Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Pensamentos #81 – Quando a cabeça não tem juízo…

Ao longo dos tempos, desde que o wrestling existe, que se fala de tipos enormes, atletas fenomenais, que deixam as suas famílias para conseguirem singrar no mundo do wrestling. Uns conseguem, outros nem tanto e a grande maioria nunca chega a ser nada!

Para se ser uma grande estrela, existem infinitas maneiras de o conseguir: ser alguém com muito carisma, ter uma personagem inigualável, ser extremamente amado ou odiado pelos fãs, etc…Mas existe um requisito fundamental que todas as grandes estrelas têm de ter: ser uma pessoa estável. O que quero dizer com o termo “estável” é muito subjectivo, mas a mensagem que eu quero fazer passar com este termo é a seguinte:

Se olharmos para todas as grandes estrelas, as caras da empresa, todos têm denominadores em comum, sendo que o tamanho é o mais predominante. Hulk Hogan, Bret Hart, The Rock, Stone Cold e John Cena são homens de tamanho considerado grande, se não for em altura, é em capado. São homens musculados. E esta ideia de que “O Vince só gosta de gajos grandes” instalou-se por completo desde que a WWE começou a ser a empresa dominante, o que leva a que muitos lutadores que querem ser estrelas, recorram a caminhos alternativos para conseguirem sobressair-se e chamar a atenção. Sim, estou a falar das drogas.

hogan

Se olharmos atentamente para as mais variadas empresas de wrestling, podemos constatar que cada vez mais os lutadores são autênticos animais. E nem precisamos de olhar para a WWE. Isto começa muito mais em baixo. Por exemplo, um gajo como o Rob Terry da TNA. Acho que concordam comigo quando eu digo que é impossível aquilo ser natural. Não é só ginásio. O homem tem músculos em sítios onde eu nem sequer tenho sítios. Outro exemplo ainda dentro da TNA é o Hernandez.

Mas podemos descer ainda mais e encontrar wrestlers “artificiais”: O Mike Mondo da ROH. Um lutador que desde que deixou a WWE, aumentou de tamanho para o dobro.

Longe de mim estar a criticar o que ele fazem ou deixam de fazer para tentar chegar ao topo, cada um sabe de si. Mas isso estraga bastante o que o wrestling representa, principalmente porque o que deixa de estar em causa não é ser bom lutador, é ser grande!

Mas não apenas essas drogas que dominam grande parte dos balneários das empresas de wrestling. Muitas outras também correm de mão em mão, dominando por completo os lutadores, viciando-os e tornando as suas vidas em autênticos infernos. Eu divido as drogas no mundo do wrestling em 3 categorias. São 3 categorias simples, que demonstram como são usadas, para que servem e que efeitos têm no corpo:

As Drogas Para Crescer

Como já disse, a fama dos “Gajos grandes” na WWE instalou-se há muitos anos na empresa e continua a crescer cada vez mais. Tanto que a WWE anda a contratar body-builders e atletas parecidos. E isso chega aos ouvidos dos wrestlers, que pensam imediatamente em maneiras de “crescerem” e a mais rápida são os esteróides. Seja em comprimido ou em seringa, os esteróides têm grandes efeitos no físico humano, mas consequências devastadoras no coração. E os esteróides sempre existiram dentro da WWE. Todas as grandes estrelas os usaram, desde Hogan a Stone Cold, de Bret Hart a Shawn Michaels. De Chris Benoit a Batista. O pior é que lutadores de mid card também os usam. David Otunga, Chris Masters, Rey Mysterio, etc… Grande parte das vezes, os lutadores usam-nos porque querem físicos melhores, para assim agradar á gerência. Sempre foi assim e provavelmente, sempre assim o será. E se duvidam disso, deixo aqui uma frase da autoria de Superstar Billy Graham “Eu injectei o Hogan muitas vezes. A certo ponto, não conseguia picá-lo mais, o cu dele estava tão rijo, que a agulha não entrava”.

hardysmocking

As Drogas para Dormir

Todos sabemos como a vida de wrestler é dura. Meses após meses na estrada, a ter combates todos os dias numa cidade diferente, treinar, lutar, treinar, lutar, sempre assim. Como é óbvio, o corpo ressente-se. Vai-se abaixo. As dores são imensas, o cansaço é demais. E para contornar isso e continuar a trabalhar, á que fazer isso desaparecer ou pelo menos atenuar. E como é que se faz isso? Através de comprimidos. Os mais famosos são os PainKillers ou Analgésicos, os comprimidos para as dores. Criam dependência e a certo ponto, deixam de fazer efeito. Os lutadores aumentam as doses e quando se apercebem, estão a tomar uma caixa. Outro famosos são os relaxantes. Relaxantes musculares, que diminuem a actividade cerebral, diminuem os batimentos cardíacos e o sangue circula com menos intensidade, levando a um relaxamento do corpo. Este tipo de comprimidos são normalmente usados para os lutadores poderem dormir, já que a intensidade com que vivem o dia a dia, provoca insónias.

As Drogas para Curtir

Estas já são as drogas que não tem propriamente efeito prático relacionado com a exigente profissão de wrestler, mas sim como forma recreativa, ou seja, para a diversão. Existem muitos registos onde se pode constatar a utilização destas drogas pelos wrestlers, seja em bares, festas, etc…Dentro desta categoria, inserem-se as típicas drogas de “bairro”: Heroína, Haxixe, Cocaína e o álcool. Mas estas drogas não se inserem muito no Welness Program, pois a sua utilização só prevê multas, tal como a Marijuana. A erva é vista no wrestling como um painkiller mais, escrito de forma doentia, saudável. Não vicia, ou pelo menos á mais difícil de criar vicio, não dá cabo dos órgãos vitais (suja os pulmões como o tabaco) e ajuda nas dores. Apesar de não pareceram tão graves, este tipo de drogas é tanto ou mais prejudicial como as outras, já que viciam e destroem completamente o corpo.

Quando falam em drogas no mundo do wrestling, regra geral, o que se faz é olhar de lado e chamar nomes, como drogado ou balão inchado. Mas não o devemos fazer. Nós não sabemos o que se passa dentro da cabeça de um wrestler. Não sabemos e provavelmente nunca iremos saber. Viajar, estar longe das pessoas que amam, não acompanhar o crescimento dos filhos, lidar com dores dia sim dia sim, castigar o corpo 300 dias por ano. É muito fácil condenar, difícil é tentar compreender o porquê de eles o fazerem e isso, só quem vive é que compreende. Uns fazem-no por necessidade, outros porque querem continuar a ter emprego, outros porque querem ser grandes estrelas e ganhar muito dinheiro, mas todos têm uma coisa em comum: Mais cedo ou mais tarde, os efeitos vão sentir-se.

scotthall

A tentar defender-me, disparei… Eu matei um homem!

See you next week, here on WPT!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Pensamentos”.

16 Comentários

  1. David Miguel - há 3 anos

    Infelizmente é uma triste verdade quando vemos videos que homenageiam Wrestlers que infelizmente já faleceram as principais causas mortis são infarto(provavelmente provocado ou pelo excesso de peso ou uso de substancias quimicas para o fortalecimento do corpo) e a outra é overdose ou de alguma droga ilicita ou de algum tipo de medicamento.

    A vida de um wrestler com toda a certeza é dificil alguns conseguem a fama que desejam e fazem de tudo para mantela outros em busca dela fazem de tudo para tentar conseguir.
    Soma-se tudo isto a rotina extressante tanto para a mente quanto para o corpo.
    Wrestlers infelizmente não super homens são seres humanos como todos nós.

  2. Frederico_WWE - há 3 anos

    Isto não há milagres… nem há Deuses e John Cena está perto de ser o próximo a apanhar um enorme susto… e mais não digo.

  3. TheChat - há 3 anos

    O Corpo e que paga … infelizmente

  4. don_ricardo_corleone - há 3 anos

    É algo que infelizmente acontece por culpa tanto das empresas como dos wrestlers, foi o que nos levou o Eddie Guerrero, o Lance Cade e o Test e possivelmente o que enlouqueceu o Chris Benoit. Por isso acho que a WWE faz muito bem em marcar em cima, mas faz muito mal em usar dois pesos e duas medidas, e em voltar a acordar fantasmas do passado, com a nova procura de tipos grandes. Sem tirar a falta de responsabilidade destes, mas como diz aqui, podemos censurá-los? Podemos, mas compreendemos porque o fazem.
    Acho que a WWE está a errar com o John Cena. Aquelas recuperações relâmpago não são normais num atleta de alta competição e duvido que sejam sem “ajudas” pouco recomendáveis. Espero muito sinceramente estar enganado mas cheira-me que isso não vai acabar bem.

  5. AwesomeTheMiz - há 3 anos

    Toda ação tem uma consequência, as drogas são um exemplo! Parece que não dá nada e só traz maravilhas, mas sabemos que não e a Weliness Policy é algo que vem ajudando a controlar isto.

  6. Rob Van Dam - há 3 anos

    Foi por causa dessas drogas que Jeff Hardy largo a WWE

  7. I am a Ruthless agression guy! - há 3 anos

    esqueceram-se de dizer que também a wrestlers que fazem wrestling por gosto e não por dinheiro nem ser famoso também é um pouco isso claro mas mais por gostar como o Daniel Bryan, que tenho a certeza que não usa drogas… mas gostei de como falaram sobre as drogas falto o hardy.

  8. XTreme - há 3 anos

    Se isso é assim o Punk não é totalmente straight edge tendo em conta que ele usa esteróides, e isso é droga.

    • RuiFerreira222 - há 3 anos

      Sim, claro! Agora só preciso que me dês a prova da tua afirmação…

      É tão provável o Punk utilizar esteróides como o Khali ir fazer um 450° Splash.

    • Dan - há 3 anos

      Se o Punk usasse esteroides ele não seria daquele tamanho, com certeza seria mais “rasgado”, o corpo dele é claramente moldado por exercícios físicos, mas se você olhar para um Big E Langston ou um Ryback da vida, notará logo de cara que aquilo não foi moldado com musculação! Digo isso, pois ja frequentei academias e ja me ofereceram esteroides, assim fiquei sabendo diferenciar os que usavam e os que não usavam!

  9. danielLP21 - há 3 anos

    Wow… Quem diria que o Mikey ia ter o corpo que tem hoje…

    Excelente tema Ricardinho.

  10. Sergio Fantastico - há 3 anos

    Isso lascou o Scott Hall oh god coomo eu adorava e ainda adoro sua persona como Razor RAMON como eu adorava e ainda adoro sempre assisto seus combates desque foi para WCW……. enfim Erick idiota#

  11. Fernando - há 3 anos

    Lógica de frango : Ficou musculoso é pq usou bomba…

  12. Ricardo Abreu - há 3 anos

    “…o cu dele estava tão rijo, que a agulha não entrava”

    Ok é um assunto sério mas isto teve graça.

    P.S-Adorei o artigo

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador