Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Perguntas e Respostas #182

Sejam bem-vindos a mais uma contribuição minha ao Perguntas e Respostas. Tal como das outras vezes, escolhi as questões que considerei serem mais pertinentes e as que possuem as respostas mais interessantes. Aqui estão as vossas respostas!

Be Quiet: “Salgado, acha que o futuro da Bayley no Main Roster será tão bom quanto no NXT ou que ela terá um papel parecido com o da Becky, de bobinha e manipulável? Gostaria de saber o que acha da Alexa Bliss também.”

Não. No que toca a Bayley, não tenho qualquer fé na WWE.

Bayley é uma mina de ouro com o público mais jovem e o NXT já provou que adultos, de ambos os sexos, também gostam dela e torcem por ela. Sejamos francos, Bayley é a babyface mais popular do NXT, cuja audiência não é o seu público-alvo. São os fanáticos, os mesmos que tendem a apupar John Cena. Teoricamente, Bayley deveria ser um fracasso ou, no máximo, indiferente junto da audiência do NXT, mas na prática, esta é um estrondoso sucesso.  Logo, não há razão nenhuma para esta não ser um sucesso no roster principal.

No entanto, acredito que esta vá falhar, porque a WWE precisa de se investir em Bayley e precisa de ter muita paciência para que esta funcione. Não é algo que vá funcionar de um momento para o outro. A história de Bayley, o efeito de Bayley como personagem, não funciona de um dia para o outro. Vão ser precisos meses. É preciso dar-lhe tempo de antena para se dar a conhecer aos fãs, rivalidades com pés e cabeça, histórias interessantes e tempo para lutar. Acima de tudo, é preciso dar tempo e razão aos fãs para começarem a sentir empatia por ela.

O problema é que a WWE não consegue manter-se investida em várias estrelas ao mesmo tempo e em poucas semanas vai perder o interesse nela, tal como perdeu em tantas outras estrelas. À exceção de dois ou três lutadores que foram escolhidos a dedo, a companhia não é capaz de se manter investida em várias estrelas ao mesmo tempo. A não ser que Bayley seja o projeto especial de alguém com poder, ela não vai ter grandes hipóteses. E isso, por si só, também não é muito provável, visto que esta não tem a aparência de uma “Diva”. E mesmo que tivesse, nem os talentos que são escolhidos a dedo são imunes ao mau booking.

Se formos a olhar para Charlotte, Becky Lynch ou Sasha Banks, nenhuma das três teve tudo o que referi. Se olharmos para os mais recentes talentos vindos do NXT, Tyler Breeze e Neville também não tiveram.

O problema de Bayley não é a sua ingenuidade e inocência. Esta foi traída por todas as lutadoras que estavam na divisão consigo e, mesmo assim, teve carisma suficiente para manter os fãs do lado dela. O problema de Bayley também não é a quantidade de derrotas que tem no currículo. Se for bem feito, quanto mais vezes perder, mais Bayley conquista a simpatia dos fãs.

Tudo vai depender da apresentação dela e do investimento a longo prazo. Bayley não é uma personagem fácil de apresentar. Vai ser preciso tempo e paciência. O problema é que, hoje em dia, a WWE consegue complicar e falhar a apresentação das personagens mais fáceis e simples. Nada disso abona a favor de Bayley.

Alexa Bliss é uma versão muito mais carismática de Kelly Kelly. Como lutadora, ainda não chegou ao nível que a que o NXT nos habituou, mas tem potencial. No que toca ao seu carisma e atitude, acho-a fantástica e acho que ela salvou a equipa Blake & Murphy. Aliás, penso que sem ela, eles não vão ter qualquer futuro.

ANDRÉ: “Salgado você acha que a WWE vai fazer com a Bayley o que fizeram com a Paige de marcar sua estreia no raw pós-WM em uma title match?”

Acho que existe uma boa hipótese disso acontecer. Se a WWE realizar Asuka vs Bayley em Dallas (como é o meu palpite), durante o fim de semana de Wrestlemania, e Bayley perder o Título, acho que o mais provável é esta estrear-se logo na Raw. É também o mais inteligente, porque a audiência irá reconhecê-la de certeza, ao passo que outras audiências, noutras cidades e circunstâncias, poderão não reagir da forma mais efusiva.

BRUNOju: “Salgado, com a subida de Bayley ao Main Roster no próximo ano, quais Divas/Womens você acha que serão a aposta do NXT?”

Alexa Bliss, Dana Brooke, Nia Jax e Asuka.

Luan: “Acredita que a WWE possa começar a fazer PPV com duas lutas de DIVAS no roster principal?”

Não acho que o vão fazer, mas têm talento suficiente para tal, caso queiram. O problema é que a companhia não consegue desenvolver duas rivalidades entre Divas ao mesmo tempo, sem ter romances disparatados e outros lutadores à mistura. Apenas duas rivalidades, duas histórias separadas entre dois pares de Divas é um conceito que a companhia ainda não entendeu.

Fizeram isso durante os primeiros tempos da suposta Divas Revolution, mas as rivalidades não foram a lado nenhum e rapidamente a companhia cansou-se da ideia.

Vitor Oliveira: “Salgado, qual sua opinião sobre o Divas Championship? Achas que seria melhor a WWE abdicar o Divas e retornar com o Women’s Championship?”

Fora da bolha insulada em que a WWE vive, ninguém usa o termo “Divas” para descrever mulheres bonitas, fortes e determinadas. É uma noção que não está em sintonia com a realidade e está bastante associada a uma geração em que as mulheres estão em televisão por serem bonitas e não pelas suas capacidades dentro de ringue.

A perceção que os fãs têm da Divisão está bastante associada a esse nome e ao Título, portanto se o objetivo é criar uma divisão credível e séria, então seria inteligente da parte da WWE começar por mudar essas definições antiquadas e completamente desligadas da realidade, assim como o Título.

No entanto, não podemos fingir que só isso resolveria o problema. Não resolve. O Women’s Championship também passou pelas mãos de muitas “Divas”. A WWE precisa de mudar a forma como olha para a Divisão. A visão que tem da Divisão precisa de mudar. Se isso não mudar, então a mudança de Títulos e o desaparecimento do termo “Diva” não vai resolver nada. Se o booking continuar o mesmo, assim como a falta de interesse em fazer com que a Divisão importe, então nenhuma das mudanças propostas faz qualquer diferença.

Isso são mudanças superficiais. Podem ter um grande impacto e devem acontecer, caso a WWE mude mesmo de atitude, mas se for apenas para atirar areia para os olhos dos fãs e criar mais uma estratégia de marketing – como foi o Divas Revolution e o Give Divas a Chance – então não vai resolver nada.

Anónimo: “Dean Ambrose teve um booking ruim em 2015, não teve grandes rivalidades, exceto a rápida com Rollins, portanto você acha que vai mudar em 2016 para que ele se firme como main event ou a WWE vê ele como um mid card?”

Acho que a WWE não considera a consolidação de Dean Ambrose como main-eventer uma prioridade. Não acredito que seja algo que esteja nos planos da companhia e que seja algo que vão tentar criar e/ou proteger.

A forma como este foi posto de parte no Survivor Series – perdendo de forma rápida para Roman Reigns e desaparecendo logo de seguida – prejudicou bastante o seu potencial como main-eventer.

No entanto, nunca se sabe o que pode acontecer. Dean Ambrose é extremamente carismático e tem a habilidade de conseguir tirar o maior proveito de más situações. Este é popular junto dos fãs, portanto mesmo não estando na lista de prioridades da WWE, pode ser que a sua popularidade comece a aumentar até ao ponto em que a WWE não tem outra escolha senão dar-lhe mais destaque. Possíveis lesões de outros talentos também podem forçar a WWE a investir nele.

Acredito que é possível Ambrose saltar para o main-event, mas acho que vai depender de muitas circunstâncias e dos fãs, não da vontade da WWE. Não estou a ver a WWE a mudar a forma como o apresenta em 2016, a não ser que mude de ideias ou que seja forçada a fazê-lo, portanto penso que vai ter um ano igual a 2014 e 2015.

Ricardo Madureira: “Salgado, o que achas da ideia de, quando o Owens for afastado das decisões do IC title, poder vir a ser o novo “menino” da autoridade e ganhar o MITB?”

Como estou completamente saturada da Autoridade e sempre me irritou o facto dos vilões da WWE precisarem de estar associados ao grupo ou precisarem de serem humilhados e menosprezados pelo mesmo, não é uma ideia que me cative.

Kevin Owens não precisa da Autoridade. Kevin Owens não deveria precisar do Money in the Bank para ascender no card. Este venceu John Cena de forma limpa no seu primeiro combate. Este deveria ter um lugar garantido no main-event só por isso. Owens tem carisma e qualidade suficiente para justificar essa posição.

Não quer dizer que, caso seja bem executada, a ideia de Owens se aliar a Autoridade seja má. Simplesmente, como fã, não há muito que envolva a Autoridade que me interesse.

Relativamente a Owens vencer a mala de Money in the Bank, este deveria ter credibilidade suficiente para entrar no main-event e começar a lutar pelo Título sem precisar da mala como desculpa. Sinto que, no caso de Owens, é um desperdício usar a mala nele.

Marco Túlio: “Por falta de opções de decentes heels acha que o Kevin Owens poderá rivalizar com o Roman reings pelo titulo?”

Até à Wrestlemania, não. Depois da Wrestlemania, caso Roman Reigns ainda tenha o Título, então sim. Não tenho dúvidas que Owens irá ter uma oportunidade de lutar pelo Título.

Renato Caetano: “Salgado, você acha que a League of Nations deveria ser aproveitada na divisão Tag Team? Uma vez que Sheamus não deverá mais lutar pelo WWE World Heavyweight Champion, Alberto Del Rio possivelmente irá perder o título Americano quando John Cena regressar e Rusev está sem nenhuma rivalidade importante? Obrigado.”

Sheamus e King Barrett já não têm quaisquer hipóteses como main-eventers, portanto aproveitava-os na Divisão de equipas. Sinto que Rusev foi prejudicado por toda a história com Dolph Ziggler, Summer Era e Lana, mas penso que ainda é possível restituir-lhe alguma credibilidade e fazer dele uma estrela a sério.

Infelizmente, a WWE está mais preocupada em investir em Lana e Rusev como um casal desesperadamente apaixonado, em vez de voltar às origens e investir neles como uma dupla séria, perigosa e ameaçadora. Não há problema em a companhia reconhecer que os dois são, de facto, um casal. Estes simplesmente não precisam de agir como dois adolescentes.

No que toca a Alberto Del Rio, sinto que este está a mais na League of Nations e também não o consigo imaginar a formar equipa com algum dos outros três. Embora ache que a WWE já arrasou com a hipótese que tinha de lançar Del Rio de uma vez por todas, depois de ter desperdiçado o ímpeto do seu regresso no fracasso que foi a MexAmerica, acho que este apenas funciona como estrela individual.

Mas posso estar errada e talvez este surpreenda numa dupla. É uma impressão que tenho dele e não é, de todo, definitiva.

joão vinicius: “bom dia, boa tarde ou boa noite. salgado, qual sua opinião sobre uma rivalidade entre bray wyatt (with wyatt family) e brock lesnar (with paul heyman) culminando num combate na wrestlemania? pensando em circunstâncias em que lesnar, braun, harper, rowan ficassem na parte de demonstração de habilidades e força (onde lesnar acabaria perdendo algumas vezes pelo fator númerico)e bray e heyman ficariam na parte de desenvolver as promos, já que é o terreno que eles dominam melhor, desde já agradeço.”

Durante a sua passagem pelo roster principal, a função de Bray Wyatt tem sido valorizar e destacar outros talentos. As poucas rivalidades que este venceu aconteceram apenas para o preparar para outras, onde a sua função seria perder.

Com este booking, Bray Wyatt nunca será a estrela, o indivíduo no topo da montanha, o main-eventer. E são essas estrelas que Brock Lesnar precisa de enfrentar. São essas combinações que são interessantes. Infelizmente, para isso a WWE precisa de criar essas estrelas e isso é algo que não tem feito.

O booking de Bray Wyatt precisaria de mudar para esse combate ser interessante e funcionar. Este precisaria de começar a dominar no roster principal, a causar verdadeiro impacto e a gerar, de novo, interesse nas suas rivalidades e promos. Neste momento, este é previsível e, na maioria das vezes, basta saber quem é seu adversário para saber qual é a sua função na rivalidade.

A sua apresentação e função no roster principal precisa de mudar para Bray Wyatt ser um adversário viável para Brock Lesnar.

Concluo assim mais uma edição do Perguntas e Respostas! Às questões que respondi, espero ter conseguido ser clara e que as mesmas estejam à altura das vossas expetativas. Deixem as vossas questões para o autor do Smoke and Mirrors, José Sousa! Até à próxima edição!

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

21 Comentários

  1. ANDRÉ - há 11 meses

    Obrigado por responder minha pergunta Salgado

  2. Vitor Oliveira - há 11 meses

    Valeu por responder minha pergunta

  3. RybackChampion2015 - há 11 meses

    José, o que estás a achar do reinado de Charlotte atualmente?

  4. paige jadbevis - há 11 meses

    Não responderan minha pergunta, de novo :(

  5. Raw Is Rollins - há 11 meses

    José, achas que jobbers como Heath Slater, R Truth, Curtis Axel ainda podem ter alguma relevância no futuro?

  6. The boss - há 11 meses

    José o que achas da Carmella,achas que ela terá um bom futuro na WWE?

  7. Felipe Novais - há 11 meses

    José, o que espera desse Road to Wrestlemania que vem por ae?Achas que Roman Reigns irá defender o WWHC no ppv ou achas que perderá o mesmo até lá?E quais suas apostas para a Royal Rumble Match que vem por aí, quem vc acha que vencerá o combate ainda levando a hipótese de que Reigns poderá ser o campeão no ppv quem deveria vencer, um heel ou um face, visto que Roman é face, achas que a WWE pode trazer Randy Orton para vencer o Royal Rumble?

  8. Já que a época está a chegar, quem é a superstar mais credível para ganhar o rumble? Achas que o Cena ganha o título dos EUA no Rumble e perde na mania de forma a elevar outra superstar? Se sim, quem deveria ser essa superstar?

  9. Lucas - há 11 meses

    Vc não acha que o reigns saindo sempre por cima tanto em show semanais quanto em PPV pode prejudicar ele no futuro? Vc acha que com o tempo ele acaba virando um John cena, com a divisão entre apoiadores e críticos ?

  10. PPKinha - há 11 meses

    Acha que a WWE tornara Kalisto num Rey Mysterio 2.0 ?

  11. ricardo - há 11 meses

    salgado acha que a wwe aproveita mal o dean ambrose e o kevin owens

  12. Alan Perez - há 11 meses

    Qual PPV de Janeiro está mais ansioso para ver? WWE Royal Rumble ou NJPW Wrestle Kingdom 10 (que é praticamente a Wrestlemania japonesa)?

  13. Daiane - há 11 meses

    Salgado nao compare a Kelly Kelly com ninguém ok? Ela e única a maior divas de todas! A diva mais querida e carismática ..
    #voltanikkibella

    • eycki - há 11 meses

      Eu amava a Kelly Kelly , tudo bem que ela não era tão boa no ringue mais ela era muito carismática . Amava os confrontos de kelly , eve e fox com beth e natalya.
      Sdds de Kelly e beth

  14. eycki - há 11 meses

    Ultimamente tem se falado em um combanete entre asuka e bayley as duas são faces , acredita que uma fara o hell turn até o combate ?

  15. paige jadbevis - há 11 meses

    Qual diva pode entrar na royal rumble match deste ano?

  16. ricardo - há 11 meses

    salgado com todo o respeito a wwe não seria estupides fazer regins vs HHH na wrestlemania pelo titulo da wwe
    o que a wwe faria com HHH o titulo principal

  17. Marco Vinicius - há 11 meses

    Acha possível a WWE fazer um Money in the Bank ladder match de Divas?

  18. ANDRÉ - há 11 meses

    José Sousa o que você achou da WWE fazer a royal rumble match valer o WWEWHC? Considerando a hipótese que o Roman Reigns vai ganhar como a WWE deve fazer para o que os fãs não fiquem revoltados? Se não for o Reigns quem deve ganhar?

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador