Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Contacta-nos!

Perguntas e Respostas #162

Chega a altura para, mais uma vez, vocês perguntarem ao Chris JRM, o gajo dos Top Tens e ele responder. O artigo que me tira do habitat e que me coloca a escrever parágrafos que não estejam numerados ou ordenados propriamente por importância. E que até me faz sentir um pouquinho importante e, como o meu ego é bastante frágil, aproveito tudo. Obrigado por todas as vossas perguntas e verifiquem os disparates que eu fui buscar para as responder:

Quando e de que forma é que achas que a Authority devia acabar? (Miguel Carlos)

Para ser muito sincero, não sei se é daquelas coisas que acabem num momento preciso ou se é apenas algo que se vai dissolvendo. E digo isso olhando para o presente, porque não sei se ainda existe uma Authority propriamente dita. Seth Rollins ficou sozinho, J&J Security arrumados, Kane arrumado e a prometer um retorno como Face e Triple H e Stephanie McMahon como figuras autoritárias “tweener” que já não parecem querer interferir directamente nos combates… A Authority ainda é algo que existe mesmo? Não digo que seja, mas parece-me o método por que possam optar para terminar o seu percurso: a dissolução progressiva. Storylines em que perdem poder para alguma figura de alto nome – usemos Sting como um mero exemplo – seria a outra opção mas, para já, vejo uma Authority muito inactiva. A não ser que ela se reforme com novas recrutações. Veremos…

Chris JRM, o que achas que a WWE planeia para o Rusev? Vai lhe dar um novo push ou pretende enterra-lo? (Dan Lannister)

“Enterrar” é um termo muito sobrevalorizado hoje em dia, anda tudo enterrado! Até o Kevin Owens, o homem que teve o combate da noite onde sobreviveu a 3 Attitude Adjustments, um deles da corda superior, foi enterrado. Não digo que eles não cometam a colossal parvoíce e o façam mais à frente, o que eu não acredito, mas não foi uma derrota que o fez imediatamente.

Rusev realmente sofreu umas semanitas de mau booking devido à sua lesão. Mas acredito na sua recuperação e acredito que já estejam a trabalhar nela agora. Até porque o vejo muito bem encaminhado. Se vos confunde que tenha sido após sofrer duas derrotas seguidas, volto a lembrar que pensam demasiado em derrotas e não veem como elas são feitas. O defeito que tenho a apontar no actual booking de Rusev? Ele anda a ser bookado como Face! Tem a ex a dar-lhe cabo da cabeça com outro gajo só para o provocar, enquanto estava lesionado, volta e é dos mais resilientes competidores que acaba combates sozinho contra três e nem assim deixa facilitar ou vence combates árduos de forma limpa e aceita um desafio imediatamente a seguir, contra um gajo como o Cena, mesmo estando exausto e até consegue ficar perto da vitória. Não é qualquer Heel que tem disto. Mas está a ser reconstruído para voltar a ser fortíssimo e tem uns bons primeiros passos. Acabaram-se os dias da besta invicta, já vimos que ele é batível, agora temos que olhar para o Rusev humano, com vulnerabilidades, emoções… E muita garra. Andam a trabalhar nessa parte.

Resumindo, acho que Rusev volta a subir em breve. Não pensemos demais nas derrotas porque em combates alguém tem que perder. E já parte dessa paranóia deve ter passado para eles e é por isso que temos tantos “no contest”.

Que equipa achas que poderia tirar os títulos dos Prime Time Players? (daemon silva)
Chris, quem achas que devia tirar os títulos aos Prime Time Players (HardyBoy77)

Exactamente a mesma pergunta e não quis excluir nenhum, cá ficam os dois.

Ora uma coisa que noto na divisão Tag Team é que parece haver muita Tag Team Face. E o que lhe dá balanço são equipas sem credibilidade e muito lá embaixo ou equipas inactivas. Um exemplo de uma equipa Heel são os Ascension mas eles têm tanta credibilidade aos títulos como o Jack Swagger tem a qualquer título. Para quem tenho os olhos voltados: uma certa família que se reuniu outra vez. Com a Wyatt Family de volta, vejo-os a capitalizar neles desta vez, da forma que não o fizeram da primeira vez. Acredito que deem tempo ao Erick Rowan para recuperar e voltar da baixa para os colocar na rota aos títulos, permitindo aos PTP várias defesas e vários adversários para se manter quentes e prolongar-lhes o reinado. A não ser que queiram colocar o próprio Bray Wyatt a competir na divisão de equipas, não excluo essa opção. Mas, a não ser que queiram fazer trocas e fazê-los cair de novo nos New Day – melhor equipa actualmente e que se encontra mais over – pendo para a Wyatt Family.

Chris JRM: Com o regresso do Undertaker e depois da brawl da última RAW, achas que o universo da WWE no SummerSlam vai apoiar o Lesnar ou o Taker? (Diogo Dx)

A clássica situação da plateia dividida que é o que se pretende sempre quando se marcam main events com Superstars do mais alto gabarito, que maior parte das vezes calha nem estarem a full-time. Confesso que assim que Undertaker voltou, a beneficiar Seth Rollins e a recorrer a golpes baixos, que o vi como um Heel. Mas a esta altura, como raio se mantém o Undertaker a Heel, como se vira uma plateia contra ele? Não me parece que existam Faces ou Heels nesta rivalidade, apenas dois tipos que a malta sempre gostou de ver e que não estão bem ser com as mãos à volta do pescoço do outro. E é mais por isso que vão todos torcer.

Logo é de esperar que se dê a divisão de cantos entre os fãs de Undertaker que o preferirão sempre e outros que preferem o lado de Brock Lesnar por ver que a já visível deterioração física de Undertaker não o torna tão credível. Cantos alternados. E, tendo em conta que o seu combate da Wrestlemania não foi nada por aí além e não se espera que este que se aproxima seja assim tão melhor – até se espera que a brawl do Raw tenha sido o melhor – talvez seja essa interacção de público que dê mais vida ao encontro.

Chris JRM, quem seria o adversário ideal para o Undertaker na WM 32? (ANDRÉ)

Vou por vários caminhos. Um que seria brutal seria Kevin Owens. Esqueçam as conversas de enterro, ainda não há disso à vista. Ele pode muito bem continuar a subir e voltar as miras para alvos maiores, mais lendários. Ficam-me as dúvidas em relação ao vencedor. Uma segunda derrota para Undertaker na Wrestlemania só ia ter um sabor esquisito. E já sem choque. E Owens aí é que não beneficiaria de uma derrota.

Um bom caminho teatral seria Finn Bálor. Nem que seja para ver as entradas dos dois na Wrestlemania. E porque podia ser uma versão escalada do encontro demoníaco que foi com Bray Wyatt na passada Wrestlemania, só que desta vez com um mais excêntrico ainda que nem precisa de ser propriamente maléfico.

E outro caminho seria mesmo o Sting. Não por ser um grande combate porque isso estaria longe de acontecer hoje da mesma forma que aconteceria há uma dúzia de anos atrás. Só pela concretização. Para fechar o livro com um “faltava este” e para alimentar um pouco o mark out inevitável que se daria com um frente-a-frente entre os dois, pelo menos na arena. E risca-se da “bucket list”. Até acho este bem possível. Mas o que tenho a ter em conta é que esta pertinente pergunta não se devia continuar a fazer todos os anos porque não convém andar a esticar Undertaker além do que ele pode. Prefiro que no próximo ano me calhe alguma pergunta do género “Achas que Undertaker entra para o Hall of Fame já na próxima cerimónia, agora que ele já se aposentou?” E eu defenderei um forte “sim” pelo merecimento e fico mais contente por saber que já não há necessidade de o manter seguro por um fio.

Achas que o Título de Divas está perto de ser retirado de Nikki Bella? O que achas que vai acontecer nos próximos meses com as Divas do NXT e qual sua “previsão” para o combate delas no próximo PPV? (Paige BO$$)

Quanto à primeira pergunta, posso dizer que sim, acho. Se é para haver uma revolução, é para haver mudança e se as Bellas são a “razão” para a revolução então a mudança é já aí e convém destroná-la. Nada contra ela, nem a acho má Campeã e considero uma worker com bastantes melhorias recentes – a que melhorou mais das duas irmãs, mesmo que Brie tivesse começado as suas melhorias mais cedo, a Nikki depois melhorou mais. Apenas vejo isso como o único a fazer sentido nesta história. Quanto às três equipas, vejo as coisas encaminhadas para um confronto entre todas no SummerSlam, mesmo que isso origine dois PPVs seguidos sem o título a ser defendido. Mas ntambém não dá para adiar para o seguinte PPV onde a defesa do cinto é obrigatória. O que pode acontecer é alguma mudança de título já antes de culminarem os três trios, mas quanto a essa parte não posso dizer muito. A forma como as coisas vão encaminhadas dá-me a entender que o título pode ir parar à cintura de Charlotte, mesmo que Sasha Banks não lhe esteja a ficar muito atrás no destaque dado. Continuemos a ver, tem que ser desta que a divisão tem uma reviravolta a sério!

Chris JRM, quando achas que seria o período ideal para o Reigns e o Ambrose fazerem o heel turn? E qual a melhor maneira para isso acontecer? (Sam)

Não sei se existe alguma altura ideal para isso. Talvez Reigns a tenha tido no pós-Rumble que o viu com o público contra si. Seria uma forma de capitalizar nisso e faziam uma à Batista que resultou lindamente. Mas preferiram insistir em mantê-lo como um Face de topo e, começou mal com a tentativa de forçar-lhe os dotes orais e melhorou quando o começaram a apresentar como um tipo mais físico, mais à maneira como já era nos Shield. Agora parece estar estabelecido aí para ter uma Turn em breve.

Já Ambrose é gajo para resultar de qualquer maneira, “sofrendo” apenas com o factor dos dias de hoje de plateias a torcer pelos favoritos, independentemente de serem Faces ou Heels: malta vai adorá-lo na mesma. Um indicador de que uma Turn pode ocorrer é o facto de deixarem perder o seu rumo. Que é o que está a acontecer, mesmo que já esteja envolvido na história com a Wyatt Family e que esta pode ter maior destaque se realmente envolver Sting como corre por aí a palavra. Mas ele era candidato ao WWE World Heavyweight Championship e caiu com muita força. Se isso é sinal de necessitarem um “refresh” para terem mais que fazer com ele então não é muito longe desta altura.

Em qualquer situação, a melhor maneira teria que ser uma mais tradicional, de traição. No caso de ambos, basta o outro, calha bem serem “bros” para isso. Juntar-se à Authority já está passado, ainda para mais porque, como já disse noutra questão, não me parece ainda haver grande Authority!

O que acha da divisão Tag Team e o que faria para melhorar ela? (Edgard)

Acho que já tem saúde. Já viu dias melhores noutros tempos mas também tem tempos recentes bem mais negros. E agora já se vê competição nela, tem tempo de antena e de vez em quando até rouba o show. E costuma apresentar qualidade nos seus combates. O que faria para a melhorar era o normal investimento que se deve fazer nela. Não me posso queixar do tempo de antena mas uns combates longos com estipulações chamativas. Histórias mais profundas que não envolvam só a caça ao título a partir de vitórias e derrotas. E, claro, o mais importante, trabalhar todas as equipas e manter um vasto leque de opções. Não trazer equipas do NXT para os colocar a fazer figuras de palhaço e enterrá-los como fizeram com os Ascension. Se levarem as coisas mais a sério, têm muitos problemas resolvidos!

– Com o tap-out do Kevin Owens, achas que ele ainda vai lutar pelo USA Title? E se sim, qual era o combate ideal para ti?
– Com este regresso do Taker e esta feud com Brock, Rollins não tem tido muito destaque (é verdade que ainda só passou pouco tempo), mas achas que ele vai ter outra vez o mesmo destaque ou mais um bocado que tinha antes? E quem será o seu adversário para o SummerSlam? (Dr. MAnia)

– Acredito que sim porque não vejo um capítulo fechado e está aí a chegar o SummerSlam. O que vejo a acontecer, com mais lógica e a sugerir qualidade imensa é mesmo uma Fatal 4-Way também envolvendo Rusev e Cesaro. Aí até estava um cenário engraçado para Owens ganhar o título sem bater o Cena, algo que não estaria bem feito porque este reinado de Cena, com “open challenges” e tudo isso, é daquelas coisas que deve acabar com um final limpíssimo. Mas nós sabemos o medo que eles têm de fazer muita coisa boa. Talvez resolvessem o assunto de uma vez num rematch no Night of Champions. Sim, o final do combate no Battleground não foi o melhor, nem de perto, mas ainda vejo muito aberto para Owens continuar na luta. Não é a altura do campeonato para ele se arrumar ou para ser substituído por qualquer outro.

– Outro erro gigante. Não podem cometer a asneira de deixar Rollins passar para o segundo plano. Dizes bem que ainda só passou pouco tempo mas já caíram na esparrela de colocar os part-timers a encabeçar o evento. Rollins terá um main event secundário. Foi com coisas assim que CM Punk teve a sua última Heel Turn mas agora com um já Heel não há muito a fazer. Têm semanas para trabalhar o seu percurso para o SummerSlam mas a sombra do combate entre Lesnar e Undertaker lá estará sempre. Quanto ao adversário, encontro dificuldade em encontrar nos membros activos alguém que não esteja ocupado e que possa dar o passo em frente e desafiar Rollins. O que deixa a restar apenas um que, nem eu nem muitos, queria. Por nada. O regresso de um Kane vingativo. Aos poucos, parece que vai cheirando a isso.

A onda do momento é que o Owens acaba de entrar para a lista dos “só mais um” após essa última derrota para o Cena, e tal por conta que alguns membros não o queriam ver com destaque. Realmente, se vier a acontecer eu não entendo, ele foi o gajo que mais vendeu na NXT desde que essa brand foi levada como algo sério, e que conseguiu trazer o público indy a WWE. É até difícil acreditar que do nada o Dunn o chute a escanteio por conta que não quer ver alguém da NXT brilhar a sério no roster principal.
Concordas? (Zé Ceará)

É daqueles casos para dizer “já nem digo nada”, porque Owens tem tudo para ser uma estrela que só lhes traz lucros – peço desculpa pela sarna que isso possa causar ao Vince Russo – e estava mais over que a maioria. Mas realmente há lá para dentro uns meios tolos que estão tão cientes do que os fãs querem e a programação televisiva precisa como eu de estratégias para jogar críquete. O que eu também acho é que não foi a derrota para o Cena que o tornou no tal “só mais um”, por muito má que tenha sido a decisão. Não se pode partir logo para isso, quando há um caminho a percorrer e Owens chegou há pouco tempo. Até o Rusev que teve uma queda maior, parece estar a recuperar bem mesmo que seja com bookings apropriados a babyfaces. Logo não posso achar que Owens tenha a carreira queimada ou que exista muita forma de o fazer. Que haja lá dentro alguém que queira enterrar a malta nova toda? É capaz. Que tenha muito poder para isso é que já não sei. E também não me consegue caber totalmente na cabeça que haja alguém tão empenhado e em missão para enterrar quem venha do NXT, é uma estratégia inteligente de facto. Quem precisa dos lutadores do NXT se são estrelas do passado que asseguram o nosso futuro, realmente?! Cena por mais vinte anos!

Quem gostavas de ver na WWE que está atualmente nos indys? (reigns one versus all)

Como eu sou um gajo que está consciente que nem todos podem ser main eventers, acho que também se devem arranjar bons midcarders. Se calhar só depois de se arranjar bons bookings para o midcard. Uma coisa de cada vez, mas penso já em bons lutadores que gostaria de ver como bons midcarders. Gosto bastante do ACH e acho que ele tem aquele nível de um Shelton Benjamin há uns dez anitos atrás. Podia fazer maravilhas com o Neville também, se atinarem com ele. E vejo um imenso talento em interpretar uma personagem over-the-top em Dalton Castle, que tem vindo a tornar-se cada vez mais um dos meus favoritos na Ring of Honor – conheço pouco do seu percurso fora da ROH. Claro que não vinha interpretar a mesma personagem mas se tem jeito para gimmicks mais flamboyant, conseguia sair-se bem com outra. Mas lá está, tinham que saber bookar personagens desse género. Definitivamente tem que se resolver esse problema primeiro.

Já alguém de calibre maior, um dos meus lutadores favoritos a nível global e que eu considero que seja “o que falta”, na lista de star power independente que ainda não foi para a “liga grande”, é Adam Cole. Talvez seja uma questão de tempo, visto que já se falou várias vezes em interesse por parte da WWE. Fico à espera dele e do nome manhoso que lhe arranjam!

Chris JRM, você acha que as divas do main roster não foram capazes de fazer uma revolução na Divas Divsion? E trazer novas lutadoras do NXT foi a melhor opção? (Kauê Souza)

Chris JRM, com uma aposta clara na divisão feminina, achas que algum dia iremos começar a ver combates com estipulações (Ladder match, No Desqualification, etc). (RFBM)

Incorporo as duas questões e já falo em geral das nossas Divas actuais. E é claro que as Divas que já lá estavam presentes não podiam causar impacto revolucionário, não só porque o novo tem mais impacto, mas também porque havia mesmo uma falta. É verdade que não faltava lá talento, por exemplo, na Natalya ou na Emma, mas se elas se juntassem à Paige para procurar uma revolução, não ia ter qualquer impacto, ia ter pouca atenção porque já lhes varreram a credibilidade que elas tinham. Nem iam conseguir justificar muito tempo de antena, como aconteceu recentemente. Logo a subida de novas caras nem era a melhor opção, era a única opção. Já se sabia claramente que elas estavam muito mais over e que andavam por aí a ser aclamadas por meter a principal divisão num bolso. É uma questão de terem juízo ao booká-las – que parecem estar a ter – porque já se vê que o problema nunca vai ser delas.

E realmente pode vir a instalar-se uma divisão em que possam ser mais criativos nos combates, já começam a haver condições. E até se dizia por aí que eles queriam prender a Brie e a Nikki Bella num Hell in a Cell, no ano passado, e por muito aterrador que isso soe, só mostra que eles até pensam nisso de vez em quando. E se recuarmos apenas uns cinco anitos, quando a divisão já não se podia gabar de andar muito famosa, vimos um Tables Match com a Beth Phoenix e a Natalya a derrotar as LayCool. Portanto se podemos ter o combate da noite com uma longa duração no NXT, podemos ter o mesmo no principal, porque elas conseguem. Se olharmos para o que a Sasha Banks e a Becky Lynch já fizeram e as colocarmos num combate de submissão…

Chris, você acha que esta nova geração está dando conta do recado? Como deu a geração da Attitude Era? (El Mito)

Todas as gerações são diferentes e todas dão conta do recado de maneiras diferentes. Porque são tempos diferentes. Na Attitude Era, vivia-se uma era televisiva mais “edgy”, à volta de uma mistura de conteúdo adulto e juvenil. Uma geração MTV que gostava do Beavis & Butthead e de muita violência. Actualmente as coisas não vão tanto por aí e separam-se os conteúdos, existindo conteúdo familiar à sua hora e no seu canal e com o conteúdo mais extremo a esticar a corda cada vez mais, em horas mais tardias e em canais de cabo mais livres. A WWE não vai parar ao segundo caso, eles não são loucos, logo têm que se adaptar e vão-se safando sempre. Quanto a uma geração actual a transitar para uma futura, em termos de plantel, olhando para nomes actuais e outros que estão no NXT, podemos vir a ter o melhor plantel em termos de talento em ringue e com o maior “work rate” em muito tempo. Só não lhes podem colocar travões e deixar que tenhamos uma geração mais voltada ao wrestling, por muitos afrontamentos que isso possa causar ao Vince.

Chris JRM, acha que é possível existir mais alguma integração de outro título? Ou mesmo a volta das Brands Split? Se não tem alguma possibilidade de trazerem o Hardcore ou mesmo o Cruiserweight?? Obrigado. (AMERyCANO BR>>>youtube)

Para já não, já se vêem à rasca para lidar com os que já lá têm. Já está bem melhor que em outros tempos e o United States Championship atingiu agora um nível estelar que nunca pensámos que chegaríamos a ver. Mas com isso, já perderam um pouco o rumo do título Intercontinental e este começou a ganhar uma sombra sobre si e desenrolando-se com feuds pouco apelativas a uma fatia significativa do público. O título Hardcore é algo que resultou no seu tempo mas que trazê-lo de volta não ia ter o mesmo efeito e ia ser apenas uma réplica do que já foi. O título Cruiserweight até pode dar jeito para dar que fazer a alguma rapaziada que lá anda que não arranjam lá lugar, mas para isso tinha que ter uma garantia que o título tinha uma mínima importância. Já quando ele existia, tinha os seus momentos baixos com frequência, nos dias de hoje, ironicamente quando um Raw tem 3 horas, é quando parece não haver espaço para ele. A melhor maneira era deixá-lo exclusivo de um programa só e colocá-lo em PPV, frequentemente no Kickoff, saltando regularmente ao card principal. Mas não parece algo em que estejam interessados para já, não estão virados para aquela obrigatória divisão de pesos e distinção de tamanhos, o que até nem é mau. Que o pequenote brinque com os grandes também!

A Brand Split até era gira por razões nostálgicas. Também dava jeito para dar alguma atenção ao Smackdown. Ou então o contrário, o Smackdown tinha que ter atenção primeiro para depois poder ter a sua própria brand. O Raw também tinha que deixar de ter 3 horas, que muitas vezes já estão cheias de chouriço com o plantel todo, quanto mais com metade, onde seria preciso esticar. Um só título não podia andar a saltar entre brands, senão mal havia a tal separação e é cedo para separá-los outra vez. E é tudo coisas no qual não vejo qualquer investimento iminente. Talvez um dia mais à frente queiram experimentar isso outra vez. O meu lado nostálgico de quem se iniciou com este sistema até gostava de ver. Mas é claro que queria uma coisa bem feita.

Chris, Você acha que teremos um combate entre Rollins e Cena depois daquele segmento na RAW? Caso sim, quem você acha que irá ganhar? (Aluísio)

Chris, quem achas que irá combater com o Rollins no SummerSlam pelo WWEWHC? (CenaLunaticFringe)

Passou-se um Raw quando comecei a responder às vossas perguntas. Passaram-se dois Raws quando cheguei a esta parte. Se tivesse seleccionado estas questões anteriormente, teriam respostas diferentes. Respondia que não à primeira e incorporava aquela pouco apelativa resposta que já dei em que mencionei um regresso de Kane na segunda. Agora que eles já combateram por outro título e Cena já tem uma vitória sobre ele, começam a concretizar-se temores e o Cena começa a espreitar quando as coisas estavam tão bem com ele a fortalecer o midcard alto – que o tornou num main event secundário – e com a cena do título principal a mostrar que sobrevivia bem sem ele. Mas, a não ser que as coisas dêem voltas, tudo caminha para esse encontro, os dois já parecem estar oficialmente a rivalizar. Quanto ao vencedor, talvez seja a minha preferência a falar, mas só consigo ver Rollins como o indicado. Cena não precisa daquele título, tem feito maravilhas com o outro. Rollins precisa de umas vitórias fortes para credibilizar o seu reinado e prolongá-lo. Rollins tem uma derrota por submissão para compensar. Cena tem um passado de ser o Cena e anda numa das suas melhores fases em muito tempo e não tem coisa alguma a compensar. Para mim, é só juntar dois mais dois, mas como essa conta por vezes lhes dá 35, já nem digo nada. Estou a responder a medo.

Chris, o que achas de programas como o Total Divas? Para você o titulo da divisão poderia se chamar Women’s Championship?

Um programa como o Total Divas está longe de ter o mesmo público-alvo que a restante programação da WWE e a sua qualidade e QI requerido são muito questionáveis. Mas ajudou um pouco as Divas, na sua altura, por lhes dar algum destaque – mesmo que não da melhor maneira – e até lhes deu algum rumo e propósito – mesmo que não fosse o melhor dos propósitos. Também parece servir para empregar aquelas que não têm grande lugar num ringue, além daquelas que têm-no lá bem merecido mas que lhes custa a reconhecer. Não é o programa em que queira ver nenhuma das recém-chegadas. Já chega a Paige. Actualmente já é um programa pouco útil, se é que o é sequer. Quanto ao título, já lá vão os dias do Women’s Championship, que era melhor, pelos que nós recordamos. Mas se agora há um título que reforça a obrigação de as classificar como “Divas” então tem que se enriquecer a história dele. Se fosse retirado para trazer o antigo de volta, menos valor iria ter o curto período que ainda não chegou a dez anos que este cinto tem. Com as “Divas” certas fica um título como o outro ou suficientemente perto.

Qual achas que é a melhor direção para o Owens agora que a feud com o Cena parece ter acabado? (Dolph Ziggler)

Por mim, ainda quero ficar na minha de que a feud ainda não acabou totalmente e que aquele título tinha demasiados pretendentes para serem agora sacudidos para que o Cena vá atrás do título principal porque pode, quer e manda. Mas pegando nas voltas que essa feud deu, ficou óbvio que, pelo menos com Cesaro, ele ainda tem imensos problemas e o combate que pode sair desses dois é de deixar um pobre mortal a salivar. Se realmente se afastar de títulos, Owens tem que se manter em feuds de alto calibre com nomes soantes. E com propósito. Não pode ter booking à Wyatt cujas feuds mais o faziam parecer um gajo perdido sem saber para onde se virar. Owens tem que ajustar contas com Cesaro, retomar Orton como lhe prometeu, mostrar ao Ryback que tem mais fome que ele – até acredito que puxe um bom combate dele – dar espectáculo em ringue e ao microfone com Dean Ambrose, etc. Tem que manter um bom rumo, assinar um grande combate a cada PPV para fazer a sua presença sentir-se e voltar-se de novo a ouro, que não é exagero nenhum dizer que ele já estará (está) pronto para uma caça ao WWE World Heavyweight Championship. E eventualmente… Brock Lesnar é um excelente adversário para ele.

Achas que o Bray Wyatt vai continuar à deriva, agora que se tornou aliado do Luke Harper outra vez? (DMartins_WWE)

Quem você acha que seria o membro ideal para se juntar à Wyatt Family, caso o Rowan não se recupere logo? (Sorlei Rui Oltramari)

Bray Wyatt ficou à deriva desde que se separou da sua Family e Harper igualmente, mesmo que tenha tido ali um período em que até foi Campeão Intercontinental, no qual se tornou notório mas por pouco tempo. Reuni-los já é procurar alguma coisa. O certo é que se o booking está inconsistente, não é só por juntá-los que vão recuperar as coisas milagrosamente. Mas já lhes deve dar uma nova perspectiva. Até uma divisão de equipas à sua disposição têm. E, pegando na segunda pergunta, podem ser criativos com a inserção de algum novo membro. Sei que muitos vêem sentido e encaixe perfeito em Bo Dallas mas não sei se estão apenas a olhar para afiliações familiares reais. Seria fácil pegar nisso mas não sei se seria tão fácil levar a sério uma “dark turn” do Bo Dallas. Um que me agrada mais é um gajo cada vez mais frustrado porque o público “just… don’t… get it.” e Adam Rose deixar o seu passado faroleiro de vez e recuperar o Leo Kruger, que parece alguém que já foi da Wyatt Family. Um problema que sempre vi no Kruger e que eu sempre achei que justificava a mudança para Adam Rose era precisamente a quantidade de semelhanças que se encontrava com Wyatt, nos seus maneirismos, nas suas promos crípticas, na sua atitude em geral. Uma boa maneira de contornar isso é fazendo-o membro do grupo. Pode ser-se semelhante se for da “família”. Com uma nova aquisição sempre dava mais pano para mangas para criatividade à volta do já tão maltratado booking de Bray Wyatt.

Chris qual foi o/os temas que te deram mais pica fazer em todas as edições do top10 ?? (FrancisDreezPT)

Ah, gostei desta. Até fica engraçado para fechar, uma pergunta sobre o meu trabalho, algo que espero que não soe presunçoso porque está longe de ser a minha intenção.

Mas posso dizer que o Top Ten é algo que me dá bastante gozo escrever, todas as edições, todo o espaço. O que prefiro sempre é um tema que eu ache fácil e que não tenha que matutar tanto, fluem muito melhor e muito mais rapidamente. Também aqueles que tenham conteúdo em fartura, por vezes entusiasmo-me com um tema e não encontro material suficiente e tenho que estar a mudar de tema por não conseguir encher dez posições e não ter muitas formas de pesquisa. Mas confesso que até tenho uma certa preferência por um tipo de tema: os que são mais voltados para a galhofa ou que se focam mais em “piores”, “esquisito” ou esquecido. Há um certo gozo especial em desenterrar alguns “tesourinhos deprimentes” e falar deles. Pegar nos melhores de alguma coisa é sempre bom, fala de história, é fácil de escrever e tem bom feedback. Mas esses “marginais” conseguem ser bastante divertidos.

Mas claro que os que eu mais gosto mesmo são os que são bem recebidos por vocês que, até agora, têm sido todos!

Por aqui fico e acho que até nem é pouco. Espero que tenham ficado esclarecidos e agradados com o que vos pude responder e espero que tenham dúvidas, curiosidades e ideias para a próxima edição em que o João Pereira estará a cargo das vossas perguntas. Até à próxima!

Sobre o Autor

- Escritor do artigo “Top Ten”.

29 Comentários

  1. Reigns one versus all - há 1 ano

    Obrigado por responderes à minha pergunta.

    João,achas que o undertaker esta a ter a sua ultima run ate a wrestlemania do próximo ano?

    O que achas te da situaçao do hulk Hogan e que consequências pode trazer para a WWE?

  2. FrancisDreezPT - há 1 ano

    Ahaha ainda bem que gostaste Chris e obg por responderes…
    João, acharias possível fazer um Royal Rumble feminino, no pre-show do Royal Rumble, onde a vencedora enfrentava a divas Champion na WrestleMania, ou mesmo se pudesse escolher entre o Rumble, o FastLane e a WM para ter um Title Match???

  3. trouble...trouble....trouble - há 1 ano

    Isto do dunn não querer talentos do nxt a brilhar no raw explica muita coisa, o booking dos ascension, bo dallas, neville, adam rose, owens, cesaro, entre outros os únicos que ainda se vao safandao são os wyatts e os ex-shield, eu acredito que o cena não tivesse problema de perder o titulo para o owens, mas a transição não foi feita no momento certa e a guerra de poder na empresa não o permitiu

  4. ANDRÉ - há 1 ano

    Agradecido por ter respondido minha pergunta Chris
    Baseado na tua resposta eu escolho o Balor para adversário do Taker na WrestleMania 32
    Mas aí o Sting poderia aparecer no fim da luta, e eles dividirem o ringue, se encararem e um acertar pelo menos um golpe no outro, já valeria a pena o WM 32

  5. ANDRÉ - há 1 ano

    João Pereira, já pensando na survivor series, que times poderiam existir e se enfrentar?

  6. trouble...trouble....trouble - há 1 ano

    achas que knux/mike knox seria o tipo certo para entrar na wyatt family?

  7. Edgard - há 1 ano

    Vlw Chris. João acha que no summerslam vai ter Wyatt family vs roman reigns e Dean Ambrose com o Sting envolvido?

  8. AMERyCANO BR >>>youtube - há 1 ano

    Quem hoje no atual Roster da WWE está credível para disputar o cinturão WWHC contra o Rollins ?
    E quem você gostaria que estivesse a enfrentá-lo? E para quem achas que ele perderia?

  9. RFBM - há 1 ano

    João, achas que o Ryback deveria perder o IC title em breve, ou deveriam arranjar adversários e histórias mais interessantes.

    • Mizdown - há 1 ano

      Ryback vai feudar com o Cannon ex NXT, saiu num site, só ñ sei quando sai a feud, mas vai ser interessamte

  10. Kauê Souza - há 1 ano

    Chris JRCM, está de parabéns, ficou tudo esclarecido.

    João Pereira, quando John Cena, Randy Orton, Sheamus, não estiverem mais na WWE, como você acha que vai ser o futuro da empresa? Acha, que eles vão fazer aparições como Ric Flair, ou Hulk Hogan?

  11. Dan Lannister - há 1 ano

    Obrigado por responder minha pergunta. João, achas que seria apropriado criar um novo titulo? Tem muito gajo perdido no card.

  12. @JohnBrumCena - há 1 ano

    Achas que roman reings, será um novo john cena ?(Baybyface Eterno) ou a wwe ira dar alguns heel turns para ele enquanto outro wrestler fica como face e vendendo bem ??

  13. Paige BO$$ - há 1 ano

    OBG POR RESPONDER AS MINHAS PERGUNTAS ;)

    João,Você Acha Que becky lynch Foi Uma Das Melhores Escolhas
    Para Subir Ao MR? Você “Vê” Um Futuro Com a Naomi a Ser D.C?

  14. Anónimo - há 1 ano

    Chris obrigado por responderes á minha pergunta.

    -Atualmente a divisão de tag team é composta por 5 equipas(Matadores,Lucha Dragons, New Day, PTP, Ascension). No battleground, PTP derrotaram os New Day outra vez e atualmente só há 2 teams faces (PTP e LD) e 3 teams +/- pois a redibilidade dos Ascension é 0 e os Matadores tbm n tem muito destaqe.
    Achas q era necessário criarem novas eqipas?
    Qem será/serão os adversários dos PTP, para o SummerSlam?

  15. Eduardo Palini - há 1 ano

    João, o que achas que falta ao Seth Rollins como heel? Este já foi mr. Money in the Bank, é o campeão principal da empresa e se tornou este no main event de uma Wrestlemania de maneira nunca vista antes, tudo isso como heel. Acha que é a hora ideal pra este fazer um face-turn ou deveria perder o título primeiro?

  16. Sam - há 1 ano

    Obrigado por responderes a minha pergunta.

  17. João Paulo - há 1 ano

    João Pereira, Você acha que no combate entre a Family Wyatt vs Reigns e Ambrose no Summerslam, o Ambrose possa fazer a heel Turn em cima do Reigns?

  18. Diogo dx - há 1 ano

    Chris obrigado por responderes.

    João achas que o Cena se pode tornal hell no futuro?

  19. Cronos HHH - há 1 ano

    O que achas que vão fazer com o Kane agora?

  20. El Mito - há 1 ano

    Obrigado por responderes.

    João, quem achas que tem razão nessa briga, CM Punk ou WWE?

  21. Bully - há 1 ano

    João,achas que alguma vez a PG Era irá acabar e se alguma vez acabar para qual Era mudavas ?

  22. HardyBoy77 - há 1 ano

    Joao quem gostavas que fizesse um heel/face turn neste momento

  23. Marcus Paul - há 1 ano

    Achas que se a AJ n tivesse saído da WWE teríamos essa revolução que esta acontecendo na DIva Division ou teríamos um booking centrado nela e na Paige como acontecia …???

  24. Vitor Oliveira - há 1 ano

    Achas que o Summerslam está sendo bem bookado? Achas que teremos um bom card?

  25. Sonic3452 - há 1 ano

    Com Cena lesionado ao nariz, quem deverá ser o substituto para a luta com Seth Rollins, caso ele não se recupere?

  26. Sorlei Rui Oltramari - há 1 ano

    Obrigado por responder, Chris. Eles poderiam fazer um angle na qual o Wyatt faz uma espécie de “lavagem cerebral” e mate o Adam Rose para trazer de volta o Leo Kruger. Fora este e, obviamente, o Rowan, não vejo ninguém com condições de entrar nessa stable. Por mim, não teria problema algum o Harper e o Wyatt serem uma Tag Team. Era só arranjarem uma boa justificativa para quando o Rowan voltar.

    Agora, a pergunta para o João: Sei que você não é dos maiores fãs das divas, mas mesmo assim vou perguntar. Quem você acha que vai tirar o título da Nikki?

  27. Karate Kid de Samora Correia - há 1 ano

    João, o que achas do Basílio??

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador