Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Pepsi Plunge #76 – NXT: O Destino dos Rookies (Parte 3)

Em Abril do ano passado, escrevi dois artigos onde falei do NXT e dos destinos que os rookies tiveram após participação neste programa, artigo que teve duas partes onde abordei as quatro temporadas deste show. Esta semana o Pepsi Plunge traz uma terceira parte onde vai abordar a quinta temporada que acabou há poucas semanas.

Para quem não teve a oportunidade de ler as duas primeiras partes deste artigo deixo aqui os links:

O Destino dos Rookies (Parte 1)
O Destino dos Rookies (Parte 2)

NXT: Redemption:

Os Rookies desta temporada eram Byron Saxton, Conor O´Brian, Darren Young, Jacob Novak, Lucky Cannon, Titus O´Neil e já numa fase mais avançada do programa Derrick Bateman também regressou para ser rookie.

Os Pro´s eram Yoshi Tatsu, Vladimir Kozlov, Chavo Guerrero, JTG, Tyson Kidd, Hornswoggle e mais tarde Daniel Bryan acompanhar Derrick Bateman no seu regresso.

Inicialmente o vencedor desta temporada tinha a hipótese de competir na próxima edição do NXT e ainda ter a oportunidade de escolher o seu pró para o levar pelo melhor caminho na sua estadia. A temporada 5 tinha a particularidade de ser completamente diferente das outras edições visto que todos os participantes são ex-rookies das outras edições que não conseguiram o tal esperado contrato com a WWE e nesta edição também havia a curiosidade de não competirem por imunidade mas sim competir por redenção.

Esta edição começou como normal, rookies, provas para conquistar pontos de redenção e as habituais eliminações. Foram precisas onze semanas até conhecemos a primeira eliminação que acabou por ser o rookie de JTG, Jacob Novak.

Jacob Novak – Era uma personagem que não conseguia cativar ninguém, tanto no NXT 4 como no NXT 5. Chegaram á conclusão que esta personagem para conseguir mostrar algo e conseguir ter sucesso na WWE precisava de umas mudanças mas infelizmente as mudanças que escolheram para ele não foram as melhores e acabaram por ditar que seria o primeiro rookie a ser eliminado. Tentaram fazer dele um “JTG Branco” e com certeza não foi o melhor. Como não mostrou nada já seria de esperar que mais tarde ou mais cedo fosse despedido e isso acabou mesmo por acontecer pouco depois.

Apesar de termos esperado onze semanas para assistirmos á primeira eliminação, a partir daí as eliminações começaram acontecer com cerca de duas semanas entre elas onde ditou como segundo vitima Byron Saxton que tinha como Pro, Yoshi Tatsu.

Byron Saxton – Foi uma personagem que também não teve mudanças e manteve sempre a mesma atitude no NXT 5 que teve na temporada anterior e isso não foi muito bom que nunca conseguiu cativar qualquer interesse perante o público e acabou por ser eliminado. A única coisa que podemos destacar deste rookie foi os problemas que teve com o seu Pro, Yoshi Tatsu quando este estava apaixonado por Maryse e Byron sempre o acusou de nunca se preocupar com o seu rookie. Actualmente este rookie continua a trabalhar para WWE no seu território de desenvolvimento onde tem dado os seus contributos na mesa de comentadores.

Duas semanas depois voltamos a ter nova eliminação e desta vez o escolhido para ser eliminado por Lucky Cannon que tinha como Pro, Tyson Kidd e onde se destacou neste NXT pela sua gimmick e basicamente por andar atrás da Maryse.

Lucky Cannon – Ao contrário das suas personagens que foram eliminadas anteriormente esta personagem conseguiu cativar pelo menos a mim conseguiu. Depois de uma participação bastante apagada na segunda edição do NXT regressou à FCW e mudou drasticamente a sua gimmick que mais tarde foi trazida para o plantel da WWE quando participou na quinta temporada. A sua personagem como heel deu-lhe bastante animo e vontade de singrar na WWE e onde a sua feud com Yoshi Tatsu por causa da Maryse deu vida a esta parte inicial do NXT.

Após ter sido eliminado do NXT 5, este talento regressou novamente à FCW onde semanas mais tarde acabo surpreendido pelo seu despedimento. A sua nova personagem mostrou um Lucky Cannon muito melhor que podia ter tido sucesso se tivesse sido aproveitado, foi uma pena sem dúvida porque gostava de ver até onde este personagem conseguia ir.

O rookie seguinte a ser eliminado do NXT foi Conor O´Brian que estava sobre os ensinamentos do Russo, Vladimir Kozlov.

Conor O´Brian – Este atleta também foi daqueles que não mostrou grande coisa nem teve tempo para isso na sua primeira participação no NXT, o maior destaque que teve foi aquela rivalidade com Ricardo Rodriguez que até perdeu um combate para o lacaio de Alberto Del Rio.

Na temporada 5 deste show prometia ser mais do mesmo mas ao lado de Vladimir Kozlov conseguiu mostrar algo de interessante quando andava aprender Sambo com o seu Pro e nessa altura mostrou alguma atitude, só foi mesmo pena ele não ter tido mais tempo para mostrar as suas habilidades, depois desta eliminação ele regressou à FCW.

No seu regresso à FCW esta personagem teve uma mudança completa na sua gimmick e as diferenças nessa mudança notou-se logo na sua atitude em ringue. A sua entrada nos Ascension ele revolucionou-se completamente, habilidades, agressividade, excelente tag team e uma entrada que considero brutal.

Conor O´Brian na nova temporada do NXT esta de regresso juntamente com o seu companheiro Kenneth Cameron e em equipa tem saído sempre vitoriosos. Na minha opinião é uma excelente equipa que pode ser uma mais valia no futuro para a empresa para esta divisão.

São uma dupla que gosto bastante de vê-los em ringue e se apostarem forte neles acredito que no futuro sejam Tag Team Champions.

Quando muita gente pensava que esta temporada estava perto do fim onde após a eliminação de Conor O´Brian ficamos apenas com o Top 2 desta temporada, eis que surge a surpresa e Derrick Bateman regressa para tentar novamente a sua sorte ao lado do seu Pro, Daniel Bryan.

Apesar de gostar bastante de Derrick Bateman e pensar que podia ter um bom futuro no plantel principal fui completamente contra o seu regresso a esta edição. Sim, ele podia atingir o plantel principal mas sem passar pelo NXT, isto tudo porque ele regressou numa fase muito adiantada do show que ainda usava as regras iniciais do programa e era bastante injusto para todos os outros que foram eliminados e até mesmo para aqueles que permaneceram no programa.

Derrick Bateman – Para mim este lutador foi uma total surpresa porque conseguiu surpreender-me na sua participação na 4º temporada devido ao seu talento e a química que mostrava com o Daniel Bryan, talvez mesmo das melhores combinações de rookie/pro. Apesar que desta segunda vez não tivesse muito interagido com o seu pro visto que já apareceu numa fase que não se dava grande importância a isso e numa fase em que o programa mudou completamente o seu objectivo mas que ainda assim teve o seu destaque visto que a história do triângulo amoroso entre ele, Johnny Curtis e Maxine deu vida ao show.

Quando Derrick Bateman regressou ao NXT teve obrigatoriamente que rivalizar com Titus O´Neil e Darren Young que eram as maiores “estrelas” deste show até ao momento e combates entre estes três assistimos a muitos ao longo de muitas semanas.

Titus O´Neil – Teve como seu Pro, Hornswoggle e foi sem dúvida a grande surpresa desta temporada e pela positiva em relação á sua primeira participação no NXT que foi completamente apagada, nesta tudo mudou e trouxe uma personagem com muito mais vida que ao lado de Hornswoggle tornou-se muito acarinhada pelo público e tornou-se no favoritos á grande vitória final.

Com as mudanças que este show foi sofrendo foi difícil arranjar ideias para manter rivalidades então decidiram que Titus O´Neil tinha que fazer um heel turn e assim foi mas a sua personagem continuou muito viva e com bastante destaque e conseguiu atingir o seu auge quando se aliou a Darren Young que formaram uma excelente equipa e o bom trabalho que fizeram deram-lhes direito a ser promovidos para a SmackDown onde até já ganharam a oportunidade de lutar pelos Títulos de Tag Team. Titus O´Neil na fase regular foi o lutador que mais pontos de redenção conquistou, 45.

Darren Young – talvez o caso mais controverso visto que ele já teve contrato com a WWE e após a sua expulsão dos Nexus a WWE não teve mais planos para ele. Qual vai ser a diferença ele participar nesta edição do NXT?

E perguntava-me mesmo: “Se não conseguiu aguentar há primeira o que é que vai fazer aguenta-lo há segunda?”

Mas estava completamente enganado e fiei-me apenas nos acontecimentos iniciais. É um lutador interessante dentro de ringue e no NXT estava a ter bastante destaque e estava a justificar a sua participação nesta temporada mas isso podia ter mudado quando foi suspenso por violar a Welness Policy. E pensei que Young tinha estragado esta sua segunda oportunidade de estar na WWE mas mais uma vez me enganei visto quando regressou continuou com o seu destaque e melhor ainda acabou por se aliar a Titus O´Neil e juntos conquistaram muito e em breve vão enfrentar os Campeões de Tag Team pelos títulos.

A quinta temporada deste show foi completamente diferente do que estamos habituados assistir. Apesar de lutarem por pontos de redenção o conceito manteve-se o mesmo das anteriores edições mas as grandes mudanças começaram a surgir e fizeram-se notar. A WWE tornou um show que apesar de ter perdido alguma credibilidade tinha um conceito bastante interessante que foi completamente destruído quando sem mais nem menos decidiram fazer deste mais uma brand que outra coisa qualquer.

Começaram a ter bastantes storyline e até tinham o seu próprio roster. Alguns lutadores da FCW tiveram a oportunidade de aparecer e mostrar novamente o que valem, casos por exemplo de Maxine e Percy Watson.

Para além dos rookies e desses lutadores da FCW, decidiram ainda trazer para este show os lutadores que não tinham grandes oportunidades nos shows principais como por exemplo, Johnny Curtis e Kaitlyn que foram vencedores de temporadas passadas deste show que nunca tiveram oportunidade de cobrar os seus prémios. Outros lutadores que começaram actuar no NXT foram Alex Riley, Curt Hawkins, Tyler Reks, Ezekiel Jackson, The Great Khali, Heath Slater, The Usos, JTG, Justin Gabriel, Michael McGilicutty, Natalya, Tamina Snuka, Trent Barreta, Tyson Kidd e Yoshi Tatsu.

O que mais me irritou a mim e a muita gente que durante muito tempo criticou fortemente este show foi a parte que tinham mudado completamente o conceito do programa para algo do género “brand” e toda a gente continuava a falar e mesmo os lutadores a promar falavam como se o conceito de rookies/Pro´s e tudo que marcou o NXT continuasse a existir.

Mais tarde outras mudanças aconteceram neste programa e fizeram-me a mim ver este show com outros olhos foi quando finalmente a WWE decidiu “assumir” o NXT como uma brand que até nomeou William Regal como GM e ele próprio se envolveu em certas storylines. Basicamente na minha opinião ganhou bastante mais harmonia em assumir-se como brand finalmente.

Nestas últimas semanas que antecederam a longa temporada do NXT que o programa passou de “brand assumida” por um show do género Superstars onde o próprio GM e storylines deixaram de haver e basicamente só podíamos ver lutas nesta edição.

O fim desta temporada voltando ao modelo inicial apenas contou com Derrick Bateman em termos de rookies até ao final visto que Darren Young e Titus O´Neil já tinham sido promovidos à Smackdown e lá continuaram carreira mas lembrando que nenhum deles foi eliminado.

Termino assim o artigo sobre NXT – O Destino dos Rookies (Parte 3) e aproveito para dizer que estou bastante satisfeito com esta sexta temporada do NXT onde finalmente grandes talentos da FCW que á muito tempo quero ver no plantel principal vão puder mostrar o seu valor.

Deixo então as habituais perguntas:

– Qual a vossa opinião sobre os rookies que fizeram parte deste show?
– O que acharam das mudanças que este show foi tendo ao longo das semanas?
– Tirando Darren Young e Titus O´Neil que outros rookies acham que merece uma oportunidade na WWE?

Até para a semana ;)

Sobre o Autor

20 Comentários

  1. José Sousa - há 4 anos

    Sobre o Novak e o Saxton concordo absolutamente tudo contigo. Sobre o Lucky a mim também me cativou e acho que poderia ter ficado na WWE tens lá bem piores. O Conor concordo em tudo comigo, aliás no meu artigo de ontem ficou bem espelhado que tal como tu espero grandes coisas dos The Ascension.
    Bateman eu sempre gostei dele na Season 4 era o meu preferido, eu gosto dele no ring e acho que tem carisma e pode ter algum futuro pelo menos a nível de midcard.
    Titus e Young sem dúvida os que mais cresceram, aliás eu pergunto-me como é que o Young, Bryan e Skip Sheffield( actual Ryback) ficaram pior classificados que Slater e Otunga no NXT1 é que qualquer um dos três é superior. Eu sei que no caso do Bryan foi mesmo para o fazer passar por looser, mas o Skip e o Young foram eliminados, e se for preciso na altura dos Nexus as pessoas todas diziam o Skip e Young como os piores dos Nexus a par do Tarver, mas a realidade veio desmentir e os dois tem mais futuro que Slater e Otunga. Já o Bryan não tem palavras tem estado a afirmar-se no main-event e é o primeiro ex-NXT a faze-lo ainda mais cedo que o Barrett.

    • José Sousa - há 4 anos

      Esquecia-me das duas outras perguntas:
      Sobre as mudanças foram ridiculas e o programa já aborrecia, sobre o novo NXT eu gostaria que pusessem um título como se fosse uma Brand ajudava a criar mais imapcto, até porque as primeiras impressões bastante boas. Tem bons wrestlers mas quem via a FCW já sabia que alguns deles eram bons. E como o NXT é quase uma FCW mas em sinal aberto acho que um título ficaria bem.

      Sem ser o Young e o titus, gostaria que dessem oportunidades ao Bateman dentro do midcard e ao Conor e á sua tag sem dúvida era por ai que eu faria nesta temporada do NXT.

      • Rui Dionisio - há 4 anos

        o Slater, o justin gabriel e o Wade Barrett, foram os melhores da season, agora o Slater é que nao vale nada e o Justin Gabriel também piorou deviam continuar como tag team. O Otunga é que nao fez e ficou em segundo. O Skip Sheffield era bom mas perdia todos os combates com Daniel Bryan. desculpa tiago Silva

    • Por acaso o caso de Cannon surpreendeu-me o seu despedimento até porque estava a ter bastante destaque na FCW e a sua gimmick final estava excelente no meu ponto de vista. Conor O´Brian é daqueles que tem evoluído bastante nos últimos tempos e tem uma gimmick e uma team interessante. O Bateman para mim á muito que digo que ele tem lugar no plantel principal.

      O Daniel Bryan fizeram-no passar por fraco mas já a pensei no futuro até porque a storyline dele com The Miz foi interessante e passou de fraco e agora esta no topo uma super evolução. Skip Sheffield na minha opinião percebi a eliminação dele até porque não teve grande oportunidade de se mostrar apesar de sempre ter achado que ele tinha qualquer coisa de interessante. O Darren Young confesso que no NXT gostava dele mas depois da sua saída dos Nexus ele perdeu o interesse toda mas a temporada do NXT 5 para ele foi excelente e conseguiu recuperar o interesse e esta muito bem ao lado de Titus O´Neil.

      Sim, concordo que seria interessante ter um NXT Championship e podiam aproveitar certa altura do ano num PPV dar uma oportunidade ao campeão a começar aparecer nos shows principais. Basicamente algo do genero da TNA que a partir de agora qualquer X Division Champion que chegue altura do Destination X com o título terá uma grande oportunidade.

      Desta temporada concordo que Bateman e Conor merecam o plantel principal.

      Para não estar a fazer dois comments respondi aos teus num só e quanto ao teu artigo ainda o vou ler, ontem não tive tempo mas vi o título e é um tema que me interessa bastante e eu próprio já tinha feitos dois artigos sobre esse tema ;)

    • Rui Dionisio - há 4 anos

      o Slater, o justin gabriel e o Wade Barrett, foram os melhores da season, agora o Slater é que nao vale nada e o Justin Gabriel também piorou deviam continuar como tag team. O Otunga é que nao fez e ficou em segundo. O Skip Sheffield era bom mas perdia todos os combates com Daniel Bryan.

      • Rui Dionisio - há 4 anos

        enganei-me era no do José Sousa

      • Eu nunca achei o Heath Slater nada de especial nem nos tempos do NXT e Justin Gabriel é bom só não tem as oportunidades que ele merecia. Não o querem meter em títulos secundários que comece pelo menos a mostrar ao lado de Tyson Kidd.

  2. danielLP21 - há 4 anos

    Bem na última hora li as 3 partes deste artigo já que não tinha lido as duas primeiras partes e gostei muito de as lêr.

    – Qual a vossa opinião sobre os rookies que fizeram parte deste show?

    Jacob Novak- Tal com tu dizes no artigo a gimmick de “JTG” branco não resultou e foi um erro por parte da WWE.

    Byron Saxton- Nunca vi nada de especial nele e pode continuar a dedicar-se aos comentários na FCW.

    Lucky Cannon- Acho que lhe podiam ter dado mais oportunidades para se mostara já que a mudança que ele teve justificava essa aposta.

    Conor O´Brian- Gosto muito dele e espero que dentro de um ano (mais coisa menos coisa) o estejamos a ver com os Títulos de Tag Team juntamente com o seu parceiro dos The Ascension.

    Derrick Bateman- Tem carisma e é bom no ringue,só falta mesmo ganhar espaço na empresa,o que está cada vez mais difícil.

    Titus O’Neil- Evoluiu muito desde a sua 1ª participação no NXT e prova disso é o push que está a ter desde que chegou à SmackDown!.

    Darren Young- Confesso que na 1ª temporada do NXT não gostei nada de o ver mas desde que voltou e começou a fazer equipa com o Titus O’Neil mostrou uma enorme evolução.

    – O que acharam das mudanças que este show foi tendo ao longo das semanas?

    Neste momento o programa tem sentido,mas antes desta mudança o NXT chegou a um ponto em que não tinha pés nem cabeça,eu próprio deixei de acompanhar porque todos nós sabíamos que o conceito do programa já não era o mesmo mas a WWE continuava a querer mostrar o contrário. Só espero qeu brevemente haja um título e estou confiante de que isso acontecerá.

    – Tirando Darren Young e Titus O´Neil que outros rookies acham que merece uma oportunidade na WWE?

    Desta última temporada acho que quem merece uma oportunidade na WWE são o Derrick Bateman e o Conor O’Brien,sem dúvidas.

    • Um enorme erro meter aquela gimmick no Novak, óbvio que precisava de uma mudança mas não era daquele genero e não resultou em aspecto nenhum.

      Sinceramente também nunca vi nada de interesse do Saxton e não me surpreende em nada se nos próximos tempos ele acabar despedido.

      Não digo que os Ascension conquistem já os títulos mesmo dentro de um ano até porque teram que provar ainda no plantel principal que são boa equipa e sem dúvida que estão no bom caminho então para quem assiste a FCW vê o que realmente esta equipa vale.

      Se o Derrick Bateman tivesse vencido o NXT 4 e lutasse pelos títulos com o seu Pro, Daniel Bryan teria sido excelente até porque eles tinham uma quimica excelente como rookie/pro e talvez se isso tivesse acontecido hoje ele estava bem no plantel principal.

      O Titus O´Neil para mim era das personagens mais chatas que tinha no NXT mas quando regressou no 5 foi uma excelente surpresa que mudança excelente e acima de tudo bastante refrescante e esta muito bem ao lado de Young e com certeza merecem estar onde estão neste momento.

      • Frederico_WWE - há 4 anos

        Bom artigo.
        Conheço essa tag team os The Ascencion embora não mt bem e pelo que tenho lido parecem me que podem ser o futuro da divisão tag team na WWE e trabalham bem como equipa e a gimmick e as entradas são exelentes e digamos únicas com aquele toque misterioso tipo Undertaker embora nem tanto como é óbvio portanto era bom que na WWE trouxessem a stable com a filha do Eddie Guerrero como manager e que não mudassem nada na entrada deles…

      • Inicialmente a The Ascension era mais uma stable onde formada por Conor O´Brian, Kenneth Cameron, Epico e Raquel Diaz e já ai achava interessante mas como Tag Team também esta excelente e mesmo sendo só dois conseguiram manter a excelente entrada e conseguiram manter aquilo que a stable representava. Até pode acontecer Raquel Diaz mais tarde ser manager deles tal como é Rosa Mendes mas neste momento isso não é o mais importante.

      • danielLP21 - há 4 anos

        E o Ricardo Rodríguez também fez parte da stable,embora tenha sido por pouco tempo.

      • danielLP21 - há 4 anos

        Os The Ascension podem ser Campeões de Tag Team dentro de um ano,basta terem o push ideal,semelhante áquele que os Primetime Players estão a ter.

      • O Ricardo Rodriguez nunca fez assim nada de tivesse uma grande importância por isso nem o considerei e sua gimmick não se identificava no estilo deles.

        Os Ascension ainda têm muito para mostrar e se vires a duração do NXT 5, Titus e Darren Young tiveram muitos meses para provar que mereciam este push e é isso que os Ascension vão fazer e não os estou a ver como champs daqui a um ano mas gostava que acontecesse.

  3. MISTER - há 4 anos

    ACREDITO QUE AS MUDANÇAS FORAM PÉSSIMAS . Os únicos 2 que podem ganhar um chance são Derrick Bateman, e Conor O´Brian que foi o lutador que eu achei que tinha mais talento no NXT

  4. Anónimo - há 4 anos

    Qual a vossa opinião sobre os rookies que fizeram parte deste show?

    O Novak e o Saxton não despertavam a minha atenção, não via futuro neles nas edições passadas, nessa quinta temporada eles não melhoraram muito, e por isso não acho que a WWE perdeu muito…

    Lucky Cannon: Achei ele injustiçado, depois do turn ele melhorou muito, não entendi porque a WWE o deixou escapar!

    Conor O´Brian: Ele melhorou bastante junto com o Kozlov, e parece que na FCW formou uma tag team muito boa, terei que ver a nova NXT, pra ver o que foi feito dele com o seu parceiro, mas pelo que li parece ser bom!

    Derrick Bateman: A história dele com a Maxine ( pena que se demitiu), o Curtis ( de que eu não gosto) e a Kaitlyin foi a melhor dessa edição, muitas reviravoltas, ele participou algumas vezes da Smackdown e quero que ele fique de vez por lá em breve, ele já foi excelente na primeira temporada, e agora foi bem de novo, espero que ele ganhe a oportunidade que citei!

    Darren Young e Titus O’Neil: Meus favoritos nessa temporada, e como tag team são excelentes, minha dupla favorita, espero que ganhe da dupla de Truth e Kofi, e tenham uma rivalidade com os Uso pelo título, esses dois são ótimos juntos!

    O que acharam das mudanças que este show foi tendo ao longo das semanas?

    Não gostei muito das mudanças, gostava do conceito antigo de pro e rookie, uma pena que tenha mudado, mas se for pra ser uma terceira brand, tem que ter um título, na minha opinião, e por mim o primeiro vencedor desse cinturão seria o Bateman ou o Michael McGilicutty!
    PS: Ainda não vi esse novo NXT, parece ser interessante e quando eu tiver tempo, pararei pra ver…

    Tirando Darren Young e Titus O´Neil que outros rookies acham que merece uma oportunidade na WWE?

    Pergunta fácil de se responder, claro que é o Derrick Bateman, ele deveria estar no Smackdown a muito tempo!

    • Vinícius Nunes - há 4 anos

      Qual a vossa opinião sobre os rookies que fizeram parte deste show?
      O Novak e o Saxton não despertavam a minha atenção, não via futuro neles nas edições passadas, nessa quinta temporada eles não melhoraram muito, e por isso não acho que a WWE perdeu muito…
      Lucky Cannon: Achei ele injustiçado, depois do turn ele melhorou muito, não entendi porque a WWE o deixou escapar!
      Conor O´Brian: Ele melhorou bastante junto com o Kozlov, e parece que na FCW formou uma tag team muito boa, terei que ver a nova NXT, pra ver o que foi feito dele com o seu parceiro, mas pelo que li parece ser bom!
      Derrick Bateman: A história dele com a Maxine ( pena que se demitiu), o Curtis ( de que eu não gosto) e a Kaitlyin foi a melhor dessa edição, muitas reviravoltas, ele participou algumas vezes da Smackdown e quero que ele fique de vez por lá em breve, ele já foi excelente na primeira temporada, e agora foi bem de novo, espero que ele ganhe a oportunidade que citei!
      Darren Young e Titus O’Neil: Meus favoritos nessa temporada, e como tag team são excelentes, minha dupla favorita, espero que ganhe da dupla de Truth e Kofi, e tenham uma rivalidade com os Uso pelo título, esses dois são ótimos juntos!
      O que acharam das mudanças que este show foi tendo ao longo das semanas?
      Não gostei muito das mudanças, gostava do conceito antigo de pro e rookie, uma pena que tenha mudado, mas se for pra ser uma terceira brand, tem que ter um título, na minha opinião, e por mim o primeiro vencedor desse cinturão seria o Bateman ou o Michael McGilicutty!
      PS: Ainda não vi esse novo NXT, parece ser interessante e quando eu tiver tempo, pararei pra ver…
      Tirando Darren Young e Titus O´Neil que outros rookies acham que merece uma oportunidade na WWE?
      Pergunta fácil de se responder, claro que é o Derrick Bateman, ele deveria estar no Smackdown a muito tempo!

  5. Dolph Ziggler - há 4 anos

    – Tirando Darren Young e Titus O´Neil que outros rookies acham que merece uma oportunidade na WWE?

    Derrick Bateman

  6. Rui Dionisio - há 4 anos

    – Tirando Darren Young e Titus O´Neil que outros rookies acham que merece uma oportunidade na WWE?

    – Derrick bateman a fazer tag team com o Johnny Curtis, tem potencial para ser uma boa tag team e assim o johnny curtis podia cobrar a sua oportunidade de vencedor do NXT 4

    -Kaytlin tem de cobrar também a sua oportunidade pelo titulo das divas que bem está a precisar de mudar

    Curt Hawkins e Tyler Reks- Estou farto de os ver a perder combates de One-on-One no roster principal, eles sao uma tag team, e mesmo assim se é combates de One-on-One ao menos que o companheiro venha como manager e ganhem o combate

    Maxine – porque raio é que foi despedida!!!!!!!!!1

    Lucky Cannon- nao devia ter sido despedido, ele tinha potencial, aliás ele estava a fazer o percurso que o The Miz fez no inicio, a utilizar as Divas para subir na carreira!!!

    Byron Saxton- vai ser tipo AW, sem sucesso como lutador, por isso vai como o Jerry Lawler, para comentador e faz de vez em quando combates One-on-One.

    • Tanto Johnny Curtis como Kaitlyn não cobrarão os seus prémios de vencedores do NXT pelo menos designado como tal podem no futuro disputar esses títulos mas não por via dessa vitória.

      O Johnny Curtis sempre foi dos meus favoritos a vencer o NXT 4 mas sinceramente actualmente a personagem dele não me diz nada.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador