Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Pensamentos #69 – The Women

“We all live in the Yellow Submarine…”. E é com esta mitica frase do Beatles que vos dou as boas-vindas á 69ª edição do Pensamentos. Como puderam ver pelo titulo, não é por ser a edição 69 que eu escolhi o tema das Divas (seus malandrecos…). Escolhi o tema das Divas porque acho que é algo de que se fala pouco. Vamos lá falar das jeitosas…

Antes de falarmos dos dias de hoje, vamos a uma pequena aula de história. Ora bem, desde os primeiros tempos do wrestling que sempre existiram mulheres a competir neste ramo. Uma das primeira lutadoras a destacar-se foi Fabulous Moolah, que foi campeã feminina imensas vezes e dominou o wrestling do seu tempo. Os anos passaram e muitas mais mulheres entraram no ramo, como Wendi Richter e Leilani Kai.

Mas nesses tempos, não existia o conceito de Diva, as mulheres eram consideradas competidoras, tal como os homens. Tinham, como sempre aconteceu, a sua categoria e os seus títulos, mas não eram assim tão consideradas como hoje.

Isso começou a mudar em 1985, ano em que se estreou a primeira mulheres que não era competidora, mas que desempenhava um papel importantíssimo na WWF: Miss Elizabeth. A “The First Lady of Wrestling” foi a pioneira em termos de mulheres no ramo, porque “apenas” desempenhava o papel de manager de Randy Savage. Além disso, Elizabeth foi uma das primeiras mulheres no wrestling verdadeiramente atraentes. Isso, até à chegada de uma certa mulher….

2 anos depois, surgiu uma das mulheres que mais sucesso teve no ramo, tanto dentro como fora do ringue. A “maluca” chamada Sensational Sherri. Sherri foi manager de uma das maiores estrelas da WWF, Shawn Michaels, foi campeã feminina da WWF e ainda ajudou em diversas rivalidades. Tal como Elizabeth, Sherri era já considerada uma mulher pela qual os homens se babavam, ou seja, que trazia os homens ás arenas para a verem ao vivo! Quando a WCW entrou em funcionamento, Sherri deu de frosques e deixou a WWF sem uma “super-mulher”. Mas não por muito tempo, pois em 1995 estreou-se aquela que veio definitivamente criar o conceito de Diva! A mulher que sozinha, conseguia destacar-se no meio dos homens…

Em 1995, o mundo do wrestling conheceu a fogosa Sunny. Uma das divas mais polémicas de sempre. Foi a pioneira no que toca ao conceito de Diva, mas foi uma das mulheres que fora do ringue mais problemas deu. Andou metida com Shawn Michaels, Bret Hart, Chris Candido e muitos outros, apenas por interesse. Apesar disso, foi Sunny que abriu as portas a muitas das mulheres que seguidamente entraram na WWF para se estabelecerem como Divas. E durante os anos seguintes, vimos mulheres extremamente influentes aparecerem. Casos de Chyna e Marlena. Chyna foi a primeira Diva Power House que o wrestling viu e uma das primeiras Divas a competir e a vencer Titulos Masculinos. Além disso, fez parte da Original Stable dos DX. Mas das que entraram, uma destacou-se ainda mais: uma gata de seu nome Sable. A Diva da história da WWE mais erótica de sempre. Sable transpirava sexo!
Simples como isto! E isso era o que a WWE queria. Que os homens a vissem como uma tarada, que se expunha e trazia pessoas para a verem. E como era assim, Sable era usada um storylines que envolviam wrestlers. Todas estas novas Divas marcaram uma era na WWF e expandiram ainda mais a filosofia de que o wrestling também pertence ás mulheres!

Depois desta era mais atrevida, começaram a surgir as Divas “total package”, como eu gosto de lhes chamar. Mulheres como Trish Stratus e Lita, que eram ao mesmo tempo lindas e com um corpo espectacular, mas sabiam e de que maneira trabalhar dentro do ringue. Principalmente Trish Stratus, que é ainda hoje a Diva que mais vezes venceu o Titulo Feminino da WWE. Com elas, as Divas foram cada vez mais, como Ivory, Tori Wilson, Luna, Lilian Garcia e muitas outras, que também tiveram a sua parcela de contributo na Attiutude Era. Cada vez mais as Divas desempenhavam papeis importantes nas rivalidades, como Stephanie McMahon no ângulo da Invasion. Tudo parecia correr bem, o wrestling apresentado pelas Divas e os seus papeis dentro da empresa, faziam antever um futuro espectacular….

Mas quando a WWF passou a WWE e a Attitude Era deu lugar á Ruthless Agression Era, as Divas começaram a ver o seu contributo diminuir. Mesmo tendo muitas Divas novas, como Jazz, Gail Kim, Molly Holly e outras, o wrestling era agora feito em combates que pouca importância e mais uma vez virado para o corpo das Divas. Combates de Almofadas, Soutien e Cuecas e outros que tal foram inventados e o nível baixou imenso. Apenas se conseguia ter um bom combate, quando existia uma disputa pelo Titulo Feminino, titulo esse que Trish dominou durante grande parte da sua carreira. E com o avançar dos anos, o wrestling feminino degradou-se ainda mais. Agora, em vez de termos Divas que sabiam lutar, tínhamos Divas que só lá estavam porque tinham um bom par de mamas e uma cara bonita. Casos de Christy Hemme, Sharmell, Candice Michelle (apesar de no fim da carreira ter melhorado) e outras. Só por volta de 2006 é que vimos uma substancial melhoria do nivel das Divas, com várias mulheres a assumirem-se dentro da empresa, como Mickie James, Michelle McCool, Victoria e mais tarde Beth Phoenix.

beth

Hoje em dia, o wrestling feminino vive dias de amargura dentro da WWE! O titulo Feminino já não existe há vários anos, tendo sido substituído pelo Titulo das Divas, que serve apenas para andar de mão em mão. Apesar de que a actual campeã, AJ, ser uma lutadora bastante acima da média, a Divisão que esta representa não anda nada famosa. Hoje em dia voltamos ao ponto em que ter uma mamas grandes e uma cara bonita dá lugar garantido na WWE. Talento? Para quê? Basta ver o que nos espera: Eva Marie e Jo Jo, pelos vistos, são péssimas no ringue. E mesmo assim estão a ter grande destaque, enquanto que a minha futura namorada Paige está no NXT a ganhar teias, quando podia estar no roster principal e ser a melhor lutadora, mas de longe. Mas o mais preocupante, é tempo de wrestling que vemos na WWE. As Divas têm apenas alguns minutos semanalmente nos dois grandes shows da companhia e muitas vezes até esses minutos não existem. A solução passa por contratar lutadoras e não modelos, que nem sabem o que é um ringue! Eu gosto muito de mamas, mas uma lutadora que saiba lutar também pode tê-las.

Vai demorar! Vai demorar muito, até termos uma Diva que se assuma pelo seu potencial em ringue e não pela pele que mostra. Eu gosto de ver! Eu e todos os homens, mas se continuar assim, daqui a uns anos em vez de wrestling feminino, temos concursos de Strip durante a Raw! Não pode ser! Queremos wrestling. E do bom! Nem que seja uma vez por semana! Em 3 horas, não são 10/15 minutos que vão atrapalhar. Dêem ás mulheres o tempo que elas merecem e vão ver que mesmo com pouco talento, vamos ter uma divisão de Divas melhor! À sua atenção, Paul Michael Levesque!

paige

See you next week, here on WPT!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Pensamentos”.

24 Comentários

  1. braullino - há 3 anos

    excelente o artigo desta semana.
    falou tudo amigo.

  2. Tunes9 - há 3 anos

    Excelente artigo, bom trabalho, concordo com tudo, a WWE continua a insistir em Mulheres Bonitas, mas, sem talento nenhum em ringue ou fora dele, se procurarem bem e nos sítios certos, há mulheres bonitas com talento, Trish Stratus é um exemplo, Lita, Eve Torres, Mickie James, etc.
    Neste momento Natalya, Kaitlyn, AJ, Alicia Fox, Layla, Naomi e Tamina são divas que tem qualidade e se apostarem com mais combates e mais tempo nesses combates e se focarem nas histórias e no Wrestling podem fazer uma divisão de divas mais interessante e competitiva.
    No NXT há várias divas com potencial e talento, Paige, Summer Rae, Emma, Charlotte (tem mostrado qualidade em ringue, tem surpreendido), etc, que podem subir a médio-prazo para o roster principal para acrescentar qualidade e juventude.
    Agora contratar Mulheres pelo corpo, apenas, não, Eve Marie e Jojo, são duas mulheres muito bonitas, mas, parece que não tem jeito para a WWE, lutar não parece que saibam e nem para dançar com o Fandango servem, esta politica tem de mudar.
    Espero que mudem este pensamento e que apostem mais na divisão e nas divas que realmente tem qualidade para a WWE.
    Disseram que a Paige, que é a minha diva favorita, que mais aprecio, tem muito boas qualidades in-ring, boa gimmick, tem um sotaque muito engraçado e fixe, tem tudo o que é preciso para ser uma grande diva, mas, só por ter 20 anos, não pode subir ao roster principal por ser uma regra, mas, para a Jojo que tem 19 anos, já podem quebrar a regra, pois, o que interessa é o programa “Total Divas” e o dinheiro, mas, para nós, interessa o Wrestling.
    Espero que mudem esta atitude disparatada, faz alguma coisa Triple H (meu lutador preferido de sempre) conto contigo, WWP. :)

    • Tunes9 - há 3 anos

      ah só acrescentar, a Paige tem tudo o que disse, não deixa de ser uma mulher muito bonita e atraente, portanto, é possivel, juntar a aparência e o talento.
      Á espera de mudanças. :)

  3. famartinho - há 3 anos

    Mais um bom artigo! De facto, creio que já é tempo das mulheres serem vistas de outra forma: elas também são capazes de lutar!

  4. Miguel Silva - há 3 anos

    Excelente artigo!
    Eu acho que a divisão começou a entrar em decadência a seguir à saída da Trish, seguida pela da Lita que só foi piorar a situação.
    A patir daí não voltou a ter muito destaque e todas as wrestlers que tinham talento foram saindo. Ex: Mickie James, Victoria, Michelle McCool, e mais recentemente Beth Phoenix e Eve.
    Atualmente, a WWE até tem um roster talentoso: basta apostar um bocadinho. Pessoas como a AJ, a Kaitlyn que tem vindo a melhorar muito, a Layla outra que também melhorou bastante desde que se estreou, e claro a grande Natalya e a não menos grande Tamina.
    Depois ainda temos o NXT que o que não falta lá são WRESTLERS talentosas. Basta olhar para a Paige (que é o pacote completo – não vi ninguém assim desde a Trish ou da Lita, pois tem a beleza e sabe lutar, é tudo o que é preciso). Mas a WWE ainda prefere contratar MODELOS sem nenhuma paixão pelo wrestling e que só vão para a WWE por dinheiro e sim estou a falar destas duas novas – a Jo Jo e a Eva Marie – que vêm ocupar o lugar de quem merece mas que não tem o destaque…até mesmo as Bellas não deviam ter tantos destaque.
    E depois há a feud entre AJ/Kaitlyn + Layla: o que dizer? É a melhor coisa que aconteceu na divisão em muito tempo. A AJ já há muito que merecia esta oportunidade, porque ela não só tem talento como também tem paixão – ela lutou para conseguir aquele título, ela chorou ao conhecer a Lita, ela realmente e acho que posso dizer isto: AMA WRESTLING!
    Que é uma frase que a Jo Jo e a Eva não poderão dizer nunca, pelo menos digo eu.
    De resto, na divisão ainda temos a Cameron e a Naomi. A Cameron sinceramente I don’t care: o combate favorito da rapariga é um Melina vs Alicia Fox lol, mas a Naomi vê-se que tem talento e devia ter mais oportunidades.
    E todas as WRESTLERS que eu falei deviam estar no topo enquanto as MODELOS deviam estar na rua!
    Desculpem o desabafo…

  5. Monica Vera - há 3 anos

    ”enquanto que a minha futura namorada Paige está no NXT ”
    Ai você cai da cama e ve que e tudo um sonho

    • danielLP21 - há 3 anos

      És a Monica Vera ou o Sergio Fantastico? Decide-te :)

      • DX Rules - há 3 anos

        Sex Change xD

      • Sergio Fantastico - há 3 anos

        Que eu tenho a ver com isso ? Me tira dessa avatares iguais nunca tiveram por aqui né ? ….

      • danielLP21 - há 3 anos

        Custa muito perceber que nós, MODERADORES, conseguimos ver os IP’s de TODOS os comentadores? Não é por mudar o nome que o IP muda… É que até o e-mail é igual! Só está a fazer figuras ridículas, continue assim…

      • DX Rules - há 3 anos

        É um espetáculo de comédia de graça xD

      • Sergio Fantastico - há 3 anos

        Ah sim, porem este computador e da minha empresa por isso não sou apenas eu quem mecho nele obrigado por ter perguntando.

      • Miguel - há 3 anos

        Começa a usar Proxy… VPN… ou muda simplesmente o IP é melhor.

      • Enigma - há 3 anos

        Monica Vera LOL

        És ridículo.

      • Enigma - há 3 anos

        Ou ridícula.

      • danielLP21 - há 3 anos

        3 pessoas que trabalham na mesma empresa e comentam aqui no site? Interessante…

      • Sergio Fantastico - há 3 anos

        A empresa e familiar não atoa fica meu e-mail gravado no navegador.

  6. MicaelDuarte - há 3 anos

    Bom artigo RicardinhoO.

  7. hugo semedo - há 3 anos

    entao e a mae young? nao se fala nela?

  8. danielLP21 - há 3 anos

    Sinceramente, acho que este artigo tem afirmações desactualizadas… Nos últimos meses, a divisão feminina da WWE tem tido bastante tempo de antena, sem comparação com o que acontecia anteriormente…

    Bom artigo.

    • Sergio Fantastico - há 3 anos

      Lembro quando todos falavam que AJ não servia para nada principalmente quando ela foi GM fala agora…

    • RicardinhoO - há 3 anos

      Daniel, não está desactualizado, porque eu estou a comparar com os tempos anteriores! Se calhar não está muito perceptível….

      Quando digo que não têm grande tempo de antena hoje, temos de ver que antigamente a Trish e a Lita tiverem 15….No Main-Event da Raw!

      E convenhamos: Em termos de wrestling, as Divas não têm assim tanto tempo como dizes….

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador