania, e se Eddie e/ou Benoit fossem vivos, e se…

Se quiserem, num futuro próximo, poderei trazer o assunto novamente á tona e vamos fazer de maneira diferente: Deixem os vossos “E se’s” nos comentários, que gostariam de ver discutidos!

O que é certo, é que temos muito para discutir…. Mesmo muito!

See you next week, here on WPT!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Pensamentos”.

29 Comentários

  1. Fernando Martinho - há 3 anos

    Muito bom artigo!

  2. RP Styles - há 3 anos

    E se o Chris Benoit nao tivesse feito o que fez (Duplo homicidio e Suicidio)?

    • BRRM - há 3 anos

      Se ele não o tivesse feito o seu coração iria explodir 10 meses depois por causa do analgéticos (acho que era isso)

      • Miguel Silva - há 3 anos

        O coração DELE não do filho e da mulher…

      • BRRM - há 3 anos

        Foi o que eu disse, posso é ter-me expressado mal.

  3. Miguel - há 3 anos

    Adorei o artigo.

    E se não houvesse WWF/E?

    • Monica Vera - há 3 anos

      O wrestling seria conhecido apenas no México e EUA com cada um com seus territórios indy como era antes do Vince achar que o Hogan servia para algo mas acredito que você ja tem a resposta para sua pergunta.

  4. simba - há 3 anos

    O maior se era e se o vince mcmahon tivesse problemas e ja nao podia ter o controlo da wwe esse e o ultimo e se

  5. PedroSWWE - há 3 anos

    Bom artigo, a WWE ao esmagar a concorrência da WCW e ECW nao soube dar continuidade a essas empresas.
    E se não tivesse havido Attitude Era na WWF?

  6. FAlmeida_10 - há 3 anos

    Bom artigo Ricardinho0, a trazeres aqui algumas “fantasias malucas” que muita gente pergunta atualmente aqui no wrestling. Quato a esses “e se…” tudo o que eu tenho a dizer é “Tudo acontece por uma razão”.

    O “E se…” que eu vou deixar… Como abordaste as ideias malucas da internet vou deixar outra ideia maluca que muita gente já expeculou de certeza:

    E se existisse um TNA One Night Only “WWE vs TNA”

  7. Coisa - há 3 anos

    Na minha opinião, gostei muito da Ruthless Agression Era, aliás, foi a era em que o Wrestling se tornou famoso no nosso país.

    Eu tenho toda a certeza de que o Orton seria a cara da empresa, e até acho que ele é juntamente com o Cena a cara da empresa, pois eles são os maiores rivais um do outro, quando o Cena se lesionou em 2007 quem carregou a empresa foi o Orton.

    E se “xxxxx” for hall of famer?

  8. AwesomeTheMiz - há 3 anos

    Muito bom artigo, são realmente fatos em que se pensa como coisas poderiam ter sido se fossem diferentes. Eddie ou Benoit não tivessem morrido também era outra questão. E se os Hardys não tivessem tido tantos problemas na WWE?

    P.S.: Também gostaria de ver uma Eve Torres Attitude Era, quem sabe uma Natalya ou uma Rosa Mendes também… hehehehehehehe!

  9. cena_vs_rock2013again - há 3 anos

    e se houver um wrestler portugues na wwe, que consequencias traria para portugal?

  10. "The Game" - há 3 anos

    Muito bom, e se o hulk hogan não aparecesse xD?

  11. Guilherme Y2J - há 3 anos

    E SE VINCE NUNCA TIVESSE FEITO A WRESTLEMANIA OU O SUMMER SLAM ROYAL ROMBLE ETC

  12. lisandrolopes20 - há 3 anos

    e se o edge e o steve austin tao tivessem de se retirar por causa das lesoes que ambos teem no pescosso??

  13. danielLP21 - há 3 anos

    Não concordo com a parte do Batista e do Orton. O Batista nunca na vida seria a cara da WWE. Naão tem estofo para isso. O mesmo se aplica ao Orton, não tem mic-skills suficientes para tal e já teve atitudes pouco exemplares. Se o Cena não tivesse aparecido, teria aparecido outro qualquer como a cara da WWE, mas nunca esses dois.

    • BRRM - há 3 anos

      E para além de não ter estofo, o Batista ainda é mais velho que o Triple H, mesmo sendo só por alguns meses

  14. Tiagomdf369 - há 3 anos

    E se alguem morrese no ringue da wwe em pleno combate(pode acontecer)?

    • Miguel Silva - há 3 anos

      Já aconteceu com o Owen Hart :)

      • RuiFerreira222 - há 3 anos

        Porque é que metes-te um smile no fim?

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Nem dei conta que o meti…enfim é o hábito.

      • danielLP21 - há 3 anos

        Ele não morreu em pleno combate.

      • Miguel Silva - há 3 anos

        Sim, mas a entrada dele no ringue e aquele “desastre” foi a causa da sua morte por isso não foi exatamente no combate, mas foi o mais próximo com isso que já aconteceu…

      • DX Rules - há 3 anos

        O Eddie uma vez morria: http://www.youtube.com/watch?v=GWRpQOeWvS4
        Mas vá lá que foi só um susto, apesar de ele ter morrido depois.

  15. ITS_ME_ITS_ME_ITS_DDT - há 3 anos

    E se no combate das divas elas tivessem peladas ?

  16. XTreme - há 3 anos

    E se acontecesse aquilo que aconteceu no wwe’12 os antigos lutadores voltassem para tentar destruir a wwe e fazer uma nova wcw???

  17. Talles - há 3 anos

    Belo artigo!

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador