Existem 2 vagas na Equipa do Wrestling PT para publicar notícias. Candidata-te!

Perguntas e Respostas #41

Sejam todos muito bem-vindos a mais uma edição do “Perguntas & Respostas” que terá assim mais uma contribuição minha. Quero, antes de mais, agradecer a todos as questões colocadas e relembrar que foram seleccionadas por mim aquelas cujas respostas penso que sejam mais interessantes e pertinentes. Apresento-vos então as minhas respostas!

Juninho Destroyer: “Bom Salgado, para você qual a importância de ter um Talk show como o Miz Tv na WWE ?”

Penso que a importância de um talk-show desse género, seja com o The Miz ou com outra estrela, é bastante relativa. Não acho que seja algo indispensável , mas é com certeza uma mais-valia para todos se, de facto, existir um talk-show desse género consistente e de boa qualidade. Se a WWE conseguir que um lutador naturalmente carismático consiga justificar a existência de um segmento só para si, no formato de um talk-show, seria excelente não só para o lutador em questão, como para os possíveis futuros intervenientes.

É uma forma fácil e rápida de destacar talento. Contudo, pode tornar-se também num pesadelo se o lutador em questão não tiver capacidades para gerir um talk show ou para o fazer organicamente, de forma a não alienar os fãs. Basicamente, como várias coisas, se é para se fazer, que seja bem feito e com as pessoas certas, senão é facilmente dispensável.

Believe in the Shield: “Qual é a tua explicação para a WWE, nestes últimos anos, ter deixado a divisão das divas afundar-se tanto ?”

A meu ver, a WWE nunca deixou a divisão feminina afundar-se. Não creio que a atitude da WWE para com a divisão feminina tenha sequer mudado. A questão é que a divisão feminina nunca foi, nem nunca será, uma das suas prioridades. Foram as Divas capazes, talentosas e trabalhadoras que sempre tornaram na divisão aquilo que esta foi nos seus melhores dias e as restantes que a tornaram naquilo que é nos seus piores.

A futura Hall of Famer, Trish Stratus era uma modelo de fitness que foi contratada com o único objectivo de ser apenas mais uma mulher bonita. Muito semelhante às aspirantes as Divas que apareceram no Diva Search. A diferença é que Trish escolheu ser mais do que apenas uma cara bonita e graças ao seu trabalho e carisma, conquistou o respeito dos fãs e forçou a WWE a apostar nela e na respectiva Divisão. É claro que não fez isto sozinha, mas o exemplo mantém-se para todas as outras.

É verdade que, recentemente, a WWE – por vontade própria – já deu passos no caminho certo, como por exemplo contratar Sara Del Rey para treinar as Divas no território de desenvolvimento e contratou Awesome Kong (Kharma) – alguém que já tinha sido rejeitada pela WWE por não ter a aparência mais desejável. Mas não acredito que as suas atitudes alguma vez passem do mínimo.

Até aparecerem Divas talentosas que, por alguma razão, os obriguem a explorar as suas capacidades, a WWE nunca fará mais que isso. Por exemplo, tivémos a AJ que, há uns meses atrás, era uma das personalidades mais relevantes do panorama da WWE. Porquê? Porque, de certa forma, ela obrigou-os a investir nela. Ela deu-lhes algo com que trabalhar e eles fizeram-no de tal forma que um combate misto de tag team voltou a ser main-event da Raw quando já não o era há anos. Assim como o facto de uma Diva aparecer no poster de um pay-per-view (No Way Out 2012 com AJ Lee e Daniel Bryan) não acontecia desde 2008!

Pessoalmente, não acho que a WWE tenha deixado a divisão de Divas afundar-se. Para tal acontecer, eles teriam que ter tentado mantê-la a flutuar, mas facto é que não tentaram. A Divisão está simplesmente a passar por uma má fase com a saída abrupta de várias Divas, e eventualmente irá aparecer alguém que – tenha ou não estado já na companhia – que irá voltar a dar um novo fôlego à divisão e, possivelmente, conduzi-la a melhores dias. Não espero é ver a WWE a fazer mais do que tem feito.

Randy-Orton Legend-Killer: “Salgado: MVP, Shelton Benjamin e John Morrison eram os principais nomes a voltar a WWE, qual deste é o teu preferido a voltar e o que você faria com cada um deles se voltasse?”

Sinceramente, nenhum dos três possíveis regressos me interessa. Não sou contra, acho que são três lutadores talentosos e capazes que, certamente, iriam ser uma boa adição ao roster, mas não é algo que esteja ansiosa para ver. Tanto MVP, como Shelton Benjamin e John Morrison tiveram as suas oportunidades na WWE e podiam ter sido algo mais se tivessem melhorado alguns dos aspectos do seu trabalho (Shelton Benjamin, relativamente às mic skills) ou comportado como adultos (John Morrison).  Como é natural, a própria WWE não está isenta de erros e é subjectiva a sua influência no fracasso destes lutadores (como aspirantes a main-eventers).

O roster da WWE está cheio de novos talentos, recém-estreados, que têm agora a oportunidade de brilhar e singrar na companhia, portanto a WWE nem sequer está com falta de lutadores, logo a ideia de que estes talentos poderiam regressar para consolidar o roster não me parece válida. Se regressassem, usaria o facto de já serem conhecidos por parte dos fãs para ajudar alguns talentos mais recentes a darem-se a conhecer e conquistarem os fãs. Embora não considere, de todo, uma prioridade ou um dever, também não me oponho a que algum destes lutadores seja alvo de um push como lutador individual.

CmPunk_CultOfPersonality: “Achas que entre estas Divas que a WWE está a tentar contratar, estão presentes os nomes de Melina (com um possível regresso com John Morrison) e a Mickie James? (Não sei como é em termos de contratos, a Mickie faz parte da TNA, não sei se poderá rescindir para assinar pela WWE)”

Não acredito, de forma alguma, que a WWE esteja a pensar trazer a Melina de volta. A Melina tem reputação de causar imensas dores de cabeça nos bastidores que acabam por não compensar as suas capacidades dentro de ringue. Acredito que John Morrison regresse um dia, eventualmente, mas não acredito que seja com Melina a seu lado. A Divisão de Divas não é determinante ao ponto da WWE ter de se “aturar” os problemas e manias de uma Diva. Nem a Divisão é determinante, nem Melina é indispensável. Portanto, não vejo a WWE a passar por essa situação outra vez.

Não estou a par da situação contratual de Mickie James com a TNA, mas a última vez que ouvi falar do assunto, pareceu-me que esta se encontrava satisfeita com o facto de ter um horário menos exigente que tornava possível conciliar o wrestling com a sua carreira na música, portanto duvido que a própria esteja interessada em voltar, especialmente depois de ter sido despedida. Posso estar redondamente enganada relativamente a Mickie James, mas acho que nenhuma das duas irá regressar à WWE num futuro próximo.

Miguel Carlos: “Salgado, a WWE tem um problema algo recente conhecido por todos: não dá oportunidades aos superstars (underrated) que trabalham em média 2 vezes por semana. Sabemos, como acompanhantes das notícias e tudo isso, que os principais objetivos da WWE se resumem ao dinheiro. Por mais que seja injusto, achas que a WWE está a fazer o que é melhor para si? E John Cena, devia reformar-se?”

As decisões da WWE serão sempre subjectivas e cada pessoa irá entendê-las à sua maneira. Acho que a WWE está a fazer o melhor para si, sim, mas a curto termo. Com mudanças bastante subtis, a WWE poderia facilmente obter os mesmos valores de vendas de pay-per-views, o mesmo número de audiências e o mesmo número de eventos esgotados, ao mesmo tempo que trabalhava para garantir que os extra pares de olhos que assistem à programação da WWE nesta altura do ano – especialmente graças ao regresso de The Rock, Undertaker, Brock Lesnar, Triple H – iriam ficar para assistir o resto do ano e não se iriam embora quando as Lendas o fizessem.

Pequenos detalhes podem fazer a diferença a longo prazo, sem afectar as metas financeiras que a WWE impôs a si própria. Pelo menos, julgo eu que tal é possível. Mas posso, claro, estar errada.

John  Cena tem 35 anos, portanto assumo que se as coisas continuarem a correr bem – sem lesões graves que exijam que se retire de imediato – este continuará a lutar e a ser uma figura central da WWE durante mais uns bons anos. Talvez, quem sabe, esses anos podem-se esticar até uma década, especialmente se começar a lutar esporádicamente como, por exemplo, Undertaker e Triple H. Acho que está muito longe da reforma e também não há motivo para pedir tal coisa à WWE. É verdade que a sua personagem está algo estagnada e que tal irrita vários fãs, mas este continua a ser bastante lucrativo, portanto não se justifica, de todo, pensar numa reforma.

Ricardo_007_Fatality: Salgado, achas que o esquecido Evan Bourne (esquecido pela WWE) volta da lesão?”

Não acredito que a WWE tenha esquecido Evan Bourne. Este esteve envolvido num acidente grave, do qual demorará a recuperar e que, muito provavelmente, irá condicionar o seu trabalho dentro de ringue quando regressar – se regressar de todo. Sinceramente, acredito que Evan Bourne regresse, quando puder, mas não acredito que mantenha o emprego na WWE por muito mais tempo que isso.

O ponto forte de Evan Bourne eram as suas espectaculares capacidades áreas, que muito provavelmente ficaram comprometidas graças às lesões do seu acidente. Juntando a isso a contratação de PAC, agora Adrian Neville que está actualmente no território de desenvolvimento, creio que Evan Bourne se tornou ainda mais dispensável. Se tivermos em conta o facto de ter violado duas vezes a Wellness Policy, enquanto campeão de Tag Team, e de estar a uma violação de ser despedido, a situação não fica de todo favorável para Bourne.

Acredito que este ainda possa voltar e faça algumas aparições, se a sua saúde o permitir, mas também não me admirava que –assim que estivesse recuperado – a WWE o despedisse.

Vítor Ferreira: “Acompanho a WWE há algum tempo e me lembro claramente que os shows (Raw, SmackDown) eram divididos e que até rolava uma certa competição. Se uma brand tivesse tantos wrestlers, esses wrestlers não poderiam lutar no outro show, cada show tinha suas próprias storylines e PPVs. Mas agora, percebo que a WWE misturou demais as coisas,que nem consigo definir se o lutador(não todos) está em um ou em outro show. Qual sua opinião a respeito?”

A início, quando as coisas começaram a mudar e houve a implementação da “Raw Supershow”, ainda tentei dar uma oportunidade e ver o que é que a WWE estava a planear, mas – tal como já disse noutras ocasiões e no “Opinião Feminina” da altura – acabei por não gostar e discordar completamente com a ideia da companhia. Terminar com a brand split leva a três enormes problemas: primeiro, expõe demasiado os lutadores; segundo, força um número significativo de fãs a abandonar a Smackdown – não só deixarem de acompanhar pela televisão, mas como não irem aos eventos; e terceiro, extingue por completo as novidades.

Por exemplo, entre escolher ir a uma transmissão da Raw ou às gravações da Smackdown, é apenas natural que os fãs escolham ir à Raw sem pensar duas vezes. Porquê? Porque na Raw já têm a opção de, pelo preço de um house-show, ver todas as estrelas de topo. Quando a existia a brand split, mesmo sendo a Raw o programa principal, o star power estava dividido garantido assim que a Smackdown tivesse mais apoiantes.

Antigamente, com a brand split, era possível ter combates novos e promover rivalidades novas. Coisas que ainda não tinham acontecido ou que não tinham sido importantes. Hoje em dia, com a necessidade de preencher toda a programação da WWE e sem a brand split, praticamente todas as combinações de lutadores já foram usadas e algumas até saturadas. Já não há novidades, a não ser quando são trazidos lutadores do território de desenvolvimento.

Combates que poderiam dar em grandes rivalidades e com grandes histórias que podem perfeitamente ainda acontecer no futuro (por exemplo: Sheamus vs. Damien Sandow) já foram “gastos” numa Raw. Isto não quer dizer que o combate não vá ser bom à mesma ou que com a história certa os fãs não se irão envolver, mas deixam de existir novidades. A WWE deixa de ter a capacidade de surpreender os fãs.

E mesmo que alguns combates e rivalidades possam ser salvos graças à sua qualidade, mesmo já tendo ocorrido várias vezes numa Raw ou Main Event, tal não será assim com todos. A WWE gasta, literalmente, futuros main-events de pay-per-views desnecessariamente em televisão. Para os fãs, a curto prazo, é algo bom, mas também pode ser traiçoeiro.

Com o fim da brand split veio também o fim de qualquer potencial competição que a WWE poderia criar entre si e essa é uma das perdas mais notórias. Graças a tudo isto que acabei de explicar, não concordo com esta decisão e embora não seja apologista da ideia de “andar para trás”, penso que chegará uma altura onde tal será inevitável. Ou isso, ou a WWE simplesmente começa a cortar na programação semanal.

Rui Ribeiro: “Acha que há possibilidade de o CM Punk fazer o face turn neste ano?”

Muito sinceramente, não. Primeiro, porque mesmo tendo alguns fãs do seu lado – que por sua vez, se fazem ouvir nas arenas – CM Punk continua a ser o top heel da companhia. E a WWE precisa de ter um top heel. Vejo a situação do CM Punk um pouco da mesma forma que se vê a situação do Randy Orton. Este último, por sua vez, é heel e nunca deveria ser algo que não heel, mas neste momento rende como babyface e até a WWE entender que alguém o consegue substituir como babyface, este irá continuar assim. Com CM Punk, julgo que é exactamente a mesma coisa. A WWE irá continuar a recorrer a todos os golpes “baixos” de que se conseguir lembrar para abafar qualquer apoio que Punk tenha, porque sabe que este é top heel que eles têm e até chegar alguém que consiga tomar o lugar dele, CM Punk não irá mudar tão cedo.

MIZ IS AWESOME: “Acha que o Randy Orton vai fazer o heel-turn antes, durante ou depois do WrestleMania 29?”

Tal como disse acima, Randy Orton irá virar heel quando a WWE entender que é seguro fazê-lo porque já há quem consiga substituí-lo. Não é novidade nenhuma que este se sente mais confortável como heel e que tem feito força, nos bastidores da WWE, para mudar. O próprio já se expressou sobre o assunto. Se tal ainda não aconteceu é porque a WWE ainda não sentiu que Sheamus, Ryback ou – mais recentemente – Alberto Del Rio conseguem ser as grandes atracções da Smackdown.

Antes da Wrestlemania, não acredito que Orton faça qualquer heel turn. Estamos demasiado próximos do evento para construir uma rivalidade bem justificada entre este e Sheamus – embora não seja impossível – e isso deixaria os The Shield sem nada para fazer no grande evento. Ora, nada do que disse parecem ser grandes obstáculos para a WWE quando esta quer fazer algo, mas se ainda não fizeram nada até agora, tenho dificuldade em acreditar que vão fazê-lo à pressa durante as próximas semanas.

Um heel turn durante a Wrestlemania certamente seria um momento relembrado por vários fãs de Orton, mas no fim do dia, as “massas” iriam estar a falar de Rock vs. John Cena II, de Undertaker vs. CM Punk e de Brock Lesnar vs. Triple H, porque são esses os combates que estão escalados, logo à partida, para serem falados. Os combates estão a ser construídos especificamente para serem o foco das atenções depois do evento. Orton pode estar a passar uma fase menos positiva dentro da WWE, mas não acredito que a companhia fizesse com que ele virasse heel numa altura em que, à partida, já se sabe que nenhum número significativo de pessoas se vai lembrar. Portanto, acredito que eventualmente Orton faça o heel turn, mas não estou a ver a acontecer antes ou durante a Wrestlemania 29.

Miguel: “Salgado, o que achaste do momento em que CM Punk gozou com Paul Bearer roubando-lhe a urna? Gostaste ou achaste ofensivo?”

Até agora, tenho gostado das interacções entre CM Punk e Undertaker. Não, não achei ofensivo o uso da urna e nem achei que Paul Bearer tivesse sido gozado. Acho que foi das melhores coisas que a WWE podia ter feito para honrar a sua memória e homenagear a sua carreira. A meu ver, envolvê-lo numa história principal que irá culminar na Wrestlemania e, de forma indirecta, ajudar a promover o evento e um combate de Undertaker – um dos lutadores que mais ajudou ao longo da sua carreira – é a melhor homenagem que lhe podiam fazer.

Ora, não conheci o senhor pessoalmente, mas a partir do momento em que se Undertaker e Kane, que são dois indíviduos que lhe eram extremamente próximos por razões óbvias, não impedem a WWE de usar Paul Bearer desta forma, então é porque de facto não estão a fazer nada de mal. Se há alguém na WWE que tinha poder para parar esta história, caso passasse o risco, seria Undertaker e tal não aconteceu. O facto de, até ao momento, não ter visto nenhum familiar, amigo ou conhecido de Paul Bearer a queixar-se do sucedido, aliás só vejo mensagens a dizer o contrário, só me leva a crer que, genuinamente, isto é algo que o senhor gostaria.

É claro que cada pessoa tem a sua opinião, forma de ver as coisas e os seus próprios limites. Os meus limites pessoais são bastante simples e resumem-se assim: desde que não ofenda os envolvidos, não me ofende a mim. Foi assim com o uso do ataque cardíaco de Jerry Lawler e é assim com o uso da urna na história de Undertaker. Não sou ninguém para estar ofendida, pois não conhecia a pessoa e nem sequer sou familiar, portanto não me diz respeito. Caso ache incomodativo, passo à frente.  Já aconteceu no passado, portanto pode perfeitamente acontecer outra vez.

Além disso, CM Punk – com todas as suas qualidades e defeitos – não me parece ser sujeito que participasse nesta história se achasse que a mesma poderia ser ofensiva para com a memória de Paul Bearer. A meu ver, é tudo uma questão de profissionalismo e de tentar ao máximo homenagear a memória e carreira de Paul Bearer, através do uso de um dos símbolos mais associados a si.

E concluo assim mais um contributo meu ao  “Perguntas e Respostas”! Às perguntas que respondi, espero ter conseguido ser clara e que as mesmas estejam à altura das vossas expectativas. Agradeço as vossas questões e passo a palavra a José Sousa – o responsável pelo espaço “Smoke and Mirrors”, que irá responder às vossas questões na próxima semana.

Sobre o Autor

- Administradora. Publico parte das notícias, faço a gestão da League, dos Passatempos e ainda sou escritora do artigo “Opinião Feminina”.

41 Comentários

  1. wweforever76 - há 4 anos

    Quem achas que ganha na wrestlemenia punk ou undertaker?

  2. Miguel Carlos - há 4 anos

    José:
    Achas possível que Triple H possa perder a carreira na WrestleMania?

  3. Ricardo Cinza - há 4 anos

    Quem deveriam ser as próximas tag-teams a serem formadas?

  4. Andre - há 4 anos

    O tu achasque o the rck e jonh cena compertir na WM29 no once or twice in life

  5. Jorge Rebelo - há 4 anos

    José a revelação de Bully Ray como lider dos Aces and 8s no final do Lockdown foi um momento que gerou bastante polémica entre os fãs. Qual a tua opinião sobre esse momento e sobre o futuro dos Aces and 8s na TNA?

  6. Jmrarules - há 4 anos

    Achas que os Aces&eights vão atrás de todos os títulos da TNA? E se forem que lutadores seriam para cada título?

  7. CmPunk_Cult.Of.Personality - há 4 anos

    Estamos quase a chegar à Wrestlemania, e neste momento temos o titulo da WWE e o Mundial bem encaminhados. O Intercontinental estão a dar indicações de rivalidades (Jericho, Miz e Wade Barrett), o mesmo se diz dos titulos de tag team (com os o Ziggler e o Big E). Por outro lado, parece que o Antonio Cesaro tem desaparecido, e assim, não se percebe quem vai ser o seu rival. Quem achas que deverá ser?

  8. Jhon William - há 4 anos

    José, qual é a tua previsão para esta Wrestlemania? Resultados previsíveis ou inesperados?

  9. RuiDionisio - há 4 anos

    Fiz esta pergunta antes de ontem na ediçao 40, por acaso a salgado pode nao ter visto por isso faço outra vez: “Salgado, esta pergunta era mais para o Luis Salvador, mas tu tambem me deves saber responder, por exemplo no Wrestling existe as grandes empresas como WWE, UFC, etc. e as Indys, como e que elas funcionam as Indys, por exemplo eles vao ao circuito indenpendente e “compram” lutadores para para ai 3 apariçoes certo? Por exemplo se o se uma Indy metesse sei la um exemplo ridiculo Luis Salvador vs MVP, como é que decidiam o vencedor? os resultados tambem sao decididos pelos presidentes das Indys ou como e?”

  10. Roberto Barros - há 4 anos

    Jose Sousa o que você tem achado da Construção do Aces & 8? o Bully Ray deu um gas para a Stable, e parece ter se tornado mais dominante do que nunca.

  11. gonga555 - há 4 anos

    Achas que a WWE tem se desleixado ao longo dos anos com a divisão de Tag Team?

  12. Stunner - há 4 anos

    Quais sao os wrestlers de midcard que pensas que poderão ter opurtunidades de titulos do mid card, e quem sabe opurtunidade de subirem ao main event?

  13. Deadman - há 4 anos

    Quando acha que Kane, Big Show, Christian, Chris Jericho, Mark Henry vão se aposentar e com quem vai ser sua última luta?

  14. Randy-Orton Legend-Killer - há 4 anos

    José, Para a Wrestlemania, oque vc faria com Antonio Cesaro, Wade Barrett, The Miz e Chris Jericho?

  15. igor Silva - há 4 anos

    Achas Que Esta Wrestlemania XXIX Será A Ultima De Undertaker?Se Não Qual O Adversario Ideal Para O ”Deadman” Na Wrestlemania 30

  16. P&R simplesmente divino! Consegues dar fôlego até a “simples” respostas, Salgado! Parabéns!

  17. portugalchamp - há 4 anos

    Gostavas mais quando o money in the bank match era na wrestlemania ou agora no money in the bank?

  18. Enigma - há 4 anos

    Raramente faço perguntas nesse espaço mas para o José Sousa faço questão.

    O que achas de um Talk-Show do Jeff Hardy? xD Agora falando á sério, sei que tua prioridade é a Big E mas, quais as tuas expectativas para 2013 da TNA? Percebemos também que nessa passagem de ano, grandes mudanças ocorreram na companhia, qual tua opinião sobre tais mudanças tão significativas?

  19. Thecarlosmff - há 4 anos

    Será que podias fazer um one vs one do R.k.O. e o brogue kick?

    • Renato - há 4 anos

      És capaz de ter mais sorte se pedires no artigo que ele escreve, pois este nao é o espaço mais indicado… E uma vez que os finisher sao avaliados, podias pedir um onevsone entre o Sheamus e o Orton, com uma avaliaçao mais pormenorizada dos finishers, digo eu…

  20. miguel_wwe - há 4 anos

    Qual é o wrestler que odeias mais?

  21. Renato - há 4 anos

    Boa edição Salgado, para não variar, e concordo com o que o Flávio disse!

    Ao José:

    José acreditas num futuro heel-turn do Cena, uma vez que é o superstar que mais enche os bolsos do Vince? Achas que seria bom para ele e para os fas?

  22. danielLP21 - há 4 anos

    Obrigado pela resposta Salgado :)

  23. Rodrigo Mysterio - há 4 anos

    José, quem achas que será o candidato ao Título Intercontinental, neste momento pertencente a Wade Barrett. E para o Título dos Estados Unidos, de Antonio Cesaro.

  24. Luiz punk - há 4 anos

    Oque achas de uma chance para cm punk ganha novamente o titulo peso pesado da wwe

  25. Vitor Ferreira - há 4 anos

    Qual sua opinião a respeito da WWE estar trazendo tantos nomes famosos de volta durante o Road to Wrestlemania,sei que nos últimos anos tem sido assim,mas achas que a WWE não consegue mais criar,não só main-eventers,mas sim futuras lendas do wrestling,assim como fizeram com SCSA,por que achas que mesmo com wrestlers tão bons,como Miz,Ziggler,Bryan,Rhodes etc,a WWE insiste em apostar em nomes já consagrados?

  26. Vince It Factor - há 4 anos

    José, esta é uma pergunta muito simples e curta mas acredito que dê pano para mangas e azo à imaginação.

    Como achas e quem achas que irá ser o primeiro wrestler do roster da TNA a enfrentar, seriamente, o Bully ray pelo título, por exemplo, no Slammiversary deste ano ?

  27. Tomás Proença - há 4 anos

    Quais são, para ti as 5 piores e as 5 melhores entradas da WWE atual? Obrigada :)

  28. Rui Ribeiro - há 4 anos

    Que combates pelo Título Intercontinental e pelo Título dos Estados Unidos é que acrescentaria ao WrestleMania 29?

  29. Juninho Destroyer - há 4 anos

    obrigado Salgado boa resposta me explicou bem :)

  30. bernardo - há 4 anos

    o nxt deveria ter ppv’s proprios?

  31. Fernando Martinho - há 4 anos

    Achas que o Brock Lesnar deve ficar na Raw para lutar pelo título da WWE?

  32. Pedro Alves - há 4 anos

    Na tua opinião, o que achas que a WWE pode fazer, para aumentar as audiências e para melhorar os seus show’s?

  33. Andre_THEROCK_1992 - há 4 anos

    Qual é o finisher que mais gostas e te empolga mais, na WWE atual?Porquê?

  34. LionBro - há 4 anos

    Como achas que será o futuro do Zack Ryder na WWE? Achas que ele será despedido? Ou achas que a WWE lhe irá dar um push, como Face ou possível Heel?

  35. Darth Mordred - há 4 anos

    Uma das melhores Perguntas e Respostas que eu já li até hoje. Gostei de todas as respostas, e concordo com todas também, exceto uma: John Morrison faz uma falta tremenda, mas de falta, a WWE está com muitos talentos promissores.

Comentar

Login com Facebook

Editar avatar »

Notificações por email:

Wrestling.PT © 2006-2016 / Política de Privacidade / Disclaimer / Sobre Nós / Contactos / RSS Feed / Desenvolvido por Luís Salvador